Três Yuktis para o Progresso na Sahaja Yoga.

New Delhi (India)

1990-03-30 Birthday Puja Talk Hindi 42min and Music Delhi, 62' Download subtitles: CS,ENView subtitles:
Download video (standard quality): Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribe

Feedback
Share

Três Yuktis para o Progresso na Sahaja Yoga.

Hoje é o quarto dia do Navaratri. Para dissipar as trevas, é importante trazermos a luz à noite. Hoje também é especial porque vocês estão celebrando Meu aniversário. Nesse dia, Shri Gauri criou Ganesha. Shri Ganesha é o epítome de Pureza e Santidade. A primeira coisa que se espalhou neste mundo foi a pureza, pela qual todas as coisas nascidas e todos os humanos são protegidos e podem se manter longe das coisas profanas. Apenas depois disso, o resto da Criação foi criada. Portanto, o trabalho mais importante para nós é fazer da pureza a coisa mais elevada dentro de nós. Pureza não significa que devemos tomar banho, lavar e nos manter limpos. Nós devemos manter nosso coração limpo. A maior doença do coração é a raiva. Quando a raiva entra na pessoa, então toda a pureza é destruída. Porque o outro nome de pureza é amor, que é completamente puro e direto, esse amor que flui eternamente e não deseja nada – Nirvajya. A satisfação está no fato de que ela continua fluindo e quando não consegue fluir fica perturbada. Pureza significa que vocês enchem seu coração de amor e não de raiva.

A raiva é nossa inimiga e também inimiga do mundo. Todas as guerras deste mundo, as falhas foram devidas a essa raiva coletiva. Pode haver muitas desculpas para a raiva. Mesmo as coisas terríveis como a guerra vêm da raiva. Se houver amor no coração, então a raiva não poderá surgir. E se a pessoa tem de demonstrar raiva, então até isso é por amor. Sempre que qualquer indivíduo mau ou rakshasa (demônio) é morto, isso também é feito pelo poder do amor, porque ele merecia ser destruído, a fim de não cometer mais atos pecaminosos. Mas esse trabalho não é para humanos. É o trabalho da Devi que os destruiu durante este Navaratri.

Portanto, expanda seu coração e pense em quem amamos com esse amor puro, direto e honesto (Nirvajya), através do qual não pensamos: “Esse é meu filho, minha irmã, minha casa e minhas coisas”. Vocês se elevaram a um nível muito mais elevado do que o nível dos seres humanos. Porque vocês são Sahaja Yogis, assim sua união é com o poder sutil do Amor de Deus. Esse poder está fluindo constantemente através de vocês, e os está fortalecendo e colorindo com seu poder. Ele está cuidando de vocês, preenchendo-os com alegria e doce amor. Vocês se uniram a um poder tão belo. Nós temos de ver quanto espaço temos em nossos corações para isso. Vocês têm amor por sua Mãe, mas devem ter os dois tipos de amor também, somente então o amor por sua Mãe pode ser completo.

Um tipo de amor deve ser para vocês mesmos, pois vocês são Sahaja Yogis. Nós temos esses poderes de uma maneira Sahaja. Agora nós temos de ver como aumentá-lo. Muitas pessoas trabalham muito para expandir a Sahaja Yoga. É um movimento horizontal. Essas pessoas não olham para dentro de si mesmas. Portanto, elas não são capazes de obter o movimento vertical. Por fora elas podem fazer muito, correr por aí, fazer esse trabalho ou aquele trabalho, conhecer pessoas. Mas elas não aumentam o poder interno. Agora, há muitas pessoas que prestam mais atenção ao poder interno, mas negligenciam a Shakti externa. Portanto, o equilíbrio não chega até elas. Quando as pessoas começam a se desenvolver externamente, o poder interno começa a diminuir. E então, no final das contas, elas se afogam no ego: “Nós fizemos muito pela Sahaja Yoga, trabalhamos tão arduamente”. Então uma nova vida começa para elas que não é de forma alguma Sahaja. Mas internamente, elas estão vazias. Então elas ficam doentes, enlouquecem ou algum grande infortúnio recai sobre elas. Então elas dizem: “Mas, Mãe, nós nos entregamos completamente à Senhora, então como isso aconteceu?” A responsabilidade é de vocês, pois continuaram se perdendo. Uma pessoa assim fica em um lado e não consegue se associar aos outros. Se elas se associam aos outros, é apenas para intimidá-los e mostrar sua superioridade. Elas devem estar sempre na frente e deve ser dado a elas toda a importância. Então elas se esquecem de que devem fazer algo pela Mãe. Eu tenho visto pessoas que cresceram rápido. Então elas começaram a se sentir superiores e arrogantes. Então não houve nenhum aarti realizado lá, nem limparam Minha fotografia. Elas estavam cheias de si e nunca consultaram ninguém. Então os grupos começaram e as brigas começaram.

O fio através do qual vocês se amarram é o fio da sua Mãe. Vocês devem sempre permanecer amarrados a esse fio e se lembrarem: “Nós somos os filhos de Shri Mataji”. Ninguém é superior ou inferior nem fazemos nada. Este Param Chaitanya está fazendo tudo. Quando vier esse sentimento: “Nós fizemos, faremos isso por isso, somos muito importantes”, então o Param Chaitanya permite que vocês façam o que quiserem. Vocês podem ir para o inferno ou se destruírem. Ele não os deterá porque Ele respeita a liberdade de vocês. Então isso é outra falha dos Sahaja Yogis. Nós somos um ser coletivo. Um Virata Shakti coletivo. Nós somos todos um único corpo. Nós não estamos sozinhos. Nesse corpo, se uma pessoa ou algumas pessoas começam a formar seu próprio grupo, então é como a malignidade do câncer, onde uma célula começa a crescer separadamente, da mesma forma, uma pessoa assim pode crescer e devorar toda a Sahaja Yoga. E todos os Meus esforços terão sido em vão.

Nós devemos aprender com o oceano, que é o mais baixo e que reúne todos os rios em si mesmo, se aquece e se transforma em vapor, e dá a bênção da chuva ao mundo inteiro. Sua humildade é o sinal da profundidade dele. Quando nos tornarmos extremamente humildes e amorosos, somente então nos tornaremos grandes como o oceano. Mas se vocês pensam apenas em sua autoimportância e superioridade, então o problema será que o Param Chaitanya será cortado e você será jogado de lado, o que é muito doloroso para Mim. As pessoas que pensam “Eu fiz isso ou eu fiz aquilo” devem imediatamente passar para o segundo plano e observar: “Nós meditamos ou não? Nós somos capazes de meditar? Quão profundos nós somos? A quem amamos e quantos amamos? De quantos nós somos inimigos?” Com a Sahaja Yoga, algumas pessoas foram muito fundo. E há muitos que ainda estão pendurados na borda. Quando eles podem ser lançados para fora, não se pode dizer.

Eu tenho dito que 1990 é um ano que abrirá novas dimensões. Vocês têm de dar um grande salto, pelo qual vocês sairão desse ambiente e se agarrarão a coisa nova. O progresso da Sahaja Yoga está prestes a completar vinte anos. Para sobreviver, a primeira coisa que temos de absorver dentro de nós mesmos é a pureza, que é chamada de humildade. Se vocês estiverem completamente limpos e puros, então poderão tocar qualquer pessoa e nunca se tornarão impuros, porque vocês purificarão tudo. Sua natureza se torna purificadora. Quem quer que vocês encontrem, vocês purificarão essa pessoa. O que há para temer ou condenar alguém? Se a sua pureza for absoluta, então essa pureza tem poder e brilho e uma pessoa assim é tão poderosa que pode sugar qualquer impureza.

Agora, algumas outras pessoas pensam apenas em seu próprio progresso. Elas pensam: “O que temos a ver com os outros? Sentamos dentro de nossas quatro paredes e veneramos e seguimos a Mãe, e não temos nada a ver com o mundo.” Elas permanecem separadas dos outros. Mas vocês são parte integrante do Todo, então como uma pergunta assim pode surgir? “Se a Mãe disse, tudo bem. Somos uma parte da Mãe e como podemos dizer não?” Então vocês não obtiveram essa identidade (Tadakari) Comigo. Assim, a próxima Yukti é: “Mãe, por favor, entre em minha cabeça; por favor, entre em meu coração; por favor, entre em meus pensamentos; por favor, entre em cada gota de minha vida.” Sempre que pedirem, Eu virei. Mas vocês terão de dizer de coração e sem nenhum outro motivo.

Quando os pensamentos vêm: “Eu estou fazendo esse trabalho, eu tenho feito muito pela Sahaja Yoga, eu fiz esta decoração, corrigi isso, eu fiz”, então saiba que você não é um Sahaja Yogi. Na Sahaja Yoga, todos os seus karmas se tornam akarma (inação). Então vocês verão: “Eu penso assim? Por que eu acho que estou fazendo? Então, isso significa que minha união não está completa”. Quando a união é completa, vocês se tornam um não-executante. Então vocês começam a dizer: “Isso está sendo feito”. Somente então vocês obtêm a Yukti da similaridade completa Comigo.

A próxima Yukti que vocês devem entender é: “Eu não faço nada”. Até que continuem se identificando com seu corpo fazendo algo, porque o ego está dentro de vocês. Quando vocês entram na coletividade, então vocês param de fazer qualquer coisa. Vocês são partes integrantes e esse trabalho está sendo feito.

Eu estou lhes dizendo essas Yuktis porque vocês têm de dar um salto. Sempre se avaliem dessa maneira. Olhem para si mesmos e vejam: “O que eu penso? Eu penso nos outros, que eles são melhores do que eu? Então eu devo aprender com eles? Eu vejo os pontos positivos ou negativos nos outros?”. Nós devemos entender essa Yukti como se vocês ainda não estivessem prontos, então isso é devido a vocês mesmos. A Sahaja Yoga é algo muito grandioso. Mas se algo está errado dentro de nós ou não conseguimos desfrutá-la plenamente, a razão é que existe algum defeito dentro de nós. Se vocês corrigirem essa Yukti, haverá apenas alegria. A pura alegria – Neerananda – e nada mais. Então o que mais vocês querem? Todo o seu semblante mudará. 

Eu quero que no Meu aniversário, no seu aniversário também seja celebrado para que possam entender esses Yuktis, e que possam preencher sua vida com a pureza e a santidade como Shri Ganesha. Com a pureza vem a sabedoria, porque pureza é o mesmo que amor, e sabedoria significa amor. Se você não pode obter sabedoria e não pode amar, então não adianta perder seu tempo na Sahaja Yoga. Agora está chegando a hora em que todos têm de se tornar firmemente estabelecidos e vocês têm de mudar a si mesmos, e devem mudar. “Nós temos muitos defeitos. Nós temos de nos tornar completamente puros.” Após essa mudança, vocês terão as bênçãos de uma vida que nem mesmo pode ser descrita. Kabir disse: “Quando você está completamente feliz, o que mais você pode dizer.” Todos vocês devem agora entrar nessa bem-aventurança (masti). E alcancem esse estado onde vocês se tornam bem-aventurados nisso. 

Que Deus os abençoe.