Puja de Aniversário: Compreendendo a Sahaja Yoga Através do Coração

Mumbai (India)

1977-03-21 Birthday Puja, Bombay, India, 74' Download subtitles: EN,IT,JA,LT,PT,SKView subtitles:
Download video - mkv format (standard quality): Watch on Youtube: Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribeUpload subtitles

Feedback
Share
Upload transcript or translation for this talk

1977-03-21 Puja de Aniversário: Compreendendo a Sahaja Yoga Através do Coração

… o mais honrado Sahaja Yogi, o juiz Vaidya, e sua esposa mais amorosa. Sr. Bakshi, Dhumal, Sr. Gavin Brown, que é um arqueólogo, Dra. Pramila Sharma, que é professora de hindi… e é mestra em literatura de Kabira, e depois a Sra. Jane Brown, que é geóloga, eles são da Universidade de Cambridge; e nosso sábio presidente Sr. Zachre, também a graciosa cantora Sra. Shobha Gotu, que foi muito gentil em vir e cantar, e em Marathi ela disse: “Sou incapaz de fazer qualquer outra coisa, então Mãe, apenas cantarei dois bhajans para Você.” A todos os Sahaja Yogis que vieram aqui, a todas as outras pessoas que se juntaram a nós aqui, que estão comemorando este Meu aniversário terreno, Eu estou muito agradecida, muito grata, e estou cheia de grande alegria e felicidade. E Minhas vibrações estão fluindo dos Meus olhos como lágrimas ao ver… que nesta Kali Yuga também há pessoas que são gratas a uma Mãe… que apenas dá uma coisa abstrata conhecida como vibrações. Na verdade Eu não lhes dou, Eu não posso dar nem receber, vocês ficarão surpresos, isso é apenas emitido através de Mim. É Meu “swabhava” (natureza inata). Isso tem de ser assim, Eu não posso evitar. É um Ser que está sendo.

Você não consegue transformá-Lo em outra coisa. Ele atua por conta própria, continua atuando. Está além de Mim controlar a Mim mesma de amar todos vocês. Eu não sei como as pessoas aprendem a odiar. Eu não tenho tempo suficiente nem para amar as pessoas. Eu acho vinte e quatro horas muito pouco. Eu não sei como as pessoas se sentam e manipulam e pensam… de uma maneira fria como ser odioso. O ódio não tem poder senão de destruição de vocês mesmos e dos outros. Neste dia, Eu pediria que vocês pensassem no amor o tempo todo. O amor é todo o conhecimento.

O conhecimento é todo amor. Não há nada além deles. Se vocês têm conhecimento, ele tem de passar no teste do amor. Se você conhece uma pessoa, isso não cria nenhum registro em você, porque você a conhece externamente. Mas se você ama uma pessoa, então você conhece a pessoa por completo. Você a conhece tão bem, você a conhece em tudo, do jeito que é. É esse conhecimento que chamamos de para-conhecimento. Esse é o conhecimento que temos de buscar. Todos esses livros estão apenas sinalizando em direção a isso. Eles são os marcos que estão nos dizendo: “Vá em frente, vá em frente”. Eles não resolvem o problema de entrar no Reino de Deus.

Eu lhes peço para que todos vocês cheguem ao estágio… de compreender o Divino dentro de vocês, o Amor de Deus… que está dentro de vocês, que está tentando transbordar de vocês, e desfrutar da sensação de emitir e dar. O ato de doar contém a maior alegria e prazer. Não há nenhum prazer em tomar. E quando você recebe, você começa a dar. Vocês ouviram Dhumal falando sobre como ele tem trabalhado em Rahuri. Em Rahuri, quando Eu estava indo para a Universidade de Rahuri, as pessoas do vilarejo vizinho sabiam que nosso carro iria por aquele caminho. Eles são aldeões comuns. Eles nunca leram sobre nenhuma Yoga, eles não entendem nada mais sobre vibrações… do que esses sentimentos que vocês têm. É um conhecimento subjetivo. Não tem palavras.

É uma experiência subjetiva… que você sente em seus dedos, em seu ser, a bem-aventurança de Deus. E quando Eu estava indo, Eu senti um solavanco no carro, porque muitas pessoas estavam simplesmente deitadas na estrada… e algumas estavam em pé na estrada parando o carro, e elas começaram a gritar o Meu “Jai”. Eu fiquei maravilhada. Eu disse: “Como vocês sabiam que Eu estava neste carro?” Ele disse: “Mataji, a Senhora nos deu vibrações.” “Nós sabíamos que este era o carro que estava nos trazendo vibrações.” “Então, agora a Senhora tem de descer aqui.” Eu simplesmente desci, abracei todos eles, e outros Sahaja Yogis estavam esperando do outro lado. Eu disse: “Não importa”. Isso é o que é Sahaja, pessoas tão amorosas.

E naquele momento, Eu só pensei em como uma vez com Rama, como vocês sentiram essas coisas com as pessoas, com as pessoas muito simples, de coração muito simples, com shraddha (fé), como elas tiveram esses sentimentos de receber seu amor e senti-lo. Todos precisam de amor neste mundo, vocês não podem existir sem amor. Todo o seu ser é baseado no amor. E Eu desejo que todos vocês neste país entendam… que a menos e até que haja amor em seu coração, não tentem fazer nada externo, porque se vocês fizerem isso, vocês serão descobertos imediatamente. Todo ser humano entende o que é o amor. Há muitas coisas que estão acontecendo dentro de vocês. Existem mudanças cósmicas que estão ocorrendo hoje dentro de vocês. Eu sei que isso está acontecendo. O próprio Shri Chakra desceu nesta Terra… e a Satya Yuga já começou. Esta é a razão pela qual vocês estão sentindo essas vibrações em seus dedos, e nenhum desses gurus e rishis e todas aquelas pessoas mencionaram essas coisas.

Porque isso só é possível quando o Shri Chakra é trazido. Ele está aqui. Vocês têm de senti-Lo e compreendê-Lo. Cabe a todos vocês aceitá-Lo com o coração aberto. Eu não quero nada de vocês. O que vocês podem Me dar? Eu não quero nada, mas Eu quero que Meus filhos sejam felizes. Eu rezo pela felicidade deles, Eu vivo para eles e o tempo todo, quer Eu esteja dormindo ou acordada ou no estado intermediário, quando eles chamam de “sabhranta”, Eu simplesmente estou com vocês. Em cada momento, vocês estão em Meus pensamentos. Eu desejo a todos vocês um Ano Novo muito, muito feliz hoje porque é Navroz, e Navroz é o dia em que Zartosht começou Seu trabalho neste mundo.

Ele era um grande Sahaja Yogi. Ele era uma Encarnação do próprio Dattatreya. (…) lhes falou sobre Profeta Maomé, Eu tenho de lhes dizer que Ele era Meu pai… e Ele era a Encarnação do próprio Dattatreya. Ele não era uma pessoa comum. Embora as pessoas tenham torturado Sua vida. Cada momento que Ele viveu, eles O torturaram. E Hazrat Ali é uma Encarnação muito, muito grandiosa, quando apenas uma vez, apenas uma vez Brahmadeva encarnou, e Ele encarnou como Hazrat Ali. Assim, essas pessoas são tão grandiosas. Vocês não podem criticá-Los. Eles são tão grandiosos, cada palavra que Eles falaram é um mantra.

Tudo que Eles lhe disseram sobre este “namaaz”… não é nada além de Kundalini jagruti (despertar da Kundalini). Profeta Maomé fez o mais importante trabalho na Sahaja Yoga… e fez o mais importante avanço… no que diz respeito a Kundalini jagruti. Como vocês podem criticá-Lo? Eu não suporto ouvir uma palavra sequer contra Ele. Eu sei o quanto Ele foi torturado. E as mesmas pessoas hoje que estão falando contra Ele nasceram neste país. Quando vocês não podem chegar nem mesmo aos Seus pés, por que vocês deveriam dar um passo tão grande? Entendam, o que vocês têm feito na vida? O que vocês alcançaram consigo mesmos… para que vocês fiquem criticando essas grandes personalidades? Khwaja Nizamuddin Saheb foi um grande Auliya (santo), não há dúvida sobre isso.

E um rei horrível como Khilji tentou perturbá-Lo, e o rei, ele próprio foi assassinado e seu nome virou cinzas. Hoje, Khwaja Nizamuddin Saheb, vão e vejam as vibrações lá. Vão e vejam um Chisti, Maqbara de Chisti (túmulo de Chisti) também… em Ajmer Sharif, vocês verão o mesmo. Em Patna, vão e vejam Patna Saheb, onde vocês também têm o nosso Mahavir Saheb, as vibrações estão lá. Todas essas pessoas estão falando da mesma verdade que Eu estou lhes dizendo. Mas hoje vocês podem distingui-Los. Vocês saberão quem Eles são. Por favor, tentem se tornar humildes. Antes de tudo, obtenham essa verdade eterna dentro de vocês. Deixem seu Ser ser esse instrumento subjetivo para entender o que é Deus.

Não se deixem levar por algumas leituras aqui e algumas leituras ali. Não se deixem levar pelas ideias mesquinhas e a tolice egoísta… que está acontecendo que é zombar de todos. Por favor, despertem para essa grande ocasião de compreensão. Essa força dinâmica está morrendo de vontade de borbulhar a partir de vocês. Nós temos de mudar este mundo e transformá-lo em uma bela criação, porque o Criador não permitirá que Sua criação seja destruída. Se vocês não aceitarem a verdade, vocês serão destruídos. Então, por favor, por favor, novamente como uma Mãe, Eu lhes peço… para aceitarem a Verdade Divina, o Amor Divino e serem um só com Ele. Eu desejo a todos vocês, a todos os Sahaja Yogis… e a todas as pessoas que estão buscando Deus, a maior das maiores, a mais elevada da mais elevada conquista… na consciência de Deus e do Seu Amor. Isso é o que é. Caso contrário, o resto disso é tudo inútil. Aqueles que buscaram… outros tipos de coisas satwik ou tamasik na vida foram desperdiçados, eles foram para o inferno e estão completamente destruídos.

Vocês não querem fazer isso, vocês são pessoas simples, pessoas comuns, e é por isso que vocês são as melhores pessoas, porque vocês não sofrem de nenhum extremo. Vocês têm um coração muito simples, vocês estão levando uma vida muito religiosa… e uma vida conjugal santificada. Este lugar é para as pessoas… que estão no caminho do meio do Senhor Buddha. A Sahaja Yoga é a integração de todas as verdades da vida… e Eu posso provar isso para vocês por meio da Kundalini, que o que Eu digo é o fato, é o fato. A menos e até que vocês recitem o nome de Hazrat Ali, seu Swadisthana Chakra não pode ser curado e todos os Sahaja Yogis sabem disso. E no Puja do Sahaja Yogi, nós temos de recitar… o nome do Profeta Maomé novamente e novamente e o de Hazrat Ali. E também nós temos de recitar o nome de Jesus, o Senhor que é o Ashraya (refúgio) de todo este mundo, descrito por Shri Krisha no Bhagavad Gita, Ele era o Mahavishnu. Vocês podem ler isso por si mesmos e ficarão surpresos ao ver que todas as coisas… descritas sobre Mahavishnu são absolutamente as mesmas que foram descritas de Jesus Cristo. Então, Eu lhes peço que não sejam tão intolerantes. Vocês não sabiam a verdade até agora.

Então, tentem entendê-la, serem subjetivos, senti-la, compreendê-la. Todos os livros estão dizendo a mesma coisa que Eu estou dizendo. A única coisa é que Eu posso fazer isso. Eu não estou fazendo, está simplesmente acontecendo. Eu vim a esta Terra apenas para essa ignição. Este é o último ponto de ignição. Isso tem de acontecer e acontecerá. Vamos ver neste país, nesta bela Yoga Bhumi, quantas pessoas aceitam isso. Que Deus abençoe a todos. Novamente e novamente Eu os abençoo.

Eu estou indo agora para Londres no dia 25 e espero… que todos vocês que obtiveram a Realização nos últimos dois dias, novamente… venham ao nosso programa em Bharathiya Vidya Bhavan na terça-feira, às 6h30. Nós temos também um centro muito bom em Altamount Road. Vocês podem pegar o endereço aqui, em Altamount Road, há um apartamento térreo que conseguimos, em frente ao salão de beleza, salão de beleza Kamal ou algo assim. É o apartamento da Srta. Moraji… que gentilmente nos deu esse apartamento para uso. Eu espero que todos vocês tenham interesse mais profundo pela Sahaja Yoga, aprendam todos os métodos e sejam peritos na Kundalini. Há muitas pessoas entre nós que sabem sobre isso e vocês podem conversar com elas. Mesmo nos programas, vocês podem ouvir Minhas palestras, através das quais vocês entenderão. Mas não é o entendimento através de sua audição, mas é o entendimento através do seu coração… e somente através de sua percepção das vibrações, vocês podem julgar a Kundalini. Ontem Eu lhes pedi muito e novamente Eu estou lhes pedindo… que para entender a Sahaja Yoga, vocês não precisam de muito cérebro.

O que vocês precisam é de um coração, de um coração “shraddha-van” (com fé). E se vocês tiverem isso, dará certo. A hora chegou… para que muitas flores se transformem em frutos. A hora chegou. Eu lhes agradeço novamente e novamente por mostrarem esse grande amor por Mim. É como quando Eu sinto o oceano do Meu amor, quando ele flui para as praias de todos os seus corações, a praia o retorna como uma reação. É um movimento parabólico. Quando Meu Amor passa através de vocês e volta para Mim como amor, Eu desfruto isso. É uma experiência tão bela. Quero dizer, é uma experiência diferente, talvez, que não pode ser cunhada ou colocada nessas palavras mortais.

Muito obrigada novamente e novamente. Eu agradeço a todos os administradores… e a todos vocês novamente e novamente. Que Deus os abençoe… com toda Sua prosperidade, com toda Sua bondade, gentileza e o Eterno. Que Paramachaitanya desça sobre vocês e sobre sua consciência.