Subtlety

London (England)


Feedback
Share

  Sutileza, Dollis Hill, Londres, Inglaterra, 08.06.1980

Só é possível para as pessoas que são de uma natureza mais sutil… compreender o valor da Sahaja Yoga, agarrar-se aos valores da Sahaja Yoga, e reter isso neste mundo fragmentado.

O mundo está fragmentado… e todos estão agindo em direção a própria destruição. Todos os valores que as pessoas seguem são valores grosseiros. A maioria dos valores são totalmente grosseiros. Assim, para a Sahaja Yoga, nós temos de ter pessoas… que estão tentando justificar suas sutilezas. Essas pessoas mais sutis… sempre têm sido… um pouco diferentes da multidão mundana. E essas pessoas… sempre se expressam de tal maneira… que a sua própria existência sugere….. que elas estão tentando consolidar o mundo inteiro. De certa forma, vocês podem sentir isso. [Marathi] Aqueles que conseguem sentir… que há um elemento dentro de nós… que nos faz rir da estupidez dos outros, que pode parecer para eles… estarem fazendo certas coisas muito seriamente, mas para nós, isso parece como se fosse muito estúpido… desperdiçar suas vidas. Esse é um calibre de pessoas diferentes. Primeiro essas pessoas com esse calibre… e esse dinamismo dentro delas… serão estabelecidas na Sahaja Yoga, não o tipo grosseiro comum.

Mas porque nossas portas estão abertas a todos, porque não há nenhuma cobrança ou qualquer coisa assim por nada, todos os tipos de pessoas entram. E quando eles entram, eles não sabem o que querem. Dentre eles, alguns podem ser os mais grosseiros de todos. Alguns podem só estar entrando para pegar algumas coisas, só para roubar algo, possivelmente. Eu tenho visto todos os tipos de pessoas vindo para a Sahaja Yoga. Pessoas assim, quando elas descobrem que há algo disponível, elas entram e vão embora. Um outro tipo, talvez, que esteja vindo aqui… é aquele que é extremamente grosseiro, mas eles podem achar que podem fazer algum trabalho de comunicação aqui, tendo conexões com diferentes pessoas, eles podem explorar isso e ganhar algum dinheiro com isso. Assim, a propensão ao dinheiro é algo muito grosseiro, é algo muito grosseiro. Se as pessoas são propensas ao dinheiro, então a Sahaja Yoga não funciona bem com elas. Se você sempre pensa em dinheiro, em seu seguro, em como o tapete pode ser danificado, que isso e aquilo aconteceram, pessoas assim são muito difíceis.

Mas de nível mais baixo do que essas, são as pessoas que vêm aqui… para fazer algum tipo de exploração a partir da Sahaja Yoga. Pessoas grosseiras assim também entram, e quando elas descobrem que não podem realizar seus planos, elas saem da Sahaja Yoga. Agora, o terceiro tipo de pessoa que vem aqui, eles vêm por causa de algum ganho material da Sahaja Yoga, talvez ganho físico também. Como por exemplo, alguém está doente, então eles vêm por causa da doença deles. É uma forma muito grosseira de olhar as coisas: vir para Sahaja Yoga para ser curado. Então quando eles se curam, eles desaparecem. Muito estúpido, não é? Então algumas pessoas chegam com a ideia: “Talvez com as bênçãos da Mãe, nossos problemas financeiros serão resolvidos.” Somente com essa ideia. Então eles também têm seus problemas financeiros resolvidos… e eles vão embora.

Mas alguns deles não, alguns deles não conseguem lidar com o que eles querem ter, então eles ficam aborrecidos. Agora, o melhor calibre, da forma mais sutil, é o que só está buscando a Sahaja Yoga, que só está buscando a união com Deus, nada mais, esse é o melhor calibre. Pessoas desse calibre trabalham duro. Têm esforço muito concentrado. Compreendem a Sahaja Yoga muito rápido. A única coisa é que… por causa dos hábitos ocidentais de pensar, algumas pessoas, embora elas tenham um calibre, ficam circulando em volta delas mesmas, elas ficam pensando sobre isso, discutindo sobre isso, argumentando sobre isso, e então elas ficam estacionadas em um ponto. De outra forma, ficam um pouco dando voltas e voltas em si mesmos. Eles têm um calibre, eles têm uma elevação, eles definitivamente têm, como nós chamamos, eles têm peso, eles podem sentir o elemento deles, mas eles ainda continuam com isso como um hábito, porque estão acostumados a isso. Eles ficam andando em círculos. Eles têm de se firmar.

Mas, o calibre de um indivíduo… que apenas quer ser, que quer se tornar, nunca pode ser dissuadido por nada, porque ele é sutil, de certo modo, ao longo de sua vida, ele sente as sutilezas do inconsciente. Ele sentiu as imagens arquetípicas dessas Divindades. Ele As conheceu. Ele teve essas erupções dentro dele. Ele identifica e reconhece… as sutilezas que ele sentiu, e ele as correlaciona com a Sahaja Yoga, e a Sahaja Yoga o convence desse jeito. Agora, essas sutilezas que estou lhes descrevendo, chegam a vocês não através de seu esforço mental ao longo dessa vida, mas chegam a vocês a partir das experiências de muitas vidas… que vocês passaram, e logo que você se aproxime da Sahaja Yoga, você começa a absorver. Esse é o melhor calibre. Mas devido à porta estar entreaberta, o mais grosseiro do grosseiro também pode entrar. Mas às vezes eles chegam por este caminho e voltam pelo mesmo caminho. Alguns deles vêm meio caminho e correm de volta.

Alguns deles entram por um lado e saem por outro lado. Mas aqueles que ficam são pessoas que são mais sutis por natureza. É um acontecimento muito sutil. Se você perdeu suas sutilezas, por exemplo, algumas pessoas, como Eu disse, mesmo fazendo trabalho duro com seus dedos, você se torna insensível. Mesmo com o desrespeito físico aos seus dedos, você se torna um pouco insensível. Mesmo quando você tem sua Realização, você pode não sentir as vibrações tão bem. Mas isso não é tão importante. É claro, para a Realização, você deve sentir as vibrações. Mas talvez devido a algumas causas externas também, ou talvez devido a algum problema físico, você pode chegar a… uma situação onde você pode não sentir tanto as vibrações. Mas dúvidas não devem surgir em suas mentes, porque não há nenhuma vibração.

Você só pensa: “Sim, as vibrações não estão presentes,” “eu devo corrigir meu Vishuddhi Chakra.” “Mas elas estão lá.” E mesmo se as dúvidas surgirem, uma pessoa sutil lutará contra isso, ela argumentará, mas uma pessoa grosseira não. Um sujeito sutil é um homem corajoso… e sua coragem vem… de sua capacidade intrínseca dessas sutilezas. Ele não sucumbe às dúvidas. Ele apenas observa e luta contra isso. Ele não sucumbe a isso. Mas a Sahaja Yoga é uma coisa tão maravilhosa, mesmo aquelas pessoas que às vezes parecem muito grosseiras, de repente aparecem… com uma manifestação tão bela das sutilezas, que é surpreendente. Mas isso é fora do comum. A mente e o cérebro humano… são sutis em certos pontos e grosseiros em outros pontos.

É o mais surpreendente. Talvez devido ao passado, talvez o… Você poderia levá-la para trás? Porque está perturbando. Agora, leve-a para trás, tudo bem? Ótimo. Apenas lhe dê uma cadeira para se sentar, tudo bem? Sinto muito. Depois Eu vou pegar você no Meu colo. Ela está muito triste de deixar o lugar. É um assunto muito sutil. Por favor, prestem atenção.

Se um gênio é gerado, ou podemos dizer um, eles chamam isso de “prodígio”, mas Eu chamaria de gênio. Há uma diferença entre um prodígio e um gênio. Prodígio é uma pessoa que por um curto período de sua vida… de repente se torna muito talentosa, e depois de algum tempo o talento desaparece. E uma pessoa prodigiosa pode ser mentalmente… totalmente de nível muito, muito baixo, muito baixo. Assim, isso é feito por algum tipo de possessão. Mas uma pessoa que é um gênio… é uma pessoa que tem essas sensibilidades. A mente que está coberta com pensamentos, que é densa, que é grosseira, ela pode ser menos densa em certos pontos… e pode ser muito sensível a certos pontos. Por exemplo, algumas pessoas podem ser muito sensíveis à música, algumas podem ser sensíveis à arte, algumas podem ser aos seres humanos, algumas podem ser a outras coisas… que talvez as tornem pessoas raras. Mas essas coisas mais sutis… que criam a sua personalidade, sempre indicam em seu ser… que há algo que está além, que está lançando algumas imagens dentro de você. Pessoas assim são conscientes delas, de que há algumas imagens que estão lançando… essas ideias sutis dentro de você, elas estão expelindo algumas novas comoções dentro de você, e uma vez que você comece a senti-las, você é compelido a anotá-las em algum lugar.

É desse modo que os poetas são criados, os músicos são criados, os grandes mestres são criados. Agora, a modelagem dessas ideias sutis é um outro trabalho. Mas a beleza dessas ideias sutis é esta: elas são universais por natureza. Se elas não fossem, elas não seriam tão atraentes para todo mundo. Portanto há algo universal nelas, e essa universalidade… quando manifestada ou moldada em alguma expressão, então ela é absorvida universalmente. Agora, isso depende da pessoa, o quanto ela está mais próxima… dessas imagens e da imagem do seu Espírito. Se uma pessoa assim é uma alma realizada, então a expressão é celestial. A modelagem dessas imagens, é claro, é determinada pelo ambiente, pela diferentes atmosferas, pelas tradições e tudo mais, nas quais as pessoas viveram. Essa é a parte da modelagem disso. Mas a essência universal de tudo, esse elemento que é universal… é manifestado em uma determinada forma.

Quanto mais a pessoa estiver próxima de seu Si, até mesmo a modelagem é mais universal na natureza. Então uma pessoa assim não tenta… ser moldada tanto pelas tradições. Mas as tradições que vieram através do estado meditativo… ou através de almas realizadas… definitivamente lhe dão uma melhor oportunidade de expressão. Assim, a modelagem também evolui gradualmente em cada país, em cada lugar, até chegar ao ponto… onde as pessoas começam a entendê-las em meditação. Agora, há dois tipos de modelagem: uma é a modelagem que vem de fora, a outra que vem de dentro. A modelagem que vem de dentro pode ser… os ensinamentos dos grandes mestres, que são almas realizadas, e o seu próprio entendimento do trabalho desses grandes mestres. O outro estilo poderia ser que… você veja o que as pessoas têm produzido, todas elas, e você reúne a partir disso, e molda sua manifestação adequadamente. No segundo tipo de coisa, eles talvez sejam realizados, talvez não sejam realizados. Agora, quando vamos para a Sahaja Yoga, mesmo uma pessoa que não é um gênio, que nunca foi um gênio, que não tinha nenhuma ideia de qualquer expressão especial na vida, pode ter a Realização e do mais alto tipo. Talvez muito mais do que um gênio, porque um gênio pode se tornar um “gênio-asno” nesse meio tempo.

Seu ego deve ter inflado, ele pode ser um “gênio-asno”… ao invés de gênio. Mas um Sahaja Yogi, quando ele tem sua Realização, sua Realização é um sinal, não de suas sutilezas, mas sim de sua Kundalini, em qual condição Ela está. Se a Kundalini está completamente congelada, isso significa que a pessoa não tem nenhum desejo de ter a Realização, ele está vindo para a Sahaja Yoga para ganhar algum dinheiro dela… ou fazer nome a partir dela, ou ser – ele poderia ser um ladrão vindo como um Sahaja Yogi… para roubar, digamos, Meus sapatos. Um sujeito assim pode ser muito difícil para ter a Realização. Mas talvez com algumas pessoas… que têm alguns problemas básicos também… podem ter a Kundalini delas completamente congelada. Mas as pessoas de aparência muito comum, de vida muito comum, podem ser muito sutis, muito mais do que todos esses gênios… e “gênios-asnos” e idiotas colocados juntos, porque elas podem sentir o Si delas. Pessoas assim não enganam a si mesmas nem aos outros, está fora de questão. A atitude toda delas em relação à Sahaja Yoga… é como uma pessoa que está morrendo e ofegante. Elas só ficam lutando para alcançar a Verdade. Elas não têm nenhum outro interesse na vida, exceto alcançar a Verdade.

Pessoas assim podem ser bastante determinadas, podem ser muito diferentes do normal. Eles podem considerar muitas coisas estúpidas. Mesmo só ter uma esposa… e filhos e família é bastante estúpido, não é? Isso não é o fim da vida. É uma coisa bastante estúpida de se fazer. Eu não digo que você deve abandonar isso, mas não é o fim da vida. Está tudo bem, é uma parte dela, você não deve ficar perdido nisso. Nós acreditamos que o casamento é importante e acreditamos que… no casamento, o marido e a esposa devem ser muito… compreensivos um com o outro. Deve haver amor entre os dois. Deve haver felicidade, de modo que os filhos também sintam a segurança da família, assim a sociedade melhora.

Tudo isso está bem, mas não é o fim disso. Na Índia, você encontrará muitas famílias assim, onde o marido e a esposa estão indo bem, os filhos são bons, o dinheiro deles está no banco; quando eles morrerem, o dinheiro vai para os filhos; então os filhos se casam bem, depois eles têm filhos, o dinheiro vai para o banco; e quando eles morrerem, o dinheiro vai para os filhos. Isso continua dia após dia. Não é nada, é tão mundano. Isso não significa que Eu acredito em divórcios. É claro, isso é algo insensato. Mas ser casado significa somente que você entrou na vida. Pelo menos você deve entrar na vida. Isso é importante no que se refere a entrar na vida. Básico.

Mas isso é somente o básico, nao é o fim da vida. Se você for uma pessoa mais sutil, você não pensará em… quais são suas vantagens monetárias, ou no que você está fazendo, qual é o negócio, qual ganho você teve. É claro, você verá que quando a yoga é estabelecida, seu kshema será estabelecido, seu bem-estar será estabelecido. Você verá isso claramente. Deve ser visto, você deve ficar grato. E o kshema fica bem, porque você não deve se preocupar com o akshema, mas você deve ter tempo livre para devotar-se… à meditação e à Sahaja Yoga, de modo que você não tenha muita preocupação. É desse modo que o kshema surge. Mas quando o kshema surge também, a pessoa pode começar… a entrar no mesmo círculo de ganância, de ter cada vez mais dinheiro, cada vez mais isso, roupas melhores, casa melhor, como conseguir isso, esse círculo pode começar. Não há fim para isso, então você deve cortar isso. Eu não estou dizendo… que você tenha somente uma roupa… e por toda sua vida, você acabe com uma única roupa, não significa isso.

Porque se Eu estou dizendo qualquer coisa, as pessoas disparam para outro lado. Eu estou tentando manter vocês no centro, de modo que muita atenção não será exigida em um lado… ou em outro lado, de condencendência ou de ascetismo, nenhum desses. Você não deve renunciar a nada nem ter condencendência com qualquer coisa, mas sinta suas sutilezas, alimente-as, nutra-as, cuide delas. Você deve ser orgulhoso de suas sutilezas, você tem esses valores mais sutis, enquanto os outros não têm… e isso por si só será tão autossustentador… que você pode reter todos esses valores… que você obtém de suas sutilezas contra o mundo inteiro. Porque mundo está tão fragmentado, tão separado, que todo mundo se sente sozinho. Mas isso não significa, de forma alguma, que você deva ser arrogante… com os outros, deva ficar brigando com os outros, não. Mas na escuridão, uma luz brilha. Tudo é escuridão. Se a luz aceita a escuridão, então ela se torna escuridão. Então a luz deve aceitar que: “Eu sou a luz e eu sou o caminho”, e deve se erguer.

Isso não significa de forma alguma qualquer arrogância com os outros, qualquer exibicionismo com os outros, mas isso é a Luz. E a Luz, por si só, emite. Quando isso lhe acontece, você não se odiará, antes de mais nada, mas você amará e se respeitará… e respeitará as virtudes em você e não sua grosseria. A Kundalini, Ela própria o torna cada vez mais sutil. Mas se você é uma pedra, o que a Kundalini pode fazer? Agora, é para você observar onde você é uma pedra. Deve haver muito exame de consciência. A grande “idade da pedra” é nos dias de hoje. O coração é como uma pedra. Ele não se move.

Quando falamos com os outros, ele não se move. Não há nenhuma onda nele, não há nenhuma alegria nele. É como uma pedra sentada lá para ferir todo mundo. Qualquer um que veja você: “Oh bala, ele está vindo.” “Vem da outra rua.” “Quem?” “Aquele sujeito com coração de pedra.” E você acha que está muito bem, que você é uma boa pessoa, porque você tem coração de pedra. Você acha que pode dominar o mundo inteiro, porque tem coração de pedra, que você pode dar tratamentos psicológicos aos outros, ficar calado, não falar com ninguém, gritar com os outros e fazer o que lhe agrada, porque você tem um coração de pedra. Nada acontece com sua pedra lá.

Agora, esse coração de pedra… é o sinal de que você não deve estar mais na Sahaja Yoga. Você deve ter um coração como o que sua Mãe tem, pulsando com amor, com compaixão, com alegria, com felicidade, com generosidade. Essa deve ser a atitude, não a racionalidade, nada disso. É o sentimento, sentimento pelo sofrimento dos outros, sentimento pelos desejos deles e por suas aspirações. Simplesmente senti-los dentro de você mesmo, é o desejo deles de ser o Todo, de ser o próprio Oceano… por si só causa tanta satisfação. Nós não devemos ter nossos ideais entre nós mesmos. Por exemplo: “Ela faz isso, então por que eu deveria fazer?” “Ele faz isso, então por que eu deveria fazer?” É realmente medíocre. É um negócio de grau muito baixo observar os outros, se preocupar com os outros, falar sobre os outros.

É de grau extremamente baixo. Uma pessoa de calibre… tem seus padrões tão mais elevados… que ela não consegue se comparar com os outros. Isso é realmente verdadeiro. Se Eu começar a Me comparar com você, qual será Minha posição? Eu não consigo fazer isso. Então você dirá: “Está tudo bem para a Senhora, Mãe.” Isso é perfeito, Eu concordo, está tudo bem para Mim como Eu sou. Mas você pode ser como Eu também. Mas se Eu começar a comparar e pensar: “Oh Deus, o que é isto? “, então Eu deveria desistir de fazer qualquer coisa, pensando: “Aonde Eu cheguei?”

Mas quando você sabe que… você não está comparando, você está apenas doando. A questão de comparação nunca deveria surgir de forma alguma, de forma alguma. É somente sentimento. Eu simplesmente sinto. Da mesma maneira, vocês sentem uns aos outros. Não de uma maneira artificial, cortês. Algumas pessoas acham que… se elas deram o assento delas a alguém, elas foram realmente pessoas generosas, as pessoas mais generosas. Apenas seja você mesmo agora, vamos ver. Apenas seja você mesmo, e você é a Luz. Qual é a comparação?

A comparação existe quando nosso calibre é baixo. Se é ouro 24 quilates, qual é a comparação? É absoluto. Se você está no ponto absoluto, não há nenhuma comparação. Assim, tente se certificar de que o seu calibre é esse, que você é desse calibre… e não se preocupe com as pessoas grosseiras. Grosseiro é grosseiro e permanecerá grosseiro, simplesmente não se preocupe com eles. Mantenha seu calibre ileso. E essa é que é a parte mais essencial da Sahaja Yoga. Muito obrigada. – Hã?

Eles sempre me dizem que a Senhora é na verdade Deus, o próprio Deus Pai. Bem, eu não consigo ver isso de forma alguma. Tudo bem, agora coloque suas mãos em Minha direção. Pergunte. É o computador mais simples. Faça funcionar seu computador e pergunte, pronto. Ela é o “E”, significa Ela é Aquela… que é o Desejo de Deus Todo Poderoso. Ela é o Poder de Deus, e é somente Ela quem encarna. Se você ler os Vedas, é dito que Ela criou Seu Filho, e o primeiro som que foi criado foi a Criança. E esse som é o som que chamamos de Brahma, ou o Logos, como eles o chamam.

Assim, agora, qual é a diferença entre Deus e o Desejo de Deus? Qual é a diferença entre o sol e a luz do sol? Qual é a diferença entre a lua e o luar? Qual é a diferença entre a palavra e o significado? Então, Deus Todo Poderoso que as pessoas entendem… é apenas uma Testemunha. Um dia essas duas coisas se encontrarão, não restará nenhum mundo. Até que Eles fiquem separados, todas essas coisas acontecem. Quando Eles se encontrarem e se unirem um ao outro, não restará nada, Ele se torna somente o som, Brahma. Nós não podemos entender essas coisas, porque nunca vimos… duas coisas que se unem como Deus e Seu Poder. Não podemos entender… nada assim, porque não há nenhum paralelo.

Agora, você pode racionalmente também ver as coisas: as pessoas, quando elas se curvam diante de Mim, a Kundalini delas começa a se mover, Está escrito nas escrituras: somente aos Pés da Adi Shakti isso aconteceria. Não somente isso, mas vocês… que não tiveram nenhuma vida austera ou qualquer coisa assim, obtiveram a Realização, e é o próprio poder de vocês dar às pessoas a Realização, não é? Não há ninguém no mundo inteiro hoje, talvez existam algumas almas realizadas… que possam dar a Realização do jeito que vocês dão. Vá e fale com alguns grandes gurus, eles têm inveja de vocês. Eles sabem quem Eu sou, eles têm falado às pessoas quem Eu sou, mas eles são ciumentos. Eles não entendem por que dentre todas as coisas, Eu dei a vocês esses poderes, enquanto eles não têm. Eles não podem dar a Realização da forma que vocês dão, em um segundo, deste jeito, ninguém pode. Você pode ir e dar uma olhada neles. Eles são grandes pessoas, sem dúvida. Mas a Kundalini de vocês atua como um jato.

A deles se move como elefantes, de um chakra para outro chakra. A Kundalini não se move da maneira como se move em vocês, porque Eu dei a vocês a autoridade. Você pode ir e se encontrar com eles e eles lhe dirão. Há milhares de pessoas que eles tiveram como discípulos, mas eles não os enviam para Mim. Eles dizem: “Mãe, a Senhora achará as do Seu calibre,” “estas são pessoas grosseiras, deixe-as para nós.” “Nós lidaremos com elas. Nós as enviaremos mais tarde.” “Somente por agora, encontre Suas pessoas sutis.” Por que são poucos Sahaja Yogis? Por que há… muito poucas pessoas sutis neste mundo, desse calibre.

É por isso que Eu sempre estou lhes pedindo: não desviem sua atenção para aqui e ali. Estabilizem-se. Tornem-se bons Sahaja Yogis. A menos e até… que vocês realmente se tornem bons Sahaja Yogis, Eu não posso mover para a segunda camada. Porque a primeira camada ainda não está estabilizada. Eles estão preocupados com coisas insensatas. Eu, às vezes, simplesmente fico muito infeliz ao ver que… vocês brigam entre vocês mesmos. É algo tão doloroso… ver vocês dizerem palavras rudes uns com os outros. Vocês são a fina flor para Mim. Vá e pergunte para qualquer um dos gurus, se eles conseguem mover a Kundalini com os dedos como vocês fazem.

Esses poderes não podem ser dados por uma pessoa comum, Eu pareço comum, sem dúvida, Eu tenho de parecer. Mas vocês também Me viram em outras formas, isso não é importante. A coisa importante é que você deve ver sua própria transformação… e quantos poderes estão se manifestando. Se você for e falar com alguém que… Eu comecei a dar a Realização e a elevar a Kundalini, eles dirão: “Você está louco. Como pode ser isso? Impossível.” Ninguém vai acreditar em você de forma alguma. Você obteve isso tão facilmente. Por quê? Porque Eu reconheço certas sutilezas em você.

Esses gurus Me reconhecem. Eles sabem sobre Mim. Eles sabem quem Eu sou. Eles estão dizendo aos outros. Há muitos deles assim. Eu lhes contei aqui a história de uma mulher, uma americana. Ela vem algumas vezes, acho que vocês se encontraram com ela, não foi? Alguns de vocês se encontraram com ela. Ela foi a Rangoon… e lá ela foi se encontrar com uma grande e elevada alma que… estava vivendo numa montanha e ele não se encontrava com muitas pessoas. Mas ela foi lá e ele realmente a respeitou.

E quando ela entrou, ele disse: “Eu vou me sentar num nível mais baixo do que o seu.” Ela não consegiu entender. Ele disse: “Porque você viu a Mãe com seus próprios olhos, eu não.” “Eu terei de morrer para vir e vê-La novamente.” E então ela ficou surpresa. Mas, antes de tudo, saiba que você obteve esses poderes dentro de você. Então saiba que você os obteve… porque Eu o escolhi. Tudo bem? Ótimo! Vejam agora.

Uma única coisa, livrem-se de seus egos que lhes dão ideias. Às vezes, eles vêm como grandes balões. Então diga a si mesmo: “Oh Sr. Ego, por favor vá embora.” “Eu obtive esses poderes porque a Mãe me escolheu,” “me amou, me nutriu…” “e me aceitou como Seu filho.” É um fato. Ninguém consegue acreditar que você pode dar a Realização, Eu lhes digo. Vá e fale com qualquer um. Você deve! Mas eles não vão acreditar em você. Se estas flores dissessem: “Eu posso me tornar…” “a lâmpada no farol.”

Ninguém vai acreditar nela, porque a luz no farol é feita em uma fábrica especial, com isso e aquilo especial. Mas vamos supor que esta flor fale assim, ou se esta flor disser: “Eu posso curar suas doenças.” Ninguém acreditaria, mas ela talvez possa. Quando algo fantástico acontece, você tem de acreditar que há o Divino atuando… e atuando tão dinamicamente. A única coisa é: não desperdice suas energias em desejos grosseiros… e divagações grosseiras e andanças. Tente ser cada vez mais sutil. Não há nada que Eu tenha de pedir. Agora, pense sobre isso a partir do ponto de vista de Deus. Deve ser lhe dada a Realização, primeiro trabalho. É uma dor de cabeça.

Alguém tem de assumir a dor de cabeça de dar a Realização. É muito mais fácil ser crucificado uma vez, mas dar a Realização centenas de vezes… a todos os tipos estranhos de Kundalini que devem ser elevadas, você não consegue imaginar. E depois de dar a Realização, falar-lhes tudo sobre isso; decodificar todos os chakras, mostrar-lhes todos os chakras, falar-lhes tudo sobre as Divindades, sobre esses arquétipos e sobre tudo. E cada palavra sobre isso é verdade e atua e funciona. Você experimentou e descobriu. Alguém tem de vir. Foi Meu destino vir. Eu não importo, como Eu lhes disse outro dia, se qualquer um de vocês pegar Meu lugar, Eu ficarei muito feliz… ser um Sahaja Yogi sentado deste jeito. Verdade, Eu lhes digo. Eu serei a pessoa mais feliz.

Eu lhe darei cinco guirlandas assim… e todas as flores do mercado, Eu trarei para você, se você puder sentar aqui e fazer o trabalho para Mim. É muito fácil duvidar, mas você pode fazer o trabalho? Não, você não pode. Este é o problema com a mente ocidental: ela duvida. Do que você está duvidando? O que há para duvidar? Eu mesma não consigo duvidar, isso é muito difícil. Quando você sabe que isto é chá, como você pode duvidar? Agora, se você duvida, o que posso fazer? Como posso provar isso?

A melhor maneira é compreender o Meu Amor. Através disso, você Me compreenderá melhor. E muito mais fácil Me compreender através de seu coração… do que através de seus cérebros, porque sou muito boa em “explodi-los”. E Eu brinco com você, com muitas coisas, através das quais Eu realmente lhe propicio um momento muito difícil. Porque se você começa a pensar, Eu o faço pensar mais. Se você começa a duvidar, Eu o faço duvidar mais. Então a melhor coisa é observar. Como Eu falei outro dia, seja o que for que esteja na próxima sala, é melhor ir e ver… do que se sentar aqui e duvidar, ou aceitar isso e se sentar aqui. Não. Vá e veja por você mesmo.

E você o viu por você mesmo. Mas apenas pense em como isso é fabuloso. Apenas se sente e pense, como isso é grandioso, como é dinâmico, pois você viu isso com seus próprios olhos. Apenas pense, pois você o sentiu. Vocês são as pessoas que obtiveram isso. Vocês são os poucos primeiros que conheceram isso. Talvez haja milhares e milhares mais tarde, o universo inteiro talvez assuma isso, mas vocês são os poucos primeiros. Melhorem seu calibre. Ergam-se. Eu acho que vocês podem Me dar licença, Eu gostaria de ir, porque durante o dia inteiro, Eu tenho realmente trabalhado duro.

Eu fiz Minha comida e fiz aquilo. Agora, qual é o problema com você? Você, ainda mais? Ainda mais. Melhor. Mantenha-se assim. Tudo bem. Agora vocês Me dão licença?