Programa Público

(United States)

1981-09-30 Public Program Day 7, I'm the Holy Ghost, NYC, USA, DP, 87' Download subtitles: EN,FI,LT,PT,ROView subtitles: Add subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Download audio:
Transcribe/Translate/Verify using oTranscribe


1981-09-30 Public Program, Day 7, Version 0, Part 2, I am the Holy Ghost, NYC, NY (USA), 60' Add subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Download audio:
Transcribe/Translate/Verify using oTranscribe


Feedback
Share

Programa Público, Nova York, EUA, 30.09.1981

Ontem Eu lhes falei sobre este chakra, que é um chakra muito flamejante, porque este chakra é ocupado por uma Divindade muito furiosa chamada Jagadamba, é a Mãe do universo.

Ela tem de proteger Seus filhos que estão tentando nadar através do oceano de ilusão e que estão sempre sendo atrapalhados pelas pessoas que são contra Deus, que são anti-Cristo, que são anti-Deus, que são demônios, que são chamadas de rakshasas. E então Ela tem de protegê-los e é por isso que Ela é uma Deusa tão furiosa, como um tigresa. Na verdade, um de Seus veículos é um tigre, outro é um leão. Depois deste, agora, hoje nós queremos saber sobre este chackra, que é o Vishuddhi Chakra, Vishuddhi. A América no mapa do mundo é este centro, este Vishuddhi Chakra. É por isso que é importante entender o que nós representamos, os americanos. Agora, este centro tem 16 subplexos e ele se manifesta no nível grosseiro no plexo cervical, que cuida de todo o ouvido, nariz, garganta, os globos oculares e o pescoço, todos os problemas desta área. A construção facial depende deste chakra. Seja qual for a condição deste centro, você tem a expressão em sua face. Como Eu lhes disse, ele tem 16 subplexos e todas as vogais são criadas neste centro.

É claro, a língua inglesa tem as vogais que não são cientificamente satisfatórias. Mas o sistema de escrita Devanagari tem todas as vogais, são 16 no total. E é por isso que todas elas são criadas aqui nesta área. Esse é o lado grosseiro deste centro. O lado sutil deste centro é que este é o centro da coletividade. Quando o homem eleva sua cabeça, ele vê em sua volta seus semelhantes, e ele começa a pensar: “Deve haver algo muito, muito comum entre nós.” Nós somos partes integrantes de um ser universal da grande personalidade primordial. O canal central do Sushumna de elevação cria este Ser Primordial no final, é o final, é a forma completa dessa ascensão, da evolução, termina aqui. Assim, este é o Ser Primordial, Se dizemos que este é o Ser Primordial e este é o Vishuddhi Primordial, estão este Vishuddhi é o que representa o que os muçulmanos chamam de Akbar, o aspecto Akbar de Deus. O Grande Ser Primordial.

Em Sânscrito, Ele chamado de Virata. Agora, este Ser Primordial encarnou nesta Terra, como Eu lhes disse, todo esse aspecto encarna, o aspecto central se encarnou nesta Terra como Shri Krishna. E Seu Poder era Radha. “Ra” significa “energia”, “dha” significa “aquela que sustenta”. Radha significa aquela que sustenta a energia, é Radha. Então neste centro estão Shri Krishna e Radha. No lado direito, está a imagem Dele como um rei, quando Ele foi embora de Gokul e Mathura depois de matar um demônio chama Kansa, que era Seu tio na realidade. Ele foi para Gujarat e se estabeleceu lá e governou aquele país, lá Ele era chamado de Vitthala, Vitthala e Rukmini. Eu estou lhes falando esses nomes porque quando vocês estão elevando a Kundalini, se o chakra pára lá ou a Kundalini pára lá, você tem de recitar o Nome Dele. No lado esquerdo está Sua Irmã, que era recém-nascida e foi morta novamente e Ela aparece para nós como um raio no céu.

Ela é chamada de Vishnumaya. Todos estes três centros são muito, muito importantes. Quando você é coletivo, então você está ascendendo através deste centro. O poder está passando através dele. Na verdade, a raiz disto começa daqui. A raiz começa daqui e cresce dentro disto e depois dentro disto, cruzando. O cruzamento acontece lá, mas a raiz do ego e do superego começa neste ponto. Shri Krishna, como sabemos, apareceu para Arjuna como o Virata, como o Grande Ser Primordial. Ele O viu como uma enorme personalidade. E ele viu Nele todos os seres humanos e toda a Criação movendo-se continuamente.

E ele não pôde suportar mais isso, ele disse: “Eu não quero ver isso novamente.” Shri Krishna contou o Gita, falou do Gita somente para Arjuna, somente para uma pessoa. Ele não falou dele nem mesmo para uma segunda pessoa, porque Ele nasceu há 6.000 anos atrás. Naquela época, a maturidade das pessoas era tão baixa, que Ele não falou sobre isso a ninguém mais, exceto para Arjuna. E isso foi ouvido por uma outra pessoa, que anotou, e Vyasa é o poeta que escreveu sobre isso. O Gita é o Vedanta, significa o “fim dos Vedas”. Os Vedas têm dois lados. O primeiro é onde os mantras existem para estimular o lado direito ou, podemos dizer, os elementos e o fim disso é a filosofia. E Ele usou essa filosofia do Gita. Ele usou essa filosofia Vedanta no Gita para explicar o que é o conhecimento, o que é Deus, o que é o Espírito, como alcançá-Lo e o que acontece.

Agora, o caráter basico de Krishna do Seu Advento, foi esse. Até aquele momento, quanto a Rama, Ele foi Aquele que viveu como um ser humano, e estabeleceu um lugar especial ou, digamos, estabeleceu um caráter especial de um rei benevolente para os outros reis seguirem. Mas este aqui, quando Ele veio, Ele percebeu que o lugar todo estava cheio de ritualismo, com todos os tipos de atividades mortas de supraconsciente e de subconsciente, e as pessoas estavam se entregando às coisas materialistas e estavam muito infelizes. Então Ele Se estabeleceu como a Encarnação da brincadeira, leela, o mundo inteiro é apenas uma peça de teatro, é apenas uma peça e você é uma testemunha dele. Na verdade, o que acontece quando você assiste uma peça é você sentir que você está dentro dela. Vamos supor que tenha um Napoleão ou alguém que esteja na peça. Você começa a achar que é Napoleão e mesmo quando você vai para casa, você fala como Napoleão por algum tempo. Você carrega a brincadeira com você. Mas é uma peça, é externo a você, não é você. Às vezes quando tem, digamos, um filme ou algo que assistimos, nós nos identificamos tanto com a cena, que choramos, lacrimejamos, às vezes nos sentindo muito estimulados.

Mas quando a peça acaba, então de repente nos daremos conta: “Oh Deus, era uma peça.” Da mesma maneira, toda esta vida, a vida humana é uma peça. E a peça toda só é vista quando você tem sua Realização, você se torna uma testemunha. Agora, aqueles que tiveram a Realização devem entender que agora vocês se tornaram uma testemunha. Comecem observando tudo e vocês ficarão impressionados, vocês sentirão: “Oh, eu estou tão distante, só estou testemunhando.” Há uma Sahaja Yogini que veio da Índia e ela nunca tinha viajado antes para nenhum lugar, mesmo de avião, ela nunca tinha viajado antes. E ela vem de uma família muito tradicional, ela nunca esteve fora sem alguém ir com ela. Uma pessoa assim. Ela teve a Realização e veio para os Estados Unidos. Ela Me disse: “Não senti que eu estava indo para os EUA,” “que estava viajando de avião para algum lugar,” “que deveria estar com medo, nada desse tipo.”

“Todos eles ficaram falando para eu tomar cuidado,” “eu ficava me perguntando com o que eles estavam preocupados.” “Eu estava pouco me importando, a coisa toda parecia uma peça,” “eu entrei no avião, cheguei aqui” “e havia um oceano de seres humanos, eu não consegui ver meu irmão,” “e eu achei que estava perdida.” “Eu disse: ‘Tudo bem, se estou perdida, não importa.'” “Nunca me perco porque estou comigo mesma.” “Então eu estava indo até o sujeito do taxi,” “eu ia falar com ele: ‘Leve-me para a casa de meu irmão'”, então de repente o irmão foi até ela, foi até ela e a encontrou. Mas pelo contrário, ela estava dizendo: “Eu estava tão relaxada,” “estava pouco me importando,” “o mais impressionante era que eu estava testemunhando toda a peça,” “sem dar nenhuma importância a ela ou estar consciente sobre ela,” “ou estava apenas fazendo isso automaticamente.” Isso é o que acontece com você. Você vê a morte, e você vê a vida, e você vê a peça. E você não fica envolvido com isso. Quando você não está envolvido com isso, então você fica completamente tranquilo e em paz.

Eu lhes dei um exemplo, que se você está na água, então você fica preocupado com as ondas. Mas vamos supor que você entre no barco, então você vê as ondas como um divertimento. Ou se você sabe nadar, você também vê isso como uma diversão. Assim, quando você tem a Realização, quando você têm a sua Realização, então a coisa toda se torna como uma peça de teatro e você começa a desenvolver o seu desapego. Assim, Ele é o Yogeshwara. Ele é Aquele que é totalmente desapegado. Ele é um total desapego. Embora Ele fosse um rei. Embora Ele estivesse tendo uma vida muito luxuosa, Ele era uma personalidade desapegada. Agora, quando Ele veio nesta Terra, Ele tinha de ter Seus poderes com Ele.

E Ele não sabia como levar esses poderes aos seres humanos, porque Ele sabia que não era capaz de dar a Realização às pessoas naquela época, há 6.000 anos atrás. Então Ele criou um método pelo qual Ele teve 16.000 esposas. E todas essas esposas não eram nada além de pessoas carregando Seus poderes. E havia uma grande história sobre isso, a qual, Eu acho, que todo indiano conhece e vocês também podem ficar sabendo. Ele tinha cinco, quero dizer, Ele se tornou o rei, Ele fez tudo aquilo, e Ele tinha os cinco elementos como Suas esposas. Então Suas próprias rainhas, cinco delas, eram os cinco elementos e as 16.000 esposas eram, na verdade, Seus próprios poderes manifestados como seres humanos. E Ele veio nesta Terra como Krishna. “Krishi”, “Krishi” significa “agricultura”, na verdade significa “semeadura”. Ele semeou a semente, Ele semeou a semente da espiritualidade. Ele disse: “Nainam Chindanti Shastrani,” “nainam Dahati Pavakah,” “na Chainam Kledayanty apo,” “na Shosayati Marutah.”

Significa “o Espírito não pode ser morto, não pode ser absorvido,” “não pode ser destruído, nem pode ser transformado, Ele é eterno.” E para provar isso, Cristo veio nesta Terra nesse ponto, e Ele, através de Sua Ressurreição, provou que o Espírito não pode ser morto. Agora, Eu lhes falarei sobre a vida de Shri Krishna como um diplomata. Ele era um diplomata. Ele era a Encarnação da Diplomacia. E a melhor diplomacia é tal que você apresenta muitas condições que são absurdas. Se você apresenta condições absurdas, então uma pessoa desaba sobre isso, e depois ela sucumbe. Porque se você aborda diretamente alguém, então as pessoas são muito mal desenvolvidas, e elas começam a intelectualizar tudo e a racionalizar. Então a melhor coisa é colocar uma proposição diante delas que seja absurda, e deixá-las descobrir por elas mesmas e então elas chegam a vocês com a mente entregue. Agora, Eu lhes explicarei como.

Arjuna era discípulo Dele, e Arjuna quando foi à guerra contra os Kauravas, que eram as forças satânicas naquela época, ficou abatido e ele disse: “Estes são meus parentes, são – há um de meus gurus,” “que me ensinou como usar o arco e a flecha” “e como eu posso lutar contra essas pessoas?” Então Ele lhe falou do Gita, naquele época, Ele falou do Gita para ele. E Ele disse que – a primeira coisa que Ele disse foi: “Você deve descobrir o seu Si, você deve ter o autoconhecimento,” “você deve ter a Realização, você deve ter o conhecimento.” Conhecimento não significa a ideia sobre esta arquitetura e tudo mais, mas conhecimento é a consciência de seu Espírito. Então Arjuna sendo, naquela época, um medíocre, Eu devo dizer, um intelectual, ele Lhe fez uma pergunta, como de costume os intelectuais são bons em fazer perguntas, nunca dando respostas. Então o intelectual Lhe perguntou: “Você está nos dizendo para irmos à guerra,” “e aqui Você está me dizendo para encontrar meu Espírito.” “Como essas duas coisas se encontram? Porque de acordo com muitas pessoas,” – que estão falando hoje também – “um homem que é realizado não deve lutar. Ele deve se sentar” “e suportar todos os impactos das coisas sobre si mesmo.” “Ele deve sofrer.”

Então ele disse: “Como Você diz para eu me tornar o Espírito” “e depois eu tenho de lutar contra essas forças diabólicas?” “Por que eu deveria lutar contra essas forças diabólicas também?” Então Shri Krishna disse “tudo bem” para ele que é uma pessoa medíocre é muito dífícil lhe falar como fazer isso. Na verdade, é muito simples. Quando você é uma testemunha, você pode lutar melhor. Você tem de lutar contra as forças diabólicas. Por que você é iluminado se você não consegue lutar contra a escuridão? Você se tornou uma luz para lutar contra a escuridão e não para ficar feliz consigo mesmo: “Oh sou a luz, sou a luz, sou a luz.” Mas você tem de lutar contra a escuridão. E isso eles não aceitaram, “Por que devemos lutar contra a escuridão”.

Então Ele disse: “Tudo bem.” “O que você faz é fazer o que você quer fazer” “e colocar o fruto de sua ação aos Pés de Lótus do Senhor.” Agora, isso é absurdo, isso é uma condição absurda. Por exemplo, você faz seus karmas (as ações), mas coloca os frutos disso aos Pés de Lótus do Senhor, o que é uma condição absurda, você simplesmente não consegue fazer isso. Por quê? Porque você tem o Sr. Ego sentado lá. Toda vez que você faz alguma coisa, você sempre diz que você está fazendo isso. E mesmo se você disser: “Oh, eu me casei com Cristo,” “e este é o trabalho de Deus que estou fazendo.” Você pode dizer isso. Mas no fundo do seu coração não é assim.

Porque você não tem essa personalidade oca, onde não há nenhum ego. Você deve se livrar desse ego, senão você fica fazendo o trabalho e fica consciente disso, isso é um mito, na verdade, o seres humanos não fazem nada, seja o que for. Isso é um mito. Por exemplo, nós construímos esta bela igreja. Agora, o que você alcançou? Seja o que for que foi criado por Deus, você só mudou as formas daquilo e o colocou, morto a partir do morto. Que trabalho vivo você fez? Você não consegue transformar uma única flor em um fruto. Você consegue? Então isso é um mito.

Nós acreditamos que fazemos isso, fazemos aquilo, fazemos isso. Na verdade, você não faz nada. Você só muda as formas do que está morto desta forma para aquela. E esse mito que você tem, de que você faz, se acumula aqui como esta coisa de cor clara em sua cabeça. Isto pode ser bem grande, está mostrado aqui, pode ser tão grande quanto aquilo, ainda maior do que seu corpo, maior do que esta grande cúpula. A pessoa que deve ter feito isto aqui deve ter sido – talvez haja uma coisa maior do que isto, pode ser possível, e depois você anda deste jeito na rua, você não sabe como se equilibrar. Com toda esta coisa grande em sua cabeça o tempo todo, este ego lhes falando: “Você é o máximo.” E se você encontrar uma pessoa assim, é melhor tomar cuidado. Mantenha-se afastado de pessoas que fizeram grandes trabalhos. Senão elas o usarão para alguma outra coisa.

Então mantenha-se afastado de todas essas pessoas. Isso é que é o melhor. Assim, este Sr. Ego se desenvolve em um grande E quando ele se desenvolve, ele simplesmente lhe dá ideias, antes de tudo, ele o faz pensar: “Oh, você é maravilhoso,” “voce é muito importante.” E depois, às vezes, você leva socos nele, porque as pessoas não aceitam você como alguém tão maravilhoso assim como você acha que é. Então com um soco, ele fica ainda maior. com mais um soco, ele fica como um balão de borracha, você soca, ele sobe novamente, você o soca, ele Ambas as formas são horríveis. Ele pode ser inflado ou pode ser socado. E uma vez que ele seja socado, então ele pode ficar muito, muito grande, e depois você não sabe o que fazer, então você recua para baixo dentro de seu Vishuddhi Esquerdo aqui. Então você dirá: “Oh, eu não deveria ter feito isso”, porque você acha que fazendo isso, seu ego fica ferido. Você simplesmente vai para lá para se sentir culpado, porque você acha que fazendo isso, seu ego fica ferido. Sua imagem é estragada, sua assim chamada imagem deste grande balão é estragada, então você se sente ferido.

Agora, esse acontecimento de oferecê-lo ou de entregá-lo aos Pés de Lótus do Senhor, só pode ocorrer quando sua Realização acontece. Agora, para essas pessoas que obtiveram a Realização, o que você faz? Você diz: “Mãe, está indo, está vindo.” “Não está saindo, não está funcionando.” Você se torna uma terceira pessoa. Você eleva a Kundalini. Digamos que você tenha um amigo, você traz o amigo, seu amigo não obtém a Realização. Você não diz: “Eu dei a Realização”, você não diz: “Eu elevei a Kundalini”, mas o que você faz é dizer: “Mãe, ainda não está funcionando, está um pouco quente deste lado,” “há um este dedo está queimando, este chakra está bloqueado.” Mas você diz tudo na terceira pessoa. Você nunca diz: “Eu faço isso.”

Mesmo se seu filho não for realizado ou seu pai não for realizado, você dirá: “Sinto muito, você não pode ter a Realização,” “não está funcionando.” Você se torna a terceira pessoa. E isso é o que acontece quando Ela flui, você diz: “Está fluindo, está funcionando, está lá.” Essa é a teoria que Ele tentou, tentou propor que a coisa toda deve se transformar, o karma deve se tornar akarma (sem ação), como o sol, o sol brilha, mas o sol não tem consciência de que ele está brilhando. Ele está apenas emitindo, ele não está preocupado, não está consciente disso. ele vem, muda tantas folhas, lhes dá cor, fornece oxigênio, faz todos os tipos de coisas e retorna, pouco se importando. Ele só fica apenas emitindo, ele não requer nenhum tipo de vaidade: “Eu fiz isso, estou fazendo isso.” Esse tipo de coisa deve lhe acontecer, quando você simplesmente se torna um akarmi. Isso é o que você dirá. Essa é a Teoria do Karma de Shri Krishna.

Mas Ele disse que chegará um dia em que vocês obterão sua Realização e então esse karma será absorvido. Cristo é a corporificação de tudo que Krishna profetizou ou disse. Ele veio nesta Terra para provar isso. A segunda coisa que Ele falou é sobre a Bhakti Yoga. Que você deve – você venera através deste lado – que você deve venerar Deus, que você deve se entregar a Deus. Agora, quando dizemos que nós oramos a Deus, nos pedimos para Ele, quero dizer, nós pedimos tudo. A forma como pedimos a Deus o tempo todo, realmente é algo tão horrível, por exemplo, nós diremos: “Agora eu quero me divorciar,” “quero anular o casamento com minha esposa, ou fazer isso para” Nós pedimos todos os tipos de coisas. Nós dizemos que estamos na guerra, nós devemos vencer, o inimigo deve perder, e todos os tipos de coisas nós pedimos a Deus. Deus deve estar farto pelo modo como pedimos coisas. Assim, seja o que for é para entregar aos Pés de Lótus de Deus através de sua veneração.

Krishna foi diplomático novamente. Ele disse que se você tem de fazer veneração bhakti, isso deve ser ananya. Ananya. Agora, esta palavra é a mais diplomática e Ele a usou repetidas vezes, a qual todos esses letrados e todas essas pessoas a perderam. Ananya significa quando não há o outro, quando você está conectado. Você deve fazer essa entrega, quando você está conectado. O que é verdade. Sem conexão, se você começa a fazer qualquer bhakti, a quem você está fazendo a bhakti? Se não há nenhuma conexão, vamos supor que Eu estou em Londres. Vocês estão aqui.

Vocês ficam escrevendo cartas e mais cartas, cartas e mais cartas. Eu nunca as recebo, Eu nunca as leio, Eu não tenho nada a ver com elas. Então de que adianta? Vocês devem ter alguma conexão com Deus Todo-Poderoso, então seja qual for a bhakti que você faça, ela tem um sentido. Assim, antes da Realização, a bhakti não tem nenhum sentido. Como esses loucos “Hare Rama Hare Krishna,” “Hare Rama Hare Krishna.” Dizendo essas coisas, se você conseguisse alcançar alguma coisa, então seria a coisa mais fácil. Mas uma coisa é que você danifica este centro, danifica da forma mais grave e eles sempre contraem câncer de garganta. A razão é que, antes de tudo, você danifica o centro. Você danifica o centro porque você segue dizendo: “Hare Rama Hare Krishna” muitas vezes.

O que há para você recitar o Nome de Deus desse jeito? É uma coisa muito, muito vulgar. Se você é realizado, você não tem de recitar o Nome de Deus desse jeito. Há um protocolo de Deus. Se você tiver de recitar Seu Nome, você tem de fazê-lo adequadamente com um protocolo, mesmo depois da Realização. Mas você apenas fala sem parar: “Cristo, Cristo, Cristo, Cristo, Cristo, Cristo” o tempo todo, Cristo ficará muito zangado com você. O que é isto? Ele é algo vulgar assim? Em primeiro lugar, você danifica aqui, recitando o nome mecanicamente. Fisicamente, você danifica esta garganta.

Quando Eu também falo muito, Eu tenho de tomar algum tipo de coisa que dá alivio para Minha garganta. Então vocês podem imaginar uma pessoa que não é realizada, que não tem nenhuma ideia sobre qual nome deve ser recitado, recita aquele nome o tempo todo, os mantras, assim chamados, que são lhes dados. Você danifica isto, e mais, você danifica este chakra, porque você danifica este lado esquerdo, porque você recitou o nome não autorizado de Shri Krishna. Então você está fadado a ter câncer de garganta. Se você quer ter isso, é melhor se juntar a este “Hare Rama Hare Krishna”. E eles acham que estão muito próximos Dele. Como eles reconhecerão Shri Krishna? Mas este chakra é o melhor entre nós, por uma única razão, se este chakra é danificado, por exemplo, fumar o danifica um pouco no começo. Se você fica fumando demais, ele se danifica muito seriamente. Então a partir do plexo cervical, os nervos descem em ambos os lados.

E a sensibilidade nas mãos é tão pouca, que quando você começa a sentir as vibrações, talvez você sinta um jato de ar saindo de sua cabeça, um grande jato. Mas nas mãos, talvez você não sinta nada, de forma alguma. De forma alguma. Há muitos que simplesmente não sentem nada. No começo, eles simplesmente não sentem porque suas mãos não são sensíveis. Eles fizeram um grande dano ao plexo cervical deles. E é por isso que este chakra fica bloqueado. Ele não lhe dá a sensibilidade. Embora a Kundalini tenha passado através dele, mas gradualmente, depois a Kundalini se espalha nos lados e fornece energia a este centro, que passa através do sistema, e então você começa a sentir na mão o Poder Onipresente, que é o conhecimento. Caso contrário, as pessoas não sentem isso, elas talvez sintam na cabeça, mas não na mão.

Eu fiquei realmente chocada quando Eu vim para cá há nove anos atrás, este país não era nada além de uma chaminé. Naquela época, todo mundo, quer fosse uma mulher ou um homem ou uma criança, todos fumavam. E fumavam tanto que realmente Eu não sabia como este Vishuddhi, os Estados Unidos iriam viver. Por favor prestem atenção aqui, tudo bem? Não virem suas cabeças. Agora, este centro deve ser usado de tal maneira que você mantenha sua coletividade. Uma pessoa que é individualista, que se mantém afastada do ser coletivo, que não dá vibrações, se senta em casa diante de Minha fotografia, quer ter vibrações e tudo mais. Uma pessoa assim não será capaz de progredir muito na Sahaja Yoga. Isto tem uma entrada e uma saída. A menos e até que você doe, há uma saída, não haverá a entrada de vibrações.

Com suas mãos, você doa aos outros. Agora, a quarta coisa que Krishna disse é a Rajayoga, na qual você tem o despertar da Kundalini, e você tem todos estes chakras atuando. Ele propiciou, na verdade, a ação com a qual eles se movem. Como quando os bandhans acontecem, o modo como estes chakras vão e meio que se agarram a parte da Kundalini e A elevam, e como estes bandhans acontecem, tudo Ele descreveu. É o evento que acontece quando a Kundalini põe-se em movimento. Por exemplo, alguém pode descrever que quando o carro é ligado, ele começa a se mover, e todos os outros pequenos parafusos e porcas e todas as coisas estão lá, elas também começam a se mover uma após a outra. O mecanismo inteiro, os mecanismos, você pode dizer, começam a se manifestar. Da mesma maneira, dentro de nós, isso começa a funcionar. Isso foi o que Ele disse. Mas as pessoas estão usando isso para a Kriya Yoga (yoga através da ação), que é insensatez.

Por exemplo, você se senta, prende seu estômago. Mas a Kundalini não se pôs em movimento. Por que você está prendendo seu estômago? E prende seu nariz? Depois prende estes ouvidos? De que adianta? A Kundalini ainda não se pôs em movimento, por que você está fazendo toda essa insensatez? Existe este Yogananda, que lhes ensinou essa insensatez da Kriya Yoga. Horrivel! A quantidade de doenças que a pessoa pode contrair a partir disso.

Desnecessariamente você raspa sua cabeça. Por que você raspa sua cabeça? Raspando sua cabeça, você vai alcançar Deus? Então por que Deus lhe deu cabelos? Eles raspam a cabeça deles. Isto é insensatez, totalmente, raspar suas cabeças. A ovelha é raspada toda semana, duas vezes ao ano, e raspando sua cabeça, você não vai alcançar Deus. Todas estas ideias insensatas, raspar sua cabeça, vestir roupas estranhas, andar seriamente deste jeito, e você alcançará Deus?e você alcançará Deus? A pessoa deve entender que o acontecimento tem de ocorrer, o despertar da Kundalini tem de ocorrer, ele próprio é uma coisa espontânea, é uma coisa viva. Fazendo todas essas coisas artificiais, você está se danificando completamente.

Isso acontece automaticamente. Mas você não tem de se preocupar com todo esse mecanismo, porque uma vez que a Kundalini se eleve, isso acontece. O que na verdade, Eu agora sinto que Krishna nunca soube que os seres humanos seriam tão loucos. Por exemplo, vamos supor, se seu carro não ligou, você começa a mover o mecanismo dele na mão? E acredita que o carro começou a se mover? É a coisa mais absurda de fazer para danificar o carro. E isso é o que exatamente você faz quando você tenta fazer essa Kriya Yoga. Há “Akria”. Você não tem de efetuar nenhuma ação. A ação acontece por ela mesma, ela é intrínseca, está dentro de você.

Eu lhes darei um outro exemplo. Vamos supor que haja uma semente, e você quer germiná-la. Você tentará arrancar o broto dela? Ela germinará? É uma insensatez assim, Eu lhes digo. O modo como as pessoas tentam fazer todos esses truques, ficando de cabeça para baixo e Deus nos deu pernas para ficarmos em pé, não a cabeça para ficarmos em pé. Eu não sei de onde veio esta ideia de você ficar de cabeça para baixo. Através disso, a Kundalini nunca é despertada. É para uma determinada doença que ficar de cabeça para baixo o cura, mas não para todo mundo. Isso é para a cura de uma doença, só isso.

Todos os tipos de ideias estranhas. As pessoas até mesmo bebem urina. Eles fazem todos os tipos de coisas, coisas insensatas para obter a Realização. Havia uma senhora de um Baba, ele é um outro sujeito horrível, e ela veio a Mim, ela estava assim, assim, assim. Eu lhe falei: “O que você fez lá? O que você fez com esse homem?” “Oh, Mãe, ele me abençoou especialmente.” Eu disse: “O quê?” “Ele me deu a água dele.” Eu disse: “A água dele?

O que é esta água?” E essa foi a água que ela bebeu, por vários dias, por vários anos. E agora ela diz: “Eu não consigo me esquecer dele.” Imaginem, trazer Deus a esse nível. Quero dizer, pode haver uma blasfêmia maior e uma forma mais ridícula de tratar Deus Todo-Poderoso, que criou vocês? Não há nenhum respeito. Nenhum respeito. Você não se respeita, não respeita a sua castidade, não respeita suas partes íntimas. Como você pode respeitar Deus? Isso é o que acontece.

E eles os ensinam a não respeitar. E isso é o que acontece, quando você começa a ler o Gita. Todos eles são pessoas cegas, pessoas cegas não podem ler o Gita. Pessoas cegas não podem ler a Bíblia. Elas nunca entenderão. Elas nunca entenderão o significado interior disso, e elas simplesmente deturparão isso para seu próprio propósito. Agora, o canal esquerdo é o que lhes dá o que vocês chamam de sentimento de culpa. Eu não sei a quem culpar agora. Por exemplo, digamos, as igrejas, as igrejas católicas. Quando Cristo disse que você é culpado?

De onde eles tiraram isso? Eu não consigo dizer de onde eles tiraram isso. Cristo nunca poderia ter dito que você é culpado, que você deve sentir-se culpado, que você deve sofrer. Desde a infância, se você fala com alguém: “Você é culpado”, ele se tornará culpado automaticamente, é um condicionamento sobre a pessoa. Ele imaginará métodos para descobrir qual culpa ele tem. Afinal, você é um ser humano e você pode cometer erros. E você é cego, Deus sabe disso. E Ele também sabe que todos os seus erros devem ser perdoados. Eles devem ser perdoados e deve ser lhe dada a Realização. Ele está preocupado com Sua própria Criação, não está?

Ele vai eliminá-los somente porque vocês cometeram alguns erros aqui e ali? E que erros vocês podem cometer? Isso também vamos ver. Ele é o Oceano de Amor. Ele é o Oceano de Compaixão. Ele é o Oceano de Perdão. Ele é o oceano e você é uma gota no oceano. E quanta sujeira uma gota pode carregar que Ele não possa limpar? Pense nisso, pense nisso quando você diz que é culpado. Essa é uma moda que foi desenvolvida aqui e às vezes Eu acho que essa culpa não é nada além deste Sr. Ego enrolado nela, e diz: “Tudo bem, eu sou culpado”, acabou-se.

Não está encarando o fato. Vamos supor que você tenha cometido o erro, de que adianta dizer: “Eu cometi o erro,” “eu cometi o erro, eu cometi o erro.” Você o corrige? Você o corrige dizendo: “Eu cometi o erro,” “agora eu cometi o erro”? Isso seria algo assim, digamos, nos perdemos de carro e fomos por uma outra estrada. Agora, nós sentamos lá chorando: “Oh, nós cometemos o erro, é melhor nos sentarmos.” As pessoas aqui estão esperando por Mim, tudo bem, para o programa, e Eu fico sentada lá chorando: “Nós cometemos o erro,” “nós fomos pelo caminho errado, não deveríamos estar aqui.” Se cometi o erro, Eu o corrigo e retorno para o local correto. Continuo corrigindo-o. Ao invés disso, esta é a melhor maneira, sentar-se dizendo: “Nós cometemos o erro, eu não deveria ter feito isso,” “não deveria ter feito isso”, se colocando para baixo, “não posso fazer isso”, parecendo ser sem autoconfiança o tempo todo, “oh, eu simplemente não consigo fazer isso.”

Poderia ser muito perigoso, muito perigoso. Por exemplo, vamos supor, em um acidente, você feriu alguém. Você se senta lá: “Oh, cometi o erro, cometi o erro.” “Oh, por favor, tome conta dessa pessoa que você feriu,” “leve-a para o hospital, trate dela.” Essa é a maneira pela qual nós não enfrentamos por sentirmos culpados. É uma forma muito grande do Sr. Ego se enrolar dentro do Vishuddhi Esquerdo, e dizer: “Oh, você é culpado.” Quem é você para se julgar? Por que você se julga? Como você se julga? Você não tem nenhum método de se julgar.

O tempo todo você descobre maneiras e métodos de se sentir inseguro na vida. E pessoas inseguras assim, o que elas vão fazer? Vocês têm de pegar em sua mão as espadas da honestidade e da dedicação ao trabalho de Deus. Lá eles estão em pé com a espada deste jeito. Não conseguem nem mesmo manejar um pequeno graveto em sua mão, o que eles vão fazer? Porque todos eles são pessoas muito culpadas, o tempo todo tremendo. Por que se sentir culpado tornando-se tão inseguro e um guerreiro inútil do trabalho de Deus? Essa culpa é a pior coisa e na Sahaja Yoga, o primeiro mantra que Eu sempre tenho de dizer é “eu não sou culpado”. Não se julgue desse jeito. Você não tem direito de se condenar.

Deus o criou com muitas difículdades, agora compreenda isso. Você está acima de tudo que é (…), muito acima dessas coisas, muito acima de todas estas flores, muito acima de todas as estrelas e de todo o céu que foi criado. E vocês estão aqui, como tolos vocês estão se sentindo culpado e sentados em casa? E estragando o trabalho de Deus. Você tem de ter sua Realização. Você tem de alcançar seu absoluto. Você tem de alcançar seu próprio ser. E se tornar o que você é e não desperdiçar todo o trabalho que Ele fez aqui. Como Ele deve estar se sentindo. O quanto Ele fez para você se transformar, e você está aqui, em uma pequena coisa, você simplesmente escorrega e estraga o trabalho todo.

É essa a forma de se comportar em relação a seu Pai? E em relação à sua Mãe? E em relação a Cristo, o Filho Deles? É essa a maneira de tratar? Nós temos de nos erquer com coragem, com destemor. Isso lhe causa medo, aborrecimentos e preocupações desnecessárias. E você começa a pensar sobre coisas que não existem. Tudo imaginário. O Vishuddhi Esquerdo é uma maldição dos tempos modernos, e Eu pediria a todos vocês para se livrarem disso. Toda manhã, diga a si mesmo: “Eu não sou culpado”.

Você deve dizer isso três vezes de manhã e três vezes à noite. O que há para se sentir culpado? Eu queria que Cristo tivesse pelo menos incluído na prece que você deve se perdoar antes de tudo. Ele nunca poderia ter imaginado que os humanos, os seres humanos seriam tão estúpidos, quanto a dizer o tempo todo: “Eu sou culpado, não posso me perdoar.” Os seres humanos têm fugas para tudo. Agora, este é um novo método moderno que eles inventaram de fugir da realidade. A realidade é para ser encarada e ser desfrutada. Isso é chamado de “Raj”. É aquele que tem de permear na alegria. Você vem e se senta no trono e desfruta.

Eu pude lhes falar resumidamente sobre o Vishuddhi Chakra. Vamos para um outro chakra aqui, que é chamado de Agnya Chakra. O Agnya Chakra se situa no centro do quiasma ótico. O quiasma ótico é o que cruza um com outro, e no centro dele está o centro especial chamado Agnya Chakra. É um centro muito sutil, e este centro é adornado por Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele é o Filho de Mahalakshmi. Ele é o Filho do poder inteiro que reside aqui. É a Mahalakshmi, a Viratangana, a esposa do Virata. O Poder do Primordial. Ele é o Filho criado por Ela e está muito bem descrito no Devi Purana e em outros livros que ainda não estão traduzidos, Eu acho, em inglês.

Como Mahavishnu, é chamado de Mahavishnu. Portanto a forma mais grandiosa de Vishnu, mas Ele é o Filho de Vishnu. Ele é o Filho de Shri Krishna. Shri Krishna o descreveu como alguém que é o Adhara, é o suporte do Espírito Santo. Ele Lhe concedeu uma posição mais elevada do que a Dele. E Ele disse: “Este aqui, quando Ele vier nesta Terra,” “Ele provará tudo que Eu disse.” Ele provará, porque Ele será a essência. Ele será o Omkara, Ele será o Poder Onipresente. Ele andará sobre a água. Não somente isso, mas Ele será ressuscitado.

Seu corpo será ressuscitado. Ele o descreveu lá completamente e Ele Lhe concedeu a posição mais elevada, Ele é o Adhara. Ele é o suporte, porque Ele vive lá no Muladhara também. Como o suporte da raiz, e Ele reside – na verdade, Ele é o Vice-chanceler desta universidade, podemos dizer, de modo que em cada ponto, nós temos de tê-Lo para certificar. Se Ele não estiver presente, você não pode, você não pode despertar a Kundalini. Se você não acredita Nele, você não pode manter sua Realização. Ontem uma senhora Me perguntou: “Nós podemos fazer isso sem Cristo?” Eu disse: “Sinto muito,” “nao pode sem Cristo, porque Ele é Onipresente, Ele é o Omkara,” “Ele é Aquele que é o Poder,” “Ele é Aquele que está fluindo em nós, Ele é o Espírito.” Se você está buscando o Espírito, como você pode fazer isso sem Ele? É uma pergunta absurda.

É Ele que veio neste corpo, e este sendo um caminho estreito. Ele teve de passar por ele para provar o que Krishna disse, que o Espírito não pode ser morto, Ele foi crucificado. Foi um drama representado por Ele. Sua Mãe era o Espírito Santo, era uma parte que é a Mahalakshmi, mas Ele não disse uma palavra sobre isso. Ele não disse, porque se Ele tivesse dito, as pessoas teriam colocado a atenção Nela e Ele é provido de onze poderes de destruição. Ele é uma pessoa tão poderosa. Você pode mostrá-Lo como um sujeito magro, porque isso satisfaz o seu sadismo. Você quer ver Cristo assim, Ele não era desse jeito. Ele foi, Ele só foi pintado muito bem, Eu acho, por Rubens, mas o melhor é aquele na Capela Sistina, onde Michelangelo realmente, corajosamente o pintou do jeito que Ele era. Ele era alto, não muito alto, mas bem alto e muito saudável e uma pessoa robusta, com um grande estômago.

Ele é conhecido como “Lambodar”, com um grande estômago. E Ele podia carregar uma enorme, uma grande cruz em Suas costas. Então as pessoas, quando elas O mostraram, Eu fiquei impressionada ao ver como eles puderam mostrar Cristo em um estado tão deplorável, como eles puderam fazer isso? É horrível. Isso é somente a própria expressão deles. É desse modo que eles queriam que Ele fosse. Essas são as pessoas que devem certamente ter crucificado Cristo. Porque elas gostam de vê-Lo tão sofrido e infeliz. Como pode uma pessoa que é uma alma realizada ser assim? Ela tem de ser uma pessoa alegre, impetuosa, dinâmica, tem de ser uma pessoa saudável.

Vamos supor que uma pessoa infeliz fique diante de você e fale assim, você vai acreditar nessa pessoa? Mas essa é a forma como eles trataram Cristo do início ao fim. Eles O caluniaram e O trataram assim lá e foi crucificado muitas vezes. Eu acho isto impossível de acreditar, como essas pessoas renasceram, que O crucificaram, novamente e novamente e novamente, elas estão crucificando. A crucificação não é a mensagem de Cristo. É por isso que Eu também não gosto que as pessoas usem a cruz. Eu não posso ver a cruz. Ele é Deus. A cruz, é claro, é muito útil, porque se os maus espíritos verem a cruz, eles fogem. Mas ela é a lembrança de algo que foi insuportável.

Porque a Mãe tinha todo o Poder, Ela era Mahalakshmi. Ele tinha os onze poderes, os onze poderes para destruir. Você pode imaginar, Ele ainda tem esses poderes. E Ele teve de passar por tudo aquilo sem destruição. Ele se certificou disso. Agora, as pessoas podem dizer: “Como Ele foi ressuscitado?” Antes de tudo, eles têm uma objeção à Imaculada Concepção. Eles têm objeção a tudo. Ele não era um ser humano. Ele era o Poder Divino.

Eu concebi vocês em Meu coração. Vocês sabem disso? E Eu coloquei Minha Kundalini e os coloquei em Meu coração, de Meu coração para dentro Dela e tirarei vocês de dentro Dela. O modo como vocês obtiveram seu segundo nascimento, da mesma maneira, Cristo teve Seu nascimento imaculado, Ela O colocou no coração e dentro do útero abaixo, e Ela O criou. É muito fácil duvidar Dele e dizer coisas contra Ele, porque Ele não está mais aqui. E os judeus devem aprender uma lição agora. Ele O negaram uma vez e sofreram. Agora, não O neguem novamente. Vocês não podem negar a Pessoa, a Corporificação deste Poder Divino. Os cristãos talvez sejam derrubados pelo vento.

Se eles o torturaram, esqueça-os, eles são exatamente o mesmo que vocês são, fanáticos, fanáticos, fanáticos. Quer eles sejam cristãos ou sejam muçulmanos, Khomeini é igual a qualquer outra pessoa. Eu não noto nenhuma diferença, seja qual for. Dogmático, ignorante, fanático. Esqueçam essas pessoas, elas não representam Cristo. O próprio Cristo disse, em Mateus, segundo capítulo, segundo verso: “Vocês Me chamarão, ‘Cristo, Cristo,'” “Eu não os reconhecerei. Quem sois vós?” As pessoas que dizem: “Cristo,” “nós somos os ‘representantes legais’ de Cristo,” “nós somos as pessoas que estão encarregadas de Cristo.” Todas essas pessoas serão cobradas. E elas serão jogadas no inferno, pelo modo como elas lidam com as coisas sobre Cristo.

Alguns deles são genuínos, eles não sabem que isso é artificial, eles estão genuinamente, mas eles devem obter a Realização. Eles devem pedir pela verdadeira Realização deles, e eles devem saber o que é Cristo dentro deles mesmos. Eles têm de despertar este Cristo aqui. Agora, como Eu estava lhes falando, Cristo disse: “Vocês devem nascer novamente.” “Eu devo nascer em seu coração.” Agora, o centro do coração está aqui assim como está aqui, porque o coração é controlado por este centro na área óssea da fontanela. E isto é o que Ele disse: “Vocês devem obter a sua Realização”, quando Ele disse: “Vocês devem colocar no coração.” Agora, as pessoas de vários países, até mesmo de seu país, foram para a Índia. E eles nunca falaram que Cristo nasceu, que era o Mahavishnu. Porque Ele jà está descrito nos Puranas, que Ele é o Adhara.

Ele é Aquele que será, uma vez despertado na Kundalini, pela Kundalini, absorverá seus karmas. Eles nunca foram e falaram, então os indianos continuaram com sua Teoria do Karma e esses gurus vieram aqui para lhes ensinar o karma. É impressionante ao ver como vocês aceitaram todas essas teorias de insensatez. Por exemplo, eles dizem: “Você tem de sofrer, porque você criou karmas ruins.” Depois eles talvez digam: “Sim, você pode se equilibrar,” “mas vá por este ou aquele caminho e apenas se mantenha em equilíbrio.” Se fosse assim, que você tem de ir de um extremo ao outro, então o que eles estão fazendo aqui? Por que eles estão falando? Eles deveriam se calar, porque eles não podem fazer nada. Eles não podem lhe dar a Realização. Eles não podem salvá-lo dessa situação.

“Então é melhor que você sofra.” Mas por que eles dizem que você deve sofrer? Por que eles deveriam dizer? Por que eles querem desfrutar seu sofrimento. Eles querem que você sofra, porque eles gostam disso. Muitos desses discípulos, que vieram desses gurus horríveis, que disseram: “Você deve ter seus karmas e você deve sofrer”, Me disseram que viram seus gurus dando risadinhas deles e zombando deles. E eles Me mostraram algumas fotos que eles tiraram desses gurus, que mostra completa zombaria desses discípulos estúpidos, que estavam sofrendo no corpo e sofrendo na mente na presença desses gurus. Então eles tinham uma dupla satisfação. Uma do dinheiro, a outra do sadismo. E a terceria, a maior de todas, o propósito deles é matar todos vocês e destruir todos vocês, porque vocês são os homens de Deus.

Isso eles alcançaram através da falsidade deles, porque vocês ficam impressionados com a falsidade deles. Agora vejam, se houvesse algum falso guru aqui, este salão estaria cheio, a coisa toda estaria cheia, na estrada haveria um engarrafamento. Mas o verdadeiro guru, Eu tenho visto não somente aqui, em todo lugar, isso começa bem devagar. É claro, em um lugar onde as pessoas são muito simples e que são muito sensíveis, é um ponto diferente. Mas as pessoas em uma cidade especialmente, elas são tão insensíveis à realidade e tão sensíveis aos demônios, que é supreenente, elas se sentem muito mais em casa com os demônios, e muito mais perdidas com a realidade. Porque vocês estão na falsidade. Assim, você deve saber que você tem de se tornar a realidade. Você tem de se tornar isto que é o Espírito, que não está tão distante, está brilhando em seu sistema nervoso central, em sua consciência. E este é o Espírito, é o Escolhido, é Cristo. Agora, Eu também falei antes nas igrejas, mas hoje pela primeira vez, Eu estou falando sobre Cristo em uma igreja.

E é por isso que Eu estava muito feliz, pois pelo menos nesta igreja, Eu diria algo que poderia estabelecê-Lo, e que quando as pessoas vierem aqui, Eu espero que elas tenham a Realização, e que alguma coisa funcione aqui, que elas obtenham pelo menos o despertar, porque muitos santos estão sentados diante de Mim, talvez esse dia chegue nesta igreja, talvez isto possa dar certo: as pessoas conseguirão a Realização. A vida de Cristo foi só por três, quatro anos. Ninguém O permitiu viver mais do que isso. Tudo que foi possível foi feito, mas pessoas tão estúpidas, pessoas tão estúpidas, você não conseguia falar com elas. E é desse modo que elas O mataram. Ele não pôde mais falar com elas, e foi desse modo que Sua vida acabou. Mas nessa curta vida Dele, que centelha que foi! Que centelha que foi! O modo como as pessoas se comportaram em relação a Ele foi desumano, Eu devo dizer. Eu devo falar dos próprios apóstolos, porque esse Mateus, ele era tão intelectual, tão intelectual.

Ele não aceitava a ideia da Imaculada Concepção. Um homem muito dífícil, ele argumentava sobre isso, ele disse: “Se uma virgem vai ter o filho,” “então todo mundo vai dizer que” “é uma coisa muito, muito blasfema, é uma coisa muito, muito” “ilegítima e isso não deve ser falado.” Sujeito horrível e um melhor do que o outro. E quando eles assumiram a expansão do Cristianismo, eles assumiram isso de uma maneira tão estranha, porque eles se tornaram pessoas do supraconsciente. Eles começaram a falar os idiomas de muitas povos. Esta parte da Bíblia está errada, onde eles se tornaram não realizados, a parte relativa ao vento está certa. Mas Eu tenho visto muitas pessoas que vieram ao Meu programa, quando elas vêm para a Realização, elas sentem o vento por algum tempo e imediatamente elas se desviam e se tornam supraconscientes. Nós veremos o que é a entrada supraconsciente e a entrada subconsciente. Agora, vejam que aqui há dois lugares. Estas são as duas pétalas, uma controla, é claro, a pituitária, que controla o ego, e a pineal, que controla o superego.

Mas isto também tem a capacidade de estourar isto dessa maneira, e estourar isto dessa maneira. Vamos supor que você se torne supraconsciente, ou comece, comece a pensar demais sobre algo do futuro, o que deve ser a galáxia, devemos descobrir sobre isso, e você deve descobrir sobre as estrelas, e sobre todas essas coisas e sobre o futuro e sobre, digamos, profecias, o que mais – astrologia e todas essas coisas futurísticas. A maioria de vocês é futurístico. Você tenta planejar e tenta – e todo plano falha, é claro. Mas esse pensamento de planejamento em demasia pode empurrar isto para cima deste lado demais. Na verdade, como mostrado aqui, é este lado, mas na verdade quando ele está situado, está situado deste jeito. O ego está situado deste jeito e o superego está deste jeito. Aqui nós não conseguimos mostrar as três dimensões. Assim, detrás até este lado está o superego, e daqui até aqui está o ego. Agora, este ego infla desta maneira, para dentro deste lado.

E quando ele infla deste lado, ele entra na área do supraconsciente. Então ele se eleva deste lado. Agora, a área do supraconsciente lhes dá visões, alucinações, o LSD faz isso, o LSD faz isso. Então você começa a ver o olho de uma pessoa, que está morta, mas uma pessoa muito ambiciosa. Por exemplo, você pode ter a visão de Hitler. Você pode ter a visão, digamos, de todos esses reis horríveis que reinaram aqui. Você pode ver cores. Você pode ver auras. E aqui temos de entender que essas auras começam a surgir para nós, porque nós nos deslocamos, nós nos desagregamos de nosso ser. É desse modo que começamos a ver algo separado de nós.

Ver essas auras não é um bom sinal na Sahaja Yoga. Se você está vendo auras, temos de trazê-lo de volta à mesma posição, porque você tem de estar no presente e não no futuro. Você fica desintegrado. Por exemplo, se há uma máquina, digamos, que tira fotos das auras. Eu estava falando com alguém que tinha feito esse trabalho de fotografar auras. Agora, depois da Realização, você não captura nenhuma aura numa pessoa. Não consegue capturar nenhuma aura em uma pessoa, porque ela está integrada, completamente integrada. Mas quando ela está em um caos, você começa a capturar as auras. Por exemplo, se ela tem câncer, você capturará as auras, se a pessoa é um alcoólatra, você capturará as auras. Esse tipo de auras malucas.

Uma pessoa normal pode ter auras não tão malucas. Mas você não consegue sentir as auras, quando a coisa toda está integrada. Você pode ver, digamos, em uma luz. Se não há nenhuma aberração, isso significa que é uma luz boa. Se há aberração, então ela é uma luz ruim. Todas as sete cores de uma luz tem de estar concentrada e tem de estar integrada. Se elas são prismáticas e se elas estão se emitindo para você separadamente, então não é uma integração. E quando é uma integração, então você não consegue ver sete luzes. Então a pessoa não está integrada. Todas essas auras surgem para nós, porque nós somos feitos de sete tipos de casulos dentro de nós.

Mas as pessoas que estão no canal direito somente acreditam em cinco casulos. Eles os chamam de koshas. Eu não acho que Eu tenha tempo para isso, mas estes são os koshas, são criados por – um é criado pelo primeiro centro, pelo segundo centro, pelo terceiro centro, isso é como um crescimento físico. Pelo quarto, depois o quinto, e o sexto e o sétimo são as coisas que não criam auras externas, eles criam auras internas próximas ao coração. E estas são criadas próximas ao coração, mas assim que você tem a Realização, todas elas se tornam uma. Todas elas se fundem em uma e isso é o Espírito. É como se você pudesse dizer que quando o Espírito existe em um estado prismático, então você tem as auras dos sete, mas quando isso se torna integrado, de modo que você se torna unificado, todas as auras se tornam uma. Portanto a integração é o objetivo da Sahaja Yoga, e agora, Eu acho, Eu lhes disse como vocês podem também ir para a área do subconsciente, da mesma maneira. A área do subconsciente está no lado esquerdo. Se você se move dentro da área do subconsciente, digamos por exemplo, isso pode desencadear câncer em você.

Através desse desencadeamento, você pode ter ataques cardíacos e coisas assim, como diabetes. Muitas pessoas acreditam que o açúcar lhes causa diabetes, não causa. O açúcar não lhes causa diabetes. O que lhes causa diabetes é pensar demais. Aqueles que não pensam muito nunca têm. Os fazendeiros indianos nunca têm diabetes, eles não sabem que doença é essa. Em razão de você pensar muito, você trabalhar muito, este centro trabalha muito. Ele tem de criar sustento para o cérebro, ele tem de repor os centros do cérebro. E estes centros do cérebro devem estar deslocados, para isso ele cria a partir da gordura os novos centros, as células evoluídas, que são enviadas para aqui. E por causa desse trabalho, se isso for demasiado, ele negligencia outras coisas, as quais ele tem de trabalhar por inteiro, um deles é o fígado, o outro é o pâncreas.

E quando ele negligencia o pâncreas, você contrai diabetes. Não por meio do açúcar. É claro, o açúcar, porque ele tem de convertê-lo em gordura. Mas se você não tem açúcar, então ele tem um trabalho dobrado. Se você tem açúcar, ele o converte em gordura e o torna usável para o seu cérebro. Mas se você pensa muito, então – e você não come açúcar, é uma ação dobrada. Mas se você só come açúcar e não pensa também pode ser problemático, porque ele tem de converter muito em gordura. Assim, é dado muito trabalho, não há nenhum equilíbrio. Então a pessoa tem de entender que muito açúcar não é bom, mas você deve comer açúcar, porque o açúcar é necessário, e pare seu pensamento, como você para o seu pensamento? Somente se elevando acima do Agnya Chakra.

Este é um ponto muito, muito importante no Agnya, em que você deve saber que o pensamento cessa. Agora, o pensamento vem em você deste jeito, como uma onda. Ela eleva o pensamento e cai, um outro pensamento se eleva e cai. No meio, há um lugar chamado Vilamba. Agora, quando o pensamento se eleva, ele automaticamente cai, você pode observar a elevação do pensamento, mas não a queda. Agora, este espaço é o lugar do presente. O pensamento se eleva ou do ego ou do superego e vai para o passado. No espaço do meio está o presente. Um é o futuro, outro é o passado. Agora, este espaço tem de aumentar.

Quando ele aumenta, então o que acontece é que o Agnya Chakra se abre mais e você fica em consciência sem pensamentos. Você se torna consciente sem pensamentos. Você entra no presente, não há nenhum pensamento. E o pensamento é a barreira entre a Criação e nós mesmos. Por exemplo, você olha para esta, digamos, uma bela pedra que está situada lá, ou qualquer coisa. Você a observa. Agora, se você quer pensar: “Oh, ela parece com um homem, ela parece com um demônio” “ou ela parece um deus”, ou seja o que for, há um pensamento se interpondo. O que você faz quando é realizado, você só observa, você observa. E seja qual for a alegria é colocada lá, do Criador, de um artista, fica completamente dentro de você, porque não há nenhum pensamento. Não há nenhuma onda, não há nenhuma perturbação em um lago completamente silecioso.

Tudo que está em volta dele, toda esta Criação entra dentro dele, refletindo completamente, e você desfruta isso em consciência sem pensamentos, chamado de Nirvichara Samadhi. Há o completo Nirvichara, onde você não tem nenhum pensamento, e você começa a desfrutar esta Criação completamente. A alegria disso está lá, nada é perdido. Assim, a consciência sem pensamentos entra em ação quando a Kundalini atravessa este Agnya Chakra. Ele tem um trabalho duplo. Primeiro ele o torna consciente sem pensamentos. Em segundo lugar, porque a Kundalini, se Ela atravessou, Ela empurra estes aqui e Ela preenche estes com a graça. A graça cai sobre estes aqui. Quando a graça entra, você começa a relaxar, estes centros também relaxam. Estes centros estão em uma tensão.

Mas quando a graça entra, eles retornam ao normal. Então há mais um tipo de expansão e a consciência sem pensamentos começa a se estabelecer no Agnya Chakra. Agora, o mantra do Agnya Chakra é o Pai Nosso. Ele tem dois lados, Ham e Ksham. Ham significa “eu sou” e Ksham significa “eu perdoo”. Supondo que ele esteja bloqueado, você tem de dizer “eu perdoo”. Se há ego dentro de nós, você deve dizer “eu perdoo”. Se há superego dentro de nós, você deve dizer “eu sou, eu sou”. Então, ele é Ham e Ksham, é o bija, é a semente. É uma semente da oração, da oração do Pai Nosso.

Agora, há pessoas que estão recitando o Pai Nosso não estão bem. Quem é você? O que você sabe sobre isso? Tudo mundo está desafiando todo mundo. O que você sabe? Qual é a sua autoridade? O problema é que todo mundo está intitulado para fazer o que eles querem com a religião e com Deus. Embora eles não saibam nada sobre isso, eles são totalmente ignorantes, mas eles acham que estavam certos. Porque não nenhum controle político sobre isso. Até mesmo Hitler pode falar sobre Cristo, qualquer um pode falar sobre Ele, e sobre a oração que Ele lhes ensinou.

Quem é você para desafiar isso? Quem é você para desafiá-Lo? Eu não consigo entender, como você desafiam uma pessoa sem saber sua posição em relação a Ele? Mas isso é uma coisa muito, muito comum que as pessoas fazem e é devido ao ego. O ego o torna arrogante. E este é o pior tipo de arrogância em que você desafia Deus, você desafia Cristo, você desafia tudo que você não compreende. Sua mente é limitada. Ela é um veículo muito limitado. Você não pode fazer nada com essa sua mente. Você tem de ir além dela.

Alguém tem de desencadear você neste espaço. Você tem de entrar lá. Você tem de se tornar o Espírito. Somente tornando-se consciente de seu Espírito, você pode ficar conectado com Deus, antes disso, você não está conectado. É por isso que você tem de se tornar o Espírito. E o Espírito é a conexão, é a ligação com Deus. Não há nenhuma outra forma que você possa ficar conectado com Deus. Se você quer se manter na ilusão, vá em frente com isso. Mas essa é a coisa real que Eu estou lhes falando, a coisa verdadeira que Eu estou lhes falando, pela qual você deve saber que você não pode pagar, não pode comprar, não pode exigir e não pode imaginar. A Graça de Deus tem de vir, cair sobre você para fazer isso, ou só uma pessoa que é iluminada pode iluminá-lo.

Agora, se Eu tiver de falar sobre Cristo, uma vez Eu falei sobre Cristo por sete dias, um dia após o outro. Não há fim para isso. Ele era uma encarnação tão grandiosa, que Eu simplesmente não sei como falar sobre isso. Eu falei tudo sobre isso. Na realidade, nós temos muitas fitas em Londres, vocês podem encomendar. Nós vamos ter um centro aqui, Herman ofereceu sua casa, e nós enviaremos essas fitas para lá, pelo menos 300 fitas, nós temos em Londres, as quais vocês podem ouvir, e verem por si mesmos. E todas essas fitas estão muito boas porque elas, na verdade, são mantras. Elas trabalham os mantras e também fiquem as ouvindo, abrindo seus chakras e tudo mais. Agora, o último, que é embaraçoso, porque ele também já lhes falou isso, Supõe-se que Eu esteja aqui. Ele é a integração.

O final disto é a integração de todos estes sete centros. Todos estes sete centros estão situados em volta desta área chamada de área límbica. Esta é a área límbica. Agora, se você cortá-lo, o cérebro, como esta seção transversal do cérebro, você encontrará isto, é como um lótus. Você pode encontrá-lo, há uma marca que é como um lótus, aberto. E é chamado de “mil pétalas”, são deste jeito. Mas o colorido não está bom, vocês gostam muito destas cores específicas, então eles a usaram, mas nós podemos dizer que uma espécie de mil pétalas está lá. Agora, está dito na Bíblia: “Eu apareceu diante de vocês como línguas de fogo.” E são estas, elas aparecem, todas elas aparecem. Mas estas são as muito largas e elas aparecem como vivas, chamas vivas, em diferentes cores, começando de uma para outra e elas são mil em número.

Agora, os médicos argumentam que: “Nao pode haver mil,” “tem de haver 192.” Apenas imaginem essas pessoas tolas para argumentar sobre isso. Mas eles não sabem que elas são mil em número, e elas estão situadas aqui. Mas na área límbica, todos os sete centros estão cercados. Por exemplo, nós tivemos agora, vejam, daqui, este é o Agnya Chakra. Aqui. Atrás dele, aqui atrás, exatamente aqui atrás está o Muladhara. Rodeando-o está o Swadishthana. Rodeando o Muladhara está o Swadishthana. Se você está bloqueado no Swadishthana, você pode sentir isso dentro de você mesmo, o peso aqui.

Se você está bloqueado, digamos que você tenha diabetes, dando um exemplo. As pessoas diabéticas ficam cegas depois de algum tempo. Elas perdem o poder dos olhos, porque isto aqui comprime o globo ótico, que é controlado pelo Moladhara Chakra, nós o chamamos de Agnya Posterior. Esta porção atrás. Assim, este é o Swadishthana Chakra aqui atrás. No centro, aqui, você encontra um osso, que é o Muladhara e em volta dele esta o Swadishthana Chakra. Depois aqui está o Vishuddhi Chakra, é o Virata. É o Vishuddhi Chakra aqui. Quando você fica resfriado, você descobrirá que terá um problema aqui. Mas se você aplicar alguma coisa aqui, você se sentirá melhor.

E este é o Vishuddhi Chakra, o qual está relacionado com sua gargante, este aqui. Agora, se você tem problemas com a coletividade também, você pode encontrar uma grande obstrução aqui. Agora, na parte detrás dele está o Nabhi aqui, atrás. Este Nabhi tem um lado esquerdo e um lado direito, como mostramos aqui, o Nabhi Esquerdo e o Nabhi Direito, há dois, o Nabhi Esquerdo e Direito. Eu não sei se Eu lhes falei sobre o Nabhi Esquerdo e Direito, mas você pode descobrir no livro que há o Nabhi Esquerdo e Direito. Então você tem um Nabhi Esquerdo e Direito. E também, às vezes, você sente o Nabhi aqui. Algumas pessoas de fato sentem, quem tem problemas com seus gurus e coisas assim, então você sente isso. Mas o Void inteiro está aqui. E este Void é chamado de Ekadesha Rudra.

Este Void. Toda esta parte. Ele é como um anel em volta disso. Em volta. E este anel é muito importante, porque você tem isso a partir do Void. Se você vai a um guru ruim ou a alguém assim, você terá isso. E este é Aquele que é o cavaleiro, o cavaleiro, Aquele que tem onze poderes de destruição, Aquele que virá para retalhar. Então Ele não virá para lhe dar algum conselho, Ele não virá para redimi-lo, não dará nenhuma Realização. Ele retalhará aqueles que não são realizados. E Ele emancipará aqueles que são realizados.

Este é o último, não perguntem agora. Nós temos algum tempo a mais para salvar mais pessoas, porque Ele não irá perguntar a ninguém, Ele não lhe permitirá nenhum tempo a mais, e será a época da completa destruição de todas as forças satânicas. Então este é o Ekadesha aqui. Que cobra, porque todos esses gurus horríveis estão aqui. Estes são os Ekadeshas. E esta é uma coisa que deve ser compreendida: a pessoa deve se livrar disso muito facilmente. Agora, estes dois filhos de Rama, que nasceram aqui, e eles estão dotados com o Sol e a Lua. O Sol e a Lua, ambos estão aqui. E o Sol se torna, por fim, como Eu lhes disse, Buddha aqui, e Ele se torna, não por fim, Mahavira lá. Mas quando Eles estavam nesta Terra, Buddha falou sobre a não-violência, e as pessoas acharam que era não-violência contra as galinhas, contra os insetos.

Essas pessoas de Mahavira, esses jainistas, nós temos uma comunidade horrível chamada Jainistas na Índia. E eles acreditam no vegetarianismo a tal ponto que eles pegam um brâmane, lhe dão dinheiro, e o colocam em uma cabana e trazem todos os insetos da vila, colocam todos na cabana e os insetos vivem desse brâmane. É um fato, mesmo hoje eles fazem isso. E depois eles pagam para o brâmane, porque os insetos estão alimentados. Agora, apenas Me fale sobre este tipo insensato de vegetarianimo. Eu vou dar a Realização às galinhas? Apenas pensem nisso. Ou aos insetos ou às minhocas? Vocês são seres humanos, você deve comer uma carne que não seja de um animal maior do que você, porque isso é horrendo. Mas você pode comer a carne de animais que são menores do que você.

Não há nenhum mal em comer isso, e este tipo de vegetarianismo insensato, “não façam nenhum mal aos animais”, mas não se importam de fazer aquilo. Os jainistas são os maiores nisso, eles são exatamente como sugadores. E eles não se importam de matar pessoas por causa do dinheiro deles. Eles não se importam em ir para o que vocês chamam de shikhar, em uma caça. E matar qualquer coisa, mas eles não comerão uma galinha ou nem mesmo o alho. Agora, o alho, como vocês sabem, é muito bom para o coração. Mas eles não comem alho. Ele é muito bom para o coração, é muito bom para as pessoas que têm uma tendência a enrijecimento das artérias, onde a circulação é um problema, é muito bom comer alho, e para o resfriado. Essas pessoas que sofrem de resfriado, se elas comerem regularmente um alho fresco, digamos, à noite, escovar seus dentes, elas ficarão muito melhor. Agora, enquanto falamos sobre isso, Eu diria – Agora, estes sete centros estão aqui.

Agora, na área óssea da fontanela está o centro do coração. Agora, apenas imaginem, ele está no centro. Então, onde Eu vivo? Todos eles são sete centros, então Eu sou exatamente como uma bolha. Mas se Eu estou em seu coração, Eu estou lá. Assim, a chave da Sahaja Yoga é que você tem de Me reconhecer. Se você não consegue Me reconhecer, não pode progredir na Sahaja Yoga, Eu tenho de admitir isso abertamente. Porque ele já Me expôs. Eu não falo isso em Minhas primeiras palestras, mas Eu tenho de dizer: por favor, agora Me reconheçam. Como sua Mãe, Eu lhes pediria para Me reconhecerem.

E você não tem de Me dar nada, apenas peguem coisas de Mim. Apenas tenha isso para você mesmo, mas Me reconheça. Se você não Me reconhecer, então isto não abrirá, isto será sempre perturbado. É por isso que no fim, você diz: “Mãe, dá-me minha Realização.” Porque Eu vim a esta Terra para lhe dar sua Realização. Esse é Meu trabalho. É um dos piores trabalhos que alguém pode ter, porque isso é tão dífícil com as pessoas, falar para elas, falar-lhes sobre isso, e elas ficam o tempo todo armadas, elas são tão agressivas e começam a brigar. É um trabalho de Mãe, que é um trabalho ingrato, um trabalho totalmente ingrato. Mas Eu tenho de fazê-lo. E também somente a Mãe pode fazê-lo, porque se você tivesse Cristo, Ele teria pegado todos as onze coisas (poderes) e liquidado todo mundo.

Se vocês tivessem pedido a Krishna, Ele também tem o Samhara Shakti, Ele teria destruído. Mas para usar a coisa toda com ideia integrada e equilíbrio, com uma compreensão dos seres humanos, você tem de ter uma Mãe. E é por isso que às vezes as pessoas tentam se tornar muito íntimas, e começam a tirar vantagem ou ter liberdades, que é um coisa errada. Seja quem for que Eu seja, Eu sou e Eu sou o Amor, Eu não consigo evitar isso, realmente não consigo evitar isso. Eu sou a Compaixão. Um dia, Eu realmente fiquei muito desgostosa, realmente. Um dia, Eu realmente fiquei muito desgostosa com as pessoas com o modo que elas eram e Eu só fiquei dizendo: “Esqueça isto!” E então de repente Eu vi Minha fotografia e vi Meus olhos, então Eu disse: “Nirmala, Você é a Compaixão,” “Você é a Compaixão, Você não pode evitar isso,” “Você simplesmente não pode evitar isso.” Eu tenho de realizar isso. Eu sei que isso significa, significa muito às vezes, muito, mas Eu tenho de realizar isso.

Algumas pessoas aparecem com uma pergunta: “Por que a Senhora, Mãe?” Eu disse: “Por que não você? É uma boa ideia. Venha e faça isso!” Será melhor para Mim Me aposentar, e Meu marido talvez lhe dê uma pensão por isso, ele ficará muito feliz por Eu ter achado alguém que Me substituirá. Mas Eu ainda não achei alguém que Me substituirá. Eu queria que vocês pudessem, seria uma boa ideia. Agora, o nome Nirmala em si significa “Imaculada”. Significa “Aquela que é o poder purificador”. É um nome da Deusa também.

Na verdade, Meu nome de assinatura é Lalita, é o nome da Mãe Primordial, que é o nome da Mãe Primordial. Mas ser um ser humano com todos estes centros em volta, você trabalhando, por exemplo, nos últimos três dias, vocês não sabem o quanto Eu estou vibrando. Vocês podem perguntar a Warren e a outras pessoas, Eu lhes pedi para sentirem as vibrações e eles fizeram deste jeito, onde eles não conseguissem Me tocar. Eles tentaram colocar a mão sobre a cabeça e eles simplemente ficaram Eles não sabiam como Me tocar, até mesmo isto está vibrando muito. Então, não é tão fácil carregar isso, toda essa carga neste corpo humano, aparentar como um ser humano, agir como um ser humano, se comportar como um ser humano, de modo que haja um relacionamento próximo. Por que uma encarnação é necessária? Tem de haver um relacionamento próximo, porque o Inconsciente não pode falar com vocês, seja o que for que você veja no sonho retorna para você mais tarde da área do subconsciente, todas as ideias serão uma tamanha bagunça, tamanha confusão e você não pode decidir nada. Assim, ele tem de vir a esta Terra como um ser humano, e lhes falar, com uma linguagem. Eu nunca soube inglês em toda Minha vida. Pela primeira vez Eu aprendi inglês, mas ainda assim Eu não sei o inglês americano.

Eu espero ser capaz de aprender algo mais quando Eu viajar por aí, e é uma coisa que – é desejo de Deus que vocês sejam realizados. Está tudo escrito na Bíblia, está tudo escrito em todos os livros das escrituras. Está amplamente escrito nos livros de Adi Shankaracharya, que Me descreveu de maneira completa, de uma maneira bem completa. E é fácil para os indianos terem acesso a Mim. Embora Eu não tenha muitos discípulos nas cidades, mas estão conscientes de Meu Advento e eles sabem que Eu estou presente. A maioria deles sabem isso. Mas eles não conseguem entender porque Eu vim para a América. Eles dizem: “Por que a Senhora veio para cá?” “As pessoas aqui não A aceitarão.” Mas Eu não penso assim, porque acho que vocês são grandes buscadores, buscadores muito grandiosos, nascidos neste país.

Vocês são um tipo especial e Eu tenho de trabalhar para vocês. Eu devo dizer que a transformação se estabeleceu nos Sahaja Yogis ocidentais não foi tão alcançada pelos indianos. Embora eles tenham uma vantagem, porque eles nasceram em um país que tem uma base, que mantém a atenção intacta. A atenção é muito mais intacta. Então é fácil realizar isso lá, aqui é dífícil, isso não atrai as pessoas, mas ainda assim, todos vocês são pessoas grandiosas, muitos de vocês estão perdidos, mas todos eles podem ser salvos, mas aqueles que estão aqui devem saber que vocês têm a maior oportunidade em suas vidas hoje de serem realizados e de dar a Realização aos outros. Antes de tudo, vocês têm de ficar bem. Depois vocês podem dar luz aos outros. Agora, a maior coisa que é necessária para a Sahaja Yoga é sabedoria. E logicamente, vocês chegarão a uma conclusão e compreenderão que a Sahaja Yoga é o fim de todos os problemas do mundo. De todos os problemas do mundo.

Por exemplo, pegue o capitalismo e o comunismo. Agora, Eu sou uma capitalista porque Eu tenho todos os poderes e Eu sou a comunista porque não consigo desfrutar isso sem lhes dar. Mas isso é espontâneo. Eu não tenho de fazê-lo, porque Eu penso nisso, simplesmente funciona. É desse jeito. Todos os problemas, problemas políticos, problemas econômicos, tudo pode ser resolvido. Krishna disse: “Yoga Kshema Vahamyaham.” Quando você obtém sua Yoga, você obtém o seu bem-estar. Ele prometeu isso. Ele podia ter dito: “Kshema Yoga Vahamyaham.”

Ele não disse, Ele disse: “Yoga Kshema Vahamyaham.” Primeiro praticar a yoga, primeiro unir-se, unir-se com o Espírito, depois você é abençoado por todas essas coisas. Este é o centro da saúde material, da Lashmi, que trabalha. E todos os Sahaja Yogis, que tem estado Comigo, são abençoados pela saúde material também, mas não tanto como Sr. Ford. Esse é um caso extremo, isso é uma dor de cabeça, mas eles conseguem o bem-estar em todos os ângulos de uma forma equilibrada e integrada. Assim, a última mensagem é da integração, que você fica completamente integrado. Seja o que for que você faça, seu coração suporta, sua mente suporta, e seu corpo suporta. Você fica completamente integrado em um único ser, que é o seu Espírito. Que Deus abençoe todos vocês. Assim, esta é a última palestra e Eu estou indo para Filadélfia, e rezem para que mais pessoas da Filadélfia tenham a Realização e que consigamos mais pessoas na Sahaja Yoga e que eles se tornem iluminados.

Depois Eu irei para Houston, depois para Los Angeles e Vancouver por um dia. Se vocês têm amigos ou parentes lá, vocês podem escrever para eles, deem o endereço, de modo que eles façam contato e venham ao programa. Que Deus abençoe todos vocês. Normalmente Eu não falo de Mim mesma, mas hoje, ele Me expôs assim que Eu cheguei, Eu tive de falar, porque isso não é diplomático. Não é diplomático dizer qualquer coisa. É melhor que vocês Me descubram do que Eu lhes falar, porque Cristo foi crucificado, todos foram torturados. Eu não quero atrapalhar Meu trabalho, porque não faz nenhuma diferença lhes falar qualquer coisa antes da Realização. É melhor lhes falar depois da Realização que Eu sou o Espírito Santo. Sem dúvida. Eu sou Aquela sobre a qual Cristo falou.

Eu tinha falado para eles, Eu nunca tinha falado sobre isso de um palco, e Eu falei, então eles ficaram falando para Mim: “Mãe, a Senhora deve dizer isso uma vez.” Eu disse: “Nos Estados Unidos, Eu declararei.” Hoje Eu declaro que Eu sou o Espírito Santo, Eu sou o Espírito Santo, que se encarnou nesta Terra para a Realização de vocês. Que Deus os abençoe. Agora, perguntas? Sahaja Yogi: “Mãe, eu só quero dizer que eu A amo.” “e esta é minha pergunta importante: como posso acalmar meus pensamentos?” Sahaja Yogi: “Como eu posso acalmá-los?” Apenas recite o Pai Nosso. Agora, diante de Minha fotografia.

Tudo bem? O Pai Nosso é a entrada, é a entrada, sem dúvida.