Tudo É TÃo Belamente Feito

Hampstead Friends Meeting House, Hampstead (England)

1982-04-22 All Is So Beautifully Made Hampstead Other Source NITL, 56' Download subtitles: EN (1)View subtitles:
Download video - mkv format (standard quality): Watch on Youtube: Watch and download video - mp4 format on Vimeo: Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribeUpload subtitles

Feedback
Share

Programa público “All is so beautifully made”. Hampstead, Londres (Inglaterra), 22 de abril de  1982. 

Melhor? Sim. Você veio antes, não foi? 

Então, para continuar com o mesmo tema de antes, sobre a infraestrutura de um ser humano,  sobre a qual Eu lhes disse que Deus fez essa infraestrutura de uma forma muito bela. 

Mesmo na natureza, se virem qualquer coisa que seja viva, vejam uma árvore, se olharem para  a árvore, ficarão espantados com a forma como os diferentes canais que levam a seiva para  cima estão tão bem colocados, que não há problema para a água subir. A sucção na água  acontece porque o sol brilha e a água é sugada. 

A natureza é tão bem construída, absolutamente harmoniosa. Quando chega o inverno, as  folhas caem porque a Mãe Terra precisa de nutrição e as folhas não estão recebendo tanta luz  solar, portanto, deve haver menos superfície exposta. A mesma nutrição é retomada e, na  primavera, você encontra novamente as belas folhas surgindo. 

Toda a situação, todo o Universo é tão bem elaborado, e a infraestrutura é tão bem feita que  recebe todas as bênçãos do Divino sem nenhuma dificuldade. Chove e a natureza recebe. Se  você já esteve em uma floresta, na floresta mais densa que possa imaginar, ficará surpreso  com a limpeza; e a fragrância desse lugar é tão limpa que nada fica estagnado. Como ela opera  e como funciona por meio da luz do sol, da chuva e do vento. 

Nesse Universo inteiro, agora o homem é criado, o que é um problema. A infraestrutura do  homem pode ser arruinada por ele; só ele pode fazer isso. As árvores não podem se arruinar  sozinhas, podem? Elas se levantam como testemunhas, elas simplesmente dão, simplesmente  dão. Mesmo quando morrem, elas dão sua madeira. Quando vivem, dão suas flores, dão sua  sombra, dão sua beleza, estão dando, dando. E quem recebe é este grande epítome da criação  – o ser humano. Ele é o destinatário de tudo isso. Então, ele tem inteligência para receber tudo  isso e usá-lo para o seu próprio propósito. É assim que estamos a explorar – eu diria a explorar  – as bênçãos da natureza. Isso é bom, isso é o que Deus queria, que nós tivéssemos realmente  as bênçãos da natureza; que vocês são os monarcas deste Universo, de modo que tudo está  em atenção às necessidadesde vocês. Enquanto o homem, por si só, enlouquece com o seu  comportamento extremo. Ele não pensa na sua infraestrutura que podeser arruinada. O  problema é que só o homem pode arruinar isso; não só isso, mas também a estrutura exterior  que é a atmosfera. Se enviarmos um homem para uma floresta, está tudo bem. Se mandarem duzentos tigres para uma floresta, está tudo bem. Mas se enviarem dez homens para uma  floresta – acabou! Toda a beleza está acabada. 

Por um lado, o sentido da beleza, só os seres humanos o têm. O sentido de compreender a  limpeza só os seres humanos têm. Portanto, eles são os únicos desfrutadores, eles são os  únicos desfrutadores de tudo isso. Supoem-se que eles desfrutem de tudo isto, mas há algo  que lhes falta e que não lhes dá o pleno regozijo. Quando olhamos para uma árvore – hoje as  cerejeiras florescem por todo o lado – começamos a pensar: “Quanto é que eles devem ter  pago por esta árvore? Quantos anos ela deve ter?” Todas estas perguntas de tipo mundano  vêm-nos à cabeça. Mas suponhamos que, por acaso, se nenhum pensamento vier à nossa  mente, apenas vemos, testemunhamos, podemos testemunhar, então a alegria que eles estão  tentando nos dar e expressar seria completa dentro de nós.

Ainda não alcançamos esse estado: sempre temos pensamentos, pensamentos que são todos  artificiais. Pensamentos que fazem de nós uma espécie de pessoa imaginária ou, se não  formos para o lado mais sutil, uma pessoa muito grosseira. Não é a realidade. A imaginação  não é a realidade e a grosseria também não. Como um poeta pode dizer: “Que flor é aquela e é  linda”, e isso e aquilo. E todo o tipo de histórias que ele pode construir sobre uma flor, e uma  pessoa que não é imaginativa pode dizer: “Não sei quanto vai custar, como plantá-la, qual é a  utilidade disso, como pode ser econômica.” 

A poesia é, evidentemente, um toque, um lado mais subtil da vida, sem dúvida. E graças a  Deus que Hampstead teve tantos grandes poetas. Mas continua a ser imaginário para outras  pessoas. O que olhamos e pensamos pode não ser verdade para os outros. Por exemplo, uma  pessoa como Blake, que escreveu tantos poemas, ninguém o compreendeu. Para compreendê lo têm de ter a Realização, caso contrário não conseguem compreendê-lo de todo. 

Assim, o que quer que seja oferecido, a nível grosseiro ou a nível imaginário, pela natureza,  não pode ser desfrutado pelos seres humanos em toda a sua extensão, não pode. Nós  pensamos assim. Vejam as leis econômicas como elas são – “Os desejos em geral não são  saciáveis”. Significa que nada é satisfatório. Quer dizer, ele diz, ele confessa. Hoje você quer ter  um carro? Muito bem, você tem um carro. Depois quer ter um avião? Muito bem, você tem  um avião. Depois quer ter uma coisa qualquer. Não há fim para isto. 

Isso prova que a alegria que você obtém com as coisas materiais também não é satisfatória.  Porque no estado em que os seres humanos se encontram, eles não podem desfrutar. Eles não  podem desfrutar de nada, embora devam desfrutar de tudo, porque eles só têm a capacidade  de desfrutar. Mas há algo faltando neles que os impede de desfrutar de qualquer coisa. E o  que é essa qualidade? Qual é esse estado? Porque a conexão para extrair alegria tem de ser  com o Espírito. O Espírito é a conexão que emite alegria. Não há outra maneira de desfrutar a  vida sem remorso. 

Estar conectado, em primeiro lugar, com o Espírito é a única maneira de desfrutar, porque a  alegria não tem dois lados. É como se as pessoas fossem dançar dança de salão. Supostamente  estão se divertindo. Voltam para casa e começam uma grande briga. Só Deus sabe por que eles  estavam se divertindo! O prazer da vida só é possível se pudermos nos conectar com o  Espírito. E essa conexão com o Espírito só é possível se você se tornar o Espírito. Como Cristo  disse em palavras muito simples: “Você precisa nascer de novo”. Muito simples. Parece muito  simples. Mas como? Você deve ser batizado, mas como? Digamos que eu vá para uma  faculdade teosófica ou algum tipo de faculdade e eles digam: “Agora você tem o direito de se  batizar”. Para qualquer homem inteligente, será que isso é atraente dessa forma? Será que  isso é possível? O batismo, se é um processo vivo, no qual você tem que se conectar, conectar se com o Espírito, então o que você faz a respeito? Isso significa que você precisa alcançar um  estado de espírito em que se torne o Espírito. Essa conexão tem de ser estabelecida. Se essa  conexão não for estabelecida, então você não poderá ser (alguém) nascido duas vezes com um  certificado. Já vi muitas pessoas que disseram: “Mãe, eu sou duas vezes nascido”. Eu  perguntei: “Como você diz que é duas vezes nascido?” “Qual é o certificado que você tem de  ser duas vezes nascido?” Você não pode simplesmente certificar a si mesmo. Isso não é uma  autocertificação. Suponhamos que um cachorro diga: “Eu sou um ser humano”. Você  aceitaria? Não, quero dizer, ele pode sair por aí, ele pode sair por aí e dizer: “Eu sou um ser  humano”. Mas ele não se torna. É um estado, é uma qualidade, que, na evolução, precisa ser 

demonstrada. É uma qualidade evolutiva. Um peixe, que tem que se tornar uma tartaruga,  tem que se tornar uma tartaruga. Ele não pode simplesmente dizer: “Ah, eu sou uma  tartaruga. Oh! Eu sou uma tartaruga”. 

É aí que entra o ego humano. Ao dizer algo, você não se torna. E essa é uma das coisas básicas  que devemos saber, que temos que nos tornar de fato, na realidade. Temos que encarar o  fato. E não acreditar em algo porque foi dito. Qualquer um pode dizer qualquer coisa, o que  importa? Veja, você levanta essa língua e a coloca sob o palato e diz o que quiser! O que é  necessário para escrever um livro? Você pega um tipógrafo e dá a ele algo para escrever. Você  pode escrever qualquer lixo, qualquer coisa assim chamada, pode escrever sobre Deus, isso,  aquilo e falar muito, dar sermões, ter grandes organizações – mas não é nada disso. 

Mesmo supondo que você tenha alguns animais, especialmente cães, eu diria isso. Agora você  faz com que eles se vistam como bebês e isso e aquilo, faz com que dancem e, em um circo,  você pode descobrir que eles podem se tornar um pouco como seres humanos, podem levar  cartas ou podem trazer seus filhos da escola – quero dizer, eles podem fazer muitas dessas  coisas – mas você os chamará de seres humanos, por acaso? Não estou dizendo que a  diferença seja tão grande, mas é preciso entender uma coisa: que ainda não nos tornamos o  Espírito. Com toda a humildade, aceitemos o fato de que temos de nos tornar o Espírito. 

Agora, supondo que essa seja a única fonte de alegria, se essa é a sua verdadeira propriedade  dentro de você, se essa é a coisa que você tem que alcançar, supondo que para isso você  tenha se tornado um ser humano, então não devem todos fazer isso? É lógico que a vida não  tem sentido sem isso, vejam bem. Você faz uma vela e coloca um pavio nela e faz tudo com ela  e, quando há escuridão, você diz: “O que devemos fazer agora?” Acenda essa luz! É muito  simples. Toda a existência em si não terá significado se não nos tornarmos o Espírito. Todos  nós temos que nos tornar o Espírito, caso contrário, seremos inúteis. Não servimos para nada.  Nossa vida não tem sentido. 

Agora, quando alguém diz isso, Eu poderia ser outra que vocês chamam de hipócrita, ou  poderia ser o que vocês chamam de falso guru, Eu mesma poderia ser assim, contando a vocês  grandes histórias. Pode ser possível. Tudo bem? Qualquer um pode ser assim. Mas por que  enganar a si mesmo, esse é o ponto. Deixe que qualquer pessoa tente enganá-lo, mas não  engane a si mesmo. Você aceita um ponto simples: você tem que se tornar o Espírito, com  toda a humildade, e esse é um desejo que um buscador deve ter. 

Já conheci pessoas que buscam, elas tentam todo tipo de coisa. Por exemplo, um senhor tinha  um centro(chakra) muito ruim e perguntei a ele: “O que você tem feito?” Ele disse: “Há um tal  de Rompashompa. Ele escreveu alguns livros sobre o terceiro olho e eu vou operá-lo, e meu  terceiro olho vai sair”. Eu disse: “O quê? Quem lhe disse isso?” Ele disse: “Há livros e mais  livros sobre isso”. Eu disse: “Sério?”. E como esse sujeito se atreve a fazer isso? Operar aqui,  para você ter o terceiro olho… (rindo). E ele estava fazendo todo tipo de coisas absurdas 

acreditando naquele homem, e o próprio centro estava arruinado. Eu disse: “Mas veja o  sujeito, o que ele está fazendo?” Veja, essa é a melhor parte da história. Deus não nos deu  apenas cérebro, mas também sabedoria. Deus nos deu sabedoria e devemos usar essa  sabedoria e julgar essas pessoas de acordo com essas linhas para ver o que elas estão nos  dizendo. A maioria delas está arruinando sua infraestrutura. Eu não me importaria com  nenhum deles se estivessem apenas contrabandeando dinheiro ou tornando-os pobres, não  importa, no Reino de Deus, não importa. Tudo bem, se eles querem dinheiro, deem a eles – pronto! Há muitos contrabandistas, bandidos, ladrões e vigaristas. Todos os tipos de pessoas  estão neste mundo, vejam vocês. Há mil e uma palavras para descrevê-las. Mas o problema é  que elas estão estragando sua infraestrutura. E quando elas estragam essa infraestrutura,  então esse acontecimento do despertar da Kundalini leva tempo, aí está o problema. As  pessoas desenvolvem doenças, problemas emocionais, problemas mentais, todo tipo de  problema com todas essas coisas. 

Na verdade, você deve saber que, se você é um buscador, e se você busca, você tem que se  tornar uma pessoa absolutamente normal. Todas as suas anormalidades devem desaparecer.  Se elas não desaparecerem, então você deve saber que ainda tem alguns chifres saindo! Mas  as pessoas não entendem que ser anormal é (significa) cair. Qualquer pessoa que pense que  pode pintar o cabelo ou usar um vestido engraçado, andar por aí e alcançar Deus, não sei  como lhe dizer que esse não é o caminho. Ou qualquer pessoa que pense que se comportar de  maneira engraçada ou gritar, berrar e fazer as orações bem alto na rua e fazer todos esses  shows, irá a Deus – isso não é possível. 

A única maneira é manter sua sabedoria intacta: sua fé inabalável de que você é o Espírito e  Deus é a compaixão e Ele fará de você o Espírito. Essa é a única coisa que é necessária em um  buscador. Mas, sem sabedoria, quando você tenta qualquer uma dessas coisas, tem de  percorrer um círculo muito redondo para chegar ao mesmo ponto, mas completamente  machucado, ferido e, às vezes, completamente doente até a morte. 

O problema atual é muito complexo. Sua infraestrutura é estragada não apenas por essas  pseudopessoas, mas também por tantas outras coisas que adotamos: a sociedade, a vida  familiar, os vícios, os hábitos e tantas outras coisas que se infiltraram em nós e teceram uma  rede tal que não é possível sair dela. Só há uma maneira de sair dela. 

Certa vez, quando eu era criança, li uma história sobre alguns pássaros: Uma rede foi lançada e  muitos pássaros, pombas, foram apanhados na rede. E eles descobriram que “estamos  enganados, mal orientados”. Eles viram alguns grãos e foram enganados. Então, como sair da  rede? Era impossível para eles. É uma impossibilidade. Uma pessoa não consegue sair. Uma  pessoa tenta sair, outras ficam mais enredadas e ela fica ainda pior. Então, o que fazer? Todos  eles disseram: “Por que não voamos todos com a própria rede? E então, com nossos bicos,  cortaremos essa rede e seremos libertados, mas primeiro vamos sair daqui. Juntemos nossa  energia, todos nós, e vamos sair voando”. E foi isso que eles fizeram. Abriram as asas, todos  juntos, e decolaram. E decolaram e foram libertados. A Sahaja Yoga de hoje é esse tipo de 

truque. Uma pessoa não pode fazer isso – é impossível. Se uma pessoa tiver que fazer isso, é  impossível. Ela tem que ir e viver em uma caverna permanentemente. Qualquer pessoa,  mesmo dotada de poderes como Cristo, que venha a esta terra é crucificada – acabou! Três  anos, Ele foi crucificado. Ninguém O entendeu. Portanto, temos que ter muitos mais para sair  dessa rede, que é criada pelos esforços dessas pseudopessoas, por nossa estupidez, nossas  ações erradas, erros de orientação – todos os tipos de problemas que são contra a evolução. É  preciso se tornar um grupo inteiro para elevar a sociedade, de modo que você possa  realmente se livrar dos grilhões dessa escravidão. 

Pode ser que haja alguns gurus na Índia que sejam bons gurus, que sejam almas Realizadas,  que tenham levado muitas vidas para se Realizarem e que sejam pessoas muito limpas, e tudo  isso está lá, sem dúvida. Mas eles são muito poucos e todos vivem na floresta, escondidos em  cavernas, e até mesmo eu disse a eles: “Por que vocês não saem de seus esconderijos?” Eles  disseram: “É melhor ficarmos seguros aqui”. Suas pernas e mãos estão quebradas. Como você  pode ver, as pessoas nunca os toleraram. Então, de acordo com eles, depois de doze anos,  acho que durante toda a minha estada na Inglaterra, talvez seja melhor eles descerem – as  pessoas não os machucarão tanto. Um sujeito foi tão espancado que sua espinha dorsal  acabou. Portanto, os verdadeiros gurus estão apenas se escondendo. E os que aparecem são  apenas propostas para ganhar dinheiro – simples assim – porque eles sabem como mimar seu  ego, jogar com suas fraquezas, fazer com que vocês se envolvam ainda mais nessa rede, nesse  lamaçal, e tirar o máximo proveito disso de vocês, é por isso que eles estão aqui. 

As pessoas não gostam [que Eu diga isso]. As pessoas se identificam com esse tipo de corrente,  mas isso não é liberdade. Liberdade é quando vocês realmente obtém seus próprios poderes  que estão dentro de vocês. Vocês têm seus próprios poderes. Vocês precisam ser seus próprios gurus. É preciso chegar a esse ponto a partir do qual vocês se orientam, de tal forma  que as linhas de orientação se tornem parte integrante de vocês. Isso significa que em seu  sistema nervoso central, em sua mente consciente, vocês devem sentir a existência do  Espírito. Esse é o processo evolutivo. É isso que precisam alcançar e todas as outras conversas  não têm absolutamente nenhum valor. 

Vamos encarar os fatos! Não é necessário nenhum discurso florido para isso, nada disso. É  uma ação. Suponha que Eu lhes diga: “Tudo bem, se tiverem que fazer tal bolo, misturem isso,  misturem aquilo, misturem aquilo, misturem aquilo”. Mas quando vocês misturam isso,  descobrem que um veneno é criado a partir disso. Outra pessoa pode dizer: “Tudo bem, vou  misturar isso, misturar aquilo e você terá o bolo”, e não há bolo nenhum, então o que vocês comem? 

Portanto, todas essas conversas, todas essas organizações e tudo o mais não têm nenhum  significado. Isso não os capacitam a serem o Espírito. Não estou aqui para denunciar ninguém,  nem para rebaixar ninguém, nem nada, mas acho que eles estão desperdiçando a energia  deles, a sua energia e a energia deles. Por que eles não aceitam que há anos vêm fazendo  todas essas bobagens e não conseguiram nada? Minha principal preocupação é: por que eles 

não enxergam isso? Por que eles têm a mente tão massificada? Por que não percebem  claramente que essas pessoas não conseguiram nada e o que vamos conseguir? “O que meu  pai fez, meu avô fez, meu bisavô fez, eu estou fazendo a mesma coisa e não consegui nada,  assim como eles não conseguiram nada. Por que não?” Toda pessoa com mentalidade  científica deve pensar assim. Toda pessoa religiosa deveria pensar que essa religião, se é que  tem algum significado, não está dando nenhum fruto [do] que está escrito nela. No Islã, se  vocês lerem, não sei se vocês leram o Alcorão, mas está escrito que haverá um dia de  ressurreição. Essa ressurreição tem que acontecer, foi dito por todos eles. Mas e quanto a  isso? Ninguém quer falar. Eles só falam sobre o dia da desgraça, porque assim eles podem ter  um bom dinheiro que você vê assustando você. “O dia da desgraça está chegando, é melhor  dar dinheiro.” Como se Deus entendesse suas contas bancárias. Você não pagou nenhum  dinheiro até agora. Todo esse tipo de coisa artificial é aceito por pessoas razoavelmente  sábias, sensatas, educadas e maduras, e elas acham impossível sair disso. Isso é um clube, é  uma coisa de massa. 

Saiba que você é um indivíduo agora mesmo, para pensar por si mesmo. Deus fez de você um  indivíduo. Você é como um ovo, que é um indivíduo, podemos dizer. Você precisa pensar  sobre isso. Você precisa julgar para descobrir. E então você se torna o coletivo e isso significa  que você se torna consciente de sua coletividade – consciente. Coletividade não significa  reação em massa. Como se dez pessoas começassem a dançar: “Ah, esse é um culto muito  bom, sabe?”. O que elas fazem? Elas simplesmente se levantam e dançam. Quero dizer,  quanto você tem que pagar por isso? Apenas dez libras, só isso? Você simplesmente vai lá, tira  suas roupas e dança, pronto. Você chega a Deus. É um método muito simples, e as pessoas  acreditam nele. Eu lhe digo que as pessoas acreditam nisso. Elas acreditam em todas essas  histórias. A coisa mais simples que elas precisam ver é: “Será que nos tornamos nosso  Espírito?” Uma pergunta simples que devemos fazer a nós mesmos: “É para o nosso Espírito?  Há algum relacionamento estabelecido com esse Poder Divino?” Você já sentiu esse Poder  Divino em algum lugar? 

E quando não mantemos nossa mente firme nesse ponto, podemos ser arruinados. Toda essa  estrutura se estraga, que é feita com muita delicadeza, com muita beleza, Deus a fez a melhor  de todas, melhor do que todas as árvores juntas, todos os animais juntos, tudo, o epítome de  

Sua criação é o homem. Exceto por uma coisa: foi-lhe dada a liberdade de escolha. Isso tinha  de acabar. Isso tinha de ser feito. Se você não der liberdade nesse estágio, como poderá entrar  na liberdade total? Se você não sabe como usar sua liberdade… supondo que um homem que  não sabe como usar sua liberdade saia por aí [com] punhais, matando isso, matando aquilo,  matando aquela pessoa ou comece a se matar, pode ser das duas maneiras. Há alguns que  começam a matar outros ou começam a se matar. Vocês lhe darão liberdade? Mesmo em uma  situação normal, não lhe damos liberdade para sair matando os outros ou se matando.  Portanto, ele tem que ter a ideia de usar sua liberdade para si mesmo e para os outros, e essa  liberdade nós temos que usar. E se a usarmos de forma adequada e sábia, não haverá  problema, pois ela foi criada de forma maravilhosa. 

Eu lhes disse como a Kundalini é colocada. Como Ela é colocada no ponto mais seguro e como  Ela está enrolada, e como esses centros são mantidos tão sutilmente dentro da medula 

espinhal. Como Ela é protegida e como esse Agnya Chakra é colocado entre a pituitária e a  pineal no ponto do quiasma óptico, e como o Sahasrara é feito de forma tão bela – é incrível. A  única coisa [é] que a luz do Espírito tem de vir para iluminar tudo isso, só isso, nada mais é  necessário. Vocês precisam apenas escolher, de forma sensata, que precisam se tornar o  Espírito. 

Vocês não podem forçar nada na organização de Deus. Ele existe por conta própria. Sua  organização existe por conta própria. A única coisa que vocês podem fazer é entrar em Seu  Reino e se tornarem parte integrante desse domínio abençoado. Vocês também não gostariam  de mudá-Lo, pois é tão maravilhoso. Ela é tão protetor, tão amoroso, tão gentil, tão bondoso,  tão compassivo, que vocês odiariam mudar essa organização. Mas nós mudamos! Tentamos  até mesmo organizar Deus. 

Para as pessoas que pensam que isso é o máximo que devem buscar, está tudo organizado  para entrar no Reino de Deus. Chegou a hora. Este é o Dia da Ressurreição. Estes são os Dias  da Ressurreição. O que Cristo fez, há muitas pessoas… Li outro dia um livro que dizia que Ele  nunca ressuscitou a Si mesmo. Esses seres humanos, devo dizer, Eles “provaram”  cientificamente. “Cientificamente”, você pode imaginar? Agora, como você pode provar  cientificamente? Não estou entendendo. De acordo com eles, Ele não morreu. É claro que Ele  não pode morrer, Ele é um Ser Eterno, sei que essa parte está correta. Mas Ele nunca morreu.  Ele morreu da maneira que um Divino tem que morrer, mas ressuscitou como o Divino tem  que ressuscitar. Ele definitivamente ressuscitou. Mas esses cientistas não estavam lá para ver.  Então, Ele desceu novamente, e esse é um ponto completamente diferente. Mas Ele  definitivamente ressuscitou Seu Corpo Divino. Depois disso, Ele tinha uma personalidade tão  bela e confiante que, onde quer que fosse, deixava uma grande marca nas pessoas. 

E esse é o problema, que eles tentam provar tudo cientificamente. Não se pode provar  cientificamente a ressurreição de Cristo. É por isso que você também não pode negá-la. O que  Ele fez no nível grosseiro, naquela época, tem que acontecer em um nível sutil dentro de você.  É por isso que eles dizem: “Você tem que passar por Ele”. Ele fez isso por você. Ele realmente  fez isso, e temos que ver isso acontecendo dentro de nós. Não é dizendo: “Agora seguimos a  Cristo”. Tudo bem, você tem uma grande bandeira: “Seguidores de Cristo”, “Somos todos  soldados cristãos caminhando e acreditamos em Cristo e todos nós ressuscitamos”. Não, vocês  não são. Vocês não são. No máximo, se você for um bom cristão ou um bom hindu ou um bom  muçulmano, bom, repito, então você está bem equilibrado para sua ressurreição. Mas se você  não for nem isso, então é um problema para mim, um problema para você. Mas se você foi um  bom judeu, ou um bom cristão, ou um bom hindu, no sentido de que manteve o seu sustento,  foi uma pessoa normal, percorreu o caminho central e manteve-se no caminho central da vida,  não é um extremista, não é uma pessoa que faz nada anormal, é uma pessoa normal, então  você está muito bem para a Realização. É tão simples quanto isso. Mas a maneira como as  pessoas levaram esse método simples de organizar as pessoas em uma vida “melhor”, para  algo tão absurdo como odiar uns aos outros, matar uns aos outros ou todos os tipos de coisas,  vocês sabem. Quero dizer, isso não tem nada a ver com Deus, acreditem em Mim. E “Nós  somos os escolhidos, somos os melhores e somos os selecionados”. Isso é autocertificação.  Vejam bem, se Eu disser: “Sou graduado pela Universidade de Cambridge”, por quanto tempo  poderei enganar a Mim mesma e aos outros? O que Eu não sou. Da mesma forma, precisamos  realmente obter de nós mesmos o certificado de que renascemos, e não de qualquer outra  pessoa.

Portanto, chegamos a este ponto: temos de ser muito, muito honestos com nós mesmos,  porque a perda é nossa, de mais ninguém, que até agora não alcançamos esse estado de  Espírito e que, com toda a humildade, vamos alcançá-lo, temos de alcançá-lo e temos de  

aceitar que isso aconteça conosco. Isso é tão simples, tão simples e tão natural. É apenas o  fato de que, neste momento, isso tinha de acontecer. É uma coisa muito simples, não há  complicação, se você não se complicou muito. Mas, mesmo que tenha se complicado, o Poder  Divino sabe como desembaraçá-lo e resolver o problema. Essa é a bênção do Divino, em que  você se torna o Espírito e, então, alcança o absoluto, de onde não há dúvida sobre nada. 

Se vocês quiserem saber o que acontece, basta começar a sentir uma brisa fresca fluindo em  suas mãos, ou de suas mãos, e então [se] vocês fizerem uma pergunta: “Deus existe?” e a brisa  será muito maior. Se perguntarem sobre um bandido: “Ele é um homem bom?”, a brisa cessa.  O relacionamento é estabelecido com seu Espírito, que fala com você como uma brisa fresca  na mão. Essa brisa fresca na mão é a energia do seu Espírito fluindo, por meio da qual suas  doenças são curadas, vocês podem curar as doenças dos outros, podem elevar a Kundalini dos  outros e dar-lhes a Realização, e podem desfrutar da beleza da natureza, sem pensar nela ou  valorizá-la grosseiramente, mas apenas desfrutando-a de forma plena. 

Essa é a [versão] curta e agradável. Mas é uma história muito longa, que começou há milhares  de anos e hoje está chegando ao seu clímax. O fruto está prestes a se formar. É apenas o  momento do desabrochar dessa história e, se os buscadores cooperarem, tenho certeza de  que dará certo. Tenho todas as esperanças. 

Que Deus abençoe todos vocês. 

Vocês têm alguma pergunta para Mim hoje? Não têm perguntas? 

Por que não vêm, há muitos assentos aqui, todos vocês podem vir e se sentar, venham. Não  precisam ficar de pé até o fim. As crianças devem se sentar na primeira fileira. Esse é seu filho?  Ela é boa. Ela nasceu realizada. Muitas crianças excelentes nascem neste país. Não sei quantas  entendem isso. Ele, ou é ela? Olá. Ela me desejou lá fora. 

Agora há um cavalheiro, coitado, que tem de cuidar da criança, não é? Deixe-o trazer a criança.  As crianças não causam problemas. Basta trazê-las. Gostamos que elas entrem, elas ficam  quietas. Elas gostam disso. 

Sim. Por que ficar com a criança? Todas elas são crianças que nasceram realizadas para você.  Elas não vão incomodá-lo, sente-se, elas ficarão muito felizes aqui. Deixe-as em paz. Olá, sim,  venha, deixe-os brincar. Apenas deixe-os brincar. Veja, elas sabem o que fazer, são pessoas  ocupadas. Eles sabem o que fazer, são pessoas ocupadas. Eles estão relaxados. 

Tudo bem. Nenhuma pergunta, de fato? Não. Sem perguntas? Sim. 

Então, agora só resta uma pergunta: como fazer isso? Quem vai tocar o sino do gato? É muito  simples. Como se faz brotar uma semente? Da mesma forma, isso é feito. Como vocês viram,  as mãos indicam todos os centros: cinco, seis e sete centros. Há também um manual que você  pode pegar e ver por si mesmo. Algumas das pessoas que eu vi, quando pegam o livro, o lêem  e ficam preocupadas com alguma coisa. O que quer que esteja escrito nesse livro é a verdade.  

Tentamos manter muitos deles longe das pessoas porque elas querem ter a verdade, o que ver  por si mesmas. Como algumas pessoas só ouvem o que querem ouvir, vejam. O resto elas não  ouvem. Mas tudo o que era necessário ser dito, foi dito nesse livro, o que não deve assustá-los de forma alguma ou incomodá-los.

Basta ver o livro e lê-lo, se quiserem, e ver por si mesmos se é verdade ou não. Mas não se  preocupem com isso. É uma atitude errada, porque estou falando do reino que vocês nunca  conheceram antes. Essa é a área que é desconhecida para vocês, portanto, se estiverem entrando nessa área que é desconhecida para vocês, não precisam ficar chateados com isso,  mas vejam por si mesmos se o que está escrito nesse livro é verdadeiro ou não. Embora  tenhamos omitido muitas coisas de lá, não é para aborrecê-los, pois as pessoas se aborrecem  com qualquer coisa. Mesmo que vejam uma vela, elas se irritam: “Por que há uma vela?”. Eu  disse: “E agora, o que fazer?” Se houver luz elétrica, tudo bem, mas não há vela. Se eles virem  isso, dirão: “Por que isso?” 

Vejam, tudo pode deixá-los chateados. Vocês têm a ideia de que a pessoa que vai lhes dar a  Realização deve estar sentada em algum lugar escuro, coberta com dois chifres saindo. Não é  isso que acontece. Eu tenho que ser a pessoa mais normal, não é, senão vocês não aceitarão.  Portanto, todas essas idéias que vocês têm sobre as pessoas, ou algumas pessoas acham que  uma pessoa que é tal e tal deve ter essa altura, essa largura, esse rosto, isso, aquilo. Tudo isso  é sua própria imaginação. Portanto, temos que nos manter abertos, porque nesse reino vocês tem que entrar e ver por si mesmo. Apenas mantenham-se abertos e vejam por si mesmo. 

Agora vocês têm esses cinco centros, seis e sete centros em suas mãos. Agora estou lhe  dizendo isso, mas não significa que Eu esteja forçando algo ou que esteja fazendo uma  lavagem cerebral, mas esses centros estão lá, vejam bem. Se vocês forem a um médico, ele  lhes falará sobre as coisas e, da mesma forma, estou lhes dizendo que existem sete centros.  Esses são os centros básicos dentro de nós, básicos. E esses centros são mostrados aqui.  Alguém falou aqui, Gavin? Então, eles são mostrados aqui. Agora, quando vocês colocam suas  mãos em direção a Mim dessa forma, esses centros simpáticos são ativados, assim como  quando vocês colocam a semente de uma determinada maneira, ela brota, é simplesmente  assim, não há nada, então vocês têm que simplesmente colocar as mãos. 

Algumas pessoas têm objeções até mesmo quanto a isso. 

Agora vocês percorreram todo o caminho para a sua Realização. Qual é o problema de dirigir as mãos dessa forma? Qual é o mal? Mas até mesmo quanto a isso eles têm objeções. Mas se  um guru estiver lá, eles se curvarão a ele mil e uma vezes, lhe darão quinhentas libras e  novamente se curvarão a ele e voltarão para o manicômio. Já conheci muitas pessoas assim.  Mas se você disser a eles que basta dirigir as mãos assim, porque afinal de contas a energia  tem que fluir. Além disso, você precisa pedir por ela. Não pode ser forçado, porque você é uma pessoa livre, você é livre para não tê-la ou tê-la, certo? Mas se você precisa ter, quero dizer, se  você não quer ter, tudo bem, então não temos nada a ver com você. Não queremos  desperdiçar nossa energia com pessoas que não querem tê-la. Simplesmente não queremos  desperdiçar nossa energia, porque por que deveríamos? Se você não quer ter, não pode ser  forçado, entende? Não é um cavalo que você coloca na boca e o cavalo come, não é assim,  porque o gosto disso você nunca conheceu. É uma nova área na qual você tem que entrar, que  é a sua área espiritual, e para isso você tem que entender como chegar até ela. E para isso,  mesmo que seja uma coisa pequena, como dirigir as mãos, se as pessoas não quiserem fazer  isso, significa que elas não são buscadoras de fato. Não há nada para se assustar. A Kundalini  não incomoda ninguém. Milhares de pessoas já se realizaram e ninguém teve nenhum  problema, nada. Pelo contrário, você se sente muito melhor e curado. 

Basta fechar os olhos e colocar os dois pés no chão. Isso também tem um significado, porque  quando Eu digo para colocar os dois pés, isso tem um significado. Não vou lhes dizer nada que 

não seja necessário, porque não tenho nada a ganhar com isso. É melhor tirar, se possível, mas  se eles estiverem lá, não importa. Mas você vê que eles são apenas um pouco, você sabe, por  muitas razões. Então, às vezes, elas aparecem, e até mesmo as coisas apertadas na cintura. Se  a cintura estiver muito apertada, fisicamente, então isso não é adequado, você pode afrouxá la um pouco. Mas, em algumas pessoas, a Kundalini dispara tão rapidamente que, seja qual for  o tipo de posição em que você esteja sentado ou a maneira como esteja, o que quer que esteja  fazendo, simplesmente dispara. Agora, coloquem suas mãos em Minha direção e fechem os  olhos. 

Mantenham os olhos fechados, isso é muito importante, porque a Kundalini, quando se eleva,  dilata as pupilas sobre o Agnya e, se não estiverem fechadas, ela não se elevará. Basta manter  os olhos fechados que tudo se resolverá. Mantenham seus olhos fechados, por favor, apenas  mantenham seus olhos fechados. Essa é a chance de vidas, não de uma vida, saibam disso. Isso  é o que vocês têm buscado em todas as suas vidas e precisam ter isso, precisam conseguir isso.  Vocês precisa obter seu próprio poder. Fechem os olhos.