Public Program Day 1, The Left Side Problems of Subconscious

Brighton (England)

1982-05-13 The Left Side Problems of Subconscious, Brighton, England, DP, 80' Download subtitles: BG,CS,DE,EL,EN,ES,FI,HU,IT,LT,NL,PL,PT,RO,RU,TR,ZH-HANS,ZH-HANTView subtitles:
Download video (standard quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Transcribe/Translate oTranscribe

Feedback
Share

“The Left Side: Problems of Subconscious”. Brighton (UK), 13 May 1982.

Os três primeiros minutos estão sem som.

O Canal Esquerdo – Problemas do Subconsciente 13 de maio de 1982, Christchurch Hove, Brighton, Inglaterra Bons condicionamentos. De certo modo, do mesmo modo, você pode ter bons hábitos e maus hábitos. Se os hábitos impedem ou obstruem a sua ascensão, eles também podem ajudar a estabilizá-lo. O condicionamento chega a você a partir da matéria, com a qual nós estamos lidando todos os dias. Quando um ser humano vê a matéria, ele a agride e ele quer usar essa matéria para seu próprio propósito. Ele modifica as formas da matéria para seu próprio propósito. Ele começa a acostumar-se com a matéria, como conforto ou como uma ajuda ou um guia na vida. Quanto mais você começa a depender da matéria, mais a sua espontaneidade é destruída, porque você está lidando com o que é morto. A matéria, quando está morta, então somente, nós lidamos com ela. Quando ela está viva, nós não nos preocupamos tanto com ela.

Assim, a morte dessa matéria se instala dentro de nós, quando nós começamos a usar essa matéria para o nosso próprio propósito. Mas, de outra forma, como nós sobrevivemos? É uma pergunta que as pessoas podem fazer. Se Deus nos deu essas coisas materiais e essa matéria para ser usada, nós não devemos usá-las? E nós não devemos nos regozijar com elas? Mas nós não nos regozijamos. Nós… antes da Realização, você não consegue regozijar-se com nenhuma matéria. Você só consegue formar um hábito e pode tornar-se um escravo dessa matéria, antes da Realização. É um princípio, um princípio básico da economia, que os desejos, em geral, nunca são saciáveis. Significa que, hoje você quer comprar algo, como, por exemplo, um tapete.

Tudo bem, você o compra. Então, agora aquele tapete se torna uma dor de cabeça, porque é uma posse sua, você tem que cuidar dele. Você tem que colocá-lo no seguro, você tem que se preocupar com ele, para que ele não se estrague, antes de mais nada. Em segundo lugar, você começa a ter vontade de comprar alguma outra coisa. Agora, você comprou o tapete, acabou. Depois você tem que ter outra coisa, depois você tem que ter outra coisa, depois você tem que ter outra coisa. Assim, isso não o sacia. Isso não lhe dá o regozijo. A matéria nunca pode lhes dar regozijo. É o Espírito que lhes dá regozijo.

E quando a ascensão acontece, quando você se torna o Espírito, então a matéria assume um outro sistema de valores dentro de nós mesmos. O sistema de valores da matéria é muito diferente. Eu tenho certeza de que Jason deve ter contado a vocês que, quando vocês obtêm a sua Realização, então vocês começam a sentir a brisa fresca na mão. No relacionamento com a matéria, é muito útil ser uma alma realizada, porque, imediatamente, você sabe o que é bom para você e o que é ruim para você. Por exemplo, você come algo que não é bom para você. Imediatamente, você perderá suas vibrações ou ficarão quentes. Até mesmo olhando para ela, isso pode acontecer. Você quer se sentar em uma cadeira na qual alguém que é um tipo muito errado de pessoa se sentou, imediatamente, você sentirá: “Oh! Há algo errado” “neste lugar”. Com suas vibrações, as quais são algo definitivo e absoluto.

E esse condicionamento só pode ser eliminado, esses hábitos só podem ser superados se você se tornar o Espírito, porque o Espírito está sendo sempre dominado pela matéria. E o Espírito tem que superar essa dominação da matéria. Na verdade, o Espírito não pode ser dominado por nada. Mas o que Eu quero dizer é que Ele está coberto, como o Sol pode estar coberto pelas nuvens. Do mesmo modo, toda a nossa dominação ou, podemos dizer, toda a nossa escravização à matéria faz com que nós dominemos nosso Espírito no sentido de que nós o encobrimos. As nuvens estão lá, nós não podemos ver o Espírito. Nós não podemos senti-Lo. Nós não sentimos a espontaneidade, que é a beleza do Espírito, numa pessoa. Assim, ao julgar uma pessoa, o que nós julgamos? Como é a aparência daquela pessoa, o que ela está vestindo, como ela anda.

Quais são seus modos formais. Ela sabe dizer “obrigado”, “sinto muito” ou não? Entendem? Todas essas coisas nos impressionam muito. Que tipo de carro ela tem, que tipo de casa ela tem. Talvez nós possamos não perceber, nós podemos não notar um santo. Nós podemos não notar Cristo novamente, porque Ele era filho de um carpinteiro. Como nós estamos para saber quem é Cristo? Há algum meio de descobrir quem é Cristo? Muitas pessoas estão dizendo agora: “Cristo virá.” “Ele aparecerá na televisão”.

Você pode pôr qualquer um lá como Cristo. Como nós iremos identificar? Pela sua roupa ou por algum tipo de coisa que eles tenham feito? A maioria das pinturas de Cristo e a maioria das estátuas Dele que Eu tenho visto, em parte alguma são próximas de Cristo, em parte alguma próximas de Cristo, vejam. Elas são horríveis. Eu não sei o que elas são. Assim, como vocês irão identificar que este é Cristo ou não? Ou este é um tipo de sujeito embromador ou algum tipo de pessoa que veio deliberadamente para nos iludir em relação à realidade. Não há saída para descobrir o que é a verdade, porque nós estamos tão acostumados com as formas materiais que nós temos. Por exemplo, nossa ideia de arte também é, da mesma maneira, moldada.

Nós gostamos desse tipo de arte. Se vocês lhes perguntarem: “Por quê?” “Porque, sabe, isto tem este tipo de coisa,” “harmonia”. Ou talvez, “isto é mais proporcional” e tudo mais. Mas como você sabe? Você sabe porque você leu certos livros ou talvez você tenha sido informado por alguma outra pessoa que isto é arte, isto é bonito. Quero dizer, você rotula algo como belo, mas é realmente? Se isso é a beleza, deve ser o Espírito, porque o Espírito é a beleza e a beleza é o Espírito. Assim, isso é, isso é a beleza? Como você distingue se essa arte é bela ou não? Por exemplo, de acordo com todas as ideias normais de feminilidade, Eu não acho que a Mona Lisa é uma mulher bonita.

Quero dizer, nestes dias você vê mulheres parecidas com mosquitos sendo consideradas bonitas. Assim, como eles chamam a Mona Lisa de tão bela? O que está acontecendo? Milhares de pessoas se reuniriam para ver aquela pintura. Por quê? O que é isso? Somente as vibrações lhes dirão que ela emite vibrações. Ela atrai o seu Espírito sem o seu conhecimento. Você não está consciente disso. Ela atrai o seu Espírito.

É por isso que universalmente aquela pintura é apreciada. Mas quando este condicionamento se torna coletivo, qualquer condicionamento assim se torna coletivo e vocês aceitam: “É desta forma que é a beleza, é desta forma” “que é a realidade, é desta forma que é a espontaneidade.” Então a confusão começa. A confusão começa nesse ponto, quando isso se torna algo coletivo. Por exemplo, Eu encontrei alguns seguidores de alguns gurus. E Eu lhes perguntei: “O que faz vocês acreditarem que o seu guru é verdadeiro?” “O que ele tem lhes dado?” Ele disse: “Porque sentando em minha cadeira, eu simplesmente começo” “a pular sozinho. Eu não faço isso, mas acontece, é espontâneo.” E em Minha presença, o modo como o seu corpo estava se movendo era tão horripilante. Qualquer um teria uma enorme compaixão e preocupação por tal pessoa que não consegue sentar-se direito por cinco minutos… Uma mulher na plateia diz: Desculpe-me, não era espontâneo, era o nervo… Sim, é isso que Eu estava dizendo… Mulher: Você está errada no que Você disse. O quê? Mulher: Sobre tudo. De onde você vem?

Mulher: Da rua de cima. É isso. É melhor você ir. Mulher: Não se preocupe. Eu estou indo. Vejam isso. Ela irá para o bar agora. Você deve tentar compreender as sutilezas, entendem? Se você está firme nisso. Agora, vamos supor que alguém comece a pular em algo.

Como ela diz, é verdade – (são) os nervos. Isso significa que você não está no controle dos seus nervos, não é? Você não acha? Você não está no controle. Você não tem controlado. A espontaneidade é uma coisa que não o torna um escravo. Essa é a questão que Eu estou tentando trazer. Ela não o torna escravo; ela o torna um mestre. A espontaneidade deve torná-lo um mestre e não um escravo de alguma coisa. Ela deve ter vindo da Meditação Transcendental porque os praticantes da Meditação Transcendental pulam desse jeito.

E eles acabam como pessoas epilépticas. Eu curei muitos deles. Eu não sei se alguém veio de lá. Até mesmo o líder da academia deles na Escócia que – academia da esquadrilha voadora, como Eu a chamo, onde as pessoas pagam três mil – agora este senhor sentado aqui é um dos que sofreram. Quando eles sofrem, então eles sabem o que é isso. Outro dia, nós vimos alguém com ataques epilépticos muito frequentes. O coitado mal tinha vinte e seis anos de idade, um jovem que deveria desfrutar da sua vida, estava passando por esse trauma, vocês não podem imaginar. E se isso está acontecendo a alguém que está indo a um guru, que paga por isso, como isso pode estar próximo ao Espírito? Isto é o que Eu estou tentando lhes dizer, que o Espírito lhes dá a espontaneidade, na qual vocês são o mestre. Você é o mestre de si mesmo, completo mestre.

Não há nenhuma escravidão de qualquer tipo, nenhuma formação de hábito. Todos os hábitos são abandonados. Você se torna tão, tão espontâneo que Eu não tenho que lhes dizer. Você simplesmente abandona todos os hábitos e torna-se o mestre de si mesmo. Isso deve acontecer com você. Em vez disso, se você se entregar a coisas que o escravizam, você gostará disso por um tempo, porque não pode evitá-lo. Mas se você realmente se sentar, você saberá que isso não é o que você queria. Você queria ser o mestre de si mesmo. Agora, aqui neste mapa, como nós mostramos, nós temos dois poderes, poderes do canal esquerdo e do canal direito. O poder do canal esquerdo é o poder que nos dá os condicionamentos – canal esquerdo, o subconsciente, o subconsciente coletivo.

Isso nos dá os condicionamentos. Agora, se você tentar dizer não a tudo isso, então o canal direito é ainda pior. Ele nos dá a ação, mas com a ação, nós podemos nos tornar muito orientados pelo ego. Portanto, ambos caminhos podem ser problemáticos. Vamos supor que você diga: “Tudo bem, eu não terei nenhum” “condicionamento de momento algum. O que há de errado em fazer isso?” “O que há de errado em fazer aquilo?” E se você simplesmente prosseguir com essa ideia, com essa liberdade, será depravação, isso pode não ser liberdade. Porque a liberdade deve ter a sabedoria por trás dela. Portanto, ambos os lados, os movimentos em ambos canais estão errados. Então o que está bem? No centro, você não fica condicionado a nada e não fica orientado pelo ego.

Mas como fazer isso é o problema. O problema é como fazê-lo. Ser espontâneo é ser completamente livre. Agora, Eu consideraria esses dois poderes como, digamos, um freio e um acelerador no carro. Agora, você usa ambos poderes. Você usa o freio primeiro, você usa o acelerador. Você tenta controlar esses dois poderes. Mas, antes de mais nada, é difícil compreender como você pode usar esses poderes. Gradualmente, com a prática, você fará isso. Você sabe como dirigir o carro, você se torna um bom motorista.

Depois de se tornar um bom motorista, você ainda não é o mestre da direção, mas depois, você se torna o mestre. Assim, hoje o mestre dentro de nós, dentro de nós é o Espírito. Mas antes da Realização, você não é o mestre, porque o mestre não veio em nossa mente consciente, não está se expressando em nossa mente consciente, no sentido de que nós não estamos dotados dos Seus poderes. O Espírito existe. Ele tem Seus próprios poderes. Mas nós não temos sentido esses poderes dentro de nós. Uma vez que nós sintamos os poderes do Espírito, nós ficamos dotados dos nossos próprios poderes que estão lá. Os poderes estão dentro de nós. Esses são os nossos próprios poderes. Nós não temos que pedir emprestado a ninguém, pedir a ninguém, eles estão dentro de nós mesmos.

O Espírito está dentro de nós. A única coisa é que o Espírito tem que trazer a luz em nossa, em nossa consciência, tem que vir em nossa consciência. Na terminologia médica comum, nós podemos observar, dizer que o Espírito deve manifestar a Si mesmo em nosso sistema nervoso central. Em nosso sistema nervoso central, de modo que nós saibamos o que estamos fazendo. Não que nós comecemos simplesmente a pular na cadeira. Ou algumas pessoas disseram: “Oh, simplesmente começamos a fazer isso”. Isso é hipnose. Isso não é correto. Você não está mentalmente consciente. Você está fazendo isso como resultado da hipnose.

A hipnose pode estar vindo de uma força externa. Não é a sua força, a sua consciência, a sua compreensão, o seu poder. É de alguma outra pessoa, porque você não está fazendo isso. Assim como a matéria tem um poder de nos subjugar, dominar, do mesmo modo, há algumas coisas materiais, Eu diria, que são muito perigosas, que são colocadas. Agora, tome o câncer como exemplo, o câncer o domina. É algo muito sério. O câncer o domina, você não consegue dominar o câncer. Pegue um exemplo bem concreto. Agora, como ele é causado? Os médicos dizem: “Deste modo, daquele modo.” Nós, a Sahaja Yoga pode curar o câncer, definitivamente, ela pode curar 100%, ela tem curado.

Muitos Sahaja Yogis têm curado o câncer. Como? É muito simples. Você se torna o mestre de si mesmo e você controla a doença também, você domina a fundo qualquer coisa. Porque o mestre está dentro de você, isso não veio em sua mente consciente, é o único elo que está faltando e quando isso acontece, a Yoga ocorre, a união ocorre. Nós devemos, agora, nos limitar completamente à Realização do Si. Sobre Deus, Eu lhes falarei na próxima vez. A Realização do Si significa trazer seu Espírito para sua mente consciente. Agora, como o câncer é causado? Vamos ver aqui o que acontece.

Ele é causado pela atividade do canal esquerdo. Agora, atividades do canal esquerdo são traumas emocionais, problemas emocionais, grandes transtornos emocionais, inseguranças emocionais. Qualquer tipo de insegurança pode levá-lo para o canal esquerdo. Um movimento a mais pode ser esses horríveis gurus, porque eles hipnotizam vocês. Eles os colocam no canal esquerdo. Eles colocam algum espírito em vocês ou Eu não sei o que eles fazem, mas eles os colocam no canal esquerdo. Em qualquer uma dessas atividades que vocês adotam, que não são autorizadas por Deus, vocês vão para o canal esquerdo, porque vocês não conseguem ascender no canal central. Assim, ou vocês vão para o esquerdo ou para o direito. Quando vocês excedem nessas coisas, como magia negra, vocês têm outra coisa aqui, que Eu tenho ouvido, um tipo de organização e o rapaz costumava ver tudo se movendo na casa. Ele veio para a Sahaja Yoga e o seu jarro de água estava se movendo lá, e isso estava se movendo lá e ele não conseguia explicar o que estava acontecendo na sua sala.

Ele estava sentado e notou algo se movendo daqui para lá. Isso acontece. O que é isso? O que é que está fazendo esse tipo de coisa que você não pode controlar? Novamente, nós chegamos ao mesmo ponto: algo que você não pode controlar. Assim você entra no reino, dentro do reino onde você é controlado e você não está sob seu próprio controle e esse reino, quando você entra nele, Eu sempre tenho visto que todos os pacientes de câncer são aqueles afetados por isso. A maioria deles. Eles não estão cientes, eles não sabem como entraram nisso. Vamos supor que uma mulher está sofrendo de uma insegurança em relação ao marido ou talvez por algo, ou talvez ela pense que o seu marido pode deixá-la a qualquer momento. Ela o ama.

Seja o que for, uma mulher assim pode contrair câncer de mama, porque as inseguranças se alojam em um dos centros ali, o qual vocês podem ver aqui, o centro do Coração. O Coração Central como nós o chamamos. Agora, se este centro fica danificado, se uma mulher sente insegurança por qualquer coisa que seja, ela é capaz…, ela fica vulnerável a ser atacada e ela pode contrair câncer. Portanto, nós temos que entender a vida na totalidade e não em um único aspecto. O total impacto da vida, o total efeito da vida, o total relacionamento com a vida devem ser compreendidos. Agora, nenhum médico sabe disso. Ele saberá? Quando ele tratar da paciente, digamos, com câncer de mama, ele saberá que essa mulher é insegura? Há uma outra doença, anorexia. Muitas garotas sofrem disso.

Elas simplesmente não comem. Elas simplesmente param de comer. Agora, vocês não sabem por que isso acontece. Os médicos não conseguem curar essa doença. Ninguém consegue curá-la. Qual é a razão? O relacionamento da garota, da filha com o pai. Digamos que o pai morra e a filha não veja o pai ou, de coração, ela ama o pai, mas ela não consegue expressar isso ou há um relacionamento ruim que surge entre o pai e a filha, vocês contraem esse distúrbio – anorexia. Vocês ficarão impressionados, mas é impossível para os médicos entenderem. Nós temos alguns médicos sentados aqui.

É impossível para qualquer ciência médica chegar perto disso. Porque nós não vemos um ser humano em sua totalidade. É um instrumento muito delicado que Deus criou. O modo como somos ríspidos com os outros, o modo como algumas vezes tentamos perturbar os outros, como tentamos fazer os outros se sentirem inseguros ou incorretos, injustos Sem o nosso conhecimento, nós realmente lhes proporcionamos uma enorme insegurança e essas inseguranças podem resultar em doenças incuráveis, das quais nós não estamos cientes. Assim, para compreender a totalidade, o que deve acontecer conosco? Nós devemos atingir esse estado no qual nós possamos ver a totalidade. Como, por exemplo, se Eu tivesse que ver agora toda Brighton, o que Eu deveria fazer? Eu deveria ir de avião e vê-la daquela altura. Eu posso ver o todo. Da mesma forma, em sua consciência, em sua compreensão, vocês devem elevar-se àquele ponto a partir do qual vocês possam ver o todo.

Se vocês não puderem ver o todo, a visão parcial ou, podemos dizer, você vê uma pequena parte dela, pode criar confusão, pode criar problemas e alguns deles podem ser de natureza muito, muito séria. Porque como seres humanos, nós não sabemos o que nós somos. Esse é o grande problema dos seres humanos, que eles dirão: “eu não gosto disso”. Agora, quem é esse “eu”. É o seu Espírito ou é o seu ego? Qual é a parte que não está gostando disso? Ou é o seu condicionamento, porque você é criado de uma maneira específica, portanto você não gosta disso. Qual parte de você não está gostando disso? E você ficará surpreso, pois não é o seu Espírito, porque se o Espírito gostar, como você saberá? Somente através das suas vibrações.

Quando você puder sentir as vibrações, somente então você dirá: “Sim, meu Espírito gosta disso”, porque as vibrações emitiram isso. Assim, nós ainda estamos num estado de transição como seres humanos. Nós não alcançamos aquele estado o qual é chamado de estado de Realização do Si, onde você se torna o Espírito – o ato de tornar-se é a questão. Quando você se torna o Espírito, você sabe o que você gosta. Você realmente sabe o que você realmente gosta, porque agora você é a realidade, você não é nenhum condicionamento, você não é mais um ego, mas você é o que você é realmente, e isso é o seu Espírito. E, surpreendentemente, esse Espírito é um ser coletivo. Não é nenhuma coletividade artificial dentro de nós, que também: “tudo bem, nós pertencemos a Brighton,” “então nós somos um” ou “nós pertencemos a uma rua, então nós somos um.” Não é assim, mas é algo que vocês são. Sem dúvida, vocês são um ser coletivo e vocês começam a sentir essa coletividade dentro de vocês, com esses diferentes centros trabalhando isso. E vocês podem sentir isto: os outros. Vocês podem sentir os outros nas pontas dos seus dedos.

Vocês podem acreditar? Na Bíblia, está escrito que suas mãos falarão. A descrição destes dias é que suas mãos falarão. Por que as pessoas não vão e descobrem como isso acontece? Como suas mãos podem falar? Isto é o que acontece, que nas pontas dos seus dedos, vocês começam a sentir e a compreender o que é a realidade, o que é a beleza, o que é a alegria, o que é o amor. Este é o canal esquerdo que nós temos e finalmente, com esses problemas de canal esquerdo, nós contraímos dores físicas. É muito doloroso, ter problemas de canal esquerdo. É muito, muito doloroso. A dor não pode ser explicada, ninguém consegue entender, ninguém consegue curá-la.

Você não pode contar a ninguém e as pessoas pensam que você está exagerando. Eles lhe dão tratamento psicológico. Você simplesmente não entende por que essa dor está dentro de você. E essa dor aparece em você a partir do canal esquerdo, do subconsciente. Mas além do subconsciente está o subconsciente coletivo. E esse subconsciente coletivo é aquele dentro do qual está tudo que foi criado, desde o começo até hoje, na criação. E uma vez que você vá para o subconsciente, você simplesmente se perde lá. Você fica tão dominado por esse poder do subconsciente que está além de você compreendê-lo, está além de você livrar-se dele e está além de você não sucumbir a ele. E ele continua aumentando. Como, por exemplo, Eu perguntei a algumas pessoas: “Por que você continua fazendo isto, quando você sabia que não era” “você que estava fazendo isto, alguma outra pessoa estava fazendo?” “Mesmo assim, porque você continua fazendo isto?” Eles disseram: “Mãe, estávamos na ignorância,” “estava escuro, nós não sabíamos onde nós estávamos nos movendo” “e nós simplesmente continuamos e continuamos e continuamos.” E, como Eu lhes disse da última vez, sentir-se culpado é o maior bloqueio.

É o maior bloqueio, porque uma vez que você comece a sentir-se culpado, este centro no lado esquerdo fica bloqueado e isso é muito difícil. E você não sabe por que você está se sentindo culpado. O tempo todo você está se sentindo culpado, mas você não sabe por que você está se sentindo culpado, por que essas ideias de culpa estão vindo a você, de modo que esse sentimento de culpa o mantém afastado da alegria, de desfrutar qualquer coisa, de ser espontâneo. Por quê? E isso explica por que nós, algumas vezes, ficamos infelizes sem nenhum motivo. Na verdade, Deus não nos criou para sermos infelizes. Ele nos nos criou tão belamente, tão cuidadosamente. Ele nos criou com tanto amor e compaixão, não para nos fazer sentir infelizes, não para nada disso. Ele não nos propicia nenhuma doença, nenhum problema. Mas nós temos feito essas coisas a nós mesmos, indo aos extremos no (canal) esquerdo ou no direito.

Como Eu estou, hoje, falando apenas sobre o esquerdo, Eu diria que sentir-se infeliz sem nenhum motivo é algo errado, é ser injusto consigo mesmo. As pessoas que são canal esquerdo devem saber que elas são o Espírito, que elas são essa beleza que tem que surgir, que tem que se expressar. Que elas não são as pessoas que têm que sofrer o tempo todo e viver como pessoas infelizes. Elas não são. Mas porque elas assumem tantos encargos sob sua responsabilidade, elas suportam tanto (peso) sobre si mesmas, elas se tornam assim. E para evitar suportar isso, elas podem adotar alguns outros hábitos. Muitas pessoas refugiam-se no álcool também por essa razão, porque elas não conseguem suportar os sofrimentos da vida, elas não conseguem suportá-los. É por isso que elas adotam esse hábito… Mas uma vez que o Espírito é despertado dentro de você, você se torna tão forte, você se torna tão alegre, tão espontâneo, que todas essas coisas desaparecem, todas estas coisas, as assim chamadas doenças, os assim chamados hábitos, simplesmente desaparecem e você se torna uma nova personalidade em pleno florescimento. Agora, os fundamentos de ter este centro dentro de vocês, vocês podem responsabilizar Deus por isso: “Por que Ele nos deu” “estes centros no canal esquerdo? Qual era a necessidade?” “Ele não devia ter nos dado esses centros no canal esquerdo,” “assim nós teríamos ficado exatamente no centro para seguir.” Mas o problema é que os seres humanos têm que saber, em sua própria liberdade, como lidar com eles mesmos.

Eles têm que aprender de um modo um pouco árduo a (ter) sabedoria. Eles têm que aprender que indo aos extremos, eles têm sofrido. Eles têm que compreender isso, porque se eles têm que se tornar verdadeiramente, totalmente livres, eles têm que se elevar em sua sabedoria. Se eles não são pessoas sábias, então eles não podem entrar no Reino de Deus, porque eles serão pessoas devassas, desregradas. Digamos, as pessoas que são desregradas, que não compreendem nenhuma lei ou regra, se vocês as receberem na Inglaterra, nós teremos que colocá-las na prisão. Do mesmo modo, os seres humanos que não adquiriram essa sabedoria dentro de si mesmos, só aprendem através do sofrimento, mas nós não devemos procurar sofrimento. Quando nós procuramos sofrimento, nós estamos, na verdade, primeiramente procurando erros. Como você irá sofrer, se você não cometer erros. Portanto, quando nós procuramos sofrimentos, nós estamos cometendo erros. Assim, o que devemos procurar é somente o nosso Espírito, e se você procurar o seu Espírito, Ele é seu e você tem que alcançá-Lo.

É seu direito alcançá-Lo. De maneira alguma, Eu estou fazendo um favor para vocês ou fazendo algo especial por vocês. Está tudo lá. Vocês são como uma lâmpada que simplesmente deve ser iluminada, porque Eu sou uma lâmpada iluminada e vocês se tornam uma lâmpada iluminada. Vocês podem iluminar as outras lâmpadas também. É muito simples. Se vocês se tornarem uma lâmpada iluminada, vocês podem iluminar as outras. Você não tem que se preocupar com mais nada depois. Você mesmo se torna uma lâmpada iluminada, esse é o ponto. Tudo está lá, é tudo seu, você simplesmente tem que ter isso.

É simples assim, não há nada muito complicado como essas pessoas o tornam ou nada que esses filósofos tenham exposto diante de vocês, nada desse tipo. É muito simples, está dentro de você, é espontâneo, é um processo vivo. Assim como num processo vivo vocês se tornaram seres humanos, vocês irão se tornar super seres humanos. É totalmente espontâneo, você não pode pagar por isso. Como você pode pagar? Quero dizer, isso é um absurdo! Se é um processo vivo, como você pode pagar? Quanto você paga para a árvore crescer? Quero dizer, em qualquer coisa viva, nós pagamos algo? Quanto nós pagamos ao nosso nariz para respirar?

Nós podemos pagar por isso? É absurdo, é ridículo. Nós não podemos pagar por isso, nós não podemos. É um processo vivo, você tem que se tornar, um ovo tem que se tornar um pintinho. Agora, quanto vocês pagam para um ovo se tornar um pintinho? Ou quanto o ovo paga para a mãe para se tornar uma galinha? É ridículo assim, mas nós nunca entendemos que as coisas vivas são tão espontâneas. Nós nunca vemos as coisas vivas, nós vivemos com a matéria, nós vivemos com aquilo que é morto, não com as coisas vivas. Se vocês começam a observar uma árvore, vocês começam a observar uma flor, como ela se transforma num fruto. Vocês não podem sequer observar, porque ela faz isso tão lentamente, vocês não podem sequer observar uma flor transformando-se num fruto.

Subitamente, vocês percebem tudo brotando. Como por exemplo, quando Eu vim da Índia para Londres, Eu notei que todas as árvores estavam desfolhadas, totalmente, como gravetos secos, totalmente como gravetos secos. No espaço de uma semana, o que Eu notei foi o verde brotando. E, na segunda semana, estava tudo exuberante, vocês não podem acreditar. Nós nunca sequer notamos, nós não damos o devido valor a isso. Está acontecendo. Como isso acontece? É algo milagroso. Se você observar isso, é um milagre como essas flores, por exemplo, essas flores específicas se encontram somente numa determinada árvore, outras se encontram em outra árvore. Como isso acontece?

Quem as escolhe? Quem as coloca na forma apropriada? Quem organiza tudo isso? E isto é o que temos que reconhecer, que é o Poder Onipresente de Deus que faz todo o trabalho vivo. E uma vez que você se torne isto – o Espírito – então esse Poder começa a fluir através de você. Você sente o Poder através de você, assim como Cristo foi tocado, e Ele disse que um pouco do Poder foi para alguém, dessa forma. Você simplesmente se torna um veículo desse Poder fluindo. Mas você esta capacitado a direcioná-lo, a controlá-lo, a compreendê-lo. Você o conhece completamente, você sabe como dá-lo, você sabe como colocá-lo em prática, você sabe como curar os outros, como se curar. Você conhece o trabalho completo do seu mecanismo.

Além disso, você obtém os poderes para superar todos os problemas do seu próprio mecanismo também. É tão fantástico. Tudo parece muito fantástico, porque nós nunca vimos isso antes. Mas para nós, não parece fantástico quando nós vemos todas essas flores, subitamente, se tornando frutos. Isso não parece fantástico. Mas nós vemos seres humanos se tornando frutos, então isso parece fantástico. “Como isso pode acontecer?” Isso nunca aconteceu antes. Somente uma única pessoa recebia a Realização e era algo tão difícil e ninguém a recebeu. Como é hoje? Eu digo que é o momento do desabrochar, que tem sido prometido, que já foi profetizado.

Até mesmo um grande poeta em seu país, William Blake, profetizou isso. Ele disse: “Esses tempos virão em que os homens de Deus” “se tornarão profetas” ”e esses profetas terão poder para tornar” “outras pessoas profetas.” Quero dizer, ninguém poderia ser mais preciso do que Blake, Eu lhes digo. Ele era tão grandioso para dizer que isso aconteceria e isso é o que nós temos que esperar quando nós procuramos alguém que está buscando. Nós nos tornamos profetas? E o que é um profeta? Profeta é uma pessoa que é um ser coletivo, que sabe tudo sobre isso, que é o mestre. Nós chamamos de profeta um mestre. E é isso que você tem que tornar-se, o mestre. E essa maestria é muito simples, porque está tudo formado dentro de vocês, isso só tem que ser conectado. Como qualquer coisa como um aparelho de televisão deve ser conectado à corrente elétrica, está tudo formado internamente, está lá, simplesmente começa a funcionar.

Da mesma forma, vocês são assim, vocês são assim. Isso simplesmente deve ser conectado. Seja qual for a sua casta, comunidade, raça, nacionalidade, aspecto, estatura, qualquer coisa, seja o que for que vocês sejam, não faz nenhuma diferença, porque todos vocês alcançaram essa coisa grandiosa dentro de vocês, esse poder de um renascimento e vocês devem nascer novamente e vocês irão nascer novamente. Por que não hoje? Não há nada para ficar zangado, porque as pessoas ficam zangadas, às vezes, porque elas não gostam que alguém lhes fale sobre algo pelo qual elas mesmas estão se sentindo mal. Elas não gostam disso. Por exemplo, se há um bêbado e ele bebe muito, ele é um alcoólatra, ele não gosta disso e ele se sente mal. E se alguém diz para ele, mesmo da maneira mais gentil: “É melhor você parar de beber”, ele não gostará disso. Mas o que Eu estou dizendo não é que você não deve fazer isso, Eu disse que irá acontecer, que isso simplesmente desaparecerá. Eu não digo: “Não faça isso” ou “Não faça aquilo”, mas isso simplesmente acontece.

E vocês devem, primeiro, entender qual é o problema e como o problema é superado. É por isso que Eu tenho que falar, senão não há nenhuma necessidade de falar sobre tudo isso. Isso simplesmente funciona, simplesmente funciona porque vocês simplesmente estão prontos para ter a Realização e vocês alcançam isso. Eu não faço nada. Eu sou apenas um catalisador. Eu devo dizer que isso funciona. Eu espero que vocês Me façam algumas perguntas sobre isso, primeiro, antes de fazermos a prática da Realização. Se tiverem quaisquer perguntas, por favor, façam. Vocês devem perguntar. Sim?

Homem: Há alguma diferença entre o que a Senhora está dizendo e o que o guru Maharaji… Quem? Homem: Guru Maharaji Agora, Eu lhe direi uma coisa. Quando você fala sobre algum guru, Eu não quero entrar em nenhuma controvérsia. Tudo bem? Essa é a primeira coisa que Eu lhe direi, mas Eu lhe direi para perguntar a si mesmo ou perguntar a alguém: “O que ele tem feito por qualquer pessoa?” Ele tem sido capaz de lhes dar algum poder ou dar a alguém o poder? Tudo bem? Agora, Eu posso dizer-lhes tudo isto: dentre os que estão aqui, quem são almas realizadas que estão aqui. Eles dão a impressão de serem exatamente como você. É claro, pelo semblante, você pode identificar que eles são pessoas muito tranquilas e muito felizes. Mas eles podem curar as pessoas, eles podem dar a Realização às pessoas, eles sabem tudo que está errado com vocês e com eles mesmos também.

Então, o que ele fez para a sua consciência? Nada. Agora, os discípulos dele, o que eles alcançaram? Pergunte a eles: “Onde está a Kundalini dessa pessoa?” “Qual é o problema dessa senhora ou o que está afligindo” “a sua mente?” Eles não serão capazes de dizer. Se você não consegue sequer identificar o que está errado com outra pessoa ou consigo mesmo, como você irá ajudar? Todas essas pessoas, o que elas fazem? Vamos ver. Uma coisa comum é que eles podem hipnotizá-lo. Você pode se sentir feliz por algum tempo – é exatamente como beber. Você sabe, se você beber, você se sente feliz.

Mas, bebendo o que nós alcançamos? Nós nos tornamos mestres? Todos eles são assim. Vejam. E esse cavalheiro é tão obviamente assim, porque ele pediu um Rolls Royce. O que é um Rolls Royce para um profeta? Quero dizer, que importância tem isso? Você compreende Meu ponto de vista? Isso é tão óbvio, quero dizer, isso é tão logicamente óbvio. Antes de mais nada, qualquer um que tire dinheiro de vocês é um parasita, simples assim.

E pedir um Rolls Royce é a coisa mais surpreendente de todas, vejam. Vocês tiveram Cristo. Vocês podem ver a partir da vida de Cristo, Ele iria querer seus Rolls Royces? Para uma pessoa assim, Ele é um Rei. Ele não se preocupa se Ele tem um Rolls Royce ou não, se Ele dorme no chão ou não, não faz diferença. Uma pessoa assim não quer nada, porque Ele está em bem-estar, Ele alcançou o Seu próprio conforto. Ele é um homem que tem auto-respeito. Você acha que Ele pediria qualquer coisa, seja qual for? Quero dizer, isso é tão óbvio, para vocês isso é tão óbvio. Mas quando Eu falo para algumas pessoas desse guru, o guru específico do qual você está Me falando, eles dizem: “Mãe, nós damos o dinheiro para ele e ele nos dá o Espírito”.

Pode haver uma troca? Vocês podem comprar o seu Espírito? Use a sua lógica, tudo bem? Deus nos deu cérebros para nós compreendermos, logicamente nós podemos usá-los. Você pode comprar? Você pode comprar o Espírito? Não é tão simples? Nós não podemos pagar por isso, Meu filho, não podemos. Se você quer Me dar uma flor, tudo bem. É apenas uma expressão do seu amor e só isso.

Mas você não pode Me comprar. Você não pode. Seu amor pode Me comprar, tudo bem, isso é diferente. Mas você não pode Me comprar com metal e dinheiro, você pode? O que é um Rolls Royce? Quero dizer, Eu não sei o que são todas essas coroas e essas coisas. Para que elas servem? Elas não lhes dão felicidade. Vá e pergunte às pessoas que usam coroas. Outro dia Eu estava com a Sra.

Thatcher. Coitada, ela estava tão infeliz. Sim, ela estava! Vocês sabem, Eu tentei purificar as vibrações dela. Ela estava muito infeliz. Nós estávamos exatamente uma em frente à outra, conversando. E o que Eu estava fazendo era equilibrá-la. Coitada, ela estava muito, ela estava muito angustiada. Portanto, vocês devem compreender, vocês são pessoas muito simples, vocês são buscadores de tempos antigos. Vocês não são buscadores desta época atual, vocês são buscadores de tempos antigos.

E este momento lhes foi prometido antes, também. E agora vocês têm que encontrar isso. Agora, vocês devem manter sua lógica clara. Quero dizer, qualquer um que pede um Rolls Royce, esse é um dos exemplos extremos, Eu diria. Ele não pode ser um guru. É o mais extremo (exemplo), sem dúvida, um dos … Mas há alguns mais sutis. Ele não é tão sutil. Você se livrará disso num piscar de olhos, Eu sei, todos vocês. Mas os mais sutis são ainda piores. Alguns deles podem nem sequer pedir dinheiro.

Podem não pedir. Eu não conheço nenhum, mas há alguns, porque Eu ouvi sobre alguém que, agora, não aceita dinheiro, na Índia. Ele ganhou dinheiro aqui e agora ele foi para a Índia e não aceita dinheiro deles. Mas aquele que realmente não tem recebido dinheiro, aquela pessoa que Eu conheço, tem usado mulheres. Ele não está interessado na parte do dinheiro, ele está usando suas mulheres. Portanto isso é o que ocorre, vocês devem entender. O interesse dele não é em seu Espírito, mas em sua carteira de dinheiro ou em suas mulheres. Imaginem. Como pode a santidade ser combinada com esses hábitos obscenos, sujos das pessoas? Isso significa que eles próprios estão sob o controle de seus desejos que são anti-Deus.

Todas essas são atividades anti-Deus. E vocês sendo pessoas tão ingênuas, Eu lhes digo, vocês são tão ingênuos! Se você disser a um indiano que um guru recebe um Rolls Royce, ele diz: “Eh”. Imediatamente, eles responderão. Eles não querem esse tipo (de guru). Como eles podem? Ninguém dará isso a nenhum guru na Índia. Os gurus têm que pagar as pessoas algumas vezes. Primeiro para atraí-las. Com indianos ocidentalizados é diferente.

Mas aqueles que são indianos verdadeiros, vocês veem que eles são. As pessoas vivem com as mães e elas sabem das coisas. Vocês sabem? Ninguém pode enganá-los, eles são pessoas muito experientes. Sim, Minha filha? Mulher: Você pode ser curado pela fé? A fé é de dois tipos – o que nós chamamos em sânscrito de Shraddha é diferente daquilo que vocês chamam de fé. Em inglês, eles usam os termos “fé cega” e “fé”. Tudo bem? Nós podemos deduzir isso assim.

Agora, a fé cega é esta: “Eu tenho fé em Deus” “e Deus irá me curar”. Essa é uma fé. Tudo bem? A outra é a fé que é iluminada, onde Eu digo que você é o Espírito quando você está conectado. Agora, se você diz: “Eu tenho fé em Deus”, você não deveria sentir-se magoado quando lhe digo a verdade, está certo? Porque se ela é uma fé cega, significa que você ainda não está conectado com o Poder. Não está conectado. Veja, agora, vamos supor que Eu comece a dizer: “Cristo, Cristo, Cristo, Cristo!” Cristo não está no Meu bolso. Eu não posso, nem mesmo, encontrar um primeiro-ministro ou uma rainha sem ter um protocolo ou uma conexão ou um tipo de cargo ou, podemos dizer, uma autoridade, não é? Agora, quando falamos de alguém assim, algumas pessoas continuam dizendo sem parar: “Rama, Rama, Rama.” “Krishna, Krishna”.

Vejam, todas Essas são Encarnações e Cristo é o Filho de Deus, Ele é o Filho de um Rei e você simplesmente não pode encontrar-se com Ele. Você não pode simplesmente chamá-Lo. Ele não está às suas ordens, Ele não é seu criado. Está certo? Agora, tendo uma fé como essa quando você não está conectado, se você for curado, você é curado por outros meios, não por Cristo. Mas se você for uma Alma Realizada e depois você for curado, então isso é feito por Cristo. Eu lhes direi uma diferença, uma nítida diferença de cura. Nós temos na Inglaterra – nós tínhamos, Eu não sei agora se vocês têm essa organização chamada Centro Internacional de Cura do Falecido Dr. Lang. Agora, esse Dr Lang estava morto, quero dizer, ele estava falecido, mas ele tinha um centro de cura. Vejam, e esse senhor morreu e um homem no Vietnã foi possuído por ele, um soldado, não seu próprio filho, mas um soldado.

Agora, esse soldado foi informado por esse rapaz – quero dizer, eles são pessoas muito honestas, sendo ingleses, eles são honestos e eles dizem a verdade, vejam. Eles não dizem: “Nós fazemos isso por meio de Deus” ou algo assim. Então ele disse que há muitos médicos – Eu espero que os médicos não se importem – que morreram e que eram muito ambiciosos, que ainda estão querendo curar as pessoas. E ele disse: “Vá até meu filho e conte para ele” “toda a história, que eu me alojei em você e meu filho acreditará.” Então ele disse: “Como ele irá acreditar em mim?” Ele disse: “Não, não. Eu lhe direi alguns segredos” “que somente ele e eu, nós dois compartilhamos.” “Então ele certamente irá acreditar em você.” Então esse rapaz concordou. Ele era um rapaz muito saudável. Na verdade, esse espírito se apossou dele quando ele teve um choque súbito, algo que ele viu que o chocou na guerra e esse espírito entrou. E ele foi levado por esse espírito, de um modo ou de outro, para a Inglaterra, onde ele encontrou seu filho e lhe contou a história toda. E o filho teve que acreditar, porque ele sabia muitos segredos. E eles fundaram esse centro de cura.

Agora, como Eu vim a saber do falecido Sr. Lang é a questão. Eles curaram uma senhora que estava na Índia, há muito tempo atrás, foi em 1970, Eu estou lhes dizendo, e ela veio Me ver e ela estava toda tremendo, nervosa, ela estava assim. Eu disse: “O que é isso?” Ela disse: “Eu estava enferma, com uma determinada doença e” “eu estava com medo de uma operação e eu soube” “dessa organização. Eu escrevi para eles” “e eles me escreveram dizendo: “Neste momento, nesta data,” “nós nos alojaremos no seu corpo”. Abertamente, quero dizer, eles não dizem: “Nós somos Deus” ou algo assim. “Nós nos alojaremos no seu corpo e você se sentirá” “um pouco trêmula, não importa” “e você se restabelecerá pelo sono e nós resolveremos esse problema”. E ela disse: “Eu fiquei curada daquela doença”. Mas depois de três anos aproximadamente, o corpo todo começou a tremer e ela não conseguia aguentar mais isso e ela veio Me ver. Foi desse modo que Eu vim a saber sobre o Dr. Lang, vejam, que ele tinha… Essa pobre senhora foi torturada por três anos, ela sofreu tanto e depois ela veio Me ver. Então, depois do Sr. Lang se alojar no corpo dela, Dr Lang, isso foi depois de seis anos que ela veio Me ver porque por três anos ela ficou bem, e depois de três anos isso começou.

E foi desse modo que Eu vim a conhecer todos os espíritos que se alojaram nela, os médicos e tudo isso. Foi um caso horrível. É claro, ela foi curada, mais tarde, sem dúvida. Porque quando você se torna o Espírito, você está em sua fortaleza, ninguém consegue se alojar no seu corpo. Você se torna algo que não fica contaminado, não fica subjugado, que ninguém pode dominar. E foi desse modo que ela ficou curada. Assim, com fé, se alguém diz: “Oh, você será curado”, vejam, eles começam a berrar e a gritar e isso e aquilo, e de repente você pode sentir, talvez, que haja um espírito. Eles substituem, também, algumas vezes, esses espíritos, é muito surpreendente. Eles podem recolocar um espírito de um para o outro. Eu tenho visto esses casos também.

Todos os tipos de coisas, Eu tenho visto nos espíritos. Outro dia, apenas há oito dias atrás, não foi isso Marie, quando o rapaz carismático chegou? Há oito dias atrás, na França, um senhor chegou. Um jovem, devia ter por volta de 24 anos aproximadamente. Ele entrou numa grande agitação e começou a chorar. E um tipo de coisa estranha que Eu nunca tinha visto. Um espírito se alojou nele. O corpo todo estava tremendo. E, quero dizer, ele caiu no chão, ele começou a chorar, a lamentar, todos os tipos de coisas aconteceram. E ele disse: “Eu fui para o movimento Carismático” “onde eu adquiri isso.” E então eles adquirem isso e acham que o Espírito Santo entrou neles.

Agora, imaginem só. Como pode o Espírito Santo torná-lo infeliz? Eu não sei de onde essas ideias vêm. E coitadinho, sabem, ele sofreu tanto. Agora ele está bem. Mas ele não conseguia acreditar que pudesse ficar bem, porque ele pensou… E depois eles dizem: “Esses são seus pecados e você tem que superá-los.” “É por causa disso que isso está acontecendo com você.” “Você ainda tem gerado karmas ruins e isso e aquilo”. Mas os seus karmas ruins e todas essas coisas podem ser resolvidas quando a Kundalini se eleva. Há um centro especialmente para isso que, de fato, está sendo adornado por Jesus Cristo aqui. Vocês lhes falaram sobre esse centro? Tudo bem.

Então, este é o centro e quando a Kundalini o atravessa – é por isso que dizem que você tem que atravessá-lo – Ele (Jesus Cristo) desperta e quando Ele desperta, todas estas duas bolsas que vocês veem ali do ego e superego, seus condicionamentos e seus problemas de canal esquerdo e problemas de canal direito são absorvidos. É por isso que eles disseram que Ele morreu por nossos pecados. Ele é descrito nas antigas escrituras indianas como Mahavishnu. Mas, vejam, os missionários foram para a Índia. Eles deram uma imagem muito errada de Cristo, uma imagem totalmente errada. Então, eles ainda estavam esperando Mahavishnu chegar. E é isso que acontece. Ele é considerado, de acordo com os missionários, como Alguém que converte as pessoas e toda essa insensatez. Entendem? Isso não é algo verdadeiro.

Ele deve ser despertado dentro de vocês. Ele disse isso. Ele disse: “Eu tenho que nascer dentro de vocês.” E é isso que ocorre. Quando a Kundalini se eleva, Ela desperta este centro dentro de nós e todos os nossos condicionamentos e egos são absorvidos. Um espaço é criado aqui na área óssea da fontanela, através da qual a Kundalini entra e você pode sentir a brisa fresca saindo da sua cabeça. Isso é o que ocorre e você sente isso em suas mãos. Não é simplesmente você ficar louco atrás de alguém, entendem? Não é desse modo. Não é dessa maneira, nada desse tipo. Você se torna uma personalidade que tem auto-respeito, normal e digna, de grande valor espiritual, a qual você é. Tudo bem?

Portanto, isso é o que é a fé e o que é a fé cega. Sim, Meu filho. Homem: Parece muito difícil o conceito de que a Realização do Si não envolve algum esforço pessoal. Ela pode realmente acontecer a qualquer um, a despeito de quão materialista eles sejam? Eu estou entendendo isso? Sim, isso parece, a julgar pelas aparências, muito difícil. E o modo como as pessoas são materialistas é verdade, sem dúvida. Mas o Espírito é muito mais forte do que a matéria e quando Ele tem que Se expressar, Ele destrói completamente tudo isso e Ele surge. Agora, aqui a maioria de vocês são ingleses, Eu diria, ocidentalizados. Pessoas muito materialistas estão lá, Eu diria, quero dizer, vivendo neste mundo.

Elas podem não ter sido tão materialistas assim, porque se elas não fossem buscadores, elas não teriam vindo a Mim. Mas um novo ser nasceu. Se você examinar um ovo, você sentirá: “Oh, que coisa dura é esta!” Mas se ele se quebra no momento certo, com o correto entendimento, ele se torna um pássaro. Porque um processo vivo é tudo. Somente a última ruptura, transformação tem que acontecer. Aparentemente parece difícil, mas para Mim não é. Talvez Eu conheça o trabalho. Tudo bem? Sim, parece… Muitas pessoas têm dito todos os tipos de coisas sobre a Kundalini, também. Eu devo dizer que alguns livros que Eu tenho visto têm chocado. Vejam, se você não conhece o trabalho, tudo… Vamos supor que uma outra pessoa não saiba como dirigir um carro, veja, e ela entra no carro.

O modo como ela descreveria isso seria apavorante. Você nunca chegaria perto de um carro, não é? É desse jeito. Aquele que não está autorizado e que não conhece o trabalho, não deveria fazê-lo. Mas isto é o que acontece com você: você se torna o Espírito, você se torna o seu próprio mestre e você se torna o mestre dessa arte, o mestre dessa arte. Sim, Minha filha? Eu não pude ouvi-la. A Senhora mencionou a hipnose anteriormente e também disse que Se considerava um catalisador e a Senhora não acha que o hipnotizador também se considera um catalisador? Sim, sim, sem dúvida. Sim, sim, isso é verdade, mas a diferença é esta: o hipnotizador o coloca sob o poder dele, ele não lhe dá nenhum poder nem nenhuma dimensão à sua consciência, você percebe?

Há uma enorme diferença entre os dois. Veja, você obteve seu próprio poder dentro de você. Digamos, por exemplo, tudo bem, seu Espírito está lá. Agora, Eu sou um catalisador. Veja, você pode usar uma colher para dar um veneno ou poderia usá-la para dar néctar. Tudo bem? Assim, se você der o néctar, então isso é algo grandioso, e se você der o veneno, é horrível. É desse jeito. Agora, o hipnotizador usa a hipnose. Como ele hipnotiza é a questão.

O que ele faz é empurrar você para dentro do seu subconsciente, para dentro do seu subconsciente coletivo, onde ele domina você. Você fica sob o poder dele. Ele diz: “transforme-se numa criança” e você se torna como uma criança. “Mame na mamadeira”, você faz isso. O que é tudo isso? Mas aqui você se torna o Espírito, no sentido de que você se torna coletivamente consciente. Não é nenhuma hipnose, porque você, você mesmo pode sentir isso. Agora, digamos, por exemplo, que você pegue dez crianças que são Almas Realizadas. Há algumas crianças que são Almas Realizadas, mesmo crianças pequenas. E você as leva para perto de uma pessoa que está sofrendo de algum distúrbio, está certo?

Agora, você amarra uma venda nos olhos delas e lhes pergunta: “Qual é o problema desse senhor?” Elas irão levantar o mesmo dedo, todas elas irão levantar o mesmo dedo e dizer: “Este está queimando”, porque você sente uma sensação de calor, de dormência ou de brisa fresca. Uma nova consciência de natureza vibratória nasce em você. Não com hipnose, pelo contrário, depois da hipnose, você se sente tão cansado e acabado, como se alguém estivesse montando no seu cavalo. É exatamente o oposto. E você começa a crescer e tornar-se você e compreender. Você pode curar as pessoas, você sabe quais são os centros que estão bloqueados, você sabe quais são os centros da outra pessoa que estão bloqueados. No começo, algumas vezes as pessoas ficam confusas, Eu tenho visto que elas não sabem: “será que esses são meus centros” “ou os seus centros”. Agora, nós temos meios e métodos pelos quais você pode distinguir. Você pode perceber quais são os seus centros que estão bloqueados e quais são os centros da outra pessoa que estão bloqueados. Você também sabe como colocá-los em bom estado.

Você também sabe como dar a Realização para os outros e dotá-los com os poderes deles próprios. É exatamente o oposto. Mas um catalisador poderia ser aterrorizante e um catalisador poderia ser simplesmente celestial, divino. Pergunta: Algumas pessoas podem, elas mesmas, terem a Realização do Si com seus próprios esforços? Com seus próprios esforços? Eu não creio que isso seja possível, veja, porque somente uma lâmpada que é iluminada pode iluminar outra lâmpada. Mas, o que Eu estou dizendo é que mesmo supondo que Buddha, veja, Ele teve Sua Realização quando Ele estava totalmente cansado e Ele teve que tê-la. É claro, o Espírito Santo fez isso. Ele não poderia ter feito isso Nele, mas Ele obteve a Realização lá, porque era uma circunstância diferente que Ele teve que viver. Ele não teve que falar sobre Deus, Ele não teve que falar sobre tudo, porque as pessoas estavam tão empenhadas em falar de coisas grandiosas como Deus e sobre todos os tipos de Divindades, isso, aquilo, havia uma grande confusão.

E alguém devia ser Realizado naquela época, que iria simplesmente delimitar isso e dizer: “Somente a Realização do Si, não fale de Deus ou nada disso, esqueça isso.” É por isso que Ele obteve a Realização desse modo. Mas você não pode ter a Realização simplesmente assim. Você só consegue ter uma possessão. Você não pode. Alguém que é uma alma iluminada, uma alma iluminada assim não recebe dinheiro de vocês. Normalmente, vejam, as pessoas não querem dar-lhes a Realização. 99% daqueles que são realmente Realizados jogarão pedras em vocês. Eles não terão nada a fazer, porque as experiências deles com os seres humanos são horripilantes. Se você for e conversar com eles, eles Me dirão, eles Me disseram: “Espere por doze anos.” “Veja, Mãe, todos eles irão destruí-La, eles irão matá-La,” “eles farão isso.” “É muito arriscado lidar com os seres humanos porque” “eles são muito egoístas e eles nunca A aceitarão.” Mas se você receber deste modo, como alguém que sabe que é uma ajuda, não é? E a Realização não é possível, não é possível ser feita por você mesmo.

Não é possível, porque, digamos, se uma vela que não está iluminada quer se iluminar, a luz tem que ser trazida, não é? É tão simples assim. Mas a pessoa não deve se sentir mal sobre isso, realmente. Vejam, Eu não sei dirigir. Alguém Me trouxe aqui dirigindo. Eu não Me senti mal por ele ter que dirigir para Mim, senti? E Eu só conheço um trabalho. Eu não conheço muitos. Muitos trabalhos, Eu não conheço. Eu não sei como operar um banco, Eu não sei como preencher um cheque, Eu não tenho jeito para muitas coisas.

Eu não sei como abrir uma lata, talvez. Mas Eu sei como dar acesso à Kundalini. Tudo bem? Portanto, se Eu conheço um trabalho, por que você deveria se importar? Afinal, nós dependemos uns dos outros para tudo, não é? Então, por que não, se Eu conheço o trabalho, que mal há nisso? E você saberá também. Você saberá também. Mas isso não pode ser feito por você mesmo. Mas, na verdade, nisso você não é obrigado a nada.

Eu simplesmente faço isso porque Eu amo isso. Simplesmente emite. De qualquer maneira, Eu não faço. Eu estou simplesmente fluindo, Eu não sei como isso acontece, simplesmente está fluindo. Eu simplesmente amo por amor ao amor. Você não consegue acreditar que uma pessoa assim possa existir, mas Eu realmente existo, Eu sou assim. Algumas vezes vocês, até mesmo alguns dos Sahaja Yogis, realmente sentem que Eu sou muito compassiva e que Eu deveria ser, de preferência, severa com as pessoas e coisas assim, vejam. Eles vêm e Me dizem algo prudente em relação a isso. Vejam, eles acham que Eu não sou tão prática, mas essa é a coisa mais prática. Sim, Eu sei que eles cometem erros, porque eles não sabem que estão caminhando na escuridão.

Se você está caminhando na escuridão, você baterá em alguma coisa. Então, a única coisa que você pode fazer é ter compaixão por eles, porque eles não podem ver, eles estão cegos. Não é? Como você pode ter alguma raiva ou irritação? E, além disso, Eu pediria que você não tivesse nenhuma identificação incorreta com quem quer que seja. Você tem que alcançar o seu Espírito, isso é o principal. Se você ainda pensa em alguém, veja, como aquela senhora … Eu não sei, alguém deve tê-la enviado aqui, talvez. Eu não sei porque ela ficou com raiva. Eu não disse nada para ofendê-la. Talvez ela esteja possuída.

Eu não sei porque ela ficou zangada Comigo e ela simplesmente se levantou e saiu irritada dizendo: “Tudo que Você está dizendo é mentira.” Por que Eu deveria lhes dizer mentiras. Eu não tenho que receber nada de vocês. Mas por que isso acontece? Porque ela não é sensível, ela não é sensível à Divindade. Ela não compreende quem é Divino, quem é… Eu não a recrimino. Ela não adquiriu a sensibilidade. É um calibre. Eu tenho visto Sahaja Yogis, agora, de diferentes tipos que têm vindo a Mim. Alguns deles são de tamanho calibre que você não pode sequer acreditar. Eles obtêm a Realização, eles sabem o que ela é, eles têm o padrão exatamente igual a um diamante, eles a obtêm e eles a alcançam.

Eles são pessoas formidáveis. Há alguns que dão golpes por trás. Alguns deles que receberam a Realização, ainda continuam duvidando. Há todos os tipos. Não importa. Eu amo todos eles. Sim, Meu filho? Ele é um Sahaja Yogi? Se antes da Realização, nós éramos uma pessoa tão horrível que nós causamos câncer em todas as pessoas que encontramos ou algo assim, depois da Realização, os efeitos disso são retirados, ou o que acontece? Sim.

Eu sei disso, tantas coisas têm acontecido. Nós temos alguém em Brighton, você se lembra – ele está aqui neste instante, Eu acho – que estava bêbado quando ele entrou. Ele estava muito zangado Comigo, vejam, primeiramente. Ele disse: “Como eu posso me livrar deste problema?” “Eu não posso acreditar em Você”, e tudo mais. E ele está bem, perfeitamente bem. Sua mudança é tão bela, você não pode… Ele está ali? Yogi: Sim, eu estou. Que Deus o abençoe. Ele é tão gentil agora. Outro dia ele veio Me ver.

Eu disse: “Vejam isso. Ele está tão gentil”. Ele estava muito gentil, não estava? Mas algo o tinha possuído, o tinha tornado angustiado, veja, de tal maneira que ele se tornou alcoólatra, veja. Ele está bem. Somente a compaixão pode fazer você compreender que há uma razão para isso. Ele é uma pessoa muito gentil, uma pessoa muito gentil, sem dúvida. Mas algo deu errado com ele. Tudo bem. Portanto, isso acontece, é verdade.

Os Sahaja Yogis compreendem isso. Alguns, é claro, Eu devo dizer, compreendem um pouco. Não importa. Eles vão progredir, todos eles irão, Eu tenho certeza disso. Todos são feitos para isso. Na verdade, o Divino está ansioso para dar-lhes a Realização, muito mais, muito mais ansioso do que vocês estão. Se houvesse mil pessoas hoje, Eu teria dado a Realização para elas melhor. Mas muito poucas pessoas aderem à realidade, vocês veem agora. Aquele guru Maharaji, milhares de pessoas estão como loucas seguindo-o, não é? Ele não está dando nada às pobres pessoas.

Mas para a realidade, há muito poucas pessoas. Como outro dia, alguém Me perguntou: “Mãe, por que a Senhora não faz isso para todos?” Eu disse: “Onde estão eles, todos?” “Eles estão ocupados. Onde eles estão?” “Em Brighton, quantos existem?” “Quantos estão aqui?” Tudo bem? Este é o problema. Leva tempo para as pessoas amarem a realidade, leva tempo. É algo tão belo. E mesmo que eles recebam a Realização, depois eles se afastam, vejam. Eles dizem: “Oh, eu estou bem agora. Eu estou bem.” Depois de um ano, eles irão aparecer. Esta não é a maneira.

Você tem que ter a maestria dessa arte, ter a absoluta maestria dela. É tudo gratuito, absolutamente gratuito. Agora eles todos estão sentados aqui, eles podem dizer isso. A Senhora poderia falar um pouco mais sobre a Realização do Si e o que é necessário para aprimorar isso? Sim, sim, Eu o farei na Minha próxima palestra, um por um. Agora Eu estou falando do canal esquerdo, do canal direito e depois do central e depois também, é claro, sobre o Espírito. Definitivamente, uma centena de vezes, isso é o que Eu tenho que fazer. Mas gradualmente, Eu tenho que formá-los. Está bem? Definitivamente, Eu irei.

Vocês não irão acreditar, Eu acho que Eu já dei quinhentas palestras em Londres, no mínimo. E não termina. Toda vez eles dizem. A última vez que Eu falei, eles disseram: “Mãe, sem dúvida foi sobre uma nova dimensão” “que a Senhora falou”, vejam. Eu não sei, Kerry Me disse que na primeira vez ele se sensibilizou muito com suas vibrações em Minha palestra. Eu não sei com que Eu o sensibilizei tanto. Sim, é surpreendente. Ele é da Austrália. Os australianos se saem bem. É um trabalho muito rápido.

Então, todas as perguntas acabaram agora? Devemos ter a Realização? O que são os karmas? Karmas são quando você faz qualquer trabalho ou qualquer coisa com sua ação do canal direito, então os efeitos disso se acumulam dentro de você como um ego, porque você pensa que você está fazendo isso. Na verdade, nós não fazemos nada substancial. O que nós fazemos é um trabalho morto, como Eu disse, nós fazemos uma cadeira a partir de uma árvore morta. Isso é tudo o que fazemos. O trabalho que nós fazemos é uma ideia que nós temos de que nós estamos fazendo um trabalho. Que trabalho nós estamos fazendo? Vocês podem transformar isto numa fruta?

Nós nem mesmo podemos colocar fragrância nisso. Assim este mito, trabalha como ego dentro de nós como é mostrado aqui, sobre o qual Eu falarei amanhã, está bem? E isso é o que nos faz pensar que nós estamos fazendo este trabalho, aquele trabalho e esse ego pensa que se vocês fizeram um mau trabalho ou um bom trabalho, nós temos que sofrer. Vejam, um tigre não pensa dessa maneira. Se um tigre tem que comer, ele precisa matar. Ele mata o animal, o come e acabou-se. Ele não se senta e fica emburrado, “Oh Deus, eu não deveria” “ter feito isso. Eu deveria me tornar vegetariano.” Ele não acumula nenhum, nenhum, nenhum karma nele, está certo? Mas nós, seres humanos, acumulamos. Por quê?

Porque nós estamos fechados. Nós estamos fechados. Vejam aqui, nós estamos fechados. Eles estão abertos. Seja o que for que eles façam, eles não ficam preocupados. Mas nós ficamos preocupados com o que fazemos porque pensamos que nós fazemos. E quando, como Eu disse, este centro é aberto, Ele absorve nossos karmas e os assim chamados karmas não são nada mais do que pecados, vejam, numa linguagem bíblica, nós o chamamos de pecado, vejam. E todos eles são absorvidos por esta Divindade poderosa de Cristo despertado dentro de nós. E vocês vão além disso porque é o ego que cria o karma. Quando o seu ego é liquidado, onde estão os karmas?

Eles são liquidados também. Então você não diz: “Eu fiz isso”. O que você dirá é: “Mãe, isto não está dando certo.” “Não está ascendendo.” Agora, o que é este “isto”? Ele se torna uma terceira pessoa. “Está fluindo.” “As vibrações não estão vindo”. Vejam, você não diz: “Eu, eu estou dando a Realização.” “Eu estou elevando a Kundalini.” Eles não falam assim. Eles dizem: “Não está se elevando”. Você se torna uma terceira pessoa. Essa terceira pessoa é o Espírito. Onde você não diz: “Eu devo fazer isto”.

Mesmo se ele for seu filho, você diz: “Mãe, é melhor ele ter a Realização”. Tudo bem. Vocês verão. Tentem isso. Não funcionou? Tudo bem, então Eu deveria dar um certificado? Ele disse: “Como Você pode dar um certificado, Mãe?” “Como alguém pode? A Kundalini não se elevou.” Todo mundo sabe, vejam, quer seja seu pai, sua mãe, sua irmã, qualquer um. Se eles não são realizados, eles sabem que eles não são realizados, e daí? Eles simplesmente sabem.

Essa Minha neta, que era … Ela está aqui agora, ela nasceu realizada e ela mal tinha cinco anos de idade, Eu acho, quando eles foram para Ladakh. Havia um lama sentado com a cabeça raspada e tudo isso, usando… e tudo isso. Todos estavam tocando os pés dele e os pais dela também não eram realizados. Minha filha não é realizada, então ela também tocou os pés dele. A Minha neta não pôde mais suportar aquilo, aquilo foi demais para ela. Ela estava sentada num bloco mais alto, ela veio, pôs suas mãos para trás e olhou para ele, vejam, e lhe disse. Ela disse: “O que você pretende pedindo a todo mundo” “para tocar seus pés? Você não é nem mesmo uma alma realizada.” “Usando essa sua roupa e raspando sua cabeça,” “você pensa que pode pedir às pessoas para tocarem seus pés?” Uma criança pequena de cinco anos, no entanto, ela compreende. Nós tivemos uma vez um programa na Índia, onde eles Me receberam como convidada de honra e Ramanmash, ela era uma alma realizada. E um senhor da liderança do ashram de Ramakrishna estava sentado com seu grande manto laranja, vejam, sentado ali.

E Minha outra neta estava sentada na fileira em frente. Ela não pôde suportá-lo mais, então ela gritou de lá: “Mãe, aquele que está usando um vestido longo,” “Vovó, por favor peça-o para sair,” “ele está transmitindo calor para todos nós”. Então, vejam, havia muitos Sahaja Yogis que estavam sentindo o calor vindo deste sujeito e ele pensa que é um homem muito espiritualizado. Ela disse: “Peça a ele para ir, ele está usando um vestido longo”. Ela não compreendia que era um manto ou algo assim. Até mesmo as crianças sabem quem é uma alma realizada e quem não é, se elas nasceram Realizadas. Há muitas crianças que nasceram Realizadas nestes dias, o momento do julgamento. Este é o momento do julgamento. É claro, sobre isso, Eu lhes falarei mais tarde. A Senhora se importa se eu Lhe fizer algumas perguntas?

Tudo bem, Eu não importo. Mas o que acontece é que se você fizer muitas perguntas, algumas vezes, isso se torna uma atividade mental e pode retardar a Realização algumas vezes. Portando Eu o aconselharia, se não for tão importante, é melhor afastá-las porque, vejam, responder a pergunta é somente no nível mental. Eu estou falando de algo muito além. Assim, é algo que, logicamente, se vocês Me compreenderam, tudo bem, vamos tê-la. Se irá funcionar, funcionará. Se não funcionar, não importa. Eu vou ficar aqui por três ou quatro dias e vamos fazer isto funcionar. Tudo bem? Portanto, é melhor manter sua mente em descanso.

Diga à mente: “Você fez muitas perguntas antes,” “você pensou sobre muitas coisas, agora é o momento para” “você receber as bênçãos do seu próprio ser.” Tudo bem? Se você disser à sua mente, ela irá descansar. É uma coisa maravilhosa, a mente. Se a mente souber o que você quer, e se ela for a realidade, ela o apoia e o ajuda muito. A mesma mente que pode extraviar-se, vejam, algumas vezes, Eu digo que ela é como um burro, como Cristo usou um burro apenas para sugerir para a mente que se você deixar que ela se extravie, ela irá levá-lo para todo tipo de coisas, mas se você controlá-la, ela o leva lá onde você tem que ir. Apenas a faça ficar quieta. É melhor ficar quieto no nível da mente. E foi por isso que Eu respondi às suas perguntas, porque mais tarde, quando a Kundalini estiver se elevando, naquele momento, a mente não deve ficar questionando, para dizer: “Eu não fiz esta pergunta”. É por isso. Apenas para acalmá-la, não há necessidade, mas apenas para acalmá-la, Eu faço isso.

Tudo bem? Assim, a melhor coisa é ter a Realização. É a melhor coisa. Senão esta mente fica muito perturbadora. Ela pode entrar no momento certo. Quando você vai atingir seu último avanço, ela pode cessar. Tudo bem? Portanto, se você tiver alguma pergunta imediata, pela qual você está realmente oprimido, então você deve Me perguntar. Mas se não for tão importante, apenas descarte. É muito importante?

Então, tudo bem. Ele compreendeu.