Shri Lalita Puja, Understand your own importance

(England)


Feedback
Share

Shri Lalita Puja. Hove, Brighton (UK), 15 May 1982.

Eu sou realmente uma Mãe orgulhosa ao ver tantos Sahaja Yogis.

E devemos compreender que mesmo se vocês conseguissem poucas pessoas como novatos, eles poderiam ser poucos, mas temos que compreender que cada um de vocês é agora uma alma realizada. Cada um de vocês têm crescido tanto que vocês mesmos podem criar um núcleo. E depois crescer de uma forma coletiva juntos. Agora, individualmente, as mudas se transformaram em brotos fortes e eles podem certamente ser transferidos para diferentes lugares e fazer isso funcionar, porque cada um de vocês é um profeta. Eu Me pergunto se vocês compreendem isso ou não. É claro, vocês obtiveram a alegria da Realização, a bem-aventurança, vocês obtiveram tudo, vocês se desenvolveram para isso. Devagar e firmemente, vocês alcançaram isso, e como vocês têm crescido como uma árvore agora, cada um de vocês é tão importante e tão poderoso. Eu sei que poucas pessoas entram de uma forma coletiva e vocês acham isso difícil no começo, como lidar com eles, porque eles ainda não se desenvolveram o suficiente. Eles ainda não atingiram o ponto em que eles realmente compreendem a sua própria importância. Mas todos vocês devem compreender a sua própria importância e sua própria condição, o alto nível que vocês alcançaram.

Em quaisquer outras assim chamadas falsas organizações — por exemplo, digamos, a igreja — há somente um padre. Em toda a redondeza, só existe um padre, embora ele não saiba nada sobre isso, não importa. Mas ainda assim, há somente uma pessoa que é autorizada pela igreja. Todo mundo tem que ouvir uma única pessoa. Mas aqui, agora, todos vocês são pessoas dinâmicas: cada um de vocês é capaz de dar uma boa palestra. É claro, todos vocês podem dar a Realização muito bem, não há dúvida sobre isso. Em todos os seus grupos, vocês devem tentar ser independentes. Tentem em seus próprios grupos. Pensem em todas as dimensões dentro das quais vocês podem se lançar. Porque agora, vocês estão prontos, vocês são agora os profetas.

Vocês não têm que depender de ninguém assim, ou vocês não têm que depender do próximo para isso, individualmente, vocês podem fazê-lo. Embora vocês estejam conectados uns com os outros, vocês todos compreendem a mesma linguagem, vocês alcançaram a verdade juntos e vocês todos estão juntos, mas o dinamismo deve surgir individualmente em vocês, e cada um de vocês em sua própria esfera, em sua própria linha, pode realizar isso, porque vocês sabem tudo sobre a Sahaja Yoga. Agora, aqueles que estão imaturos podem não saber. Eles ainda estejam, talvez, racionalizando algo, não importa, eles também ficarão bem. Mas no que se refere a todos vocês, todos vocês são profetas, e como profetas, vocês devem se erguer. Onde quer que vocês forem, falem da Sahaja Yoga, digam-lhes: “Isto aconteceu conosco, esta é a luz.” “Nós sabemos tudo.” Quero dizer, vocês não têm nenhuma dúvida sobre isso, não é? Mas o problema é que vocês acham que os outros podem não compreender, eles são pessoas estúpidas, eles são pessoas tolas ou eles são orientados para o ego ou eles são agressivos ou eles farão isto com vocês ou farão aquilo com vocês. É verdade, mas vocês precisam saber que não há somente uma pessoa lutando até o fim, há milhares pelo mundo todo que conhecem sua linguagem, que conhecem seu assunto, e todos eles sabem a mesma coisa.

Portanto, vocês não estão sozinhos lutando até o fim. Uma vez que vocês saibam disso, então ficarão surpresos ao ver quanto poder começará a fluir em vocês. Quanto mais vocês pensarem sobre isso, meditem em seu Si agora, Eu diria, e saibam que vocês próprios são os profetas. E então, vocês verão as dimensões dentro das quais — são tantas as Minhas dimensões sentadas aqui, Eu posso ver isso. Assim, em cada campo, em cada camada social, onde quer que vocês frequentem, vocês têm que falar sobre isso e informar às pessoas. Agora, há certas coisas, nós fizemos certas regras e regulamentos para a Sahaja Yoga, para os Sahaja Yogis. Isso é somente para ver quantos estão realmente imaturos e quantos estão plenamente maduros. Desse modo, nós fizemos certas regras e regulamentos, porque aqueles que estão de fato plenamente maduros as aceitarão sem quaisquer dificuldades, eles estão totalmente lá. Agora, nas circunstâncias atuais, nós sabemos que há muitas categorias de pessoas que se aproximam de nós. As pessoas que são de categoria elevada entram na Sahaja Yoga sem quaisquer dificuldades, elas são pessoas de alta categoria.

Elas alcançam seus poderes, elas assumem seus poderes, elas começam a expressar seus poderes, elas simplesmente tornam-se isso. Como nós dizemos, nós temos o modelo completo do anel conosco, e só temos que colocar o diamante lá. Vocês encontram o diamante, tudo bem. Eles simplesmente se estabilizarão com isso. Mas algumas pessoas, mesmo depois da Realização, vão um pouco para este lado, para aquele lado, não importa. Todas elas mudarão de direção. Mas aquelas que são pessoas de alta categoria ainda são, Eu devo dizer, são muitas. Quero dizer, Eu posso dizer-lhes que Eu conheço tantos gurus que são gurus verdadeiros, não aqueles; aqueles não verdadeiros, esqueçam, e os falsos, esqueçam, mas os verdadeiros também, eles não conseguiram nem uma única pessoa assim, nem sequer uma única pessoa. Por exemplo Gagangad Maharaj, ele Me disse muito francamente, Eu disse: “Por que você não dá a Realização a eles?” Ele disse: “Quem me deu a Realização?”

“Eu tive que trabalhar duro”, isso, aquilo. “Tudo bem.” Eu disse, “você tinha uma guru que lhe deu a Realização,” “portanto como um guru, é seu dever dar a Realização.” E ele disse: “Eu a dei a uma pessoa.” “Eu trabalhei nele por 25 anos.” “Eu limpei o seu Agnya, eu limpei tudo,” “dei-lhe a Realização.” “E o que ele está fazendo agora?” Ele disse: “Agora, a Senhora o encontrará, Mãe, algum dia.” “A Senhora deve ver esse sujeito, ele está horrível,” “e ele é aquele que está agora ganhando dinheiro,” “correndo atrás de mulheres.” Depois da Realização, depois de 25 anos de seu trabalho!

Ele disse: “Eu não tenho nada a ver com esse homem.” Agora, esse sujeito era chamado de Anaa Maharaj. Eu disse: “Tudo bem, Eu darei uma olhada nele,” “se ele vier a Mumbai.” Então, ele veio a Mumbai, e uma de Minhas discípulas o tinha convidado para sua casa. Ela é uma senhora muito rica, e ela disse: “Mãe, Anna Maharaj chegou” “e a Senhora disse que gostaria de Se encontrar com esse homem,” “então ele veio aqui. A Senhora poderia vir?” Eu fui lá. Ele, é claro, tocou Meus Pés corretamente e tudo mais, mas ele estava fumando em Minha presença, imaginem só. Ele tocou Meus Pés e se sentou. Ele disse, ele começou a falar mal de seu guru, antes de mais nada, aquele que trabalhou nele por 25 anos, podem imaginar?

Quero dizer, vocês são pessoas muito gentis, vocês não falam mal de Mim. Eu não trabalhei por 25 anos em vocês, e olhem para ele, ele estava falando mal do guru dele. E ele disse: “Veja, meu guru,” “por que ele deveria ir, por que ele deveria ir a Mumbai?” “Agora, para que isso?” Porque esse sujeito estava ganhando dinheiro em Mumbai, então ele não queria que o guru dele fosse lá falar contra ele. “E por que ele deveria ir a Mumbai?” “Ele não deveria sair do lugar onde ele mora.” “Ele estava bem, no topo da montanha.” “Qual era a necessidade dele descer?” E todos os tipos de coisas, ele estava falando lá.

Eu disse: “É mesmo?” “Este é o seu guru, você não deve falar mal dele.” Ele disse: “Mas isso é verdade.” “Ele não precisava sair do lugar onde ele morava, entende?” E ele ainda estava fumando ali. Eu disse: “Tudo bem, Eu tenho que ir.” Estava com muitas mulheres em sua volta apertando os pés dele, isso, aquilo, tomando muito leite e deleitando-se e fumando, e falando de uma forma muito condescendente com os seus assim chamados discípulos. Coitadinhos, eles eram pessoas simples, vocês sabem. Eu disse: “Tudo bem, Eu tenho que ir agora.” “Então, apenas coloque um pouco –” “Eu colocarei um pouco de kumkum em sua testa.”

Assim, Eu peguei um pouco de kumkum e coloquei em sua testa. Então o Agnya dele estava simplesmente queimando, oh, totalmente, Meu dedo ficou deste jeito! Eu disse: “Pronto.” Agora, Eu disse, “tudo bem, agora você pode? — Estou indo agora,” “coloque um pouco em Minha testa.” E Eu suguei seu dedo para dentro, ele não podia movê-lo. Deste jeito, o dedo estava todo… E ele disse: “Me larga, me larga,” “Mãe. Eu sinto muito, eu sinto muito!” Eu disse: “Agora, apenas prometa que não falará mal do seu guru.” “Somente então Eu o largarei.”

Ele disse: “Está bem, está bem, está bem!” “Por favor, me largue!” Então Eu soltei o dedo. Mas vejam agora, a Sahaja Yogini que estava lá, que tinha sido salva de muitos problemas porque ela era uma clarividente, ele lhe disse uma mentira, é completa mentira. Ele disse: “Eu estava dando poder à Mãe.” Vejam, eles viram aquilo à distância. “Então, eu estava tremendo porque estava dando poder”, quer dizer que aquela tremedeira estava Me dando poder! Mas essa senhora deveria ter entendido que quando você treme, significa que há algo errado com você. E vocês sabem, ela disse: “Agora, eu lhe darei” “também esses poderes como aconteceu com a Mãe.” Naquela época, era apenas o começo da Sahaja Yoga, Eu diria, bem no começo.

“Assim agora, seria melhor vocês terem um Yagya Hom.” “Para isso, todos vocês devem trazer” “um e um quarto “tola” de ouro”, isso é por volta de dez gramas, “e deem-no para mim.” Isso foi o começo do fim. Agora, todo o dinheiro deles, todas as propriedades deles, tudo, ele sugou de alguma forma. E a irmã dela encontrou-se Comigo quando Eu estava viajando uma vez de Delhi para Mumbai, e ela simplesmente caiu aos Meus Pés e começou a chorar. Eu disse: “Qual é o problema?” Ela disse: “Mãe, esse sujeito nos roubou.” Eu disse: “Quem?” “Anaa Maharaj.” Eu disse: “Como?”

“Mas naquele dia, você o viu tremendo.” “Essa é a questão.” Então como ela foi enganada por esse sujeito, que lhe disse uma completa mentira? Se ela tivesse visto as vibrações desse homem, estaria tudo bem. E isso é o que os Sahaja Yogis esquecem. Eles são profetas, eles têm os seus poderes, mas o poder deles é o seu Espírito, é suas vibrações, e eles esquecem disto o tempo todo: “Nós alcançamos uma nova consciência, a consciência vibratória.” “Nós temos que julgar tudo pelas vibrações.” E esse é o único ponto falho de todos os profetas. Se não for verdade — Eu sou muito inocente, vocês sabem, Eu sou muito simples, ingênua. Eu simplesmente não entendo as coisas de forma alguma.

Eu não reconheço a prática desonesta do homem, como ele fica dando voltas e conta mentiras e tudo mais, mas pelas vibrações, Eu sei como é que é isso, sem dúvida. Vocês podem me contar qualquer história: com toda a sua trapaça, com toda a sua inteligência e toda a sua perspicácia especial, Eu sei do que vocês são capazes, porque simplesmente Eu sei disso pelas vibrações. Mas, fora isso, Eu sou muito simples, Eu não consigo, racionalmente ou qualquer coisa, Eu não consigo entender, mas através das vibrações, Eu sei onde vocês estão. Da mesma forma, desenvolvam a sua consciência vibratória, a sensibilidade dela, e tentem entender as coisas através da consciência vibratória. Se vocês puderem fazer isso, então vocês serão profetas perfeitos. Vocês serão profetas perfeitos. Agora, entre nós também, vocês notarão que há pessoas que não estão à altura da posição. Nunca se deve confiar nessas pessoas, nunca se deve confiar porque elas são não estão no ponto, elas podem tornar-se negativas, elas podem tornar-se positivas. Assim, não se deve confiar nelas e elas devem ser tratadas com um pouco de reserva. Uma vez que elas fiquem bem, então vocês podem aceitá-las em seu próprio grupo.

Por exemplo, recentemente, uma moça casou-se com alguém que é um grande Sahaja Yogi. Agora, porque ele disse que a amava e toda essa insensatez, então Eu disse: “Tudo bem, baba, case-se com ela.” Mas Eu sabia que aquela mulher não era boa, mas o que dizer? E então essa mulher tentou — na verdade, ela viajou Comigo e tentou até mesmo agarrar Meu coração com os bhoots que ela tinha, sem dúvida. Duas vezes, ela fez isso. Tão maliciosa, os espíritos são tão maliciosos nela, que quando ela voltou para a Austrália, vejam, ela fez uma encenação de tal maneira: “Oh, ela é tão insegura” “e o marido dela não não se importa com ela”, e isso e aquilo. E aquele ashram todo, imaginem só, estaria perdido. Mas Eu soube que algo estava acontecendo, então Eu fiz uma ligação interurbana. Imediatamente, Eu descobri. Eu lhes disse: “Agora, vejam as vibrações dela!”

Eles disseram: “Mãe, nós não achamos nada de errado com ela.” Isso significa que eles nunca perceberam as vibrações dela, para começar; porque o que acontece é que uma vez que as vibrações se perdem, você não consegue perceber nada. Ela envolveu tanto todos eles que eles não conseguiam perceber nada em relação a ela. Vocês podem imaginar? Então, racionalmente, Eu fiz uma pergunta: “Vocês podem substituir o Warren pela mulher dele?” E eles levaram um susto. Portanto, a pessoa tem que estar muito, muito alerta em relação a isso, extremamente alerta em relação a essas pessoas que não estão no ponto. Elas sempre tentarão puxá-los para baixo. As pessoas que não estão no ponto sempre tentarão puxá-los para baixo, a menos e até que vocês sejam firmes o bastante para puxá-las para cima. Porque elas não estão fazendo isso, elas não estão conscientes disso, mas elas estão sob a possessão dessas pessoas, e quando elas fazem algo, elas tentam fazer todas atividades anti-Deus.

O outro caso que lhes contarei foi em Genebra. No começo, Eu não falo abertamente sobre uma pessoa. Tanto quanto possível, Eu não falo abertamente, porque não é apropriado. Dê-lhes uma chance, eles se elevarão, isso dará certo, não importa. Eu posso lidar com isso. Mas quando a perturbação se torna uma coisa coletiva, então alguém tem que falar sobre isso abertamente, vejam, porque essas pessoas irão até uma pessoa, dirão algo; a uma outra pessoa, dirão algo; a uma terceira pessoa, dirão algo. Então, vocês têm que estar muito alertas. E elas não estão conscientes disso, quase todas, elas não estão conscientes do que estão fazendo. Como por exemplo, essa mulher em Genebra continuaria perguntando a todos: “O que vocês acham do Sr. X ou do Sr. Y?”

Tudo bem. Então você diria algo: se você for negativo, ela se agarraria a isso. Antes de ontem, Eu fiquei muito feliz quando Ray Me contou algo bom sobre Pamela. Ele disse: “Pamela é uma mulher muito artística.” Quando vocês começam a ver os pontos bons nos outros, isso Me dá grande satisfação, isso Me dá felicidade, isso Me dá alegria. Mas se vocês começam a ver os pontos ruins no outro, então Eu não gosto disso. Algumas vezes, é claro, quando vocês — Eu também os testo nesse ponto. Algumas vezes, Eu direi algo, vejam, deliberadamente, Eu direi: “Tudo bem, há algo errado com Ray”, Eu posso dizer. Eu sei se está errado ou certo, apenas para julgar até que ponto vocês podem julgar aquela pessoa. Então, se você, digamos, defender a coisa certa que ele está fazendo, então Eu sei que você está bem.

Eu gosto disso, Eu o aprecio, Eu realmente o adoro por isso. Qualquer que seja a verdade, vocês devem Me dizer, porque Eu conheço a verdade, mas Eu simplesmente brinco com vocês para ver o que vocês pensam dessa outra pessoa. Portanto, tentem ver os pontos bons no outro. Mas um ponto, vocês devem entender, se uma pessoa é briguenta, está tentando dominá-lo — Em Birmingham, nós temos um problema desse tipo, o qual Eu ainda não expus ou falei também. Eu ainda tenho mantido segredo, mas Eu estou dizendo para as pessoas que em Birmingham há um problema, e esse problema vem de uma pessoa que não está consciente disso. Eu falarei com essa pessoa, direi para ele que ele deve se livrar desse problema. Mas se ele não se livrar, então Eu terei que falar sobre isso abertamente, porque Eu não quero que o centro de Birmingham se perca. Nós teríamos perdido Genebra, Eu lhes digo, nós a teríamos perdido. Todos ficaram uns contras os outros e grandes problemas foram criados, por uma única pessoa. Embora vocês estejam bem desenvolvidos, vocês ainda não estão tão coletivamente conscientes e reconhecedores das qualidades dos outros como vocês deveriam ser.

Todos vocês são um só. Não somente admiração, mas vocês não podem ficar uns sem os outros. Assim, devagar e constante como o caráter inglês é, o qual é um caráter muito bom, mas pode ser muito lento. Devagar e constante, você deve se elevar acima de sua própria concha e ver a beleza de outro Sahaja Yogi e ver os pontos bons naquela pessoa, de modo que você assimile. Algumas pessoas têm certas capacidades. E surpreendentemente, depois Eu falei com Pamela sobre Ray e ela o elogiou muito e isso realmente Me fez ficar muito feliz; entretanto, Eu devo dizer que Brighton pode não ter sido tão brilhante ontem no programa, havia poucas pessoas, mas não importa. Isso dá muita energia, ver que os Sahaja Yogis apreciam uns aos outros. Agora, alguém tem um problema: digamos, as pessoas de canal esquerdo sempre têm um problema em Minha palestra, elas adormecem — naturalmente, elas têm que fazer isso. Não importa, seja o que for, Eu estou trabalhando nelas, mesmo se elas estiverem dormindo. Mas quando Eu trabalho nelas, Eu mesma tenho que adormecer para entrar nelas, entendem?

Então, esse empecilho está lá, não importa, isso irá melhorar. Há meios e métodos de trabalhar isso. Mas isso não é tão importante para Mim. O que é importante é: vocês estão dormindo em relação aos seus semelhantes, aos seus companheiros Sahaja Yogis? Vocês estão alertas em relação a eles? Eles são exatamente como suas mãos, olhos, nariz, tudo. Todos vocês são um só. Vocês não podem ficar uns sem os outros, porque vocês são as únicas pessoas que agora obtiveram olhos para ver. Vocês são as únicas pessoas que estão conscientes. E nós não somos poucos.

Nós achamos que somos muito poucos. Vejam, talvez outros gurus possam conseguir milhares deles, eles são inúteis. Assim como eles vão, eles saem, talvez eles tenham rabos e chifres acrescentados a eles. Mas eles não são pessoas conscientes. E vocês são conscientes. Por um lado, vocês têm que tirar as pessoas que não estão tão conscientes; por outro lado, vocês têm que apreciar as pessoas que estão mais conscientes. E isso é que temos que entender. Com um pouco menos do que é. Eu tenho que lhes dizer: vocês devem dizer isso com um pouco mais, se vocês têm que fazer o touro se mover, entendem? Digam um pouco mais do que vocês podem dizer, porque seja o que for que vocês digam não é a mais, e isso é o Infinito. Mas isso não deveria ser também tanto que eles não possam aguentar.

Como por exemplo, Warren teve uma experiência sobre a qual Eu lhe disse: “Somente conte para os Sahaja Yogis, não conte para mais ninguém,” “porque eles não acreditarão nisso.” Não havia gasolina em seu carro e ele tinha que tentar conseguir um trabalho de propaganda. E ele deu voltas e fez todo o seu trabalho de propaganda em oito dias, e quando eles voltaram, não havia gasolina disponível. No posto de gasolina, o sujeito disse: “O seu tanque está cheio, porque você quer por gasolina?” Por que não? Isso pode ser feito. Mas não contem a mais ninguém, porque eles simplesmente dirão que isso é uma história absurda. Vocês ouviram a história do pão e dos peixes. Porque está na Bíblia, nós acreditamos. Por que não hoje?

Vocês têm visto tantas coisas assim acontecendo, quero dizer, tantas coisas em toda sua vida. Mas se vocês lhes contarem todas essas coisas, eles não acreditarão. Portanto, a sua sabedoria está em acreditar que vocês estão no reino de Deus e Ele é Todo-Poderoso, e Ele lhes dará tudo que vocês quiserem e aspirarem. As pessoas não acreditarão nisso, Eu sei. Mas é verdade, seja o que for que vocês desejem, vocês podem obter, mas se vocês contarem para as pessoas, elas não acreditarão. Mas no que se refere à Sahaja Yoga, vocês têm que fazer um relato que não é reservado, mas aberto, com confiança. A falta de confiança que é colocada nesse relato, é porque essa educação não é boa. Com confiança: “Sim, isto é assim, isto é assim!” “Isto é o que acontece.” Por exemplo, primeiro, quando Eu fui para a Índia, Raul Bai, vocês conhecem essa senhora idosa, uma senhora indiana — eles se sentiam um pouco acanhados em relação a tudo.

Ela é aquela que estava com a mão para cima. Ela estava gritando: “Bolo Mataji Nirmala Devi!” E Modi olhou para ela; ele não conseguia levantar sua mão, vejam. Ele estava um pouco acanhado. Mas ela fez isso três vezes e depois ela levantou a mão dele e disse: “Qual é o problema com você, um homem alto assim?” “Por que Deus lhe deu altura, para quê?” “Apenas para levantar sua mãos.” E o pobre rapaz teve que levantar sua mão. Então isso é o que acontece. Tenham ousadia, tenham completa confiança em si mesmos, de que vocês são almas realizadas, de que vocês são profetas.

Não para ficarem aflitos ou preocupados com as coisas, mas vocês são profetas agora. Assumir! Em sânscrito é dito viraj. Isto é, a energia é permeada, viraj, significa: desfrutem essa energia dentro de vocês. Viraj. “Ra” é energia; “viraj” significa: desfrutem essa energia daquele trono, assumam isso. Vocês são os reis agora, comportem-se dessa maneira. Não é arrogância de forma alguma. Uma pessoa que é um rei nunca é arrogante, se ele for um verdadeiro rei. Vejam, se eles são reis usurpadores, então é diferente.

Mas se eles são reis verdadeiros, eles nunca podem ser arrogantes. Assim, com esse tipo especial de comportamento real, vocês atrairão as pessoas. Não é fazendo um espetáculo, vocês são! Ao contrário, essa reserva que vocês estão tendo, é para quê? Vocês não precisam se vestir como mendigos ou como almofadinhas, mas as suas roupas devem ser de tal forma que transpareça que vocês são reis, não preocupados. E vocês ficarão impressionados, isso dará certo. Vocês são as pessoas que têm a maior parte do Meu tempo e companhia, e também, Eu sei o idioma de vocês. Eu tenho dado mais palestras em inglês do que em Minha própria língua, Minha própria língua materna ou em hindi, vocês podem acreditar nisso? E muito indianos agora, que não deram muita atenção para a língua inglesa depois da independência, estão tentando aprender inglês agora; e eles estão receosos que um dia o inglês possa substituir o Sânscrito, pela forma como a Mãe sabe inglês. Assim, Eu tenho que fazer um pedido muito, muito simples para vocês: assumam, assumam seus poderes.

Assumam. Você não são mais escravos. Vocês são almas realizadas agora. Com essa personalidade, vocês realmente realçarão a beleza da Sahaja Yoga. A menos e até que existam flores na árvore, a árvore não tem sentido. E as flores têm que estar em evidência! Elas não se escondem. Vocês já viram alguma flor se escondendo? Elas cobrem todo o corpo das árvores, e perfumam, assumindo os seus próprios poderes. E a fragrância surge.

Todo mundo sabe que as flores estão em evidência, todas as abelhas estão em volta. É desse modo que vocês têm que ser. Assumam seus poderes, internamente, externamente, de ambas as formas. Não somente internamente, mas externamente. E eles ficarão surpresos com a confiança de vocês, com a sua compaixão, com as suas habilidades; e o mais importante de tudo, a completa vidya, o completo conhecimento da Sahaja Yoga, o completo conhecimento da Kundalini, o completo conhecimento do Divino que vocês têm. Tudo bem? Agora Gavin, de qualquer maneira que você queira, você pode fazer o puja. Gavin, venha… Você deve ter os nomes e coisas assim. E Marcus. Yogi: Ganesha Puja, Mãe?

Ganesha chegou. Vocês também sabem Sânscrito… Ambos estão aprendendo Sânscrito. Yogi: Todos aqueles que não fizeram o Seu puja antes devem ser chamados? Tudo bem, mas não pessoas totalmente novas. Não totalmente novas, mas aquelas… Se eles quiserem fazer isso, tudo bem. Mas vejam, o problema é que eles são totalmente novos. Mas na França é trabalhado… Yogi: Algumas pessoas vieram de fora e podem não ter participado de um puja. De fora, de onde? Sim, há um senhor de Devon, Mãe.

Há? Bom, isso é bom. E também, vejam, na França, isso realmente foi compreendido lá. Nós tínhamos um puja no dia seguinte e chamamos aquelas pessoas que tiveram a Realização. E elas realmente compreenderam, vejam, elas eram muito sensatas porque eram buscadoras. Elas compreenderam o significado e não foi somente aqueles algerianos. Aqueles muçulmanos, como eles eram bons, totalmente de alto nível. Pessoas de alto nível. Qual é o nome dele, daquele advogado? Aychala.

Ele é um homem maravilhoso, não é? A esposa dele… E ele disse: “Este é o Tempo da Ressurreição,” “o que há para questionar?” E ele é um advogado, e sua esposa também? Eu lhes digo, ele trouxe 14 pessoas de avião. Sim, ele fez isso. Tudo bem. Assim, se as pessoas novas não formarem nenhuma barreira, tudo bem. Elas podem vir e lavar Meus Pés. Isso sempre ajuda. Mas se vocês têm barreiras, não o façam.

Simplesmente não o façam. Vejam, isso não Me ajuda, ajuda vocês. Algumas pessoas acham que ao lavarem Meus Pés, Eu posso economizar um banho ou seja o que for. Assim, isso é um privilégio, e se vocês têm que fazer isso, vocês devem fazê-lo — é bom para vocês. Vocês imediatamente se estabilizarão em sua Realização. Então, aqueles que são novatos podem vir. E vocês têm que lavar Meus Pés, em primeiro lugar. Ele compreende tanto, Eu lhes digo. Meus netos, eles são — eles compreendem muito o protocolo. Ela tirou Minhas meias e as colocou no topo da cabeça dela.

Elas compreendem tanto, é… Nick estava falando Comigo que nós temos que aprender com as crianças muitos protocolos. Ele a tirou para Mim hoje, ela disse: “É para a noite do puja e eu acho que deixarei isso para usar.” Então, aquelas pessoas que são novas, por favor venham. Elas devem fazer o puja. Elas têm o privilégio, não aquele que… Quem veio de Devon? Ótimo! Venha. Venha, venha. Bom. Assim como as de Brighton, que são as pessoas que devem vir e lavar Meus Pés, porque essa é a melhor maneira de estabilizá-los em sua Realização.

Ele deve ser o primeiro? Eles compreendem os privilégios. Muito bom. Eu acho, Paul, Eu acho que você deveria lavar Meus Pés, é melhor lavar Meus Pés. Bom. Isto está bom. É melhor recitarem um mantra. A propósito, a quem Eu dei aquele utensílio que Eu trouxe para vocês naquele… dia? Para lavar Meus Pés? A quem Eu dei aquilo?

Eu dei aquilo para vocês? O utensílio grande. Não, não, recentemente. Pergunte a Marcus. Marcus, nós tínhamos aquele utensílio de prata, o grande? Um utensílio grande deste jeito? Não, não, não é este. Era da Inglaterra. Eu acho que de Lane. Deve estar lá.

Yogi: A Senhora me deu um em Sua casa, Mãe, para dar para Nightingale Lane. Eu dei? Onde ele está? Você deve trazê-lo. Vejam, este é um utensílio muito bom. É impressionante que Eu o tinha Comigo. Isto era da Inglaterra, e Eu o trouxe de volta para vocês. Feito na Inglaterra, vocês podem imaginar? Em Sheffield! Então, Eu o trouxe de volta para vocês, de modo que vocês podem usá-lo.

Assim, da próxima vez, tragam isto, porque aço inoxidável não é tão bom como este utensílio, entendem? Então agora, vocês recitarão os mantras, não? Com o mantra a Shri Ganesha, em primeiro lugar. Você conseguiu isto? Então, como você fará isto nos Meus Pés? Use o ghee em Meus Pés com isto. Um pouco deste coco deve ser guardado para depois disto… Tudo bem. Os 108 nomes. Mas ele arranjou a tradução, é necessária também. Oh, aquele.

Deixe-o ler a tradução dele, porque isto é para as pessoas novas. Este é Shri Ganesha que encarnou como nosso Senhor Jesus Cristo, e isto foi escrito a 14.000 anos atrás. Foi traduzido, então vocês podem ver agora como a vinda Dele já estava descrita lá, e como as coisas que estão escritas aqui mostram a descrição completa de Cristo — o qual Ele é, o que as pessoas não sabem. Eles falam de Cristo, Cristo, Cristo — o que é Cristo? Vamos ver. Agora, Gavin, você pode ficar em pé e ler isto? Não, não, tudo bem, passe adiante isto, apenas passe adiante isto. Agora, quem irá — Por que você não pede a alguém para ler? Porque nós temos que vir… Jeremy? Leia isto, em voz alta.

Deixem todas as crianças lavarem Meus Pés. Deixem as crianças fazer isto primeiro. Isso é melhor. Shona! Deixe Olympia vir. Olympia, venha aqui. Venha, venha. Quem mais está aí? Você terá que lavar Meus Pés. Tudo bem?

Todos têm que lavar Meus Pés. Venham. Agora sente-se lá. Todo mundo irá lavar Meus Pés. Tudo bem? É isto. Agora, venham. Pegue a água. Amit, sente-se. Tire os seus sapatos.

Precisa tirar os sapatos. Sentem-se, sentem-se. Sentem-se, sentem-se. Sentem-se aqui, exatamente assim. Por favor, sentem-se. Agora, vocês se sentarão! Sentem-se! Sentem-se. Agora, coloque a água, venha. Coloque a água, apenas venha… Agora veja, todo mundo está fazendo isso.

Venha. Aha! Quem fará isso? Oh, oh, tudo bem. Palmas para ele. Onde está este — Katie? Apenas a chame. Mão direita, mão direita, dê a mão direita. Não, não, não, não chore. Não chore, não chore.

Onde está Katie? Chame Katie. Agora, lave-o, lave-o. Venha, venha. Venha, venha. Ela pode fazer isto. Ela pode fazer isto. Ela está grande agora. Ela pode fazer isto. Tudo bem agora, veja, é a brisa fresca vindo.

Bom, bom, bom. Venha, Katie, venha. Katie veio, estão vendo? Agora, Katie veio. Venha Katie. Venha Katie, faça isto. Vejam, todos estão fazendo isto. Todas as crianças estão fazendo isto. Tudo bem. Vejam, esta que é a questão: quando vocês têm a Realização, o Espírito é despertado — isto é, Cristo — e desse modo vocês ouvem.

“A presença Dele dentro de vocês”, com isso, vocês ouvem. Quer dizer, com o Espírito, vejam, a questão é essa. Foi isto que Ele disse: “O Confortador virá,” “e Ele, ou Ela, seja o que for,” “os confortará de tal maneira que vocês” “morarão para sempre em Meu Pai –” “ou se lembrarão de Meu Pai para sempre.” Esse é o Espírito do qual vocês se lembram. Este é o Espírito, entendem? Vejam agora, ouçam isto. Vocês podem imaginar? Ele está aqui! Você nunca o lavou. Grace, esfregue com suas mãos na água.

Apenas esfregue-o. Venha. Apenas esfregue-o, na água. Esfregue com força. Você tem que esfregar com seus dedos. Vejam, Meus Pés estão perfeitamente bem. Nada acontece com eles. Esfregue tão forte quanto você puder. Yogi: Os nomes da Deusa, como Shri Lalita. Agora, levante-se e… Você faria isto?

Boa ideia, porque…Você pode colocá-lo para ele? Tudo bem, apenas fique aqui. Traduzam, senão estas pessoas não entenderão. Você pode se sentar? Seria melhor. Nós podemos… Mãe Terra… vibrações. Bem alto agora. Você pode colocar “sakshat”? Seria melhor… Não tanto. “Mataji Nirmala Devi” seria melhor… No começo, digam.

Uma vez que tenham dito isso, tudo bem. Agora, vocês terão certeza disso, tudo bem? Que Deus os abençoe. Ela tem certeza disso. Está melhor agora. Esses são todos os segredos de… Tudo bem, mas vocês não veem que… Todas as coisas horríveis que vocês têm escolhido para ler. Ra, Ra-dha: é para… significa aquela, “Ra” é a energia… que permeia, permeia. Radha é… Ra é energia de Radha. Novamente, coisas horríveis agora. No começo, eles diziam todas as coisas horríveis para estabilizá-los, Eu acho, é por isso que… Tudo bem.

Tudo bem, agora vão em frente. O açúcar agora. Ela é os elementos causais. Elementos causais, entendem? Causal. Como por exemplo, o elemento causal da Mãe Terra é a fragrância. A fragrância é o elemento causal da Mãe Terra. Vejam, a emissão de vibrações através da aura engole todas as outras auras dentro Dela. Toda a Mãe Terra. Isso significa… Ela é a lua cheia de almíscar.

Ela é a lua cheia de almíscar. Eles, vejam, eles tentaram colocar todas as ideias poéticas para descrever alguma coisa. Vejam, o fato é que há uma diferença: é a beleza e a auspiciosidade. A auspiciosidade é a face, vejam, que lhes dá shubha, shubha significa “aquilo que traz boa sorte.” A face lhes traz boa sorte. Isso é conhecido como auspicioso. É claro, quero dizer, as pessoas modernas não acreditam numa face como essa, que poderia haver uma face. Mas pode haver uma face, a qual se vocês a olharem, então ela lhes traz boa sorte. É auspicioso. Yogi: Saudações a Ela, cujos diamantes do nariz brilham mais do que até mesmo as estrelas.

É por isso que Eu não uso nada lá. É da alegria da beleza. Assim, os Sahaja Yogis desfrutam a beleza dessas flores que Ela usa. Por causa das vibrações, é isso. Vejam, isto é uma coisa simples: qualquer coisa que vocês toquem tornar-se vibrado, e se vocês veem essa flor em particular, vocês ficam mais felizes, porque ela tinha vibrações. Vibração é aquilo que somente dá isto. Sim, existem. Lótus de — o lótus do amor… Que significa, que surge do kapol. Isso é a descrição. Kapol é este aqui, então isto é a parte que eles estão descrevendo.

Vejam, padmaraag, padmaraag é a fragrância do lótus. É o raag, significa que a energia do lótus está saindo da testa Dela. Não, a partir disto, do kapal e isto é kapol. Kapol é — sinto muito, isto é kapal, isto é kapol, bochechas. A energia que flui das bochechas é a energia de raag, significa, raag na verdade significa amor, compaixão — de um lótus. Como as folhas novas. Vidru é “folhas novas”, vejam. Como as folhas novas. Qual é a tradução? É uma coisa muito grande, mas é muito poético, é muito constrangedor.

É muito constrangedor. Tudo bem. Azul. Como as folhas azuis, vejam, desta cor. Vejam a cor das folhas novas, não é rosa avermelhado? Não é? Assim, os lábios Dela são dessa cor, os quais ruborizarão até mesmo estas flores azuis, as folhas recém-nascidas, vejam, as rosadas. Sim, mas eles são os controladores do Nirmala Vidya; Shuddha Vidya, o puro conhecimento. Estas são — os dentes são a manifestação, eles manifestam o puro conhecimento. São os brotos de todos os Vidyas.

Os brotos. A cânfora deve ser aplicada. E a bétel (tipo de pimenta) deve ser comida, a qual Eu não como, vejam. Sanlap significa auspicioso. Alap é o relatório, relatório. Relatório. Assim… Vejam, para ser franca, isso é muito constrangedor. Seria melhor você ler isso… Não, não, é o que está escrito lá: como a música de veena, a divina música de veena. Saraswati. Vejam, vocês devem ver todas essas coisas na forma mais sutil.

Vocês não veem isso, todos os tons. Em uma forma mais sutil, os diamantes são as coisas que irradiam, eles irradiam. Assim, quando eles dizem “os diamantes em volta do pescoço”, não é uma questão de usá-lo externamente, é uma questão de irradiar esse amor. Assim o colar, o colar é útil. Mas agora, vocês são Meus diamantes em Meu colar, assim porque Eu usaria outros diamantes mais? Cósmico, é isso. Vejam, quando Ela não tinha os Seus próprios diamantes, e o único que Ela de fato tinha, Ela costumava usar aqueles diamantes, tudo bem. Mas agora, vocês têm diamantes vivos, então qual é a necessidade? Eles eram usados para irradiar o poder Dela. Agora, vocês não precisam de nada.

Vocês são aqueles que irão irradiar os poderes. Yogi: Nós somos os ornamentos de Mataji, isso é o que nós devemos entender e devemos tentar nos manter limpos de modo que nós irradiemos o máximo… Yogi: joias que se limpam a si mesmas. É isto. Tudo incorporado. Eu acho que seria melhor não traduzirmos isso, é melhor não. É mais sobre o seio da Mãe. Porque os filhos estão preocupados com relação ao seio, então está descrito aqui, assim é melhor não traduzir. Não, não, não, melhor não. Vejam, isso foi escrito por pessoas como Markandeya, e eles descreveram a Mãe em detalhes. Eu não sei como eles perceberam a Mãe daquele jeito, vejam, porque eles são os filhos.

Vejam, então eles eram os filhos. Assim, os filhos sabem tudo sobre a Mãe em detalhes, então eles descreveram todo o nascimento. Há três dobras. A Mãe é… três dobras. É por isso que é chamada de… É muito constrangedor! Kamesha é… Ele é o Deus de todos os desejos. “Kama” é “desejo”. É por isso que Ele está situado no Coração. O pé é muito arqueado. Não posso usar sapatos modernos.

Eles tiraram uma fotografia, vocês estavam lá. mas uma das fotografias onde eles simplesmente viram as chamas saindo dos Meus Pés… Maha Shivaratri. Vejam, tudo isso está sendo dito porque ao dizer essas coisas, vocês estimulam esses poderes. Eles se sentem felizes, eles ficam muito animados. E não é nada especial para Mim, porque se isso é Meu, não é nada especial. Está simplesmente lá. Mas a pessoa tem que saber por que vocês obtêm a Realização tão rápido, porque deve ter algo especial em relação a Mim. Por que vocês obtiveram a Realização tão rapidamente? Eu pareço com vocês, Eu Me comporto como vocês, tudo é parecido com vocês. Mas há algo muito sutil nisso, que é muito dinâmico, e vocês precisam entender a natureza cósmica da Mãe.

É desse modo que isso explicará como todos vocês estão obtendo a Realização, como vocês estão dando a Realização aos outros. É por isso que todas essas descrições estão sendo dadas pelos profetas, que são pessoas de uma qualidade muito elevada, vejam. Eles são muito mais sutis, mas quanto mais sutil vocês crescerem, mais vocês compreenderão os Meus poderes e os seus próprios poderes também. Mas é uma compreensão tão recíproca, vejam. Como por exemplo, quanto mais vocês abrem os seus olhos, mais vocês veem a luz do sol. Do mesmo modo, isso acontece. Mas deve haver algo em relação a Mim, de modo que vocês estão obtendo a Realização, e esse algo está nessa descrição. Yogi: Eles dizem que a Deusa é tão grandiosa que até mesmo o Senhor Ganesha olha somente para os Pés Dela. Ele nunca olha para cima para ver a face Dela. Mas não os Sahaja Yogis, eles tudo bem.

Eles são perdoados. Eles estão destinados a isso mais do que quaisquer outras divindades, e eles são tratados desse jeito. Primeiro, com as crianças, vejam, as divindades também são muito, muito boas, muito, muito gentis. Elas sabem que as crianças estão em cena e elas devem ser cuidadas, e elas são, portanto, Minhas favoritas. Yogi diz que há uma outra descrição em que as unhas dos pés da Deusa não precisam ser cortadas, porque elas são aparadas pelas joias das coroas das divindades no momento em que Elas se curvam aos Pés Dela. É verdade, Eu raramente faço isso. Mas algumas vezes, Eu acho que Eu tenho que fazer, porque quando vocês se aproximam de Meus Pés — vocês não são Brahma, Vishnu, Maheshas — vocês não devem se ferir. Vejam, vocês não têm nenhuma coroa. Vejam, no momento certo. Mulheres casadas de Brighton.

Yogi: Saudações a Ela, cujo Deus está dentro do poder Dela. Imaginem só. Yogi: O significado disso é que uma pessoa só pode se aproximar do Absoluto através de Mataji. Este é o poder Dela. Vejam, mesmo o, mesmo dizer que o controle de Shiva, Sadashiva, está nas mãos da Mãe não é verdade, a esse ponto. Yogi: Mas a Senhora é a manifestação do poder Dele. É verdade, mas veja, o Meu amor é, a compaixão é muita, muito mais. Eu não sou furiosa. Mas se vocês se comportarem muito mal, então Ele fica furioso. Eu não sou capaz de controlar.

Então, Eu tenho que testemunhar a ira de Deus. Ele é compaixão, Ele é amor, Ele é inocência, tudo está presente, mas Ele fica furioso. Portanto, tomem cuidado com o que vocês querem fazer.