Mahashivaratri Puja: Shiva Tattva Dentro de Nós

New Delhi (India)

Feedback
Share

Mahashivaratri Puja, Delhi, Índia, 11.02.1983

Eu estou muito feliz que todos vocês tenham se acomodado… neste espaço pequeno. Quando há amor e compreensão, um espaço pequeno pode ocupar muitos corações. Mas quando não há… um coração grande, então seja o que for que a pessoa possa ter… nunca é o suficiente. Hoje, nós iremos venerar o Shiva Tattwa dentro de nós, o Princípio de Shiva. Ele é muito importante para todos os Sahaja Yogis, porque Shiva é o supremo que temos de alcançar. Shiva está representado em nosso Espírito, então tornar-se Shiva é o objetivo supremo de tudo mais. O resto disso é tudo criado, como o Vishnu Tattwa e Brahmadeva, somente para criar os seres humanos, evoluí-los e então por fim, levá-los a Shiva. Este é o supremo, o final. Mas… os seres humanos ficam tão envolvidos com os Tattwas de Brahmadeva… que até mesmo entrar no Vishnu Tattva é difícil. Eles ficam envolvidos com os cinco elementos que nos criaram, que é o ser mais externo dentro de nós. Todos os chakras têm o mais externo, podemos dizer, é apenas o vaso.

Mas o desejo de ser o Espírito… é de importância primordial na Sahaja Yoga. Então, nós temos de observar interiormente… através de nós mesmos como Sahaja Yogis: nós temos esse desejo plenamente? Ou nós ainda temos muitos desejos pairando em volta? Vejam, o maior problema é o do Nabhi Chakra, quer seja no Oriente ou no Ocidente Algumas pessoas ainda têm o forte desejo… pela busca mais baixa de comida, o que é muito surpreendente, mesmo na Sahaja Yoga, no Nabhi Chakra. Então, algumas pessoas ainda têm o sentimento de posse e dinheiro… em grande quantidade. E ele torna-se cada vez mais sutil, o desapego ainda não se desenvolve dentro delas. Isso torna-se mais sutil. Conforme você cresce mais sutilmente, o apego torna-se mais sutil e difícil de livrar-se, especialmente as pessoas que surgem como líderes… na Sahaja Yoga ou próximos à Sahaja Yoga… estão sempre sob ataque. Eles são atacados… talvez por seus maridos, esposas, irmãos, irmãs, filhos, por algo assim. E isso… torna as coisas piores, porque todos esses líderes que são atacados… tentam desagradar todas as divindades… por pequenas coisas aqui e ali.

O comportamento inteiro tem de ser compreendido… de que você tornou-se uma pessoa mais sutil… e está se elevando mais alto, então naturalmente as forças negativas irão atacá-lo. A linha de frente sempre está sob ataque, não a linha de trás. Portanto, aqueles que estão no front estão sempre sob ataque. E eles têm de tomar muito cuidado… em relação a como eles estão se comportando. Pois se há um indivíduo malicioso, ele se tornará malicioso, mas mais sutilmente malicioso. Ele não se tornará simplesmente o oposto. A malícia dele se tornará mais sutil. Se ele é um sujeito avarento, então ele se tornará avarento de uma forma mais sutil. Ou digamos, se ele é um sujeito orientado para o ego, então ele se torna orientado para o ego de uma forma mais sutil. Mas para livrar-se dessas coisas dentro de você, você tem de ir para o outro lado disso.

Por exemplo, se você é avarento, torne-se totalmente generoso, abra mão de tudo que você tem. Não fique calculando, não fale de dinheiro, não se preocupe com dinheiro. Se você for perdulário, muito condescendente, você deve ir para o oposto. A menos e até que você fique em sobreposição a isso, você não pode se livrar dessas coisas. Por exemplo, se você é um homem irascível, muito irascível, então torne-se tão moderado que se alguém bater em você, tudo bem. Tudo que uma pessoa disser, tudo bem. É desse modo que você se livra de seus hábitos… que se tornam cada vez mais sutis. Há uma outra forma de lidar com isso: ficando alerta. Quando você fica alerta, você começa a se observar… como uma pessoa separada com os hábitos que ela tem, e então você começa a compreender por que está se comportando assim, “Oh, eu compreendo, eu o conhecia antes, há dez anos,” “antes de minha Realização, eu conheço o senhor, você é desse jeito”, e então fique em sobreposição contra essa personalidade… e simplesmente a detone. Por exemplo, uma pessoa que é negativa, uma pessoa de canal esquerdo Seja o que for que você faça por essa pessoa, ela se tornará cada vez mais sutil.

De repente, se for uma garota, ela simplesmente começará a chorar por nada e sentindo-se infeliz. Se for um garoto, se ele pensa, analisa, ele se tornará um analisador da Sahaja Yoga, de uma forma mais sutil. Então o que eles devem fazer é ficar diante da fotografia e ver o reflexo, “este é aquele outro que morreu”. E simplesmente tente zombar disso ou grite, depende. Se é uma coisa agressiva, é melhor zombar, porque é estúpido. E se for uma pessoa que aceita agressão, então grite: “O que você pretende aceitando agressão desse jeito.” Todas essas coisas estão mantendo você longe da realidade. Seu ser tem de ser purificado. Somente com sua ajuda, Eu posso fazê-lo. Muitas pessoas dizem: “Mãe, a Senhora é Toda Poderosa.”

Tudo bem, Eu sou e posso fazer tudo. Mas a única coisa é que não posso sobrepujar sua liberdade. Isso é um fato. Eu não posso passar por cima de sua liberdade. E uma vez que Eu não posso transpor sua liberdade, você tem de transpor isso. Se em sua própria liberdade, você vier para dentro, então Eu lhe concederei todas as bênçãos. Mas se você quer ficar do lado de fora, Eu não sou Aquela que o coloca para dentro com uma pistola. Não, não é dessa forma que isso dará certo. Este é um obstáculo que os Sahaja Yogis devem conhecer: a cada momento você é livre, e mais livre, e o mais livre. Quanto mais livre você se torna, pior é sua situação no que se refere a enfrentar a negatividade.

Digamos que há quatro pessoas à sua volta. Elas serão atacadas primeiro. Naturalmente, você consegue compreender que a linha de frente… está sempre sob ataque, não o lado de trás. Embora de acordo com a regra, deveria ser o lado de trás, porque todas essas horríveis forças negativas deveriam vir de trás. Mas eles são muito espertos. Eles sabem que o lado de trás às vezes cai por eles mesmos, não há nenhuma necessidade de ir por esse lado. Eles tentam a linha de frente. E aqueles que pensam que estão em uma posição de liderança… e são responsáveis têm de tomar muito cuidado… em relação a como eles se comportam, como eles são responsáveis, como eles realizam isso. Se eles estão mantendo seus velhos hábitos em um nível mais sutil… ou estão apenas lutando contra isso, é muito importante. E é desse modo que inteligentemente você conseguem… lidar consigo mesmo.

Então, uma vez que você se torne desapegado, vá para longe de todas essas coisas, somente no nível mental. No nível espiritual, Eu tomarei conta de você. No nível mental, você deve chegar à conclusão lógica de que: “Eu tenho de lutar contra essa coisa insensata, tenho de estar alerta…” “em relação a essa insensatez que existe dentro de mim.” O Shiva Tattwa é inocente, ele é totalmente inocente. Ele é muito poderoso e extremante inocente. E o segredo para alcançar isso é somente agradar, apenas agradar. Se você agrada Shiva, então a pessoa pode ser um rakshasa… ou qualquer coisa, Ele concede todos os tipos de bênçãos. Mas para um rakshasa, Ele só pode conceder a bênção da longevidade, da vida longa. Mas para um santo, Ele concederá o estado de Satchitananda. Assim, mesmo que Ele conceda qualquer coisa a um rakshasa, a pessoa não deve fazer perguntas sobre isso.

Ele pode lhe dar longevidade, o que isso importa, mesmo que o sujeito viva por milhares de anos… e não ganhe nada a partir disso; ele nunca obterá a sua Realização. Assim para um santo, Ele dá esta longevidade eterna que vem através do Espírito. Essa é a bênção do Shiva Tattwa. Enquanto no Vishnu Tattwa, Ele concede a ascensão a um santo, e a luz da sabedoria… para ver e compreender tudo em consciência coletiva. e para um rakshasa, Ele dá a morte, Ele mata. Então, para pessoas que não são tão profundas, isso parece assim: por que Shiva deveria dar qualquer bênção de longevidade… para um rakshasa? Essas são as personalidades dessas diferentes divindades. Agora, por exemplo, se um rakshasa quer viver muito tempo, ele vai até Shiva, agrada-O louvando-O, cantando para Ele, pedindo-Lhe bênçãos, fazendo tapas para Ele, falando sobre a inocência de Shiva, ele consegue a longevidade. Às vezes, esses rakshasas estão melhores na Terra… do que no subconsciente, eles podem ser horríveis. Eles podem juntar mais bhoots para torturar os seres humanos.

Então, é melhor mantê-los na visão de Visnhu. Ele lida melhor com eles aqui do que ao enviá-los para o subconsciente. Mas o estilo de Shiva é bem diferente do estilo de Vishnu. Você tem de ter todos os tipos de estilos, porque vocês sabem que há muitas permutações e combinações… nos seres humanos. Se você tem um único estilo, o que você fará com o outro estilo de seres humanos? Assim, o estilo de Vishnu é este: se você está tentando ser estranho, Ele prega peças… e o corrige. Por exemplo um Sahaja Yoga – Ele não está tão interessado nas outras pessoas, mas sim nos Sahaja Yogis. Se um Sahaja Yogi tenta ser estranho, por exemplo, ele quer beber vinho, tudo bem, Ele diz: “Beba vinho.” Ele bebe o vinho e depois adoece, o carro dele cai em algum lugar, ou ele é insultado em algum lugar. Alguma coisa acontece a ele, ele é punido tão gravemente que ele diz: “Oh Deus, o que eu fiz?”

Esse é o Vishnu Tattwa. Mas Shiva é o oposto. Se você observar, o estilo de Shiva é este: se você beber, Ele simplesmente desaparece de seu coração. Você tem um ataque cardíaco e morre. Ele também mata. Um mata diretamente de uma forma indiscutível, Ele definitivamente mata; o outro ao retirar-Se. Se Shiva desaparece, como você pode existir? Essa é uma forma. A segunda forma é esta: aqueles que nascem com o Shiva Tattwa, como Sainath nasceu, Shirdi Sainath, ou pessoas assim, até mesmo as Devis às vezes podem fazer isto. Eles bebem todos os vinhos do mundo, todos os venenos do mundo., como Shiva fez.

Assim, quando Sainath descobriu que muitas pessoas… estavam fumando tabaco, Ele fumou todo o tabaco do mundo. Ele tentou fumar tudo em Maharashtra, de modo que ninguém o obteria. Este é o estilo de Shiva: engolir todo o veneno dentro de Si mesmo. E absorver todo o veneno dentro de Si mesmo. Ele pode lidar com as coisas mais difíceis. Assim o procedimento de um vem através do cérebro, porque o Virata está em nosso cérebro, age através do cérebro. Então Ele prega peças em você. E isso nos interessa porque podemos ver que Ele matou alguém. Então pensamos: “Muito bom Mãe, a Senhora puniu aquela pessoa.” Mas o Shiva Tattwa lhe causa problemas… que normalmente você não consegue ver, mas trabalha em um tempo curto assim.

Como problemas de coração… ou uma pessoa que tem um Shiva Tattwa muito pobre… pode ter todas as doenças incuráveis do mundo. Nesse ponto ninguém é morto, mas a cada minuto a pessoa está sofrendo. Essa é a forma pela qual Shiva corrige. Quando o Shiva Tattwa está despertado em nós, nossas prioridades mudam completamente. Eu vejo agora que aqueles que vieram, digamos, para Índia do Ocidente têm mudado bastante em suas prioridades, mas ainda assim não há tanta mudança como deveria haver. É claro, eles estão milhares de vezes melhores… do que seus compatriotas que não são almas realizadas. Mas ainda assim, o apego às coisas, o apego ao dinheiro é demasiado. Esse desapego tem de acontecer. As coisas não são corrigidas nas pessoas… e a vigilância não está presente. Para dar um exemplo bem grosseiro disso, Eu lhes contarei que um senhor veio e lhe foi falado para dar, digamos, 11 rupias para o puja.

Ele disse: “Por princípio, não é esperado darmos dinheiro.” Então, quero dizer, você está só pagando, mesmo por princípio, você está só pagando por sua comida e alojamento, não pelo puja. O outro lado disso é que eles não verão nem mesmo que… a Mãe está gastando muito por nós pelo que não estamos pagando. Não é tudo suprido. Como outro dia, Eu disse que as pessoas agora estão Me pedindo… para pagar por isso, então amanhã elas dirão para pagar pelos nossos aluguéis de casas. Era assim. Era uma tal condição que uma vez em Londres, quando Eu fundei o ashram, eles pediram todos os utensílios no ashram, Eu paguei o aluguel, paguei tudo. Por fim, eles disseram: Não temos uma tábua de passar roupa, por favor nos envie. Desde aquilo, não está tão ruim agora, quero dizer, é claro. Mas ainda assim, se eles tiverem de pagar cinco rupias pelo táxi, eles pensarão: “Oh, nós temos de pagar o táxi, a Mãe devia pagar.”

Mas se Eu tiver de pagar 7.000, 8.000 rupias para vocês irem para… Haridwar, tudo bem. Isso é bom. Isto ninguém quer descobrir: como a Mãe está pagando por nós. É surpreendente e isto Me perturba muito: qual é sua atitude… em relação a isso. O agrado deve ser feito de todo o coração. Por exemplo, se você quer comprar alguns presentes para seus amigos, ou qualquer coisa assim, você não se importa em gastar dinheiro com isso. Mas para o puja, você tem objeções. Para lavanderia, você costuma pagar sempre, quero dizer, Eu vi a conta da lavanderia, fiquei impressionada com o tanto de dinheiro que foi gasto. Mas 21 rupias, o princípio estava envolvido, imaginem. Observe isso.

Se você observar isso, você ficará chocado consigo mesmo. Isso mostra que apesar de tudo isso, vocês obtiveram a Realização. Vejam a generosidade. Isso é muito, muito, vejam, é muito grosseiro. Isso é muito grosseiro. Portanto, o desapego de toda essa vida grosseira deve ir longe. Mas um aldeão comum compreende melhor porque ele é inocente Ele é inocente. Porque vocês não são inocentes, é por isso que vocês veem tudo a partir de sua mente. Vocês pensam. Quanto pagamos, quanto custa isso, isso, aquilo, isso, aquilo.

Mas um aldeão inocente, mesmo que ele tenha quatro annas, ele gostaria de fazer alguma coisa, “Mãe, isso é tudo que eu arranjei.” Nós temos uma parábola na Bíblia. E isso é o que acontece. A pessoa deve ver que nosso desapego… começa no nível bem baixo do dinheiro. Você não precisa ter nenhum amigo, qual é a necessidade de dá-lo para alguns amigos? Para que são esses amigos? Exceto pelo Shiva Tattwa, qual outro amigo você precisa? Pense nisto: sem Deus, o que é sua vida? Portanto, o desapego deve começar. As prioridades devem mudar… e vocês devem saber que Deus é Aquele que é o seu Amigo, que é o seu Pai, que é sua Mãe, que deve ser venerado, não há nada mais.

Tana, mana, dhana, tudo é para Deus. É claro, Eu não quero nada de vocês, vocês sabem disso. Mas essa deve ser a atitude de uma pessoa. Então primeiro, essa atitude surge numa pessoa. É claro, na Sahaja Yoga, vocês têm uma grande vantagem, aqueles que desenvolveram essa atitude têm sido tão ajudados… materialmente que você percebe a prova disso imediatamente. A prova está lá e aqueles que não adotam esse tipo de coisa sofrem. Assim, a prova está lá. Eu devo lhes dar um exemplo de um… ourives. Eu tinha lhe dado algo para ser feito para o Puja. Muito ouro foi dado, tudo.

E ainda assim, estupidamente, ele tentou ganhar dinheiro com isso. E ele contraiu câncer e morreu. Eu não fiz nada. Mas Eu sabia que ele tinha ganhado dinheiro, Eu sabia de tudo aquilo. Eu sabia muitas coisas, Eu não disse nada para ele, nada, nunca, nunca nem mesmo mencionei. Ele contraiu câncer e morreu, ele não existe mais. Porque o Shiva Tattwa desapareceu. Aquilo era para o Puja, o dinheiro dos santos, alguma coisa devia ser feita e ele não devia ter feito aquilo. A prova está exatamente lá. Agora, aqueles que o conheciam, tomaram o maior susto: “Oh Deus,” “agora nunca mais acontecerá isso de nossa parte pelo menos.”

Mas aqueles que têm sido entregues em relação à parte que se refere… ao dinheiro deles também, não que Eu receba qualquer coisa deles, nem Eu quero nada de vocês. Mas, ainda assim, a atitude que Eu estou dizendo é diferente, eles saíram, ganharam dinheiro, estão muito ricos, estão prósperos, eles estão bem, eles obtêm muitas bênçãos, tudo. Isto é o primeiro Nabhi Chakra. Nós devemos começar isso colocando Shiva. Todo apego pode ser atacado pelo Shiva Tattwa, porque o Shiva Tattwa é brilhante como um diamante, brilhante. Cada faceta pode ser purificada de forma muito simples… através do nosso despertar da Kundalini… e através de nossa vigilância, e o que você pode ver depois disso é que há outros apegos que temos. Isso é amizades. sentimento de pena, amizades. Sentimentos de pena sempre vão para uma pessoa… que está em necessidade ou algo assim. Vocês não têm nenhuma pena, têm torturado muitas pessoas.

A outra maneira também poderia ser que você odeia muito alguém, você ama muito alguém, algum tipo de coisa assim. Então, o desapego surge em que você não odeia nem ama ninguém. Você deixa isso para Deus. Este é um tipo de desapego: você deixa isso para Deus. “Deus, por favor, essa é a Sua decisão.” Eu não irei julgar. A única coisa que Eu os julgo é por meio da Kundalini… e Eu desperto a Kundalini deles. Se isso dá certo, tudo bem; se não dá certo, tudo bem. Assim, nos desapegamos da responsabilidade de julgar os outros. O seu julgamento é somente por meio da Kundalini, se funcionar, tudo bem.

Mas você é exatamente como um barômetro, só isso, ou como uma máquina que cura. Você não fica envolvido nisso. Assim, esse envolvimento com vidas pessoais… ou com relacionamentos pessoais como mãe, irmã, irmão, todo tipo de insensatez deve ser retirado. Agora, por exemplo, se sua mãe não estiver bem, você deve simplesmente ir atrás dela… e certificar-se de que ela seja corrigida. Isso é muito importante, a mãe tem de estar bem. Se ela não ficar bem, então lhe diga: “Eu não comerei a comida oferecida por você”, pronto. Você tem suas vibrações, tudo bem. Diga-lhe: “É melhor você receber a Realização,” “senão eu não terei nada a ver com você.” “Apenas irei vê-la, falar com você e ir embora.” Mostre esse desapego para ela.

Seja forte. Você deve curar sua mãe. É muito importante, porque a mãe é uma parte da Sahaja Yoga, isso é muito importante. Mas muitas pessoas, Eu tenho visto, simplesmente não sabem como resistir. Você deve protestar, continue fazendo protestos um após o outro, porque essa é a melhor coisa que você está fazendo para sua mãe. O que mais você pode dar para ela? Qualquer coisa que você lhe dê, o mundo inteiro não tem nenhum significado, exceto corrigindo sua mãe para uma vida melhor, uma vida eterna, uma vida de Deus. Depois sua esposa, sua esposa é uma situação muito perigosa. Se sua esposa é negativa, ela seguirá colocando coisas em sua cabeça que terão efeito… em um momento estranho e você ficará impressionado ao ver como… você falou essas coisas sem pensar e disse essas coisas. Por que você deveria ter feito isso?

Por que você fez isso? Mas deve ser dito à esposa: “Você tem de se comportar,” “você tem de ficar bem, nada feito. E não há nenhuma concessão.” “Fique em outro quarto, eu ficarei em outro quarto.” “Você deve ficar bem. Eu não irei ajudar.” Porque isso é ainda mais perigoso, porque você sabe que se a mulher estiver bloqueada, então existem doenças muito sérias que se desenvolvem no Muladhara. Portanto você tem de ser rígido com sua esposa. Você deve induzi-la. Você deve lhe dizer: “Eu não comerei nenhuma comida que você me dê.”

“Eu não terei nada a ver com você, eu não falarei com você,” “simplesmente virei e dormirei em outro quarto.” “É melhor você não tocar minhas roupas.” “Se você não me ouve, então eu não tenho nada a ver com você.” “Eu sou seu marido.” “Seja qual for o dharma que eu siga, você deve me seguir.” “Se você não quer me ouvir, então eu não tenho nada a ver com você.” A esposa pode também fazer o mesmo com o marido. Gradualmente mostrando indiferença de uma maneira… que ele compreenda que isso não traz amor. É desse modo que as mulheres corrigiram os homens há muito tempo. Hoje em dia, é claro, as mulheres, se você lhes der alguma coisa, elas ficam satisfeitas.

Mesmo se houver uma amante, enquanto eles estiverem dando diamantes para a esposa, ela ficará bastante satisfeita com a amante. Ainda assim, na Índia isso não é aceito. Mas Eu tenho visto que no Ocidente ninguém se importa, se o marido tem dez amantes, não importa, enquanto ele estiver dando dinheiro, tudo bem, ninguém se importa com isso. Isso é muito estranho. Portanto, a relação com a esposa, a relação com a mãe, as relações com o marido, as relações com pessoas próximas devem ser corrigidas. Agora, os filhos devem ser protegidos. Vocês não devem permitir seus filhos encaminharem-se… para coisas erradas. Se estão fazendo coisas erradas, não estão vindo para a Sahaja Yoga, você é compelido pelo dever, você deve dizer: “Não lhe darei nenhum dinheiro, nada disso.” “Eu não olharei para sua cara, se vocês não adotarem a Sahaja Yoga.” O que mais você dará para seus filhos, a não ser Deus?

Vocês podem fazer isso. Todos podem fazer isso. Mas a pessoa deve saber que Eu não preciso fazer isso. Muitas pessoas dizem: “Mãe, Seu marido não é muito um Sahaja Yogi.” Tudo bem. Eu sei para onde trazê-lo, Eu sei quando trazer Minhas filhas, porque se eles estiverem dentro da Sahaja Yoga, tudo mundo teria dito: “Eles lançaram uma empresa familiar.” Enquanto eles estiverem fora disso, é uma ideia muito boa, especialmente na Índia. Assim, a melhor coisa é: se eles se opõem a Mim, Eu mantenho todos eles fora, Meus irmãos. Imaginem Meus próprios irmãos, Meus familiares, quero dizer, todos eles têm um enorme respeito por Mim, sem dúvida. Até mesmo Meus irmãos disseram: “Graças a Deus Você está ficando em meu quarto agora” “assim as vibrações serão muito boas para mim.”

“O que a Você acha de minhas vibrações?” Tudo ele diz, mas ele não é um Sahaja Yogi. Eu dei a Realização a todos eles, tudo está lá, mas eles não são Sahaja Yogis, independentemente disso. Senão, eles ficarão responsáveis pelo dinheiro. “Que dinheiro você tem?” “Agora, venha, este é o dinheiro que temos,” todos os problemas. Com todos esses parentes em volta, você não sabe. Alguém irá e dirá: “Shri Mataji disse isso.” “Oh, isso foi a filha de Shri Mataji que disse.” Torna-se assim.

Eu não quero todas essas pressões em Minha cabeça. Essa é a melhor maneira. Eu desejo que nossos políticos entendam isto: nunca tenha seus parentes em volta. Essa é a melhor maneira de administrar. Se você tem seus parentes em volta, então você nunca fará coisas corretas. Ou mesmo que você faça coisas corretas, seus parentes estragarão isso. Assim, todos aqueles que são Sahaja Yogis devem saber… que não devem tentar ajudar seus parentes… de uma forma que eles tirem vantagem da Sahaja Yoga. Por exemplo, se você é um Sahaja Yogi, então você traz sua mãe e a faz sentar-se diante de Mim. Primeiro corrija as vibrações dela, corrija-a e depois a traga. “Corrigir meu pai, corrigir minha mãe”… não é responsabilidade da Mãe, é sua responsabilidade.

Quando eles estão bem, então assim como vocês trazem flores para Mim, tragam seus parentes como um presente muito bom de sua família. Isso é uma coisa muito melhor do que… ser deste jeito em que Eu tenho de limpar. Se alguém é um Sahaja Yogi, todas as suas três gerações acima e abaixo, deste lado e daquele lado, têm de curar, isso é agir mal, como Malhotra Me fez fazer. Assim, a pessoa deve desapegar desses vínculos familiares… e desses desequilíbrios emocionais que temos, problemas emocionais que temos, pela compreensão de que… a única coisa que essas pessoas devem ter é a Sahaja Yoga. E algumas pessoas não devem estar na Sahaja Yoga como Eu disse, Meu próprio marido e Minha filha e Meus parentes, Eu os manterei fora. Todas essas pessoas, se há qualquer uma delas, vocês não devem também tê-las em nenhum lugar próximo… à Sahaja Yoga. Vocês devem ter discernimento para descobrir isso. Apesar disso, todos esses Meus parentes são pessoas… muito dhármicas, extremamente dhármicas, muito boas. Têm muito autorrespeito, eles obtiveram todas as qualidades, tudo. Estão prontos, mas eles não estão na Sahaja Yoga.

Assim, nenhum de vocês pode dizer que tal pessoa disse isso, alguém disse aquilo. Tem de ser a Mãe que tem de dizer. Esse desapego tem de surgir, isso leva tempo. Especialmente com os indianos. O tempo todo eles estão preocupados com seus filhos, mãe ou pai, continuamente, sem parar. Por anos consecutivamente, “meu filho, minha filha, meu filho, meu pai”, o tempo todo. Agora, graças a Deus, muitos se livraram de todas as suas responsabilidades de algum modo, através da Sahaja Yoga, ou seja o que for, então eles agora se estabilizaram, porque vocês têm sua própria responsabilidade. Portanto, esse desapego precisa ser trazido para aqueles… que estão vindo para a Sahaja Yoga, pois estamos aqui para obter as bênçãos da Sahaja Yoga. Nós seremos as bênçãos, com esse orgulho. Vocês devem estar na família, tudo bem.

Se você quer ter a Sahaja Yoga, você a tem. Mas não forçá-los na Sahaja yoga, mas você pode forçar a Sahaja Yoga neles, chegou o estagio em que você tem de falar sobre a Sahaja Yoga… para eles. No começo, Eu costumava dizer: “Não fale para eles.” Mas aqueles que são inúteis, se eles não devem ser trazidos para a Sahaja Yoga, diga-lhes: “Você não é bom para a Sahaja Yoga, é melhor não perguntar.” Então eles virão. Para algumas pessoas, você deve mostrar completa indiferença, você é despreparado, você é inútil, você é muito materialista. Então essa pessoa dirá: “Eu provarei que sou capaz.” Todos esses desapegos se estabelecem… e então os desapegos que estão no Nabhi Chakra se elevarão… ao seu lado emocional no seu Chakra do Coração. E depois você tem de ter o desapego até mesmo de um tipo… de coletividade que achamos que é coletividade. Eu chamo de “fraternidade de bhoots”, não de coletividade.

Sempre todos os Sahaja Yogis inúteis formarão um grupo… e eles terão uma oposição bem forte a tudo que é sensato. E eles terão sugestões para tudo. Não tem de haver nenhuma sugestão, de forma alguma. Não há nenhuma alternativa, porque Shiva é absoluto. Uma vez que está dito, está dito, você só faz e vê: isso é o melhor. Alternativas serão o segundo melhor ou o terceiro melhor… ou talvez inúteis. Mas não há nenhuma alternativa para o Shiva Tattwa. Eu darei um exemplo. Eu disse às pessoas de Delhi: “Organizem, digamos,” “um programa ao ar livre por sete dias com outras pessoas.” Isso era sensato porque Eu sabia que devia chover.

Tem de chover também. A chuva pode ser parada, mas devia chover em todos os outros vilarejos. Nós não podemos pará-la só por causa dos Sahaja Yogis. É claro, os Sahaja Yogis são importantes, então Eu disse: Deixe-os ficar com os outros Sahaja Yogis. Eles começaram uma alternativa, só pensando que eles não ficarão confortáveis. E, quero dizer, aquilo era bom, mas em um outro nível… é que eles não ficarão confortáveis com Sahaja Yogis, em outro nível. Mas tem de ser entendido que se a Mãe disse, isso deve ser feito, seja o que for. Mesmo se Ela disser: “Mate alguém”, você tem de matar. Guarde isso desse jeito, a esse ponto. Obedeça ao máximo, mesmo se Ela disser: “Você tem de morrer”, você deve morrer.

Se Ela disser: “Tudo bem,” “conte mentiras.” “Tudo bem, eu contarei mentiras”. Como Radhaji, Ela disse: “Quais são Minhas punyas?” “Quais são Meus papas? Eu sou esposa Dele. O que posso fazer?” “Seja o que for que Ele Me diga.” Isso é Shiva Tattwa. Quando Ele está despertado, Ele pelo menos reconhece Shiva em Mim. E Ele vê que isso é o Shiva Tattwa.

Ele compreende porque no Shiva Tattwa, você não comete nenhum pecado, você é sem pecado. Quando você é o Espírito, você é sem pecado, não há nenhum pecado em você. Vamos supor, de acordo com a compreensão humana, se Shiva deixa uma pessoa morrer, então isso é pecaminoso. Por que abandonar alguém? Isso é pecaminoso, não é? Para todos os propósitos comuns, a compreensão comum achará que… é pecaminoso para Shiva abandonar a pessoa e fazê-la morrer. Por exemplo, uma mulher morre, seus filhos são deixados para trás, então alguém pode culpar Shiva por isso: “Veja, agora Você foi embora…” “e essas crianças agora estão sem mãe nem pai”, ou algo assim. Porque Shiva é sem pecado. Seja o que for que Ele faça é sem pecado. Então, seja o que for que você faça é sem pecado, a ideia de pecado acaba… porque quem comete pecado é o ego de vocês.

O ego comete pecado. Mas se você não tem nenhum ego, não há nenhum pecado porque você não está fazendo nada. Você se mantém em akarma. Por exemplo, o sol está brilhando e ardendo, e alguém quer ficar no sol, então ele se queima. Isso não é culpa do sol, o sol está brilhando, Neste caso, esse é o trabalho do sol. Seja qual for o trabalho de Shiva, Ele o está fazendo. Ele não é pecaminoso. É nossa atitude mental que nos faz pensar: isto é pecado, isto não é pecado. Mas quando nós temos ego, estamos cometendo pecados. Se você perguntar a um tigre: “Você está cometendo um pecado porque está comendo uma vaca?”

Ele dirá: “Eu nunca soube o que era um pecado.” “eu não sei o que é pecado.” Isso é uma história sobre quando alguns missionários… estavam indo embora de uma vila. Então os aldeões, aldeões pobres e inocentes, eles se levantaram para agradecê-los. Eles disseram: “Graças a Deus,” “quando vocês vieram para cá, nos contaram que há pecado.” “Nós não sabíamos o que era pecado.” As pessoas inocentes, elas não sabem o que é o pecado. Porque o Espírito é inocente, Ele não tem nenhum pecado. Ele obedece à outra fonte de inocência. Portanto, não há nenhum pecado para uma pessoa que é o Espírito.

Para Shiva, não há nenhum pecado quer Ele queira dar… bênçãos a um rakshasa ou a um santo. Não há nenhum pecado para Ele, porque Ele é bholanath, Ele está além, Ele está além do pecado. Seja o que for que Ele faça, Ele está além do pecado porque o ego não pode envolvê-Lo. Não há nenhum ego. Por termos ego, nós cometemos pecados. Uma vez que o ego seja eliminado, não estamos mais lá, então quem comete pecados? Quando não estamos lá, quem está cometendo os pecados? Shiva não pode cometer pecados, assim nós somos o Shiva, portanto não podemos cometer pecados. Assim, todas essas ideias de dar alternativas no nível mental… também são erradas. Eu dou – qualquer coisa que Eu diga, imediatamente haverá dez sugestões.

Eu tento todos esses truques com vocês. Porque vocês estão acostumados com conferências. Então Eu disse: “Tudo bem, Subramanian,” “o que você tem a dizer sobre isso?” Porque, afinal de contas, o Sr. Subramanian está lá. Devemos lhe perguntar. Depois Eu pergunto a Venugopalan, depois perguntarei a, quero dizer, a Warren, a todas essas pessoas. Agora, o que vocês têm a dizer? E então eles dão as suas sugestões. Mas se você observar, na conferência de todas as Divindades, não há nenhuma sugestão, nenhuma sugestão, nenhuma alternativa. Nenhuma alternativa às ideias de sua Mãe, nada.

Absoluto. É absoluto. Ninguém dá nenhuma sugestão para Mim, nunca. Nenhuma pergunta. Eles não ouvirão vocês, eles não ouvirão ninguém. Não há nenhuma pergunta. Tamanha harmonia, completa obediência. E não somente isso, Eles são fixos em Suas qualidades. É Lhes falado: “Vocês têm de fazer isto”, Eles o farão. Essa é a diferença.

Eles tentam. Às vezes dá a impressão. Se Eu disser: “Tudo bem, vá por este caminho…” “e você encontrará o lugar”, mas você não encontrará. Então depois, você dirá: “Veja Mãe, a Senhora disse para ir por aqui e…” “foi por isso que fomos por este caminho e não encontramos a igreja.” Agora nesse ponto, não é que Eu estou dizendo que você encontrará… a igreja, Eu estou tentando ver o que você pensa. Estou lhes contando Meus próprios truques, tudo bem? Então tomem cuidado. Eu direi a todos vocês: “Vão por este caminho”, agora, vocês não encontraram a igreja, sinto muito. Eu não devia ter-lhes dito. Ou vocês não deviam ter ido por aquele caminho.

Mas isso não é verdade. Eu devo lhes dizer que isso não é verdade. O que Eu estou tentando ver é o que vocês estão dizendo sobre isso. Agora, se vocês forem inteligentes, vocês dirão: “Eu fui lá, não vi o lugar, mas vi alguma outra coisa. Mãe.” “Essa foi a razão pela qual a Senhora me enviou lá.” “Agora eu sei porque a Senhora me enviou lá.” É isso. Então Eu sei que ele é um Sahaja Yogi. Mas se você disser: “Eu fui lá porque pensei que encontraria essa coisa,” “mas não estava lá, e a Senhora me enviou, a Senhora me enviou.”

Acabou-se. Se você disser que a Senhora disse assim… e isso aconteceu ou Eu de fato disse, sem dúvida. Mas o que Eu disse era apenas para pregar uma peça em você. Porque uma das naturezas de sua Mãe é Mahamaya, então tenha cuidado. Como você reage, é muito importante para Mim ver até que ponto você foi. Essa é uma das maneiras pelas quais você é julgado. Mas para um aldeão, isso é uma coisa diferente, se você observar. Se Eu falar com ele: “Agora, se a Senhora quer que eu vá àquela aldeia,” “que eu pegue uma carroça, ou pegue o carro de bois dessa maneira”, ele pegará. Mas haverá uma vala, então eu farei isso. Então, ele dirá: “Mãe, me desculpe, havia uma vala,” “mas eu não pude evitar fazer isso.”

Portanto, ele assume a responsabilidade para si mesmo, assume a responsabilidade sobre tudo. “Porque a Senhora me pediu,” “então tive de ir por aquele caminho, mas eu poderia ter evitado isso,” “se eu estivesse que tomar cuidado.” Portanto essa é a diferença: não colocar responsabilidade. É uma natureza humana comum colocar a responsabilidade… em outra pessoa. “É melhor colocar a responsabilidade na Mãe”. Mas nisso, você perde todas as suas punyas. “Assim a responsabilidade é minha, eu devo ter cometido algum erro,” “eu devo ter cometido algum erro em algum lugar…” “ou talvez a Mãe queira que eu aprenda alguma coisa com isso.” A todo momento você faz algo, Eu lhe digo algo, isso é somente para você aprender alguma coisa. Eu não tenho de aprender nada. Se você pensa desta maneira: “Eu tenho de aprender alguma coisa agora”, então você tem de aprender algo.

E é isso que se você compreender, então um tipo de desapego… se desenvolverá em você e uma entrega. Você ficará impressionado ao ver que… ficará tão aliviado dessas dores de cabeça insensatas que você tem… e dos fardos que você carrega, se você compreender: “a brincadeira toda, o trabalho todo,” “o teatro todo é feito pela Mãe e eu estou apenas brincando nisso”. É tão simples. Isso deve ser percebido. Ser compreendido. E a alegria reside nisso. Não em julgar ou achar alternativas. Experimentem isso. Aqueles que têm experimentado isso, têm desfrutado muito. E tantas coisas, a cada minuto.

Eu lhes darei um exemplo disso. Eu lhes darei um exemplo de Gregoire, na última vez que fui à casa dele. Ele atormentou Minha vida por causa de sua esposa. Quando será o parto dela? Como será? Quem ficará com ela? De manhã até à noite, ele só tinha uma conversa. Tudo bem, Eu disse: “Algo será feito.” “Você pode hospedar essa senhora para apoiá-lo.” E depois, “Como irei para a Índia?”

Quero dizer, o “eu” era tão importante. Então ele não percebeu isso naquela época, ele achou que era muito importante fazer aquilo. Por fim, um pouco antes de ir, Eu lhe disse: Gregoire, você Me perturbou muito desta vez, mas tudo bem. Então ele disse: “Eu sinto muito.” Depois ele Me telefonou um dia dizendo: “Mãe, minha esposa está prestes a ter um aborto.” “Ela foi para o hospital, não há nenhuma chance.” Eu disse: “Esqueça isso. Volte para o hospital, ela ficará bem.” Ele foi ao hospital e disse: “É um milagre.” “Ela está perfeitamente bem, não há nenhum problema, ela está bem.”

Então isto veio em sua cabeça, conforme ele Me disse. “Oh, a Mãe está cuidando disto, por que eu deveria me preocupar?” “Por que eu deveria me preocupar?” Essa é a primeira coisa. Então, a criança nasceu antes do tempo. E ele veio a Mim. Então também Eu o convenci: “O que Eu digo, o que Eu faço, você sabe disto, que Eu cuido de você.” “Mas quando você assume a responsabilidade sobre si mesmo…” “e começa a pensar sobre isso, então Eu não posso ajudar.” Assim, apenas saibam: deixem isso para Deus. É tudo para o seu bem, para o seu hita (benefício).

Tudo é para o seu hita (benefício). Seja o que for, algumas vezes Eu tenho de gritar com vocês, algumas vezes Eu tenho de corrigi-los, algumas vezes Eu tenho de lhes dizer: “Não venha aqui.” Algumas pessoas que Me tocam podem Me dar sensações horríveis, então Eu digo: “Simplesmente não venha aqui.” “Não fique diante de Mim, saia daqui.” Isso os ajuda. Mas se eles ficarem lá, os bhoots nunca sairão, porque os bhoots querem Me perturbar. Assim, se vocês entenderem esse ponto, ficarão completamente desapegados… e saberão que para o nosso bem, para o nosso aperfeiçoamento, devemos manter a Mãe satisfeita e se nós fizermos essas coisas… desagradando-A, nós seremos aniquilados. Agora, para compreender isso, o que vocês precisam – não é idade, não é posição social, não são suas qualificações, nada disso – vocês precisam de uma mente sábia. Uma personalidade profunda. Eu tenho visto que pessoas muito jovens são tão sensatas; os pais delas são estúpidos, pessoas totalmente estúpidas.

Assim, você só precisa de uma personalidade sábia, profunda, para fazer isso e isso você deve tentar desenvolver. Isso surge somente fixando-se no Shiva Tattwa, que é uma coisa sólida, que é Shiva Achara. que não muda, é absoluto. Não é relativo, não é relativo de forma alguma. Não está relacionado com nada, é absoluto. Isso lhes dá a profundidade. Essa profundidade que é exigida para se estabilizar, para ir fundo. Shiva é o seu guru. Guru é aquele que lhes dá a gravidade para ir diretamente profundo nisso. [Marathi] Isso é muito importante.

E tudo isso, Eu espero que com o puja hoje nós tentaremos… estabelecer vocês neste grande princípio de Shiva. Permita que sua atenção, cada partícula da sua atenção seja preenchida, brilhe e regozije… através dessa bênção do Shiva Tattwa, Eu abençoo todos vocês.

Que Deus os abençoe.