MahaSahasrara Puja, O Começo de Uma Nova Era

Château de Mesnières, Rouen (France)

Feedback
Share

Sahasrara Puja Rouen, França, 05.05.1984

É maravilhoso para sua Mãe ver… tantos Sahaja Yogis belos reunidos juntos neste dia do Sahasrara.

Eu acho que a primeira era da Sahaja Yoga terminou agora, e uma nova era começou. Na primeira era da Sahaja Yoga, o ponto de partida foi a abertura do Sahasrara. E gradualmente – não está na Minha…, esse é o ponto, é…, assim está melhor – e gradualmente, movendo-se para a conclusão. Eu acho que há muitos que são grandes Sahaja Yogis hoje. É um processo muito natural de crescimento… que vocês têm atravessado. O primeiro ponto foi, podemos dizer, simplesmente o despertar da Kundalini e atravessar a área óssea da fontanela. Como vocês veem acima de sua cabeça estes bandhans, é desse modo que vocês também têm em sua cabeça, da mesma maneira. E vocês têm os chakras da mesma maneira integrados em seu Sahasrara. Assim, na primeira era da Sahaja Yoga, nós despertamos… as divindades nos chakras de vocês, na medula oblongata e também no cérebro. Mas agora, o momento chegou para expandirmos isso… em um nível horizontal.

E para mover isso em um nível horizontal, nós temos que entender como empreender isso. Como as sete cores do arco-íris, nós obtivemos as sete cores de luz destes centros, dos chakras. E quando começamos de trás, do Muladhara, trazendo até… este lado, no Agnya, então isso é colocado em uma ordem diferente, se você observar claramente. Eu quero dizer que no Sahasrara, por ser uma cobertura côncava, é importante compreender que o centro… da área óssea da fontanela corresponde ao nosso coração. Assim, o coração é o ponto principal, essencial para a segunda era agora. Espero que vocês compreendam o que Eu quero dizer. Assim, se você tiver que colocar sua atenção no Sahasrara, a primeira coisa que têm que fazer é colocar a atenção em seu coração. No Sahasrara, o Chakra do Coração e o próprio coração, o Atma, coincidem. Significa que Jagadamba torna-se unificada com o coração, que é o Atma. Então, nós vemos que aqui a yoga acontece.

Nesse momento, é muito importante compreender… que nós temos que dar um passo maior. O Sahasrara inteiro move-se deste modo, todos estes chakras lançam suas luzes deste modo, no sentido horário, e este eixo é o coração. Assim, a essência de todas as religiões, de todos os profetas, de todas as Encarnações é a compaixão, e ela está situada neste Chakra do Coração. Dessa forma, nós compreendemos que na segunda era agora, nós temos que ter compaixão. Agora é a manifestação da compaixão. Se Deus Todo-Poderoso não tivesse compaixão, Ele não teria criado este vasto universo. Na verdade, o Poder Dele, ou a Adi Shakti, é a corporificação de Sua compaixão. E essa compaixão gerou toda a evolução até o nível humano e até mesmo a emancipação de vocês como Sahaja Yogis. E a compaixão está sempre completamente coberta com o perdão. Então, vocês podem observar que a Trindade se encontra neste ponto.

O Filho de Deus é o Perdão, é a corporificação do perdão. Então, Deus Todo-Poderoso que é a Testemunha, a Mãe que é a Compaixão e o Filho que é o Perdão, todos Eles se encontram no Chakra do Coração, no Sahasrara. Agora, a pessoa deve aprender como aprimorar o Sahasrara. Vocês conhecem muito bem a Divindade que preside o Sahasrara. Agora, o lugar do Sahasrara está em sua cabeça, como vocês pensam que está, mas ele é exatamente o centro de todo o universo. Para desenvolver isso, vocês têm que colocar a atenção… em seu Chakra do Coração na área óssea da fontanela. Se vocês colocarem a atenção na área óssea da fontanela, então lá, vocês devem estabelecer a Divindade. Mas essa Divindade tem de ser estabelecida primeira no coração. Agora, vocês são pessoas muito afortunadas por terem a Divindade… em pessoa com vocês. As pessoas que obtiveram a Realização antes de Eu vir para esta Terra… tinham de imaginar as Divindades, e nessa imaginação, Elas nunca eram perfeitas.

Mas como eles dizem, no Sahasrara, Ela é Mahamaya, é desse modo que isso está descrito. Assim, se você também vê a pessoa, você talvez não conheça completamente essa pessoa… ou de uma forma perfeita ou de uma forma completa, porque Mahamaya Shakti é muito maior que a imaginação de vocês. É por isso que a pessoa tem de se entregar. Com sua imaginação limitada do cérebro, a pessoa não pode ver a Divindade. Também é dito que Ela é Bhakti Gamya: você pode conhecer através de bhakti, através da devoção. Portanto, a devoção tem de estar presente, mas a devoção tem de ser uma devoção muito pura, no sentido que não deve haver nenhuma malícia no coração. O coração deve ser puro. O coração, mantê-lo puro é muito difícil. Os seres humanos sempre têm uma compreensão relativa da realidade. Mas a realidade é absoluta.

Assim, para alcançar isso, a pessoa tem de se livrar de todos… os outros tipos de impurezas que estão dentro do coração. Então, no começo, nós tentamos alcançar nossa Realização, não com um coração muito puro. Naquela momento, nós tínhamos muitos apegos, nós estávamos identificados com coisas falsas. E também, nós pensamos que por obter a Realização, nós nós tornaríamos pessoas muito poderosas. Depois da Realização também, nós começamos a ser condescendentes com coisas insignificantes. Nós começamos a pedir favores para nossos parentes, amigos, mães, irmãs; e as mulheres pensavam em seus maridos e seus irmãos, filhos. Todos eles pediram bênçãos para todos aqueles com quem eles estavam envolvidos. Todos esse envolvimento, vocês superaram logo, Eu sei. Agora, o trabalho de um Avatar é tal… que Ele tem de satisfazer os desejos de Seus bhaktas. O trabalho de um Avatar é tal que Ele tem de satisfazer… os desejos de Seus bhaktas, de seus discípulos.

Por exemplo, os gopis pediram a Shri Krishna: “Nós queremos que o Senhor fique conosco,” “individualmente com cada um de nós.” Então Ele se dividiu em muitos Krishnas, e Ele ficou com cada um deles. Mas, esse foi um desejo muito divino, Eu acho; esse foi um desejo muito divino dos gopis. Mas quando vocês Me pedem para os seus irmãos, irmãs, mães, pais, Eu tento fazer isso, tudo que for possível. Também o kshema que vocês pediram, os ashrams que vocês pediram, todas as coisas que vocês precisavam, estavam presentes para que seu desejo fosse realizado. Assim, isso foi no nível de Krishna aquilo foi… “Yoga kshemam vahamyaham.” Então, o kshema foi cuidado no nível de Krishna, porque foi prometido. Mas e quanto a próxima nova era que tem de vir? Como vocês têm agora boas famílias, bons ashrams, bons empregos, todo mundo está feliz, vamos pensar na próxima era. A próxima era é da compaixão, como Eu lhes disse.

Mas alguns dos chakras ainda estão fracos em vocês. A luz que torna-se branca por causa das sete cores… pode obscurecer ou talvez estar deficiente. Assim, todos os chakras que estão dentro de nós devem ser cuidados. Deve-se colocar a atenção em cada chakra e expressar compaixão, o sentimento de compaixão nesses chakras. Agora, vamos tomar como exemplo o chakra de Shri Ganesha. Coloquem a atenção em Shri Ganesha… e estabeleçam-No através de seu pensamento – porque agora o seu pensamento é divino – no Muladhara Chakra, com grande respeito. Aqui agora, vocês têm que saber que na primeira era… da Sahaja Yoga, Eu não podia ter lhes falado dessas coisas de… Essa é uma ação muito mais sutil, um trabalho mais sutil. Agora, coloquem seu sentimento neste chakra. O chakra é o pradesha, é o país, e o rei é Shri Ganesha. E este é o país.

Agora, quando vocês colocam sua atenção neste chakra, coloquem seus sentimentos em relação a Ele, sentimento de amor e veneração por Ele, antes de mais nada. E depois, para manifestar compaixão, você tem de pedir nada mais do que isto: “Oh Deus da Inocência, dê inocência…” “a todas as pessoas do mundo.” Mas primeiro, vocês têm que ser inocentes para pedir isso, senão é um pedido não autorizado ou vocês podem dizer, vocês não têm nenhum direito de pedir. Assim, para compreender a inocência, você deve tentar compreender a si mesmo, como sua mente está trabalhando. Quando você, por exemplo, olha para alguém, você sente que… deve apoderar-se daquela pessoa? Você se sente indevidamente atraído? Ou algum sentimento vulgar vem em sua mente? Para uma pessoa inocente, quando ela vê uma pessoa bonita ou uma mulher, ou um cenário bonito ou uma bela criação, a primeira coisa que deve acontecer é que ela fica sem pensamentos, não há nenhum pensamento. Então, se não há nenhum pensamento, é impossível ter qualquer expressão de possessividade… ou qualquer tipo de sentimento mais baixo. Mas se você orar para Shri Ganesha, também desautorizado, um pouco: “Por favor, torna-me inocente,” “de modo que eu tenha permissão para Lhe pedir essa bênção,” “de forma que onde quer que eu vá, eu me torne a fonte de inocência.”

“De modo que eu emita inocência: quando as pessoas olharem para mim,” “elas sintam que eu sou inocente.” Isso é compaixão, a compaixão para pedir a Ele para lhe dar o próprio poder de compaixão. De modo que vocês veem aqui estes belos centros, como se a luz começasse a mover-se horizontalmente, ela começa a mover-se no sistema nervoso simpático. Então, você se torna a poderosa inocência. Você não se torna estúpido ou infantil, mas você se torna como uma criança. O comportamento todo é extremamente digno e inocente. Normalmente, se você encontra um individuo que é digno, normalmente ele não é uma pessoa inocente, porque ele monta um espetáculo – propositalmente ele torna-se sério e mostra que ele é muito digno, para impressionar os outros. E uma criança não monta um show de inocência, de dignidade ou de qualquer coisa, porque a criança não está consciente de ações intencionais. Mas vocês desenvolvem essa rara combinação de dignidade inocente. Agora, a outra qualidade de Shri Ganesha começa… a se expressar no nível horizontal, de modo que você se torna com discernimento.

Mas isso é um poder, Eu estou dizendo novamente, você desenvolve o poder do discernimento. Agora, a pessoa deve compreender a diferença entre… o poder do discernimento e o próprio discernimento. Assim, “o poder” significa que ele atua. Por exemplo, você pode não falar, mas se você está em pé em algum lugar, o próprio discernimento atuará na situação. Por exemplo um Sahaja Yogi, vamos supor que seja um bom Sahaja Yogi, ele está viajando em um trem e acontece um acidente com o trem – na maioria das vezes, não acontecerá, mas acontece – ninguém morrerá. Então você estabelece o discernimento que é o próprio poder, que atua por si mesmo. Você não tem de dizer que você atua, ele atua, mas você simplesmente torna-se o veículo, um belo veículo puro desse discernimento. Então, você deve acreditar, agora você está expandindo horizontalmente. Na primeira era da Sahaja Yoga, vocês precisavam Me ver em pessoa. Vocês precisavam Me ver em pessoa.

Como dizemos em Sânscrito, um “dhyeya”, é “o objetivo”. Vocês queriam “o objetivo” diante de vocês. Mas veja, não há nenhuma palavra equivalente em inglês. Dhyeya, seja o que for que deva ser alcançado. Porque não há nenhuma palavra equivalente em inglês, o que fazer? Então, agora você queria isso o tempo todo… e vocês se sentia feliz, seguro, contente… quando você tinha isso em pessoa diante de você. Então, na segunda era, agora, você não desejará tanto que a Mãe esteja presente, vocês assumirão o comando de Minha parte. Esse é o desejo divino sobre o qual Eu estou lhes dizendo. E vocês têm que trabalhar nisso de hoje em diante. Eu estou com vocês, vocês sabem disso, mas não precisa ser neste corpo, porque Eu não sei se Eu existo neste corpo ou não.

Mas uma vez que esse desejo comece a atuar, vocês verão grandes milagres acontecendo. Quando a criança nasce, automaticamente a mãe tem leite. Assim, a natureza é tão conectada com a coisa toda. Em seu desejo divino também, ela está conectada. E isso é muito evidente quando você é uma pessoa divina. Então, talvez você Me encontre em qualquer lugar. Você está andando na rua, de repente, você pode encontrar Mataji andando com você. Assim, essa é a segunda era que começamos, e vocês não devem ficar chocados… se vocês Me virem sentada em sua cama e colocando Minha mão em sua cabeça. Ou vocês podem Me ver na forma de Cristo andando em sua sala, ou como Shri Rama. Isso tem de acontecer, então vocês devem estar preparados.

Tantos milagres já aconteceram a vocês, mas em um nível mais grosseiro. Nós temos visto a luz surgindo em Minha cabeça… e as fotografias têm mostrado alguns milagres para vocês. Mas muitas coisas acontecerão: vocês verão algo que nunca poderiam imaginar. Isso tem de acontecer, apenas para convencê-los… de que vocês alcançaram uma certa altura da sua evolução na nova área de PrAgnyalok. Porque esse é um novo estado no qual agora vocês estarão entrando, em uma base horizontal. Nesta área, vocês desistirão de pedir coisas grosseiras… e também de pedir qualquer coisa mais sutil, qualquer coisa que seja sutil. Os pedidos desaparecerão, e esse é o momento que vocês se tornarão muito poderosos. Seja o que for que Eu diga acontece, como vocês sabem. A única coisa é que Eu não posso ordená-los para serem evoluídos. O trabalho da Kundalini em vocês tem sido feito, bastante.

Agora, o novo trabalho da compaixão, de espalhá-la para os outros tem de ser feito por vocês. Assim conforme a luz torna-se cada vez mais brilhante, a área que ela cobre torna-se cada vez maior. Então, vocês se tornam os doadores de compaixão. Em Minha última palestra, que vocês já ouviram, Eu lhes pedi para fazer tapah. Oh, entendo, sinto muito. Tudo bem. Com uma mente completamente entregue, vocês têm de passar… pela peregrinação, digamos, deste castelo. Esse é um dos lampejos de tapah… que vocês têm que percorrer, porque Me contaram… que alguns de vocês tiveram de passar por pequenas dificuldades… e vocês sofreram um pouco em seu caminho para a peregrinação. Mas é divertido ser ousado e entrar em lugares… onde os demônios não ousam ir. Diversão: nenhuma palavra equivalente.

Eles nunca têm diversão. Vamos ver, isso é triste. E se você souber como se divertir com os assim chamados… desconfortos, então você deve saber que você está nas luzes corretas. E a medida que você começa a ter discernimento automaticamente, você deve saber que você está progredindo bem. A medida que você se torna mais calmo e a sua raiva… se dissipa no ar assim que você vê alguém… o atacando, então saiba que você está progredindo bem. Assim que você ver uma provação ou uma calamidade caindo sobre… a pessoa e você não fica preocupado com isso, então saiba que você está progredindo. Nenhum grau… Quando nenhum grau de artificialidade puder impressioná-lo, então saiba que você está progredindo. Nenhum bem-estar material dos outros… o faz ficar triste, nunca mais triste, então saiba que você está progredindo bem. Nenhuma quantidade… de trabalho ou… de problemas são suficientes para uma pessoa tornar-se um Sahaja Yogi. O que quer que você tente, a pessoa não pode tornar-se um Sahaja Yogi, enquanto vocês obtiveram isso sem nenhum esforço.

Então, vocês são especiais. Assim, uma vez que você entenda que você é especial, você se tornará humilde em relação a isso. Então, quando isso acontece a você, você torna-se humilde… quando vê que alcançou algo, que você tem alguns poderes, que você está emitindo inocência, que você tem discernimento, e como resultado disso, você se torna mais compassivo, uma personalidade mais humilde, uma personalidade mais gentil, então você deve acreditar que você está no coração de sua Mãe. Essa é que é a marca do novo Sahaja Yogi agora… na nova era, que tem de se mover com uma nova força. Em que você crescerá tão rápido que sem meditação, você estará em meditação; sem estar em Minha presença, você estará em Minha presença; sem pedir, você será abençoado pelo seu Pai. É isso que espera vocês. E novamente, Eu dou as boas-vindas a vocês a esta nova era hoje, neste grande dia do Sahasrara. Que Deus abençoe a todos.