Programa Público, Search Something Higher

(England)


Send Feedback
Share

Programa Público em Bath, Inglaterra, 07.08.1984 Eu Me inclino a todos os buscadores da verdade.

É um grande prazer vir a esta cidade antiga de Bath. Os romanos que viveram aqui estão tão mudados hoje, que é impossível localizar os romanos que viveram aqui. A vida tem mudado nestes tempos modernos… em uma amplitude muito grande e as ideias sobre a vida… também mudaram muito. Como a sociedade tem evoluído, nós alcançamos um ponto onde começamos a pensar: “O que vem em seguida?” Como se o que os romanos queriam, o poder – nós gostamos disso agora, então eles queriam ter dinheiro, bens – nós gostamos de tudo isso, e temos visto a insensatez disso. E agora, além disso, nós estamos buscando… algo mais, algo que ainda não é conhecido. Mas há um sentimento de que nós temos de buscar algo… maior, mais elevado, algo que seja absoluto. Essa categoria especial existe hoje aos milhares, aos milhões, Eu diria, por todo o mundo. E isso Eu chamo de “tempo do florescimento”, quando milhares devem se tornar os frutos. E uma época especial, uma época muito, muito especial mencionada… em todas as escrituras como o “tempo da ressurreição”, ou o “tempo do julgamento”, ou Krita Yuga nas escrituras indianas. Está claramente escrito sobre a Krita Yuga nas escrituras indianas, que nessa época, as pessoas terão conexão com o Divino – sakshat.

Elas obterão a Realização, que eles chamam de “atma sakshatkar” e tudo será feito, terminado e completado. Esse é o modo como eles explicaram estes tempos modernos. Mas por outro lado, o tempo moderno é um tempo de completa confusão, de completa relatividade, onde as pessoas realmente não sabem… o que fazer com elas mesmas. O sistema de valores, que era muito primitivo no princípio, tornou-se um tanto rígido, por causa de muitos limites… para o movimento da vida, o movimento da mente. E então, eles começaram a romper tanto os limites… que eles perderam todos os modelos e formas. Tivemos tanta mistura dessas cores, que é difícil reconhecer o que era um ser humano, o que ele é e o que ele vai ser. A questão que está diante de nós é esta: nós nascemos nesta Terra para viver, ter nossa comida, algumas garantias e… ter alguns filhos, netos e depois morrer? É algo como a vida dos animais, não é? O que é tão grandioso tornar-se um ser humano? Assim, nós entendemos uma coisa, que os seres humanos têm capacidade de fazer algo, algo grandioso para o coletivo, para as pessoas que estão em volta deles, para a sociedade na qual eles vivem.

E isso por si mesmo… tem nos dado a ascensão dentro de nós para esse despertar, pois nós temos de descobrir uma maneira e um método… pelos quais nós façamos coisas para o coletivo, para o resto do mundo. É muito, muito evidente… essa consciência de que não podemos viver sozinhos, deve haver algum tipo de conexão com o todo, e nós devemos descobrir essa conexão através da qual nós podemos realmente espalhar a bondade, a virtuosidade, a bem-aventurança da paz. Agora, a coisa principal é que… quando começamos a fazer qualquer trabalho assim, ou qualquer trabalho social… ou qualquer trabalho benéfico para o coletivo, nós desenvolvemos um tipo de ego dentro de nós mesmos. É uma coisa muito comum. Por exemplo, Eu fui presidente de uma organização na Índia, chamada “Presidente dos Cegos”. E quando elas quiseram convidar o governador, senhoras proeminentes, de famílias de alta categoria – elas tiveram um grande discussão entre elas mesmas: “Quem irá sentar-se perto do governador?” Eu fiquei muito impressionada com elas. Eu disse: “Por vocês estarem diante do cego…” “e o cego não pode distinguir um governador de uma outra pessoa,” “o que há para brigar sobre…” “quem irá sentar-se próximo ao governador?” E isso foi tão surpreendente, a briga ficou tão séria… que não se podia achar nenhuma solução. Então Eu usei um pouco de humor ao dizer: “Tudo bem, o que faremos é colocar uma tábua grande…” “em cima da cabeça do governador,” “e alguns podem se sentar como pardais de um lado” “e alguns podem se sentar do outro lado.” E somente com esse tipo de humor, Eu consegui neutralizar… as ideias delas, porque mesmo quando elas são muito educadas, bem posicionados na vida, pessoas muito prósperas… e querem ajudar os outros, porque elas acham que… devemos ajudar os pobres, as pessoas que precisam de nosso dinheiro… ou, talvez, de nossa orientação, e elas aparecem, doam o tempo delas, dinheiro e tudo isso, e elas acabam sendo tão estúpidas a respeito desse trabalho social. Assim, chega a isto: quando nós tentamos ajudar alguém, na verdade, o que nós fazemos é ajudar a nós mesmos. Porque não conseguimos suportar isso dentro de nós, é por isso que nós estamos tentando ajudar uma outra pessoa.

Mas o problema é que a consciência disso não está presente, e é por isso que as pessoas sofrem ou do ego… ou de algum tipo de condicionamento… quando elas se aproximam de uma outra sociedade. Como qualquer sociedade, tome isso agora… por exemplo, Eu estou agora na ociedade britânica, podemos dizer, ou na sociedade inglesa. Quando Eu venho aqui, imediatamente você tem de se ajustar… a essa sociedade. Por exemplo, Eu uso este sinal vermelho. Então todo mundo rirá de você, zombará de você. Então você começará a se perguntar: “O que é isto?” E você simplesmente esfregará isto até sair, porque você achará que… algo estranho está acontecendo. Por exemplo, se você for à Índia e colocar batom… nos vilarejos, as pessoas dirão: “Qual é o problema com essa senhora? Por que ela está colocando batom?” Não se espera que se coloque batom lá. Assim então, todo mundo rirá e verá que isso… é algo engraçado que ela está fazendo, e ela tentará então se ajustar às exigências deles, e é desse modo que entramos em nossos condicionamentos. Assim, quando você está lidando com a sociedade, ou você desenvolve seu ego, ou você desenvolve seu superego… ou seus condicionamentos.

Então, qual é problema? Por que nós desenvolvemos essas coisas? Nós não deveríamos. Nós devemos permanecer em… nosso direito, devemos permanecer como somos, e devemos observar o mundo inteiro como uma testemunha. Assim, o problema é este: quando você lida com a sociedade, você deve saber que você é parte integrante do todo, e que cada um que você vê, quer seja inglês, indiano… ou árabe, são todos partes integrantes de… um único grande Ser chamado Deus Todo-Poderoso. E quando essas partes não estão despertadas, então eles acham que eles são separados… e lutam entre eles mesmos, ou eles condicionam uns aos outros ou provocam o ego, e assim isso continua. Mas quando eles estão conscientes a respeito dessa coletividade, de que eles são partes integrantes do todo, eles tornam-se unificados, eles começam a se mover em harmonia. Como a experiência com gás hélio. Eles descobriram que… quando você começa a reduzir a temperatura do gás hélio, todas a moléculas que estavam lutando com o calor, simplesmente se acalmam, e elas tornam-se tão coletivas… que o movimento delas e tudo mais… vai na mesma direção, como os pássaros, eles se movem de acordo com o líder, da mesma maneira, o movimento começa. Este acontecimento tem de se estabelecer dentro de nós… quando falamos que temos de ter paz neste mundo, nós temos de ter todas as melhores coisas e que as pessoas devem viver pacificamente e felizes.

Isto é o que temos de saber: os seres humanos, o modo como eles são, exige uma transformação. A menos e até que eles se transformem nessa… nova consciência da coletividade, eles não podem se ajustar à s ociedade, a uma outra pessoa. Também, você verá que ao encontrar um amigo, você diz “ele é meu amigo”, ou você diz “ele é meu irmão” ou “ela é minha irmã”, esse negócio de “meu” começa a surgir, e você começa a achar que isso é um relacionamento muito próximo. Mas, de repente, você descobre: “Não, ele é meu inimigo.” E então, vocês podem se tornar tão inimigos, de maneira que você não acredita que vocês já foram amigos, e você também exporá uma outra pessoa… a tal ponto que você ficará surpreso consigo mesmo. Isso acontece conosco, porque nós não sabemos… sobre a pessoa com quem temos amizade, que ele também é parte integrante do todo, e nós temos de despertar isso nele, essa consciência, de modo que ele compreenda… que somos todos partes integrantes do todo. Agora, dentro de nós encontra-se o poder… para nos tornar coletivamente consciente. E esse poder está situado no osso triangular… chamado osso sacro, que nós conhecemos como Kundalini. Mas na Bíblia, Ela está descrita como o Espírito Santo. Agora, este Espírito Santo que conhecemos na Bíblia… é muito ambíguo para muitas pessoas, porque não está claramente descrito o que este Espírito Santo é. E Eu perguntei a um padre, Eu disse: “O que você quer dizer com Espírito Santo?” Então ele disse: “Eu sou agnóstico.” Então Eu lhe perguntei: “Então, o que você está fazendo lá?” “Se você é agnóstico, se você não acredita nisso,” “então o que você está fazendo lá?” Ele disse: “Eu estou fazendo o meu trabalho.” Assim, a coisa toda resume-se a um emprego para eles, quando eles não conseguem explicar isso. Mas isso pode ser claramente explicado: esse é o Poder da Mãe Primordial.

Nós temos o Pai e nós temos o Filho, mas e quanto à Mãe? Você já ouviu falar de um pai e um filho sem a mãe? Assim, esta é a Mãe Primordial que é o Espírito Santo, e Ela é Aquela que está refletida dentro de nós como a Kundalini… no osso triangular. Agora, esse osso triangular é muito importante, porque ele foi… chamado pelos gregos de “sacrum”, significando “sagrado”. Então, eles sabiam disso, que há algo sagrado repousando… neste lugar, que é um poder, ou talvez, eles sabiam que era o Espirito Santo. Seja o que for, eles sabiam, porque eles o chamaram de “osso sacro”. Agora, dentro de nós, há sete centros, como Eu lhes expliquei ontem em Bristol, nós temos sete centros dentro de nós que são centros sutis. Agora, estes centros existem dentro de nós. Mas vocês podem Me perguntar: “Mãe, por que deveríamos acreditar?” Ah, vocês não devem, vocês não devem acreditar em Mim, mas aceitem isso cientificamente como uma hipótese. E se Eu provar isso para vocês, então vocês saberão… que o que Eu estou dizendo é verdade.

Assim, estes centros residem dentro de nós, e estes centros na parte externa se expressam, se manifestam de formas grosseiras em diferentes plexos, os quais os médicos conhecem. Agora, estes centros existem e u m ponto muito mais sutil, como por exemplo, o primeiro centro, como Eu lhes disse, é o centro da inocência. O segundo é o centro de nossa criatividade. O terceiro é o centro de nossa busca. Nós buscamos comida, depois nós buscamos abrigo, depois nós buscamos dinheiro, bens, poder, amor, tudo isso surge através deste centro, que se manifesta… externamente como o plexo solar. Acima deste, está o centro do – nós o chamamos de Centro da Mãe, porque este centro é o que lhes dá a proteção. Este centro tem uma especialidade: debaixo, situa-se o osso esterno. E no osso esterno, até você ter por volta de 12 anos de idade, os anticorpos são criados. Eles são como os soldados da Mãe e esses soldados estão disponíveis no osso esterno, e o osso esterno é o responsável por esses soldados por toda a parte. Agora, quando há um ataque ou quando há algo que os assusta, de repente, o osso esterno começa a pulsar.

Quando ele começa a pulsar ou a mover-se, então como resultado… desse acontecimento, os anticorpos recebem a informação, similar a como vocês recebem informação através do éter, vocês não veem o éter, mas vocês podem receber informação, da mesma maneira, eles são como rádios e recebem a informação, e eles começam a atacar, a atacar qualquer coisa… que esteja tentando perturbar a pessoa. Depois, acima deste está o centro que chamamos aqui… de Vishuddhi Chakra. É o centro em que os seres humanos… ergueram a cabeça deles para cima. Este é o centro que nos tornou seres humanos, e deste centro somente, origina-se o ego e o superego, porque este é o centro da coletividade. Por falarmos através deste centro, nós conversamos através dele, temos relacionamento com outras pessoas através dele, e como uma reação a isso, o ego e o superego… são construídos dentro de nós. Quando isso é construído dentro de nós, nos tornamos uma personalidade: “eu sou alguém, ele é alguém, você é alguém”, neste ponto, nós nos tornamos… uma pessoa que tem a consciência do “eu-ismo”. Assim então, Eu direi: “ Eu gosto disto, Eu quero isto.” Por exemplo, Eu direi: “Eu sou indiana”, você dirá: “Eu sou inglês.” Todas essas identificações erradas começam porque você se torna… um indivíduo que tenta se identificar com muitas coisas. É desse modo que nos tornamos s eparados deste Poder. Essa é a liberdade que temos, onde nós temos de… aprender por nós mesmos a partir de nossos erros e tentativas… o que é certo e o que é errado. Depois, acima deste, situa-se o centro aqui que é o de Cristo.

Esta é a janela de Cristo, Eu devo dizer. Mas este centro é muito importante, porque este centro… controla estas duas instâncias psíquicas do ego e superego. É por isso que Eu disse que Cristo morreu por nossos pecados. Quando você desperta Cristo neste centro, então Ele absorve… estas duas instâncias psíquicas ou estas duas estruturas como balões. Ele absorve, de modo que nossos karmas, sobre os quais é falado… que nós fizemos karmas ruins e fizemos isso e aquilo, tudo isso entra nele, e nossos pecados e… condicionamentos são todos absorvidos. E nós entramos no Reino de Deus, que é a área límbica na terminologia médica. Mas a partir daqui, você tem de atravessar. E atravessar isso é a destinação, é a destinação através da qual você tem de se revelar, e está localizado na área óssea da fontanela, onde você obtém o seu batismo. Mas o batismo, como Eu lhes disse ontem, é apenas um exercício artificial. O verdadeiro batismo é quando o Espírito Santo se eleva e… você começa realmente sentir a brisa fresca no topo da sua cabeça.

Isso é um milagre. É! Não é correto não acreditar em milagres. Você deve se manter aberto. Mesmo que você seja um intelectual, você deve ser honesto em relação a isso, se você não soube de um milagre, isso não significa… que não há milagres e que milagres não acontecem. Mas, mantenha o ponto de vista de um cientista que observa, que quer ver por si mesmo se isso é assim. Agora, esse milagre acontece quando a Kundalini se eleva, atravessa todos estes centros e atravessa aqui. Agora, como esses centros são construídos, nós devemos também ver isso claramente. Nós temos em nosso corpo um sistema nervoso autônomo. “Auto” é uma palavra que significa “si mesmo”.

Mas quem é esse “Si”? Quem é este “auto”? Os médicos não sabem sobre isso, eles apenas deram um nome, “autônomo”. Agora, este sistema autônomo tem dois sistemas: um é o simpático, o outro é o parassimpático. Agora, nós usamos o sistema simpático… quando estamos em uma emergência, porque supondo que estejamos correndo muito rápido, então o sistema simpático entra em ação… e você fica com um batimento c ardíaco muito forte. Também, a batida do coração é mais rápida do que o normal. Isso é feito pela atividade do sistema simpático. Você sempre pode aumentar a taxa de seu batimento cardíaco, mas ela reduz automaticamente. Como? Isso é feito pelo sistema parassimpático, que está no centro.

Agora, estes três canais, como vocês veem, são os canais, no lado esquerdo é o canal simpático no lado esquerdo, mas é um canal sutil que se expressa externamente… como o sistema simpático no lado esquerdo. Então, o lado direito é o sistema simpático do lado direito, e no centro, está o sistema nervoso parassimpático, que também é responsável pelo nosso processo evolutivo. Assim, nós evoluímos até o estágio humano. Isso não é o fim, porque se fosse o fim, nós teríamos conhecido tudo. Mas nós não conhecemos tudo. Nós temos de saltar para uma outra consciência, que Cristo descreveu, o segundo nascimento, mas não da carne, não trocando roupas… ou fazendo alguma coisa externa, mas é um acontecimento dentro de você que o transforma em algo. Você transforma-se em algo. É uma questão de transformar-se. Não é tornar-se apenas um membro de algum grupo… ou dizer: “Tudo bem, eu pertenço a esse grupo” ou… “eu uso este de tipo roupa; eu faço este tipo de coisa.” Não é dessa maneira. É um acontecimento verdadeiro que se estabelece dentro de você, e isso o torna uma alma realizada.

Se você tem de se transformar em algo, se isso tem de acontecer dentro de você, então isso é o que devemos chamar de verdade genuína. Isso tem de ser sentido no sistema nervoso central, assim como você tornou-se um ser humano. Você pode perceber a sujeira e a imundície, você pode ver as cores, você pode ver os padrões bonitos, tudo, porque você é um ser humano. Mas para um cachorro, não importa se está sujo, imundo, ele não sente o cheiro disso. Assim, da mesma maneira, quando você tem de se tornar algo mais elevado, então isso deve ser sentido em seu sistema nervoso central. Não é somente uma projeção mental, dizer: “Oh, eu acredito nisso, eu acredito naquilo,” “eu não acredito naquilo.” Não é dessa maneira de forma alguma. Isso deve ser sentido no seu sistema nervoso central, você deve sentir isso nas pontas de seus dedos. E o modo como você sente isso é muito espontâneo, porque é um processo vivo. Não é de forma alguma difícil, não é de forma alguma desafiador. Está tudo formado dentro de você, é extremamente simples.

Você é como uma semente, e uma vez que você seja plantado na Mãe Terra, você brota espontaneamente. É um acontecimento tão espontâneo… que é difícil para os seres humanos acreditarem… que você pode fazer isso sem nenhum esforço, ou que você não pode pagar por isso. Isso é para os seres humanos uma situação impossível: “Como você pode obter algo sem pagar?” Mas nós obtemos tantas coisas sem pagar, e se esse é o epítome de sua evolução, você não pagou por sua evolução até agora, então por que você deveria pagar por isso? E não deve haver nenhum esforço. “Sahaja Yoga” significa “união espontânea com o Divino.” “Saha” é “com”, “ja” é “nascido”, isto é, espontâneo, nascido com você. Todo mundo tem o direito de ter essa união com o Divino. Um outro significado da palavra Divino é… o Poder de Deus que é Onipresente, que faz todo o trabalho vivo, como a transformação da flor em fruto, as diferentes estações, tudo que está vivo é feito por este Poder. E você tem de tornar-se unificado com o Divino. Você tem de sentir isso nas pontas de seus dedos. Essa yoga também significa “habilidade”, significa também… o completo conhecimento sobre este poder divino, como lidar com ele, como trabalhá-lo e como usá-lo.

Através do despertar da Kundalini, como um subproduto, você obtém sua saúde física. Eu disse muitas vezes que o câncer não pode ser curado… por nenhuma outra coisa, exceto pelo despertar da Kundalini. Ontem, Eu lhes expliquei sobre como o câncer é causado, e como a Kundalini o remove. A maioria das doenças de vocês surgem porque…. os centros estão sem funcionar, eles romperam o relacionamento deles com o todo, ou talvez haja algo faltando nos centros. Quando a Kundalini se eleva, Ela somente os nutre tão bem que, com essa nutrição, todos esses centros, seus centros mentais, físicos, emocionais ficam completamente saciados… e preenchidos, e eles tornam-se saudáveis. Com isso, você tem boa saúde, uma mente boa… e uma vida emocional boa e equilibrada. Mas por último, quando Ela cruza este limite, este é o lugar onde reside Deus Todo-Poderoso. Agora, Eu estou dizendo novamente que vocês não devem acreditar em Mim, porque as pessoas não acreditam em Deus também atualmente. Então Eu digo que este é o lugar de Deus Todo-Poderoso… no topo de sua cabeça, mas Ele está refletido em seu coração como o Espírito, e assim que a Kundalini toca este assento, começa a fluir a brisa fresca nas mãos. Primeiro você sente a brisa fresca de sua própria Kundalini… surgindo e então a graça começa a fluir através de você, e você sente a graça em sua mão como a brisa fresca fluindo.

Assim, isso acontece. Uma vez que isso aconteça, você tem de se estabelecer um pouco, você tem de compreender isso, o que é isso e… como manter isso estabelecido. Isso leva para a maioria das pessoas… somente um dia, mas algumas pessoas levam um mês ou mais, e então você se torna o mestre. Você se torna uma personalidade diferente, você se torna tão poderoso e tão compassivo, muito compassivo e muito poderoso como Cristo. Quando as pessoas estavam tentando jogar pedras… em Maria Madalena – ela era uma prostituta, e Ele colocou-se contra aquilo. Ele não tinha nada a ver com as prostitutas, mas Ele colocou-se contra todas as pessoas e Ele disse: “Aqueles que não cometeram nenhum pecado…” “podem jogar as pedras em Mim.” E ninguém faria isso, porque Ele é uma pessoa compassiva tão poderosa. E isto é o que acontece: você se torna uma pessoa identificada com a verdade. Você não tem medo de ninguém, você sempre fala a verdade e falará com grande poder. Por exemplo, vocês tiveram um grande poeta como William Blake, que falou sobre esses tempos modernos, que nesta época, os homens de Deus, referindo-se as pessoas que estão buscando Deus ou… que acreditam em Deus, se tornarão profetas… e elas terão o poder de tornar os outros profetas. Isto é exatamente o que a Sahaja Yoga faz: você obtém… a sua Realização e começa a dar a Realização a outro.

Como uma vela acesa pode acender uma outra vela que não está acesa, e essa vela acesa ilumina muitas outras velas. É simples assim. Não há nada para tomar ou dar, é apenas um catalizador, de tal maneira que você ilumina uma outra pessoa e essa pessoa… ilumina uma outra. Então não há nenhuma obrigação, não há nada para dar ou tomar, mas é apenas um acontecimento simples que vocês podem entender. O próprio Dr. Warren tem dado a Realização a milhares de pessoas. Até mesmo em Madras, Eu não pude ir, Eu o enviei e ele deu… a Realização a 300 pessoas. Por exemplo, na Índia, nós temos uma pessoa que deu… a Realização a 10.000 pessoas. É um fato. E vocês podem verificar isso. Quando você próprio obtém a sua Realização, você ficará surpreso… ao ver que pode dar a Realização às pessoas e pode curá-las.

Você pode dar-lhes paz e a bem-aventurança de Deus. Então nesse momento, você se torna coletivamente consciente; você se torna parte integrante do todo. Por exemplo, muitas pessoas ontem tinham um bloqueio… no Vishuddhi Chakra, por causa de alguns motivos, alguns problemas, algumas tinham espondilite, algumas tinham… alguma coisa assim, e elas não conseguiam atravessar este ponto. Elas somente tiveram que dizer três vezes: “Mãe, eu sou parte integrante do todo”, e elas começaram a sentir a brisa fresca. É tão simples assim. E elas começaram a sentir a brisa fresca, porque elas estavam obstruídas aqui. Assim, são métodos muito simples que até mesmo uma criança pode fazer, os quais vocês podem fazer. E Eu espero que hoje, neste lugar que é tão bonito, Bath, nós todos recebamos essa Realização. Que Deus abençoe todos vocês. Se vocês tiverem perguntas, vocês devem Me perguntar.

Mas ontem, duas pessoas fizeram muitas perguntas. Eu gastei muito tempo com elas e depois, elas foram embora. Elas eram somente pessoas enviadas por algum guru ou alguém assim, que estavam somente tentando fazer perguntas, identificadas com alguns falsos gurus. E aqui, há muitas pessoas sentadas atrás de vocês que estiveram em todos os tipos de falsos gurus, e nós tivemos que tratar delas e melhorá-las. Algumas estavam sofrendo de epilepsia, algumas de câncer, algumas disto e algumas daquilo, e elas pagaram por isso, contraíram todas essas doenças e problemas. Algumas acabaram em hospícios. Então, Eu lhes pediria: não fiquem identificados com esses gurus. Mesmo se você pagou, esqueça isso. Não importa. Não fiquem identificados com eles.

Fiquem identificados com o seu Si. E isso é propriedade sua, é seu próprio, vocês devem saber isso. Este é o Meu humilde pedido para todos vocês. Que Deus os abençoe. Muito obrigada. Yogi: Alguma pergunta? Eu notei algum benefício na meditação tibetana conhecida como… Nada Brahma. Esta meditação é compatível com a Sahaja Yoga? De forma alguma, de forma alguma. Veja, este Nada Brahma é – qual é o benefício que… uma pessoa obtém?

É que você segue murmurando e murmurando deste jeito, e chegará um dia que sua cabeça ficará zumbindo o tempo todo. Agora, Eu lhe direi a razão disso, é deste jeito: vamos supor… que nós digamos qualquer coisa, por exemplo, nós comecemos a dizer “Aum” ou “Hum” ou qualquer coisa, nós não nos transformamos. Vamos supor que Eu diga: “Eu sou a governadora deste lugar”, Eu Me tornarei? Se Eu disser: “Eu sou Aum”, Eu Me torno isso? Dizendo coisas, nós podemos n os tornar alguma coisa? Se professarmos algo, nós nos transformamos? Alguma coisa tem de acontecer interiormente. A menos e até que isso aconteça, não tem nenhum sentido, é tudo externo. Você pode dizer qualquer coisa. Alguém pode dizer: “Eu tenho alguns benefícios,” “porque eu fiquei recitando orações.”

Essa não é a situação. É uma completa transformação que você precisa ter. E essas coisas são muito perigosas, muito, muito perigosas, porque no Tibet agora, por exemplo, o próprio Lama é uma confusão, Eu lhe digo, ele é uma grande confusão. Eu fui à China com Meu marido e Eu fiquei realmente impressionada – você pode chamar isso de propaganda, seja o que for – ao ver em Lhasa que esse senhor acumulou tamanha riqueza… que ela podia ser comparada com a riqueza do Papa. Ele costumava tomar o seu vinho numa taça de ouro que… estava toda esculpida, e ele tinha diversas delas. O prato dele era feito de ouro, tudo dele era feito de ouro verdadeiro. E de onde ele conseguiu esse dinheiro? Imaginem, desses tibetanos que eram pessoas pobres. Eles são muito pobres, eles não tem roupas, nada para se cobrirem. Eu não digo que o Comunismo é uma coisa muito boa, mas o que Eu digo é que essas pessoas realmente as exploraram.

Toda aquela exibição em Lhasa era algo surpreendente. Oh Deus! Essas pessoas saquearam aquelas pobres pessoas, e o quanto elas têm sofrido. Se você for e ver agora no Tibet, você ficará surpreso. As pessoas não sabem, elas estão tão confusas. Elas não entendem. Elas deram tudo que tinham para esse Sr. Lama. Ele está passeando agora por toda parte. Ninguém sabe do que ele é capaz. Qual benefício eles podem dar?

É um mito. O melhor beneficio é você tornar-se um mestre. Você sabe tudo. Você sabe o que é a Kundalini, você sabe como dar… a Realização aos outros, e tudo que você precisa fazer. Essa é a coisa principal. No começo, você de fato se sente bem com qualquer coisa, mesmo com uma bebida. Temporariamente, da mesma maneira, se você fica sussurrando o nome de alguém, você pode ficar possuído por algum tempo e talvez você se sinta bem. De forma semelhante, a Meditação Transcendental tem o mesmo problema. Na M.T. as pessoas recitam alguns mantras.

Temporariamente, elas se… sentem relaxadas, porque algum outro indivíduo entra em sua mente, ele assume o controle e começa dirigir o seu show. E quando ele começa a dirigir o seu show, você se sente relaxado. Mas o relaxamento não é o objetivo. Você não se torna um mestre. Este é o ponto: quando você se torna unificado com o todo, então você fica relaxado porque nada é exaurido. O tempo todo, você fica relaxado. Mas veja esses lamas, como é a aparência deles, todos enrugados, você pode contar as rugas deles uma por uma. Pessoas horríveis. Você não pode dizer que eles têm alguma coisa… grandiosa em relação a eles. E que bem eles fizeram?

Eu não vi nenhum lama fazendo algum bem para alguém. Eu tive uma chance de sentar próxima a este Dalai Lama uma vez… em um jantar, quando Meu marido estava com o Primeiro Ministro… e ele foi chamado, e porque a esposa do Primeiro Ministro não se sentaria, então Eu sentei próxima dele, e senti muito quente. E o Primeiro Ministro era Lal Bahadur Shastri e… ele simplesmente podia – ele sabia sobre isso, sobre Mim, e ele disse: “A Senhora está sentindo muito calor nele?” Porque ele próprio era uma alma realizada. Eu disse: “Sim, terrível.” Ele disse: “Tudo bem,” “então coloque um outro ministro estrangeiro entre vocês.” Ele Me fez sentar no outro lado e o ministro estrangeiro sentou lá. Até que você seja uma alma realizada, você não saberá. E também, Eu devo lhes dizer que quando você vai a essas pessoas, fica difícil para você obter a Realização, isso também existe, porque elas criam um problema dentro de você. Com qualquer esforço, você vai para o sistema nervoso simpático. Com qualquer esforço, como eu lhes disse, você vai para o sistema nervoso simpático, então o seu sistema nervoso simpático fica ativado. Quando o seu sistema nervoso simpático fica ativado, você move-se ou para a esquerda ou para a direita. Quando você se move para esquerda, você vai para o subconsciente coletivo.

Esse é o lugar onde está tudo que está morto dentro de nós… desde a nossa criação. E o câncer, como Eu lhes disse ontem, é causado pelas… entidades dessa área. E se você vai para o canal direito, a maioria desses lamas… coloca você no canal direito. Vocês sabiam que Hitler foi orientado pelo Lama? Dalai Lama foi o guru dele. Ele lhe ensinou como capturar as mentes das pessoas e… colocá-las nesse tipo de coisa. É um fato bem conhecido. Dalai Lama foi o guru dele. Todos esses lamas são assim. Mas quando você é uma alma realizada, somente então você saberá o que eles são.

Por exemplo, minha neta tinha por volta de cinco anos – ela é uma alma realizada, enquanto que Minha filha e Meu genro… não eram almas realizadas. E uma vez, eles foram para Ladakh e o lama estava sentado em um monte. E tudo mundo estava indo e se curvando para ele, mas ela não gostou disso. E quando os pais foram e eles se curvaram para ele, ela ficou muito zangada, ela tinha somente cinco anos. Ela simplesmente colocou suas mãos para trás assim, ficou diante dele. Ela disse: “Por estar vestindo esse vestido longo,” “você acha que se tornou uma alma realizada?” “Você não é. Você não tem o direito de pedir para as pessoas…” “se curvarem diante de você. O que você alcançou?” E eles ficaram muito chocados e constrangidos, eles disseram: “Não fale como…”, “Não, por que vocês se curvaram para ele? Não se deve curvar para ele.” Imaginem só. Mas a menos e até que você seja uma alma realizada… Também isso é muito difícil, porque eles têm… propostas de negócio muito boas, eles têm… agências de propaganda muito boas. Como outro dia, Eu fui à Espanha, Eu fiquei chocada.

Há uma outra coisa que esses lamas começaram, que nós temos de ir para o Deserto de Gobi, o Deserto de Gobi. Agora, imaginem! Esse Deserto de Gobi é um lugar onde se você andar por uma milha, você estará morto. No intuito de alcançar o nirvana, você vai para o Deserto de Gobi. Então tire todo o dinheiro das pessoas agora; eles preparam isso habilmente e levam multidões de pessoas para o Deserto de Gobi. Os pobres coitados estão caminhando em direção à sua morte. E eles anunciam: “Isso é um nirvana.” Eles nunca retornam. Assim, eles foram para o nirvana deles, eles não retornaram. Esse é o modo como eles estão realizando isso. Eu recebi pessoas na Inglaterra – havia um sujeito chamado Omkar.

Foi dado a ele o nome Omkar por um – Eu não sei qual lama lhe deu esse nome, porque normalmente, eles não têm o nome Omkar. Então Eu disse: “Quem lhe deu esse nome?” Ele disse: “Eu fui para um mosteiro.” E o que aconteceu? Todos os ossos dele estavam quebrados. Ele disse: “Eles me bateram nas minhas costas.” Imaginem só. Como pode ser isso? Todos os ossos dele estavam quebrados. E foi impossível lhe dar a Realização, porque fisicamente era impossível. Mas aos poucos e gradualmente, ele agora está se recuperando. Ele é como um louco. Como podem ser cruéis?

Assim, os tibetanos, eles são almas realizadas? Vocês acham isso? O que há para se aprender dos tibetanos? Qualquer um que seja estrangeiro não precisa ser uma pessoa instruída. Seja o que for que esteja escrito no livro não precisa ser uma escritura. Vocês devem compreender que todas essas coisas surgiram… somente após a morte de Buddha. Isso tem acontecido com toda religião, com toda grande… personalidade que veio nesta Terra, isso tem acontecido. Mas foram nas antigas grutas que os santos que viveram depois de Buddha escreveram que isso é um acontecimento espontâneo. Mas Buddha não falou de Deus, porque Ele pensou: “Primeiro fale do Si.” “Porque se você fala de Deus, as pessoas imediatamente começam…” “a pensar que elas tornaram-se Deus.” “Então, é melhor falar do Si, deixe-os terem a Realização do Si.” “A menos e até que eles obtenham a Realização do Si,” “como eles compreenderão Deus?” Então eles foram chamados, Ele foi chamado de Anishwar, significa que Ele não acredita em Deus, um ateu, não é assim. Ele deliberadamente fez isso, porque Ele pensou… que se você fala algo implausível, então as pessoas vivem em um mundo imaginário.

Então o que Ele queria praticamente era ter a Realização do Si… primeiro, e depois o conhecimento sobre Deus. Porque para uma pessoa cega, não adianta falar-lhe sobre a coisa toda, antes disso, primeiro diga-lhe: “Você deve ter a sua visão.” Outro dia, tivemos uma senhora da meditação budista, ela não pôde obter a Realização, sinto dizer isso, embora nós possamos trabalhar isso gradualmente, obtê-la. mas ela não pode, porque Buddha reside dentro de nós, neste lado aqui. E esta é a parte que fica muito inchada quando… você faz a meditação budista e nós temos de reduzi-la… com certos mantras, senão você não consegue reduzi-la. A pessoa tem de trabalhar duro para pessoas assim, não importa. Porque todos vocês são buscadores, é o seu direito ter isso, e Eu estou aqui para trabalhar para vocês. Alguma outra pergunta, por favor? [Uma senhora na plateia comenta como as pessoas… não querem saber sobre o Espírito.] Sim, esse é o problema na Inglaterra. Eu sei, eu sei.

Eu sei que o problema hoje é que… eles não querem saber e eles são muito céticos. Mas as coisas estão funcionando bem agora. Vejam, o que é isso afinal? Deus também está ansioso que as pessoas obtenham isso. Agora, Eu lhes direi como isso está funcionando. Por exemplo, outro dia, Eu não estava lá, mas Meu marido viu… um programa sobre um comediante que disse que ele consegue ter… uma brisa fresca, vejam, ele estava falando sobre sua descoberta. Ele disse: “De repente, eu comecei a sentir a brisa fresca…” “em minhas costas e eu não sei o que é isso,” “mas eu me senti muito relaxado e muitas pessoas se sentem…” “relaxadas quando se sentam comigo.” Agora, ele não sabe nada, ele é muito vago… em relação à brisa fresca, mas ele sentiu isso. Essa é a revelação que ele transmite. Agora, pouco antes disso, um ou dois dias antes, nós estávamos… discutindo entre eles e eles disseram: “Mãe,” “quantas pessoas precisamos para ter aquela síndrome?” De que ela é chamada? Síndrome dos cem macacos.

Eu espero que vocês tenham ouvido falar disto, que quando cem macacos aprenderam um truque, cada macaco em todo lugar começou a fazer esse truque, algo assim. Eu disse: “Acontecerá muito em breve.” E imaginem só, esse sujeito começou a sentir… essa brisa fresca nas costas dele. Agora, ele foi na televisão, e a televisão era… muito, muito cética, como vocês dizem, muito, muito. E Eu não Me preocupei muito com isso. Eu disse: “O momento chegará por si mesmo”, porque nós não pegamos nenhum… dinheiro, e não podemos pagar nenhum dinheiro por qualquer dessas coisas. Agora, quando alguém os encontrou e lhes disse que… esse programa aconteceu, havia alguém que… sabia tudo sobre isso, imediatamente, eles vieram a Mim. E agora, eles querem que Eu tenha um programa. E uma vez que isso comece desse jeito, as pessoas aparecerão. O problema é que os seres humanos têm… também muita barreira do ego deles. Eles são pessoas muito insensíveis.

Além disso, digamos, numa região tradicional, como por exemplo, Roma, Egito, Eu noto que eles são muito mais sensíveis à divindade… do que a coisas absurdas. Vocês ficarão surpresos, em Roma agora – nós estamos sentados aqui, então Eu posso lhes falar – em Roma, nenhum guru tem tido sucesso. Nenhum guru tem tido sucesso. Mas quando Eu fui lá, apenas ao ver Minha fotografia, apenas ao ver Minha fotografia, o prefeito ficou tão impressionado. Ele disse: “É divindade”, apenas ao ver Minha fotografia. E ele assumiu o controle disso, nos deu um auditório gratuito, publicou e fez muitos pôsteres, ele os colocou por toda parte. E está funcionando muito bem em Roma. Mas não na Inglaterra. Eu tenho estado aqui por dez anos… trabalhando duro, mas os ingleses são pessoas muito difíceis. Não importa, isso dará certo.

E depois, também no Egito. O Egito é um outro lugar onde… as pessoas são muito tradicionais. Um outro país que constatei foi a Grécia. Eles são muito tradicionais, e eles – na tradição… o que acontece é que você começa a aprender por meio dos erros. Você acredita em Rasputin, você acredita nisto e… acredita naquilo, e então você começa a compreender… o que é a realidade, como a alcançaremos. E é dessa forma que eles se conscientizam disso. Mas aqui, as pessoas apenas leem, leem, leem e elas não chegam… a parte alguma, elas são tão confusas. Eu não as culpo por tudo isso. Mas, Eu devo dizer que… as pessoas devem chegar a um acordo com a realidade… e tentar compreender que você não pode comprar isso, antes de mais nada, e você não pode fazer disso um negócio. Isso é um processo vivo espontâneo do Deus vivo.

Isso é o que temos de compreender. E uma vez que compreendamos, isso irá funcionar, Eu tenho certeza. Eu compreendo que as pessoas sejam assim. E vocês ficarão surpresos, Eu tenho trabalhado por dez anos… na Inglaterra e nós não temos muitos Sahaja Yogis… como temos em outros países. Mesmo a França é melhor, surpreendentemente. Em situação muito melhor, a França, e a Suíça está muito melhor. Mas a Inglaterra é a que está muito deficiente, e Eu tenho trabalho muito duramente aqui. Na Índia, é claro, é milhares de vezes mais. Então tudo bem, isso irá acontecer. Os ingleses são assim muito equilibrados, às vezes excessivamente equilibrados.

Há uma coisa boa em relação a eles: eles sabem como rir de si mesmos. Então, isso talvez dê certo. [Pergunta da plateia repetida por um yogi: ela disse que a Senhora disse que… os gurus frequentemente fazem mais mal do que bem. Como saberemos se a Senhora pode estar fazendo mais mal do que bem?] Sim, é claro, talvez, talvez Eu esteja fazendo, sem dúvida, você deve manter isso em aberto. Mas você pode falar com as pessoas que são… Sempre, quando você vai a um guru – na verdade, Eu tenho visto que… quando vocês vêm a Mim, vocês Me fazem perguntas, mas quando vocês vão a essas pessoas, vocês vão de cabeça, totalmente de cabeça. Eu conheci pessoas que pagaram seis mil libras para ir… à Suíça e comer somente batata, água de batata fervida. E eles viveram lá sem fazer uma pergunta. Esse é um dos sinais de que vocês são livres. Em segundo lugar, vocês devem saber o que os outros têm sido, os outros têm sido para Mim, o que tem acontecido com eles.

Em terceiro lugar, vocês devem saber, por que Eu deveria fazer-lhes mal? Qual vantagem Eu tenho? Porque Eu não tomo nenhum dinheiro de vocês, nada desse tipo. Graças a Deus, Eu estou vivendo muito bem em Minha vida. Talvez Eu seja muito próspera na vida, Eu não preciso de nada… de ninguém, então por que Eu faria isso? Em uma outra vida que Eu tenho, Eu estou em um nível muito elevado, então por que Eu deveria vir a vocês? Para quê? O que Eu irei ganhar de vocês? Assim, a credibilidade deve ser estabelecida através dos discípulos. Vocês nunca observam os discípulos.

Vocês simplesmente vão de cabeça porque vocês estão hipnotizados. Vocês nem mesmo pensam sobre isso. Vocês nem mesmo fazem perguntas. Eu lhes perguntei: “Por que vocês não fazem perguntas?” “Por que vocês estão pagando seis mil libras?” “Oh”, eles disseram, “Mãe, nós estávamos andando no escuro.” E a pessoa que era o chefe daquela organização… na Escócia ficou epilético, sua filha ficou epilética, sua esposa ficou epilética, e ele era – ele depois, depois ele veio a Mim. Depois ele veio a Mim naquele estado e Eu o acolhi, os acolhi em Minha casa para curá-los. Assim, essas pessoas que têm estado Comigo, como o Dr. Warren, ele tinha pressão alta, todos os tipos de coisas, ele se curou, não somente isso, ele tem curado muitas pessoas. E há tantos aqui que foram ajudados. Pessoas que eram alcoólatras, viciadas em drogas, todas elas ficaram bem. Então, você deve observá-los e ver como eles estão, e você pode ver como eles falam, o quanto eles sabem. Mas em qualquer outro lugar de guru, eles – é uma tamanha… hierarquia, você não pode nem mesmo alcançá-los.

E alguma outra pessoa que fala, lembra-se tudo de cor… e diz alguma coisa, não há nada espontâneo, nada. Eles não sabem nada sobre isso. Assim, a credibilidade deve ser estabelecida, antes de mais nada. Mas isso você não consegue com ninguém mais, somente Comigo. Este é um bom sinal em relação a Mim: Eu lhes dou liberdade. [Ela disse que certamente todos os caminhos levam a Roma. A Senhora estava falando sobre Dalai Lama, e então o que há de errado?] Não, mas alguns caminhos levam ao inferno também, devemos saber disso. Todo caminho não vai para Roma, mas pode ir para o inferno também. É claro, todos os caminhos levam a Roma se a pessoa que os leva lá… é um guia correto, é o guia correto.

Você não pode ir para o inferno e depois, digamos, voltar para Roma. Você não pode. Mas as pessoas que são guias corretos podem fazê-lo. Eles não pegam nenhum dinheiro, eles não pegam. Eles lhe dão a Realização. Eles os tornam alguém diferente. Eles os tornam corretos, virtuosos e pessoas magníficas. É uma coisa bem diferente: não são aqueles que apenas professam… alguma coisa ou dizem alguma coisa. Eles não acumulam riqueza. Vejam, eles são pessoas que se respeitam, eles não são parasitas.

Eles não vivem de sua vida. Quanto Cristo ganhou? Vocês têm um exemplo grandioso de Cristo. Por que vocês vão a qualquer outra pessoa? Ele recebeu algum dinheiro? Ele foi vendido por 30 rúpias. O que Cristo disse foi: “Não tereis olhos adúlteros.” Eu gostaria de saber quais cristãos existem, quais cristãos têm olhos que não são adúlteros. Vocês têm olhos inocentes? Não há nenhuma luxúria ou ganância em seus olhos? Encarem a si mesmos.

Aqueles que falam dessas coisas têm, todos eles, pecados muito maiores do que os que vocês têm. Como eles podem melhorar vocês? Eles são os que estão vivendo das propriedades dos outros, do dinheiro dos outros. Vocês viverão da propriedade e dos ganhos de uma outra pessoa? Eles estão fazendo as crianças saírem de suas casas, venderem suas casas, irem para as ruas. Vocês farão isso? Por alguém? Tirar dinheiro do pobre, vocês farão isso? Vocês são tão bons! Devem compreender.

Usem seus cérebros. Mas quando vocês obtêm a Realização, vocês desenvolvem esses olhos inocentes. Os olhos são tão poderosos. Mesmo olhando para alguém com esses olhos, vocês podem dar a Realização. Vocês podem curá-los. Por exemplo, outro dia, nós tivemos um – qual era o nome dele, aquele que veio para…? Um jornalista veio e disse: “Dizem que a Senhora pode curar pessoas.” Eu disse: “Tudo bem.” Então ele disse: “Há uma senhora que está sofrendo…” “de agorafobia e ela não quer…” “sair da casa dela, então como a Senhora irá curá-la?”. Eu disse: “Tudo bem, se ela não pode vir, dê-Me a fotografia dela;” “Eu não posso ir à casa dela”, meio que Me desafiando. Eu disse: “Tudo bem, traga a fotografia dela para Mim.” Ele trouxe uma fotografia para Mim. Eu somente olhei para a fotografia.

“Ela está assim por dez anos”, ele disse. E ele disse: “A Senhora precisa curá-La.” Eu disse: “Tudo bem, Eu tentarei.” “Pelo menos é muito fácil curar essa doença.” E Eu disse: “Apenas deixe-a em paz por oito dias.” Mas ele não pôde resistir, então ele foi como um detetive lá… para descobrir o que estava acontecendo. E quando ele foi à casa dela, ela não estava lá. Ela saiu para passear com o marido dela, dando uma agradável caminhada. E ele agora irá publicar um artigo muito bom sobre isso. [Pergunta: A Senhora vê a Si mesma como uma curandeira espiritual?] Não, de forma alguma. Não uma curandeira. Eu não sou uma curandeira de forma alguma. Eu sou uma pessoa que quer lhes dar a Realização do Si.

Não é uma questão de cura espiritual. A cura espiritual é também de dois tipos, uma delas, é claro, é das pessoas que são almas realizadas. Por exemplo, outro dia, nós fomos – é claro, nós encontramos alguém. Onde foi aquilo, um motorista de táxi que veio conosco? [Yogi: Em Notthingham.] Aah. O motorista de táxi que veio no carro, Eu sabia que ele era uma alma realizada. Então ele simplesmente começou a conversar Comigo. Ele também sentiu essa familiaridade. E Eu disse: “Os seus dedos formigam às vezes?” Ele disse: “Sim, muito.” Eu disse: “Você é um curandeiro?” “Sim, eu sou um curandeiro”.

Ele disse: “Como a Senhora sabe tudo sobre isso?” Eu disse: “Você se sente muito culpado?” “Sim.” “Oh”, Eu disse, “Eu sei disso.” Ele disse: “Como a Senhora sabe?” Eu disse: “Eu sei de alguma forma.” “Mas você quer saber sobre isso.” Porque ele era uma alma realizada. Ele era uma alma realizada. Mas há curandeiros que não são almas realizadas. Eles são as pessoas que usam espíritos mortos. Eles tremem diante de vocês e gritam e – isso é muito perigoso. Uma alma realizada não tem de fazer nada. Somente o toca, e você ficará bem. Ele não tem de tremer e ter todos esses ataques de raiva. Por vocês serem muito ingênuos, Eu devo dizer, é por isso que há um problema assim. Muito ingênuos.

No Ocidente, desenvolvemos nossa árvore muito bem, mas não as raízes. Nós não sabemos nada sobre as raízes. Eu mesma… fiquei impressionada, porque não há nenhuma noção disso de forma alguma. Não na Índia, na Índia, as pessoas conhecem isso. Eles sabem disso. Por exemplo, colocamos mortos na igreja. Na Índia, ninguém colocaria mortos na igreja. É um lugar sagrado, como você coloca os mortos lá? Mas isso é o que acontece. Vocês são ingênuos, Eu sei, e apesar dessa ingenuidade, vocês são também muito inflexíveis.

De qualquer forma, o que fazer agora? É uma pergunta difícil para Mim algumas vezes. Não importa. Isso funciona. Sim? [Pegunta inaudível.] O que disse? [Yogi: A Senhora poderia explicar o que a Senhora quer dizer sobre essa energia se elevando através da espinha? E não é exatamente a mesma coisa de um formigamento… na espinha, talvez… (se dirigindo a pessoa que perguntou:) você quis dizer sobre um aspecto mais físico?] [Um sentimento de estupefação.]

Sim. Sentimento de… estupefação? [Yogi: Sim, ele está relacionando o sentimento que pode-se ter… na espinha com um sentimento de estupefação, e talvez dizendo…] Não há, não. Eu não soube de uma coisa assim. Eu não sei. Isso é um – não acontece desse jeito. Quando a Kundalini se eleva, você não sente nada, nada desse tipo. A única coisa que você sente no topo da cabeça é uma brisa fresca. Certo? E nas mãos, você sente um tipo de brisa fresca saindo.

Mas no começo, você pode sentir um pouco de calor, porque se você tem muito calor no corpo, então você pode sentir um pouco de calor saindo. Algumas pessoas que são do tipo muito nervosas tremem… um pouco, só isso. Mas isso, Eu nunca soube, é algum tipo de coisa estranha… talvez vindo de algum lugar, Eu não sei. Todos os tipos de permutações e combinações, Eu tenho visto… acontecendo às pessoas. Como um senhor, ele sentou-se no chão… com os pés em direção a Mim, isso não é feito na Índia. Então as pessoas disseram: “Como você pode colocar os seus pés…” “em direção à Mãe? Isso não é feito.” Então ele disse: “Não, é o meu despertar da Kundalini…” “e eu pularei como um sapo.” Eu disse: “Quem lhe disse isso?” Ele Me mostrou um livro de seu guru, escrito que… você pula como um sapo. Vocês podem imaginar? Eu perguntei-lhe: “Você vai se tornar um sapo agora?” Todos os tipos de permutações e combinações, você não sabe quantas coisas estão lá publicadas por todo o mundo. [Yogi: Certo, ele quer saber como esse despertar… se iniciou, o despertar da Kundalini.]

É muito simples, como Eu lhes disse, exatamente como o brotar… da semente. Esse é Meu trabalho. Mas uma vez que Eu tenha feito isso, você tem de fazê-lo também. Tudo bem? É uma promessa. [Pergunta: A Senhora diz que falsos gurus e professores talvez possam… levar para o inferno. A Senhora pode definir o inferno?] Agora, neste momento bom, por que você quer saber do inferno? Ele está muito bem descrito se você ler qualquer um… desses grandes poetas. Especialmente, Eu diria, leia William Blake.

Tudo bem? Ele já foi descrito em demasia, por que você quer saber? Eu quero, Eu quero que você entre no Reino de Deus. O inferno é quando estou dizendo “para o inferno”, você pode contrair epilepsia. Eu tenho visto pessoas contraindo epilepsia, pessoas ficando loucas, deixando seus lares, fugindo, batendo em todo mundo, matando uns aos outros, se matando, matando seus pais, violentas, elas entregam-se às drogas, entregam-se a… todos os tipos de coisas que são autodestrutivas. O que quero dizer é “autodestrutiva”, em uma única palavra. Tudo bem? [Pergunta: E quanto às pessoas que sofrem dessas coisas de nascença?] Sim. Tudo bem.

Se eles sofrem disso, há alguma outra coisa… que é responsável por isso. Mas eles de fato sofrem, não é? Mas aqueles que não sofreram e são normais e… vão a esses gurus, pagam e contraem isso, então pelo menos… você considerará esses grandes gurus responsáveis, ou não? O que é isso? [Pergunta: A Senhora acha que não há nenhum outro guru que seja…] Oh, muitos! Há muitos. Mas eles não estão… no mercado. Há muitos, muito mais. Há muitos… perdão? [Yogi: Há algum que possa ser benéfico para você?]

Benéfico para você? A alguém? Sim, eles são. Mas apenas veja agora, Eu estou lhe falando nessa multidão, você está fazendo dez perguntas. Eles não têm nenhuma paciência. Eles não têm nenhuma paciência de forma alguma. Eu lhe digo, eles são tão impacientes, todos esses gurus, que você não tem ideia. Eles simplesmente não conseguem suportar isso. Eu pedi a um senhor para ir a América, com grande persuasão e tudo mais, porque Eu não tinha tempo para ir lá. Com três dias, ele fugiu de lá.

Ele disse: “Eu não tenho tempo para essas pessoas estúpidas.” Ele simplesmente cancelou isso. Porque Eu sou uma Mãe, Eu tenho paciência com vocês. Eles não têm nenhuma paciência com vocês. O que Eu devo fazer? Eles ficam falando Comigo: “Depois de 12 anos, nós viremos…” “e A ajudaremos, Mãe.” Eles Me conhecem muito bem. Eles são tantos, tantos. Eles se encontraram com alguns, mas eles não querem falar com as pessoas que são – eles acham que elas são estúpidas. O que fazer agora? Eles acham que todos os buscadores são pessoas estúpidas. O que Eu devo fazer?

Eles não têm nenhuma paciência. Vocês têm de ter uma Mãe para ter paciência, não é? Agora. Não há fim para isso, Meu filho. Essas perguntas não têm sentido. Fazendo perguntas, você não vai obter a Realização, Eu devo lhe dizer. Eu não posso garantir isso. Eu não posso garantir isso. Se você obtê-la, é sua sorte. Se você não obtê-la, é sua sorte.

Então, tome cuidado. Não há nenhuma necessidade de discutir, de argumentar. Através da argumentação, você não vai obter isso. Ouça-Me. O que Eu irei ganhar de você? Este é o primeiro lugar onde nós tivemos tantas perguntas. Devem ser alguns romanos que estão por aqui, Eu acho, renascidos. Do contrário, Eu não consigo explicar. Ninguém fez tantas… perguntas como você Me fez que não têm nenhum sentido. E apoiando esses falsos gurus que têm tomado dinheiro de você, têm perturbado tantas pessoas, apoiando as forças satânicas.

Algo surpreendente, não é? Tudo bem, não importa. Agora, Eu já lhes falei que Eu sou – agora, isso é tudo. Se vocês querem que Eu volte a Bath, por favor, sem mais perguntas agora. Mas veremos quantos obtêm a Realização aqui. Esse é o ponto principal. O ponto principal não é… Vocês serão julgados por sua Kundalini, vamos ver. Antes de vocês Me julgarem, Ela irá julgá-los. Então vamos ver, quantos de vocês obtêm a Realização. Eu não posso lhes prometer.

Isso é o principal, Eu devo lhes dizer. Tudo bem. Vamos ver como isso funciona. Agora, seja o que for que Eu disse, esqueça. Vamos ter um relacionamento agradável. Isto é, vocês não devem sentir nenhuma culpa em relação a nada, seja o que for que Eu tenha dito. Vocês podem ter estado com um guru, vocês podem ter feito… qualquer coisa que supõe-se que seja errada, tudo bem. Apenas esqueçam isso. Exatamente agora, vocês estão no presente. Vocês têm de estar no presente para obter a sua Realização, essa é a coisa mais importante.

Vocês nasceram nesta Terra para ser isso, você é um ser humano para ser isso. Vocês não estão aqui apenas para desperdiçar suas vidas. E isto é o que Eu tenho que lhes dizer como uma Mãe: vocês têm de ser humildes em relação a isso. É um reino muito diferente que vocês estão. Nada está sendo vendido aqui, não é uma loja. E aqui, é um templo. E em um templo, vocês têm de ser humildes, e vocês têm de… obter a sua Realização. Isso deve ser sua determinação. Mas quantos obterão, isso Eu não posso dizer. Sinto muito, mas isso não é algo que Eu possa prometer a todos vocês.

Mas se isso funcionar com alguns, Eu ficarei muito satisfeita. Esse é Meu trabalho. Agora, vamos fazer coisas muito simples, sem fazer mais nenhuma pergunta. Agora, não há nenhuma necessidade de ficar perturbado com isso. Se você não fez uma pergunta, nada dará errado com você ou com a plateia. Eu lhes digo, mesmo se você fizer cem perguntas, isso não fará nenhuma diferença. Eu devo dizer que, até agora, ninguém perguntou alguma coisa… que fosse inteligente, e Eu acho melhor agora desistir… de fazer perguntas. Eu sou muito inteligente para isso. Agora, vamos fazer isso da maneira que tem de funcionar. Vamos fazer isso da maneira que tem de funcionar.

Se vocês são buscadores e se vocês estão no presente, Eu tenho certeza que obterão isso. Agora, esqueçam o passado. Esqueçam o passado. Uma coisa mais Eu tenho que pedir, como Eu pedi ontem, vocês não devem sentir-se culpados por nada, porque a culpa vem do passado. esqueçam o passado e vocês têm de afirmar que não são culpadas. culpados. Há muitas pessoas que são boas, e elas obterão isso. Então, vocês têm de afirmar: “Eu não sou culpado.” Agora, vocês têm de Me chamar de Shri Mataji quando… se dirigirem a Mim, o que é difícil. Vocês podem Me chamar de “Mãe”, para tornar isso mais simples, do jeito que vocês quiserem. Então, vocês têm de dizer: “Mãe, eu não sou culpado”, antes de começar esse processo.

Agora, nós temos de nos tornar humildes em nossos corações, porque queremos entrar no Reino de Deus. Mas aquele que estiver tentando fazer isso, se ficar o tempo todo atacando aquela pessoa, como irá entrar? Como você entrará? Apenas considerem isso. Qual é sua atitude? É apropriada? Não está sendo justo, não exatamente. Tudo bem. Então vamos tirar nossos sapatos… apenas para receber ajuda da Mãe terra. Um dos elementos muito importantes é a Mãe Terra.

E a Kundalini está apoiada no osso sacro, e os chakras mais abaixo são feitos do elemento da Mãe Terra. Então, apenas tirem seus sapatos, muito facilmente, para tocar a Mãe Terra com seus pés. Esta Mãe Terra é muito importante. [Yogi: Qualquer um que não queira ter a experiência, por favor, deve sair agora. Qualquer um que não queira…] Saia. Não perturbem os outros. Sejam gentis. Vocês têm de ser educados. Vocês têm de ser pessoas educadas. Não perturbem os outros.

Se vocês não querem ter a experiência, muito bem. Está tudo bem, vocês podem ir. Aqueles que estiveram ontem em Bristol sabem… o quanto Eu tive que trabalhar duro em muitas pessoas… por horas para dar-lhes a Realização. E esse é um trabalho ingrato. Eu lhes digo, é um trabalho ingrato, porque a menos e até que vocês se estabilizem, é um grande desperdício, Eu acho, é um enorme desperdício. É inútil, porque você lhes dá a Realização, eles não se estabilizam e é apenas um grande desperdício. Agora, a idade não importa, a raça não importa, a comunidade que pertence não importa. Contanto que você seja um ser humano, isso funciona, é simples assim. Assim, agora, vocês somente têm de colocar suas mãos retas em seu colo, sem sentir nenhum desconforto enquanto estiverem sentados. Isso é importante, porque Eu não quero que… vocês se sintam desconfortáveis, e por causa disso, vocês começam a mover-se de um lado para o outro.

Agora, vocês têm de tirar os seus sapatos, por favor, porque do jeito que as coisas estão, existem problemas tibetanos. Se vocês querem ter a Realização, tirem seus sapatos, tudo bem? Sim, apenas os tirem. É melhor. As meias, sim. Será melhor porque Eu quero trabalhar em você, definitivamente você é um buscador, tudo bem? Coloquem suas mãos assim. Sim. Começando. Agora, apesar de tudo, está bom.

Não está tão ruim. Esta mão esquerda, como Eu lhes disse, representa o lado esquerdo, o lado emocional. E a mão no lado direito é a mão que representa a ação. Agora, este é o desejo que temos, o desejo. Então coloquem a mão do desejo no lado esquerdo deste jeito, reta o tempo todo, enquanto temos esse processo de proporcionar… relaxamento aos seus chakras. Porque alguns dos chakras estão avolumados… e eles devem ser relaxados. Vocês mesmos podem fazer isso, e como farão isso, Eu lhes direi. Há – no lado esquerdo, nós tocaremos estes centros. Agora, um está no coração, onde reside o Espírito. Depois, outro está na parte superior do abdômen.

E depois um outro está na parte inferior do abdômen, todos eles estão no lado esquerdo. Agora, então um está aqui. Este é aquele que você bloqueia quando se sente culpado. Deste jeito, aqui, no lado esquerdo do seu pescoço. E depois, um outro está aqui, e talvez aqui, nós tenhamos que fazer uma pergunta. E depois, você levanta a mão até aqui na área óssea da fontanela, onde lhes pediremos para colocarem a palma da mão no topo… de sua área óssea da fontanela. Nesse mesmo instante, está quente, mas ficará tudo bem. Vamos fazer isso. Agora, é muito simples. Vocês têm de manter seus olhos fechados do início ao fim, porque não há nenhum hipnotismo, nada assim.

Isso tem de acontecer dentro de você mesmo. A atenção é sugada para dentro, e é melhor manter seus olhos fechados, porque se seus olhos estiverem abertos, talvez a Kundalini não se eleve. E Ela não o incomoda, não lhes causa nenhum problema, nada desse tipo. E vocês se sentem extremamente relaxados, e se sentem muito bem. Tudo bem. Então agora, fechemos nossos olhos. Antes de mais nada, por favor, não se sintam culpados por qualquer coisa, mesmo por fazer perguntas ou qualquer coisa, não se sintam culpados. Seja o que for que Eu tenha dito, simplesmente esqueçam isso. Sejam gentis consigo mesmos. Sejam muito gentis consigo mesmos.

E vocês têm de respeitar a si mesmos. Agora, nesse estágio, coloquem sua mão direita em seu coração, no lado esquerdo. No lado esquerdo está o coração, então coloquem sua mão direita no coração. Agora, mantenham seus olhos fechados, e tentem olhar dentro… do seu coração, no sentido de colocar sua atenção em seu coração… e dizer – vocês têm de perguntar agora para Mim uma pergunta verdadeira… que é a pergunta inteligente. Perguntem: “Mãe, eu sou o Espírito?” Façam esta pergunta três vezes: “Mãe, eu sou o Espírito?” Façam esta pergunta três vezes: “Mãe, eu sou o Espírito?” (O Canal esquerdo está demais, é o esquerdo…) Agora, elevem esta mão, quero dizer, baixem esta mão… até o abdômen, na parte superior no lado esquerdo. Baixem esta mão no lado esquerdo, na parte superior… do seu estômago. Aqui está um outro centro, o centro do Mestre Primordial. Como você se torna o Espírito, você se torna o mestre, você se torna o guru. Então agora, logicamente, você tem de fazer uma outra pergunta: “Mãe, eu sou o meu próprio mestre?” Façam uma pergunta: “Mãe, eu sou o meu próprio mestre?” Façam essa pergunta três vezes. Essa é uma pergunta sensata.

Você é o seu próprio mestre, você não precisa de nenhum mestre, seja qual for. Eu não sou o seu mestre, Eu sou somente sua Mãe, só isso. Agora. Depois de fazer essa pergunta, baixem sua mão novamente, na parte inferior do seu abdômen. E este é um centro muito importante que é chamado de Swadisthan, que cuida do plexo aórtico em nosso ser. Agora, pressionem os dedos e digam neste ponto, porque neste ponto, devo confessar, não posso passar por cima de sua liberdade. Vocês são livres para escolher. Se vocês querem ter o conhecimento… verdadeiro, vocês têm de pedir por ele, não posso forçá-los. Então vocês têm de dizer: “Mãe, por favor, dá-me o conhecimento…” “verdadeiro, dá-me o puro conhecimento. Eu quero o puro…” “conhecimento, a técnica do puro conhecimento”, que é um outro significado da palavra “yoga”.

Vocês têm de dizer isso seis vezes, porque há seis pétalas neste centro. Há também seis plexos, subplexos no plexo aórtico. (Terrível! Swadisthan Esquerdo.) Agora. Novamente vocês estão se sentindo culpados. Por favor, não se sintam culpados. Por favor, não se sintam culpados. Não se sintam culpados por qualquer coisa. Vocês não fizeram nada errado.

Ah, agora está melhor. Agora, elevem esta mão novamente até a parte superior… de seu estômago, onde está o centro do Mestre Primordial. Como vocês pediram pela técnica, Eu lhes direi, vocês têm de afirmar neste centro, têm de dizer: “Eu sou o meu próprio mestre.” Apenas digam isso. Vocês têm de dizer dez vezes com total confiança, digam: “Mãe, eu sou o meu próprio mestre.” Porque há dez subplexos, como dez valências, nós temos esses dez plexos. Ah! Esqueçam os seus mestres. E esqueçam toda a escravidão. Ah! Tudo bem. Tudo bem.

Bom. Dez vezes. Agora, elevem esta mão direita até o coração, novamente no seu coração. Aqui reside o seu Espírito. Novamente na técnica, vocês afirmam, este é o mantra que vocês têm de dizer neste ponto; “Mãe, eu sou o Espírito.” Com toda humildade, aceitem em toda a sua glória, assumam: “Mãe, eu sou o Espírito.” Está bom, muito bom. Vocês têm de dizer isso 12 vezes. Mas não se sintam culpados. Agora, Eu tenho de lhes dizer que Deus é o Oceano de Amor. Ele é o Oceano de Compaixão. Mas o melhor de tudo, Ele é o Oceano de Perdão.

Então, por favor, não se sintam culpados, porque qual pecado… vocês podem cometer que Ele não possa perdoar? Nós estamos desafiando o Seu poder de perdão quando nos sentimos culpados. Por favor, não se sintam culpados. Sem se sentirem culpados, digam: “Mãe, eu sou o Espírito.” Desça. Tudo bem. Ah, está melhor. Doze vezes, porque há 12 pétalas. Nabhi Esquerdo. Está mais no esquerdo, tudo bem. Não há nada no direito.

Ah! Melhor. Mas o Nabhi Esquerdo está demais. Move-se daqui. Agora, movam esta mão para cima e coloque-a – a mão direita, vocês têm de mover a mão direita, a mão esquerda em direção a Mim – coloquem-na no lado esquerdo de seu pescoço. Na base, quase tocando o lado esquerdo… de sua medula e pressionem-na um pouco. Neste ponto, na frente – vocês têm de fazer isso, leve a mão… para frente, não de trás, mas no lado da frente – segure firme. Aqui agora, vocês têm de dizer, com total confiança, com todo amor e compreensão de si mesmo: “Mãe, eu não sou culpado.” Por favor, digam isso 16 vezes. E se você é muito assim, é melhor dizer isso… 108 vezes para se punir, se você for muito condescendente com este tipo de coisa. Está bom.

Ela está se elevando até o Agnya. Ah! Agora, elevem sua mão no topo de sua testa, transversalmente. E segurem-na, sua testa. Neste ponto – vocês sabem, como Eu lhes disse, este é o centro… de Cristo – vocês têm de perdoar a todos. Algumas pessoas podem dizer: “É muito difícil, Mãe,” “como podemos perdoar?” Mas é um mito você não perdoar ninguém ou… perdoar alguém, porque quando você não perdoa, você sofre, não o outro. Então por favor, digam: “Mãe, eu perdoo a todos.” Vocês ficarão surpresos, quando disserem isso de seu coração, este centro se abrirá. Melhor. Agora, se vocês ainda estão se sentindo culpados, é melhor colocarem sua mão na parte detrás de sua cabeça. Segurem-na firme, todos devem fazer isso, e de uma vez por todas digam: “Oh Senhor, perdoe-me se cometi qualquer erro.” Simplesmente de uma vez por todas, mas não se sintam culpados depois de dizer isso, ou antes também.

Apenas digam: “Oh Senhor, perdoe-me se eu disse alguma coisa errada…” “ou se eu fiz qualquer coisa errada contra o Senhor.” Segurem a parte detrás de sua cabeça. A parte detrás de sua cabeça, como eles a chamam, o lóbulo ótico. Três vezes. Mas não se sintam culpados. Por favor, não se sintam culpados. Isso é muito importante. Move-se para culpa novamente. Tudo está melhor. Está se elevando. Digam de coração: “Seu eu fiz qualquer coisa errada” – agora, não enumerem isso, apenas digam em geral.

Não enumerem o que fizeram de errado, o que quer que tenham feito de errado. Por favor, não enumerem. Apenas digam: “Se fiz qualquer coisa errada, por favor, perdoa-me.” Só isso. Porque vocês são o Espírito, e se vocês são o Espírito, que erro vocês podem cometer? Vocês têm de somente se tornar o Espírito, só isso. Vocês emergem da lama como um lótus. Ah! Agora, coloquem esta mão no topo de sua cabeça, na área óssea da fontanela que era a moleira na infância, que é chamada de taloo. Agora pressionem-na com sua palma e movam seu couro cabeludo. Neste ponto novamente – uma outra parte da yoga – Eu não posso passar por cima de sua liberdade, porque vocês têm de ascender em sua própria liberdade e glória.

Então, vocês têm de dizer que vocês querem a Realização, e Eu devo lhes dar essa Realização. Então, vocês têm de dizer: “Mãe, eu quero a minha Realização.” “Por favor, dá-me a Realização.” E vocês têm de dizer isso sete vezes, porque há sete centros, as sedes dos sete centros no cérebro. Agora, pressionem fortemente e movam no sentido horário. Pressionem esta parte fortemente e – com sua palma. Agora, abaixem sua mão, por favor, abaixem. E levantem sua mão esquerda, e vejam se há uma brisa fresca saindo. Movam-na para cima e para baixo. Coloquem a atenção lá. Mais ou menos dez ou doze centímetros de lá – apenas movam-na para cima e para baixo. Agora, coloquem a outra mão.

Agora, vejam com esta mão. No topo de sua cabeça. Tudo é… Porque muitos Sahaja Yogis estão sentados lá, mas Eu não sei se essas pessoas estão sentindo isso. Agora coloquem a outra mão deste jeito. [Soprando no microfone.] É como uma montanha. Mudem suas mãos por favor, novamente. [Soprando no microfone.] Vocês sentem a brisa fresca? Agora, para sua informação, nós temos muitas pessoas que… são almas realizadas que vieram a Bath.

E elas darão uma olhada em vocês. Vocês podem colocar suas mãos deste jeito. Aqueles que não estão sentindo a brisa fresca, levantem suas mãos, antes de mais nada. Levantem-nas alto. Tudo bem. Venham agora. Os Sahaja Yogis devem vir e cuidar deles. Você está sentindo a brisa fresca? Na cabeça? Na cabeça.

Você está se sentindo relaxado? Bom, bom. E quanto a você, do negócio tibetano? Caleb – ele é bom, bom, bom, ele saiu-se bem! Caleb, cuide deste aqui, do tibetano. Ele é um buscador, inteiramente. Ele obteve isso? Não? Ele esteve em algum guru, Eu… Apenas cuidem dos chakras deles, o que está bloqueando. Apenas trabalhem nos chakras.

Ah, melhor. Está melhor agora. Mas você tem de sentir nas mãos. Agora, mantenha suas mãos deste jeito. Nas mãos, você de sentir isso. Perdão? Torna-se mais frio. Primeiro está quente. As mãos estão quentes agora? Tudo bem.

Agora, isto é um milagre, não é? Agora, coloque sua mão esquerda em seu estômago, aqui. Não, deste lado. A mão direita em direção a Mim, sim. Agora, está bom. Ela está sentindo o calor, só isso. Mas ela obterá isso. Apenas ela ficará… não, coloque-a no fígado – a mão esquerda no fígado, sim. Vejam, ele mesmo é um médico. Ela obteve?

Esta senhora que estava fazendo perguntas? O que você diz? Não? Quente? O que é? Onde ela está bloqueada? Ele está sentindo isso? Bom, bom. Isso está bom. Ele tem um bloqueio no Vishuddhi.

Ele tem um bloqueio no Vishuddhi. Deixe-o perguntar se ele – “Eu sou parte integrante do todo” funcionará com ele, porque o Vishuddhi está bloqueado. É ela? Graças a Deus, agora! Tudo bem. Sim, o que é isto? Muitos de canal esquerdo, Eu lhes digo, realmente. E quanto a você? Por que você não trabalhou? O que você diz?

Caleb? Qualquer pessoa que não sentiu isso, por favor, levante suas mãos. Eles vieram o caminho todo para ajudá-los, alguns deles vieram do norte do país. Sim, senhor. Alguém lá. Você consegue ver lá? Todos vocês apenas olhem para Mim sem pensar. Apenas olhem para Mim sem pensar.