Raksha Bandhan and Maryadas

Montague Hall, Hounslow (England)







Feedback
Share

Raksha Bandhan e Maryadas, Hounslow, Londres, Inglaterra, 11.08.1984

Após o grande tour… Após o grande tour do Reino Unido, fico confiante de que… a Sahaja Yoga está alcançando suas raízes, e você pode ver algumas das plantas brotando.

É supreendente, quando anunciei que poderia ser o último tour… que seria feito no Reino Unido, as coisas começaram a dar certo. Em todo lugar que fomos, foi muito bom e bem sucedido, especialmente em certos lugares, foi milagroso. Vocês devem ter ouvido falar da mulher… que não saia de sua casa, estava sofrendo de agorafobia, e a imprensa nos desafiou, que ela deveria ser curada, porque ela não consegue sair de casa. E somente com a fotografia dela e tratamento, ela se curou, e agora, ela está andando por aí, e eles fizeram… uma grande reportagem dizendo: “A Guru cumpre Sua promessa”. Esse é um deles e há muitas coisas desse tipo que aconteceram, sobre as quais vocês deveriam conseguir o relato. Eu devo dizer que Eu achei todos os Sahaja Yogis muito cooperativos, muito alertas, muito prestativos e extremamente progressistas. E Eu fiquei feliz ao ver que eles estão tentando se elevar… e se aprimorar, se desenvolver, e estão agindo muito melhor do que Eu esperava, realmente. Eu fiquei muito, muito encantada com todos eles, e Eu espero que em 12 anos, seremos, sem dúvida, os Sahaja Yogis de primeira classe do mundo. Agora, hoje é um dia muito importante do Raksha Bandhan, então Eu tenho de lhes falar algo sobre Raksha Bandhan. Antes disso, nós temos de falar sobre as maryadas… que devem ser observadas pelos Sahaja Yogis.

Uma das coisas que descobri aqui, no ocidente, é que embora tenhamos entendido a importância do Muladhara, que é uma coisa muito importante, e a menos e até que reestabeleçamos nosso Muladhara completamente, nós não vamos ter uma ascensão mais rápida. Apesar de tudo isso, ainda há coisas persistentes que você vê em volta. Como por exemplo, as pessoas começam a escolher… seus parceiros na Sahaja Yoga. Isso não é permitido, isso não é permitido. Vocês não devem estragar seus ashrams, seus centros de meditação, usando-os para uma sociedade de busca de casamentos. Vocês devem respeitar isso; esse ponto, vocês devem respeitar. Se você tiver de se casar, então você pode achar seu parceiro fora da Sahaja Yoga, antes de mais nada. Mas se você quer se casar na Sahaja Yoga, então você não deve ficar procurando pessoas na Sahaja Yoga. É uma coisa muito perigosa para a própria Sahaja Yoga e para vocês. Essa é uma coisa que nunca se deve tentar fazer com Sahaja Yogis.

Para todos os propósitos práticos, vocês são irmãos e irmãs. E é por isso que Eu sempre encoragei casamentos entre pessoas… que pertencem a outros países ou a outros centros. Por exemplo, agora estamos tendo um casamento, um grande programa, Eu diria que a maioria dos casamentos… que foram feitos assim são mais bem sucedidos… do que os casamentos que foram escolhidos e realizados. É muito errado fazer uma coisa assim, como arrumar por sua conta seu casamento com um Sahaja Yogi. Isso será perigoso. Eu não quero dizer nada, mas isso não mostrará ser bom, porque é uma atividade anti-Deus, totalmente anti-Deus. Você deve desenvolver seu brahmacharya, você deve desenvolver seu Muladhara. Ao invés disso, se você começar a selecionar uma Sahaja Yogini… ou um Sahaja Yogi para sua vida de casado, isso será muito, muito problemático. Seu Muladhara não se estabilizará. Isso é um golpe muito ruim para o seu desenvolvimento.

Por causa da sua formação e do tipo de condicionamento que vocês tiveram, vocês não compreendem que… é importante manter a pureza dos centros de meditação e de todo lugar. Portanto, qualquer relacionamento assim… em uma cidade é uma coisa muito errada, isso estraga todo mundo. Para aumentar o problema, é um hábito das pessoas, Eu ouvi falar… que elas tentam provocar: “Vocês parecem melhores juntos,” “vocês ficam bem juntos.” Eles provocam e gostam. É um tipo de diversão muito pervertida do Muladhara, provocar os outros: “Você fica muito bem com ele,” “e é melhor você se casar.” É um tipo de insensatez romântica. É claro, para todos os yogis, eles têm de ter brahmacharya. Mas mesmo que você não consiga ter brahmacharya, você deve ter maryadas. Não provocar uns aos outros e se divertir com esse tipo de insensatez. quando o casamento não está estabelecido.

O casamento estabelecido está tudo bem. E isso mata completamente a alegria do casamento, porque não resta nenhuma curiosidade. E muitas vezes, Eu percebo que relações absurdas são estabelecidas. Algumas delas são realmente sem valor e realmente serão prejudiciais, e algumas delas nunca são estabelecidas. Assim, se elas são estabelecidas, eles estão errados, e se elas não são estabelecidas, são de partir o coração. Portanto, vocês não devem fazer todos esses tipos de coisas. Nós tivemos experiências de pessoas que se casaram fora… e trouxeram pessoas maravilhosas para a Sahaja Yoga. Se você puder fazer isso, você deve fazê-lo. Mas se vocês têm de casar com Sahaja Yogis, vocês não devem casar com eles ao custo da destruição… da pureza e do idealismo que o casamento tem. Para seu próprio bem, para sua própria satisfação, você não deve estragar o nome da Sahaja Yoga.

Essa é uma coisa que tenho visto, então Eu diria que hoje, como é o dia da pureza entre relacionamentos, vamos saber que vocês têm de tratar uns aos outros como irmãos e irmãs. Nenhum jogo assim deve ser seguido. Não permita que sua mente seja levada por isso. Porque se você permitir, então não haverá fim para isso. Na realidade, vocês sabem como é difícil trazê-los de volta… à normalidade. Quando Cristo disse: “Não tereis olhos adúlteros”, Ele não disse isso porque não era prático. É muito prático para Sahaja Yogis. E não há nada para se preocupar tanto com casamentos. O que é tão importante? Muitos são casados e o que lhes aconteceu?

Mesmo com casamento na Sahaja Yoga, alguns deles falharam… por causa desses maus hábitos. Assim, é melhor você se livrar desses maus hábitos antes de casar, porque depois de casar, eles também continuam deste jeito, e procurando rapazes e moças. Porque se esses hábitos não forem contidos antes do casamento, então eles continuam perdurando. Portanto, não se deve tentar fazer todas essas coisas antes do casamento. E Eu tenho visto que casamentos assim… nunca, nunca foram bem sucedidos até agora. E mesmo se eles forem, é um tipo de coisa fantasiosa, falsa. Isso não proporciona a verdadeira alegria, é uma busca infeliz. Talvez em um caso seja bem sucedido, mas isso não significa que você deva obter qualquer apoio… de coisas tão difíceis, mas tenham casamentos normais que sejam gratificantes. que criem ligações permanentes entre as pessoas. Todos os casamentos… Agora, nós temos de compreender as maryadas, sobre as quais Eu lhes falei antes também.

Os relacionamentos entre homens e mulheres só são puros… se alguns limites são preservados. Por exemplo, vamos supor que você tenha leite em um recipiente… e tenha alguma outra coisa em outro recipiente. Para manter a pureza de um recipiente, você tem de mantê-lo nos seus limites, na xícara. Se você permiti-los se misturarem, se eles se juntarem e se misturarem, então não restará nenhuma pureza, é algo simples assim. A pessoa deve compreender: nós devemos entender… como manter nossos relacionamentos no respeito apropriado… em relação à decência e à castidade de uns com os outros. Agora, por exemplo, há uma moça que é mais jovem que você. Você deve manter toda a distância de tal pessoa. Se ela for muito mais velha que você, então está tudo bem. Você pode conversar, rir, brincar, ela é muito mais velha do que você. Mas normalmente com uma moça que é mais jovem que você, mesmo muito mais jovem, você deve tentar manter-se distante, afinal ela é uma jovem, não com as crianças, mas ainda assim.

Você deve aprender essas coisas, como manter uma distância. Agora, se há um homem que é mais jovem que você, então você não deve ter nenhuma ideia estranha sobre tal pessoa, é totalmente absurdo. Se algum homem é mais jovem que você, é somente na perversão que você faz tais coisas. Você não deve ter nenhuma ideia estranha sobre essa pessoa. Isso só é feito quando há emergências, quando não há nenhuma possibilidade de casamento, quando há muitas mulheres ou muitos homens, ou sob condições pervertidas. Nós não temos nenhuma dessas condições aqui, então nós temos de nos comportar como pessoas normais, e quando o ambiente adequado nos é dado, por que não fazer uso dele? Por que deveríamos criar coisas absurdas? Depois eles vêm a Mim dizendo: “Mãe, agora nós decidimos casar, nos deixe casar.” Eu tenho de dizer: “Sim”. Para muitas coisas, Eu não quero dizer “sim”, mas Eu tenho de dizer “sim”.

Mas isso cria um precedente muito ruim. Talvez em alguns casos, como um caso excepcional, Eu posso ter optado por casar alguém assim. Mas isso não significa que vocês tomem as rédeas… e simplesmente comecem a fazer coisas assim, de modo que Eu terei problemas mais tarde. Porque uma vez que vocês façam isso, então todo mundo começa a fazer. É um tipo de agressividade vocês arranjarem alguma coisa, virem a Mim, dizer: “Mãe, nós queremos nos casar.” Agora, o que devo dizer? “Tudo bem, casem.” Mas isso cria um problema para Mim, para o resto das pessoas. Eles dirão: “Tudo bem, se ele se casou com uma moça 20 anos mais nova,” “por que eu não me caso com uma moça 30 anos mais nova?” Vocês devem entender Meus problemas.

Se Me pedirem algo: “Mãe, eu devo fazer isto?” Vocês realmente Me forçam, Eu tenho de dizer “sim”. Eu não consigo ser muito rígida com vocês, porque Eu sou sua Mãe. Mas vocês devem ser sensatos sobre o que Me pedem, até onde ir. Essa é a maior maryada que você tem de aprender. De repente, você virá: “Mãe, eu devo me sentar aqui?” O que Eu digo? “Devo fazer este senhor sentar-se aqui?” O que Eu devo dizer? “Tudo bem”.

Você mesmo não deveria fazer tal pergunta. Porque às vezes você dá importância indevida a alguém, que é “meu irmão”, que é “minha irmã”, algo assim, e faz essa pessoa se sentar em Minha cabeça. Às vezes você telefona para Mim: “Mãe, ela gostaria de falar com a Senhora.” Quem é ela? Ela está bem? Nós devemos levá-la à Mãe? Ela é capaz de falar com a Mãe? Qual é a condição dela? Ela incomodará a Mãe? Ninguém pensa sobre isso.

Portanto você deve primeiro estabelecer seu relacionamento Comigo… de uma compreensão adequada de que você não deve tentar Me perturbar. Mas isso é algo que ainda não está em Minhas mãos, Eu acho, porque as pessoas não entendem o que elas estão fazendo. Assim, primeiro tente se certificar de não tentar tirar vantagem de Mim. E em segundo lugar, não tente trazer pessoas para Mim… que não merecem isso. Não há nenhuma necessidade de desperdiçar Meu tempo com elas. Eu tenho muitas coisas para serem feitas, muitas ideias… para serem formuladas, tenho de trabalhar muito arduamente. Vocês sabem, estou trabalhando mais arduamente do que qualquer um de vocês, do que os que estão praticando a Sahaja Yoga. E nesta idade, se você tentar Me incomodar desse jeito, Eu não sei como lhe falar: “Não Me perturbe”, na presença da pessoa com a qual você virá, você trará… a pessoa para Minha cabeça: “Oh, essa pessoa veio do Timbuktu,” “e eu a trouxe.” Você simplesmente faz isso. É agressividade Comigo.

Por favor, não tente agir assim. Essa é uma coisa errada de se fazer. Portanto as maryadas devem ser primeiro estabelecidas Comigo, compreender que você não deve tentar Me perturbar… de forma alguma dessa maneira. Em segundo lugar, vocês devem tentar Me agradar sendo pessoas boas. Eu ouço falar que alguém está tentando ser muito egoísta. Ele não coloca nem mesmo Minhas fitas, ele simplesmente dá suas próprias palestras. Esse tipo de coisa é surpreendente. Como as pessoas podem agir assim? Tentem abaixar o ego de vocês, o superego. Vocês devem aprender a Me agradar, “Prasanno bhave Devi, prasanno bhave”.

Se você não consegue fazer o Devi Prasanna (agradar a Devi), qual será a sua conquista? Como por exemplo, Rustom diz que Eu sou Mahamaya, tudo bem. Mas você não sabem que Eu sou isso? Então tentem observar isso. E tentem manter esta compreensão: se vocês têm de crescer, nós temos de ter um relacionamento apropriado com a Mãe, e devemos entender o que A desagradará mais. “Eu A estou agradando fazendo isto?” Mas se você Me forçar: “Se isso A agrada, nós faremos.” Então o que devo dizer? “Tudo bem, vá em frente.” Se Me agradar, Eu espontaneamente direi: “Tudo bem, isso Me agrada.

Vá em frente com isso!” Desse jeito, há tantas coisas que as pessoas simplesmente tentam forçar em Mim… e Eu digo: “Sim”. Mas Eu sou muito esperta e inteligente nisso, porque Eu falo de uma forma pela qual você deveria perceber… que isso não propricia alegria. Tudo bem, seja o que for. Agora, a segunda coisa é… que as maryadas de relacionamentos entre vocês… é um relacionamento de puro amor, de pureza. A menos e até que vocês desenvolvam relacionamentos puros, vocês serão arruinados. Vejam, este dedo tem de ter puro relacionamento com esta mão. Vamos supor que este dedo tenha alguns sentimentos impuros… em relação a esta mão, ele pode sujá-la, ele pode estragá-la. Da mesma maneira, nós devemos ter relacionamentos extremamente puros… uns com os outros. Significa que devemos tentar dar nosso coração… a outra pessoa sem nenhuma luxúria ou ganância nisso.

Isso nós devemos tentar fazer. Tentem ajudar uns aos outros. Eu percebo quando eles se sentem de uma maneira luxuriosa… ou de uma maneira gananciosa apegados aos outros, isso não é para Sahaja Yogis, mas sim para não Sahaja Yogis, eles ficam muito interessados naquela pessoa. É uma forma muito baixa de apego. Mas na Sahaja Yoga, o seu apego é com seu Espírito, com seu Atma, e o Atma é a forma mais pura do nosso ser. Nós temos de mantê-Lo totalmente puro. E então a felicidade é mais elevada do que qualquer romance, do que qualquer casamento, do que qualquer coisa mundana. é o mais alto e o mais elevado. Primeiro alcancem isso. Antes de tudo, você deve se elevar e alcançar isso, alcançar essa pureza.

Isso é muito importante. Agora, o relacionamento entre homens e mulheres, Eu lhes falei que… vocês não devem tentar entrar em quartos onde as mulheres estão, não é apropriado. Nem as mulheres devem entrar no quarto dos homens. Mas é muito comum. As mulheres não devem se comportar da forma como as outras mulheres se comportam. Por exemplo, Me contaram que em um casamento no Maharashtra… as mulheres foram e tiraram todas as suas roupas, isso não é a Inglaterra. Eles tiveram um choque. Alguns deles perderam o apetite por três, quatro dias. Eles nunca viram mulheres desse tipo em sua vida. Elas foram e tiraram suas roupas de repente, todas elas.

Eles ficaram chocados, tão chocados que por três, quatro dias, eles não comeram. Então vocês não têm nenhum direito de chocá-los também. Porque se você vai ao país de alguém, você deve saber de que forma eles vivem. Isso nunca é feito. Ninguém fica nu assim. E cerca de vinte garotas, se elas ficarem nuas, o que acontecerá? Assim, o senso de pudor deve ser desenvolvido entre homens e mulheres. Isso parece bom, isso parece belo. Dá um charme especial, se você tem senso de pudor, um pouco de timidez. Sua Princesa de Gales é considerada bela.

Ela é bela. Sua timidez é tão natural. Essa timidez não está presente, como um – Eu não sei qual animal faz isso, mas alguém que não tem nenhum pudor, Eu simplesmente não sei quem é assim. Todo mundo tem um senso de pudor, mesmo os animais. Então por que não deveríamos ter esse senso de pudor? Como se comportar em relação às mulheres, como ser… De repente, não há nenhuma necessidade de simplesmente… Eu vi uma mulher indo da Índia para – indo da Inglaterra para a Índia, e ela simplesmente foi… e deu um grande tapa nas costas do Sr. Modi: “Olá Modi, como você está?” E Modi tomou um susto. Ela não tinha a intenção, ela era inocente, mas essa não é a forma… que vamos nos comportar na Sahaja Yoga, como algum tipo charmoso… ou algum tipo de pessoa fantástica, o que vocês chamam, uma mulher moderna, chegando desse jeito. A pessoa deve entender que deve ter um senso de pudor. O modo como você fala, mesmo Comigo, eles falarão com uma mão deste jeito: “Mãe, isso está acontecendo.”

Mas não há nenhuma necessidade de fazer tudo isso. Fale de uma forma que seja gentil e bela. Outro dia Eu encontrei um motorista de taxi muito gentil. E Eu lhes digo, seus gestos eram tão belos. Imediatamente Eu disse: “Ele é uma alma realizada.” Ele não dizia nada sem colocar sua mão deste jeito, e seus olhos para baixo. Ele não diria algo assim, nada desse tipo. Ele era tão doce, o seu gesto todo. Ele é inglês. Nascido e criado aqui.

Ele não disse uma única palavra vulgar. Por exemplo, um de seus jogadores foi tão estúpido. Quando a Princesa Anne foi se encontrar com ele, ele disse todos os tipos de coisas. É um tipo de ego ou estupidez, Eu não sei, porque o modo como você conversa, como você fala, tudo deve ser santo. Vocês são santos agora, vocês se deram conta disso? Todos vocês são santos. Portanto, como vocês se comportam com dignidade uns com os outros, como você respeita a dignidade deles, como você vive, é muito importante, e você deve tentar manter isso de uma forma… que pareça um comportamento santo. Você tem de ser um santo. E isso não é difícil para vocês adotarem. se comportar de uma forma que vocês são santos.

Isso é muito importante, Eu devo lhes dizer, porque Eu tenho observado essas maryadas. se você não preservar suas maryadas, isso estará matando, estará matando completamente a Sahaja Yoga, Esta é uma das coisas mais essenciais que a pessoa tem de ser. Eu lhes disse repetidas vezes como se vestirem, como se comportar, como falar, como ouvir os outros mais do que você mesmo falar, como se tornar não agressivo, é a melhor forma de impressionar… as pessoas e de expressar a Sahaja Yoga. Eu lhes digo, na realidade, as pessoas começaram a dizer: “Eles são pessoas muito belas, você pode ver que são pessoas muito boas.” “Você pode ver que eles são de um tipo muito diferente. É algo diferente.” “Eles são maravilhosos.” As pessoas começaram a dizer isso. Mas ainda assim, falta em nós certas coisas, por exemplo, nós começamos a ir em um nível… que não é adequado a nossa estatura, a nossa dignidade, a nossa posição como santos. Todos nós somos profetas, e profetas têm de se comportar como profetas.

Eles não podem se comportar como pessoas do tipo vulgar. Assim, nisso, nós temos de entender as maryadas. Agora, a maryada com seu líder também, você deve ser respeitoso. Eu tenho visto que ninguém chama alguém, mesmo as crianças chamarão alguém, digamos, uma pessoa mais velha também, eles nunca os chamam de “tio” ou algo assim. É uma coisa errada. Você deve ensinar seus filhos a chamar os mais velhos… pelo nome como irmão ou tio ou alguém. Dê algum respeito aos mais velhos. Mas quando o líder também não é respeitado, qual é o problema disso? Eu tenho visto meninos chamando… pessoas adultas, casadas com três ou quatro filhos, pelo nome. Esse não é nosso estilo.

Você nunca deve fazer isso. Eu vi isso, mesmo no escritório de Meu marido há esse problema. Porque quando Eu cheguei, eles sempre chamavam você pelo nome. “Tom”, ele é um homem tão grande, ele é chamado de “Tom” e tudo mais. Então C.P. olhou deste jeito: “Tom”. E nós sempre os chamamos, mesmo os motoristas, nós os chamamos de “Sr.”. Nós não conseguimos entender por que é assim. Sendo democrático ou algo assim, é desse modo que você se torna “demoniocrático”. Nós devemos respeitar, nós devemos respeitar uns aos outros, devemos chamá-los de nomes mais elevados.

Especialmente quando em uma reunião, há pessoas, você deve chamá-las, um ao outro, mesmo seus amigos, de “Sr. Fulado de Tal.” Está tudo bem para Mim Eu chamá-los, pareceria muito estranho… se Eu chamar “Sr. Brown” ou “Sr. Reeves”, porque eles são Meus filhos, Eu sou a Mãe deles. Mas para vocês, porque vocês são iguais, pelos menos os chamem de “Sr.” e digam algo de forma que seja bom. Por exemplo, a língua inglesa tem muitas palavras como “por favor”, “obrigado”. Todas essas devem ser usadas abundantemente, abundantemente. Nós iremos retroceder um pouco. Nós estamos agora nos tornando muito mais modernos, de modo que devemos abrir mão e nos tornar menos modernos e mais elevados. Agora, a ideia inteira desta maryada é tal que… quando você chamou alguém de irmã ou irmão, então isto não é de boca para fora: “Você é minha irmã”, é algo inato e muito profundo. Você tem de desenvolver esse sentimento de irmã, porque é desse modo que sua grandeza ascenderá, seu Vishuddhi Esquerdo melhorará, sua Vishnumaya ficará satisfeita. Se você chamar alguém de irmã, os relacionamentos de irmã e de filha… e os relacionamentos maternos sempre reduzem… o assim chamado ego, que está escondido no Vishuddhi Esquerdo.

Então tente ser gentil e amável com a pessoa que você chama de irmã. Dê apoio a ela, cuide dela. Se você chama alguém de irmão, você tem de orar pela proteção dele, então você deve saber que… você tem o direito de lhe pedir pela sua proteção também. Mas você deve também dar algo a ele, e você deve tentar cuidar dele, recebê-lo com alegria em sua casa, e tratá-lo como alguém que é uma parte integrante de seu ser, porque ele está muito mais próximo a você, porque ele é seu irmão, e ele está muito mais próximo. Mas um irmão assim não deve tentar dominar a esposa. Essa é novamente a maryada. Por exemplo, um irmão é, de certo modo, muito amigável com o irmão ou uma mulher é muito amigável como uma irmã, então ela não deveria tentar causar um conflito entre o marido e a esposa. Esta é a pior coisa de se fazer: causar um conflito entre o marido e a esposa. Qualquer um que tente isso deve saber que ele é uma pessoa má. Nunca se deve tentar causar um conflito entre marido e esposa.

Eu sei que há problemas entre marido e esposa, Eu os corrigirei. Mas não tente causar nenhum conflito entre eles. E não tente criar um problema. Se isso for problemático, é para Eu resolver, não vocês, vocês não têm de resolver. E não interfira na vida de casado deles. Deixe-os serem como eles são. Eu descobrirei como eles estão, Eu tentarei ajudá-los. Mas é muito errado brincar com a vida conjugal deles… ou com os problemas conjugais deles e de repente criticar severamente alguém. É uma coisa muito errada que é muito comum aqui. E se uma mulher estiver angustiada, um homem virá ajudá-la, mesmo se ela for casada, ele fugirá com ela.

É deste modo que ele vai ajudá-la no sofrimento: criar um outro sofrimento para ela. Portanto, é deste modo que devemos entender: esse tipo de generosidade vulgar… e esse negócio de conquista não são para a Sahaja Yoga. Em nosso coração, reside o Espírito. Nós somos pessoas dignas, e nessa dignidade, nós temos de nos elevar e viver com essa dignidade. Não vulgarmente permitir o Espírito ser insultado ou dominado… ou subjugado por alguém. Agora, o relacionamento com as crianças, nós também devemos entender. Eu tenho visto que algumas pessoas têm o hábito… de ficar muito mais próximo a uma criança, e mimá-la: “Oh, esta criança é isto. Oh esta criança…”. Deixem os pais lidarem com a criança, simplesmente não interfira com os filhos dos outros. Não interfira muito com eles.

Se você percebe que qualquer criança é de tal e tal jeito, Me informe, Eu curarei a criança. Mas se a criança está sendo mimada por você, a pior coisa de se fazer para prejudicar essa criança é mimar. As crianças aqui são muito espertas e inteligentes, vocês devem saber. Elas são muito boas em manipular. Elas manipularão, porque elas são extremamente precoces. Elas são almas realizadas, elas nasceram neste país. Que combinação! Nesse momento, você deve ser muito cuidadoso em relação à educação delas. Até os cinco primeiros anos de idade, todos os pais… devem ser extremamente rígidos com os filhos, extremamente rígidos. Não os permitam subrepujá-los ou manobrá-los, manipulá-los.

Isso é muito importante. Se vocês os permitirem subrepujá-los ou dominá-los, eles se sentarão sobre sua cabeça. Diga-lhes para não agirem assim. e um dia vocês virão e dirão: “Mãe, o que fazer?” “Estas são almas realizadas e estamos cuidando delas.” Eles não são divindades. Eles não são divindades para serem venerados. Eles são só almas realizadas. Então mantenham-nos nesse ponto. E vocês são os Meus tutores dessas crianças.

E se vocês as estragarem, são vocês que serão responsáveis. Vocês não têm nenhum direito de estragar a vida dessas crianças… como Sahaja Yogis e as chances delas de ascensão. Assim, se elas nascem realizadas, elas não são divindades, isso você deve entender. Elas não estão além da corrupção, elas não estão além de todos os tipos de coisas. Se você compreender esse pequeno detalhe, ao lidar com seus filhos, você tem de ser realmente rígido. Eles devem saber como meditar, devem saber como orar, devem saber como respeitar; e todas as coisas boas, você deve ensinar aos seus filhos. E não permita que eles os dominem. Muitas pessoas arruinaram a vida de seus filhos desse jeito. Por favor, vocês se certificarão de que a criança seja trazida ao nível apropriado? Se a criança está tentando tomar liberdade com você… e é prepotente e não escuta você, por favor, dê essa criança para que algum outro Sahaja Yogi tome conta, quem você acha que pode tomar conta e assegure-se que a criança seja corrigida.

Cortar pela raiz é a melhor forma, porque nós não queremos ter crianças que são mimadas, que estão estragando outras crianças, nem queremos crianças que são submissas a tais crianças. Assim, vocês têm de ter crianças apropriadas, crianças bem comportadas, sensatas, crianças sábias. Porque elas podem realmente ser um estorvo para vocês, para Mim, para qualquer um, se vocês não as educarem apropriadamente. E elas são nossa responsabilidade, nós temos de cuidar delas. Portanto, o relacionamento entre o pai e os filhos, entre a mãe e os filhos é importante. Na verdade, a mãe deve cuidar muito mais do filho. E o filho deve respeitar. O pai nunca deve repreender a mãe na presença do filho. Esta é uma coisa que devemos entender: se o pai começa a repreender a mãe na presença do filho, o filho não terá nenhum respeito pela mãe. Mas o respeito deve ser mantido, porque se a esposa respeita o marido, então o filho saberá como respeitá-la e o marido também.

Então a coisa toda é construída assim. É um tipo de padrão para os filhos seguirem. Não se deve tentar dominar o marido, pelo menos na presença dos filhos. Isso é muito errado, porque depois os filhos aprendem esse truque e começam a dominar você. Portanto, isso flui de você para os filhos. Assim, tente se certificar de que se você tem de fazer qualquer coisa, então faça-o você mesma. E respeite o marido… e de uma forma que seja muito óbvia para o filho, que o pai é respeitado pela mãe. E eles são exatamente como “macacos”, a forma como você se comporta, eles se comportam. Então os permita se comportarem de uma determinada forma, eles se comportarão dessa forma, mas se você colocar um bom padrão. Outro dia, estava pensando em como as crianças indianas são tão obedientes, tão sensatas.

Elas nunca ficarão pedindo: “Quero isso, quero aquilo.” Elas nunca manipulam. O que acontece? O que acontece? Como elas fazem isso? A razão é, Eu acho, um bom padrão dentro de casa. Todos sabem a quem respeitar, como respeitar, como se comportar. O relacionamento na Sahaja Yoga tem de ser ainda mais do que isso, muito mais sutil. Por exemplo, isso Eu disse antes também, se estamos em uma sala, sempre tentem ceder o lugar a uma outra pessoa, tentem, tentem fazer isso por eles. Se você tem de pagar, melhor você mesmo pagar, não espere para a outra pessoa pagar.

Tente fazer isso você mesmo, corra para fazer isso. Se alguém está carregando a bagagem, corra, carregue isso. É desse jeito que um Sahaja Yogi deve ser. Geralmente as crianças são assim. Elas dirão: “Pegarei isso, farei isso,” “receberei isso.” Pode ser o ego, você pode chamar isso, mas seja o que for, mas esse é o estilo que todos vocês têm de alcançar, formando… um tipo apropriado de imagem para toda a sociedade. Se alguém precisa de algo, corra: “Você quer água? Tudo bem. Você quer isto? Pegue o meu.”

A comida também, a mesma coisa. Primeiro deixe os outros comerem, não que você deva primeiro comer alguma coisa. O modo como você come sua comida é muito importante, tudo é importante para as crianças observarem… e se comportarem desse jeito. Em questão de dinheiro também, tenho visto que as pessoas deveriam ser… muito, muito sensatas e devem ter as maryadas apropriadas. Agora, Comigo, sejam quais forem as maryadas que vocês queiram manter, vocês devem entender, porque é muito constrangedor falar sobre isso. Mas até agora, como vocês sabem, Eu tive de desembolsar… muito dinheiro para administrar muitos fundos, muitas coisas. E da última vez também, nós tivemos muitas pessoas que vieram a Mim, não importa. Mas agora, na realidade, eles colocaram uma… Você não fez agora há pouco? Em Minha palestra, por que você deveria fazer? Apenas espere.

Neste momento, agora, que estamos falando sobre maryadas, nós devemos saber que, em todo caso, a Mãe não deve pagar nunca mais, porque nós somos muitos, nós temos de tentar administrar, se possível. Com ontem, Eu recebi uma pessoa da BBC, e ele disse: “É errado a Senhora não receber nenhum dinheiro deles”. Eu disse: “Onde está o dinheiro? Está fora de questão receber dinheiro,” “Eu mesma tenho de pagar.” Eu disse: “Isso é inestimável, então como você pode cobrar por isso?” “Você não pode cobrar por isso, é inestimável.” “O Espírito é inestimável e você não pode cobrar por isso.” Então ele ficou insistindo, ele gastou meia hora só nesse assunto. Ele disse: “Este cérebro anglo-saxão não entenderá a menos e até…” “que a Senhora torne isso um pouco orientado ao dinheiro ou algo assim.” Eu disse: “Eu não posso, diga-Me quanto deve ser pago?”

Apenas para encerrar, Eu disse: “E quanto a Cristo?” “Quanto dinheiro Ele recebeu?” “Pela Graça de Deus, estou muito bem de vida e também realmente não preciso.” “Mas Ele precisava, ainda assim Ele nunca recebeu dinheiro de ninguém.” Então ele ficou calado. Mas isso é o que é, as pessoas acham que você está conseguindo isso fácil, barato… e é por isso que você quer tirar vantagem, o que é errado. Você deve respeitar. Você deve respeitar e entender… que nunca é bom tirar qualquer vantagem de Mim. Pelo contrário, sempre que for possível, nós devemos tentar fazer tudo que for possível para a Sahaja Yoga, é muito importante. Tente se entregar.

Não que Eu vou receber algum dinheiro de você, você sabe disso. Eu não quero nenhum dinheiro ou qualquer coisa. Mas entregue-se totalmente à Sahaja Yoga. Essa é a melhor forma pela qual as pessoas se elevaram e fizeram tão bem. Agora, o relacionamento entre vocês, entre diferentes grupos, entre diferentes nações. Nós devemos tentar ajudar as pessoas, vamos supor que haja um casal agora… que quer ir para Índia se casar. Agora, se eles não tiverem dinheiro, é claro, Eu estou lá, Eu disse: “Tudo bem, eles não precisam pagar nada, Eu pagarei por eles.” Mas Warren adotou uma posição firme, ele disse: “Por que não os…” “Por que as pessoas ou o centro não os ajudam por agora?” Porque eles ajudaram, agora, vamos supor que eles ajudaram alguém, ele não tinha nenhum dinheiro, foi à Índia, se casou e depois se perdeu, ele se comportou mal, no sentido de que ele não fala com ninguém, acha não há limites para ele mesmo, então começou a se comportar… de uma forma estranha. Então um tipo de sentimento veio na mente deles: “Por que deveríamos fazer isso?

Se você faz isso por alguém,” “ele se comporta desse jeito, se você tenta ajudar alguém.” Esta é uma reação natural na qual se você tenta fazer algo por alguém, então as pessoas tentam se comportar mal? Não é assim. Uma pessoa deve ter feito isso, não significa que todo mundo fez isso. Isso é o que acontece. Eles dizem que um tipo de barreira é formada no indivíduo… que é ajudado por nós e o ego dele é desafiado, e ele tenta se comportar de uma forma que nunca foi conhecida antes. E ele começa a se comportar de uma forma tão estranha… que ele não fala com ninguém, ele mantém distância e se torna louco com seu ego. Então o seu ego fica ferido. Não há nada para se sentir ferido, porque se você não tem dinheiro e se é uma parte de um único corpo, se alguém o está ajudando, não importa. Você pode ajudar, quando você está bem de vida em relação a uma outra pessoa.

Mas quando se trata de você, você desiste. Assim, esse é um tipo de comportamento muito absurdo… de um indivíuo, ou dois ou três, ou talvez cinco ou dez. Não importa. Mas ainda assim, nós não devemos esquecer que temos de ajudar. Nós temos de ajudar tantos quanto for possível. E devemos tentar fazer tudo que nos for possível para os outros. Isso é importante. Se não podemos fazer para um grupo, como o de Sahaja Yogis, quem nós iremos ajudar? Assim, nós temos de dar essa ajuda. Agora, na Sahaja Yoga, na base sutil, nós não devemos tentar julgar as vibrações de ninguém.

É muito comum nas pessoas: “Oh, você está bloqueado no Agnya.” “Oh, você está com isto errado, deixe-me limpá-lo, sente-se.” De manhã até à noite, sem meditar, eles estão limpando os chakras uns dos outros e se bloqueando. É uma ideia totalmente errada. Todo mundo individualmente deve se sentar diante da fotografia, receber as vibrações, toda manhã, deve haver uma disciplina. Você deve saber que o sistema da Sahaja Yoga hoje tem dado certo… dessa maneira, pois Eu lhes dei a Realização… apenas para dizer: “Deixe sua luz ser acesa.” Agora, você tem de cuidar de sua lâmpada, se ela está limpa ou não. Só é possível quando a luz está acesa. Observe sua lâmpada, se ela está acesa ou não. Observe: se alguém é muito agressivo, então tudo bem, você faz um ataque em conjunto a essa pessoa e a censura, ou há líderes que farão isso.

Mas todo mundo não deveria julgar os outros. É melhor julgar a si mesmo, purificar-se, cuidar de si mesmo, e também tentar ver como sua lâmpada está, ela está limpa? A Mãe nos deu a luz para vermos e por que não ver? Assim, se você trabalhar isso nessas linhas, você irá muito rápido. E você tem, agora, de se aperfeiçoar. Nós temos muitos Sahaja Yogis, mas quantos são perfeitos? Esse é o ponto. Agora, seu relacionamento com a Sahaja Yoga é também muito importante. Há uma maryada sobre isso. A Sahaja Yoga não deve ser tomada como garantida.

Qualquer um que acha que obteve a Realização… e agora ele está sentado no topo do mundo, não é assim. Você deve colocá-la em prática, você tem de ter disciplina. O mesmo senhor, o sujeito da BBC, estava dizendo que… isso aconteceu antes, por vários anos, você tinha de viver em celibato… e lavar os pés do… lavar os degraus do templo… e fazer todos os tipos de coisas, trabalhar duro, fazer isso, aquilo, e então eles elevavam isso a um chakra. Eu disse: “Agora, nós fazemos isso ao contrário.” Primeiro construa a cúpula e depois a fundação. A Sahaja Yoga é assim. Desse modo, com a cúpula, você entende, você está protegido, você é cuidado. Mas as pessoas não dão o devido valor, por exemplo: “A Mãe fará isso.” “Deixe isso para a Mãe.” Não, não é assim.

Vocês são Minhas mãos. Vamos supor que Minhas mãos tenham de levantar isto, Eu deveria dizer que Nirmala vai fazer isso? Agora, quem é Nirmala? Estas mãos são a Nirmala neste ponto. Assim, muitas pessoas deixam se levar desse jeito. Assim, para a Sahaja Yoga também, sua atitude deveria ser de respeito. Você não deve tentar dar bandhans em si mesmo diante dos outros, você não deve tentar fazer essas coisas, mas de uma forma digna… você deve respeitar a Sahaja Yoga. E o mais importante de tudo, com a Sahaja Yoga, o seu relacionamento deve ser… que você deve conhecer a Sahaja Yoga, o que ela é. Senão toda vez que você tiver de falar sobre a Sahaja, Gavin deve vir, ou alguém vir. Por quê? Gavin não sabia uma palavra sobre a Sahaja Yoga, ele não sabia uma palavra sobre a mitologia indiana, ele não sabia nada, ele não sabia o que era a Realização, ele estudou.

Ele está até mesmo estudando Sânscrito. Como muitos de vocês o fizeram. Mas todos vocês, um e todos, devem se tornar um grande pandit. Mas você se perde em seus problemas conjugais, depois os problemas dos filhos, depois “minha mãe”, depois “minha irmã”. Isso tomará muito tempo para você. Antes de tudo, você deve observar: “Eu sou um Sahaja Yogi, deixe-me trabalhar.” E isso cria problemas para nós também, porque sua esposa o processará, seus filhos aparecerão, isso, aquilo. Você deveria dizer: “Não tenho nada a ver com isso, eu vou estudar Sahaja Yoga.” Eu fiquei surpresa, muitas pessoas tomaram “O Advento”… exatamente como uma Bíblia, exatamente como uma Bíblia. Eles nunca a leram.

Eu fiquei surpresa, algumas pessoas não sabem o que Eu escrevi na Bíblia. Então isso é como os judeus, tendo a Bíblia Dourada amarrada aqui. Eles guardam “O Advento” em uma capa muito boa próximo à fotografia, o veneram, pronto, então o conhecimento entra dentro deles imediatamente. Você deve ler pelo menos alguns capítulos… do Advento, se não, mais alguma coisa. Há muitos livros que vocês podem ler, Eu lhes falei. Tente formar sua própria biblioteca. Tente melhorar nisso. Todo mundo deve tentar obter a perfeição nisso, perfeccionismo. Você nunca deve ser um fardo na Sahaja Yoga, mas um grande bem da Sahaja Yoga. Isso é o que todo mundo deve tentar ser.

Seus problemas, Eu resolverei. Mas resolva sua ascensão. [N.T: Próximos três minutos sem som e vídeo] Isso é muito importante. Você deve ascender. Senão qualquer que seja o problema que Eu resolva, você se envolve em um outro problema, depois você envolve em um outro problema. Agora, o relacionamento, digamos que vocês tenham um ashram, alguém o comprou. Agora, ninguém deve pensar: “Esta é minha casa.” Agora, esta é a melhor forma de se livrar dessa ideia de posse. Porque então Eu perturbo você. Esse é o lugar onde Mahamaya atua.

Se você disser: “Esta é minha casa”, então você terá isso. E terá isso para sempre. Assim, essas coisas, você nunca deve desenvolver, o sentimento de que “esta é minha casa”.


(Part2)

Agora, Eu tenho observado as pessoas, elas entram no ashram e então acham que aquela é a casa delas.

Elas vivem lá, manipulam todo o dinheiro que elas poupam… e isso e aquilo, e desenvolvem isso, querem tornar tudo confortável. Elas nunca pensam: “Este não é meu ashram, mas estou fazendo isso…” “porque eu sou um Sahaja Yogi.” “Este é o ashram da Mãe, eu tenho de fazer isso.” Mas o desapego não existe. De forma alguma há um desapego. E isto é algo surpreendente, se você tem de ir aos Himalaias e fazer uma apólice de seguros, então de que adianta vir para a Sahaja Yoga? É tão absurdo assim, nós estamos escrevendo nas apólices de seguro: “Eu fui aos Himalaias. Quando eu morrer,” “dê minha propriedade para este aqui. Se eu não morrer, voltarei depois disso.” E empacotando em um bom saco plástico, de modo que o gelo não estrague isso.

É tão absurdo assim. Então você não deve ter nada. Agora, algumas pessoas têm o hábito: “Eu terei uma casa para mim.” “Terei minha esposa lá, os filhos lá, acabou-se.” Todas as pessoas assim deveriam, para variar, deixar suas casas, vir para o ashram, colocar algumas outras pessoas em suas casas. Porque eles estão ficando apegados. Como você ficará desapegado? Há alguma saída? Isso é muito importante na Sahaja Yoga. A menos e até que você seja desapegado, você não pode ascender.

Vamos supor que você tenha todos os tentáculos aqui embaixo na Mãe Terra, e você diga: “Deixe este avião voar”, como ele irá voar? Assim, essas pessoas que têm suas próprias casas… ou seus próprios edificios ou qualquer coisa, apartamentos, deveriam abandonar suas casas. Não ficar tão confortáveis. Livrem-se disso. Peçam algumas outras pessoas para mudar… e mude para o ashram. Continue mudando, treine sua mente para mudar, para viver com todos, ser capaz de compartilhar e fazer coisas. Eu Me mudei para 40 casas depois de Meu casamento, vocês podem imaginar? E o tipo de casa que tenho de suportar. Que casa de múltiplos propósitos! E Eu Me mudei, até agora, para 40 casas, e se Eu me mudar agora dessa casa, Hester´s house, ela será a 41a.

Vocês podem imaginar? Eu estou casada há 40 anos e Me mudei para 40 casas. Assim, o relacionamento de pureza deve ser compreendido em tudo. “Este é um relacionamento puro?” “Estou vivendo neste ashram em relacionamento puro?” “Porque está é a casa que está me dando conforto,” “é por isso que estou vivendo nesta casa? Ou só estou vivendo aqui…” “porque ela é uma moradia? Eu estou aqui hoje e estarei lá amanhã.” Você ficará surpreso, você desfrutará cada parte da vida. Assim que você fica apegado, você está condenado.

É uma dor de cabeça ser apegado a algo. Então você deseja muito: “Minha esposa não chegou. Oh Deus, o que fazer agora?” “Eu devo telefonar para ela, trazê-la para cá.” Mas se você é desapegado em relação a isso, ela chegará na hora. Não somente isso, mas você desfrutará sua companhia. Do contrário, você gritará com ela: “Por que você não chegou na hora? Eu estava esperando por você.” Então por que você ficou esperando para repreendê-la, e gritar com ela e estragar todo o relacionamento? Apenas veja o absurdo da coisa toda que é o apego.

Você deve ficar completamente desapegado de tudo e… você desfrutará, apenas desfrute. Mas nisso também, a pessoa tem de julgar: você está realmente desfrutando ou só está fazendo um drama disso? Tente ser sincero. A pureza é gerada pela sinceridade. Se você não é sincero consigo mesmo e com os outros, você não pode ser puro. E a pureza é a coisa principal que você tem de alcançar na Sahaja Yoga, além da união que Eu lhe dei. Mas se você não usa essa união para a pureza, é inútil. Assim, essa luz deve lhe dar completa sabedoria. de modo que você destrute uma vida boa e pura. Você é casado, tudo bem, você tem uma vida de alegria com sua esposa, que Eu já descrevi para vocês.

E com sua esposa, como se comportar também, Eu lhes descrevi muitas vezes; ou com seu marido. Mas quando se trata dos outros, você deve ter um relacionamento totalmente puro… de nenhuma exploração. Há até mesmo explorações de flertes… igual a explorações de dinheiro. Aqui, se você explora alguém por dinheiro é chamado de criminoso, mas flerte não é chamado de nada. Eu acho que é um crime muito pior, de acordo com Cristo. Portanto você tem de ser cuidadoso nesse ponto, e compreender que o relacionamento de uns com os outros tem de ser puro. Agora, há pessoas que têm, digamos, esposas horríveis ou maridos horríveis. Eu não Me importo, eles podem desistir deles. Se eles são totalmente impossíveis, se eles estão estragando a pureza deles, se eles estão torturando a vida deles, então é melhor se livrar deles, Eu não Me importo. Porque se eles são tão ruins, você não pode utilizá-los, exatamente como esse corpo, se ele está tão ruim, é melhor desistir e morrer, de modo que você tenha esse relacionamento extinto.

Mas essa morte deve chegar a você como uma ajuda muito vigorosa, senão, depois disso, se você se tornar uma pessoa nervosa, de que adianta? Então, o que você deve fazer depois que uma coisa assim aconteceu… em que você desistiu de tal relacionamento, se você tem de ir aos tribunais e tudo mais, você deve abandonar a Sahaja Yoga temporariamente. Resolva seus problemas. Resolva seus problemas judiciais, tudo, depois venha para a Sahaja Yoga. Nós não queremos ficar envolvidos… nesse tipo de coisa de forma alguma, de que nós desfizemos qualquer família ou qualquer coisa assim. Se você não consegue continuar com uma esposa, a Sahaja Yoga não pode ser uma desculpa… porque você não consegue continuar com sua esposa. Você deve fazer isto: saia da Sahaja Yoga, faça o que quiser com sua esposa, acabe com isso de uma vez por todas, e você deve dizer para ela: “Eu não sou mais um Sahaja Yogi”. Saia e depois venha para a Sahaja Yoga. Mas ficando na Sahaja Yoga, você estará realmente Me perturbando muito. Então Eu tenho de lhes fazer um humilde pedido: se vocês têm qualquer problema assim, não apareçam.

Não permitam que nenhuma criança, que seja mais jovem do que uma idade apropriada, 16 anos, seja mantida no ashram… sem pegar uma permissão completa, uma permissão escrita dos pais. Ou uma esposa que criou problemas com o marido… não deve ser permitida vir e ficar no ashram… com os filhos a menos e até que o problema seja resolvido. Nós não somos responsáveis por todos os tipos de problemas. As pessoas que são doentes ou mentalmente perturbadas… não devem ser mantidas no ashram. Esta é também uma atitude muito complascente de muitos Sahaja Yogis. O ashram é para as melhores pessoas, não para os loucos. Então por favor, não tragam essas pessoas que são sem valor. Nós não queremos que pessoas assim venham para o ashram, que vão arruinar a reputação do ashram. Assim, isso também você tem de estabelecer. Então, tratando-se do relacionamento de Vishumaya, Vishnumaya é Aquela que é a Irmã, a Irmã de Shri Krishna.

Ela é Aquela que anunciou a vinda de Shri Krishna. Ela é Aquela que sacrificou Sua vida para salvar a vida de Shri Krishna. Vishumaya é Aquela que cerca Shri Krishna, e Ela nasceu como Draupadi que, como vocês sabem, foi mais tarde humilhada por Duryodhana, e foi Shri Krishna quem veio e A ajudou. Assim, esse é um relacionamento muito doce de pureza, de ajuda, um relacionamento muito delicado deve ser mantido… entre um irmão e uma irmã. E esse é um relacionamento especial hoje. Aqueles que querem amarrar o rakhi em uma irmã… devem amarrar hoje diante de Mim, isso será uma boa ideia. Este é o relacionamento maior do que qualquer outro relacionamento. Porque aqui, se alguém é sua própria irmã, tudo bem, mas se ela não é sua própria irmã, vocês devem saber que… todos vocês nasceram de uma única Mãe. Portanto o relacionamento de irmão e irmã deve estar bem. Nisso também, a pessoa não deve ter preferências, porque alguns gostariam de ter uma irmã rica… ou algum tipo de insensatez como essa.

Ou alguém gostaria de ter a mais infeliz, tudo isso é a mente. Mas sim um relacionamento com uma pessoa com quem… você gostaria de ser feliz, em quem você deveria amarrar o rakhi. E se há alguém que foi esquecido, você não deve tentar fazer isso. A qualquer um que esteja ouvindo, Eu diria que a melhor coisa… seria ter seus “lucky dips” (jogo para crianças), Eu acho, para pessoas, algo assim poderia ser feito… de modo que eles escolham suas irmãs e amarrem as coisas. Seja qual for a forma que você goste, escolha. Mas Eu consegui alguns bons rakhis para vocês, que devem ser feitos hoje. E Eu ficarei muito feliz. E depois nós faremos esse pequeno Havan… para Vishnumaya. Que Deus os abençoe.