Shri Krishna Puja, Announcement of Vishwa Nirmala Dharma

(India)


Feedback
Share

Shri Krishna Puja. Nasik (India), 19 January 1985.

Ontem, na palestra, Eu fiz um… novo anúncio sobre a Sahaja Yoga.

Mas a palestra inteira foi em Marathi… e antes dela ser traduzida, Eu gostaria de lhes dizer qual foi o Meu anúncio. Havia uma questão que nos EUA e na Inglaterra, nenhuma crença que não seja uma religião pode ser registrada. É claro, Sahaja Yoga é a religião, sem dúvida, é a religião universal, é uma religião que integra todas as religiões, une todos os princípios das religiões… e mostra a – mostra a unidade. Ela integra todas as Encarnações. Ela integra todas as escrituras. Ela é uma grande religião muito integradora, que podemos chamar de “A Religião Universal” e, em hindi, isso é chamado de “Vishwa Dharma”. Agora, para tornar isso mais reservado, Eu pensei que se você disser “Religião Universal”, então talvez não seja tão reservado, porque como o Budismo, então nós tivemos pessoas que são chamadas… depois de Cristo de cristãos… e depois outras pessoas de acordo com as Encarnações. Assim, nesta época, a Encarnação sendo Nirmala, Eu pensei que nós podemos chamá-la de… “A Religião que é Universal em Nome de Nirmala.” Então, para tornar isso reduzido, Eu achei que podemos chamá-la de… “Religião Nirmala Universal”. O que vocês acham disso?

Agora, Nirmala, todos vocês serão chamados de “Nirmalites”. Significa “aquele que foi iluminado por Nirmala”. Isso soa como a shabda (palavra) “luz”, a palavra “luz” soa muito bem com vocês, porque vocês são iluminados. Os outros são somente luzes sem nenhuma chama. Assim, isto é “Nirmalites”, significa “aqueles que foram iluminados por Nirmala”. Assim, se vocês gostaram do nome, nós podemos chamá-la de “Religião Nirmala Universal”. Se isso servir para o povo de vocês no ocidente, Eu acho que é um bom nome. Assim, nós agora proclamamos… e declaramos que esta é uma religião… que é uma religião pura universal. Quando nós dizemos “Nirmala Universal”… significa “Religião Pura ou Imaculada”. E Eu espero que vocês concordem com isso.

Agora, uma vez que aceitemos essa religião, uma vez que nos tornemos universais, então nós temos de esquecer nossa pequenina casta, costumes, nossas velhas tradições mortas… e as coisas que não estão nos mantendo com nosso Espírito. Tudo que for confortável para o seu Espírito… tem de ser aceito como o princípio de nossa religião. E tudo que não for confortável para Ele, nós não iremos aceitar. Assim, seja qual for a forma como Eu os guiei, esses são Meus ensinamentos. A partir de Meus ensinamentos, seja o que for que vocês alcançaram, pertence a essa religião. É claro, nessa religião, como você sabem, todos os grandes profetas são realmente respeitados. A maior vantagem dessa religião é que, até agora, todas as religiões, embora fossem religiões verdadeiras, foram estabelecidas por pessoas verdadeiras e profetas, todas foram arruinadas por seus discípulos. A razão foi que não foi dada a eles a realização, em primeiro lugar, e em segundo lugar, não havia nenhuma prova dessa religião. Agora, nós podemos dar a eles a prova de tudo, de como ela está fazendo bem ao seu corpo. Uma vez que vocês possam provar que ela faz bem para vocês, então as pessoas adotarão essa religião muito mais rápido… e elas podem testá-la.

Porque a palavra “religião” torna as pessoas bastante nervosas. Elas acham que religião significa que você está amarrado… e então você tem estar envolvido em algum tipo de estilo de vida tradicional que está morto. Mas aqui, nossas tradições são as que nós aceitamos, que são confortáveis para nosso Espírito e para nossa ascensão. Assim, isso nos dá a liberdade completa… para desfrutarmos nós mesmos da maneira mais plena. Sob essas circunstâncias, nós esquecemos de qual país nós viemos, de qual casta nós viemos, de quais famílias nós viemos, nós esquecemos todas essas coisas passadas e nos tornamos… lótus novos floridos… espalhando nossa bela fragrância no muito inteiro. Assim, todas essas ideias antigas… que estão apenas freando nosso progresso devem ser abandonadas. Agora, Eu falei a eles uma outra coisa, nós somos três tipos de pessoas neste mundo, divididas principalmente em: umas são as pessoas que são tamasik, outras pessoas são as que são rajasik – agora, fique quieto e observe. E o terceiro tipo de pessoa é aquela que é chamada de sattvikas. Agora, tamasik são as pessoas, como eles dizem, que aceitam coisas erradas, fixam a atenção mais em coisas erradas… e então desperdiçam toda a vida delas. Elas dirão, por exemplo, uma mulher, ela fica apegada a seu filho, ela fica tão apegada àquele filho… que isso cobre todas as atividades inteiramente, a vida toda dela é coberta com isso, que é uma coisa errada.

Pode ser qualquer coisa. Eu tenho visto que a maioria dos Sahaja Yogis, quando eles chegam: “Mãe, por favor trata de minha irmã,” “por favor trata de meu pai, trata de meu marido, meu marido…” “Meu marido” é muito comum. Assim, todas essas coisas são totalmente frívolas e levianas. Assim, essas pessoas que são condescendentes… com essas coisas insignificantes… que são erradas e desperdiçam suas vidas… são as pessoas que são tamasikas. Então esse é um extremo. A boa qualidade em relação a isso é que essas pessoas são amorosas, elas são afetuosas, são gentis, não são agressivas, mas elas são muito apegadas à vida familiar delas… e às coisas familiares, que para elas, existe somente a família e mais nada. Agora, essas pessoas por serem extremamente canal esquerdo… têm muito mais filhos do que o normal. É por isso que na Índia nós temos mais crianças. Agora, o outro estilo é o estilo ocidental, chamado de rajasik. Agora, os rajasik são as pessoas que não sabem o que é certo e errado.

Eles são – eles acham que são os mais sábios no mundo inteiro e dizem: “Isto também é bom, aquilo também é bom.” “Assim como Satã também é bom, e Deus também é bom.” Eles seguem desse jeito, como se eles fossem pessoas muito generosas, eles são muito gentis tentando se mostrar. Mas pessoas assim tornam-se extremamente canal direito. Especialmente suas mulheres se tornam muito canal direito. Assim que as mulheres se tornam canal direito, os homens perdem a força deles, Eu devo dizer. Porque as mulheres começam a dominá-los o tempo todo, então os homens tornam-se exatamente como “legumes”. Vocês veem isso muito claramente. E as mulheres decidem tudo, elas sentarão em suas cabeças, elas tomarão uma decisão… e os homens começam a aceitar tudo: “Tudo bem, tudo bem”, porque eles querem paz a qualquer custo. Mas não há nada como “o correto”, então eles ficam confusos.

Se você perguntar alguém, ele diz: “eu estou confuso”. Eles não ficam envergonhados de dizer isso também. Na Índia, se alguém diz: “Eu estou confuso”, eles dirão: “Vá para um hospício”. Mas eles dizem: “eu estou confuso”, porque através disso eles tentam mostrar que… “eu estou muito consciente porque estou confuso.” Esse não é o sinal. Você deve conhecer o caminho correto. Como você está confuso? Se você não conhece o caminho correto, então há algo errado com seu cérebro. E isto é o que acontece: as pessoas, como resultado de não decidirem isso e aquilo, ficam o tempo todo oscilando, “isso é bom, aquilo é bom,” “eu devo fazer isso ou não devo fazer aquilo?” Eles se tornam realmente estúpidos às vezes.

Para eles, está tudo bem se tiverem de perfurar… suas bochechas com pregos… ou com uns alfinetes ou com algo assim, que vocês chamam de punks ou alguma coisa assim. “Isto também é bom, tudo bem.” “Afinal, o que está errado? O que está errado?” Deixe-os serem punks. Eles fazem todos os tipos de coisas estúpidas, idiotas. E eles se tornam tão idiodas, Eu lhes digo. E para eles, nada está errado. Eles agredirão uma outra pessoa. Eles irão e agredirão outros países… e farão todos os tipos de atos agressivos, dominadores, sem sentirem que há alguma coisa errada nisso.

Eles perdem todos os seus princípios básicos. Não há nenhum discernimento. Não há nenhum princípio básico. E eles não sabem como prosseguir. É como um navio perdido. Mas ainda assim, a pior parte disso é que você pensa: “O que está errado?” Se isso não é estúpido, é auspicioso ir para o inferno diretamente. Esse tipo de mentalidade se desenvolve e é muito perigoso. Aqui, agora, e naturalmente como esse tipo de pessoas canal direito, eles não geram muitas crianças. Eles não geram, é por isso que todos esses países ocidentais… estão em desvantagem, porque a parte relativa ao amor está faltando.

Para eles, amor é também mecânico. Amor também é algo do tipo: “Deixe-me pensar, então eu amarei.” Depois eles anotarão isso, Eu não sei o que eles fazem pelo amor deles também, devem ficar planejando como amar. Eles perdem toda a espontaneidade. Sendo tão mecanizado e pensando, Eles perdem toda a espontaneidade de todas as coisas normais… e é desse modo que eles ficam assim. O tempo todo, eles estão confusos, eles dizem: “Oh, eu fiz certo?” “Fiz errado? Devo fazer assim?” E eles não conseguem regozijar nada. Porque mesmo que você lhes dê algo para comer, eles pensarão: “Isso é bom ou ruim?”

Coma! Veja por você mesmo! Sua língua lhe dirá. Mas a língua também faz o mesmo, Eu acho, no caso deles. É um estado tão confuso que eles estão. Eles não conseguem… desfrutar seus casamentos, não conseguem desfrutar sua vida familiar, eles não conseguem desfrutar nada. Eles são totalmente infelizes… e na busca pela felicidade, fazem todos os tipos de coisas insensatas… que são tão estúpidas e tão idiotas e tão adhármicas. Ainda assim, eles nunca ficam felizes. Eles dirão: “Nós estamos muito felizes.” Com certificado.

Todos os tipos de palhaços, vocês devem ter visto em volta. Então, agora, nós não fazemos parte desse… estágio de palhaço, então vamos nos levantar… e dizer que sabemos o que é errado, o que é certo é o que é errado. Não fique oscilando. Se você está osclando deste jeito, então você não é um Sahaja Yogi. Mantenha-se no caminho correto. Diga: “Isto é assim e eu vou fazer isto.” Se vocês souberem disso, então vocês são sattvikas, estão no centro. Então você não é muito apegado à sua família, a isso, àquilo, nem você é muito apegado ao seu próprio pensamento… e compreensão, mas você está no centro, onde você não pensa nem se preocupa, mas você se mantém no centro para desfrutar o momento presente, que deve ser desfrutado. E assim, essa é uma coisa espontânea que tem de surgir. Agora, há um grande apelo pela espontaneidade no ocidente.

Como eles podem ter espontaneidade? Eles não podem ter espontaneidade, é por isso que eles pensam que se perfuram um pouco, alguma sensação está presente, que é bom, eles entregam-se a sensação. Mesmo nos jornais, eles devem ter todo dia alguma sensação, porque eles ficam enfraquecidos com esse tipo de indecisão. Então agora decidam! E a decisão só pode surgir em uma pessoa… que desenvolveu essa sabedoria… através da compreensão da Sahaja Yoga, através da Kundalini, que você tem de manter-se no centro. Mesmo no caso do casamento. Mesmo se você casá-los, depois disso, dizem: “Eu me pergunto, Mãe, se eu consigo continuar com ela ou com ele.” Eu disse: “Por quê? Por que você está se perguntando isso?” “Eu acho, Mãe…” “Oh, esta é sua esposa!

Desfrute isso!” Eu tenho estado ocupada consertando casamentos. Mas Eu espero que vocês não neutralizem todos os Meus esforços, todas as minhas tentativas. Porque Eu ainda vejo alguns deles… que estão casados parecerem um pouco infelizes. Porque vocês pensam, porque vocês querem que eles sejam desse jeito, eles são o que eles são, tentem desfrutar. Agora, por que você quer mudar sua esposa e mudar seu marido, mudar todo? Você está casado, é dessa forma que ela tem de ser. De qualquer forma, você mudará conforme for envelhecendo. Então, a pessoa deve compreender: “Em cada momento,” “o quanto eu tenho me alegrado?” Esse é o teste de um Sahaja Yogi.

Algumas pessoas que estão casadas devem ter tido crianças antes, porque eles se divorciaram. Deve haver alguns que talvez tiveram alguns outros apegos. Esqueça isso! Esqueça isso. Senão essa natureza infeliz não irá embora. Então esqueça tudo que for infeliz, venha para o centro e desfrute tudo. Agora, pela primeira vez, estou Me aventurando agora a ter casamentos de viúvas. Na Índia, casamento de viúvas é algo… que foi tentado há muito tempo atrás, as pessoas tentaram isso, mas ainda assim pode-se dizer que… não foi tão bem-sucedido. Agora, se você tem de ter uma Religião Universal, você tem de casar pessoas de um lugar com de outro lugar. Você tem de casar.

Essa é uma das coisas. Nós chamamos isso de “roti biti”, significa “voce deve comer”. Na Índia, Eu tenho visto pessoas que nem mesmo comerão – Eu não quero falar sobre isso na Índia, porque… eles são tão meticulosos em relação a quando e com quem eles comem. Com os próprios parentes deles, se há uma pequena diferença de casta, eles não comerão na casa deles. E com isso, o que eles têm conseguido é fome. Eles não se importam em passar fome. Mas eles não comerão em uma determinada casta, porque é uma casta diferente. Pessoas tão estúpidas vivem aqui também. Assim, isso tem de desaparecer. Gandhij tentou, antes disso, muitas pessoas tentaram que… você deve se casar fora, mas eles não disseram para se casar em países estrangeiros, eles teriam sido mortos dez vezes mais.

Mas agora Eu estou dizendo, agora é sobre a Religião Universal que estamos falando, então nós devemos aceitar esses casamentos… e devemos manter a santidade do casamento. Agora, em relação às mulheres, Eu tenho de especialmente lhes pedir, já que vocês são as que irão arruinar ou fazer a Sahaja Yoga ficar bem. Se vocês tentarem dominar seus maridos e exagerar nas coisas, eles não serão pessoas normais e Eu não quero legumes aqui. Vocês têm de se tornar doces, extremamente doces, boas, gentis e atenciosas. É desse modo que vocês podem capturar seus maridos. Vocês não sabem como capturar. Vocês são mulheres estúpidas, Eu devo dizer. Vejam, como nós – na verdade, Meu marido, se você lhe perguntar, ele dirá: “Eu sou tão dependente, não sei o que fazer.” Isto é o que é: totalmente dependente, 100%. E depois ele fica zangado às vezes: “Você me tornou dependente,” “agora, como Você pode me deixar e ir embora?”

Mas vocês têm ideias estranhas, vocês não são homens, vocês são mulheres. Vocês são muito mais poderosas do que os homens. Mas estupidamente, se vocês querem se tornar menos poderosas, então tornem-se homens. Assim, as mulheres devem tentar ser um pouco mais simples, mais tranquilas, gentis, compassivas, afetuosas, deixem-nos dominarem, eles acham que estão dominando, deixem-nos dominarem. Não importa. Vamos supor que seu marido diga: “Tudo bem, eu gosto da cor azul.” Tudo bem, compre o verde… e diga que é azul, eles acreditarão em você. Eles não diferenciam o verde do azul. Eles não sabem muitas coisas. Vocês não sabem que eles não sabem nada sobre a vida.

As coisas que são importantes para você, eles não sabem. Eles simplesmente tentam dizer “faça isto”, mas eles não sabem nada. Quero dizer, pelos menos os nossos maridos são assim. Totalmente perdidos, eles não sabem nada. E se você lhes disser: “Tudo bem, eu estou comprando”… vamos supor que falemos que queremos plantar uma mangueira. Eles dizem: “Não tem uma mangueira”. “Então o que eu deveria ter?” “Oh, não, você deveria ter uma outra árvore,” Eles lhes darão algum outro nome. Vamos supor, eles dirão: “Coloque, podemos dizer, um coqueiro.” Você sabe que não se pode plantar um coqueiro em um determinado lugar.

Mas eles não sabem que você não pode plantar um coqueiro. Então você diz: “Tudo bem, colocarei um coqueiro.” Então você coloca uma mangueira lá. “Que belo coqueiro”, eles dirão. E quando as mangas aparecerem, quando as mangas aparecerem, então eles olharão para elas: “Oh, nosso coqueiro deu mangas!” “Isso é maravilhoso. Melhor, isso é melhor.” E depois eles rirão. Então vocês não deveriam – eles estão preocupados com coisas mais importantes… como a paz mundial, bombas atômicas. Apenas não se preocupem com essas coisas importantes.

Deixem-nos se preocuparem com essas “coisas importantes”. Eles se precuparão com sinais de trânsito, motores de carros e tudo isso, deixem-nos se preocuparem. Preocupem-se com coisas que dizem respeito a vocês. E vocês ficarão surpresas ao ver que essa divisão de trabalho… trará mais alegria e mais felicidade. Assim como o nariz tem de cheirar, a boca tem de comer, os ouvidos têm de ouvir. Mas se alguém – isto é o que Eu tenho visto no ocidente: todo mundo faz o trabalho de todo mundo. O presidente pode ser um lixeiro também. Isso não é feito na Índia. Todo mundo tem sua própria capacidade. É claro, nenhum tralhalho é superior ou inferior, mas seja qual for sua capacidade, você deve fazer adequadamente.

Especialmente em relação a mulheres e homens, isso é muito importante. E se você não aprendeu a como ser doce, tente aprender com algumas indianas o modo como… elas lidam com seus maridos. Agora, a respeito dos sattvikas, eles são as pessoas que sabem qual é a coisa certa. Eles são, na verdade, a categoria dos buscadores. E esses buscadores automaticamente encontram a Verdade. Eles são as pessoas que chegam a coisa certa. Eles têm um sentido especial, um sétimo sentido especial, esse sentido lhes dá a compreensão. O que nós chamamos de uma penetração muito profunda… e uma inteligência pura… que lhes dá uma compreensão de que este é o caminho. É isto. É claro, alguns deles levam tempo, porque eles são… canal esquerdo ou canal direito, para vir para o centro.

Mas mesmo se vierem para o centro, eles talvez vão para a direita, talvez vão para a esquerda, talvez vão um pouco assim, mas essas são as pessoas que vêm para a Sahaja Yoga. Aqueles que estão nos extremos nunca virão para a Sahaja Yoga. Vocês não devem tentar puxá-los para dentro, especialmente os homens que são canal direito, mulheres que são muito canal direito ou muito canal esquerdo, mesmo os homens que são muito canal esquerdo, como aqui em Nashik, Eu encontro pessoas que são muito condicionadas. Se você é muito condicionado, então também… você não pode vir para a Sahaja Yoga. Todas as pessoas assim, mesmo se elas vieram para a Sahaja Yoga, elas ficarão por um tempo curto e irão embora. É por isso que às vezes Eu digo que tal e tal casamento não terá sucesso. A pessoa deve tentar entender porque a Mãe disse isso. Porque eles deliberadamente forçarão esse casamento sobre Mim: “Mãe, não, nós queremos nos casar. Nós decidimos.” E dentro de três dias eles voltarão para se divorciar.

Assim, a pessoa deve entender porque a Mãe disse que não daria certo. Isso é importante, é muito importante para nós sabermos que… há muitas outras coisas dentro de nós mesmos que também trabalham. Agora, às vezes os homens também podem ser extremamente dominadores, eles não devem – entrem, o estrado termina aqui. Eles não devem ser dominadores também. Eu tenho visto que eles ficam muito dominadores. Alguns dos homens que casaram com indianas… se tornaram tão dominadores que Eu fico chocada, como eles aprenderam isso? E então tentam falar para esposa: “Faça isso, faça aquilo, aquilo”, se ela não fizer, então eles se sentem mal. Os italianos também têm o hábito, Eu tenho visto. Eles também dominam muito as italianas. E os gregos também.

Porque supõe-se que eles sejam tradicionalistas como nós, italianos, gregos e egípcios e indianos. Mas os indianos são os piores, e Eu não consigo calcular o resto. Mas eles tentam dominar as suas mulheres. Eles controlarão o dinheiro, controlarão isso, controlarão aquilo, eles controlarão as mulheres, não conseguem controlar eles próprios. Assim, isso é o que não se deve tentar fazer. Quando se trata das mulheres, vocês devem respeitá-las. Elas são respeitáveis. E se vocês não conseguem respeitá-las, vocês não podem se casar com elas e viver com elas. Agora, esses sujeitos que são muito dominadores, irascíveis, pessoas do tipo confusas, eles na verdade arruínam as Sahaja Yoginis, Eu os tenho observado. Sahaja Yoginis muito boas têm sido arruinadas por homens assim.

Ao casá-los, às vezes Eu sinto: “Por que Eu casei esta boa moça com este sujeito horrível?” Porque a garota, antes de mais nada, se opõe a um homem assim. Ela diz: “Mãe, não consigo suportar um homem assim. É demais para mim.” “Eu simplesmente… é demais. Ele é muito rústico.” “Ele se comporta de uma maneira estranha.” E depois ela própria começa a se comportar da mesma maneira. A linguagem dela muda, o estilo muda, é algo surpreendente. Uma pessoa que é uma boa Sahaja Yogini.

Uma Sahaja Yogini extremamente boa e nós temos em Londres, nos EUA. Eu tenho visto garotas assim. Então Eu lhes pediria: não tentem impor sua raiva e todas essas coisas em suas esposas, porque depois elas reagem e você arruinará a vida e a ascensão delas, assim como a sua você já arruinou. Tentem diminuir isso. Vocês têm de ser pessoas pacíficas, amorosas, afetuosas. Vocês não têm nenhuma razão para terem raiva, seja qual for. Nenhuma raiva, de forma alguma. Assim, isso é extremamente importante. Vocês devem se lembrar que Krishna começou com a ira. O modo como a pessoa se arruina é através da raiva.

A raiva não é permitida. Assim que você ficar com raiva, vá e “shoebeat” a si mesmo. Essa é a melhor forma… ou você não pode simplesmente continuar batendo lá. Assim, nenhuma raiva deve ser permitida aflorar, porque isso arruinará a Sahaja Yoga inteiramente. Não é permitido ter raiva, seja qual for, a qualquer custo. Exceto quando sua Mãe for for… é claro, Eu não posso impedir isso, porque é esperar demais… quando as pessoas abusam de Mim, dizem coisas ruins, vocês ficam com raiva, não importa. Mas mesmo assim, não precisam… lhes responder grosseiramente. Eu cuido deles. Não se preocupem. Eles terão de pagar por isso.

Portanto não mostrem nenhuma raiva. É claro, para as mulheres, isso está fora de questão, Elas não devem ser matronas como a Sra. Thatcher. Certo? Por exemplo: “Por que você não limpou? Faça isso, faça aquilo.” Elas não devem dizer isso. Nem mesmo uma vez. É melhor você mesma fazer tudo. Não fale com seu marido: “Faça isso, faça aquilo”, como um empregado.

Não os transfomem em empregados. É o seu trabalho fazer alguma coisa. É o prazer deles ajudar vocês. É um fato. Mas você verá que uma vez que você comece a fazer tudo, então os homens se tornam seus escravos. E… (automaticamente) Ele disse “automaticamente”. Assim, porque nós estamos de humor muito alegre hoje. Muitos irão se casar, vocês sabem. Pouco antes de vocês chegarem, Eu estava atrasada… porque estava arranjando casamentos. Nós arranjamos cerca de dez casamentos nesse meio tempo.

Então agora, nós temos de estar no centro. Nós temos de estar em um humor alegre. Nós temos de regozijar nossas esposas e nossos maridos. Essa é a única coisa que é sua, é privativa sua, que simplesmente é algo importante. Mas não comecem a chorar, lamentar sobre o passado. Esqueça o passado. Não discuta o passado. Não fale. Ninguém gosta disso. Essas são todas as ideias românticas insensatas, joque-as fora.

Todas elas são ideias insensataz. Apenas comecem de novo… como uma grande ideia de que você irá começar… uma nova vida de compreensão e alegria. Não importa o que sua mãe diz, seu pai diz, qualquer coisa. Isso não é importante para nós. Eu sou seu pai, Eu sou sua mãe. Eu sou sua irmã, seja o que for que você chame isso. E Eu lhe dei uma esposa. Então agora você não pode Me culpar de nada. Agora, hoje vamos começar de novo… com esta nova Religião Nirmala Universal. Assim, todos vocês são membros da Religião Nirmala Universal, tudo bem?

Todos vocês concordam? Bola Vishwa Dharma Nirmala Dharma ki jay “Vishwa Nirmala Dharma”, digam desse jeito. Vishwa Nirmala Dharma ki jay