Diwali Puja, São somente os Sahaja Yogis que podem obscurecer ou iluminar o Nome de Deus Todo-Poderoso

Tivoli (Itália)

Feedback
Share

Diwali Puja Tivoli, Itália, 17.11.1985

Hoje nós nos reunimos aqui… para celebrar o Diwali, o Deepavali. Na verdade, somente depois que a Sahaja Yoga começou, o verdadeiro Diwali está tomando forma. Nós tínhamos muitas lamparinas lindas… e tínhamos muito óleo para queimar, mas não havia nenhuma centelha para acender as deepas. E o pavio, como vocês o chamam, é chamado de “bati” em hindi, é como a sua Kundalini, então a Kundalini tinha de encontrar a centelha. Todas as belas lamparinas eram um desperdício, sem propósito, sem sentido. E esta é a grande bênção nos tempos modernos: muitas luzes são acesas… e estamos tendo um Deepavali de corações humanos. Quando vocês se tornam a luz, vocês não se preocupam com a lamparina, como ela aparenta, como ela deve ser feita, está tudo feito. Vocês só precisam se preocupar com a chama, com o óleo, porque é o óleo que queima e fornece luz. Em Sânscrito, que é a língua dos Deuses, o óleo é chamado de “snigdha”, “snigdha”; é algo que é macio, mas é snigdha. E “sneha” significa “amizade de amor”. E os poetas em outras línguas usaram esta palavra, de forma diferente, chamando-a de “neha”.

Eles cantaram o louvor a esse amor. Cada poeta, cada santo… usou essa palavra em sua bela poesia, quer eles estivessem separados ou estivessem reunidos, na yoga, na união. Esse amor é aquilo que fornece a luz. Se esse óleo não estiver limpo, estiver contaminado, você tem fumaça. Mas se é puro, então ele fornece uma luz brilhante sem nenhuma fumaça. Mas quando esse óleo é perfumado, então a luz também emite a fragrância. O óleo é feito de várias coisas. O que vem da Mãe Terra não pode ser usado, porque ele é muito “materialista”, ele emite carbono. Como a gasolina, o querosene, ele polui a atmosfera. Então o que vem de animais, que são, alguns deles, muito venerados na Índia, eles têm um tipo muito particular de snigdha… ou podemos chamá-lo de ghee ou óleo… que fica emitindo uma luz que é muito calmante e tranquila.

Então, quando a matéria evolui para o estado animal, o óleo também evolui. Mas quando esse óleo é esfregado nos pés de um santo, ele adquire fragrância. Da mesma forma, se esse óleo é colocado em contato com flores, ele emite fragrância. Portanto, os pés de um santo são como as flores na árvore. E quando a flor cai no chão, na Mãe Terra, a flor é tão delicada, é tão sensata, não A machuca. Ela cai com grande reverência como uma grande homenagem à Mãe Terra. Da mesma forma, um santo tem de ser gentil, gentil da maneira como o luar incide sobre esta Terra. É luz sem nenhuma queimadura nela, sem queimar. Essa gentileza devemos desenvolver, a partir do óleo que é o amor em seu coração, que lubrifica tudo, que remove os atritos… e acalma. Vocês têm visto a maneira como a natureza trabalha.

Nós nunca vemos uma flor se abrindo, nunca vemos o fruto surgindo da flor. É tão gentil e tão lento… que o movimento não é visto por estes olhos humanos. Porque a Natureza quer que vocês não sejam perturbados pelos movimentos. A Natureza tem cuidado, de modo que vocês não sintam o crescimento, o movimento e as explosões da evolução, ou podemos dizer, o movimento do próprio comportamento da Natureza. Da mesma forma, um santo, um Sahaja Yogi, tem de se mover muito suavemente na sociedade dos Sahaja Yogis. É com os Sahaja Yogis que Eu falo, não com os não-Sahajas. A natureza reage a qualquer coisa que é estranha. Ela joga fora qualquer coisa que não é Sahaja. Da mesma forma, um santo não deve aceitar… qualquer coisa, qualquer pessoa que seja estranha ao comportamento Sahaja. Quando ela lida com a matéria, com as pessoas materialistas, então ela age com a maior sabedoria, como a ponta de uma raiz.

A raiz se move com majestade, incrusta-se na Mãe Terra, contornando todas as rochas duras e retendo-as juntas. Ela faz a árvore ficar em pé ereta. O sinal de vida é que ela vai contra a matéria, aquele que é “jara”. Como a árvore vai contra a gravidade; como os grandes seres humanos levantaram seus corpos… contra a gravidade em uma postura ereta. Da mesma forma, se você observar, a chama vai contra a gravidade. Ninguém ouviu falar de fogo indo do último andar para o térreo. Ele começa no andar térreo e vai para cima. Mas o fogo também vem da matéria que está queimando. Portanto, a matéria tem de ser queimada, se vocês quiserem se elevar. Se sua atenção está o tempo todo em direção a coisas mais baixas, a coisas materialistas, em direção a prazeres físicos, vocês não podem se elevar.

Vocês podem fazer qualquer quantidade de meditações, usar Minhas fotografias, vir a Meus Pujas, mas se sua atenção está envolvida, é como se você estivesse em pé em um crocodilo tentando entrar em um barco. Agora, isso não significa que quando uma chama queima, ela abandona a matéria, mas ela fica desapegada e a queima. Assim, este corpo, esta mente, este ego, este superego, todos devem ser queimados para manter essa chama acesa o tempo todo. Vocês não têm de abandonar nada, mas sim usar a mesma coisa para uma vida mais elevada, e esse é que deve ser o objetivo de todo Sahaja Yogi. Na verdade, depois de obter a Realização, você simplesmente começa a doar espontaneamente, porque você é a luz. Mas respeite sua luz e a luz dos outros. A escuridão é demasiada… e precisamos de muitas luzes para remover essa escuridão. Essas luzes devem ser mantidas, ser cuidadas, ser amadas. Como vocês sabem muito bem, Eu não posso fazer isso sozinha. Por exemplo, a fonte de eletricidade, se você usar para queimar, você pode ter uma grande explosão.

Ela tem de ir a várias lâmpadas para emitir uma boa luz difusa. E vocês são os canais, vocês são aqueles que irão Me expressar. Eu sou apenas a energia potencial, como a energia está vindo de algum lugar em que está armazenada, e se Eu lhes perguntasse, vocês nem mesmo saberiam onde ela está armazenada. É através do comportamento de vocês, através de suas luzes puras, através de sua fragrância, que as pessoas irão conhecer Deus Todo-Poderoso. Existem alguns que podem obscurecer a Face, são luzes, sem dúvida, mas podem obscurecer a Face, se houver impurezas, obscurecer a Face do Divino, obscurecer a Face do seu Criador. E isto é o que precisamos ter cuidado: que não estejamos obscurecendo o Nome de Deus com nosso mau comportamento. Agora Me escutem muito atentamente, se não houver luz proveniente da lâmpada, ela não obscurece nem ilumina. Mas se houver uma luz, ela pode obscurecer assim como iluminar. São somente os Sahaja Yogis… que podem obscurecer ou iluminar o Nome do Deus Todo-Poderoso. Digamos, por exemplo, se você tem um homem falso, ele não obscurece o Nome de Deus porque ele mesmo é escuro, então ninguém se preocupa com isso.

Se há um indivíduo que está ensinando sobre Deus ou falando sobre Deus, sobre religião e ganhando dinheiro com isso, ele denigre, obscurece seu próprio nome. Ele não obscurece o Nome de Deus Todo-Poderoso. O Nome de Deus não pode ser obscurecido, Ele está sempre brilhando. Mas é somente um Sahaja Yogi que pode formar essa nuvem para cobrir o Nome. Eles podem simplesmente acabar com a esperança deste mundo. Eles podem simplesmente trazer a verdadeira destruição deste mundo. Eles serão considerados responsáveis. E eles devem ser punidos a tempo, de modo que o Nome de Deus não seja arruinado. Para eles foi dado o direito de entrar no Reino de Deus, os outros ficam fora. Eles são os únicos que podem abusar do direito.

Aqueles que estão fora deste edifício não podem estragá-lo. Vocês têm o privilégio especial de entrar neste belo edifício. Vocês obtiveram esse direito por causa das grandes coisas… que fizeram em vidas passadas. E se vocês agora querem estragar isso, é melhor vocês entenderem que vocês serão punidos muito severamente. A luz que pode iluminar pode também queimar. Mas essa luz queimará todos aqueles que tentam queimar o Reino de Deus. Então, em um dia de Diwali, vamos saber que… nós devemos ter as lamparinas acesas de tal forma que… haja o mais puro do puro amor nisso. Não da boca para fora, palavras vazias de amor, mas de coração. Ele deve derramar… como a Natureza derrama todas as suas bênçãos sobre vocês. Então, onde quer que as flores de seus pés toquem, a Natureza florescerá com alegria.

Haverá um Deepavali. Como Me disseram antes de vir para Roma, não teve chuva na Itália. A Mãe Terra estava seca. E assim que todos vocês Sahaja Yogis vieram a esta Mãe Terra, a chuva começou a derramar. Portanto, a pureza do amor deve ser compreendida com completo discernimento, porque essa pureza atua. Ela atua na Natureza, atua nos seres humanos, atua em tudo. A ação é igual à ação, à ação gentil da Mãe Terra. Aqueles que entram em contato com uma personalidade assim… começam de repente a sentir a calma, o apaziguamento de todo o ser em um estado de bem-aventurança. em um estado de bem-aventurança. Estado de bênção.

Mas Eu não sei, depois dessa palavra, o quanto deu errado, porque nossas palavras estão corrompidas. Nossas palavras estão corrompidas, elas não expressam o que significam. Elas também não são puras. Elas não refletem o que deve ser refletido. Então, cabe a nós criar novos significados para as palavras, dar uma visão clara. Quando vocês querem ter uma visão clara, vocês colocam uma luz poderosa diante do espelho. A visão clara da expressão na linguagem, nos gestos, nos comportamentos. E uma visão clara do Divino. Deixem as pessoas verem na luz de vocês o lindo sonho se tornando realidade. Na Minha infância, Eu costumava pensar que Meus sonhos eram fantásticos demais.

Eles em algum momento se materializarão? Eu costumava juntar pedrinhas muito pequenas. E Eu dizia: “Haverá pessoas que não são as pedras, mas que são os corações?” Pela graça de Deus, Eu encontrei vocês. Eu lhes agradeço muito… por aceitarem a Sahaja Yoga. Mas este convite que se estende a vocês… não deveria ser tal que Eu serei culpada… por dar isso a pessoas que nunca mereceram. Por favor, não Me decepcionem. Há uma pequena coisa, Eu venho de um país que não é tão sofisticado no mundo moderno, mas está muito enraizado na verdade, e Eu estou feliz que vocês respeitem esse país, apesar… de sua existência natural não modernizada, e vocês têm orgulho de uma Mãe que vem de um país assim. Este é o Deepavali que é celebrado naquele país… por milhares e milhares de anos. E esta é a primeira vez em Roma, que é o centro da Europa.

Porque aqui estão as sete colinas, expressando a totalidade dos sete chakras. É por isso que uma grande tocha teve de ser trazida da Inglaterra em um avião… para iluminar esses sete chakras da Europa. A Kundalini se eleva do Muladhara e vai até o sétimo chakra… e toca o lugar de Sadashiva, mas neste caso, do lugar de Sadashiva, a luz desceu… para iluminar e respeitar todos os chakras a partir do coração deles. No início do despertar da Kundalini, isso é exatamente o que Eu faço, é através das pontas dos seus dedos, o awahana, o convite para a Kundalini é enviado. A menos e até que ele passe por esses centros, ele não pode abri-lo o suficiente para a Kundalini se elevar, e então o Kundalini se eleva. Assim, o convite deve vir primeiro do Chacra do Coração aqui. Então, o desejo tem de descer antes de tudo, o poder do desejo tem de descer, do coração, para fazer a Kundalini se elevar. Então a Kundalini age, o poder de ação ocorre. Portanto, a responsabilidade da Inglaterra… e a responsabilidade da Europa é muito grande. A menos e até que todos esses chakras sejam desobstruídos, o Vishuddhi não pode ser colocado de lado.

Portanto, nós temos de nos consolidar primeiro na Europa e também na Inglaterra. Eu comecei isso na Inglaterra e depois na Europa. Uma vez que tivermos consolidado isso bem, Eu tenho certeza de que a Sahaja Yoga será muito facilmente estabelecida na América. Na Índia, não há problema, como vocês sabem, e isso irá funcionar muito facilmente, e uma vez que a Índia seja despertada, a Kundalini começará a se mover muito rápido, com grande dinamismo. Mas primeiro, esses chakras superiores devem ser corrigidos. Senão como a Kundalini pode sair? Então, percebam sua responsabilidade, temos uma força na Índia, sem dúvida, mas como Ela se elevará se houver obstruções? Vocês são uma parte integrante deste Universo, vocês não estão pendurados em algum outro lugar da Índia, então a Índia tem de depender de vocês. Para o seu Sahasrara, Eu já tomei todas as providências, no sentido de que Eu estou aqui pessoalmente. Eu desci do Kailasha, nesta Terra.

Então, é desse modo que Eu organizei todo o drama. Mas os atores intermediários são muito importantes. Eles não devem agir como palhaços… ou como pessoas estúpidas idiotas. Está se tornando bastante idiota, a atmosfera, Eu devo dizer, você se sente como se estivesse entre idiotas ou loucos. Assim, essas coisas ridículas que estão acontecendo ao nosso redor… não devem nos impressionar, mas devemos realmente usá-las para nos divertir. E vocês alcançaram essa ascensão… em que vocês podem ver que essas coisas estão surgindo lá por causa da decadência. E a decadência é a ruína, é a destruição dos chakras também. Assim, embora seja estupidez, idiotice, nós temos de pegar pessoas dentre eles para apoiar os chakras. E ter muito cuidado com as pessoas que não são Sahajas, que estão se grudando na Sahaja Yoga. E agora chegou a hora de expulsá-las permanentemente e elas não devem voltar.

Somente os viras, os corajosos podem venerar a Mãe. E Eu espero que vocês sejam tudo isso, e hoje é o grande dia em que Eu sou venerada por todos os viras e viranganas. Que Deus abençoe a todos.