Puja, About ego

(India)

Feedback
Share

Puja em Nasik, Índia, 23.12.1986

Assim, agora nós estamos aqui… em um dos mais antigos lugares chamado Nasik. Eu acho que vocês devem ter ouvido falar sobre o que aconteceu… quando Shri Rama e Sita estavam morando aqui, por que este lugar foi chamado de Nasik, Eu lhes contarei resumidamente. Este é o lugar onde Shri Rama e Sita… e Lakshmana estavam morando, e a irmã de Ravana, porque alguns dos impérios de Ravana, uma parte do império era muito próxima deste lugar. Ela veio para seduzir Shri Rama. Então Shri Rama sorriu para ela e disse: “Não é possível Comigo, porque Eu tenho uma esposa muito boa”, disse em Seu jeito doce. e Ele é conhecido por seu jeito formal, formal não é a palavra, mas por suas formalidades gentis, e nós chamamos isso de Sankocha. Ele disse: “É melhor você tentar com Meu irmão”, porque Ele sabia que Seu irmão era um sujeito terrível. Assim, tudo isso é rakshasi, é uma característica dos rakshasas, as mulheres que são rakshasinis tentam seduzir os homens. Os homens que são rakshasas tentam seduzir as mulheres. É uma característica dos rakshasas, não dos seres humanos. E é claro, não é dos Devas.

Então essa rakshasini quis tentar a sorte. Com seu ego, ela foi até Lakshmana… e ela Lhe disse: “Você agora vai viver sem Sua esposa por 14 anos,” “e esses 14 anos vão ser muito pesados para Você.” “Então eu acho que é melhor Você se casar comigo.” “Eu sou uma boa mulher, por que Você não se casa comigo?” Então ela disse: “Eu tenho um belo nariz,” “eu tenho belos olhos, sou muito bonita.” Deve ser artificial, Eu tenho certeza, ou ela deve ter estado em algum tipo de salão de beleza ou algo assim. Só Deus sabe o que ela deve ter feito, mas ela estava tentando impressionar. E Lakshmana foi ficando enfurecido. Ele não conseguia ver aquilo, via: “Olhem para esta mulher vindo e tentando desafiar Minha castidade.” E por fim, Ele ficou muito zangado.

Ele lhe disse: “Saia daqui. Eu não tenho nada a ver com você.” “Você é imprestável. Não tente este truque Comigo.” Mas ela não foi, ela ficou tão encantada com Ele, e o ego dela ficou ferido, ela disse: “Não, não aceito nenhuma derrota.” Ela continuou. Então Ele ficou muito zangado e cortou seu nariz, do qual ela era muito orgulhosa: “Eu tenho um belo nariz.” Ele cortou o nariz dela. E o nariz representa o ego. Quando as pessoas têm ego, o nariz delas fica deste jeito.

Por exemplo, vocês devem ter visto, enquanto estávamos vindo… de Runala, eles disseram “nariz de duque”, porque um nariz tão grande que começam a ter… não pode ser um nariz de inglês, deve ser do duque de algum lugar. Do contrário, não poderia ser um nariz tão grande. Então os indianos chamam isso de “nariz de duque”. Então ela tinha um nariz tão grande, tão grande. Ele cortou o nariz dela mostrando que… Ele tentou destruir o ego dela de sua beleza. Isso é muito significativo, muito significativo, pois Lakshmana reside no estômago, podemos dizer, no lado direito. Ele cuida de nosso lado direito… que é o fígado, que nos dá a parte do ego… e é somente Ele que destrói isso. Portanto Ele é o grande destruidor de nosso ego. É significativo Ele ter destruído o ego dessa mulher. Cortando o ego dela, ela não poderia seduzir ninguém.

Nariz é a palavra “nasika” em Sânscrito. É por isso que este lugar foi nomeado depois… do corte do nariz, como Nasik. Mas como em todos os lugares religiosos, reunimos todos os tipos de negatividades, muita negatividade também se juntou em Nasik… e as pessoas em nome de Deus pensaram que… eles eram um lugar importante, como temos em toda religião, vocês sabem, no Cristianismo… ou no Islã, em todas as religiões, nós temos o mesmo problema. Eles começaram suas lojas aqui, então este aqui é um dos “shopping centers” de Deus. Aqueles que estão interessados em compras de gurus… podem vir à Nasik e esvaziar seus bolsos. Assim, este é um dos problemas deste lugar. E é por isso que a Sahaja Yoga leva tempo para se enraizar. Nós já desistimos de Kolapur, que é um outro grande lugar que desistimos. Pandapur e também, de certa maneira, Thirujapur, porque lá eles têm todos os tipos de forças negativas atuando… e todos eles estão ganhando dinheiro, embora o lugar seja tão vibrado, tão grandioso, porque Shri Rama veio aqui. Ele não estava usando Suas sandálias, e Sua esposa também veio de pés descalços.

Todos Eles tocaram esta Mãe Terra, então este lugar deve ser muito vibrado, sem dúvida, mas todas essas negatividades estão aqui, como nós somos… muito suscetíveis quando somos superficiais, as pessoas pegam a negatividade primeiro e o positivo vem mais tarde. Deste modo, este lugar de Nasik foi contaminado… por essas pessoas que quiseram ganhar dinheiro em nome de Deus. Agora, nós viemos para aqui, alguém pode dizer: “Mãe,” “nós não conseguimos muitas pessoas aqui”, ou também… vocês podem dizer que a Sahaja Yoga está se movendo muito devagar, Eu concordei. Ela está se movendo mais rápido em qualquer outro lugar. Apesar do fato de Dr. Sangi e sua família serem pessoas muito fortes… e nós temos alguns Sahaja Yogis muito fortes aqui. Mas é por isso que precisamos de pessoas muito fortes aqui… para trabalhar essas negatividades e virá o dia em que todas elas fugirão. A vinda de vocês ajuda muito, porque vocês também são canais da Divindade… e quando vocês vêm a este país, a esta parte do país ou a este lugar… que é cheio de negatividade, suas vibrações ajudam muito. É por isso que sempre lhes peço para fazerem algumas compras em Nasik, e hoje, se possível, por uma hora, se vocês puderem fazer isso, seria muito bom, mas de qualquer forma, se vocês quiserem ir para Saptha Shringi também, vocês podem ir. Agora, continuando com a palestra que lhes dei outro dia… sobre o belo espelho que Deus criou para ver a Si mesmo. Mas depois de criar todo o universo, Ele criou a Mãe Terra.

Depois Ele levou a Mãe Terra em direção à lua, de modo que Ela esfriasse, e depois Ele moveu a Mãe Terra em direção ao sol, e A trouxe a um ponto onde a vida pôde ser sustentada. É desse modo que a vida começou na Terra. Nos Puranas está descrito que… houve Avatares de Shri Vishnu nesta Terra… que um por um levou para a evolução. Desse modo, vocês viram que nós temos Macha Avatar, Kurma Avatar e todas essas coisas sobre as quais vocês sabem, e deve ser contado aos novos Sahaja Yogis. Por fim, esta é a situação agora no Sahasrara onde Eu tive de vir. Nesse estágio, o trabalho principal é dar a Realização, elevar a Kundalini, esse é o Meu principal trabalho. E isso é o que tem de acontecer em larga escala. Neste país, não há tanto problema, porque muito poucos lugares são desse jeito… onde há negatividade. Nos vilarejos, vocês viram… como nos lugares de pescadores muitas pessoas vieram, que eram sem malícia, como belamente eles cantaram para vocês, cantaram para Mim e eles eram tão bons. Assim, este país não é uma coisa tão difícil… dar a Realização e estabelecê-los na Sahaja Yoga, porque eles imediatamente saltam na alegria da Sahaja Yoga, enquanto que no ocidente, como vocês sabem, nós não saltamos para dentro da alegria, mas primeiro começamos… a ver isso através de nosso ser racional.

A racionalidade depois se desenvolve no que chamamos de Chitta. Então começamos a usar nossa atenção… para diferentes lugares, usando as vibrações, isto e aquilo, mas a parte relativa à alegria vem mais tarde, e é por isso que não se estabelece muitas pessoas. Antes de tudo, têm de ser falado um pouco para eles… e feito com que eles se estabeleçam, porque a natureza da luz da Kundalini é tal… Que Deus os abençoe, chegaram na hora, venham aqui. Por favor, venham. Venham à frente, Onde está isto? Está no carro? Vocês pegaram um taxi? Vocês vão manter isso. Vocês podem tirá-lo. Sim, podem tirar.

Peça alguém para fazê-lo. Tudo bem. [Marathi] Tudo bem, venham aqui. Que Deus os abençoe. Vocês vieram carregando isto de onde? Em sua cabeça? [Marathi] [Marathi] Venham. Está bem errado agora, eles tiraram seu casaco. Foi um dia frio aqui, então Eu apenas disse para parar isso. Está bom para vocês aqui, está bom e aquecido.

Tudo bem. Então Deus criou este universo para ver Sua imagem… e como Eu lhes disse, o ouro não pode ver a beleza dele, a natureza não pode ver sua beleza, o sol não pode ver sua beleza. Então eles têm de se expressar, de se manifestar para verem suas próprias imagens. Agora, Deus criou os seres humanos, no final, como Eu lhes disse, e agora Ele quer ver Sua bela imagem em vocês. Então antes de tudo, saibam que o espelho de vocês é o Espírito. Esse é o espelho que você tem com o qual você pode ver, você não conhece a grandeza dele, não conhece sua beleza, não conhece nada, no sentido de que Ele reflete a beleza de Deus dentro de você. Agora, você tem de criar uma imagem, ou você pode dizer, nós temos de manifestar nosso trabalho de tal forma… que possamos ver nossa imagem… nesse espelho de Deus que temos dentro de nós mesmos. Então, quando os Sahaja Yogis começam a se manifestar, afirmando a si mesmos, projetando a si mesmos, então eles podem ver sua própria imagem… e eles ficam surpresos: “Como podemos ser tão belos? “Como podemos ser tão bons?” “Como podemos ser tão poderosos?”

“Como podemos ser o poder universal?” “O quanto que nós somos ajudados.” Isso é muito surpreendente e é desse modo – Por favor, mantenha seus olhos abertos, senão seus chakras não ficarão bem. Então quando você tem todas essas… experiências de sua bondade, de sua grandeza, de sua glória, você começa a manifestar Deus. Então, agora, para Deus, seu espelho está pronto. Para Ele, você é Seu espelho. E Ele quer se ver através de você. Assim, toda a beleza que você tem, todos os poderes que você tem estão dentro de você. Mas a maioria das religiões que foram estabelecidas… pelos grandes santos, que quiseram ajudar nesse procedimento, simplesmente foram invertidas, pois lhe é falado que vocês são os piores, que vocês são os pecadores, que vocês são pessoas perdidas, inúteis, de modo que você vá e dê mais dinheiro… e mais dinheiro e essa é uma outra estupidez. Você pode ver tão claramente o quanto é estúpido o esforço todo.

Fazendo isso, você faz com que as pessoas pareçam feias, doentes, inúteis. O sistema inteiro, a civilização inteira trabalha ao contrário. Por exemplo, hoje em dia, Eu tenho visto no ocidente que… se você parece um tuberculoso, você é considerado bonito… ou se há algum tipo de bhoot, você é considerado bonito. Pelo contrário, você tem de parecer saudável, florescendo como uma flor, puro, esse é o sinal de uma pessoa que é bela, não uma pessoa que fica o tempo todo suspirando… e que está prestes a se mudar para o hospital ou para um cemitério. Esse tipo de ideia, Deus nunca teve em Sua mente. Essa é a ideia que chegou a você… através da administração inteligente de alguns agentes demoníacos. E eles lhes deram essas ideias e vocês as estão realizando. Assim, o senso de beleza que você possui tem de ser um pouco diferente, muito diferente, Eu disse, absolutamente, exatamente o oposto. A face de uma pessoa que é uma alma realizada… é muito diferente da face dos outros. Para eles, ele pode não parecer bonito, porque eles veem a feiúra, enquanto nós vemos a verdadeira beleza que agrada Deus.

Ver suas faces deve agradar Deus, refletindo a manifestação Dele. Por exemplo, veja as flores, você gosta das flores que estão viçosas, você as olha com grande admiração. Da mesma maneira, quando Deus vê Seu reflexo entre os Sahaja Yogis, Ele ficará muito mais satisfeito. E isso foi o que Eu senti ontem… quando todos vocês cantaram juntos com todo o oriente e o ocidente… combinados juntos com tamanha beleza. Eu senti que Eu estava satisfeita dentro de Mim mesma, pois algo aconteceu e algo mostrou os resultados. A beleza está se mostrando agora nos rostos de Meus filhos. Nós devemos agradar Deus. Vocês devem Me agradar muito. Essa é uma coisa muito grande que está acontecendo em Nasik, Eu acho. Essa gratidão de vocês… e Minha própria satisfação, Eu Me sinto muito gratificada.

Eu Me sinto muito satisfeita e realizada. E essa é a situação em um lugar como este, onde Sita teve de sofrer muito, onde Lakshmana teve de fazer todas essas coisas desagradáveis. Foi uma coisa terrível que aconteceu em Nasik. E nisso, se você entra nesse passado… como uma peça de teatro, você mostra um clímax e… depois o anticlimax desse jeito. Ontem, Eu senti que o drama está completo agora. Eu fiquei realmente muito satisfeita com o que aconteceu noite passada, a unidade com a qual cantamos, a unidade que sentimos… e a unidade que tivemos em relação a nós mesmos. Nós somos seres universais. Nós não pertencemos a nenhum país, não pertencemos a nenhuma casta, comunidade… ou às assim chamadas religiões. Todos nós somos pessoas universais. Não temos nenhuma restrição que nos mantêm separados uns dos outros.

Todo esse amor, toda essa afeição… e tudo isso vai transformar este mundo horrível… em direção ao caminho certo, em direção ao caminho correto, em direção ao caminho da benevolência. Assim, Nasik fez algo bom para Mim. Da última vez, Eu tive lágrimas em Meus olhos… e vocês tiraram a fotografia dessa Sandra Karuna, e hoje, Eu tenho o sentimento de grande alegria dentro de Mim. Que Deus abençoe todos vocês. Obrigada.