Bhavasagara Puja

Brisbane (Australia)

Feedback
Share

Shri Bhavasagara Puja, Brisbane (Australia), 6 April 1991.

Esta é a primeira vez que estamos tendo um puja em Brisbane, e Eu estou feliz por tantos terem vindo aqui… de vários lugares.

Vocês sabem que através do puja, vocês estimulam os chakras dentro de Mim… e vocês obtêm muitas vibrações… e alcançam, subitamente, uma elevação em sua consciência. Vocês realmente alcançam isso, mas depois de algum tempo, eles dizem: “Mãe, novamente nós decaímos.” Também eles estavam dizendo: “Quando nós vamos para a Índia, nós ficamos bem…” “e quando voltamos, nós decaímos.” Felizmente, agora nós temos um ashram, o que é uma coisa muito boa. Ter um ashram, em si mesmo, é uma, Eu devo dizer, é uma coisa muito, muito positiva, porque é dessa forma que Ganesha fica estabelecido aqui. Assim, o ashram está aqui para uma vida coletiva, mas uma vida coletiva de espiritualidade. Não é só viver aqui, mas é uma vida de espiritualidade. E nós temos de saber algumas coisas sobre… a disciplina que nós temos de manter, é muito importante. Não é apenas uma casa onde ficamos, onde algumas pessoas se reuniram para viverem juntas, mas tem de ter uma disciplina. Somente então, você será ajudado, porque se você não vem para o ashram com esta ideia… de que você está indo lá para ascender, não fará nenhuma diferença se você ficar em casa ou ir para o ashram.

Assim, há dois tipos de meditação, dois tipos, em que uma é a meditação onde – nós podemos chamá-la de “antarmana” – meditamos dentro de nós mesmos, para vermos por nós mesmos o que está errado conosco, e como nós temos de corrigir, o que temos de fazer a respeito disso. E uma outra é “bahirmana”, é externa, como nós temos de viver externamente. Você tem de ter uma disciplina, que não é imposta a você, mas com muita alegria, você a aceitou… e a assimilou. Em qualquer arte, por exemplo na Índia, Eu não sei aqui, mas… você tem de colocar a si mesmo em um treinamento rigoroso… para alcançar qualquer nível. Você não pode negligentemente contornar isso. Você não pode simplesmente levar tudo de forma cômoda. Na Sahaja Yoga, não há nenhuma “tapascharya”, não há nenhuma penitência para você. Tudo são bênçãos. Mas a pessoa não deve se perder com essas bênçãos, se você tiver que realmente penetrar em si mesmo… em sua profundidade total. Assim, para o “antarmana”, é importante que todos vocês meditem, de manhã e à noite, todo dia.

Tudo bem se até mesmo você não escovar seus dentes, mas você deve meditar, é uma coisa importante. Essa é a razão pela qual Eu percebo que, no Ocidente, as pessoas continuam se bloqueando, novamente se limpando, novamente se bloqueando. Toda que vez que Eu venho, noto que alguém está sofrendo ou por causa de algum tipo de condicionamento, ou digamos, por causa de algum tipo de “baddha”, ou às vezes, é o ego ou algo assim. Isso vai e volta. Não é alguma coisa que fica permanentemente desapegada. Assim como nós temos de tomar nosso banho todo dia, temos de nos lavar todo dia, da mesma maneira, nós temos de nos lavar internamente. Assim, a meditação é o “antarmana…” “tapaha”, como vocês podem chamar isso. Mas não é nem mesmo uma “tapaha”. Você não tem de ir aos Himalaias e sentar-se lá. Você só tem de fazer essa meditação… de manhã cedo.

No sistema da Sahaja Yoga, Eu diria que o melhor que está funcionando… é na Alemanha e na Áustria, nesses dois, e também na Inglaterra, mas não até aquele ponto. Eu diria que aqueles dois países estão realizando o melhor, e em terceiro lugar, em Roma. Eles também têm ashrams do mesmo tipo, mas para eles, é muito importante alcançar… os altos níveis da Sahaja Yoga. Sem dúvida, nada é mais importante. Invariavelmente, em todos esses ashrams, Eu tenho visto as pessoas se levantarem às quatro horas. Eu também Me levanto todo dia às quatro. Depois talvez Eu durma mais tarde, mas às quatro horas, Eu estou de pé. Eles tomam seus banhos, ficam prontos para os pujas, e depois se sentam e fazem por cerca… de cinco a dez minutos puja para a fotografia, e depois meditam. Depois eles vão e tomam café da manhã ou algo assim. Depois, quando eles voltam para casa do trabalho, eles também se sentam juntos para meditar, essa é a parte coletiva disso, ou discutem o que quer que deva ser feito: “Como propagaremos a Sahaja Yoga.”

Eles apenas falam sobre a Sahaja Yoga, ou eles decidem o que deve ser feito, qual é a melhor maneira… de resolver os problemas da Sahaja Yoga. E depois à noite, antes de dormir, invariavelmente todos eles, todos eles, todos juntos, até mesmo as crianças antes de dormir, fazem “footsoaking”, sentam-se para a meditação, e vão dormir. É por isso que Eu acho que a Áustria tem se elevado tão bem, e o alemães. Vocês sabem, os alemães são desse jeito. Se alguma coisa entra na cabeça deles, para eles, essa é a coisa mais importante, então eles não ficam meio que inconstantes. Não há nenhuma, eles não abrem nenhuma concessão em relação a esses pontos. E eles fazem o corpo deles trabalhar duro. Agora, qual é a “tapa” nisto aqui? A penitência? Nosso corpo é usado para um tipo de vida.

Na Índia também, nós todos somos assim na Índia. Todo mundo levantará de manhã, e eles se sentarão para o Puja… ou se sentarão para a meditação. Sem dizer, isso acontece, você não tem de lhes dizer. Porque esta é a coisa tradicional para se fazer na Índia: sempre quando eles se levantam, eles tomam banho, sempre fazem um puja, todos eles. Se eles forem cristãos também, eles se sentarão e rezarão. Os muçulmanos, eles farão “namaaz”. Isso é um tipo de prática e é a educação da família. Aqui, Eu percebo que os pais não assumem a responsabilidade… de passar qualquer informação para os filhos sobre discipliná-los, porque as crianças são também extremamente agressivas. Elas não querem saber disso. Então os pais também não têm coragem de lhes dizer: “Isto é bom para você, por favor faça isto desta maneira,” “é melhor que você medite.”

Eles têm medo de que possam perder seus filhos, se eles lhes falarem desse jeito. Ou, “reze”, ou “acorde nessa hora”. Você não têm coragem de lhes dizer: “Acorde nessa hora.” Este é o maior crime no Ocidente, se vocês lhes disserem: “Você tem de acordar às quatro horas”, “abbah”. É como a pior punição. Mas uma vez que você comece a levantar-se de manhã, você irá adquirir o hábito e então, você dormirá cedo. Então você consegue dormir cedo. Levantar de manhã, realmente o ajudará pelo dia inteiro. Então, comece esse tipo de prática. Você deve meditar todo dia, e essa é a razão pela qual Eu noto que as pessoas, onde quer que Eu chegue, elas estão novamente bloqueadas, alguma coisa está errada.

Isso está errado, aquilo está errado; elas ficam bloqueadas aqui e ali. Por que você deveria se bloquear? Diariamente vocês devem se elevar. Diariamente vocês devem estar em um estado mais elevado, e essa nova educação deve surgir dentro de nós, pois nós somos Sahaja Yogis. E nós não estamos aqui somente… para termos boa comida e bons momentos… ou bons encontros, mas nós estamos aqui… para nos tornar essas personalidades únicas, que são exigidas para elevar a humanidade… a um estado mais elevado. Então você tem de ser agora responsável por si mesmo. Você tem de se cuidar e tem de dizer para si mesmo: “Sr. Fulano de Tal, Sra. Fulana de tal,” “por favor, agora comporte-se.” Senão, a Sahaja Yoga fica perdida para você. Ela não irá ajudá-lo muito.

Pode ser que aumentemos em quantidade, mas em relação à qualidade, nós estaremos falhando. E um ataque da negatividade pode acabar… com uma quantidade tão grande que pensamos que é demais, isso aconteceu uma vez. Então agora, todos vocês devem desenvolver… essa dedicação para si mesmo, descobrir qual é o seu problema e como você tem de corrigi-lo. Se isso for feito todo dia, Eu posso lhes assegurar… que vocês não terão nenhum problema de nenhum tipo. Os seus pensamentos pararão, os seus problemas serão resolvidos e vocês não terão nenhum bloqueio de forma alguma, porque vocês os removeram. Mas se vocês os deixam em seu ser, então eles crescem e se tornam grandes. Assim, não deve haver nenhuma letargia, no que se refere à meditação, mas você começará a fazer isso com alegria depois de algum tempo. Você não será feliz se você não fizer isso. Mas no começo, você terá que estimular a si mesmo… e dizer para si mesmo que este corpo tem de ser purificado, mas mais do que este corpo, esta mente e este intelecto, ambos devem ser corrigidos. Para ser um instrumento de Deus, você tem de ser perfeito, uma personalidade perfeita, senão talvez não sejamos capazes de transmitir… a mensagem da Sahaja Yoga de uma forma apropriada.

Muitas pessoas dizem: “Nós somos entregues à Mãe,” “e nós somos entregues a Ela” “e como resultado da entrega, nós obteremos tudo.” Mas o que você está entregando? É um coração puro ou um coração cheio de todos os tipos de coisas erradas? Ou é essa inteligência que é um tipo muito superior de inteligência pura? Ou então, você está se mostrando como toda sua arrogância? Assim embora haja o Ganges da Sahaja Yoga fluindo, ainda assim, você tem de ter a profundidade de um jarro. Uma pedra não pode levar nenhuma água. O mesmo com as crianças. É claro, como elas irão para a Índia, Eu tenho certeza que elas formarão rotinas adequadas… e elas formarão métodos de meditação adequados. É óbvio que nunca tivemos o senso de Divindade no Ocidente.

Seja o que for que tivemos, seja o que for que obtivemos… da igreja ou de qualquer sinagoga ou de alguma coisa assim, que era somente de domingo a domingo, domingo a domingo, para os muçulmanos é de sexta a sexta, sexta a sexta, acabou-se. Mas isso não os levou a lugar nenhum. Então nós temos de fazer alguma coisa a respeito disso. Os problemas serão resolvidos num piscar de olhos. Vocês não têm de sentar-se e contemplar… e se preocupar: como você resolverá o seu problema? Ele será resolvido. Mas o que não pode ser resolvido são os hábitos que você desenvolveu, hábitos de letargia. Eu posso compreender se em Londres, as pessoas forem letárgicas, mas elas não são. Elas se tornaram extremamente, extremamente trabalhadoras, ativas e também dedicadas. Como elas alcançaram isso?

Somente por saber que essa dedicação traz… toda a purificação e todos os poderes. Agora, vamos supor que este instrumento não esteja limpo. Vocês não serão capazes nem mesmo de Me ouvir, ele é inútil. Portanto, nosso instrumento tem de estar perfeito… para manifestar a Sahaja Yoga. Se não estiver, todos os defeitos podem ter duplo efeito, por exemplo, primeiro isso afetará você, você nunca sente a vantagem completa da Sahaja Yoga, e em segundo lugar, isso afetará as pessoas que se encontrarão com você, e gradualmente, elas descobrirão que há alguma coisa errada com você. “É algum tipo de loucura reprimida”, as pessoas dirão, “essa Sahaja Yoga é isso,” “porque eu não percebo nada grandioso a respeito desse homem.” “Ele está parcialmente aqui, parcialmente ali.” Uma vez que você comece a se aprofundar mais em seu ser, você ficará surpreso ao ver que você pode desenvolver… tamanhas habilidades que você ficará surpreso consigo mesmo. É claro, há bênçãos, há milagres, mas pense em suas próprias habilidades. Quais são suas habilidades?

Até que ponto você é capaz de fazer algo a respeito de curar pessoas? Nós temos poucas pessoas em Mumbai… e muito poucas pessoas em Pune também. Mas elas estão disponíveis para curar. Algumas delas estão indo às vilas. Agora, elas Me pediram para lhes dar um Jeep, então elas poderão levar um grupo musical para as vilas e cantar lá. E conseguir um número maior de Sahaja Yogis. Mas quando eles voltam, imediatamente, quer elas cheguem de dia ou de noite, imediatamente, elas farão footsoaking diante da fotografia. Também para se proteger, você tem de dar um bandhan em si mesmo, o tempo todo. Você não deve dizer: “Agora, eu estou bem.” Você não deve dizer: “Eu sou perfeito.”

Você não deve dizer: “Agora, eu sou um Sahaja Yogi.” Nunca, nunca pense assim. No momento que você começar a pensar que é perfeito, você está acabado. Portanto, antes de sair, vocês devem dar um bandhan apropriado. Também antes de dormir, vocês devem dar um bandhan apropriado. Coloquem sua atenção no seu Sahasrara e depois durmam. É impressionante como as coisas funcionam. Imediatamente, você saberá se uma pessoa… está meditando ou não, imediatamente. É como se ela fosse uma pessoa que deu um banho no filho. Embora a pessoa tenha dado banho na filho, ela ainda não tomou banho.

Você pode distinguir a diferença entre os dois. Da mesma maneira, aqueles que têm meditado… todos os dias, de manhã e à noite, não é necessário muito tempo. Vejam, nós gastamos todo o nosso tempo em alguma coisa insensata. Quando houver completa compreensão de você mesmo… e completa compreensão dessas vibrações, somente então você pode lidar com elas apropriadamente. Todo esse conhecimento é para vocês. É totalmente gratuito, como vocês sabem, e todo essa maestria pode ser de vocês. Portanto, não fiquem apenas satisfeitos: “Tudo bem, hoje é domingo, nós iremos à igreja,” “pegar o livro de hinos, vamos cantar esse hino número tal. “, se sentar, novamente se levantar, se sentar. Voltar para casa exatamente o mesmo. Assim, hoje, Eu realmente pensei em dizer a todos vocês… que vocês devem desenvolver a profundidade dentro de vocês.

E se você não consegue desenvolver essa profundidade, então você ainda é um medíocre. Na verdade, todos esses grandes segredos sobre a Deusa e Seus poderes não foram contados a ninguém dessa forma. Nunca. Somente quando eles tinham completado a sua unificação – Eu diria, a ideia completa, a plena compreensão… entre a unicidade de Deus e o relacionamento de vocês com isso, totalmente – ninguém faria qualquer coisa antes disso. Agora, os dias da Sahaja Yoga são tão simples… que logo que você obtém a Realização, você pode começar a dar a Realização aos outros. Imediatamente. Exatamente sob sua mão, você verá que a Kundalini se moverá. Coloque sua mão sobre a cabeça de alguém… e você perceberá que essa pessoa obtém a Realização. É um fato. Simplesmente funciona dessa maneira.

Mas isso significa para muitos: “Oh, não há nada a ser feito.” “Afinal, tudo é feito pela Mãe, nós apenas alcançamos algo.” Vocês devem sempre compreender que… a Mãe só pode trabalhar com um instrumento muito bom, e não com um instrumento fraco. Assim, agora, nós temos alguns grandes Sahaja Yogis… que têm penetrado muito profundamente nisso. Invariavelmente, não importa quando Eu perguntei, eles dizem: “Mãe, todo dia nos veneramos.” “Nós veneramos de manhã e à noite, de todas as formas, diariamente.” “Nós fazemos footsoaking e sentamos diante de Sua fotografia” “e veneramos Sua fotografia, ou então, de manhã também,” “nós fazemos algo assim.” E surpreendentemente, você pode distingui-los imediatamente. Devia haver 600 pessoas no aeroporto, mas imediatamente, Eu sei quem está meditando todo dia. Agora, isso é para nós.

Eu tenho feito a Sahaja Yoga pelos últimos, agora, por mais de 20 anos, e agora, nós estamos entrando no vigésimo primeiro ano, nós podemos dizer, mas Eu estou pronta, vejam, é desse jeito, porque foi em 1970, e agora é 1990, então é tudo isso, mais 91. Nós tivemos tanto tempo. É claro, Eu diria, vocês não obtiveram a Realização naquela época; mas seja qual for a época em que vocês tiveram a Realização, Eu não julguei até que ponto vocês foram nisso. Eu disse: “Primeiro deixe-os ter a Realização.” Eles obtiveram a Realização. Assim, quando eles receberam a Realização, as pessoas que realmente… sentiram a responsabilidade, desde o primeiro dia, eles obtiveram isso desde o primeiro dia, Eu não tive de lhes dizer. Eu não estou falando dos indianos, estou falando dos outros. E eles fizeram, eles mostraram uma enorme melhora, enorme. Nós temos enviado para vocês jovens indianos de lá, jovens indianas de lá, apenas para vocês saberem que… eles podem também ajudá-los na Sahaja Yoga. Isso certamente pode ajudá-los.

Vocês têm de ter um tipo adequado de pessoa, e vocês ficarão surpresos com o modo como eles são, eles podem transmitir tudo… e eles estão muito pouco preocupados com o ego deles. Não há nenhum ego de forma alguma. Assim, você não está alcançando tudo isso para o seu ego. Você está alcançando isso porque você é um buscador… e agora você se tornou um Sahaja Yogi. Assim deve ser entendido que isso não é algo como… uma vantagem no que se refere ao dinheiro, ou algo como “eu tenho que ter poder”, isso, aquilo; porque se você não meditar, sua atenção irá para essas coisas. Imediatamente, você começará a pensar: “Eu posso me tornar o líder?” Tudo bem, ou até mesmo: “Eu devo humilhar o líder?” “Como eu posso insultá-lo?” “Como eu posso brigar por isso?” “Como eu posso fazer isso?”

“Como eu posso realizar isso dessa maneira?” Você tenta insultar também. Se não for possível, talvez você use violência algumas vezes, raiva, porque você ainda não está, Eu devo dizer, tão evoluído assim, evoluído, tão madure, tão sábio. Então agora, o que você tem de fazer… é bem na primeira oportunidade, quando você se levanta de manhã, primeiro diga: “Deixe-me ver,” “qual é a minha responsabilidade como um Sahaja Yogi?” Depois de algum tempo, você começará a gostar disso, porque isso lhe dará enormes poderes, uma enorme experiência. Então depois, simplesmente sente-se com a mente muito humilde, antes de tudo, diga: “Mãe,” “se eu tenho algum ego, por favor leve embora.” “Mãe, se eu tenho algum condicionamento,” “por favor leve embora, porque eu sou um buscador, inteiramente,” “eu não quero todas essas coisas.” Mas, se você não meditar, então este Sr. Ego secretamente se infiltrará sorrateiramente em você, e você talvez tente tornar-se o líder, ou você fará algum tipo de afirmação, algum tipo de ação estúpida do ego, as quais nós temos muitas na Sahaja Yoga. Se você anotá-las, você não saberá como parar de rir. Então, para se prevenirem, Eu diria que… a única maneira de se protegerem é meditar de manhã e de noite, e também manterem-se em completo bandhan.

O papel de vocês é muito importante… e é um momento muito importante, extremamente importante. Vocês não têm ideia de que na história da espiritualidade, ninguém pôde fazer tanto quanto vocês podem fazer. Assim, se você realmente… faz o “antarmana”, se você realmente se observa interiormente, enquanto está meditando, você se observa, os seus chakras e tudo mais, e então você percebe essa introspecção: “Por que eu sou desse jeito?” Simplesmente, se separe de si mesmo, veja por si mesmo: “Por que eu sou desse jeito?” “Por que eu fiz desse jeito?” “Por que eu penso assim?” “Quem sou eu?” Essas perguntas, quando respondidas, você conhecerá todo o seu mérito, o seu valor. Eu não sei como Eu devo enfatizar isso, o quanto mais é necessário para enfatizar… a importância da meditação, todos os dias. Como essas propagandas que vocês veem, todos os dias, eles simplesmente seguem bombardeando sua cabeça: “Compre isso, compre aquilo, compre, compre, compre, compre, compre.”

Isso atua. Da mesma maneira, você tem de todos os dias… bombardear a si mesmo: “Agora, a meditação.” “Começar a meditação, começar a meditação.” Então, você ficará surpreso que quando você sair, você verá algo belo, imediatamente, você entra em consciência sem pensamentos. Você não necessita agir. Assim que você encontrar um Sahaja Yogi, imediatamente fica sem pensamentos, a outra pessoa, ambos ficarão. Você começa a desfrutar tudo de uma maneira bem diferente. E sentimentos tão belos surgem, uma segurança tão bela é construída… que você fica surpreso: “Como eu pude ser assim?” “Como eu pude sentir essa segurança apenas ao expressá-las…” “de uma maneira tão bela?” Porque se você estiver, digamos, lavado e limpo, uma coisa simples, na vida diária, então antes de tocar… qualquer coisa, com todas as coisas, você toma cuidado… de modo que você não as estraga novamente.

Se há um sari que está sujo, totalmente sujo, então se há duas manchas ou centenas de manchas, não faz nenhuma diferença. Mas quando ele está totalmente limpo, então mesmo com uma menor mancha, você pode ficar preocupado, porque todo mundo verá isso. Da mesma maneira, a menos e até que você se purifique todos os dias, você não saberá o que está errado com você. Eu espero que vocês prestem plena atenção ao que Eu disse hoje aqui, com plena atenção… em seu ser interior… projetando para fora, como uma testemunha de si mesmo. Apenas observe como você fala com os outros: “Por que eu deveria falar assim?” “Qual é a necessidade de falar?” E então, você começará a compreender que “atrás de tudo isso…” “está algum tipo de coisa estranha acontecendo em meu cérebro”. E este cérebro tem de ser corrigido. É muito importante. Agora, no final do dia, nós devemos descobrir: “Que coisas boas eu tenho feito pela Sahaja Yoga?”

Também, nós podemos descobrir: “De que modo eu não tenho estado à altura da Sahaja Yoga?” Se isso puder ser feito, você descobrirá: “Até que ponto eu tenho ido…” “com esses poderes para difundir a Sahaja Yoga?” “Até que ponto eu posso ir?” Isso é realmente extraordinário, porque… como Eu lhes disse, na Áustria, nós temos alguns rapazes… que estão o tempo todo pesquisando sobre a Sahaja Yoga. Eles leram o livro de Adi Shankaracharya, que Eu ainda não li. Eles têm lido todos os tipos de coisas, apenas para descobrir até que ponto eles estão, e como resultado, eles próprios continuaram se desenvolvendo… muito, muito profundamente em seu ser. Mas a maneira, vejam, você segue se desenvolvendo cada vez mais profundo, e você ficará surpresa que quanto mais profundo você vai, você não se exibirá, você não se exibirá. Você simplesmente emitirá. Como um senhor que uma vez veio em Minha casa, e eles disseram: “Mãe, “um frescor veio de dentro.” “Parece que um frescor veio de dentro.”

“Sim, sim, há um frescor vindo.” Ele não disse nada, não fez nada. Apenas ao andar dentro da casa: “Um frescor veio.” Você simplesmente sente, Como na floresta, se você for e perceber um silêncio completo, até mesmo os pássaros não estão cantando, então saiba que há um tigre sentado lá. O tigre não faz nada, talvez ele esteja somente dormindo, coitado. Mas o lugar todo está admirado, respeitoso com sua presença. Da mesma maneira, um Sahaja Yogi, em qualquer lugar, se destacará. Vejam esses santos, eles não sabem nem mesmo como elevar a Kundalini, mas eles eram pessoas muito puras. Eles nunca elevaram a Kundalini de ninguém. Eles nunca deram a Realização a ninguém, eram pessoas extremamente puras, não havia nenhuma impureza neles.

E então, o quanto que eles podiam produzir, que poesia, que trabalho, que ideias espirituais, que frases, quero dizer, maravilhoso. Tamanha profundidade em tudo que eles faziam, tamanha efetividade. Agora, nós estamos aqui para alcançar nossa espiritualidade, não para ganhar dinheiro, não para ganhar cargos, poderes, nada. Nós estamos aqui para alcançar nossa espiritualidade, e nessa espiritualidade, tudo está lá. Toda a satisfação, tudo está lá. Isso terá um efeito nas crianças. Isso terá um efeito no ambiente, de todas as maneiras, e na personalidade. Assim, isso não é uma questão também de indivíduos fazendo isso, mas coletivamente fazendo isso. O coletivo deve parecer uma coisa bela. Então vocês devem ter, Eu diria, em um ashram, uma meditação coletiva.

Na Áustria, eles fazem isso de manhã cedo, às quatro horas, coletivamente. Assim, eles sabem quantos estão lá… e quantos estão faltando, isso, aquilo. Mas Eu disse: “Não chamem a atenção. Vamos ver.” Quando aqueles que estão meditando desse jeito… se elevam muito alto, os outros começão a segui-los. Então, não pensem sobre os outros: “Que horas ele levantou.” “Eu tenho que tomar conta de mim mesmo.” Isso é muito egoísta, “swarth”. Vocês têm de conhecer o significado de “swa”, isso é egoismo, e quando você conhece esse significado, então você não se importa com o que quer que alguém diga, com o que quer que alguém possa tentar fazer. Vamos supor que seu marido seja estranho: “Oh, não importa.

Ele mudará de ideia.” Vamos supor que sua esposa seja estranha: “Não importa, ela mudará de ideia.” Não é nada importante. Para vocês, isso é a coisa mais importante para fazer, e todos aqueles que têm pensado assim e têm agido assim, estavam acima de tudo. Nada pode pô-los para baixo. Assim, hoje é o primeiro dia de Brisbane. Eu abençoo todos vocês, de modo que vocês tenham… essa noção plena de si mesmos, sobre porque vocês estão nesta Terra… e qual trabalho grandioso que espera-se que vocês façam. Cada um de vocês é capaz. Cada um de vocês pode fazer isso, mas vocês, Eu pediria… que vocês assimilassem essas qualidades dentro de vocês, que já estão lá. Quero dizer, Eu não diria “absorver”, mas as manifestem, e uma vez que comecem a manifestar, observem como está o seu temperamento.

Nós tomaremos conta de seus filhos, não se preocupem. Que Deus os abençoe.