Public Program Day 2

(India)

1991-12-07 Confusion and the ordinary householders, Madras, India, 126' Download subtitles: BG,CS,DE,EL,EN,ES,FI,FR,IT,LT,NL,PL,PT,RO,RU,TR,ZH-HANS,ZH-HANTView subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Transcribe/Translate oTranscribe

Feedback
Share

Public Program. Madras (India), 7 December 1991.

Eu Me inclino a todos os buscadores da verdade.

Ontem, bem no início, Eu lhes disse que a verdade é o que ela é. Se não encontramos a verdade, nós devemos ser humildes e honestos sobre isso, porque a verdade é para a nossa benevolência, para a benevolência da nossa cidade, da nossa sociedade, do nosso país e de todo o universo. Esta é uma época muito especial em que vocês todos nasceram, em que as pessoas têm que obter a Realização do Si. Esse é o Tempo da Ressurreição como está descrito na Bíblia, é o tempo de Kiyama, como foi descrito por Maomé. Esta é uma época muito especial, na qual Nala, como vocês sabem Nala damayanthi akhyan – Nala enfrentou Kali. Ele ficou furioso com Kali e disse: “Você destruiu minha família, você destruiu minha paz” “e colocou as pessoas em bhram,” “em ilusões,” “então é melhor eu matá-lo.” Ele desafiou Kali: “Você deve ser eliminado para sempre.” Então Kali disse: “Tudo bem, deixe-me falar-lhe do meu mahatmyam.” “Deixe-me falar-lhe por que eu deveria estar lá.” “Se eu convencê-lo, então você pode desistir de me matar,” “mas se eu não convencê-lo, você pode me matar.”

Então ele disse: “Hoje, todos aqueles que estão buscando da verdade,” “que estão buscando a Realização do Si, Atma sakshatkara,” “aqueles que estão indo para giri e kandharas,” “para as montanhas e vales,” “procurando Deus pelo mundo inteiro,” “essas pessoas nascerão” “como chefes de família comuns durante a Kali Yuga.” “Haverá bhram, sem dúvida,” “as pessoas estarão em sabhram,” “haverá ilusão e confusão.” “Eu criarei isso, sem dúvida.” “Mas somente por causa da confusão,” “esses chefes de família simples buscarão a verdade.” “E é por isso” “que está é a época em que eles obterão o seu Atma sakshatkara.” É um… Há muitas profecias sobre esses tempos em nossos shastras, mas especialmente Bhrigumuni em “Nadigranth” descreveu esses tempos. Se você compará-los ao momento de hoje, é exatamente essa época. Após a morte de Raghwindra Swami, isso irá acontecer, e é isso o que está acontecendo agora. Para vocês, é muito importante compreender que Raghwindra Swami estava nesta região e ele trabalhou muito. E agora, o momento chegou para completarmos o seu trabalho, também de Ramana Maharshi.

Eles não sabiam como explicar, então eles adotaram o maunavart. Pessoas como Gyaneshwara, com a idade de 23 anos, escrevendo coisas tão maravilhosas, como “Amruta anubhavi …”, é um livro que Eu acho que é a última palavra em espiritualidade. Eles entraram em samadhis tão jovens, com a idade de 23 anos, porque ninguém tentou compreendê-los. Tanto ritualismo, tanto condicionamento, tanta leitura, que ninguém queria saber sobre o que eles estavam falando. Todo mundo pensava: “Nós sabemos tudo”, e era desse modo que eles tinham esse tipo de satisfação. Kabira disse: “Kaise samjhaun, sab jag andhaa” – “Como eu vou explicar, o mundo inteiro está cego.” Mas isso é o que temos que alcançar em nossa evolução, é dentro disso que temos que saltar. Tornar-se o Espírito é narrado em todas as escrituras, não somente na Índia, mas por toda parte. Se você considerar o Tao, se você considerar o Zen, se você examinar as filosofias judia ou cristã ou islâmica, em toda parte é dito que você tem que tornar-se o seu Si, você tem que ter o autoconhecimento. É claro, alguém disse isso.

Essas pessoas que estão no comando da religião ou estão na direção dos negócios, fazendo fortuna ou gerando poder a partir disso, pessoas que usam a religião para o poder ou para o dinheiro, eles não gostaram disso, então eles disseram: “Eles são hereges.” “Isso é blasfêmia. Eles não têm nenhum conhecimento especial.” E é desse modo que eles têm punido as pessoas, perturbado as pessoas, as têm torturado. Mas chegou o momento agora para todos os buscadores obterem a Realização do Si, Atma sakshatkara. Ontem, Eu lhes falei sobre como isso se realiza através do despertar da Kundalini. As pessoas têm escrito sobre a Kundalini todos os tipos de coisas absurdas que não são a verdade. Eu sou sua Mãe, Eu lhes direi a verdade. Eu não lhes direito algo falso. Mesmo que vocês não gostem disso, deixem-Me dizer-lhes, porque isso é para sua benevolência, para o seu bem, para o seu hita.

Assim, quando a Kundalini se eleva, Ela passa através de seus diferentes centros, que são centros sutis, e os nutre. Ela passa através da área óssea da fontanela e os conecta ao Poder Onipresente, sobre o qual, nós não conhecemos. Então, a partir de suas mãos, vocês sentem as vibrações, que são chamadas de Chaitanya lahari. Adi Shankaracharya chamou isso de “Saundarya lahari”, porque vocês podem julgar o saundarya com isso. Ele descreveu isso belamente. Mas o tanto que eles o torturaram, pensem nisso, uma pessoa como Adi Shankaracharya. Quero dizer, Eu não sei o que dizer. Aquele que nos transmitiu esses segredos sobre a Mãe, descrições tão fantásticas, ele foi torturado por quê? O que ele fez de errado para que fosse torturado? Agora, nós temos que nos sustentar com a verdade e devemos dizer: “Mãe, nós temos que ter a verdade,” “a verdade e nada mais.”

Eu lhes disse ontem que o Atma é o reflexo de Deus Todo-Poderoso em nosso coração. Nestes dias de condicionamento científico, esse é um novo tipo, além do “dhármico”, o condicionamento científico, no qual cada cientista acha que sabe tudo. Eles não sabem nada, acreditem em Mim. É um absurdo. Agora, vocês têm visto tantos cientistas aparecendo e falando a vocês sobre a Sahaja Yoga. Eles aceitaram porque experimentaram. Eu lhes falei que o Muladhara Chakra, o primeiro chakra, Muladhara, é constituído de átomos de carbono, porque ele é feito de prithvi (terra)… tattwa. E se você fotografar o átomo de carbono e fizer um modelo a partir dele, e depois tirar uma fotografia, digamos, pelo lado esquerdo, você verá o lado direito, e você, na verdade, verá o “Aum” escrito. Se você observá-lo pelo lado direito, você verá, no lado esquerdo, a suástica. Mas se você observar de baixo para cima, você verá uma cruz.

Existe realmente. Eu lhes falei do Dr. Worlikar, que é um doutor muito famoso, ele perdeu o prêmio Nobel talvez porque ele era um indiano. Ele foi quem fez experimentos junto com três, quatro cientistas Sahaja Yogis, e eles disseram que é isso mesmo. Que é isso mesmo. Esses cientistas detêm um conhecimento tão pequeno, porque eles estão vendo as coisas de fora. Com a Sahaja Yoga, você chega a partir de dentro. E todos dizem a mesma coisa, porque… Agora, vocês Me vêem em pé aqui, vestindo um sari branco com borda vermelha; todos sabem, todos percebem. Eu não tenho que lhes dizer, vocês sabem disso, vocês vêem isso e vêem que isso é assim. Mas uma vez que vocês obtenham a sua Realização, seja o que for que vocês sintam em suas mãos é sentido por todos do mesmo modo. Mesmo se você pegar dez crianças, vendar os olhos delas e perguntar-lhes: “Do que este senhor está sofrendo?”

Elas não sabem se é uma senhora ou um senhor, os olhos estão vendados, mostrarão, vamos supor, um dedo, deste jeito. Isto significa que o Vishuddhi dele está mal. Você pergunta para a pessoa: “Você tem tido um problema na garganta?” “Como você sabe?” Nós sabemos porque este dedo é o dedo de Shri Krishna, o lugar de Shri Krishna, isto é a garganta. Tudo se relaciona. A mitologia não é totalmente absurda. 90% é, sem dúvida, o que aconteceu. É claro, há algumas coisas absurdas que entraram, mas 90 % da mitologia, da assim chamada mitologia, sem dúvida existe. Agora, nós vamos aos templos.

Nós pensamos: “Este é um templo, ir lá é muito bom e tudo mais.” Mas nós não sabemos o que estamos fazendo, o que estamos orando. A quem estamos orando? O que são aquelas Divindades? Como Elas atuam em nós? Onde Elas residem dentro de nós? Qual é o trabalho Delas? Como agradá-Las? Nós não sabemos nada, mas perguntem a estes estrangeiros, eles sabem tudo. Em primeiro lugar, eles ficaram fartos com o Cristianismo, isto é uma coisa.

Eles simplesmente ficaram fartos com todo o absurdo que eles descobriram, porque eles são muito inteligentes, vocês podem ver, e o condicionamento deles era muito menor. E eles começaram a pensar: “Afinal, nós não sabemos por que eles fazem desse jeito.” Então, eles simplesmente estavam prontos. Naquela época, nós exportamos muitos falsos gurus – a exportação para o ocidente são os falsos gurus. Graças a Deus, nós estamos salvos, nós somos pobres, isso é uma bênção. Então, muitos falsos gurus foram lá e enriqueceram, e aqui também, nós temos muitos deles. Quero dizer, nós somos realmente bons nisto: criar muitos falsos gurus. E eles enganaram as pessoas uma após a outra, ganharam muito dinheiro. É tudo orientado ao dinheiro. No começo, foi muito difícil para Mim, porque todos eles costumavam vir com grande desejo de lutar contra Mim, porque Eu disse: “Vocês não podem receber dinheiro em nome de Deus”, isso foi demais.

“Como Ela pode dizer que você não pode receber dinheiro?” Mas agora está melhor. Um a um, todos eles foram expostos e mais serão expostos. Eu não tenho que lhes falar sobre eles, eles serão expostos um a um. Se há luz, toda escuridão tem que sair e tudo que está lá tem que ser exposto. Assim, todos sentem o mesmo, não há discussão sobre isso, porque o Espírito é o reflexo de Deus Todo-Poderoso, é Deus único, que reflete Sadashiva. Sadashiva, que é uma testemunha do trabalho da Mãe Primordial, da Adi Shakti, está apenas testemunhando o jogo, apenas testemunhando. Em vocês, Ele está testemunhando como Atma, mas Ele não vem em sua atenção, Ele está lá. E a atenção Dele só é limitada, porque Ele não tem nenhuma maneira de interferir em sua liberdade. Assim, Ele se retrai, Ele fica simplesmente observando.

Esse é o “auto”. Quando dizemos “sistema nervoso autônomo”, esse é o auto, esse é o Espírito. Agora, Ele é o reflexo de um único Sadashiva. Naturalmente, todos os reflexos têm que ser iguais, os efeitos deles têm que ser iguais. É claro, antes da Realização, é o reflexo em uma pedra, podemos chamar isso, ou em uma parede ou, talvez, em algum tipo de coisa opaca. Após a Realização, vocês se tornam refletores, belos refletores e isso reflete vocês. E cada um reflete a mesma coisa. Assim, o efeito do Atma sakshatkara é o mesmo em cada pessoa. Primeiro ela começa sentir essa brisa fresca em suas mãos, depois, saindo da área óssea da fontanela. Todas as pessoas sentem da mesma maneira.

Então elas começam a sentir estes centros e descobrir o que está errado. Todas elas também ficam em consciência sem pensamentos, é o primeiro estágio, que chamamos de nirvichara samadhi. Instantaneamente, isso funciona. Você pode dizer: “Mãe, é muito difícil.” “Como isso acontece?” “As pessoas tinham que ir para os Himalaias.” Tudo bem, não importa, vocês não têm que ir. Aqueles dias acabaram. Afinal, a civilização, esta árvore da civilização cresceu tanto que suas raízes têm que crescer, caso contrário toda a civilização chegará ao fim. E esse é o conhecimento das raízes, e é por isso que para ter esse conhecimento, você tem que se tornar mais sutil, sukshma.

Isso só é possível quando a Kundalini se eleva e atravessa sua área óssea da fontanela, e o conecta com o Poder Onipresente do Amor de Deus. Assim, a primeira coisa que você sente é a consciência coletiva, porque todo mundo é o Espírito. Então, você pode sentir um outro Atma, você pode perceber um outro Atma, você pode perceber o outro. Você pode perceber o corpo deles, você pode perceber a mente deles, você pode perceber qualquer coisa. Esta é a primeira qualidade que você adquire, samuhik chetana, em seu sistema nervoso, em seu sistema nervoso central. Seja o que for que você adquiriu em sua evolução está expresso em seu sistema nervoso central. Agora vejam, por exemplo, se você tem um cachorro ou um cavalo e você quer levá-lo através de uma viela muito suja, ele irá, ele não se importará. Mas para um ser humano, isso é muito difícil, porque em nossa evolução, o nosso sistema nervoso central desenvolveu o sentido do olfato, uma percepção da beleza. Tudo bem. Então, isso, eles desenvolveram e uma vez que eles tenham desenvolvido, o que acontece é que agora somos seres humanos definitivamente mais elevados do que os animais em nossa evolução e em nossas sensibilidades mais sutis.

Para um cachorro, não importa o que você coloca aqui, como você decora, que cor você veste, nada. Para nós, isso é muito importante, porque nossa sensibilidade melhorou. Ela se aprimorou por causa de nosso processo evolutivo. Nós nos tornamos seres humanos. Mas no estágio humano, nós temos um problema. E esse problema é: nós desenvolvemos duas instâncias psíquicas em nossa cabeça chamadas ego e superego, e vocês as chamam de ego e condicionamento. Estas duas instâncias psíquicas em nossa cabeça passam por cima e calcificam, e nos tornamos uma personalidade fechada. Quando a Kundalini se eleva, Ela passa através deste Agnya Chakra, que está no quiasma ótico, e absorve estes dois, abre o Sahasrara e a Kundalini sai. Esse é um processo vivo, não é algo que você possa fazer. Vamos supor que você queira plantar uma semente, você não pode arrancar um broto, o Ankura e empurrá-lo para dentro da semente.

Você não pode fazer uma semente germinar. É um processo vivo de um Deus vivo e de uma energia viva. Por favor entendam, há uma grande diferença. Assim, isto está trabalhando espontaneamente, a elevação da Kundalini. Ela é sua Mãe, Ela se move belamente sem incomodar você. Ela conhece o filho Dela muito bem. Esta é a oportunidade que Ela tem de lhes dar a Realização. Ela o tem amado por toda a vida Dela, por todas as suas vidas e Ela sabe tudo sobre você, todos os seus problemas. Por exemplo, você tem sido um menino malcriado, “Não importa”, Ela diz: “Esta é a oportunidade de lhes dar a Realização.” É Ela que se eleva perfeitamente, belamente, realiza isso e atravessa.

Tudo isso acontece. Mas quando Ela toca o Brahmarandra ou passa através do Brahmarandra, o assento de Sadashiva é aqui. Ele tem um reflexo aqui, mas o assento é aqui. Estes são os peethas (sedes) em nossa cabeça, sete peethas, e os chakras estão abaixo. Assim, quando Ela passa através disso, o que fazemos, na verdade, é tocar os Pés de Sadashiva. E é desse modo que em nosso coração, o Espírito entra em nossa atenção. Quando o Espírito entra em nossa atenção, nós nos tornamos iluminados, a nossa atenção fica iluminada, e essa atenção fica muito alerta e sabe tudo. Sentados aqui, vocês podem descobrir sobre as pessoas, o que elas estão fazendo, por meio dos chakras. Vocês não discutirão sobre quais roupas elas estão usando, sobre quanto dinheiro elas têm no banco, mas observarão onde elas estão por meio dos chakras delas, qual é o problema. Sentados aqui, vocês podem curá-las; sentados aqui, vocês podem ajudá-las.

Mas elas têm que estar unificadas como este Poder Onipresente, isso é importante. Se elas não estão, então leva algum tempo. Assim, antes de tudo, tornem-se nirvichar, nirvichar samadhi, e comecem a trabalhar a sua consciência coletiva dando a Realização aos outros. Vocês se tornam habilitados para elevar a Kundalini. Com suas mãos, vocês podem elevar a Kundalini. Vocês conhecem estas pessoas que estão cantando aqui, algumas delas deram a Realização a milhares de pessoas e vocês podem fazer isso também, porque agora vocês têm o poder. Mas o problema é este: foi dado a vocês o trono, foi feito com que vocês se sentassem nele, agora vocês também foram adornados com uma bela mukuta (coroa). Mas ainda assim, você não quer acreditar que você se tornou o rei, agora, como fazer você acreditar? Então, o segundo ponto é a autoconfiança, é muito difícil. Eles não conseguem acreditar que eles tiveram a Realização do Si.

E “vá em frente com isso, trabalhe isso.” “Você se tornou o seu próprio guru, vá em frente com isso”, eles não conseguem, eles estão com medo. Mas todos esses impostores horríveis, eles não têm a Realização, eles não têm nenhum conhecimento, nada. Eles se tornam os gurus mortos, têm milhares de pessoas atrás deles, eles as fazem de tolas, ganham dinheiro e estragam as vidas delas. Enquanto aqueles que são Sahaja Yogis, que têm todo o conhecimento, tudo, ainda assim, eles são tão humildes, eles são tão simples. Mas eles sabem sobre todo mundo. Qualquer um que chegar lá, eles sabem “Ah, nós conhecemos este aqui.” Eles não dirão isso, mas conhecem, todos eles. Em sua própria ciência, eles lhes dirão: “isso é isso” – eles sabem. Então, coletivamente, eles irão trabalhar aquela pessoa.

Vocês não saberão o que eles estão fazendo e isso funcionará. Assim, a segunda natureza do Espírito, além disso é que Ele é um Ser coletivo, é um Ser absoluto. Nós vivemos num mundo relativo – “isso é bom, isso é ruim, isso é isso, isso é aquilo”. Mas Ele é um Ser absoluto, no sentido de que ao colocar suas mãos em direção a uma fotografia, imediatamente, se ela for feita por uma Alma Realizada, você começará a receber as vibrações. Pense em qualquer pessoa – essa pessoa era um Alma Realizada? Simplesmente coloque suas mãos. Há muitas pessoas que não acreditam em Deus, e Ele é Deus, o assim chamado. Não acreditam em Deus. Quero dizer, isso é o mais não científico. Mas, vamos supor que eles não acreditem em Deus, eles só têm que perguntar: “Mãe, Deus existe?”

Pronto! Eles recebem as vibrações. Todas as coisas podem ser provadas. Há Pramaan (prova) para tudo, Pramaan para tudo que foi dito até agora. Esta é uma coisa muito grandiosa que acontece com vocês, que vocês obtêm Pramaan (a prova) a partir do seu chaitanya. Então este chitta que é tão atencioso, que é tão dinâmico, que é tão efetivo, também os purifica. Ele sabe onde está o seu problema, qual chakra está bloqueado. Eles lhes dizem. Como, por exemplo, Eu estava lá, em Delhi, e eles trouxeram três rapazes. “Mãe, o Agnya deles está bloqueado.”

“De uma forma ou de outra, nós não conseguimos desobstruí-los.” Isso significa que eles são egoístas. Eles também disseram: “Sim, Mãe, nós temos bloqueio no Agnya,” “nós temos dor de cabeça.” Eles são egoístas, mas eles não disseram que eles são egoístas. E eles próprios estão dizendo: “Sim, Mãe, nosso Agnya está bloqueado. Por favor, limpe-o.” Então, você mesmo está dizendo: “Eu sou egoísta.” Por causa dessas dores, você sabe que esse ego está lhe causando dores; então, “Mãe, remova isso de nós, nós não podemos desobstruir esse Agnya.” “Tudo bem, venham, Eu irei desobstruí-lo.” Então, você começa a julgar a si mesmo.

Você conhece a si mesmo, sabe o que está errado com você. “Meu Nabhi tal está bloqueado,” “meu chakra tal está bloqueado, meu chakra tal está bloqueado.” Todos eles conhecem a si mesmos e eles sabem como purificar e remover isso e trabalhar isso. Então, você se purifica. Mas a maior limpeza acontece quando você é coletivo. Muitas pessoas pegam Minha fotografia, “Mãe, nós fazemos puja, nós nos sentamos e meditamos,” “mas ainda assim, novamente, eu tive esse problema.” Vocês têm que estar no coletivo, esta é uma parte muito importante da Sahaja Yoga. Porque agora, vejam, vocês não têm que ir para o Himalaia, não têm que ir e mergulhar no Ganges. Vocês não têm que fazer nenhum jejum, vocês não têm que recitar nenhum Japaas (cântico), nada. Somente uma coisa: sejam coletivos.

O coletivo é o oceano da atenção do Todo-Poderoso. Uma vez que vocês estejam no coletivo, vocês se purificam. Como, por exemplo, vamos supor, Meu dedo está bem, mas vamos supor que uma unha seja cortada e jogada fora, ela não crescerá. Ninguém prestará atenção nela. Portanto, você tem que vir para o coletivo. Nesse ponto, o ego entra em ação. Há pessoas que são muito importantes, ricas, muito instruídas, ou políticos – vocês sabem, pessoas importantes. Eles acham difícil vir para um lugar humilde, um centro. Eles querem que um outro palácio seja criado para eles, “caso contrário, como nós iremos lá?” É a casa da Mãe.

Mesmo que sua mãe seja humilde, que ela não tenha muito dinheiro, “tudo bem, não importa,” “é a casa da minha mãe.” E eles não vêm e depois perdem as vibrações. Essa é uma falha muito comum, especialmente na Índia, não no Ocidente, porque eles sabem que coisa preciosa eles alcançaram. Nós não temos nenhuma idéia do que nós alcançamos, nosso Atma sakshatkara. Então novamente, no ano seguinte, Eu venho: “Mãe, eu tenho este problema, aquele problema.” “Eu tenho meditado em casa, tudo bem.” Se vocês não vêm para o coletivo, vocês não podem se limpar. Essa é a única maneira na Sahaja Yoga pela qual vocês podem se limpar e vocês podem ficar acima de todas as outras coisas. Assim, quando a Kundalini passa através de seu Agnya Chakra, vocês ficam em consciência sem pensamentos. Um pensamento surge, sobe e desce, um outro pensamento sobe e desce.

Alguns vêm do passado, alguns vêm do futuro, mas nós não ficamos no presente. Se Eu disser: “Fique no presente”, você não consegue ficar. É por isso que o despertar da Kundalini é um acontecimento que atrai sua atenção para dentro. Exatamente como este Meu sari, é a Kundalini se elevando, vejam, agora o sari está esticado deste jeito, mas quando Ela está se elevando, Ela puxa toda a atenção para dentro. E é desse modo que sua atenção vai para dentro. E quando Ela atravessa, então há um espaço entre os pensamentos chamado de vilamba. É claro, talvez todo mundo saiba que isso aumenta, isso é o presente. Assim, nós temos que estar no vartamaan (presente), nós temos que estar no presente, então nós ficamos sem pensamentos. Por exemplo, as ondas da água subindo, descendo, você está em frente à água, mas quando você está dentro da água, você fica com medo, amedrontado, quando você tem problemas, você fica com medo. Mas, vamos supor que alguém o tire da água e o coloque dentro de um barco, então você vê a água, você pode resolver seus problemas.

Mas, vamos supor que você saiba nadar, você pode pular na água e salvar muitas outras pessoas. Assim, vocês se movem nesses três estágios. Portanto, o crescimento só acontece quando você fica em consciência sem pensamentos. E isso pode ser alcançado na coletividade assim como em sua meditação, pela qual vocês não têm que pagar. Algumas pessoas têm uma palestra introdutória gratuita e depois a segunda é cobrada. A Sahaja Yoga não é assim. Todo esse absurdo não existe na Sahaja Yoga. É a realidade, e a realidade não pode ser comprada. Na verdade, Deus não conhece bancos, Ele não conhece o dinheiro. Ele não entende nada sobre dinheiro.

Ele não fez o dinheiro, essa é a dor de cabeça de vocês, não Dele. É claro, vamos supor que Eu tenha que viajar de avião, Eu tenho que pagar, tudo bem. Se Eu tiver que arranjar um auditório, Eu tenho que pagar, mas pelo auditório, não por Deus. Pelo despertar, pela iluminação, você não pode cobrar nenhuma taxa. Mesmo pelo darshan, Eu fui informada que as pessoas cobram dinheiro. Para eles, tudo é dinheiro, dinheiro, dinheiro, dinheiro, dinheiro. Como eles podem se elevar ao nível do Espírito? E nós somos tão simples, vocês sabem, os bhaktas (devotos) são tão simples. “Tudo bem, você quer cinco rúpias,” “eu venderei meu anel e lhe darei.” “Você quer isso, eu lhe darei.”

Havia um guru nos Estados Unidos que tinha, Eu acho, 48 Rolls Royces ou algo assim. Eu perdi as contas e ele queria mais um. Então ele disse aos seus discípulos: “Vocês devem de alguma forma adquirir mais um” “Rolls Royce para mim, então eu irei para a Inglaterra.” Então os pobres coitados estavam vivendo à base de batatas, passando fome. Então um dos Sahaja Yogis disse: “O que vocês estão fazendo?” “Por que ele quer um Rolls Royce?” “Qual é o interesse dele em Rolls Royces?” Ele disse: “Nós estamos apenas dando a ele o dinheiro,” “mas ele está nos dando o espírito.” Vocês podem imaginar isso? Dinheiro pode ser trocado pelo Espírito?

Deve ser algum tipo de bhoot, badha que ele deve estar colocando neles, e isso em inglês é “espírito”. A língua inglesa é muito perigosa, porque “espírito” é vinho, “espírito” é Atma e “espírito” é um bhoot. Eu não sei a que “espírito” eles se referem. Assim, o relacionamento com Deus, se tiver que ser estabelecido, nós temos que nos tornar, antes de mais nada, o Espírito. Somente então, essa relação pode ser estabelecida. Alguém pode declarar-se: “Eu sou isso, eu sou aquilo”, mas isso não adianta, isso é inútil, porque este corpo humano foi dado a vocês. Imaginem o que este Poder Divino deve ter feito para fazer de você um ser humano. Quão gentilmente, cuidadosamente, belamente, você foi criado como um ser humano. E agora, por que razão você adquiriu este corpo humano? Para que nós o estamos usando?

Nós devemos avaliar a nossa vida humana, ela existe para quê? É somente para fazer seguro de vida? Ou Eu não sei o que mais eles fazem. Mas é para alguma coisa que nós nos tornamos a luz do mundo. Assim, esta luz do Espírito se expande na atenção e a atenção se torna dinâmica, ativa, funciona, fica muito alerta e extremamente precisa. Então essa atenção não fica entediada de forma alguma. As pessoas não sabem o que é o tédio, porque esse tédio surge quando sua atenção fica cansada. Mas aqui, a atenção está cheia de luz, então eles não sabem o que é o tédio. A segunda coisa é a natureza do Espírito. É que Ele lhes diz a verdade, a verdade absoluta, nada além da verdade.

Qualquer coisa que este chaitanya lahiris lhes diz, quando vocês estão suficientemente maduros, não antes disso, quando a sua conexão é completa – caso contrário, você está metade conectado e metade não conectado, então não… Mas quando você está maduro, esse é o estado de nirvikalpa. Quando você se torna isso, então a sua atenção é totalmente correta, as suas vibrações são corretas e o relacionamento é totalmente correto, e a informação que você adquire é 100% verdade. Assim é a verdade sobre qualquer um. Agora, digamos, nós queremos saber sobre Shri Ganesha. Nós veneramos Shri Ganesha. Muitas pessoas zombam Dele, mesmo os assim chamados intelectuais, vejam. Eles não sabem o que dizer, então eles começam a dizer coisas absurdas sobre Shri Ganesha, vejam. Isso é um pecado. Mas vocês podem perguntar: “Mãe, Gauri Putra (Filho de Gauri) é concedido no Muladhara,” “em nós mesmos?” É claro, todos aqueles que são realizados receberão tremendas vibrações e vocês também.

Se vocês tiverem dúvidas, se vocês estiverem venerando Shri Ganesha, façam essa pergunta. Se vocês estiverem venerando Shri Vishnu, façam essa pergunta. Se vocês estiverem venerando Cristo, façam essa pergunta. Se vocês estiverem venerando Shiva, façam essa pergunta. O que está errado conosco é que sem conexão, nós estamos invocando: “Shiva, Shiva, Shiva, Shiva”. Ele está em nosso bolso? Como vocês podem simplesmente invocá-Lo? Ele é nosso servo ou o quê? Mas se vocês forem Realizados, recitando uma vez Seu nome é o suficiente. Ele atua, porque nós estamos no reino Dele.

Nesse reino de vocês, no reino indiano que está aí, vocês podem chamar qualquer um, ninguém virá de qualquer maneira, a questão não procede. E quando vocês começam a invocar Deus também sem conexão, isso não irá atuar. Mas se você estiver conectado, então não somente a Divindade irá ajudar, como também a pessoa que o está perturbando será corrigida. Não somente isso, mas seja o que for que você queira é feito, e isso acontece. Todos os tipos de manorathas (desejos) são realizados. Então, quer chamemos isso de iluminação ou realização, é a sua própria escolha. É a completa realização do seu próprio Ser. Assim, a terceira natureza do Espírito é que Ele é amor. Porque Ele é amor, Ele lhes dá alegria. Mas nirvaj, esse amor não deseja nada, ele simplesmente doa.

Um sentimento tão tranqüilizador, tão belo. As pessoas têm estresse. Depois de fazer todos os tipos de coisas absurdas, você tem estresse, sem dúvida. Mas quando a abertura é feita aqui, todo seu estresse sai, vai embora. Não há mais estresse. Nós não sabemos o que é o estresse. As pessoas não vão ao médico, mesmo os médicos não vão ao médico, eles vêm a Mim. Eu não sou uma médica, mas eles vêm a Mim – surpreendente. Essa é a ciência metamoderma, metamoderna, acima da ciência moderna. Mas vocês sabem, nós somos indianos, temos essa nossa própria herança.

Nós acreditamos mais na língua inglesa, mais na roupa inglesa, mais no conhecimento inglês, porque nós sabemos somente inglês. Mas aqueles que sabem francês, acreditarão nos franceses. Agora, o momento chegou, eles devem acreditar em nós, porque nós não acreditamos em nosso país, nós não acreditamos em própria nossa cultura, nós não acreditamos em nosso próprio conhecimento. Não é nada novo isso que Eu estou lhes dizendo. A Sahaja Yoga é muito antiga – Nanaka sahaja samadhi [*]lago. Todo santo descreveu isso. Mas nós estamos fazendo isso, aquilo, todo ritualismo, karma kandis, isso, aquilo. Isso não pode lhes dar o supremo, não pode. Eu estou lhes falando, essa é a verdade. O Espírito é o que nós temos que ser.

Esse é o último objetivo de nossa vida. Então, todo os demais se alinham. E isso é o que obtivemos de cada escritura, de cada encarnação, de cada lugar. Vamos agora somente pensar que vamos nos tornar o Espírito e então, vamos nos tornar uma alma realizada, um mestre. Que Deus abençoe todos vocês. Eles não trouxeram nenhuma pergunta? Há algumas perguntas boas que Eu responderei antes de dar-lhes a Realização. Se vocês quiserem sair por cinco minutos, vocês podem ir e depois podem voltar. Enquanto isso, haverá perguntas. “Nós devemos focar nossa atenção enquanto meditamos,” “no topo da cabeça?”

Vocês não têm que focar nada em lugar nenhum. Vocês não estão fazendo nada. É a Kundalini que está se elevando. Então vocês não têm que fazer isso. Não lutem com sua atenção. A Kundalini simplesmente lidará com isso. Ela conhece o trabalho Dela. Isso é o principal. “As divindades como Shri Ganesha, Mahavishnu etc,” “têm formas como retratadas nas escrituras?” É claro!

Aquelas são as Divindades. “Ou Elas correspondem a algum estado de consciência mística” “ligado aos centros dos yogis?” É claro que Elas correspondem. Essas Divindades estão lá. Ganesha é exatamente como Ganesha. É claro, na cor, Ele difere de um para o outro, depende. Mas o estado de consciência mística Dele é diferente daquele de Vishnu, daquele de Shiva. Ele faz o trabalho Dele. Cada um é o perfeito mestre de Seus trabalhos, mas Eles estão em uma forma, absolutamente na forma que vocês Os conhecem, sem dúvida. Que bênção que nós temos!

Quero dizer, imaginem, Eu tive que falar sobre Ganesha para estas pessoas que tinham – elas nem sequer conheciam a letra “G”! Não é simplesmente…? Elas não sabiam nada sobre isso. E elas conhecem bem Ganesha. Agora, pergunte a elas, elas lhes falarão sobre todos os chakras, tudo. Todo esse conhecimento está aqui neste nosso país, todas essas belas jóias estão aqui. “Quando nós estamos no meio das pessoas” “não familiarizadas com a Sahaja Yoga,” “nós podemos mentalmente imaginar a forma da Venerável Mataji,” “ao invés de manter a foto Dela na frente?” É claro que vocês podem. Sim, Minha fotografia algumas vezes é usada em lugares muito estranhos, onde não deveria estar. Esse não é o protocolo.

Ela deve ser usada no lugar onde você está com pessoas que são Sahaja Yogis, ou em suas casas, seus lares. Vocês não deveriam usá-la em todo lugar. Agora, esta é uma pergunta perigosa! “A alimentação não-vegetariana afeta o sadhana?” “A alimentação vegetariana é preferível?” Agora, se Eu disser qualquer coisa, vocês ficarão zangados. Mas Eu lhes direi. Na Sahaja Yoga, vocês não devem comer nenhuma carne de um animal maior do que vocês. Se você é vegetariano, você pode ser vegetariano; se você é não-vegetariano, você pode ser não-vegetariano. Mas isso depende do tipo de personalidade que você tem.

Vamos supor que você seja uma pessoa de canal direito, seria melhor você ser vegetariano. Mas se você for canal esquerdo, é melhor você comer proteínas. Assim nós estamos falando de proteínas e carboidratos. Considere qualquer tipo de proteína. Agora, nós indianos não comemos nenhuma proteína. Exceto Idli (um prato do sul da Índia), Eu não creio que nós comemos nenhuma proteína. Isso também, nós comemos com arroz. As proteínas precisam ser ingeridas pelos indianos, Eu sou dessa opinião, porque nós nos tornamos muito fracos. Do jeito que está, nós estamos com medo do imposto de renda, desse imposto, daquele imposto, somado a isso, nós nos tornamos muito fracos, porque nós comemos uma comida totalmente insípida. Portanto, nós devemos comer alimentos nutritivos, especialmente proteínas em qualquer forma.

Mas não o animal que é maior do que você. Como, por exemplo, as pessoas comem cavalos – Eu não sei o que mais elas comerão, qualquer coisa, elefante, Eu acho. Não há uma prescrição para todos. Você deve comer de acordo com sua natureza. Quero dizer, tantas pessoas não praticam a Sahaja Yoga quando digo isso, imaginem só! Elas perdem o Atma sakshatkara delas por causa disso. Quero dizer, como você se tornou um vegetariano? Porque sua mãe era vegetariana, que mais? De onde vocês aprenderam o vegetarianismo? Vamos supor que você era um Muçulmano, então você deve ter comido a cabeça de alguém também.

Assim, felizmente, você nasceu numa comunidade Hindu, mas nós vamos muito longe com isso. Da manhã até à noite – quero dizer, esse ritualismo é tão exagerado em Madras também que eles Me disseram: “Mãe, a Sahaja Yoga nunca poderá funcionar em Madras.” Eu disse: “Por quê?” “Porque as pessoas não são de forma alguma sahaj.” “De manhã, elas têm que acordar às quatro horas,” “tomar banho, ir ao templo e voltar.” “Se um dia elas não fazem isso,” “então o dia inteiro, elas ficam como loucas,” “achando que cometeram o maior dos pecados –” “essa rotina deve ser feita.” Não há nenhuma rotina na Sahaja Yoga. É um processo vivo. Não há nenhuma rotina no processo vivo. A qualquer momento que a flor quiser, ela irá florescer.

Então por que se matar com esses rituais? Esse é o problema na religião Hindu, o mesmo com os cristãos; quero dizer, todo mundo está competindo. Deus criou este mundo para nós regozijarmos. Eu lhes digo, se abandonarem isso, vocês ficarão, sem dúvida, muito mais relaxados. Esqueçam isso! No máximo, cinco minutos pela manhã, pratiquem a meditação Sahaja Yoga e dez minutos à noite, antes de dormir – pronto. Para isso, nós temos um centro. Vão lá e encontrem-se com eles – isso é tudo. O resto Deus fará por vocês. Agora, essa é uma boa pergunta também.

“Qual é a Realização final na sadhana (prática espiritual)?” “Como a pessoa deve proceder nessa direção,” “depois de sentir as vibrações em sua cabeça e nas palmas,” “inicialmente?” Isso é bom, isso significa que você sentiu, Sr. Subramaniam, e Eu fico feliz em saber. Mas Eu devo dizer que você deve vir ao nosso centro e prosseguir com isso. Mas nós não falamos do futuro, nós falamos do presente. Aos poucos, você ficará surpreso ao ver como você está se elevando, como você está obtendo todos os poderes dentro de si mesmo. Você mesmo irá perceber e ficará impressionado. Quero dizer, você ficará surpreso. Algumas pessoas, Eu encontrei depois de um ano – Eu tenho uma memória muito boa, mas Eu não pude reconhecê-las. Agora, esse senhor está aqui e ele tem um problema pessoal, pobre coitado.

Ele foi a esse Navoli da Hatha Yoga e ele está sofrendo. Essa Hatha Yoga é outra coisa estranha. Se você ler Patanjali, você saberá que é Ashtanga Yoga. Com esses exercícios, uma pequena, pequena, pequena, pequena parte disso é tão importante. Qualquer um pode vir e ensiná-los Hatha Yoga; a menos e até que ele seja uma Alma Realizada, ele não têm nenhum direito de ensiná-los qualquer coisa. O que Eu disse hoje é nirvichar samadhi, nirvikalpa – tudo isso está escrito lá e ele chama todo este Poder Onipresente de ritambara prAgnya. Alguém lhes ensina algo – “Ha, tha” – pronto. As pessoas estão correndo como loucas, pulando como loucas. Você se torna canal direito e depois você tem ataques cardíacos; agora, esse senhor tem um problema. Mas Eu lhe garanto que você ficará bem.

Pratique habitualmente a Sahaja Yoga, é muito simples, ela lhe dará um equilíbrio, você ficará bem. Então, Hatha Yoga, depois ficar recitando o Gayatri Mantra, assim você fica mais canal direito. Aprenda o que é necessário para você. Para uma pessoa que é canal direito, você tem que ter bhakti. Aqueles que são canal esquerdo têm que ter isso. Você tem que se equilibrar. E isso realmente lhe dará muita alegria. Caso contrário, se houver algum Hatha Yogi é melhor você aproximar-se dele com uma vara. Só Deus sabe quando ele irá esbofeteá-lo – como Duruwasha. São pessoas muito perigosas.

Elas não sabem o que é o amor, elas não sabem o que é a Mãe. Não há nenhuma palavra de amor. “A autoconsciência” “é um pré-requisito para a prática no aperfeiçoamento” “da percepção da Kundalini Shakti?” Não. Depois da Realização, você se torna autoconsciente. Nada é necessário. Agora, por exemplo, as pessoas ficam dizendo: “Você cometeu este pecado. Tudo bem, pague tal quantia” “de dinheiro para mim e todos os seus pecados serão eliminados.” Eu lhes digo, entreguem-nos à polícia. Para Mim ninguém é um pecador, não.

Vocês são Meus filhos. Ninguém é um pecador. Vocês não cometeram nenhum pecado, nenhum erro, nada. Vocês estavam enganados em algo, vocês entraram na escuridão; ou Eu posso dizer no máximo que vocês eram ignorantes. Mas Eu não gosto de chamar nenhum ser humano de pecador, exceto se eles forem rakshasas. É claro, existem rakshasas, então eles já estão rotulados, vocês não têm que dizer isso, eles já estão lá. Assim, essa autoconsciência é o que vocês têm que alcançar. Nós não somos autoconscientes. Fazendo isso, nós não podemos. Quando nós dizemos: “Eu tenho que ser autoconsciente.”

“Eu tenho que ser autoconsciente, tenho que ir para dentro de mim mesmo.” O que nós estamos usando? O nosso ego. É um acontecimento. Quando você alcançar esse estado, esse estado – não o estado humano, mas o estado de um yogi – lá, nesse estado, você terá autoconsciência e você se respeitará. Você terá auto-estima. Mas você não se exibirá, você não se tornará uma pessoa vulgar. Ele disse: “Mãe,” “recentemente, eu comecei a meditar no método Sahaja,” “e eu me sinto totalmente revigorado e belo o tempo todo.” “Embora, a Mãe, de forma muito humilde,” “diga que a energia é nossa,” “eu nunca senti essa energia antes.” “A Mãe, tão gentilmente nos permite saber se nós estamos” “religados a Deus ou à fonte principal.”

“Essa é a razão pela qual nós nos sentimos” “inteiramente cheios de energia?” É claro, você está sentindo porque você está religado, não há dúvida sobre isso. Mas você não sente nenhuma energia, porque você deve ser um homem muito bom. Quando há obstrução, somente então você sente um pequeno problema. Como por exemplo, um pouso suave, você não o sente. Se você tem um “pouso suave” na Sahaja Yoga, significa que você é uma pessoa muito boa, um homem muito bom, um homem correto. Simplesmente de maneira suave, você pousa, não há nenhuma obstrução, nada. Você não tem nenhum desequilíbrio, você está no centro, sem problemas. Mas se você tiver problemas, então a Kundalini move-se um pouco e desce. E é por isso que você não sente isso.

Aqueles que têm problemas realmente sentem um pouco de dor, às vezes, aqui e ali. Mas se a Kundalini simplesmente se eleva, saiba que você é correto, que você é bom. “O termo “Deus” é usado para todas as questões inexplicáveis,” “assim como a explicação “manas” deles?” Não, não, não. Na Sahaja Yoga, tudo é explicado e pode ser provado, Pramana. “Alguém viu, ouviu, sentiu ou percebeu” “o seu controle definitivo, maestria, sua própria tomada de decisão?” É claro! Muitos deles, você não sabe? Há tantos. “A autoridade suprema reside fora de cada homem” “ou reside dentro de cada um?”

Ele está refletido em cada um, mas o reflexo não pode ser o objeto. Mas o reflexo pode ser igual ao objeto, dependendo do refletor. “Se alguém compreendeu a verdade suprema, por que ele morreu?” Essas são coisas importantes que ele perguntou. Vejam, Eu acho que este senhor que está Me perguntando isso, Eu pediria a ele, antes de mais nada, que tenha a sua Realização. Ele é um cavalheiro muito confuso. Vejam, agora mesmo – “O que é Deus? O que é a morte?” O que você é? Descubra primeiro.

Quem está fazendo esta pergunta? Ele está perguntando de um centro? Oh, Meu Deus! É interessante que ele esteja fazendo todas essas perguntas de um centro. Isso significa que ele está pensando muito, pensando, pensando. “É errado dizer que Deus está no bem?” Eu acho que ele leu muito, esse é o problema. Primeiro, conheça a realidade, Meu filho, depois todas essas perguntas desaparecerão, nirvikalpa. Agora ele está falando sobre o bem ideal e tudo isso. “É definitivamente verdade que o homem vive somente uma vez?”

Isso está errado. Quem lhe disse isso? Ele não vive só uma vez. Mas se você acredita nisso, Eu não posso ajudá-lo, mas não é assim. E ser bom e ser correto não é o fim de sua busca. Dharma é o equilíbrio, lhe dá equilíbrio. Mas, equilíbrio para quê? Dharma para quê? Devemos fazer essa pergunta. Por que nós devemos ser dhármicos?

Por que não ser adhármico? Por que não fazer uma pergunta assim? É logico. Por que praticar todo esse dharma, dharma, dharma? Porque você tem que se elevar. Digamos, se um avião não está equilibrado, como ele se elevará? Mas vamos supor que ele somente esteja equilibrado e nunca se eleve, de que adianta fabricar um avião? Então você tem que ser dharmateet. Você tem que ir além do dharma, você tem que ir além das gunas, gunateet. Você atravessa, então o dharma se torna parte integrante de você.

Você não tem que dizer a si mesmo: “Não faça isso, não…” Não, você simplesmente não o faz, não tenta nada. Eu lhe contarei Meu próprio exemplo. Você sabe que Eu tenho uma vida dupla. Meu marido é um – o que ele é, você deve ter ouvido falar sobre ele – ele é um chefão de algo importante, e Eu tenho vivido com toda essa insensatez em Minha vida. Quando ele foi para a Inglaterra, eles lhe perguntaram: “Por que você não dança conosco?” Ele disse: “Porque minha esposa não dança,” “eu não quero dançar.” Ele põe toda a responsabilidade em Mim, é uma boa maneira de escapar! Então eles disseram: “Não, não, traga-A para Londres.” “Ela ficará bem.” “Se você A trouxer para Londres, Ela começará a dançar.”

Ele disse: “Você nem mesmo A leva para passear, Ela não irá!” Isso é o que acontece. O dharma é inato, você simplesmente não faz isso. Não por causa de um condicionamento ou porque é melhor – é Sahaja. Sahaja, você simplesmente, você simplesmente não faz isso. “Não, eu não farei isso.” Você nunca fará coisas erradas, porque você simplesmente não fará. Assim, isso tem que ir além do dharma, significa que o dharma é parte integrante disso. Gunateet significa que você está além das gunas. Você não está no canal direito, nem no esquerdo, nem no central, mas você está além.

O que é esquerdo, direito, central? O que é isso? Porque se prender desse jeito? Melhor ficar acima. Isso é o que acontece com você. Então, “somente há pessoas corretas”: muitas pessoas corretas vieram e foram embora, não tiveram nenhuma influência no público. O que é necessário é a sua emancipação, a sua ascensão, isso é o que nós temos que alcançar. “Somente o bom” – o assim chamado “bom”, e você não pode estabelecer o bom, Eu lhes digo. Ninguém gosta de seguir uma pessoa boa. Como por exemplo, em Pune, eles estavam dizendo: “Todo mundo recebe – eles comem dinheiro, eles nunca comem comida.”

Eu disse: “Verdade?” Então, Eu disse ao Meu marido: “Todo mundo come dinheiro” – ele estava em Londres. Ele disse: “Diga a eles: Meu marido nunca recebeu nenhum suborno.” Então Eu disse a eles: “Meu marido nunca recebeu nenhum suborno.” Eles disseram: “Por que ele não recebeu? Quem disse a ele para não receber?” Assim, o que acontece é que normalmente as pessoas nunca seguem uma pessoa que é boa e correta, nunca. Mas eles sempre seguirão uma pessoa que é um pouco daquele jeito. A razão é que nós estamos vindo do estágio animal, é fácil retroceder. Mas uma vez que você seja uma pessoa realizada, então é difícil.

Quer dizer, uma vez que a flor se torne o fruto, ela não pode se tornar a flor – é simples assim. Então, Eu digo, venham aqui, tudo bem, muito docemente e depois obtenham a sua Realização. Depois Eu falarei com vocês. Então vocês mesmos dirão. E agora, vejam essas pessoas que estavam cantando aqui. Alguns deles eram viciados terríveis, terríveis! Eles não podiam sequer Me ver. Eles diziam: “Nós vimos essas luzes saindo da Senhora,” “nós nunca A vimos”, quando eles vieram – em coma. Da noite para o dia, acabou – alcoólatras, da noite para o dia. Eu não lhes disse.

Eu nunca digo: “Não beba, não…” Eu nunca uso essa palavra. Deixe a luz do seu Espírito entrar e você ficará lá. Eu não tenho que lhes dizer nada. Todos os hábitos, você abandona por si mesmo. Vocês entendem a questão? Porque quando a luz entra, a escuridão tem que ir embora. Portanto, a retidão não é suficiente. Vocês têm que ir além disso. Alguém escreveu sobre seu amigo que tem um problema, ele caiu, ele teve um acidente. Ele devia ir e pedir aos Sahaja Yogis para ajudá-lo.

Hoje em dia, Eu não curo as pessoas, porque não há necessidade disso. Eu estou fazendo todas as outras coisas sem sentido. A cura, hoje em dia, é feita pelos Sahaja Yogis. Há tantas outras coisas que Eu tenho que cuidar. Então chamem alguém, eles serão muito prestativos e farão isso. Ah, é uma boa pergunta. “É possível curar os que sofrem e os pobres” “com a Sahaja Yoga?” “Nós podemos nos livrar da nossa pobreza?” Nós podemos, por todos os meios, se vocês pararem de jejuar primeiro. Vocês querem jejuar?

“Tudo bem”, Deus diz, “tudo bem, vá em frente.” “Vocês não terão comida.” Pronto! Seu desejo será realizado. Você quer se tornar um sanyasi? Quer usar roupas rasgadas? Tudo bem, fique na pobreza. Vocês querem pobreza, afinal vocês pediram isso. Depois, vocês querem sofrimentos? “Nós precisamos sofrer.”

Há tantas coisas absurdas acontecendo, que “você precisa sofrer”. Como? “Eu tenho que sofrer.” Tudo bem, se você quer isso, aproveite. Se você pedir prosperidade, você a terá, depois do despertar da Kundalini. Vocês vêem o centro ali, chamado de Nabhi Chakra e quem está sentada lá é Lakshmi Narayana. Uma vez que Lakshmi Narayana seja despertada dentro de vocês, como vocês podem ser pobres? Mas também o dinheiro tem seus próprios problemas. Você adquire riqueza, a qual traz satisfação. Mas não peçam pobreza.

Deixando-os de lado, agora os ocidentais têm tido um grande desejo de pobreza. Eles usam calças, eles disseram que elas são furadas, significa que elas têm buracos. Eles usam calças rasgadas, na Inglaterra, imaginem, um país tão frio, usando calças furadas, ficando com varizes. E tantas coisas absurdas estão acontecendo lá, tantas. Uma carta tão longa, deveria escrever uma pequena. Então, isso está acontecendo e é desse modo que as pessoas pedem isso. Assim, há recessão nos Estados Unidos, recessão na Inglaterra, recessão na Espanha, infiltrando-se na França – tenham isso. Se vocês querem ter pobreza, tenham. Então, a Lakshmi chit virá para este lado, Eu acho. Um pouco de bom senso está surgindo no nosso governo e Eu tenho certeza de que isso irá funcionar – espero.

Mas comecem a praticar a Sahaja Yoga e vocês ficarão surpresos. Por exemplo, na Inglaterra, nós temos tanto desemprego, mas nenhum Sahaja Yogi está desempregado, nem sequer um. Pelo menos com este rapaz, um pelo menos… ele irá aderir à Sahaja Yoga, antes de mais nada. “Mãe, a Sahaja Yoga é só para a saúde e satisfação” “ou é algo mais?” Tudo, a totalidade. O que você quer? Peça isso, deseje isso – tudo. Ele diz que não está claro para ele. Vejam, agora mesmo, Eu lhes darei a Realização, vocês verão como os chakras se abrem e tudo mais. Mas, mais tarde, se vocês forem ao centro Sahaja, vocês poderão saber tudo, em um ano, todos vocês serão mestres.

Mas propiciar algum tempo para vocês é o ponto. As pessoas estão muito ocupadas nos dias de hoje. O que vocês estão fazendo? Algumas mulheres Me disseram que elas estão ocupadas com festas para arrecadar dinheiro. Aqui há poucas mulheres, aqui em Madras; todas as mulheres devem estar no templo, sentadas, cortando o cabelo, raspando suas cabeças. E mulheres muito cultas também fazem isso. Quero dizer, por que, por que nós devemos raspar sua cabeça? Deus tem muito cabelo – vocês não têm que cortar. Todo esse absurdo! As mulheres podem ser muito mais shakti shali do que os homens, mas esse condicionamento das mulheres da Índia – só Deus sabe.

Tudo bem. Então agora nós estamos… Ele está dizendo: “Eu tenho praticado pranayama” “por quatro anos. Eu não tenho professor…” É muito perigoso. Se você não tem nenhum professor, quer você tenha professor ou não, pranayama é muito perigoso. Ha! Se você tem problema com seus pulmões ou por alguma razão específica… Veja, todos esses vyayamas (exercícios) foram propostos por alguma razão específica, para chakras específicos. Agora, a Kundalini está se elevando; vamos supor que Ela pare em seu estômago, no Nabhi, e você está fazendo pranayama, de que adianta? Você deve saber onde a Kundalini está. Por exemplo, hoje Eu estava vindo de carro. Agora, eles Me pararam em um certo ponto, depois em um segundo ponto.

Quando o carro começou a se mover, somente então Eu soube onde ele iria parar. De antemão, como Eu posso saber disso? Do mesmo modo, quando a Kundalini se eleva – usem sua inteligência! – então Ela pára em um ponto, depois você deve saber por meio de qual vyayama, você pode corrigir isso. É muito científico. Nós também usamos, mas não como todos os remédios da caixa de remédios, tomando-os da manhã até à noite. E é por isso que eles dizem que eles desenvolvem problemas – eles de fato desenvolvem… Você desenvolverá, muito em breve. É uma coisa muito perigosa. Vejam, na verdade, nós não somos apenas o ser físico. Nós não vivemos somente de prana – está certo.

Eu tenho visto pessoas que praticam pranayama, se elas forem casadas – agradeça a Deus por você não ser casado – elas divorciam de suas esposas, porque não há amor. Elas são pessoas muito ásperas, extremamente secas; não há nenhuma poesia na vida delas. Tudo bem, é melhor você começar a ler alguma bela poesia. Agora, ele está dizendo ali: “A Senhora poderia dizer o que é canal direito e canal esquerdo?” É um assunto bastante extenso, mas se você for à Sahaja Yoga, eles lhe dirão. O canal direito é a energia física e emocional – ou melhor, usada para o trabalho físico e mental. O canal esquerdo é a energia das emoções. Agora, por exemplo, ele está praticando pranayama. Ele está fazendo isso, então ele se torna canal direito – só se você fizer isso. “Quando a Kundalini está no processo de despertar,” “a pessoa fica com medo?”

Não, você não fica. Ela é sua Mãe. Ela irá suportar todos os problemas. Quando você nasceu, sua mãe suportou todos os problemas, todas as dores do parto. Ela não o incomodou, incomodou? Ela, coitada, sofreu por você. E logo que você nasce, ela esquece tudo, “Este é meu filho, ele nasceu, acabou-se.” “Seja o que for que aconteceu, acabou.” Isso é que é a Kundalini. Por que você deveria ter qualquer medo?

Isso é porque as pessoas estão lhe dizendo que o despertar da Kundalini é muito perigoso e tudo mais, porque elas não sabem nada sobre esse despertar. Elas não querem que você obtenha a sua Realização. O que ele diz é verdade, que: “O mal existe desde tempos imemoriais,” “apesar das várias Encarnações e santos.” Está correto, mas há uma solução. Então, por que não buscar a solução para livrar-se do mal? Uma vez que você seja uma alma realizada, o mal fugirá, não você. O momento chegou para todo o mal fugir, ser destruído, ser exposto, ser eliminado. São vocês que podem fazer isso. Tudo leva o seu próprio tempo. Por exemplo, o crescimento de uma árvore.

Gradualmente, gradualmente, todos esses seis chakras foram trabalhados. Agora, a questão é o sétimo chakra, o Sahasrara, que é agora trabalhado na Sahaja Yoga. Assim, o quadro está completo. O mal não pode destruir um Sahaja Yogi; eles sabem muito bem disso. Até mesmo o mal sabe que eles não podem. Se eles vêem um Sahaja Yogi, eles fogem. Então, não se preocupe. Eu acho que Eu respondi todas as suas perguntas, a maioria delas; mas há uma coisa. Eu tenho feito isso pelos últimos – quantos anos? 23 anos, 21 anos, respondendo perguntas.

Eu sou bastante hábil, Eu posso responder qualquer pergunta, isso é verdade. Mas isso não é nenhuma garantia para o seu despertar, Eu devo lhes dizer. É uma acrobacia mental. Então, embora Eu tenha respondido as suas perguntas, isso não significa que Eu irei elevar sua Kundalini ou que a Kundalini irá se elevar. Essa é uma questão totalmente separada. Mas Eu não quero que vocês fiquem com essa mente de repente disparando e dizendo que vocês não fizeram essa pergunta, de modo que vocês fiquem estressados. É por isso que Eu respondo. De outro modo, não faz nenhuma diferença se Eu responder ou não responder. É algo muito diferente, uma área diferente. Assim agora, nós todos estamos preparados para a nossa Realização.

Aqueles que a obtiveram ontem, também a obterão mais. Como Eu lhes disse, aqueles que não quiseram obtê-la, Eu não posso forçá-los, não posso forçar. Eu acho que todos os Sahaja Yogis do ocidente têm que ir embora, o momento chegou, desculpem. Eu sei que vocês querem se sentar para a meditação, mas vocês terão muito mais oportunidades do que os outros; porque o tempo está esgotado. Vocês têm que arrumar as malas. Tudo bem. Olhem para eles, eles estão cantando em Sânscrito e está perfeito, “Ai Giri Nandini”. Eles cantam tão bem. Simplesmente pensem neles. Vocês podem imaginar?

Como essas pessoas aprenderam? Estes são alemães, vocês podem imaginar? Eles não chamam a si mesmos de alemães, não. Como eles poderiam fazer isso? Eles não sabem, esses ingleses não sabem uma palavra de Hindi; eles viveram aqui por 300 anos, Eu não sei o que eles fizeram. Até mesmo para dizer-lhes Darwaza Band Kar (feche a porta), você tinha que dizer: “Havia um banqueiro.” Olhem para eles! Tudo isso é o Atma! Como eles apreciam a música de vocês e como eles apreciam a dança Kuchipudi de vocês, é surpreendente – muito mais do que vocês. Porque a nossa música vem do Omkara.

Isso será provado, Brahman. Nós deveríamos ficar orgulhosos por sermos indianos. A nossa cultura é a cultura mais elevada do mundo inteiro. Nós devemos respeitar a nossa cultura e preservá-la. Perguntem a eles, eles lhes mostrarão, eles lhes dirão o que eles descobriram na Sahaja Yoga. Pergunta sobre moksha. Isso é simplesmente moksha? É claro! Isso é que é moksha. “Moksha” significa quando você se eleva acima do seu ser físico, mental, emocional; você não está mais envolvido nisso.

Isso é moksha. E somente através desse não envolvimento, todo o seu ser físico, mental e emocional é dissolvido. Você se torna aquilo, você se torna o tattwa, Tattwamasi, você se torna o tattwa. “Aham Brahmasmi”, você se torna o [*]Brahma. Está por toda parte, este é Brahma. Mas mesmo quando você se torna, você não acredita, novamente Eu lhe digo. Quero dizer, Eu não sei o que acontece, eles não acreditam que eles são aquilo. Tudo bem, então uma coisa simples deve agora ser compreendida: este é um processo vivo. Não pode ser forçado, ele atua por si mesmo. Mas todos vocês têm o direito fundamental de ter a sua Realização do Si, todos vocês.

Seja qual for a sua raça, seja qual for a sua religião, seja qual for o seu país, você é um ser humano e todos vocês têm esse direito. Eu pediria a vocês para tirarem os sapatos e colocarem seus pés na Mãe Terra, porque Ela absorve nossos problemas. Ambos… Por favor, tirem seus sapatos, os chinelos, tirem, por favor. Ele não entende Minha língua, não é? Coloquem ambos os pés na Mãe Terra, afastados um do outro. Agora, durante a meditação, por favor não saiam, só isso. Vocês têm que ir, Eu acho. Por favor, Eu acho melhor vocês irem. Vocês estão indo de avião?… Tudo bem, vocês são Sahaja Yogis, vocês podem fazer qualquer coisa.

O trem irá esperá-los. Então…Eles não querem perder nenhum momento. Eles entendem a importância de cada momento, vocês podem imaginar? O que vocês precisam é de sinceridade consigo mesmos. Agora vocês têm que colocar os dois pés afastados um do outro e ter um sentimento amoroso em relação a si mesmos – prasanna bhave, prasanna chitt. Não fiquem com raiva de vocês mesmos, de ninguém, simplesmente fiquem prasanna. Que bela palavra nós temos em Sânscrito, prasanna. Coloquem os dois pés afastados um do outro deste jeito e tenham um bom sentimento em relação a si mesmos, um sentimento muito amoroso. Primeiro, nós iremos lhes dizer quais chakras devem ser tocados e como vocês mesmos elevam a sua Kundalini. Mas mais tarde, vocês não têm que se preocupar, mais tarde, porque é muito simples.

Ele lhes mostrará como elevar a sua própria Kundalini. Se vocês tiverem qualquer coisa… Por favor, tentem afrouxá-la. Por favor coloquem sua mão esquerda em direção a Mim, deste jeito… Tudo bem. A mão esquerda em direção a Mim, deste jeito. Isso é para absorver a energia ou para expressar o seu desejo, porque o lado esquerdo é o poder do desejo e o direito é o poder da ação. Então, coloquem sua mão esquerda em direção a Mim, deste jeito, expressando o seu desejo de ter a sua Realização do Si. Levem sua mão direita ao seu coração. Como Eu lhes disse, no coração está o reflexo de Deus Todo-Poderoso, como o Espírito. Se você se tornar o Espírito, você se torna o seu próprio mestre. Então agora, coloque sua mão direita – nós estamos trabalhando somente no lado esquerdo – no lado esquerdo do seu abdômen, na parte superior.

Pressione-a com força. Este é o centro da sua maestria. Tudo bem? Vocês podem Me ouvir agora? Assim, agora, se você é o Espírito, você se torna o seu próprio mestre. Então, coloque sua mão direita na parte superior do seu abdômen no lado esquerdo, este é o centro da sua maestria. Quem está fazendo barulho? Eles conseguem Me ouvir? Não? Não, o barulho está muito alto.

Vocês não estão Me ouvindo? Tudo bem, obrigada. Agora, traga sua mão para a parte inferior do seu abdômen, no lado esquerdo. Este é o centro do puro conhecimento. Aquilo que atua em seus nervos, em seu sistema nervoso central, é manifestado por este centro, o Swadishthana. Novamente, eleve sua mão direita até a parte superior do seu abdômen, no lado esquerdo. Depois, novamente, você terá que elevar sua mão até o coração. Depois eleve sua mão até o encontro do seu pescoço com o ombro e vire sua cabeça para a direita. Este é o centro que fica bloqueado quando você se sente culpado e você contrai doenças horríveis como espondilite ou talvez angina. Então, agora, por favor coloque sua mão direita sobre sua testa e incline sua cabeça.

Aqui você tem que perdoar a todos, sem pensar em quem você tem que perdoar. Coloque sua mão direita na parte posterior da sua cabeça; este é o Agnya, o Agnya frontal e o Agnya posterior – se você sabe, o lóbulo óptico. Pressione-o em ambos os lados. Este é exatamente o centro em que você se sente culpado; peça perdão ao Poder Divino, só isso. Empurre sua cabeça para trás. Agora, estique sua mão completamente e coloque o centro de sua palma no topo da área óssea da fontanela, o taloo, que era a moleira em sua infância. Abaixe sua cabeça tanto quanto possível. Agora pressione-a com força e empurre seus dedos para trás e pressione-a com força e mova o couro cabeludo, lentamente, sete vezes no sentido horário. Agora é desse modo que nós devemos fazer isso. Logo no início, há três condições.

A primeira é que todos vocês devem sentir total confiança de que vocês obterão a Realização do Si, de que vocês obterão a Realização do Si – vocês podem Me ouvir agora? – totalmente confiantes. Em segundo lugar – você pode consertar isso? – a segunda condição é que vocês não devem sentir-se culpados, de forma alguma, a respeito de nada. Nós indianos não nos sentimos tão culpados quanto os ocidentais. É uma boa idéia não se sentir culpado. Não dêem ouvidos a ninguém que lhes diz: “isso é errado”, “vocês são assim”, “vocês são assim” – nada disso. Ninguém tem o direito de julgá-los. Assim, por favor, não se sintam culpados, isso é muito importante. E a terceira condição é que vocês têm que perdoar a todos.

Muitos de vocês dirão que é difícil, o que é errado. Como Eu lhes disse ontem, quer vocês perdoem ou não, vocês não fazem nada. Então, por não perdoarmos, nós só fazemos o jogo de pessoas erradas. Então simplesmente sem pensar em quem vocês têm que perdoar ou quem vocês têm que se lembrar, tentem somente dizer, em geral: “Eu perdôo a todos.” Vocês irão se sentir muito mais leves. Apenas digam isso. Isso é um mito, vocês estão vivendo com um mito. Vocês podem Me ouvir agora? Vocês podem. Vocês podem Me ouvir desse lado?

Aí atrás, vocês estão Me ouvindo? Agora, vocês têm que fechar seus olhos. Vocês podem tirar seus óculos, porque vocês não devem abrir os seus olhos até Eu lhes dizer. Por favor, tirem seus óculos. Se houver qualquer coisa apertada em seu pescoço ou em sua cintura, por favor… Se vocês tiverem qualquer coisa – Qual é o problema? Se vocês tiverem alguma coisa – tenho simplesmente que continuar com isso, isso é o que está acontecendo – alguma coisa em seu pescoço ou em sua cintura, alguma coisa muito apertada, vocês podem… Se vocês tiverem algum tawis ou algo assim, por favor, o removam, isso não é muito bom. Ou algum mala (colar de contas) dado a vocês por algum guru ou por alguém, por favor, o removam; porque vocês não vieram aqui para se subjugarem a ninguém, mas para se tornarem totalmente livres. Então agora, nós fechamos nossos olhos, todos nós.

Por favor, fechem seus olhos. Coloquem ambos os pés na Mãe Terra, imóveis, não se esqueçam disso, vocês têm que colocar os dois pés, sim. Agora, fechem seus olhos completamente, não os abram. Agora, coloquem a mão esquerda em direção a Mim em seu colo e a mão direita no seu coração, a mão direita no seu coração. Agora, a mão esquerda aberta em direção a Mim, aberta, mantenham-na aberta em direção a Mim. Vocês podem mantê-la em seu… Agora, no coração reside o Espírito. Façam uma pergunta para Mim três vezes: “Mãe, eu sou o Espírito?” Essa é uma pergunta fundamental. Sem nenhum retraimento, por favor, façam essa pergunta em seu coração três vezes: “Mãe, eu sou o Espírito?” Isso é um fato, você é o Espírito.

Essa é a verdade a seu respeito. Agora, abaixe sua mão direita e coloque-a na parte inferior do seu abdômen. Para ser Prassana Chitta, você não deve ser excessivamente sério. Não há nada sério, veja. Você precisa entender, você deve ser prasanna chitta. Esqueça o seu passado. Agora, aqui vocês têm que fazer outra pergunta três vezes: “Mãe, eu sou meu próprio mestre?” Façam essa pergunta três vezes: “Eu sou meu próprio guru?” Este centro é criado pelos Satgurus para vocês estabelecerem a si mesmos. Agora, coloque sua mão direita na parte inferior de seu abdômen, no lado esquerdo.

Eu não posso forçar o puro conhecimento em você. Todo o resto é avidya; isso é vidya. Vidya, no sentido de que isso é vida, é conhecimento. Então você tem que pedir seis vezes: “Mãe, por favor, eu posso ter o puro conhecimento?” Quando você pede o puro conhecimento, a sua Kundalini começa a se elevar. E agora nós temos que nutrir os nossos centros superiores com nossa autoconfiança. Então agora, elevem sua mão direita até a parte superior do seu abdômen no lado esquerdo. E aqui, com total confiança, vocês têm que dizer dez vezes: “Mãe, eu sou meu próprio mestre.” Por favor, digam isso com total confiança. Não duvidem de si mesmos; vocês são seu próprio mestre.

Por favor, coloquem sua mão esquerda em direção a Mim, em direção a Mim. Muitas pessoas não estão colocando a mão esquerda em direção a Mim. Eu já lhes disse que a verdade sobre vocês é que vocês não são este corpo, esta mente, estas emoções, estes condicionamentos, este ego; mas vocês são o puro Espírito. Então, por favor, elevem sua mão direita até o seu coração e aqui, com total confiança, vocês têm que dizer: “Mãe, eu sou o puro Espírito.” “Mãe, eu sou o shuddha Atma.” Digam com total confiança. Agora, elevem um pouquinho, adequadamente, vejam, a mão não deve ficar muito baixa, também, elevem adequadamente, como se elevassem o seu coração. Elevem. Este Poder Onipresente é o Poder do Amor, é o oceano de conhecimento, oceano de bem-aventurança e compaixão. Mas acima de tudo, é o oceano de perdão, e seja o que for que você ache que fez de errado, pode ser facilmente dissolvido neste grande oceano.

Assim, por favor, elevem sua mão direita até o encontro do pescoço com seu ombro, e empurrem mais para trás. Aqui vocês têm que dizer 16 vezes: “Mãe, eu não sou culpado.” Digam 16 vezes, por favor: “Mãe, eu sou nirdosh. Eu sou totalmente nirdosh.” Eu já lhes falei que quer vocês perdoem ou não, vocês não fazem nada. É um mito. Mas quando não perdoam, então estão fazendo o jogo de pessoas erradas e se torturam, enquanto a pessoa que os têm torturado está bastante feliz. Então agora, elevem sua mão direita até a sua testa e abaixem sua cabeça. Abaixem sua cabeça completamente e aqui, vocês têm que dizer de coração, não importa quantas vezes. Se não disserem isso, Eu não posso fazer sua Kundalini passar através desse Agnya Chakra contraído.

Então por favor, todos vocês devem dizer: “Mãe, eu perdôo a todos em geral”, sem pensar em alguém em particular, por favor. Agora, coloque sua mão na parte de trás de sua cabeça. Empurre sua cabeça para trás, tanto quanto possível. Sem sentir-se culpado, sem enumerar seus erros, apenas para sua satisfação, você tem que dizer: “Oh, Poder Divino,” “por favor, perdoe-me se cometi qualquer erro.” “Oh, Brahmachaitanya, por favor, perdoe-me se cometi” “qualquer erro, consciente ou inconscientemente.” Isso, vocês têm que dizer em seu coração, não importa quantas vezes. Agora, estique sua mão direita. Coloque o centro da palma da mão direita no topo da área óssea da fontanela, que era a moleira na sua infância. Empurre para trás seus dedos tanto quanto possível. Abaixe sua cabeça tanto quanto possível.

Aqui novamente, Eu não posso forçar a Realização do Si em você, então você tem que pedir isso. Mova seu couro cabeludo sete vezes no sentido horário, dizendo: “Mãe, por favor dá-me a Realização do Si.” Sete vezes, por favor. Não mova tanto a mão quanto o couro cabeludo. Por favor, pressione-o com força. Estique seus dedos para trás. Primeiramente, a menos e até que você estique seus dedos para trás, não haverá nenhuma pressão. Agora, abaixem suas mãos, por favor. Coloquem ambas as mãos em direção a Mim. Agora, olhem para Mim sem prensar.

Agora coloquem sua mão direita em direção a Mim e inclinem sua cabeça, e vejam por si mesmos. Não olhem para os outros, observem a si mesmos. Vejam se há uma brisa fresca saindo de sua área óssea da fontanela, vejam se há uma brisa fresca saindo da sua área óssea da fontanela. Pode haver uma brisa quente também. Se você não perdoou, especialmente, então pode haver uma brisa quente. Então, agora perdoem. Agora, coloquem sua mão esquerda em direção a Mim, deste jeito. Novamente, abaixem sua cabeça. Não no topo, mas distante dela. Algumas pessoas têm isso muito distante também.

Tentem perceber se há uma brisa fresca ou quente saindo de sua cabeça. Na fontanela, não muito longe para trás e para frente, mas na fontanela, no taloo. Tudo bem? Novamente, coloquem sua mão direita em direção a Mim. Ha! Inclinem sua cabeça, inclinem sua cabeça. É isso! Agora, Eu tenho que lhes dizer como fazer o Kavach em vocês mesmos para se protegerem, é muito importante. E como elevar a sua Kundalini. É muito importante, é muito simples – ele lhes mostrará também.

Coloquem sua mão esquerda deste jeito na sua frente, e vocês têm que mover a mão direita, a mão esquerda fica reta. Vocês têm que – Eu apenas lhes mostrarei, antes de mais nada, deste jeito. Ela sobe acima de sua cabeça e aqui dêem um nó. Agora, começaremos novamente, de forma correta. Começamos a partir daqui. Agora comecem a mover sua mão esquerda para cima. Para fixar sua Kundalini em cima, coloquem sua mão acima e dêem um nó. Depois novamente, o segundo. Dêem o segundo nó. O terceiro nó, vocês têm que dar três vezes.

Agora, façam isso novamente, por favor: um, dois e três. Pronto! Agora o Kavach. Vocês têm que fazê-lo para a sua proteção, todas as manhãs, quando vocês saírem, e antes de dormir, vocês devem colocar a sua atenção aqui e dormir. Coloquem a mão esquerda em direção a Mim, deste jeito. É Saadhe teen… as três espirais e meia. Então, como você faz o Kavach? É assim, coloquem sua mão esquerda em direção a Mim, à fotografia, coloquem a mão direita assim – Eu lhes mostrarei, primeiro. Depois, elevem sua mão deste jeito, tragam-na para baixo – isto é metade. Depois, novamente tragam-na de volta – esse é o primeiro.

Novamente levantem, novamente tragam-na de volta – é o segundo. Novamente, tragam-na deste jeito, novamente tragam-na de volta – é o terceiro. E agora, ltragam-na de volta somente meio caminho, então são três vezes e meia. Isso é o bandhan, é o Kavach, o Kavach de proteção. Vocês aprenderão muitas coisas também, como usar este poder a partir de sua mão. Agora, todos aqueles que sentiram uma brisa fresca ou quente em suas mãos ou saindo da área óssea da fontanela, por favor levantem ambas as mãos. Todos aqueles que sentiram, por favor levantem as duas mãos. Eles têm um pequeno problema de fígado, mas isso será resolvido, não importa. Que Deus abençoe todos vocês, que Deus os abençoe. Assim, Madras deve tornar-se agora a Mãe Raas, significa que a Mãe toda está completa, e alcança esse estado.

Que Deus abençoe todos vocês. Novamente e novamente, Eu lhes digo, sejam humildes e venham para o centro Sahaja. Há alguns Sahaja Yogis muito bons no centro. Todos eles lhes falarão sobre tudo de uma forma muito amorosa. Mas por favor venham, e prestem atenção em vocês mesmos, e conheçam tudo. No próximo ano, Eu voltarei novamente a Madras. Que Deus os abençoe.