Mahashivaratri Puja

Glenrock Scout Camp, Newcastle (Australia)


Feedback
Share

Shivaratri Puja Austrália, 29.02.1992 

É muito bom ver todos vocês aqui, muitos de vocês da Austrália, para venerar Shiva, Sadashiva. Eu acho que esta é uma ocasião muito importante. É importante, porque Sadashiva, Deus Todo-Poderoso, que é o Todo, está expressado no coração de vocês como o Espírito, o Shiva. Nós temos de entender que muitas pessoas vieram a esta Terra… em diferentes épocas, em diferentes países, e eles falaram para diferentes povos… sobre a retidão, isto é, o dharma, sobre como se elevar, e todos eles disseram que você tem de nascer novamente, isto é, você tem de se tornar o Espírito. Todos eles… Todos eles disseram a mesma coisa, porque eles sabiam que sem… a atenção estar preenchida com a luz do Espírito, você não será capaz de entender a espiritualidade. Você tem o Espírito dentro de você, que está o tempo todo em um estado de testemunha. Por que todas as religiões falharam? Porque eles não obtiveram a Realização do Si. Eles não se tornaram o Espírito. Assim, há uma enorme diferença… entre vocês e todos os outros que professaram alguma coisa. Parece que eles são hipócritas.

Eles intelectualizam isso, como vocês sabem, eles explicam isso muito bem, mas você pode ver muito claramente… que eles não absorveram a espiritualidade. Essa absorção era impossível sem a Realização do Si. Tudo mundo sentiu isso. Buddha e Mahavira foram a este limite, ambos, para dizer: “Esqueçam sobre Deus, ” “esqueçam sobre Deus Todo-Poderoso,” “apenas alcancem o seu Si, a sua Realização do Si.” Então eles são chamados de ateus em Idikshavadi, eles não acreditam em Ishwara, mas eles perceberam a forma como as pessoas ficam simplesmente… falando sobre Deus Todo-Poderoso e o que os livros têm dito. Esses livros também falam de retidão, exceto em alguns livros, houve algum tipo de interferência, mas a maioria deles fala de espiritualidade… e o que você tem de alcançar, qual é o propósito da religião. Tudo isso está dito muito bem, escrito muito bem. Eles lhe dirão: “Você tem de ser isto, você tem de ser aquilo,” “isto não é bom, aquilo não é bom.” Assim, mesmo o primeiro estado, onde o dharma tem de ser estabelecido, não foi estabelecido, onde as pessoas não devem enganar umas às outras, onde tem de haver justiça, tem de haver coletividade, tem de haver amor e compreensão, nenhuma inveja, nenhuma hipocrisia, onde existe uma raça diferente, uma comunidade diferente, nós podemos chamar isso de uma civilização diferente… que deve ser criada. Todo mundo alega que eles são os escolhidos, mas eles são exatamente iguais.

Há uma enorme conquista dos Sahaja Yogis, pois eles alcançaram esse estado do Espírito. Assim, agora, você pode absorver o dharma sem nenhuma dificuldade, sem nenhuma dificuldade. Você não gostaria de enganar ninguém, você não gostaria de matar ninguém, você não gostaria de ser violento com ninguém. Você se manterá fiel à verdade, à verdade, muito poucas pessoas podem se manter fieis à verdade. Então vocês não são pessoas que irão roubar os outros, vocês não têm nenhuma intenção, de forma alguma, não vem à sua mente vocês ficarem tentados a roubar coisas dos outros. Antes de tudo, que é a coisa mais importante, vocês têm um relacionamento próximo com Deus Todo-Poderoso, vocês estão, de certa maneira, em reverência e respeito em relação a Deus. Há reverência e respeito, Eu não diria medo, porque todo medo é dissipado, não existe mais nenhum medo para você, mas você tem reverência e respeito por Deus, que Ele é Deus Todo-Poderoso. Você não enganará as pessoas, você não enganará a Sahaja Yoga;;; por causa de dinheiro, você não brigará por poder… ou… por alguma coisa que seja material. Toda sua atenção estará direcionada… para a expansão de sua consciência na luz do Espírito. Essa é a visão de sua Mãe, porque Shiva é somente uma testemunha.

Sadashiva está só testemunhando toda essa peça. Ele não tem nenhuma visão em relação a isso, mas agora, Ele deve ter muitas esperanças depois de ver… o tipo de pessoas que são criadas a partir da Sahaja Yoga. Pessoas únicas, muito belas, maravilhosas como anjos têm sido criadas. Agora, o único problema é que você tem de manter-se fiel… às suas bases angelicais. Mas Eu percebo que algumas vezes isto acontece, não importa, acontece de você decair e hesitar. Novamente, você se eleva… em sua consciência… e tenta estabelecer… as novas dimensões que estão disponíveis para você, dimensões que você pode descobrir. Tudo isso é possível… porque agora você realmente pertence à raça dos escolhidos. Vocês também devem saber que são pessoas muito especiais. Às vezes, isso não é compreendido pelos Sahaja Yogis. Eles não têm nenhuma autoestima em relação ao que eles obtiveram.

Uma vez que você tenha autoestima, você terá a sabedoria para entender qual é o seu papel nesta vida. Essa autoestima só é possível… se você observar as outras pessoas… que estão perdidas na lama da insensatez. Agora, vocês são uma comunidade especial, Eu disse, vocês são aqueles que irão criar essa grande comunidade. Agora, sejam quais forem… os pontos do dharma… ou, podemos dizer, os aspectos do dharma, você pode absorvê-los sahaja. “Sahaja” tem um significado muito especial: espontaneamente. Você não tem de se esforçar, você não tem de fazer uma penitência… ou trabalhar isso. De uma forma sahaja, você pode fazê-lo. “Sahaja” também significa “fácil”. Você pode ter isso em seu coração, todas essas qualidades, sem nenhum dificuldade, sejam quais forem. É a coisa mais fácil para você ser correto do que ser o contrário.

É mais fácil para você ser honesto do que ser o contrário. Assim, essa a característica especial que você obteve… é a visão de todos os santos, de todos os profetas, de todos os visionários, de todas as Encarnações, é você. Existem palestras e mais palestras que as pessoas dão: “Você deve fazer assim, você deve fazer dessa maneira.” Elas acham que educando as pessoas dentro desses princípios, as pessoas ficarão bem, elas não podem. Se você tentar educá-las, isso penetrará como um ego na cabeça delas, porque você fica instruído somente através de seu ego. Não é sahaja, não é a sustentação sahaja, Sahaja dharana, é algo que é colocado em você de fora, mas para você, isso é muito fácil, pois você pode absorver todos os aspectos do dharma muito facilmente. Você não tem de fazer nada, você simplesmente não o fará. Eu conheci pessoas que tomavam drogas, que abusavam das pessoas, batiam. Há um sujeito que disse que ele sempre carregava um revólver com ele. Ele se tornou uma pessoa tão calma, silenciosa, bela que é inacreditável.

Mas a esposa dele Me disse que ele era daquele jeito. Assim, agora, vocês são pessoas muito especiais, e aquelas pessoas que não obtiveram a Realização… não podem alcançar o dharma facilmente. Depois, o segundo ponto que é muito fácil para vocês… é amar uma outra pessoa, cuidar de uma outra pessoa. É muito fácil, vocês amarão fazer isso. Vocês amarão cuidar das pessoas que são Sahaja Yogis, também que não são Sahaja Yogis. A Sahaja Yoga é bastante flexível. Se você vir alguém que não é um Sahaja Yogi e está sofrendo também, você imediatamente se levantará… para se certificar de que essa pessoa tenha sua ajuda. Eu tenho visto as pessoas na Sahaja Yoga, elas são muito interessantes. Um senhor veio a Mim e disse: “Mãe, eu não tenho nenhum dinheiro, eu quero ir…” “e fazer algum trabalho para a Sahaja Yoga,” “mas eu não tenho nenhum dinheiro,” “não tenho dinheiro nem mesmo para a família.” Eu disse: “Tudo bem, isso é muito bom, venha amanhã,” “Eu lhe darei o dinheiro.”

Ele não voltou no dia seguinte. Eu disse: “Qual é o problema?” Ele disse: “Havia alguém sentado com a Senhora naquela hora…” “em que eu estava falando com a Senhora, se a Senhora se lembra.” Eu disse: “Não Me lembro muito claramente.” “Tudo bem, eu também não o conheço, assim que eu saí,” “ele disse: “Quanto dinheiro você quer?” “Eu lhe disse: “Pelo menos este tanto.” “Imediatamente ele tirou o dinheiro e me deu.” Assim, quem não conseguiu algo na Sahaja Yoga, quem não conseguiu dinheiro, nós imediatamente corremos para ajudar essa pessoa. Por exemplo, vocês ficarão impressionados ao ver que… há estes seis países, como Romênia, Bulgária, Rússia, Polônia, República Tcheca, todos esses países, até mesmo a Hungria, têm sido ajudados por um país ou outro, mesmo os países do leste asiático são ajudados pelos australianos. Eu nunca lhes disse, Eu nunca lhes pedi, Eu nunca disse: “Vocês têm de ajudar.”

Eles simplesmente se oferecem: “Mãe, de algum modo nós temos de ajudá-los, nós organizaremos,” “iremos a eles, cuidaremos disso, faremos isso.” É muito surpreendente, o modo como eles puderam simplesmente pensar em ajudar… aqueles países. Então eles compraram passagens para eles, eles os levaram para a Índia, eles cuidaram deles, os russos que vieram à Índia foram cuidados. Todos estavam tão cheios de compaixão e amor, mas sem o sentimento de que eles fizeram alguma coisa, sem o sentimento de forma alguma… de que eles fizeram um favor a alguém. Ninguém esperava que eles os agradecessem e escrevessem… cartas de agradecimento ou qualquer coisa assim. Seja o que for que foi feito, acabou-se agora, é isso. Ninguém nunca perguntou quanto dinheiro foi doado, quanto foi gasto, quanto nós tivemos de doar, nada desse tipo. Naquele impulso do momento, todo mundo se ofereceu, eles deram dinheiro e a coisa deu certo. Foi muito surpreendente. Por exemplo a França, a França está tomando conta da Romênia.

Eu não sabia que eles tinham trabalhado tanto na Romênia. Eu cheguei na Hungria e de repente Eu encontro 125 romenos lá. Meu coração ficou realmente cheio de alegria. Eu disse: “Como vocês estão aqui?” “Os franceses arranjaram tudo para nós, Mãe.” “Verdade?” Não havia nenhum francês lá, ninguém da França. E os romenos estavam cantando tão bem que os indianos pensaram: “Oh, o que é isto? Começou um novo grupo?” Todos eles, e eles nunca usaram livros, eles estavam cantando sem usar os livros, aqueles romenos.

Então Eu disse: “Onde vocês ficarão à noite?” “Nós ficaremos em um jardim, Mãe, está tudo bem.” Mas Eu disse: “Como?” “Nós ficaremos lá, não importa.” Como eles ajudaram secretamente. Se Eu não tivesse lhes perguntado, Eu não saberia como eles vieram. Assim isto, ajudar as pessoas que não têm, vocês podem chamá-las de um tipo de – vocês podem dizer: aqueles que são mais pobres do que nós. Eu também tenho observado as pessoas, como individualmente elas tomam conta dos outros, e trazem coisas para seus amigos, presentes e belas coisas, apenas para sua própria satisfação, não para fazer um favor a alguém ou para mais tarde dizer: “Oh, eu trouxe este sari para você.” Nada disso, apenas para ver aquele sari em uma outra Sahaja Yogini. É uma coisa tão bela.

Imaginem estes países como Inglaterra, França, Espanha, Itália, Suíça, muito agressivos, povos muito agressivos. Quando eles saíam, não era para ajudar alguém, mas para estabelecer o seu império ou para destruir as pessoas, ou para convertê-las ou fazer todos os tipos de coisas… em nome da religião, em nome de Deus. Mas quando vocês vão a outros países, vocês só querem ajudar, dar-lhes toda ajuda necessária. Eu mesma fico impressionada ao ver como isso funciona tão… espontaneamente em seu coração, que você deve fazer isso e deve colocar isso em prática. Essa transformação que se estabeleceu dentro de você… trouxe à tona toda a beleza de seu coração, de sua compaixão, de seu amor. E você dá, quer dar segurança aos outros, sem esperar nada, sem demandar nada. E todos vocês desfrutam isso, fazendo isso, vivendo em um lugar simples como este, debaixo de uma tenda, sentado, Me ouvindo, vocês não querem nenhum conforto, só buscam o conforto de seu Espírito e desfrutam o lugar inteiro, a natureza. Gradualmente, Eu tenho visto também que os Sahaja Yogis… estão se tornando extremamente conscientes… do problema ecológico no mundo inteiro. Eles começaram a usar coisas que são naturais, que são artísticas. É algo tão surpreendente… que de repente eles tenham começado a usar coisas artísticas.

Eu soube de um senhor… que tinha armas e munições na casa dele, tudo desse tipo, mas agora ele tem coisas belas. É claro, as armas e munições estão em um lado, mas ele tem colecionado coisas artísticas tão belas. Então Eu disse: “Como você conseguiu isto?” Ele disse: “Mãe, eu fiquei pensando que a Senhora gostaria de vê-las…” “e a Senhora ficaria feliz, então eu comprei para a Senhora ver,” “e se a Senhora quiser, pode levar qualquer coisa.” Eu disse: “Eu não quero nada, você pode ficar com isso para você mesmo.” Assim, essa generosidade, nós a chamamos de adhari, é um sinal de uma Encarnação. Mas essa generosidade existe entre Meus próprios filhos agora. Eles são extremamente generosos, e eles gostam de dar coisas aos outros… mais do que manter coisas para si mesmos. Isso tem acontecido não somente na Austrália, tem acontecido no mundo inteiro. Se você observar os Sahaja Yogis, o modo como eles estão sacrificando o tempo deles, o dinheiro deles e tudo mais para expandir a Sahaja Yoga, para ajudar os outros, e para acolher todos os tipos de coisas, todos os tipos de pessoas dentro deles mesmos.

Tamanha sabedoria. Tamanha sabedoria coletiva está presente. Nós não temos de entrar em nenhum consenso. Nós não temos de dizer: “Todos vocês devem dizer isto” ou… “Qual é a sua opinião? Você votará a favor disto?” Todos votam a favor da mesma coisa. Se alguém diz: “Tudo bem, nós temos de dar alguma ajuda para,” “digamos, Bulgária”, na Itália, imediatamente todos os italianos ofereceram suas joias, tudo lá. “Mãe, quanto nós devemos enviar?” Eu disse: “É sua preocupação.” E os búlgaros ficaram surpresos também: “O que nós fizemos para esses italianos para eles viajarem…” “o caminho todo para nos ajudar com dinheiro, com todo o tipo de coisa?”

Assim, essa compaixão, esse amor, esse sentimento de unidade, é como se eles fossem partes integrantes de nós, nós não estamos separados. Pela Rússia, vocês ficarão surpresos ao ver que… os americanos enviaram uma televisão dos Estados Unidos. Agora, os Estados Unidos não tinham nada a ver com a Rússia, mas deve ser o Espírito de Shri Krishna tentando ajudar… o Espírito do Agnya Direito, deve ser. Tamanho entusiasmo pela Rússia. É inacreditável, eles vieram de ônibus, vieram de trem, vieram por todo caminho para todos esses lugares, a lugares implausíveis. E eles alcançaram enormes resultados. Não é somente na Europa, eles estão realizando isso em volta de suas próprias cidades, mas de todas as maneiras, eles estão trabalhando na Turquia, eles estão trabalhando no Nepal, e agora alguém foi ao Japão. Ele na verdade não é japonês. Ele é do Rio… e foi para o Japão, é um físico, mas ele está usando um tipo de show de marionetes nas ruas… para atrair as pessoas e lhes falar sobre a Sahaja Yoga. Ele Me telefonou três, quatro vezes: “Mãe, a Senhora esteve na Austrália tantas vezes.”

“Por que a Senhora não vem ao Japão desta vez?” Eu disse: “Tudo bem, da próxima vez, Eu certamente irei ao Japão.” Eu lhe prometi. “Mas desta vez, os Sahaja Yogis já fizeram uma programação para Mim,” “então Eu não posso evitar isso. Eles Me acomodaram em todo lugar.” E Eu não Me importo, porque isso é tão sahaja, para Mim, isso torna-se sahaja. Muitas pessoas Me perguntam: “Mãe, a Senhora está viajando muito”, eles dizem. Eu nunca penso sobre isso. Também, a coletividade que vocês têm agora é enorme. Não é somente na Austrália que vocês têm a coletividade, mas outro dia Eu telefonei para alguém na Índia e lhes disse: “Eu estou comprando um ashram em Brisbane.”

Eles disseram: “Mãe, isso é uma coisa maravilhosa, nós estamos muito felizes.” Agora, para um indiano, o que há para ficar feliz… se estamos comprando um ashram em Brisbane? Tão felizes com isso. Para eles, Brisbane é o mesmo que Mumbai ou Delhi. O Coração se tornou tão grande, porque Shiva está brilhando lá, o Espírito está brilhando. Ele se tornou um coração tão grande que ele abarca todo o universo, Eu acho, o modo como as pessoas olham para isso, é por isso que todos vocês se tornaram pessoas universais. Vocês não somente leram sobre o Vishwa Nirmala Dharma, vocês não sabem sobre ele somente através de sua mente, vocês não somente tentam segui-lo, mas vocês o absorveram dentro de vocês mesmos, o qual é tão sahaja, o qual vocês não estão conscientes disso, o modo como na maneira sahaja, isso chegou a vocês. Vocês sabem que a Austrália era cheia de racismo há um tempo atrás, ninguém vinha, ninguém era permitido vir aqui, talvez há 50 anos atrás ou mais, mas hoje na Austrália, que mudança. Embora eles falassem do Cristianismo e de todas essas coisas, mas eles não pensavam sobre o que Cristo disse, eles eram exatamente o oposto do que o Cristianismo deveria ser. O Islã é a mesma coisa.

O Islã fala de coisas muito grandiosas, mas tem de ser confessado que os muçulmanos… não têm nada a ver com o Islã. É totalmente externo, se você observar o Cristianismo, você terá uma ideia muito, muito estranha sobre ele. Se você perguntar para qualquer hindu sobre o Cristianismo, eles dirão que eles são as piores pessoas possível, muito astutas, muito agressivas e não levam tempo algum para matarem uns aos outros. Imaginem, os discípulos de Cristo. Mas se você perguntar a um cristão sobre um muçulmano, ele lhe dirá: “Oh, esses muçulmanos são as pessoas mais briguentas,” “mais imundas que já nasceram, são fundamentalistas.” Todos eles são fundamentalistas, quer seja um hindu, um cristão, um muçulmano, qualquer um, eles são fundamentalistas porque… eles ficam lendo um único livro e demasiadamente, ficam apenas lendo. O livro também não funciona, se o livro funcionasse interiormente, eles perceberiam que todos esses livros estão dizendo a mesma coisa… sob nomes diferentes, só isso. Mas essa coisa universal que vocês obtiveram, graças ao seu Espírito, isso estava lá perfeitamente intacta e começou a brilhar dentro de vocês. Então nós temos agora uma nova comunidade, uma nova civilização de pessoas… que são extremamente honestas consigo mesmas, honestas umas com as outras. Elas são pessoas extremamente corretas e boas, elas são totalmente não violentas, são totalmente cumpridoras da lei, muito amorosas, afetuosas, ao mesmo tempo, extremamente construtivas, e ao mesmo tempo muito inteligentes.

Elas compreendem a Sahaja Yoga, é um assunto tão sutil. A Sahaja Yoga é um assunto tão sutil, porque vocês sabem que todos falharam em fazer as pessoas… compreenderem qualquer coisa sobre a Verdade. É uma situação impossível. Mas este foi um artifício, seu Espírito. Quando seu Espírito está iluminado, Ele entra em sua cabeça sem nenhuma dificuldade, é totalmente sahaja. Vocês não sabem o quanto é difícil esse assunto da Sahaja Yoga. Ela é uma tamanha concretização… do desejo do Divino que a Divindade de vocês está agora se expressando. Quando vocês são coletivos, vocês ficam desfrutando mais uns aos outros, vocês desfrutam a vida coletiva. O individualismo é contra o Espírito do todo. Mas nós temos nossas próprias variedades.

O modo como vocês vivem em outros países, em outros ambientes, com outras tradições, é desse modo que vocês estão vivendo. Mas entre nós mesmos, nós temos a mesma fé, a fé que é iluminada, que não é uma fé cega, é uma fé iluminada. Em primeiro lugar, vocês são almas realizadas, em segundo lugar há um Poder Onipresente. Nós temos o mesmo tipo de veneração, Quer seja Cristo, quer seja o Profeta Maomé, ou quer seja Shiva. Nós todos veneramos da mesma maneira, nós não temos um tipo diferente de opinião sobre isso, como por exemplo uma igreja se transforma em dez igrejas… e um Hinduísmo se transforma em dez Hinduísmos. Não é assim. Nós todos somos Sahaja Yogis… e nós todos temos o mesmo princípio nos unindo de uma maneira sahaja. Nós não temos de dizer: “Oh, nós temos de ser íntegros,” “nós temos de estar neste princípio, nós somos Sahaja Yogis.” Vocês têm de estar lá, totalmente, porque vocês têm de estar lá. Vocês simplesmente não podem evitar isso, porque em sua natureza, agora o Espírito está brilhando.

Vocês também estão se tornando arquétipos, modelos, Eu devo dizer, no sentido verdadeiro da palavra, para as pessoas que não estão na Sahaja. Pessoas assim não estão disponíveis em nenhum lugar. Quando as pessoas os virem, elas pensarão: “Que modelo é este, que modelo de vida.” “Eles não bebem, eles não fumam, eles não se vangloriam disso,” “eles não odeiam ninguém, eles amam a todos,” “eles são tão dinâmicos, eles são tão criativos, eles são tão construtivos,” “eles são tão satisfeitos consigo mesmos.” “Eles não são de forma alguma competitivos,” “eles não causam nenhum problema à Natureza,” “eles não causam nenhum problema a nada.” “Eles se tornaram pessoas tão belas.” “Quem são estas pessoas?” Pessoas belas assim são os exemplos. Assim, agora, individualmente vocês têm de entender esta parte: nós temos de ser exemplos nesta Austrália. Modelos de bom comportamento, boa linguagem, vida decente, vida honrosa, não brigar com o marido, não brigar com a esposa.

Se você vir qualquer canal de televisão, simplesmente tem uma dor de cabeça, não há nenhuma outra coisa, exceto um marido brigando com a esposa… e uma esposa brigando com o marido. Deve haver sabedoria em relação a isso. Brigar entre vocês mesmos, se muitas pessoas se reúnem em um bar, o que acontecerá é que o bar explodirá. Elas nunca conseguem se sentar silenciosamente. O prefeito de Cabella Me disse: “Surpreende-me que na igreja,” “ficamos sentados por meia hora, então começamos a nos acotovelar.” “Quanto tempo vai levar isso agora? É melhor sair.” “Você fica cansado. E o que estas pessoas ficam fazendo…” “por várias horas com a Senhora?” “Como elas ficam tão fascinadas?

Elas não se sentem cansadas.” “Eu acho que elas são pessoas especiais.” Eu disse: “Elas são,” “elas são.” Mas o que eles fazem? “Eles não fazem nada, eles ficam apenas desfrutando.” Ele não conseguia entender que uma vez nós tivemos um Puja, o Guru Puja, por cerca de seis horas ao todo, e eles ficaram surpresos ao ver como aquelas pessoas ficam sentadas, e todas as pessoas estavam lá, todos os aldeões, a maioria deles eram pessoas idosas, eles acharam que aqueles anjos vieram de algum lugar, eles eram pessoas angelicais, eles não perturbam você, eles não torturam você, eles cuidam de você, tentam ser gentis com você, não somente isso, mas eles tentam trazer alegria para você. Eles ficaram tão surpresos naquele vilarejo. Primeiro eles costumavam Me chamar de “Princesa”. Depois eles começaram a Me chamar de “Deusa”, depois eles disseram: “A Senhora é a Madona.” Tudo que eles poderiam pensar que fosse o melhor, eles começaram a dizer todas essas coisas.

Eles querem agora vir para a Sahaja Yoga, mas Eu disse: “Vamos ver agora.” Depois de alguma tempo, nós realizaremos isso para eles também. Eles estão tão bem agora por virem como os Sahaja Yogis são, porque Eu raramente saio, mas vendo o modo como o Sahaja Yogis são, a terra atrás da casa não foi dada nem mesmo ao Príncipe Dorio… que estava querendo pagar muito dinheiro, porque ele queria ter uma estrada naquele caminho, mas para Mim, eles se apressaram… e por um preço bem simbólico, eles Me deram aquela terra. Eles disseram: “Ela é somente para a Senhora, por favor fique com ela.” O vilarejo inteiro está entrando em transformação. Mas a dedicação que vocês têm é notável, Me surpreende, realmente Me surpreende. Eu nunca lhes ensinei muito, mas o modo como vocês são dedicados em tudo. Todo mundo que não é um Sahaja Yogi ficará encantado… pelo modo como vocês são dedicados à Sahaja Yoga, a Mim. Às vezes Eu penso: “O que Eu fiz? Eu não fiz nada.”

Vocês tinham a sua Kundalini, vocês tinham seu Espírito, só isso. Mas uma tamanha diferença, com a pequena distância que vocês cobriram, e tamanha diferença. Vocês podem imaginar uma indiana vindo para a Austrália, encontrar este amor, este afeto e esta dedicação? É inacreditável. Todos eles pensam que Eu devo ter hipnotizado vocês. Ninguém consegue acreditar que vocês pudessem ser dedicados assim, assumir tantos problemas, tomar tanto cuidado. Imaginem só as flores que vocês trouxeram, imaginem só tudo isto que vocês fizeram, imaginem só o modo como eles trouxeram um outro carro grande, de modo que sua Mãe fosse trazida aqui sem nenhuma dificuldade. Todo esse amor, toda essa afeição, esse cuidado, Eu nunca pedi nada. Eu poderia ter caminhado, se vocês tivessem dito que temos de caminhar, Eu teria caminhado, Eu nunca teria dito “não”. Eu nunca esperei por toda essa coisa.

Mas o modo como vocês querem expressar seu amor por Mim, essa dedicação é tanta e vocês sacrificam muito por isso. Realmente vocês estão sacrificando muito, o seu tempo, seu esforço, vir pelo caminho todo a este lugar distante para este Puja. Todo o ganho que vocês têm do Puja só é possível… quando você é uma alma realizada, senão é inútil fazer qualquer Puja, qualquer veneração. As pessoas vão a igreja, cantam alguns hinos e retornam. Elas simplesmente são exatamente a mesma coisa… e em seguida vão ao bar, porque elas acham que o bar… é o único lugar onde elas podem ter alguma alegria. A pessoa tem de se empenhar, a pessoa tem de sacrificar, embora Eu possa dizer que a Sahaja Yoga é a coisa mais fácil. Você não tem de ir aos Himalaias para ficar de cabeça para baixo… e tudo mais, mas ainda assim você tem de sacrificar seu tempo, sua atenção. Antigamente, talvez vocês foram a algum show de rock, talvez vocês foram a alguns bares também, talvez vocês gostaram de todas essas coisas, mas vocês abandonaram tudo, sem Eu lhes falar, simplesmente abandonaram e vocês são tão puros agora. Sua atenção está tão pura que você não consegue desfrutar todas… essas coisas. Vocês não acham que é notável que isso tenha acontecido?

Esta comunidade, Eu não tenho de lhes falar, Eu não tenho de educar, Eu devo dizer que vocês abandonaram todas essas coisas. De repente, Eu percebo que todos vocês se tornaram tão puros, tão belos, seus chakras tão limpos. Essas são suas purva punyas que estão se realizando? Mas ainda assim, Eu diria que vocês devem estar cientes de sua autoestima, que vocês são Sahaja Yogis, e como você pode… se comportar assim se você é um Sahaja Yogi? Você não pode. Agora você é um Sahaja Yogi, assim essa dignidade, essa sabedoria tem de estar presente. A compaixão, o amor, a unidade do propósito deve estar presente. Por todo o mundo, vocês têm irmãos e irmãs, essa fraternidade e irmandade estão em todo lugar. Vocês têm irmãs rakhi, vocês têm relacionamentos muito puros. Qualquer coisa impura é simplesmente jogada fora de uma maneira sahaja.

Aqueles que não se ajustam nisso, simplesmente saem. Nós temos agora famílias muito belas, crianças muito belas, isso é – simplesmente pense nisso. Moisés salvou alguns judeus, mas que eles são? Inúteis. De que adianta salvar pessoas assim? Depois Cristo veio e falou sobre isso, e isso é o que aconteceu ao Cristianismo. Maomé meio e falou coisas muito belas, Eu devo lhes dizer. Ele nunca fez disso uma religião rígida, nunca. Ela era muito flexível, e Ele disse: “Você deve ter o conhecimento.” Então, de acordo com eles, conhecimento era ler o livro… e interpretá-lo e ser um intelectual.

Depois disso veio Guru Nanaka também, vocês sabem disso. O que aconteceu aos sikhs? Para onde eles foram? “Sikh” significa a pessoa que aprendeu, aprendeu as Leis Divinas. Se Eu disser que você tem de seguir as Leis Divina, como fazer isso? Você não está conectado, você não sabe quais são as Leis Divinas. Apenas seguir, “Nós queremos seguir as Leis Divinas.” Agora, você está pairando em algum lugar nesta Terra, as Leis Divinas estão atuando lá, como você irá pôr em prática as Leis Divinas se você não está conectado? Mas você sabe imediatamente quais são as Leis Divinas. Você está indo contra elas, assim que você vai contra elas, você sabe que pode perceber isso em seu sistema nervoso central.

Você pode sentir em suas mãos que você está fazendo algo… contra as Leis Divinas. Imediatamente você sabe e se você estiver alerta, você imediatamente tentará mudar. Você pensará: “Isto não é correto, esta é a verdade sobre mim mesmo.” Você começa a se julgar o tempo todo e você quer se corrigir, porque você não gosta disso dessa maneira. Você tem tantas ideias sobre sua vida pessoal que é assim, que deve haver: “uma esposa que deveria me mimar” ou… “um marido que deveria me mimar”, “meu filho deveria ser assim”, e – tudo acabou agora. O que você quer? “Eu quero uma verdadeira Sahaja Yogini”, “eu quero um verdadeiro Sahaja Yogi para casar”, e depois disso o casamento se torna uma bênção. Como? O modo como essas flores desabrocharam, é desse modo. Tudo está de forma inata formado dentro de você, toda essa beleza.

Você simplesmente começa a mostrar, mas isso tem de florescer, isso tem de brotar. Essa assim chamada penitência, não é uma penitência para você. Eles dizem: “Nós estamos desfrutando esse lugar”, quero dizer, é um lugar somente para penitência, o modo como as coisas estão aqui, não há nem mesmo banheiros exclusivos. As pessoas estão achando bastante difícil até mesmo tomar um banho. É realmente uma penitência vir a um lugar tão implausível, ou viajar em Maharashtra é uma outra grande penitência. Mas vocês desfrutam isso, vocês ficaram sentindo saudades, eles disseram: “Nós estamos sentindo saudades de nossos ônibus.” Eu disse: “Verdade?” “Eu achei que vocês ficariam felizes.” “Não, não, Mãe, nós estamos sentindo saudades.” Aquilo foi uma aventura para eles.

Eles gostaram do modo como… eles foram empurrados e tiveram contratempos, eles estavam muito felizes em relação a isso, que tudo aquilo era, aquilo era uma aventura. Tudo que chamamos de tapasya ou penitência… torna-se uma aventura para eles, e o modo como eles descrevem é muito interessante. Como aqueles músicos, eles foram para a Rússia e se perderam, e quando eles voltaram eles ficaram descrevendo tudo com tanto detalhe, como se Deus simplesmente os estivesse levando… de um lugar para outro. E como eles foram ajudados em cada momento, como eles vieram para Itália de repente e como eles vieram a Milão, ao ashram. Toda a descrição é maravilhosa. Agora, pensem no que vocês alcançaram, mas vocês não conseguem nem mesmo pensar, vocês simplesmente alcançaram. Sem pensar, vocês alcançaram coisas, é a bênção de seu Espírito, a bênção de Shiva. O Espírito é a testemunha… e vocês desenvolveram esse estado de testemunha. Para todos vocês, isso parece com um palco estranho, onde as pessoas estão fazendo isso e aquilo, políticos, economistas, vocês veem como algo absurdo. Eu fui à Rússia, havia muitos russos.

Eu lhes disse: “Há um modelo muito ruim de políticos aqui agora…” “e vocês estão passando momentos muito ruins com sua comida.” “Não, Mãe, nós não temos nenhum problema com comida…” “ou qualquer coisa, mas nos preocupar com quê?” “Nós obtivemos a comida espiritual, deixe essas pessoas brigarem,” “façam o que quiserem, nós não nos incomodamos.” Eles não estavam nem um pouco preocupados se havia uma eleição… ou qualquer coisa, nem um pouco preocupados. “Deixe-os brigarem, deixe-os fazerem o que quiserem,” “nós estamos em uma situação diferente.” Eu disse: “Que situação vocês estão?” “Nós estamos no Reino de Deus”, eles Me disseram. “Nós estamos no Reino de Deus, por que devemos nos preocupar…” “com esses reinos e coisas assim? Deixe-os brigaram.” Pessoas tão satisfeitas, pessoas tão belas.

Vocês têm tantos irmãos e irmãs lá. Eu levantei de manhã cedo e eles tinham, Eu não sei quando, plantado flores no caminho de Minha casa lá, flores por todo caminho, filas e mais filas. Eu não sei quando eles vieram, quando eles fizeram aquilo e desapareceram. Tão doce, Eu lhes digo, exceto por chorar de alegria, Eu não sabia o que dizer. Se isso acontecer por toda parte, que mundo nós poderemos ter. Há, é claro, algumas pessoas que são excepcionais, que são problemáticas, que não estão bem. Tudo bem, esqueçam-nas. Assim, agora, vocês são as pessoas que compreenderam o que é Deus, o que é Sadashiva. Agora, vocês têm fé Nele, a qual não é cega, vocês também sabem que os poderes Dele atuam, que as leis Dele atuam, todas as outras leis são inúteis, somente as leis Dele atuam. Vocês têm visto, têm experienciado em suas vidas como os milagres… estão acontecendo, como as coisas estão dando certo.

Um milagre simples, Eu diria, foi desejado que o Puja a Shiva deveria ser em volta das colinas, mas eles não conseguiram arranjar, eles ficaram tentando algum outro lugar que não poderia ser arranjado, então vocês estão aqui. Vocês desejam e isso funciona, como se seu desejo atuasse. Mas nós temos algumas pessoas que ainda são medíocres, que estão se comportando de uma maneira medíocre, muito tolas, algumas delas são pessoas muito tolas. Elas não conseguem compreender a Sahaja, elas não conseguem compreender o quanto elas podem ganhar com ela. Então, vocês não devem se preocupar com elas. Então vocês têm de pensar em todo o coletivo que é bom… e em relação a uma ou duas pessoas inúteis, esqueçam-nas. Se elas melhorarem, está tudo muito bem, se elas não melhorarem, nós não iremos forçá-las. Nós conseguiremos mais e mais pessoas, mais e mais pessoas. Eu tenho certeza que isso acontecerá. Mas a coisa mais grandiosa que vocês obtiveram… foi a completa integração dentro de seu ser.

Seu coração, sua mente, seu fígado, Eu devo dizer, sua atenção, estão todos integrados. Não há nenhuma discussão, não há nenhum conflito… entre seu coração e sua mente, entre o coração e seu cérebro. Seja o que for que seu cérebro pense, seu coração aceita; seja o que for que seu coração queira, seu cérebro aceita; onde quer que sua atenção esteja, ela está completamente integrada com seu coração e com seu cérebro. Vocês devem observar as outras pessoas, elas não querem fazer alguma coisa, mas elas têm de fazê-lo, porque estão habituadas. Muitas pessoas Me disseram: “Nós queremos abandonar isto, não conseguimos.” Uma vez que você alcançou seu Espírito, você obteve o poder com o qual… você pode superar todas as tentações, não somente as tentações, também todas as diferenciações que você sempre faz: “Isto é isto, isto é aquilo.” Mas vocês se integram, se integram entres vocês mesmos, se integram entre estados diferentes, se integram entre países diferentes. Todo o Cosmos parece estar integrado, entrelaçado e governado pelas Leis Divinas. Essa integração lhes dá uma completa compreensão da Sahaja Yoga, mentalmente, emocionalmente… e espiritualmente. Não é através de algum tipo de lavagem cerebral… ou bombardeio, mas simplesmente através da luz do Espírito, você tem visto a verdade e você a tem compreendido.

Você também tem muitos poderes. Você não quer se esforçar, esse é um outro ponto totalmente diferente, mas apenas tente. Uma única palavra de oração sua é muito mais poderosa… do que centenas de orações dessas pessoas. Um único pedido é muito mais poderoso… do que milhares desses pedidos. Você nunca tentou isso, tente, você é extremamente poderoso, seja o que for que você deseje, funciona. Você tem outros poderes de dar a Realização, também de curar, você tem muitos poderes, mas na maioria das vezes você trará alguém para Mim para ser curado. Não, não, não há nenhuma necessidade. Foi lhe dado todos os poderes, você tem todos os poderes, use-os. Não fique com medo, use esses poderes, e você ficará impressionado ao ver como esses poderes funcionam, e o quanto que… você se torna cada vez mais embutido em sua fé, em seu Si. É claro, há Sahaja Yogis que foram colocados no trono, mas ainda ficam mendigando, o que você pode fazer em relação a isso?

Vocês são tão poderosos no coletivo e também individualmente. Seja o que for que vocês queiram, vocês podem ter. Eu sou sem desejos, porque o Divino, o Poder Divino está trabalhando tudo para Mim, Eu não tenho de desejar, Ele sabe. Eu não desejo nada, mas vocês têm de desejar, vocês têm de orar, vocês têm de pedir. E quanto mais amplo você se torna, suas orações serão mais amplas, para um mundo mais amplo, uma visão mais ampla, não limitada a seus filhos, não limitada à sua família, não limitada a um único lugar, mas você cobrirá áreas ilimitadas. Assim, nós temos de nos tornar muito conscientes e alertas… em relação a seja o que for que esteja acontecendo no mundo, colocar nossa atenção lá. Nós tentamos descobrir o que está errado com isso… e o que está errado com aquilo. Nós não ficamos só preocupados com um minúsculo ashram, mas ficamos preocupados com o mundo inteiro para descobrir… o que está errado, o que nós podemos fazer, o que nós podemos desejar, porque se nós temos o poder e se nós podemos operar o Poder Divino, então por que não pormos isso em prática nós mesmos? Nós podemos. Assim, sua atenção pode ir a qualquer lugar.

Ela pode ir para Nicarágua. Ela pode ir para Israel, ela pode ir para Saddam Hussein, ir a qualquer lugar que você queira trbalhar. Ela se move, ela é móvel, ela é universal. Apenas comece a expandir seu coração, sua mente e sua atenção. Sua fé em Mim, Eu deve dizer, é grande. Eu Mesma fico surpresa com isso. Eu sou bastante camuflada. Não é fácil Me entender, Eu não entendo a Mim mesma. Por uma lado, é claro, Eu sou Divina, sem dúvida; por outro lado, Eu sou muito humana. Mesmo em um filme, se Eu ver alguém sofrendo, Eu começo a chorar, não posso suportar.

Eu não consigo curar as crianças, porque Eu não posso ver os sofrimentos delas. É um outro aspecto Meu. Eu fiz de Mim Mesma extremamente humana. E esta Minha Divindade também é somente sahaja. Eu não fiz nada, Eu tenho sido assim e Eu sou assim, Eu não alcancei nada. Se Eu alcancei alguma coisa, foi a compreensão dos seres humanos, porque Eu sempre achei que todas essas Encarnações… e todos esses profetas nunca compreenderam os seres humanos. Eles nunca souberam que os seres humanos não são pessoas… iluminadas e não adianta falar com eles dessas coisas grandiosas, é tudo um desperdício. É como uma pessoa cega, você lhe explica todas as cores e a beleza do palco. E assim, esta realização humana, Eu devo dizer, que Eu tive, é tão bela. Agora Eu compreendo o que é a alegria da bhakti, o que é a alegria do gnyana, o que é a alegria do karma, porque uma pessoa que não faz nada, que é Nishkriya, uma pessoa que não tem nenhuma bhakti… e que não tem nenhum gnyana… está simplesmente desperta completamente.

Eu tive de Me preencher com todas essas coisas, pois Eu tenho de conhecer o gnyana, não o gnyana do Divino, porque, afinal de contas, isso não é difícil, porque se Eu sou aquilo, Eu sei aquilo, mas o gnyana dos seres humanos. Os problemas dos seres humanos, Eu tive de estudar por anos os seres humanos para realizar isso. Mas uma vez que isso funcionou, isto é o que é dito: há Divindade em vocês, que começou a se expressar, e luzes divinas tão belas estão sentadas diante de Mim. Eu abençoo todos vocês de Meu coração, onde reside o Shiva, o Sadashiva, e Sadashiva os abençoa. Ele é uma personalidade inocente, totalmente inocente. Ele é Aquele que está além de qualquer apego, totalmente além de qualquer apego. Ele é Aquele que está observando, observando todos vocês com tamanha admiração. A alegria Dele não conhece limites, ela é enorme, como se Ele estivesse dançando com alegria. É um grande dia para nós celebrarmos este Puja a Shiva aqui. Eu espero que todos vocês respeitem o Princípio de Shiva dentro de vocês, isso é o mais importante.

E cuidem de suas vibrações, que pulsam em seu ser, porque o Espírito despertou em sua atenção, em seu sistema nervoso central. Essa é a coisa mais importante que vocês têm de fazer. O resto disso é sahaja. O resto disso é totalmente sahaja. Que Deus abençoe todos vocês.