Puja de Páscoa, Você tem de crescer e assumir a responsabilidade

(Itália)

Feedback
Share

Puja de Páscoa, Você tem de crescer e assumir a responsabilidade, 19-04-1992

Hoje é um grande dia para todos nós regozijarmos… e desfrutarmos essa Ressurreição de Cristo.

A Ressurreição de Cristo aconteceu para abrir o nosso Agnya, porque, como vocês sabem, este era um centro muito sutil, muito complicado. As idéias que as pessoas tinham… provenientes de seus condicionamentos e do ego delas… estavam obstruindo tanto o Agnya Chakra, que teria sido impossível a Kundalini passar através dele. Então, toda a dramatização da Ressurreição aconteceu… e como Cristo era somente Chaitanya, Ele ressuscitou da assim chamada morte. Nessa morte de Cristo, nós temos também de compreender… que alcançamos a nossa ressurreição. Nós alcançamos a nossa ressurreição. Também, o que quer que fosse suposto ser o passado morreu, está acabado agora. Então, este arrependimento que temos, os condicionamentos que temos estão mortos. Mas, ainda é muito surpreendente que entre as nações cristãs, o ego não diminuiu como deveria, talvez porque Cristo nunca foi venerado da maneira correta. O ego no Ocidente foi, sem dúvida, tão dominante… que ninguém conseguiu ver o que eles estão fazendo… e até onde eles estão indo. Desnecessariamente, eles estão se arrependendo de algo que é improvável.

Mas o arrependimento estava destinado ao nosso ego. É muito chocante, algumas vezes, quando você vê como as nações cristãs invadiram outros países, aniquilaram, acabaram e destruíram completamente raças e mais raças. Eles eram cristãos, seguidores de Cristo levando a Bíblia em suas mãos. Vocês podem imaginar? Coisas tão horríveis, esses assim chamados cristãos fizeram em nome de Cristo. Por que isto? Nós temos de compreender que este ego atuou tanto… nos países ocidentais ou nos países onde eles seguiram o Cristianismo. Em todo lugar, se eles são cristãos, são extremamente agressivos, extremamente violentos… e pensam que o mundo inteiro pertence a eles. Até mesmo Hitler acreditava na religião católica. Esse grande sacrifício de Cristo nunca lhes ensinou nenhuma lição.

Como se estivesse apagado da memória, como se não tivesse nenhum significado para eles, não transmitisse nada para eles. E eles se tornaram muito violentos. Não apenas isso, mas eles pensaram que tinham o direito… de governar o mundo todo, saquear e destruir todo mundo. Por quê? Porque eles eram cristãos. Que contraste com a vida de Cristo… que ressuscitou da assim chamada morte. Mas o ego ainda permaneceu, não apenas isso, como cresceu, cresceu a tal extensão, que hoje vemos que os cristãos… perderam completamente o seu senso de maryadas, completamente. A maneira como as igrejas católicas estão se comportando é chocante. Não restou nenhum tipo de moralidade nelas. Elas não têm respeito pela lei, nenhum respeito por Deus, nenhum respeito também pela castidade, que era o ponto principal de Cristo, a principal guna de Cristo.

Isso Me chocou quando Eu era uma criança, porque Eu vi. Eu nasci numa família cristã e descobri que os cristãos na Índia… eram as pessoas mais dogmáticas, mais dominadoras. E isso Me surpreendeu. Como puderam não dar o devido valor a Cristo? E por que eles estão usando o Seu nome para dominar os outros? Infelizmente, naquele tempo, os britânicos estavam nos governando. Os britânicos também manipularam tudo de tal maneira… que os indianos acreditavam que Cristo havia nascido na Inglaterra. Eles se vestiam como os ingleses, se autodenominavam sahabs. Eles se comportavam de uma maneira muito arrogante… e ocupavam posições no governo. Eles se aliaram ao governo.

Não tinham nenhuma lealdade aos indianos. Mesmo quando Meu pai foi preso, eles nos expulsaram da comunidade cristã. Eles Me expulsaram da escola quando Eu era apenas uma garota… de seis ou sete anos de idade, porque Meu pai era um congressista. Então, esse lado do cristianismo, até então ninguém havia visto, Eu pessoalmente acho… que todas as nações cristãs têm sido extremamente cruéis, extremamente dominadoras e elas estão hoje no comando dos negócios. Esse ego sutil, que uma vez foi uma qualidade inerente aos monarcas, agora, nos países democráticos, tem se tornado disponível a todas… as pessoas comuns e todos esses países estão cheios de destruição. Não apenas os europeus fizeram isso, mas mesmo os americanos são extremamente dominadores, extremamente egoístas, a tal ponto que eles são idiotas. Imaginem, eles seguem Cristo, que era a sabedoria, a fonte da sabedoria, e Seus discípulos serem tão estúpidos e idiotas… não pode ser explicado. Por que aconteceu assim? Então, nós temos de observar a história da religião do Cristianismo. Como vocês sabem, havia Pedro.

Pedro era uma pessoa muito egoísta e certa vez, Cristo disse: “Você é Satã.” Ele disse claramente e também disse: “Você Me negará três vezes”. Essa foi a época em que Paulo surgiu… e ele pensou: “É uma oportunidade muito boa de controlar alguém…” “que fosse uma pessoa fraca, que fosse satânico…” “que fosse, de algum modo, anti-Cristo.” E ele encontrou Pedro. Sendo Paulo um grande burocrata, ele o envolveu, o controlou… e o aceitou em sua própria confiança e disse a Pedro: “Alie-se a mim, então eu farei de você a pessoa mais importante”. E depois Paulo disse a todos os outros discípulos: “Vocês não são tão instruídos, eu sou um homem muito instruído…” “e sei o que escrever e o que não escrever, então não deveríamos… ” “escrever todas as coisas que vocês escreveram,” “vocês deveriam cortá-las”. Esse sujeito sinistro, Paulo, editou a Bíblia. Ele editou a Bíblia. Todo o trabalho de Cristo… foi parar nas mãos desse demônio. Ele começou a editá-la.

E quando ele editou, se você lê-lo, você se surpreenderá, está cheio de ego. O que ele organizou estava cheio de ego, o que quer que ele escreveu, sem dúvida. Mas, ele cortou muitas coisas que deveriam estar lá. Cristo deve ter mencionado sobre a Kundalini, Eu estou certa disso. Mas nem uma palavra sobre todas essas coisas, ele evitou isso, embora você ter de nascer novamente, todas essas coisas que Cristo disse, Mateus insistiu. Mas, ele combateu Mateus… e não conseguia aceitar a Imaculada Concepção. Como Paulo não tinha nenhuma idéia sobre a Verdade, sobre a realidade, sobre os milagres que existem com a Divindade, então ele negou. Mas Mateus ainda manteve o seu próprio evangelho. Mas João fugiu. Ele iniciou o seu próprio estilo, cujos seguidores são chamados de gnósticos.

Os outros discípulos, com exceção de Tomás, foram embora. Então ele editou o evangelho de Lucas e de Mateus… e com grande luta, eles conseguiram preservar… algumas coisas originais intactas. Então esse demônio entrou na disputa de uma grande religião… como o Cristianismo… e tudo virou de cabeça para baixo. E é dessa forma que a Bíblia, que eles usam agora como autoridade, tem essas palavras que fazem com que as pessoas comecem… a pensar que não há limites para elas. A primeira delas, sugere que se vocês se tornarem… membros de uma igreja, vocês são os escolhidos. Mas, primeiramente, Paulo viu que deveria estar escrito que Pedro… fundaria essa igreja e que ele teria a chave e que Cristo disse isso. E o colocou sobre uma pedra e ele daria início a Igreja. Impossível. Coloquem-Me no lugar de Cristo. Eu pediria ao homem mais fraco para fazer tal coisa?

Eu nomearia uma única pessoa para cuidar de tudo? Essa parte da Bíblia é totalmente uma blasfêmia. E foi dessa forma que, uma vez que ele colocou isso lá, Pedro envolveu-se em seu próprio ego, achando que não havia limite para si mesmo. Isso foi apenas a manipulação… e o controle de tudo. Tudo isso foi feito com seu intelecto burocrático. Mas, Pedro atuou nisso, porque ele era um discípulo muito fraco de Cristo. Como vocês sabem, na Sahaja Yoga, também nós temos… realmente doze tipos de Sahaja Yogis. E alguns deles são muito fracos. Eles são fracos porque têm muito ego. Eles não conseguem continuar com ninguém; eles irão gritar com as pessoas; eles perturbam os outros; eles pensam que não há limite para eles mesmos; eles são sempre agressivos; eles não conseguem ser coletivos; eles nunca demonstram amor uns pelos outros.

Então, existem esses tipos de Sahaja Yogis que estão, um por um, mostrando suas facetas. Mas alguns deles estão aprendendo e compreendendo… que isso é algo errado e que não deveria ser assim. Cristo mal teve três anos e meio para realizar tudo isso. Mas, Eu não sabia que desses doze discípulos, um seria uma pessoa tão sinistra – é claro que um deles fez com que Cristo fosse preso, também – Mas este Pedro conseguia ser uma pessoa tão horrível… que para sua própria glória e por seu próprio interesse pessoal, colocaria essas palavras na Bíblia e teria uma grande autoridade. Isso aconteceu também com Maomé. Primeiramente, Maomé disse que haveria um tempo de ressurreição. Isso significa que Ele falou do futuro. Então, como Ele poderia ser o último? Se Ele fosse o último, então como vocês estão tendo a ressurreição? Mas o selo (seal) do profeta não significa: “Está selado agora, nenhum outro profeta pode vir.”

Significa “selo”, um tipo de marca, vocês podem assim chamá-lo. Ele era o Adi Guru, então chamou a Si mesmo: “Eu sou o Selo”. Ele não disse: “Eu selei”. Mas pessoas desonestas tiram vantagem dessas pequenas palavras… e começam a usá-las para seus próprios propósitos, porque são muito egocêntricas. Então, outro tipo de Sahaja Yogi é extremamente egocêntrico. Alguns deles são muito egocêntricos no sentido de que… eles conhecem suas próprias esposas, seus filhos, sua casa e isso e aquilo. Para eles, é muito importante estarem ocupados com seus filhos. Vocês ficariam espantados ao saber que algumas pessoas que vieram… a Mumbai com seus filhos não foram ao Puja em Delhi. Que tipo de Sahaja Yogis eles são? Portanto, existe este tipo de Sahaja Yogi, que está mais preocupado com seus filhos do que com a Sahaja Yoga, mais com a própria emancipação deles, preocupados com suas famílias, afazeres domésticos.

Algumas mulheres são muito boas nisso. Elas tentam afastar seus maridos dos ashrams. Elas tentam encontrar desculpas para saírem da coletividade. Vocês são julgados o tempo todo e julgue-se, claramente. Agora, não pense nos outros quando Eu estou dizendo isso, mas coloque isso para si mesmo. Vocês devem saber que Cristo foi crucificado. E quem os crucificou? Eles não foram crucificados pelos judeus, é uma idéia errada. Como todos os judeus, que eram exatamente como escravos, poderiam ter crucificado Cristo? Foi o Império Romano que, naquela época, queria crucificá-Lo, porque acharam que Ele estava se tornando muito poderoso.

Por favor sente-se. E quando eles tentaram crucificá-Lo, eles nem sequer pensaram que… Cristo seria crucificado porque os judeus queriam. A culpa foi colocada nos judeus, somente para evitar que a culpa recaísse sobre os governantes. E os governantes sempre podem fazer algo assim, como crucificar alguém e colocar a culpa em qualquer um. Então, os cristãos, os primeiros cristãos eram, em sua maioria, judeus. O próprio Cristo era judeu. Então, dizer que os judeus crucificaram Cristo, como poderia ser? Então a culpa foi colocada nos judeus… e assim os cristãos pensaram que tinham todo o direito de odiar os judeus, porque Cristo foi crucificado pelos judeus. Essa é outra idéia que foi elaborada através do Sr. Paulo, porque ele não queria que nenhuma culpa fosse colocada… na administração romana. Então Pilatos lavou suas mãos.

Ele lavou suas mãos e isso é muito significativo, ele lavou suas mãos. Então, ele fez isso, não com a sua autoridade, mas com a autoridade dos judeus. Esse drama foi encenado. E depois, todos os cristãos estavam ocupados odiando os judeus… e pensando que eles tinham crucificado Cristo. Quero dizer, imaginem isso aconteceu há milhares de anos atrás. E há milhares de anos, alguém crucificou alguém, por isso eles são odiados. Quero dizer, dessa maneira, toda a raça branca deveria ser odiada… por muitas gerações, se esse for o critério, porque eles não crucificaram somente um homem. Eles crucificaram milhões e milhões. Nós vamos culpar seus filhos e os filhos dos seus filhos? Portanto, este é o terceiro tipo de Sahaja Yogi que temos, que tentam culpar uma outra pessoa o tempo todo não a si mesmos.

Pessoas assim, quando elas começam a culpar os outros, nunca conseguem melhorar. elas deveriam fazer introspecção. Está faltando muita introspecção nos países ocidentais, exceto na Rússia. Porque não há saída. Não está escrito em nunhum lugar que você deve fazer autointrospecção. A única coisa dita é que se vocês forem a alguma igreja… e se confessarem para um padre surdo e burro, vocês estão salvos. Então, ninguém faz introspecção. Vamos encarar isso nós mesmos. Nós fazemos introspecção ou não? Ou somos este tipo de pessoas, Sahaja Yogis que não são… muito egocêntricos, mas são cheios de opniões pessoais… e que se autoglorificam?

Não querem descobrir o que está errado com eles. Agora, nós temos o outro tipo, o quarto tipo, que é muito interessante de observar. Eles estão venerando Mataji em casa, mas não podem vir para o coletivo. Não, eles não podem, porque é um pouco distante. Mas se tiverem de ir para encontrar seus filhos, percorrerão vários quilômetros. Se eles tiverem que fazer algo pelas suas famílias, o farão. Não somente isso, mas suponhamos que eles tenham… que fazer algum negócio, eles irão viajar. Na Sahaja Yoga não é pedido que ninguém abandone… seus empregos, que abandone suas vidas, seus estilos de vida, nada desse tipo, mas a prioridade deve ser observada. Eles estão muito ocupados com seus trabalhos, com seus ganhos, com o que quer que estejam fazendo… e eles estão apenas atrás de fazer um nome, trabalhar duro, fazer trabalhos artísticos ou, talvez, trabalhos criativos. Eles estão muito ocupados, eles não têm tempo para eles mesmos, não têm tempo para Deus.

Esse tipo de pessoa também diz: “Oh! Nós veneramos a Mãe.” “Antes do nosso trabalho criativo, nós nos inclinamos à Mãe,” “recebemos ajuda Dela e queremos toda a Sua proteção…” “para o nosso trabalho, para a nossa criatividade”. E há alguns Sahaja Yogis que ainda pensam que… o dinheiro é muito importante, ainda pensam, ele não é. Na Sahaja Yoga, nós obtemos dinheiro sempre que queremos. Alguns deles dizem: “Eu estou começando um negócio,” “porque eu quero dar 0,001% para a Sahaja Yoga”. E se você diz: “Por que você está dando?” “É tudo Seu, Mãe, 0,001% é tudo Seu.” “É tudo Seu. Afinal de contas, o que estamos fazendo?” “É tudo Seu.”

Este tipo de atitude surge quando você acha que… o dinheiro é muito importante. O dinheiro é muito importante para essas pessoas… que não conseguem ver Deus além disso, que não conseguem ver o benefício mais sutil desse dinheiro. Elas calculam cada centavo, meticulosamente. Eles não querem que o seu dinheiro ganho com dificuldade… seja “desperdiçado” com sua espiritualidade. Ou nós temos pessoas que não compram um livro da Sahaja Yoga. Não comprariam uma fita, eles a copiam, poupando algumas libras ou dólares. Não comprariam algo que é necessário. Não comprariam uma fotografia, mas eles pediriam para alguém… fazer uma cópia a partir daquela fotografia e, assim, poderiam tê-la. Não que seja necessário gastar, mas é a atitude da mente. Se você puder poupar algum dinheiro, muito bom.

Se você puder poupar algum tempo, muito bom. Mas, que esse tempo que é poupado é para a Sahaja Yoga, isso eles raramente compreendem. Eu estava lendo sobre a religião Budista… e fiquei surpresa com quantos “nãos” existem, que se Eu colocasse apenas um para os Sahaja Yogis, todos vocês sairiam correndo. Primeiro, você não pode ter nenhum lucro, nenhum lucro. Você não pode comprar nenhuma terra. Você só pode comer o seu alimento uma vez por dia. Você tem de ser totalmente vegetariano. Você não pode matar ninguém. Quero dizer, talvez você mate… seres humanos, isso não está escrito. Mas não pode matar nenhum animal, não pode matar nenhum peixe, você não pode matar nem mesmo um mosquito.

Então, esse tipo de religião existe, sobre a qual dizem que Buddha falou. Eu não creio que Buddha tenha dito isso. Então, todas essas pessoas, os seguidores de todas… essas grandes Encarnações, têm feito tantas coisas erradas às pessoas… que trouxeram belas religiões para nós. E é por causa disso… que estamos completamente desviados do caminho da Verdade. Portanto, aqueles que são realmente honestos… e querem dedicar-se ao caminho da Verdade têm de, a todo momento, fazer introspecção e descobrir dentro de si mesmos: “Até que ponto estamos na Verdade.” Então, agora, nós temos, também, um outro tipo de Sahaja Yogi, que são, Eu diria, mais do tipo que gostam de festas, de se agruparem, porque nós temos um sentimento de pertencer, “Nós devemos pertencer a algo.” “Nós devemos pertencer a este grupo ou àquele grupo, àquele outro grupo.” Ou vocês vão para o Cristianismo ou para o Judaísmo…. ou para o Islã e outros para a política. Digamos, na Inglaterra, eles lhe farão uma pergunta: “qual é a sua ideologia político?” Perguntaram-Me qual é a Minha ideologia política.

Eu não conseguia entender essa pergunta. Todo mundo deve ter um rótulo de um grupo político. Eu disse: “O que você quer dizer com isso?” Ele disse: “A Senhora é comunista?” “Não, Eu não sou.” “É conservadora?” “Não, não” “É socialista?” “Não, não sou.” “Então, o que a Senhora é?” “Eu sou um ser humano.”

Eles não conseguiam entender que Eu fosse apenas um ser humano, sem nenhuma política na Minha cabeça. Portanto, existe a idéia de pertencer, “Eu devo pertencer a este culto…” “ou a esta seita ou a estas assim chamadas religiões”. Assim você começa a se envolver em todos os tipos de condicionamentos, todos os tipos de regras e regulamentos… e coisas e você começa a se amarrar e fica muito feliz, muito feliz. Você pergunta a adeptos de algumas seitas: “Por que vocês raspam completamente suas cabeças?” “Oh! Em nossa religião devemos ter a cabeça completamente raspada.” “O que é isso?” Ou algo assim, estúpido. Como, por exemplo, você deve ter barba ou deve ter bigodes. Algum tipo de ter um grupo seleto, não compreendendo que a realidade é cheia de variedades.

Tem de haver diversidade. É dessa maneira que é estético e saundarya (belo). Se você não tiver variedade, como você pode ter uma personalidade? Como pode uma pessoa, que é limitada… por essas idéias sem sentido externas, ser uma pessoa que tem personalidade? Se a religião não pode dar-lhe uma personalidade, é melhor aboli-la. Ela lhes dá uma personalidade interior… também uma personalidade exterior. E essa personalidade, quando você começa a desfrutá-la, somente então se poderia dizer que você é um Sahaja Yogi, onde não lhe é dito para não roubar, não bater em ninguém, não ser agressivo com ninguém, não ser egoísta, nunca foi dito algo assim. Mas, é uma personalidade que observa a si mesma. Porém, normalmente as pessoas observam os outros e não a si mesmas. Este também é um outro problema no Ocidente, que você observa os outros e nunca observa a si mesmo.

Mas, tudo isso continua ocorrendo, até que nós realmente nos tornamos escravos… das nossas próprias idéias sobre personalidade… e nós começamos a projetar essa personalidade… através do nosso ego e tentamos mostrar que somos muito especial. A Sahaja Yoga é exatamente o oposto, tentem compreender isso. é muito claro. Todos nós somos uma personalidade. Todos vocês são pessoas, todos vocês são santos… e devem ser respeitados como santos. Nós não precisamos ter o mesmo tipo de personalidade. Todos devem ter, quero dizer, tem de haver diferentes… estilos de falar, estilos de comunicar as coisas, estilos de expressão do Amor Divino. Então, nós não formamos um tipo de “batalhão ” de pessoas, porque nós somos livres. Nós somos totalmente livres, porque nós temos a luz. Nós sabemos até onde nós temos de ir, qual é o caminho correto… que temos de seguir.

Imediatamente você sabe o que é correto. Se essa luz está lá, belamente iluminando o seu interior, você não tem de Me perguntar, nem perguntar a ninguém. Quando pessoas assim se elevam, compreendem que a Sahaja Yoga é completa liberdade. Mas, essa completa liberdade existe, porque vocês têm a luz. Sem a luz, a liberdade é um absurdo, não tem nenhum sentido. Vocês ferem todo mundo, vocês perturbam todo mundo, torturam todo mundo. Mas com a luz, primeiramente uma grande coisa acontece para nós, que as religiões que eram pregadas por esses… grandes Profetas e Encarnações, simplesmente tornam-se parte integrante de nós mesmos. Mas, eis o que acontece, os japoneses dirão: “Nós somos budistas”, e matam quantas pessoas eles quiserem. Ou os cristãos, como Eu disse, são exatamente o oposto do que são. Então, você realmente se torna um verdadeiro cristão, um autêntico muçulmano e um verdadeiro hindu.

E, em seguida, você compreende que todas as religiões são realmente como… uma parte do oceano… e você não se identifica mais com nenhuma delas em particular, mas você apenas mergulha no oceano da religião… e você é, de certo modo, uma verdadeira personalidade religiosa. Eu não tenho de lhes falar sobre a sua moralidade. Vocês apenas observam como se desligaram… de todas essas coisas erradas que estavam fazendo. Muitos escreviam para Mim também, mas Eu nunca li suas cartas. Então, Eu simplesmente queimava todas elas. Eu não quero saber sobre isso. Vocês são pessoas livres. Nessa liberdade, vocês percebem que incorporaram todas essas religiões. Antes da Realização, ninguém, ninguém pode ser religioso. Eles podem se declarar, podem ter um rótulo, eles podem dizer algo, mas isso tudo é externo.

Não apenas isso, mas eles são exatamente o oposto da religião… que estão professando. Exatamente o oposto. E eles desviam-se, não apenas isso, eles poluem a base da religião. E a base da religião é a ascensão. Se a religião não puder dar-lhes o equilíbrio para ascender, é melhor não ter religião. Os ateus são melhores, como os russos, que não têm religião, que preocupam-se apenas com sua ascensão. Talvez tenha sido por isso que Cristo e Mahavira… não quiseram falar sobre Deus. Então, temos pessoas que têm a luz… e se preocupam com a sua própria luz… e querem que esta luz esteja lá, o tempo todo, iluminando. E essa luz não somente deveria iluminá-los, mas também os outros e eles trabalham. Eles assumem a responsabilidade por isso, de certo modo.

Eles não se sentam em uma floresta, meditando. Não, vocês têm de trabalhar. Vocês têm de trabalhar neste mundo. Vocês têm de fazer a Sahaja Yoga funcionar para os outros. Vocês têm de lhes dar esse belo sentimento de unidade com o Divino. Vocês têm de desfrutar tudo isso. A Sahaja Yoga não é apenas para a sua própria satisfação, como se fossem uns bêbados sentados e bebendo juntos. É para encher as suas taças para ser dada aos outros, para muitos outros que estão lá. Então, eles assumem essa responsabilidade… e a base é a Verdade que eles conhecem. Eles não pensam que eles são uma responsabilidade da Sahaja Yoga.

Eles não vêm a Mim por pequenas coisas. “Como posso fazer crescer cabelo na careca do meu pai?” Esse tipo de pergunta sem sentido. Escrevem para Mim fazendo perguntas tolas como essa. Eu fico perplexa. O que eles pensam a que a Sahaja Yoga se destina? Um salão de beleza ou o quê? A visão deles é muito diferente. É a visão deste grande universo. O grande universo que tem de ser iluminado.

Eles são parte integrante dele. E esta religião universal deve ser introduzida na vida das pessoas… através da Realização, através do despertar da Kundalini. Eles trabalham arduamente e não poupam esforços… para se certificarem que as pessoas recebam a Realização. Mas aqui também, um pouquinho desse ego sutilmente está presente. “Eu estou fazendo isso, estou fazendo aquilo”. Tantas pessoas Me perguntam: “Mãe, a Senhora viaja tanto.” “A senhora faz tanto.” “Como a Senhora consegue administrar isso com a Sua idade?” Em primeiro lugar, Eu não sei qual é a Minha idade. Eu não Me importo.

Em segundo lugar, Eu não faço nada. Se Eu não estou fazendo nada, como posso ficar cansada? Eu não estou fazendo nada, seja o que for. Tudo está funcionando. Eu apenas observo, vejo e aprecio. Então, eles também pensam: “Nós estamos fazendo este trabalho,” “estamos fazendo aquele trabalho.” E eles se tornam muito conscientes disso. Então, novamente, este senhor ego, que sutilmente ainda… está lá se agitando, novamente, torna-se grande. Essa é uma atividade anti-Cristo, sem dúvida. Então a construção da mente começa: “Este não está trabalhando, aquele está, este está,” Eles começam a criticar os outros.

Ainda observando os outros e não a si mesmos. Então, há Sahaja Yogis que não sentem dessa maneira. Eles compreendem que o Paramachaitanya está… executando tudo e trabalhando através deles. Eles são instrumentos. E, algumas vezes, é claro, se isso falha, eles começam a duvidar. “Então, como foi, Mãe, que as coisas aconteceram dessa forma?” “Se é assim, então como Gorbachev teve de se afastar?” Eu tenho de explicar porque Gorbachev… teve de deixar a política. Imaginem. Essa é a Minha responsabilidade.

“É claro, nós podemos fazer qualquer pergunta a Deus.” Isto é o que os seres humanos pensam, que eles têm o direito… de fazer qualquer pergunta a Deus, de ofendê-Lo, de dizer o que quer que eles tenham vontade para Deus, como se Ele fosse uma pessoa que tivesse assumido… responsabilidade de vocês. Então, isso ainda persiste um pouco, mesmo quando eles são muito entregues a respeito disso. Ainda existem certas dúvidas nas mentes. Mas, então, existem pessoas que não duvidam de nada. Eles compreendem que é o Paramachaitanya que está ajudando. Eles sabem que, por trás de todos esses milagres, há o Paramachaitanya. Acima de todos eles, estão aqueles que começam a perceber: “Nós adquirimos poderes,” definitivamente, e estamos conectados com o Divino. Nós temos poderes. É claro, algumas vezes eles também duvidam se realmente… temos poderes, quero dizer, Eu sei de algumas pessoas que… disseram que Eu falei: “Por que vocês não ajudam lá?”

“Porque tenho medo de que o meu ego cresça.” “Por que vocês não fazem isto?” “Porque o meu ego crescerá.” Eles estão com medo do ego, então esse ego segue muito sutilmente: “E é melhor não nos arriscarmos, não muito. Vejam, é demais.” “Vamos nos mover um pouco devagar.” “Não acredito muito que tenho poderes.” Mas existem pessoas que sabem que foram abençoadas com poderes. E esses poderes podem ser… descobertos cada vez mais dentro de você mesmo. Eles têm fé em si mesmos, eles têm fé na Sahaja Yoga… eles têm uma completa fé em Mim e neste Paramachaitanya.

E eles tranbalham, são pessoas muito simples. Eles são extremamente simples, sinceros e inocentes. Eu os tenho visto nos vilarejos. Eu tenho visto muitos deles aqui também. Há muitos desse tipo sentados aqui. Portanto, esses são os doze tipos de Sahaja Yogis que Eu descrevi. Mas, há também um tipo, aqueles que são concedidos poderes completos também. Eles descobrem os seus próprios poderes. Em sua introspecção, eles veem e estão certos disso, não há dúvidas. Este é o estado de Nirvikalpa.

Eles não têm dúvidas sobre si mesmos, sobre sua fé em Mim, sobre Me venerar, sobre receber algo de Mim. Mas sabem que Eu também os fiz grandiosos… e que vocês têm de desenvolver os seus poderes também. Não dependam somente dos poderes que Eu possuo. Não tentem apenas extrair poderes que se originam de sua Mãe, mas tentem elevar-se ao mesmo nível. Vocês podem. Eu não poderia dizer quantos conseguirão, mas tentem. E para isso, a primeira e principal coisa, a primeira e mais importante coisa é a completa humildade. É claro, que se vocês são entregues a Mim, então são humildes. Maomé falou sobre a entrega. Eu disse: “Entregue a si mesmo ao seu próprio Si.”

Se seu Si é o Espírito, por que não entregar-se ao seu Si? Mas faça esse Si brilhar. Apenas torne-se um com essa Luz. Toda a vida deveria ser uma Luz. Luz do Amor, Luz da Divindade, Luz da Beleza. Então, vocês têm de trabalhar isso através da introspecção. Vocês adquiriram todos esses poderes dentro de si mesmos. Vocês têm tantos poderes. É claro que depender da Mãe é algo agradável. Mas agora cresçam.

Vocês têm de crescer. Vocês têm de crescer… e assumir a responsabilidade sem se sentirem responsáveis. A personalidade deveria ser assim. Eu espero que possamos ir além de todos os outros discípulos. A menos e até que façamos isso, pode ser que, possivelmente, Eu não sei, talvez afundemos a Sahaja Yoga em um outro oceano de absurdos. Então, também temos de desenvolver nossas personalidades… através da nossa introspecção, através do nosso entendimento, através das nossas provas da Realidade. Eu sinto muito por ter de lhes falar sobre essas coisas, mas Eu não tive outra oportunidade de falar sobre isso, exceto hoje, de como os discípulos de Cristo… foram enganados por Pedro, Paulo e companhia. Eu, às vezes, penso a respeito dos seres humanos, como eles são, como eles são espertos e astutos e como eles podem tentar… derrubar a Sahaja Yoga, que é tão importante hoje. Hoje é o dia da nossa ressurreição. Temos de passar através desses doze estágios para alcançar… o estado mais elevado e eles o chamam de décimo quarto estágio, que é o mais elevado, onde você é apenas um instrumento, totalmente insensível a respeito de quem você é, fazendo o jogo do Paramachaitanya.

Hoje é um dia muito auspicioso. Isto foi o que Cristo fez. Ele aceitou a Sua crucificação, porque Ele tinha que representar aquele papel. E foi uma coisa terrível. Mas quando Ele estava carregando a cruz, eles estavam preocupados com Ele, mas Ele disse: “Não se preocupem Comigo. É melhor que se preocupem consigo mesmos.” Apesar de toda essa mutilação da Bíblia, muitas verdades ainda estão lá. Portanto, não devemos odiar ninguém, porque eles crucificaram Cristo, isso é o que eles dizem. Mas odiar esse tipo de autoritadade, se ela vier a nós, não deveríamos tentar crucificar os outros. Mas o ego sutil que trabalha começa de uma maneira muito estranha… e na coletividade, ele começa a aparecer.

Tentem reduzi-lo, tentem reduzi-lo. E vocês se surpreenderão ao ver que tão logo… esse “eu-ismo” esteja acabado, todos os poderes começarão a surgir. É como uma flauta que se tornou oca interiormente. Se existir qualquer obstrução, ela não pode tocar. Então, todas essas idéias que nós temos, todos esses condicionamentos que temos, dos quais o pior de todos é este assim chamado ego: “Eu estou fazendo isso”, deveria ir embora. Porque você nunca pode desfrutar, se você pensar desse modo. Você não pode desfrutar o seu trabalho… e você realmente não pode pular dentro do oceano de alegria, enquanto você estiver ciente de que: “Eu estou fazendo isso”. Então também há certas questões sobre a escola que eles têm perguntado, mas Eu já disse que esta é uma enorme tarefa, conduzir uma escola, e nós descobrimos que as crianças ocidentais… possuem um sistema imunológico muito fraco, muito fraco. Talvez tenha sido dado a elas antibióticos… ou certos tipos de comida, talvez comida enlatada… ou alguns tipos de coisas protegidas. Eu nao sei por quê.

Ou talvez elas viram muitas dessas histórias de fantasmas ou, talvez, filmes ou algo assim, de modo que… seu sistema imunológico ficasse muito, muito fraco. E com as coisas mais insignificantes, elas se bloqueiam. Se alguma coisa está errada com outra pessoa, elas se bloqueiam com isso. Essa é uma nova descoberta que fizemos. Eu acho também que com o calor os seus cérebros começam a ferver, porque elas já estão em uma viagem do ego. Portanto, nós decidimos transferi-las de Vashi para Dharamshala. Em Dharamshala, vocês ficarão surpresos, um Yogi doou quatro hectares de terra. Eu também doei algumas terras. Muito dinheiro também tem sido doado pelos indianos… e nós vamos desenvolver uma escola. Não se preocupem com isso, com que tipo de escola teremos, o que iremos fazer lá.

Vocês têm de deixar as coisas para nós. Esta é uma coisa. Adequadamente, porque elas tinham a escola em dezembro, isso não foi decidido. Foi descoberto quando o mês de abril começou, as crianças começaram a adoecer. Com um pouquinho de poeira, elas começavam a tossir, tossir, tossir. Tinham alergias de todos os tipos. Então, nós decidimos deixá-las ficar num lugar mais frio, portanto elas ficarão em Dharamshala… e deixem que elas fiquem lá. Agora, todos os pais têm de saber uma coisa: se eles querem que seus filhos cresçam apropriadamente, eles têm de deixar que a escola cuide deles. Vocês não irão interferir nisso. É claro, porque de acordo com o primeiro plano, haveria três meses de férias no verão e elas iriam para Dharamshala.

Mas, agora, como elas estão estudando no mesmo curso, não há férias para elas e a escola começou. Então, por favor, não vão para Dharamshala. Imediatamente, os pais estão se apressando. Por favor, cancelem suas passagens. Vocês somente poderão encontrar os seus filhos em Shere, onde eles ficarão por três meses e meio. Vocês virão e ficarão lá durante o inverno. Esta é a única época que devem encontrar com seus filhos. Além da saúde, a educação deles é muito medíocre. Muitas dessas crianças, mesmo aos 8 anos de idade, não sabem escrever adequadamente. Sem dúvida, elas são crianças completamente negligenciadas, mimadas.

Então, deixem a escola cuidar delas. Elas não querem estudar, elas não têm nenhuma percepção do futuro. Elas não têm nenhuma percepção de porque elas estão nesta Terra. Portanto, deixem que eles lidem com elas. Por favor, alguns pais podem não ter ido alguma vezes, talvez, mas isso não significa que assim que vocês consigam o dinheiro…. ou façam os preparativos, vocês corram para lá. Tentem entender que vocês não deveriam perturbar a disciplina da… escola e a disciplina das crianças. Porque se um pai vier ou dois pais vierem, todas as crianças começarão a se sentir mal… e a atenção delas será prejudicada. Então, a primeira coisa que temos de incorporar hoje é… a sabedoria de Cristo. Sabedoria. A sabedoria deveria dizer-lhes para deixarem as crianças.

Nós estamos nos esforçando em nosso melhor nível para… fazer o melhor por elas. Nós ainda não estamos pedindo ajuda para vocês, até agora. Nós estamos resolvendo isso. É muito surpreendente como essas crianças são muito inteligentes… e elas captam as coisas muito bem. Mas, elas não querem sentar-se em nenhum lugar. Elas querem estar lá fora o tempo todo. Elas não querem estudar. Então, nós temos de descobrir meios e métodos pelos quais… elas tenham autoestima, para que elas pensem que têm de fazer algo na vida. Primeiramente, os pais no Ocidente são conhecidos por serem…. muito negligentes com seus filhos, até matam seus filhos e tudo mais. Mas na Sahaja Yoga, eles simplesmente ficam apegados como uma cola.

Por um lado eles são deixados e eles tornam-se grudados. Toda a família fica grudada, eles não conseguem superar isso. E esse tipo de amor é a morte do amor. Então, por favor, tentem entender que estas são crianças… da Sahaja Yoga e elas estão sendo cuidadas. Tudo dará certo muito bem para elas. E tenham a sabedoria para apreciar… esse desenvolvimento de seus filhos. Se vocês tiverem quaisquer problemas com relação a isso, vocês não deveriam incomodar as pessoas lá. Toda a atenção de vocês está em seus filhos, isso é algo muito errado. Eu acho que essa pessoa não é um Sahaja Yogi, de forma alguma. Porque vocês não pensam que Deus é responsável por seus filhos.

Vocês pensam que são responsáveis, então vocês não são Sahaja Yogis, de forma alguma. Vocês amam seus próprios filhos, mas vocês não amam outras crianças. Vocês não se incomodam com os problemas delas, com a situação delas. Vamos supor que um pai ou uma mãe vá lá, então todas as outras crianças se sentirão mal. Então, por que vocês deveriam ir? Eles também enviam presentes. Algumas pessoas começam a enviar presentes, frutas enlatadas. Agora, qualquer pessoa que enviar frutas enlatadas, nós as jogaremos no mar. Chocolates. Não há necessidade de enviar nada assim.

Se tiverem que mandar algo, então enviem algo que seja bom para elas, para toda a escola. Caso contrário, simplesmente não enviem. Somente para seu filho, por favor, não enviem. Vocês são Sahaja Yogis. Vocês não são como as outras pessoas. Vocês são pessoas especiais. Então, se tiverem que enviar algo, enviem para todas as crianças, mas não chocolates… ou coisas que irão danificar o sistema imunológico delas, do jeito que está, ele já está muito mal. Vocês nunca deveriam enviar frutas enlatadas. Qualquer tipo de alimento enlatado, eles irão jogá-lo fora. E isso acabou tão mal, que tivemos de importar comida enlatada… para todas as crianças comerem.

“Não gosto disso, não comerei isso.” Portanto, se vocês realmente quiserem que seus filhos sejam… fortes, saudáveis, sábios e Sahaja Yogis sensatos, então vocês mesmos precisam ter sabedoria para serem pais. Todas elas são almas realizadas nascidas para vocês. Bênçãos especiais. Então, sejam amáveis com elas, sejam gentis com elas. A crueldade não é somente a crueldade de demonstrar raiva… para as crianças, mas também demonstrar muito amor. Também é um tipo de crueldade, porque isso fere outras crianças, também fere seu filho. Porque aquela criança começa a pensar: “Oh! Eu sou muito especial.” “Eu não preciso estudar, não preciso fazer nada.”

Portanto, dever haver uma atitude equilibrada em relação às crianças. Alguém Me disse que vocês já estão com reservas…. para irem a Dharamshala. Eu sinto muito, por favor, não vão. Elas estão se saindo bem. Elas estão sendo cuidadas. Há toda a possibilidade delas chegarem… com personalidade tão belas que vocês ficarão orgulhosos delas. Tentem entender. Tentem compreender que qualquer esforço que a Sahaja Yoga… está colocando para elas deve ser totalmente materializado. Eu espero que nenhum de vocês seja do tipo que… vai lá para perturbá-las. E quando vocês escreverem cartas, sempre devem escrever: “Eu quero que você estude muito, quero que você cresça muito bem.”

“Você é um bom Sahaja Yogi.” Dessa forma, em vez de: “Eu te amo muito.” “Eu sinto saudades de você. ” “Eu estou chorando de manhã até a noite por você.” Essa não é a maneira, isso é uma tragédia grega. Então, temos de encorajá-los… e mostrar que vocês querem que seus filhos sejam assim. Deem-lhes alguma autoestima, alguma visão deles próprios… e vocês verão que isso será muito encorajador… e os professores se sentirão muito felizes. Porque quando os professores também leem algumas cartas, eles começam a chorar. Não há necessidade de dizer todas essas coisas para seus filhos. Quero dizer, vocês são adultos.

E uma criança trouxe uma carta: “Oh! O meu pai e minha mãe estão chorando, o que eu devo fazer?” Quero dizer, ele se tornou o avô. Com todos esses acontecimentos, tem-se de aprender que… nós estamos mudando o mundo inteiro, estamos mudando… a nós mesmos e nossos filhos irão crescer para nos ajudar. É claro que nem todas as crianças podem ir, porque eles acham que é uma escola cara ou seja o que for. Nós podemos reduzir a taxa de matrícula mais tarde, não agora. Porque tantas coisas têm de ser feitas para eles. Há tantas obrigações dos professores, obrigações disto. Mas, se vocês observarem que uma vez que essas crianças… sejam educadas corretamente, isso é um experimento, então nós poderemos ser capazes de começar algumas escolas aqui, em algum lugar de uma maneira adequada, onde as crianças poderiam ser educadas apropriadamente. Mas aqui, o gasto será muito maior, isso é fato.

No ashram de Roma você tem de gastar mais do que você tem para gastar. Eles não podem evitar isso. Portanto, considerando a despesa, o gasto será o mesmo. Então vocês têm de ser razoáveis sobre isso e se for possivel, nós deveríamos tentar ter alguma escola em algum lugar. Eu não sei qual país assumirá a responsabilidade. Talvez a Rússia seria uma boa idéia. Mais barato. Deixe que haja comida primeiro, depois eles podem pensar sobre isso. Então, é um experimento e todos vocês devem tentar ajudar… todas as pessoas da escola. Agora, se houver qualquer outro problema que Eu tenha de discutir… com vocês, é melhor Me contarem.

Então, hoje estamos falando sobre a nossa ressurreição através desses… 14 planos que estão dentro de nós, um após o outro. E então, nós rompemos através de todos esses planos… e brotamos como belas flores de lótus. É para isso que a Páscoa serve. É sugestivo que ovos sejam oferecidos. São oferecidos de modo que esses ovos possam virar pássaros.

Obrigada. Que Deus os abençoe.