Guru Puja

Cabella Ligure, Nirmal Temple (Itália)


Send Feedback
Share

Guru Puja, Cabella Ligure, Itália, 19.07.1992

Ontem vocês Me pediram o status de um Guru. É um estado, não é um status, porque status é externo, pode ser conferido a qualquer pessoa e e qualquer um pode dizer que “esse é o seu status”. Por algo externo, por mérito ou por qualquer coisa, você pode conceder status a uma pessoa. É um estado. Estado significa o ser inato, evoluído para este nível no qual você se torna o mestre. É claro que você tem de ser seu próprio mestre, antes de mais nada, não há dúvida sobre isso. Se você não é nem mesmo o seu próprio mestre, então como você pode alcançar esse estado? Agora, como Eu digo, isso é inato. Então alguém começa a pensar: “Se isso é inato na maneira Sahaja, como nós atingimos isso?” Existem certas habilidades que nós temos de desenvolver antes de tudo. A primeira habilidade é se você consegue se tornar sem pensamentos.

Em meditação, você consegue se tornar sem pensamentos… por um curto período de tempo. Gradualmente, esse curto período de tempo deve continuar… aumentando de modo que você fique sem nenhum pensamento. Isso também acontece, assim nós podemos dizer que é um estado. Mas como nós atingimos isso novamente? Porque os seres humanos não conseguem compreender… que qualquer coisa possa acontecer espontaneamente, tem de ser feito de alguma forma, algo tem de ser feito. Para isso, na Sahaja nós temos algo muito, muito simples, que vocês obtiveram um mantra a Nirvichara. Então agora observem qualquer coisa recitando o mantra Om Twameva Sakshat Shri Nirvichara. Então você começará a perceber aquilo, a testemunhar aquilo sem pensar. Apenas observe, testemunhe. Apenas observar, por si só… cria esse estado em nós, o primeiro estado.

É muito importante que você se torne a testemunha, sakshi. Assim que você se torne o sakshi, a coisa toda, seja o que for que você esteja vendo… lhe dá uma idéia completa, tanto do aspecto sutil como do grosseiro daquilo. Você vê aquilo e conhece. E como um Sahaja Yogi, isso se torna o seu conhecimento. Nós podemos dizer na terminologia moderna… que quando você vê alguma coisa, fica registrado na sua mente… e manisfesta alegria, manisfesta conhecimento, manifesta compaixão, qualquer que seja a situação, porque agora você tem muitas dimensões as quais você tem de desenvolver. Essas dimensões devem ser desenvolvidas. Agora, vamos supor que você encontre alguém… com quem você tem de lidar. Ele está falando, falando, falando, apenas fique sem pensamentos. Então, agora o que irá acontecer, tão logo você se torne sem pensamentos? Primeiro os pensamentos dele, o bombardeio dele não o afetará, porque você está em um reino completamente diferente.

Mas nesse reino, o seu poder se manifestará. Isso pode deixar essa pessoa calma, a fará parar de falar… talvez ela apenas sinta um imenso amor por você. A palavra guru significa gravidade. A Mãe Terra possui gravidade. Da mesma forma, uma pessoa que é um guru tem de ter gravidade. Mas como você desenvolve essa gravidade? Algumas pessoas se tornam apenas artificialmente muito graves. E às vezes demonstram que são muito sérias ou algo assim. A gravidade está dentro de você mesmo. No segundo estado, nós deveríamos dizer, de Guru Pada é que sua gravidade deve se manifestar.

Assim que você se torne a testemunha, a sua gravidade começa a expressar-se. Não se mostrará como irritação ou seriedade nada assim. Mas se manifestará de uma maneira que a coisa toda se tornará… extremamente digna e majestosa. Ela se manifestará por si mesma. Assim, o estado no qual vocês se elevam, agora se torna efetivo. Antes disso, não era. Você tinha de manipular o tempo todo, dizer isso, dizer aquilo. Mas no seu silêncio, você pode manifestar sua gravidade. E essa gravidade é extremamente…, ela age como um ímã. Como vocês sabem, existe um ímã na Mãe Terra, que nós chamamos de gravidade, pela qual as pessoas são atraídas.

Estamos nos apoiando nesta Mãe Terra por causa de Sua gravidade. Tudo é atraído para a Mãe Terra por causa de Sua gravidade. Portanto você obtem um temperamento magnético, um caráter magnético, uma personalidade magnética. E essa personalidade magnética que você desenvolve… imediatamente mostra que está manifestando seu poder. Tente entender. Como a luz que agora está incidindo em Mim agora, ela está apenas iluminando, mas ela não manifesta nada. Podemos ver os raios do sol, é o melhor exemplo. Os raios do sol quando incidem sobre as folhas, os raios, que parecem simples, manifestam seu poder na produção de clorofila. Da mesma forma, quando você está nessa altura… ou nesse estado, então sem dizer nada, sem fazer qualquer coisa, até mesmo num relance, você manifesta, mas não somente isso, mas você grava tudo. Muitas pessoas devem ter notado que Eu raramente esqueço as coisas.

Como uma vez, Eu estava viajando… e Eu vi algumas pedras vermelhas perto de Sangamner. Eu disse: “Por que não pegamos algumas pedras vermelhas para Pratishtan?” Eles disseram: “Não há pedras vermelhas em todo o Maharastra.” Eu disse: “Existem.” “Onde?” Eu disse: “Continuem neste caminho que…” “vocês as encontrarão perto de Sangamner. ” Eles disseram: “Nós viajamos tanto e nunca vimos.” Eu disse “Eu não sei o que vocês estão vendo,” “o que estão observando, mas Eu definitivamente vi.” Quando eles foram lá, viram montanhas e montanhas… dessas pedras vermelhas e eles nunca notaram aquilo. Assim, quando você começa a testemunhar… alguma coisa sem pensamentos, não há nenhum obstáculo… para absorver o conhecimento a respeito daquilo, porque não há nenhum pensamento.

Ocorre a completa absorção. E então isso se manifesta. É desse modo que o Poder Divino atua em nós. Assim, com a nossa gravidade, o que nós fazemos é tocar essa profundidade dentro de nós, que pode transmitir o Poder Divino e manifestar. A menos e até que nós toquemos essa profundidade dentro de nós, a Sahaja Yoga é como “Hare Rama Hare Krishna”. Nada melhor do que isso. E é por isso que Eu encontro tantos Sahaja Yogis… que algumas vezes realmente saem dos seus caminhos, subitamente. Porque eles não tem gravidade… para se aprofundar em seu próprio Ser… e sentir a beleza e a glória de seu próprio Ser… e usar essa gravidade para manifestar o Poder Divino. Poderíamos dizer que, vamos supor que exista um veículo que está muito fraco, que não está devidamente consertado, ele não pode ser usado para algo substancial. E a coisa mais substancial em suas vidas é o Poder Divino… que parece ser tão leve, você nunca sente o peso desse Poder Divino.

Você nunca sentirá a pressão desse Poder Divino, mas se você não está purificado, se seu canal não está limpo, então esse Poder Divino não pode fluir adequadamente, Ele não pode se manifestar. Assim, quando dizemos que… somos o instrumento de Deus Todo-Poderoso, então como este instrumento, nós estamos agora conectados à fonte de energia. Se esse instrumento não está bem, então ele não pode manifestar seja o que for que ele deva fazer. Mas nós estamos muito acima desses instrumentos comuns, até mesmo dos mais complicados, até mesmo dos mais avançados e desenvolvidos pela ciência. Porque nós alcançamos um estado onde nós mesmos nos tornamos a ciência. A ciência da verdade e verdade absoluta. Assim o que é necessário para um guru é autoestima. Este é um ponto muito importante que as pessoas não compreendem: a autoestima. Para alcançar a autoestima, nós temos de fazer introspecção… e saber: “Hoje eu não sou o que eu era antes”. “Eu sou uma alma realizada, eu obtive poderes.”

“É claro que eu tenho poderes. Poderes do amor,” “poderes da compaixão,” “poderes de compreender as coisas,” “poderes de criatividade,” “poderes de dar a Realização aos outros.” Ninguém teve esses poderes. Mas de uma forma ou de outra na Sahaja Yoga, não somos autoconscientes. E não devemos ser acanhados, porque isso pode gerar um ego em você, mas devemos ter autoestima: “Eu sou um guru.” “Eu sou um guru, não sou uma pessoa comum.” “Eu não vivo nas ruas.” “Eu sou especial e estou nas terras da verdade.” “Eu tenho de salvar as pessoas que estão cegas, que estão loucas.” Todos os tipos de coisas.

Este mundo está hoje na maior condição caótica. Assim, nesse momento, uma espécie de silêncio surgirá dentro de você. Quando houver quaisquer dessas crises, imediatamente você se tornará extremamente silencioso. Mas isso novamente é um estado, Eu lhes estou dizendo. Assim se existe qualquer coisa que o deixe aborrecido ou infeliz, tente alcançar esse ponto, esse eixo que é apenas silêncio. E esse silêncio irá torná-lo realmente poderoso, porque esse silêncio não é somente seu. Quando você está nesse silêncio, você está no silêncio do Cosmos. Silêncio do Cosmos. E o silêncio do Cosmos trabalha para você. Você está em conexão… com este poder cósmico, podemos chamá-lo assim, é mais do que isso, é o Poder Divino, Eu devo dizer.

O Poder Divino que está trabalhando todo o Cosmos também. Assim, se você somente se torna silencioso interiormente, saiba que você está sentado no Reino de Deus. É semelhante a isto, quando, digamos, você obtém a grande honra de se tornar um rei, então você caminha até um trono, senta-se, olha ao seu redor… e sente o silêncio do estado de que agora você é o rei. Esse silêncio é o sinal de que você está definitivamente, definitivamente, você está agora em contato com o Divino. Você está em silêncio, porque o Divino cuidará de todas as coisas. Você não tem de fazer nada, apenas se mantenha em silêncio. Mas não à força, isso é novamente um estado. Caso aconteça qualquer tumulto, qualquer problema aconteça, de repente sua atenção se moverá para esse silêncio… e uma vez que vocês salte para dentro desse silêncio, você estará em contato com todo este Poder Onipresente. E quando Eu falo sobre o Poder Onipresente, nós ainda não entendemos o que é isso, o que significa este Poder Onipresente do Amor. Ele é um tipo de energia que circula?

Ou é um tipo de rio? Ou algo como o éter? Ele é a completa totalidade da realidade. A completa totalidade da realidade é esse Poder Onipresente. As outras coisas são irreais. E a realidade é tão eficiente. É tão eficiente, ela nunca falha, como este microfone. É um imenso, vocês podem chamar de processo entrelaçado, o qual nós não podemos nem mesmo… imaginar com essa compreensão humana. Como Ele controla, como Ele atua. Por exemplo, vejam as árvores.

A roseira dará somente rosas, ela não dará maçãs. Ela irá crescer até uma determinada altura, ela não crescerá como um coqueiro. Todas as características da Natureza são mantidas, nutridas, cuidadas e controladas absolutamente na hora certa, nas estações apropriadas, é por isso que em sânscrito é chamado de Rootambara Pragya. Roota significa estações e Aquele que cuida dessas estações. Esse conhecimento que é iluminado, uma definição simples. Mas ainda não explica, porque é tão complicado… para o cérebro humano que eles não podem entender como isso atua. Agora, todos os milagres que vocês têm descrito, Eu tenho visto, mas ainda há tantos a serem registrados. É apenas um jogo desse poder que pensa, compreende, coopera, coordena e ama. E cuida de vocês, está à sua disposição, à sua disposição. Onde quer que você vá, a conexão é mantida.

É como um governante viajando, os seguranças viajam com ele. Ficam todos ao redor. Não apenas Comigo, mas também com vocês. Vocês já estão registrados lá. E eles sabem que vocês são aqueles que eles precisam cuidar. Eles não irão cuidar de mais ninguém. Eles não irão fazer qualquer coisa a ninguém mais, mas para vocês. Agora tentem entender a parte da autoestima. Vocês são Sahaja Yogis, significa que vocês são pessoas tão especiais… que este Poder Divino, onde quer que você esteja, quer você esteja dormindo, quer você esteja andando, sentado debaixo da árvore ou em sua casa, em qualquer lugar que você esteja, essa conexão é mantida. Como um radiocomunicador, você pode chamar assim.

Onde vocês não têm de falar, não têm de dizer nada, não têm de ordenar, não têm de pedir, nada disso. Esse Poder está à sua disposição. Porque você já é um dos governantes no Reino de Deus. Portanto, todo o protocolo é de vocês. Qualquer pessoa que tente insultá-lo ou perturbá-lo… terá que pagar por esse tipo de ação. Portanto você nunca deve se preocupar. Você nunca deve pensar nessas coisas no nível mundano. Ao contrário, Eu diria que é melhor perdoar, porque Deus sabe o que irá acontecer com essa pessoa… que se comportar mal. Não é somente compaixão, é também ira. É ira.

Vocês são pessoas especiais, a única coisa que vocês devem ter é sua autoestima… e devem tentar manter o seu equilíbrio. Uma vez que você se torne equilibrado, o trabalho do guru é dar equilíbrio aos outros. Ele equilibra tudo, equilibrará a natureza, o clima, a atmosfera, a sociedade, os seres humanos. Existe para equilibrar vocês. E esse equilíbrio vem do Princípio do Guru que equilibra você. Se você tem o Princípio do Guru em você, você entra em equilíbrio, automaticamente. Automaticamente, você se torna uma personalidade equilibrada. Ninguém tem de lhe dizer: “Agora equilibre-se”. Você é equilibrado. Então, agora, como desenvolvemos esse equilíbrio?

É claro que antigamente eles tinham métodos muitos severos, não comer muito, passar fome e ir aos Himalaias, ficar de cabeça para baixo e praticar todos os tipos de coisas. Isso trará um grande desequilíbrio. Se você se tornar uma personalidade austera, isso fará de você uma pessoa tão seca que ninguém gostará… de ficar próximo a você, quero dizer, você será totalmente irascível. Assim, as idéias ascéticas, Eu não sei de onde vieram, seja qual for a origem, talvez porque eles quisessem… que as pessoas prestassem mais atenção no Espírito. Mas um guru não é ascético por natureza. Mas ele é tão desapegado que ele é asceta. Ele pode ser o rei ou pode ser um mendigo… ou ele pode ser uma grande personalidade em algum lugar… ou pode ser apenas uma pessoa comum. Se ele é um guru, então em toda situação, ele está em completo equilíbrio. Nada pode perturbá-lo. Supondo que você coloque uma coroa na cabeça dele.

E daí? Quer ela seja de papelão, de prata ou de ouro… ou de diamantes ou qualquer coisa, isso não consegue impressioná-lo e ele nunca entra em desequilíbrio. Comida por exemplo. Comida é um dos pontos fracos, Eu acho. Um guru pode comer muito, pode não comer nada, pode gostar de algo para comer, algo que não queria comer, o que quer que seja. Mas nada pode dominar esse guru. Portanto, o sinal é este: você está em equilíbrio… e você não pode ser dominado pela comida ou pelo poder… ou pela riqueza ou pelo dinheiro ou por qualquer coisa. Nada pode dominá-lo. Você está acima de todas essas coisas. E uma vez que você saiba que está acima dessas coisas, então você não tem medo.

Não terá medo nunca mais. O destemor surge em você. Torna-se totalmente sem medo. Nada pode, nada pode desequilibrá-lo. Nada pode dominá-lo. Nada pode enfraquecê-lo. Nada pode torná-lo viciado. Nada é tentador. Não restará nada semelhante a uma tentação. Quando você alcança este estado, além da tentação, além da ganância, além da luxúria, então não haverá problema.

Nada, nada pode fazer com que você decaia. Você pode usar uma guirlanda comum de tulsi (flores silvestres) ou você pode usar pérolas ou diamantes ou qualquer coisa. Isso não o atinge. Mas, você não foge de nada, porque quando você foge de alguma coisa, você se torna asceta artificialmente. O ascetismo está dentro de você, inato. Assim, nada pode atrapalhá-lo, nada pode ter importância para você. Esse estado nós temos de compreender, mas na maioria das vezes o que acontece com as pessoas, elas dirão: “Mãe, eu não acho que sou um guru.” Eu digo: “Por quê?” “Porque os sinais que a Senhora disse, todos eles estão lá.” “Eu ainda quero comer essa comida, ainda quero isso”.

Você está indo pelo caminho oposto. Você não deve ficar aflito com o que Eu estou dizendo… ou tentar julgar a si mesmo. Não julgue. Apenas, gradualmente, eleve-se, aprecie a si mesmo. E, gradualmente, você ascende…= e se estabiliza na posição que você alcançou. Ao invés disso, você se sentirá muito inseguro… e ficará muito deprimido se você começar a julgar: “A Mãe disse que devemos ter isso, Mãe disse que devemos ter isso.” Se o tempo todo você começar a julgar a si mesmo, isso não ajudará você. Você é autoconfiante. Você está seguro acerca de si mesmo. Não há nada para julgar, a si mesmo ou comparar.

Às vezes, vejo as pessoas ficam dizendo: “A Mãe disse isso”. Eu posso ter dito, posso não ter dito fora do contexto, o que quer que seja. O que é que Eu disse então? O que você está dizendo? Porque esta é uma boa forma de perturbar os outros: “A Mãe disse isso.” “O que Ela disse?” “Que vocês não devem comer todos os dias.” Eu nunca disse isso. Mas alguém pode começar algo desse tipo, estúpido. Supondo, mesmo que Eu tenha dito isso, não importa.

O que você tem de dizer? Mesmo agora, você pode chegar… ao que é bom através de sua própria experiência. Vocês não iriam acreditar que como um ser humano Eu sou inútil. Realmente isso era muito difícil. Na verdade, Meu pai costumava… Me dizer tantas coisas sobre os seres humanos. De que tipo eles são e como Eu deveria Me apresentar. É muito difícil ser um ser humano. Muito, muito difícil. Primeiro, Eu não sabia por que as reações são assim, por que as pessoas se comportam dessa forma e o que fazer com elas, como lidar com elas. É muito difícil.

Vocês podem dizer que até mesmo… William Blake tinha o mesmo problema. Mas quando você alcança esse estado, então você apenas se deleita. Para vocês, vocês têm uma alegria maior que a Minha, porque vocês já são seres humanos, portanto sabem acerca dos seres humanos. E então vocês vêem a sua ascensão e é muito mais fácil para vocês apreciarem. Para Mim, Eu não sei, porque nunca tive tentações, nunca conheci todas essas características que vocês tinham. Portanto, não sei como julgar o que está vindo a partir disso. Se você não tem nenhum problema, se você nunca teve, digamos, tentações, como você era, você é, o que é tão grandioso? Mas, a partir de algo humano, você atingiu um nível mais elevado. Isso tem muito mérito. E você pode desfrutar muito mais… do que Eu pude, mais do que Cristo pôde desfrutar… ou Shri Krishna pôde desfrutar.

Porque aquele que tem se elevado, que tem crescido, agora sente a fragrância de suas virtudes e qualidades… e grandiosidade. Então, ele se regozija consigo mesmo. “E daí? Eu estou sentado aqui”, ele irá dizer. “Tudo bem. Eu estou sentado aqui.” “Por que você está preocupado? Eu estou bem”. Um entendimento apropriado dessa mudança vem a ele… e ele compreende os outros seres humanos muito melhor… do que aqueles que não têm a sua capacidade, o seu conhecimento, a sua profundidade, a sua gravidade. por você tem sido um ser humano, agora você é divino.

Porque você tem sido um ser humano, você compreende as outras pessoas. Então um Guru como Eu… Eu não sei, é uma situação muito diferente aqui, porque Eu sou uma Mãe. E Eu tenho visto esses gurus, os verdadeiros gurus. Eles são pessoas muito severas, Eu devo dizer. Eu não podia entender como eles batem nas pessoas, como eles as espancam. Eles as penduram no poço, fazem todas os tipos de coisas. Eu não podia entender porque eles fazem isso. Mas como eles saíram do nível humano, a partir de esforços e lutas, então eles pensam: “Por que os outros deveriam conseguir isso tão facilmente? “Por que eles também não têm problema?” Mas vocês não se envolveram em todos esses problemas.

Vocês são diferentes desses gurus. Vocês obtiveram isso de forma Sahaja, de uma maneira muito simples. Vocês não fizeram nada. De forma Sahaja, vocês conseguiram. Completamente Sahaja. Vocês não fizeram nada sobre isso. Assim, o seu papel como um guru é diferente desses gurus… que se esforçaram tanto para se tornarem uma alma evoluída. Portanto, a sua atitude com respeito às coisas… deve ser mais compassiva, mais compreensiva, mais amável. Assim como vocês obtiveram isso de forma Sahaja, os outros também podem obter de vocês. Vocês não têm de fazer algo horrível, não têm de gritar com eles.

Algumas pessoas que Me encontraram disseram-Me, o que é muito triste, que alguns Sahaja Yogis disseram algo áspero a elas, então elas tiveram que deixar a Sahaja Yoga. Os Sahaja Yogis nunca devem dizer algo áspero a ninguém. Eles não têm nenhum direito de dizer. Porque sem lhes dizerem nada, vocês obtiveram a Realização, completamente gratuita. Sem fazer qualquer coisa, vocês obtiveram a sua Realização. E se alguém vem a vocês para obter a Realização, vocês devem fazer isso da mesma maneira. Vocês não a obtiveram através de algum tipo de, podemos dizer, treinamento austero. Portanto, essa atitude deve ser mudada. E Eu tenho visto que se você tem essa atitude, então você pode ser um guru, mas não Sahaja. Portanto, agora tentem entender que há uma diferença… entre um guru Sahaja e um guru não Sahaja.

Eles são muito irascíveis, muito. E um guru Sahaja não tem direito de ser irascível. Todas as coisas são tão boas, tão bonitas, todos nós temos desfrutado essa bela atmosfera. Tanto amor, tanta compaixão, tanto respeito mútuo. Nenhuma competição, nenhuma política. Se vocês simplesmente compreenderem uma coisa, que vocês obtiveram tudo de uma maneira Sahaja e da mesma maneira Sahaja vocês podem dar isso para outros. E vocês respeitarão os outros da mesma maneira. Eu creio que vocês serão capazes de… Há um senhor que está tirando fotografias, vejam quem é ele, não é admitido que ele tire fotografias de todas estas coisas. Sem permissão, ele não deve tirar. Essas são pessoas nocivas, vocês sabem.

Assim, agora nós estamos num estilo Sahaja. Vocês todos sabem que obtiveram todos os poderes, que todos vocês são gurus, que vocês têm alcançado muito, que vocês podem fazer muito. Então vocês têm de ser Sahaja. Vocês obtiveram isso de forma Sahaja. Então vocês não têm nenhum direito de serem ásperos, horríveis, irascíveis ou gurus rigorosos. Mas isso se infiltra sorrateiramente. Às vezes, Eu tenho visto… muito desse militarismo começar na Sahaja Yoga. Um tipo de tratamento militar, esse tipo de estilo. Nenhum disciplinamento é necessário. Eles serão disciplinados por si mesmos.

Eles são gurus. Quem pode disciplinar um guru? E, além disso, eles são Sahaja. Assim, o seu estilo é muito diferente. Nenhum desses gurus não sabiam nem mesmo dar a Realização. Estou lhes dizendo francamente. Eles nunca souberam que a Kundalini pode ser elevada com suas mãos. Muito poucas pessoas, historicamente, deram a Realização, até agora. Mas vocês estão dando a todo mundo, a qualquer um que venha. Agora mesmo Eu disse: “Muito bem, vamos, olhem esta pessoa”.

“Assim, todos vocês sentem-se.” “Isso é assim, isso é assim”. Vocês agora cruzaram os limites da ciência. Vocês próprios se tornaram a ciência do Divino e vocês conhecem cada detalhe: “Este chakra está bloqueado,” “aquele está bloqueado, eu estou bloqueado, você está bloqueado.” E a forma como lidamos com os outros é o Guru Pada. Gentiliza, doçura, atenção zelosa. Isto é o que sua Mãe lhes deu: uma atenção zeloza. A atenção zelosa que flui em volta de cada pessoa. Vocês têm de ter uma atenção zelosa. Mas esses gurus não: “Vá, depois morram, matem-se,” “comam grama”.

Não, não dessa maneira. Assim, você também tem de ser um guru maternal. Um guru gentil, extremamente gentil, amável… e compreensivo, que perdoa. Porque, qual é o propósito? Qual é o propósito? O propósito é expandir a Sahaja Yoga. Esta é a principal coisa que esquecemos, que o propósito da nossa Realização… ou do nosso nascimento é dar a Realização aos outros, difundir a Sahaja Yoga, emancipar os outros, através disso, emancipar o mundo todo, essa é a nossa responsabilidade. Se vocês são os responsáveis, então como vocês se comportam? Portanto, nunca mais teremos sacerdócio, nunca mais. Nem uma pessoa que disse assim, nem aquela pessoa que disse assim, que isso tem acontecido, nada desse tipo.

O que você tem para dizer, diga para aquela pessoa. E você mesmo verá como você está refletindo… a sua personalidade na outra pessoa, como ela reage e como ela se comporta. Gradualmente, Eu tenho visto que a nossa coletividade está… aprendendo tudo isso. Gradualmente, Eu percebo que… todas aquelas horríveis pessoas dominadoras têm saído da Sahaja Yoga. Também Eu percebo que as pessoas são extremamente… amáveis e gentis entre si e também com os outros, porque vocês são a corporificação da bondade, a corporificação da retidão, vocês são a corporificação da paciência, compaixão, amor e atenção zelosa. Assim, não é como vocês podem fazer isso, vocês já são. Mas vocês não devem simplesmente desistir. Eu disse: “Apenas olhem para algo e observem atentamente”. Ninguém consegue fazer isso, mas todos vocês podem fazê-lo. Portanto, a autoestima e depois assumir.

Assumam os seus poderes. Se você é um guru, então assuma os seus poderes. Você não assume os seus poderes. Você ainda pensa: “Só Deus sabe se eu tenho os poderes ou não.” Isso significa que você é apenas o principiante. “Oh, eu sou o guru, tudo bem”. Nós de fato dizemos: “Mãe eu sou o meu próprio guru”, só isso. Mas isso é apenas dito da boca para fora. Não somente você é o seu próprio guru, mas do mundo todo. Isso é um Collectum Gurudom que nós temos, Eu diria, coletivo.

E nada pode nos escapar agora. Nós somos formidáveis, absolutamente formidáveis. Nada pode nos escapar. Se isto for compreendido que nós temos de assumir. Aqui, agora, elege-se alguém que é um homem muito cruel, coloca-se algumas roupas nele e dizem que ele é o papa. Muito bem, ele é o papa. Mas ele não é. Ele está apenas encenando, mas interiormente, ele não é. Que ele é infalível. Ele é falível. 100 vezes. Isso não acontece conosco.

Nós temos todas essas coisas dentro de nós mesmos. Nós as obtivemos, estão lá, nós somos os possuidores disso, a única coisa é: assumam. Uma vez que você comece a assumir, todos os badhas irão embora, tudo irá embora e você ficará surpreso. Quem pode enfrentar uma pessoa que é um santo, que é um guru… e que sabe que é um guru? Ninguém pode enfrentar. Eles irão fugir. Mas, você tem de fazer introspecção para certificar-se de que a sua autoestima está completamente correta. Não é apenas ficar pensando que você é um guru. Eu conheci alguns gurus autênticos… e Eu nunca permitiria que vocês fossem até eles. Só Deus sabe se vocês voltariam inteiros ou não.

E Eu lhes disse que eles são gurus autênticos, Eu sei, mas não se aproximem deles. Porque o que falta neles é essa compaixão, esse estilo Sahaja. Porque eles pensam que têm trabalhado duro, então por que essas pessoas não deveriam trabalhar duro? Vocês podem ser qualquer coisa. Vocês podem estar fazendo esse trabalho, aquele trabalho. Vocês podem ser instruídos, não instruídos. Não faz diferença. Quer você seja rico, pobre, não faz nenhuma diferença, de forma alguma. Contanto que você saiba que você é o guru e assume o seu poder. Nesse ato de assumir, é como qualquer talento, se você entende de música, você sabe que entende de música.

Se você sabe como cozinhar, você sabe como cozinhar. Se você é um administrador e conhece administração, você sabe como administrar. Mas, isso também poderia não ser totalmente absoluto, mas você já é absoluto. Totalidade da realidade, a realidade está à sua disposição. Mas assuma isso, você não é comum, de forma alguma. Você pode dizer que você é extraordinariamente comum. Com isso, você simplesmente abandonará tudo que é insensato, simplesmente abandona. Os outros verão vocês e ficarão surpresos. “Que tipo de pessoas eles são, que tipo de vida eles levam,” “como eles são bons, como eles são gentis.” E o conhecimento é tão sutil, tão grandioso e de nível tão elevado.

Mas, você nunca se sente “inflado” com o ego. Eu não tenho visto nenhum Sahaja Yogi que diz: “Oh, eu sei tudo sobre os chakras e isso e aquilo. “Como se atrevem a falar assim.” Com o bigode retorcido para cima. Não. Com todo esse conhecimento, você se curva… como a árvore que está carregada de frutos se inclina. E essa humildade, essa simplicidade e essa humildade… lhe dá a vantagem especial… com a qual podem penetrar em qualquer coração. Dessa forma, vocês se tornam apóstolos da Verdade. Vocês podem se tornar profetas como William Blake, vocês podem. Tantas coisas você irá manifestar e não acreditará em si mesmo.

Mas acredite. Você está unificado com este grande poder que é Deus Todo-Poderoso. Eles ficaram discutindo por eras, Eu acho, sobre a Concepção Imaculada de Cristo. Nunca vi pessoas tão estúpidas. Mas Ele é Deus. Ele é Deus Todo-Poderoso, Ele não é um ser humano. Ele pode fazer qualquer coisa. Como vocês podem julgá-Lo? E julgar Seus poderes e o Seu trabalho, como podem? Para discutir acerca de Deus, vocês têm a inteligência Dele.

É algo como uma pessoa como Eu discutindo sobre atividades bancárias. Após dizer uma ou duas frases, Eu paro de funcionar. Da mesma maneira, quando vocês começam a discutir sobre Deus, vocês têm de saber que não têm essa capacidade… de discutir sobre Deus, o que Seus parentes são, como é que Ele teve um Filho, isso ou aquilo. Quem são vocês? Qual é sua posição para que possam discutir? E então nessa humildade, você compreende que Ele é Deus Todo-Poderoso, Ele é Todo-Poderoso. Ele pode fazer qualquer coisa. Então essa fé, não uma fé cega, mas uma fé verdadeira nesse sentimento de que… Deus é Todo-Poderoso e que agora vocês se tornaram os mensageiros disso Dele. Deus Todo-Poderoso lhes dá toda a força, toda a coragem, tudo, e Sua compaixão, Seu amor, Sua atenção e Sua compreensão. Portanto essa fé deveria estar completamente unificada com Ele.

Certa vez, Eu fui Me encontrar com um guru verdadeiro. Ele era um indivíduo horrível também. Ele havia espancado muitas pessoas, empurrado muitas delas morro abaixo, e ele fez todos os tipo de coisas, sem dúvida. Mas, ainda assim, ele tinha um enorme respeito por Mim. Eu fui até ele. Então ele simplesmente começou a falar Comigo… assim como você falaria com uma Deusa. Ele disse: “Como a Senhora se encontra com essas pessoas mundanas aqui?” Eu disse: “Tudo bem, afinal Eu as criei”. “Ah”, ele disse, “Ainda assim, mas a Senhora é Deus,” “com Seus poderes, por que a Senhora não os modifica um pouco?” Eu disse: “Esse é o problema, Eu lhes concedi a liberdade.”

Eu disse: “Tudo bem, esta é a liberdade para vocês.” “Vocês podem escolher se querem se transformar ou não,” “não posso forçá-los.” Ele disse: “Mas Você é Deus Todo-Poderoso, Você pode fazer qualquer coisa.” Eu disse: “Eu posso fazer qualquer coisa,” “mas Eu não quero fazer certas coisas”. “Uma delas é tirar a liberdade deles.” “Esta é a liberdade deles: escolher,” “que foi dada a eles porque se eles tiverem de ter a libertação final,” “então eles devem ter essa pequena liberdade intacta.” Assim, ele ficou discutindo Comigo sobre isso, ele disse: “Mas, quando Você é Deus Todo-Poderoso,” “poderia haver algum outro método para essas pessoas horríveis.” “O que fazer?” Eu disse: “A sua preocupação está correta.” “Eu compreendo, porque você é um guru.”

“Mas, como Eu sou Deus Todo-Poderoso,” “como presume-se, então que Meu estilo seja diferente.” “Eu não posso ser como você.” Então ele disse: “Isso é verdade, a Senhora não pode ser como eu.” Foi isso que percebi nele. Ele estava conversando Comigo… simplesmente como Eu sendo Deus diante dele. Em seguida, ele disse aos seus discípulos: “Vejam, rezem, louvem o Senhor, louvem-Na, Suti Kara,” “porque Deus gosta muito de ser louvado.” Eu disse: “Verdade?” “Sim. Se vocês louvarem o Senhor, então Ele lhes dará tudo,” “eu tenho visto isso, eu sempre O louvo. “Sempre que eu quero que algo seja feito,” “eu apenas O louvo e Ele faz isso por mim.”

Então, Eu disse: “Isso é verdade, devo aceitar isso.” Isso é Bhakti Gamya. Vocês não podem alcançar a Mãe, a menos e até que vocês tenham… realmente bhakti em seus corações. Tudo isso é um tipo de restrição inerente, o que vocês podem fazer? Se você não tiver bhakti, você não pode alcançar a Mãe, não pode. Não pode chegar a Deus. Mas se você tem bhakti, então você pode alcançar a Mãe. Está escrito: Bhakti Gamya. Se alguém disser: “Tudo bem, eleve minha Kundalini”. Eu não posso levantar a sua Kundalini, não, mas por sete vidas essa pessoa não terá a Realização.

Ma, se alguém disser: “Mãe, por favor, dê-me a Realização” Imediatamente. Assim, não apenas com humildade, mas com bhakti. E bhakti somente é possível se você tiver a sua fé. Este é o ponto, a fé, que é desafiada hoje em dia por todos os tipos de pessoas estúpidas, intelectuais, essas pessoas horríveis que ficam tirando respostas das cabeças delas. Ou também pela ciência e dessa assim chamada Igreja Católica… e dessa igreja e daquela igreja. Assim, sua fé em Deus tem de estar absolutamente, absolutamente não manchada. Nada pode perturbá-la. Isso é muito importante, Vocês viram todos os milagres de Deus. Vocês viram como vocês estão realizando os poderes Dele. Vocês tomaram conhecimento de todas essas coisas.

Mas, ainda assim, está faltando a fé em Deus. A pessoa que tem a fé plena em Deus é chamada como aquela…, é o próprio Deus, eles dizem. É chamada de Paramachaitanya. O guru é chamado como aquele que ele próprio é o Brahmachaitanya. Assim, quando esta fé em Deus… está completamente estabelecida em você, de que: “Existe Deus Todo-Poderoso, Ele é Todo-Poderoso…” “e eu sou o mensageiro deste Deus”, apenas esse entendimento, quando ele se torna completamente firme em você, então você está no estado de Guru Pada. Eu os abençôo hoje para que todos vocês alcancem esse estado, de modo que vocês residam nesse estado de Guru Pada. E onde, onde quer que você esteja, qualquer que seja sua posição, seja o que for que você faça, a fé em Deus Todo-Poderoso, que é tão verdadeira dentro de você, será expressa por si mesma. Não somente isso, mas ela se manifestará. Ela agirá exatamente como Deus. Tantas coisas podem ser ditas.

Eu disse tantas coisas anteriormente… e tantas coisas podem ser ditas mais tarde também, mas hoje, nós temos de lembrar uma coisa: que nós devemos ter completa fé no Reino de Deus… e nos poderes de Deus Todo-Poderoso, completa fé. E depois, em nós mesmos. Que Deus os abençoe.