Shri Vishnumaya Puja: Parem de se sentir culpados

Shawnee on Delaware (United States)

Feedback
Share

Shri Vishnumaya Puja Pensilvânia, EUA, 19.09.1992

Hoje, nós decidimos fazer um Puja a Vishnumaya. Neste contexto, tem-se de saber quem é Vishnumaya… e qual é Seu relacionamento, que vocês podem chamar de mitológico, mas é um relacionamento histórico. Eu lhes disse que os EUA é o país de Shri Krishna… e Ele é Kubera assim como Ele é Yama. Por Ele ser Kubera, as pessoas obtiveram a sua abundância, são pessoas ricas, elas têm mais dinheiro do que em qualquer outro lugar. Mas se vocês não se lembram que precisam ter equilíbrio… e que o poder de Shri Krishna provém de Mahalakshmi, então o Princípio de Mahalakshmi é tal que a busca é importante. O Princípio de Vishnu está presente quando Shri Lakshmi é o Seu poder. Após ter a Lakshmi até um certo ponto, então vocês saltam em uma nova consciência ou em um novo tipo de busca, que é a busca do Espírito, onde começa o Princípio de Mahalakshmi, o Caminho do Centro. Tão longe assim, é claro nos EUA, isso começou no Princípio de Mahalakshmi. Mas as pessoas não sabiam, elas não tinham discernimento… para saber qual caminho seguir na sua busca. E muitos se encantaram por falsas propagandas, por todos os tipos de promessas, apelos e coisas assim. Eu vim aqui há muito tempo atrás, no momento em que Eu soube que… a busca estava mostrando resultados… e que as pessoas do mundo inteiro tentariam vir para cá, porque havia um mercado para elas.

E o marketing delas começaria de tal maneira… que pessoas suscetíveis a marketing cairiam nele. Eu vim, Eu tentei, Eu lhes disse. Então isso foi exatamente que aconteceu nos EUA, de modo que Eu vim para cá. Eu acho que Eu fui a primeira a chegar. Eu os avisei. Eu lhes disse os nomes das pessoas que fariam esse tipo de trabalho. Eu lhes disse também o que eles foram em vidas passadas, que tipo de coisas eles fizeram, que tipo de trabalho eles fizeram, quais eram os seus poderes negativos e como eles tentariam manipular isso. Mas ninguém Me ouviu. Porque estas pessoas descobriram… quais são as fraquezas dos americanos. Se mimá-los, mimar seus egos e dizer-lhes que é algo muito importante, que você deveria fazer algo que é muito superficial, mas algo parece fantástico, como Eu lhes falei que… eles disseram que vocês podem voar a um metro de altura… e os americanos aceitaram isso.

Eles aceitaram todas essas idéias absurdas, porque acharam que era algo novo, algo diferente. E eles não Me ouviram, porque Eu disse: “Eu não aceitarei dinheiro.” Eles falaram para Mim muito claramente: “Ninguém irá entendê-La, se não aceitar dinheiro”. Então Eu disse: “Quanto vocês Me pagarão? É tão inestimável.” “Quanto dinheiro vocês Me pagarão?” E eles não tiveram resposta. Portanto essas pessoas que ainda eram orientadas pelo dinheiro, então o Princípio de Mahalakshmi não estava nelas… para compreenderam que se vocês têm de buscar a verdade, vocês não podem pagar por ela. Elas não conseguiam entender isso. E é dessa maneira que eles tiveram que percorrer todo este… circulo de enfrentar todos os tipos de falsos gurus, todos os tipos, todas as coisas superficiais.

Por fim, agora, Eu sinto que este é o primeiro ano em que… tudo tem ocorrido muito bem. Mas um dos chakras do Vishuddhi que, como sabem, é muito importante, é o Vishuddhi Esquerdo. E o Vishuddhi Esquerdo é o centro que se estiver bloqueado, vocês têm angina, espondilite e também órgãos letárgicos. Esse tipo de Vishuddhi Esquerdo tem sido uma espécie de moda… entre os ocidentais. Talvez por causa do Cristianismo, onde vocês têm de se confessar… e têm de dizer que é um pecador e nasceram pecadores, em pecado original, todos os tipos de coisas. Então como vocês são rotulados de pecadores, sempre se sentiram… culpados e essa culpa foi internalizada no Vishuddhi Esquerdo. Eu penso que, mesmo hoje, este é um dos maiores problemas, as pessoas nos EUA se sentem extremamente culpadas… por coisas muito pequenas, porque elas não têm confiança em si mesmas. Primeiro elas pensam: “Nós somos uma nação muito jovem.” “Não temos tradição”, basicamente. Eles talvez pareçam arrogantes, talvez pareçam muito exibidos, mas basicamente internamente sentem: “Nós não temos nenhuma tradição, somos uma nação muito jovem.”

Por exemplo, eles pensam: “os ingleses são sofisticados demais” ou… “os franceses são muito sofisticados e…” “nós não somos, comparado a eles, somos primitivos”. Eles têm esse tipo de idéias estranhas. E por causa disso, eles tentam dissimular. Para dissimular, o caminho que seguiram termina em todos os tipos de coisas… e é formado um enorme Vishuddhi Esquerdo neles. É por isso que os americanos estão tendo tantos problemas… de Vishuddhi Esquerdo. Antes de tudo, este centro se bloqueia… quando vocês não querem encarar os seus erros. “Eu cometi isto. Tudo bem, eu cometi, agora não o farei mais”. E por que cometeram e porque aconteceu? Apenas encarem, eles não querem.

Eles se sentirão culpados por terem feito e colocarão aqui. Eles continuam acumulando isso, como nuvens de culpa muito negras. Então Vishnumaya, que é o trovão, podemos chamar, que é a descarga elétrica que é liberada pela fricção dessas nuvens negras, que é na verdade uma catalisadora de chuva, é uma catalisadora de chuva. Isso começa a atuar nessas pessoas. Isto é, de repente, elas tomam um choque. Eles se tornam pessoas extremamente sensíveis. Ficam nervosos e esse nervosismo pode fazê-los pensar: “Porque estamos nervosos? Qual é o problema?”. A exposição de suas culpas vem através do poder de Vishnumaya. Agora Eu tenho de lhes dizer também sobre a origem de Vishnumaya, que é muito interessante.

Vishnumaya era a irmã de Shri Krishna que nasceu depois Dele. Na verdade, Ela não era Sua Irmã, Ela era a filha de Nanda. E quando Shri Krishna foi levado… e colocado sob os cuidados de Nanda e Yeshoda, Eles deram a Sua própria filha em Seu lugar… e o pai de Shri Krishna trouxe-A de volta. Então, quando Kamsa veio, o tio, – todos vocês conhecem a história – para perguntar sobre a oitava criança, Eles disseram: “Esta é a criança”. Kamsa disse: “Mas não é um homem, é uma mulher”. Ele pegou a criança em suas mãos, fez assim e lançou-A ao céu. E para lá Ela foi e anunciou: “Shri Krishna já está encarnado, Ele está vivo e irá matá-lo”. Portanto Ela é a Anunciadora. Ela é a Anunciadora das Encarnações. Ela é a Anunciadora de que alguma coisa boa irá lhes acontecer.

Ela é também Aquela que pode queimar… as coisas que não são espiritualmente corretas. E na época do Mahabharata, Ela nasceu como Draupadi, que essa Daupadi era a Irmã de Shri Rama. E quando, como vocês sabem no Mahabharata, todos vocês conhecem a história do Mahabharata, Eu não preciso contá-la, Duryodhana tentou tirar a roupa Dela, então Ela chamou Krishna. Primeiro, Ela falou “Kri”. Ela colocou Seus dentes desta forma. Até que Ela dissesse “Krishna”, o sari estaria lá. Porque Ela pensou que se dissesse “shna”, o sari cairia… e Ela ficaria exposta. Assim que Ela disse “Krishna”, o sari caiu… e esse foi o tempo para Shri Rama, Shri Krishna vir de Dwarika. Tulsidasji descreveu isso muito bem em Hindi. Dwarikame shor bhayo.

Em Dwarika houve um grande barulho. Shor bhayo bhari, um enorme, o que vocês chamam de trovão, porque Ela é Aquela que é responsável pelo trovão. Shor Bhayo Bhari. Shankha Chakra Gadha Padma Garuda rahi sidhari. Com o Shankha (concha), o Chakra (disco), o Garuda, Padma (arma), com com todos eles, Ele veio no Garuda. Com todas as Suas armas, Ele veio no Garuda para ajudá-La. Ele começou a fornecer saris para Ela… e esse Duryodhana ficou completamente…, Duhshasana fez aquilo, ficou completamente exausto e caiu no chão. Portanto aqui Vishnumaya é Aquela que é a Virgem. não somente Ela é a Virgem, mas Ela existe em todos os cinco elementos, como mostrado pelo Seu casamento com cinco Pandavas. E é este poder da virgindade Nela, que foi usado para expor as pessoas aos perigos desses horríveis Kauravas, que iriam governar e destruir o Dharma.

Então Ela deteve-se e Ela Aquela que disse: “Vocês têm de lutar”. “Vocês têm de lutar pelo Dharma, seja o que for que aconteça”. E Krishna sempre A apoiou. Portanto, como um irmão, Shri Krishna A apoiou. Portanto o relacionamentosentre irmão e irmã… é muito importante na Índia. Também deveria ser com os Sahaja Yogis, porque nós temos o Rakhi Bandhan. Vocês também têm o que chamam de Bhayaduj, onde, no dia do Diwali, nós atamos um rakhi no irmão. Esse rakhi nada é nada além que o poder de Vishnumaya, que protege o irmão. Na verdade, lá o Irmão A protegeu e agora o amor da irmã protege o irmão. Assim o relacionamento entre irmão e irmã é muito mais importante… do que qualquer outro relacionamento porque é tão puro, tão protetor, tão amoroso e também é entre pessoas da mesma idade.

Por exemplo, entre pais e filhos não pode ser assim. Ou, digamos, entre avós e netos pode ser um tanto desequilibrado também. Mas entre irmão e irmã, eles são da mesma faixa etária, da mesma compreensão… e esse relacionamento é sustentado por Vishnumaya. Nós temos um acontecimento muito bom disso na Índia, que Eu preciso lhes contar como esse Rakhi Bandhan… ou esse relacionamento entre irmão e irmã é respeitado. Ninguém irá acreditar, porque nesses países onde não existe relacionamento… que é respeitado, vocês não entenderão. Quando Alexandre, o Grande, chegou na Índia, ele conquistou grande parte do nosso país. Mas havia um rei, Puru, que o derrotou e o colocou na prisão. Alexandre havia se casado com uma moça indiana. Então era o dia do Rakhi Purnima. Ela colocou um rakhi em um prato, cobriu-o e enviou-o para esse rei Puru.

Então eles disseram: “Chegou um rakhi”. Então, o rei disse: “Tudo bem, amarre o rakhi”. Ele não sabia de quem era o rakhi. Então ele foi amarrado, ele disse: “De quem era este rakhi? “, “De sua irmã”. “Quem é minha irmã?” “Ela é a esposa desse rei Alexandre.” “Oh, meu Deus, como pude fazer tal coisa, ele é meu cunhado.” Ele imediatamente foi à prisão e prostrou-se diante dele. E disse: “Perdoa-me.”

Essa é a graciosidade, entendam. “Como eu pude ser, como eu pude ser tão estúpido ao prendê-lo?!” Alexandre estava boquiaberto, ele não conseguia entender aquela reação. Ele disse: “O que é isto que está acontecendo?” E o rei disse: “Eu peço o seu perdão e por favor saia.” Com grande pompa, com joias para sua irmã e tudo mais, ele enviou o cunhado para casa. Agora, Alexandre não conseguiu entender nada. Ele entrou em casa e sua esposa estava sorrindo. Ele disse: “Qual é o problema?” “Como eu estou aqui?”

Ela disse: “Você sabe que eu te salvei com uma fita?” Ela lhe mostrou um rakhi. “Com esta fita você me salvou? Como?” Ela disse: “Você sabe que dia é hoje? É o dia em que a irmã pode atar isto…” “no irmão e o irmão tem de fazer o que a irmã quiser.” “Então eu enviei isto para o rei Puru e ele te libertou.” Alexandre pensou: “Que tipo de pessoas são esses indianos.” “Com uma fita, eles libertam um inimigo como eu.” “Como eu posso governar essas pessoas?”

“Eles me expulsarão a qualquer momento de tão simbólicos que eles são.” Ele disse: “Tudo bem, desculpa-me.” Ele chamou um homem, Vardai, Chandavardai, um poeta e disse: “Escreva agor, uma poesia, porque os Indianos são pessoas muito sutis.” “E eu não posso entender, como eles podem libertar um inimigo horrível…” “como eu, somente com uma fita?” Tamanha confiança. Tamanha compreensão de um irmão para com a irmã. E a irmã tem de preservar a confiança também. Então, agora quando vamos mais fundo nisso… e vemos por nós mesmos os problemas do nosso Vishuddhi que são: no Ocidente, nós sempre tentamos nos sentir culpados… e escapar de nossos erros. Por pequenas coisas, as pessoas se sentem culpadas, porque as normas da vida ocidental são muito rígidas. Como por exemplo, se você colocar uma colher do outro lado, acabou-se.

O que importa isso? Você pode pegá-la neste lado e comer. Se você derramar um pouco de café, então essa culpa irá perdurar por toda de sua vida. Afinal, o café deve ser derramado, se estiver quente. Isso pode acontecer. Algum acidente pode acontecer. O negócio da culpa é tão grande que… ninguém se corrige, simplesmente continua sentindo culpa, culpa, culpa. Você começa a perder todas as sutilezas da vida. Em especial, na Sahaja Yoga, sentir culpa significa que todo o seu canal esquerdo está bloqueado, Vocês não podem sentir as vibrações de forma apropriada, porque este é o nervo cervical no qual a culpa se situa… e fica apertando. Vocês não conseguem sentir o canal esquerdo.

Vocês começam a bloquear o canal esquerdo até contrair… algum tipo de doença horrível. Então vocês se dão conta. A parte mais sutil de Vishnumaya é que Ela conhece a Verdade. Quando Ela brilha, vocês podem ver tudo a partir Dela. Mesmo por um curto espaço de tempo, Ela expõe tudo na escuridão. Da mesma forma, quando Vishnumaya começa a agir em vocês, então Ela lhes expõe a Verdade. Mas supondo que vocês continuem… com seu Vishuddhi Esquerdo em demasia, então Ela simplesmente desaparece. Ela não estará mais lá para corrigi-los, para ajudá-los de alguma forma… ou para expô-los. Então vocês não sentem nada. Vocês se tornam entorpecidos no canal esquerdo, completamente insensíveis no canal esquerdo e o canal esquerdo é o indicador de todos os tipos de doenças de canal esquerdo.

Essa é uma das razões pela qual nós temos o maior número…. de doenças do canal esquerdo no Ocidente mais do que na Índia. As doenças indianas são de canal direito, enquanto as doenças de canal esquerdo vêm deste Vishuddhi Esquerdo. Portanto sentir-se culpado é um erro em si e é um mito. Agora vocês se sentem culpados por alguma coisa. De que adianta sentir-se culpado? Isso é apenas um mito. É algo vazio que você está carregando sobre si mesmo. Não adianta sentir-se culpado. Se você acha que fez algo errado, apenas encare isso: “Eu fiz isso de errado e não o farei novamente”. Mas se você se sente culpado, então é como uma coisal armazenado lá… e depoi, novamente você comente o mesmo erro.

Novamente comente o mesmo erro e você se torna imune, desenvolve imunidade. Então passamos a não sentir nem mesmo que isso é errado, Pessoas fazem coisas erradas sem nem mesmo achar que é errado. Até mesmo essa consciência ou vocês podem dizer, esse estado de alerta está acabado. Então vocês pensam: “O que há de errado?” Para tudo, esta é uma boa resposta : “O que há de errado?” É como um bêbado. Ele começa a beber. Primeiro ele sente: “Oh! Eu não deveria ter bebido.” Então ele começa a beber um pouco mais, depois um pouco mais, um pouco mais, por fim ele diz: “O que há de errado?”

“Se estou bebendo, está perfeito.” Qualquer coisa desse tipo começa com o Vishuddhi Esquerdo, porque nós não encaramos o erro. Não é verdade porque sua tradição é muito pouca… ou qualquer coisa assim. A úniica coisa é sua atitude. Porque é o lugar de Krishna, especialmente para os americanos é muito importante… encarar esses erros e admitir: “Tudo bem, eu tenho cometido este erro e não vou cometê-lo.” Portanto porque eles não querem admitir, eles assumem este comportamento arrogante. Eu sei que debaixo deste arrogante existe alguém que é muito culpado. Eles também são na verdade muito coletivos aqui também, muito coletivos no sentido de que eles ficarão preocupados… com o Vietnã, com a Coréia, com tudo. Qualquer coisa que aconteça no mundo, eles ficam preocupados. Foram eles que deram início às Nações Unidas e todo tipo de coisa.

Tudo está lá. Mas apesar de tudo isso, esse negócio da culpa, torna-os muito insensíveis. Muito insensíveis a coisas que são a realidade. Qualquer coisa que é negativa, eles deveriam encarar como algo negativo que eles não encaram. Apesar de serem um país democrático, eles apoiarão um país que é despótico. Todas essas coisas, não somente na política, mas também na vida diária. Então a coia torna se torna um estilo de vida. Isso se torna um estilo de vida, a coisa toda se torna coletiva. Ninguém jamais pode vir e dizer que isto é algo que vocês estao errando que deveriam parar. Se alguém disser isso, eles dirão que ele é louco, é imprestável.

Eu lhes contei que Freud foi denunciado por muitas pessoas, e elas escreveram artigos, tudo aconteceu, mas ninguém as ouviu. A mesma coisa também aconteceu com a Sahaja Yoga. Eles não Me ouviam, porque desenvolveram uma imunidade contra a realidade. Em tudo. Tornam-se imunes ao que quer que seja real. Eles não querem encarar isso: “Isto é demais, é demais para mim.” Com esse tipo de atitude, eles tinham de trabalhar alguma outra coisa… e nisso eles foram para o canal direito. Com isso, eles desenvolveram todo o tipo de máquina, ciência, tudo isso. Mas a ciência não é conclusiva, ela não lhes pode dar a totalidade, não pode dar a Realidade. Então, Vishnumaya mostra a Sua força.

Ela faz muitas coisas com as quais as pessoas ficam assustadas, Ela pode entrar em qualquer elemento. Ela pode permear. Supondo que Ela entre no elemento água, Ela pode criar um tufão. Ela pode criar qualquer tipo de desastre. Ela pode entrar na Mãe Terra e pode criar um terremoto. Ela pode fazer qualquer coisa, porque Ela tem um poder de entrar em tudo. Vocês sabem que Ela pode entrar na Mãe Terra muito facilmente. Ela pode entrar na água muito facilmente, e quando Ela entra, Ela se torna a catalizadora. E todos esses problemas que vocês estão enfrentando hoje nos EUA… são por causa do Vishuddhi Esquerdo, por causa de Vishnumaya. Eu estou feliz pelo programa de hoje ter sido organizado para Vishnumaya, porque esse é o poder com o qual vocês, Sahaja Yogis, deveriam ser capazes de aproveitar e de venerar, de modo que Ela observe todos vocês, e cuide de vocês e preserve as suas vidas.

Agora, a coisa mais difícil é convencer as pessoas nos EUA… de que o dinheiro não é tudo. Vocês podem ter qualquer quantia de dinheiro, vocês podem ter qualquer quantidade dos chamados prazeres, tudo, mas ainda assim, vocês nunca poderão estar satisfeitos… e vocês nunca estarão em paz consigo mesmos e não poderão gerar paz. O dinheiro não pode substituir a realidade, ele apenas está lá. Agora, o problema é que as pessoas se tornam tão viciadas em dinheiro… que todo o sistema de valores começa a decair. Eu fiquei surpresa, Eu conheci alguém aqui… que levou a sua própria irmã à prostituição. Então Eu disse: “O que é isso? O que você está fazendo?” “O que há de errado nisso? Nós ganharemos dinheiro.” Portanto eles são condescendentes com seja o que for que gere dinheiro.

Então, não existe castidade, que é o básico, que é a fundação dos seres humanos. Como resultado, quando vocês insultam a virgindade de Vishnumaya, então Maya significa que o jogo Dela é: vocês contraem AIDS, vocês contraem todos os tipos de doenças que são incuráveis… e que são o que vocês podem chamar de doenças sexualmente transmissíveis. Porque Ela é a Virgem e porque Ela respeita a virgindade. E aqueles que vão contra… Não que a virgindade seja significativa somente para as mulheres, ela também é significativa para os homens, porque todo mundo tem aqui o Vishuddhi Esquerdo. A ideia aqui é que a virgindade é uma palavra usada… somente para as mulheres. Não é. Mesmo os homens que não respeitam a virgindade deles, sua castidade, são atacados por Vishnumaya de diferentes modos. Eu não fico surpresa que eles digam que Los Angeles… esteja em perigo o tempo todo, por causa dos filmes que vocês produzem, todas essas coisas que vocês produzem. Agora, é claro, com a Sahaja Yoga estando muito bem estabilizada… em Los Angeles, as coisas podem ser evitadas, mas ainda é muito perigoso. Uma das mais poderosas Shakti é essa de Vishnumaya, porque Ela joga com a ilusão. Ela também cria a Maya.

Ela também rompe a Maya e pode queimar qualquer coisa. As florestas de vocês estão queimando agora. 65 hectares de terra estão queimando. Quem fez isso? Ninguém mais do que Visnhumaya. Ninguém tem de utilizar uma caixa de fósforo para isso. Ela pode queimar qualquer coisa… e a queimação Dela lhes dá a sensação de uma descarga elétrica, como se vocês tivessem se queimado com uma descarga elétrica. Isso é muito verdadeiro em muitos casos que Eu tenho visto. Aqueles que vieram a Mim com problemas de Vishuddhi Esquerdo, disseram: “Nós achamos que existe uma descarga elétrica vindo daqui.” “É como a queimadura de um choque elétrico.”

Isso é ação de Vishnumaya e Ela é Aquela que corrige. Ela corrige. Não se sintam culpados. Enfrentem os seus problemas. Isso é como quando nós escondemos nossos erros em nome da culpa. quando tentamos camuflar isso. Ela é Aquela que expõe isso no nível individual, no nível coletivo, no nível nacional, no nível internacional. Porque Ela pode penetrar em qualquer coisa… e essa Sua penetração dá a Ela essas sutilezas. Mas as pessoas não conseguem relacionar… os desastres aos seus erros. Elas não conseguem.

Eles não compreendem porque tal desastre aconteceu, o que aconteceu. Houve um grande tufão que veio. Veio até um ponto… e subitamente mudou sua direção para Kauai. Agora, qual foi a razão disso, de ir e atingir Kauai? Em Kauai, existe um Swayambu de Shiva, isso é um fato. Pessoas estão ganhando dinheiro com isso, muito dinheiro… e enganando as pessoas. Há um grande negócio acontecendo em nome de Shiva. Então, Kauai foi atingida, o Havaí nem tanto quanto Kauai. E ele mudou de direção repentinamente, ninguém pode entender isso. Portanto, todas essas coisas estrondosas que estão vindo da natureza, qualquer coisa, seja um terremoto ou um deslizamento de terra… ou poderia ser enchentes ou poderia ser tufões, qualquer coisa é trabalho dessa Vishnumaya… ou nós podemos dizer que todas as catástrofes naturais… são trazidas por Vishnumaya.

Ela tem esse poder para fazer isso. Esse é o único modo de chocar as pessoas, mas, apesar de todo esse choque, as pessoas têm de relacionar esses desastres aos erros que cometeram… e mantiveram aqui, não os encarando. Eu ouvi de alguns estudantes indianos que quando chegaram aos EUA, alguns garotos lhes ofereceram drogas… e fazer todas as outras coisas também. Eles não aceitaram. Os garotos americanos disseram: “Vocês são muito bem comportadinhos, isto e aquilo.” Eles ficaram bombardeando suas cabeças, dizendo: “Vocês têm de fazer isso.” “Vocês são covardes, não conseguem fazer isso”. E tudo mais. Então, alguns disseram: “Tudo bem, nós experimentaremos”. O que surpreendeu os estudantes indianos é que eles sabiam que aquilo… era errado, enquanto os outros garotos nem imaginavam que era errado.

Os garotos americanos pensavam que eram grandes mártires… ou que eram libertadores e que tinham conquistado liberdades. Eles não conseguiam compreender isso. Esse tipo de liberdade da qual eles estavam se vangloriando… era tão destrutiva. Eles nunca entenderam que isso é destrutivo. Portanto, uma vez que o seu Vishuddhi Esquerdo… esteja completamente bloqueado, vocês perdem totalmente… o discernimento deste chakra aqui, que chamamos de Hamsa chakra. E então vocês não sabem o que é destrutivo e o que é construtivo. Vocês passam a aceitar principalmente as coisas destrutivas, se o seu Vishuddhi Esquerdo está mal. Fogem. “E daí? O que há de errado?”

É dessa forma que a violência surgiu. É dessa forma que todo tipo de trapaça e corrupção surgiram. “O que há de errado?” Porque, se vocês fazem qualquer coisa errada, vocês a colocam aqui. Acabou-se. Está armazenado. Novamente vocês fazem algo errado e o colocam lá. E até vocês se tornarem completamente imunes… a todas as ações destrutivas, vocês continuam fazendo. Então o que fazer para sair disso? Para sair desse estado horrível onde você não percebe nada errado, a única coisa a ser feita é adotar a Sahaja Yoga da maneira correta.

Antes de tudo, você deve encarar a si mesmo. Se você começarem a encarar a si mesmo, você perceberá que cometeu um erro. “Então, este é o erro que cometi. Não importa,” “não me sentirei culpado por isso.” “Se eu tiver que fazer isso, eu não o farei e não me sentirei…” “culpado por qualquer coisa que aconteceu. Isso é passado. Acabou-se.” Com essa fé em você mesmo, você pode, definitivamente, se livrar de seu Vishuddhi Esquerdo. O problema é que mesmo se Eu lhe falar alguma coisa, fico preocupada que você comece a sentir-se culpado também. Eu estou lhes falando isso para a sua correção.

Então, você começa a sentir culpa: “Oh, a Mãe está dizendo que eu fiz isto e aquilo.” Que você fez. Nesse momento, o que Eu estou lhes falando… é para não fazer isto nunca mais novamente. E encare isso. Seja o que for que você fez está acabado e está perdoado totalmente. Senão Vishnumaya assumirá o controle. Isso é muito importante, porque um lado é leela, é um jogo, e o mundo todo é belo. O outro lado, é a culpa. Então nós pensamos que apenas sentindo culpa, estamos resolvendo todos os nossos problemas… e neste lado, nós estamos desfrutando… e este, a parte da culpa, é exatemente como um armazém… do lixo que colocamos aqui. Mas nunca pensamos nesse lixo, no que está errado, está nos fazendo.

E é isso que ocorre: Vishnumaya tem de queimar esse lixo, então Ela trabalha da Sua própria maneira, à Sua própria maneira Maya e tantas coisas acontecem. Por exemplo, havia uma senhora que era muito canal direito. Ela dominava todo mundo, mas ninguém se atrevia a dizer isso a ela, porque se você lhe dissesse, ela se voltaria contra você. Portanto ninguém queria lhe dizer o que estava errado com ela. Eles diziam: “Tudo bem, deixem para lá”. Mas Eu lhe falei: “Observe que você é muito canal direito.” “Você está dominando todo mundo. Todos têm medo de você.” Então ela disse: “Não, Mãe, eu não sou.” Eu disse: “Tudo bem, Eu estou lhe dizendo.”

“É melhor você acreditar em Mim ou terá problemas.” Naquele mesmo dia, ela estava descendo as escadas e rolou do topo até o chão. Ela caiu sobre o seu lado direito. Ela veio até Mim: “Mãe, veja, minha mão direita está quebrada”, “minha perna direita está quebrada, isto e aquilo estão quebrados”. Eu disse: “Então, você sabe o que aconteceu?” “Agora, eu sei por que isso aconteceu”. Então Eu a curei e ela ficou bem. Mas o que estou tentando lhes falar é que ela não Me escutou. Portanto as pessoas de canal direito… têm uma capacidade especial de pôr tudo aqui. Assim, Eu sempre digo que isso é subproduto do ego.

Essas pessoas que tentam dominar, que tentam ficar com raiva, que tentam controlar todo mundo, colocam isso aqui e depois a coisa toda trabalha contra elas. Isto é para ser compreendido de uma forma muito séria: ao se sentirem culpados, não é que vocês estejam se ferindo, mas vocês estão prejudicando todos os outros. Vishnumaya também fica muito aborrecida com duas outras coisas. Uma delas é fumar. Se vocês fumam muito, então Vishnumaya ficará muito enfurecida. Ela é Aquela que depois causa o câncer. Ela pode estragar a sua garganta. Todos os tipos de problemas de ouvido, nariz, garganta… podem vir com o ato de fumar, porque Ela não gosta disso. Ela – uma vez, duas vezes, três vezes – mas uma vez que vocês comecem a fumar e depois de algum tempo: “Oh! O que há de errado nisso?”

Eles citarão tal homem de 83 anos que ainda fuma. Vejam, citando casos assim, eles os têm como ideal. Então vocês têm também alguns heróis de cinema. “Tal homem, ele matou a sua esposa. Vejam, ele vai bem.” “Portanto deveríamos matar também.” “Deveríamos fumar também”. Então todos os ideais que têm destruído eles mesmos, tornam-se nossos ideais. E começamos a fazer exatamente o que eles estão fazendo, sem saber que assim como eles são destruídos, nós também seremos destruídos. Portanto, essa compreensão sobre os poderes de Vishnumaya… deveria estar presente conosco.

Se nós tentarmos continuar com nossos erros, e colocando-os aqui, então a primeira coisa é que nós nos tornamos vulneráveis… a todos os tipos de doenças. Com isso, se vocês estiverem fumando, poderão se tornar também muito vulneráveis ao câncer de garganta. Outra coisa que as pessoam não conhecem é os mantras. Se vocês ficarem recitando qualquer mantra, quero dizer, na Índia, há pessoas que se levantam todos os dias de manhã… e recitam alguns mantras, por ceca de, digamos, cem vezes, outras fazem isso pelo menos trezentas vezes, quinhentas vezes. Elas vão contando: mantra, mantra, mantra, dessa forma. Agora, Ela é Mantrika. Ela é Aquela que dá o poder ao mantra. Agora, se vocês não estão conectados a esse Poder Divino, então ocorre um curto-circuito, e se vocês continuam recitando o mantra, vocês desenvolvem todos os problemas de garganta, o câncer de garganta. Podem também desenvolver problemas de estômago, porque Krishna e Vishnu são o mesmo. Vocês talvez desenvolvam também problemas do Virata.

Porque você está recitando um mantra desta forma: um telefone, se ele não está conectado e continuar a utilizá-lo, ele irá parar de funcionar. Da mesma maneira, se vocês estão recitando mantras errados, no sentido de que os mantras que são recitados antes de sua conexão com o Divino, então eles podem danificar muito o seu Vishuddhi Esquerdo. Esse é o estilo que eles usam na Índia. Supondo que você seja um empresário na Índia. Agora, como um grande empresário, você ganhou muito dinheiro, agora vocês se sentem culpados em relação a isso, porque você ganhou por meios errados, também por todos os tipos de mercado negro e todos os tipos de coisas. Então eles construirão um grande templo para Vishnu. Não para o Vishuddhi, mas farão um templo muito grande de Shri Vishnu… e criarão um tipo imagem de que eles são pessoas muito religiosas. Ou eles terão khairát, significa que distribuirão comida às pessoas… ou distribuirão algumas coisas às pessoas e se sentirão satisfeitos. Aqui vocês continuam cometendo muitos pecados, muita insensatez… e então desse dinheiro farão uma pequena contribuição… para Shri Vishnu, achando que Shri Vishnu ficará muito feliz e não os punirá. Mas Ele é Kubera.

O que você podeLhe dar? Ele é Kubera. Ele lhes dá todo o dinheiro. Ele faz tudo. Então como você pode dar qualquer coisa a Kubera, que é Ele próprio o Senhor da Fortuna? É muito comum na Índia, como por exemplo, havia um bhudan (terra doada). Eu soube de um homem que era muito corrupto, um sujeito muito mau, ele era realmente um homem muito, muito mau, ele havia tomado muitas terras de fazendeiros pobres e tudo mais. Então ele doou uma terra para Mahatma Gandhi… e essa terra, essa terra bhudan era imprestável. ela era, Eu acho, em (…) Essa terra era tão ruim que você não podia plantar… nem mesmo cactus lá. E ele ficava dizendo para todo mundo: “Doei muitas terras para bhudan”, Portanto tentando mqeio que se justificar… por ter tirado toda a terra dos pobres, e esquiivando-se deles e depois fazer esse tipo de generosidade.

Assim essa é uma outra fuga que as pessoas têm, fazer o que querem e no final ser generoso. Esse tipo de cobertura generosa dos seus erros pode ser muito enganosa. Isso não funciona com Vishnumaya. Ela os conhece muito inteiramente e se tentarem todos esses truques com Ela, Ela lhes mostrará os Seus poderes. Eu diria que todos os seus problemas do canal esquerdo… surgem por causa do poder de Vishnumaya. Ela os pune, assim como Ela expõe, assim como Ela lhes dá a luz, assim como Ela os corrige. Com todos esses poderes de Vishnumaya, deveríamos estar muito agradecidos… por estarmos hoje celebrando um Puja especial a Ela, porque Eu penso que uma das maldições do Ocidente, especialmente dos americanos, é sentir-se culpado. Assim hoje, todos vocês têm de prometer em seus corações e o mantra é – agora Ela também entende inglês, talvez – vocês podem dizer: “Mãe, eu não sou culpado de forma alguma.” Só isso. Se isso for dito, Ela ficará muito feliz.

“Eu não sou culpado de forma alguma, eu não vou me sentir culpado.” Uma vez que pararem de sentir culpa, vocês não farão coisas erradas. Porque, como vocês conseguirão fazer? Por não estarem fazendo, vocês não podem colocar isso como uma culpa. Assim, de que adianta fazer qualquer coisa errada? Se você comete um erro, isso vem à sua cabeça. Você não consegue colocar isso no seu Vishuddhi esquerdo. Portanto, você não fará nada errado. Você imediatamente compreenderá: “Se eu cometer um erro, eu tenho de encarar isso.” Mas se há um espaço aqui reservado, onde você possa colocar a sua culpa por suas ações erradas, disponível, então você não se importará tanto.

Supondo que alguém tenha uma casa pequena, sem espaço para estocar, então se alguém lhe traz alguma coisa, ele diz: “Não, não, não. Não tem nenhum espaço. Estou totalmente cheio.” É dessa forma. Portanto a melhor coisa é não ter nenhuma culpa a qualquer custo. “Eu não terei nenhuma culpa. Se cometi algum erro, tudo bem,” “admitirei que cometi o erro… “e não terei nenhuma culpa de forma alguma sobre isso, enfrentarei isso”. Você ficará surpreso ao ver que você irá parar de fazer coisas erradas. Definitivamente, você irá parar, porque não resta nenhum espaço. Então hoje é muito importante fazer algo relacionado a Vishnumaya, e tenho certeza agora, estou muito feliz…. com o tour da América Desta vez, Eu estou realmente feliz, porque Eu acho que tem funcionado muito bem na maioria dos lugares, e se não deu certo, não deveríamos nos sentir culpados, mas sim encarar o problema: “Por que isso não deu certo?”.

E o problema recai sobre os Sahaja Yogis e sobre mais ninguém. Você não deveria culpar ninguém mais por isso. Apenas observe-se, quais erros você deve ter cometido. Pode ser um erro pequeno ou grande, qualquer que seja ele, encare-o. Não existe mal nenhum em dizer: “Eu cometi um erro.” Mas, se você disser “desculpe”, significa que isso irá direto para cá. “Não, eu cometi um erro”. Admitir isso é muito cortês, muito belo…, e muito gentil com você mesmo para a sua benevolência. Na Sahaja Yoga, esse é um dos maiores mantras… para todos os ocidentais. Eles deveriam o tempo todo dizer, para todas as árvores, para toda a natureza em volta: “Eu não sou culpado.”

Seus problemas ecológicos serão sanados, porque vocês não farão coisas erradas para prejudicar a ecologia. Vocês serão cuidadosos, porque poderiam prejudicá-la e sentir-se culpados. “Oh, eu não deveria ter feito isso. Oh, eu não deveria.” Mas por que você fez isso, em primeiro lugar? É o ponto. Então, agora na próxima vez você não irá fazê-lo. Muitos dos nossos problemas serão resolvidos se vocês os enfrentarem… e os corrigirem com confiança. Isso é possível para os Sahaja Yogis, porque vocês estão separados do seu ser, vocês estão afastados dele. Vocês podem ver o seu corpo, podem ver sua mente, podem ver o seu ego, vocês podem ver todas essas coisas… e sabem como corrigi-las.

Você não é isso, você sabe, então você é o Espírito… e com a luz do Espírito, você pode corrigir todas essas coisas. Mas essa culpa é algo que os impede completamente de se corrigir… ou fazer qualquer coisa melhor sobre isso… trazer qualquer coisa construtiva para sua mente. Isso resolverá muitos problemas para a América, assim como para todo o mundo ocidental. O mesmo para os indianos, eles não deveriam pensar… que se forem um pouco generosos, poderão livrar-se de seus erros. Eles têm de encará-los. É um estilo diferente. Os indianos são muito inteligentes, eles sabem como encontrar… desculpas e escapatórias. Mas afinal, é Vishnumaya. Ela lhes mostrará que não há escapatória, apenas encarem isso. Não há nenhuma necessidade de se condenar, nenhuma necessidae… de forma alguma de se rebaixar ou de se sentir inferior, mas sim ser superior como o Espírito.

“Oh eu vejo, eu observo.” Como se Eu dissesse: “Tudo bem, Nirmala,” “Eu Te observo muito bem, Você fez isto.” Separe-se de você mesmo. Você pode falar com o espelho. Você pode ir ao rio e dizer lá ou você pode ir ao oceano e dizer: “Veja, cometi esse erro e agora não o farei mais.” Vocês podem fazer promessas a todos esses elementos. Uma vez que vocês façam essas promessas, Vishnumaya irá receber… a mensagem e Ela não irá entrar nesses elementos para perturbá-los. Então vocês devem ir e falar com o oceano: “Tudo bem,” “a América não é culpada por seja o que for que eles fizeram.” Digam isso. Se vocês disserem, tudo bem, não utras pessoas, porque Eu lhes disse que a sua genética foi modificada, vocês são pessoas diferentes.

Seja o quer for que digam, Visnhumaya sempre acreditará e tudo funcionará muito bem. Mas este é uma época especial, como Eu lhes disse antes, o qual chamamos de Krita Yuga, entre a Kali Yuga e a Satya Yuga. Esta época é tão importante… que sejam quais forem os erros que tenhamos cometido, nós temos de pagar por eles. Isso é um karmaphala, não será resolvido apenas colocando isso aqui. Portanto temos de obter a Realização, modificar completamente a genética… e depois podem ir e dizer para a natureza: “Tudo bem, agora nós não somos culpados.” “Nós obtivemos a nossa Realização.” E isso funcionará, Eu estou certa. Tantas catástrofes deste país podem ser evitadas por vocês, Sahaja Yogis. Que Deus os abençoe.