Shri Mahalakshmi Puja

Barcelona, Can Mas-casa de colónies (Spain)

1992-09-30 Mahalakshmi Puja Talk, Barcelona, Spain, DP, 69' Download subtitles: PTView subtitles: Add subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribe


Shri Mahalakshmi Puja Barcelona, Espanha, 30.09.1992

Hoje, nós nos reunimos aqui para fazer o Mahalakshmi Puja. O Princípio de Mahalakshmi… é um princípio muito importante dentro de nós. Quando nos países ou na família ou nas vidas individuais, nós percebemos… Alguém deve traduzir, Eu acho que é melhor porque eles não entendem. Você pode se sentar lá. É melhor. Venha. Assim, este Princípio de Mahalakshmi… é a coisa mais importante para nossa ascensão. Este principio está dentro de nós, mas não é despertado… antes de termos alcançado certas situações, onde nós descobrimos que… ainda não estamos satisfeitos com nossa vida. Por exemplo, no Ocidente agora, vocês tinham as bênçãos do Princípio da Lakshmi, no sentido de que há riqueza, as pessoas estão bem, todo mundo tem comida suficiente no dia a dia de suas vidas. Mas os países que são muito afetados pela pobreza… ou que estão em condição muito ruim, como por exemplo, vocês podem ver agora, a Iugoslávia atualmente está assim, em uma situação muito ruim, ou um país, como Somália, que é tão pobre… e eles não têm também nenhum histórico espiritual. Então para eles, esta vida significa apenas, de uma forma ou de outra, sobreviver, apenas sobreviver.

Como esta é uma vida de crises que eles têm, eles ainda têm de sobreviver em suas vidas, então é uma crise para eles. Mas nos países ricos, tem acontecido das pessoas começarem a sentir isto: “Agora nós obtivemos este dinheiro,” “nós obtivemos todo o conforto da vida,” “mas ainda assim isso não está nos dando a alegria da vida.” Como a Índia, que é um país que tem um histórico espiritual desde o começo. E é uma Yoga Bhoomi, e as pessoas sabem que você tem de ascender, que essa é a coisa que você tem de alcançar. Você não tem de dizer a um indiano: “Qual é o objetivo de sua vida?” Ele dirá: “Eu quero alcançar a Realização do Si.” Eles não se importarão com a pobreza… ou com qualquer tipo da assim chamada “escassez de coisas”, porque para eles, isso não é tão importante. A coisa mais importante é: eles têm de obter o seu Moksha, eles têm de obter a sua Realização, isso é a coisa mais importante. Assim, a Índia foi uma vez um país muito rico… e muitas pessoas o invadiram, e ele tornou-se pobre. Mas eles ainda, apesar de tudo isso, eles ainda não se importam, o que foi perdido está perdido.

A coisa mais importante é que o Espírito deles ainda está intacto, e é isto o que eles têm de descobrir: o Espírito. Mas vejam, os políticos em todo lugar são estranhos, e vocês nunca devem julgar nenhum país pelo governo, mas sim pelas pessoas comuns. Assim, a ânsia de descobrir novas coisas através da ciência, ou entrar em outros países e invadir e dominar, tudo isso estava presente nos países ocidentais. Por exemplo, Colombo foi à América e, quero dizer, mataram muitas pessoas. Os Espanhóis mataram muitas pessoas. Mas então, depois de alguns anos, deveríamos dizer, as pessoas começaram a pensar: “De que adiantou tudo isso?” “O que obtivemos?” Nós temos comida, nós temos roupas, nós temos casas, há a ciência, mas nada é conclusivo. E então, as fundamentais perguntas básicas surgem: “Por que eu estou nesta Terra?” “É somente para nascer e ganhar algum dinheiro e depois morrer?”

Quando perguntas assim começam a vir nas mentes das pessoas, então este Princípio de Mahalakshmi desperta. E a busca começa. E eles tornam-se “sadakas”, significa “buscadores”. Assim, esse princípio não pode ser forçado em ninguém. É algo que simplesmente de forma inata, começa a se manifestar. É quando você tenta descobrir o que está além: “Afinal, qual é o propósito de minha vida?” Porque você começa a se respeitar. Também, você vê em sua volta pessoas… que estão se entregando aos prazeres da vida, mas não há nenhum contentamento nelas. Assim, esse tipo de coisa, que é seu ambiente, você pode chamar, sua vida nacional, sua vida familiar, tudo começa lhe proporcionar perguntas. Esse próprio questionamento, o tempo todo, faz com que você procure as respostas a essas perguntas.

Então você começa a ler livros, ouve de alguém que você pode obter treinamento espiritual, você vai àquele lugar, quero dizer, você simplesmente volta-se para essas coisas. Agora, no Ocidente, o maior problema foi o Cristianismo. Porque no Cristianismo, o que Cristo… transmitiu às pessoas foi completamente distorcido por Paulo. E ele conseguiu um palanque muito bom para ele mesmo – ele era um burocrata – assim, ele queria galgar essa plataforma. Ele não foi um discípulo de Cristo. Ele nunca se encontrou com Cristo, nada disso. E ele pensou: “O discípulo mais fraco de Cristo é Pedro.” Cristo disse: “Satã dominará você.” Então, ele alterou a Bíblia, e com isso, ele colocou nela que Cristo disse a Pedro – é absoluta falsidade – Você formará a sua igreja. Foi desse modo que o Cristianismo começou.

E há tantas coisas que ele incluiu. Por exemplo, ele não queria que nada fosse mencionado… sobre a Mãe de Cristo, sobre a Madona, ou sobre a Mãe Primordial. Então, quando com esse Princípio de Mahalakshmi, as pessoas foram para o Cristianismo… e acharam que aquilo era absurdo. Elas não tinham respostas. Elas não sabiam o que era o Espírito Santo. A tal ponto que houve um Papa, Eu li recentemente, a quem foi perguntado: “Vamos supor que você torne alguém um santo após a morte dele,” “então ele sente a divindade no túmulo…” “no momento quando você faz isso?” Então esse Papa disse: “Sim, é claro,” “logo que nós o tornamos santo na igreja,” “ele pode sentir isso no túmulo.” Depois, o segundo Papa que veio disse: “Não, não, isso não é verdade.” “Mesmo que você os torne santos,” “eles têm de esperar pelo Juízo Final…” “e nesse momento, todos esses cadáveres sairão…” “e sentirão o Divino.” Naquele momento, Naquele momento, somente os ossos estarão no túmulo.

Assim, eles também não aceitavam a ideia de reencarnação. O pior foi a ideia de que há um pecado original. Neste puja, naquele momento, Eu lhes falei sobre o pecado original. Eu não sei quantos de vocês estavam lá para este puja. Este último puja. Navaratri Puja. Então Eu lhes contarei o que realmente aconteceu. Todos os animais são chamados de “pashu”, significa que eles estão sob o completo controle de… Deus Todo-Poderoso. E eles não têm consciência. Então, a ideia do Pai foi… criar os seres humanos, tudo bem, que não seriam parecidos com os animais, mas que estariam completamente sob o controle Dele.

Por que é uma dor de cabeça… dar liberdade aos seus filhos. Mas a Mãe Primordial achou que isso não estava correto. Os filhos devem ter o conhecimento. Então Ela transformou-se na cobra. E lhes disse: “É melhor comerem o fruto do conhecimento.” Do contrário, se Ela não tivesse dito, nós seriamos inferiores como animais. Através disso, os seres humanos obtiveram a liberdade deles. É claro, eles cometem erros. Eles têm cometido muitos erros em suas escolhas, não importa, mas todos eles podem obter a Realização. Assim, este é o ápice desse desejo da Mãe Primordial: as pessoas devem obter a Realização do Si… e devem saber de tudo.

É desse modo que todos vocês são Sahaja Yogis agora. Mas se isto não tivesse vindo em sua cabeça, que não há nenhuma resposta a muitas perguntas no Cristianismo, ou em qualquer religião, vocês não teriam desenvolvido o Princípio de Mahalakshmi. E o Princípio de Mahalakshmi começou a manifestar em vocês, vocês começaram a procurar a Verdade. Este princípio esteve muito ativo… nos últimos 50 anos, Eu diria. E uma nova era começou, que é a Kali Yuga e… agora é a Krita Yuga. Significa que este Poder Onipresente do Amor Divino, que é o poder da Mãe Primordial, tornou-se ativo, simultaneamente com as pessoas… que de repente tornaram-se conscientes… de que tinham que buscar, muitas delas. Assim, esta Krita Yuga começou… e ela está fazendo muitas coisas… que nunca foram feitas em nenhuma encarnação. A primeira coisa é que durante essa época, todo mundo terá os seus “karma pallas”, significa que seja o que for que eles tenham feito de errado, eles terão de pagar por isso. “Karma Palla” “Palla” significa “o fruto”. Somente através da Realização do Si, os karma pallas podem ser completamente eliminados.

Assim, agora nós temos também karma pallas coletivos. Vejam agora, por exemplo, muitos americanos mataram… pessoas pobres e simples que viviam na América, como os índios pele-vermelha. E esse pobres coitados foram completamente, completamente aniquilados, devastados. Eles não podiam lutar contra as armas… dos “peles brancas” anglo-saxões… e dos espanhóis. Então, como resultado disso, alguns deles simplesmente correram para as montanhas, como a Bolívia e todos aqueles lugares, se esconderam lá. Assim, agora na Bolívia, eles descobriram essa droga. E essa droga está agora chegando aos EUA, e as pessoas estão morrendo. Eles têm de pagar por seus pecados. Por que os americanos gostam tanto dessas drogas? Por que eles estão contrabandeando tanta droga?

E por que dentre todas as possibilidades, ela está vindo da Bolívia? Porque eles estão pagando por seus pecados. As drogas também estão vindo principalmente para Espanha, primeiramente. E elas são distribuídas daqui para todo lugar. Desse modo, todos esses karma pallas devem ser pagos, quer sejam coletivos ou individuais. Por exemplo agora os indianos, nós tivemos esses ingleses. Por 300 anos, eles ficaram em nosso país. Eles vieram sem nenhum visto de entrada, sem nada. E agora, se qualquer indiano sai sem um visto, eles são presos. E eles dividiram nosso país em três partes.

Mas agora, o país deles está dividido em quatro partes. Todo dia, há um medo de bomba. E eles não sabem como administrar esses quatro países… que estão dizendo: “Nós não somos ingleses.” A pessoa tem de pagar. É surpreendente, elas eram pessoas muito, muito insensíveis… que vieram para a Índia, porque elas nunca se importaram em saber sobre a espiritualidade. Não importa. Agora, a pessoa tem de encarar isso. Da mesma forma, também teremos de pagar os nossos karma pallas individuais agora. Vocês veem que a AIDS está chegando, acredita-se que 65% das pessoas estão… com os nervos em frangalhos na América. Vocês veem tantos divórcios, e a forma como a sociedade está arruinada, a forma como as mulheres tornaram-se tão esquisitas.

É muito, muito triste que todas essas belas pessoas… tenham adotado uma vida destrutiva. Elas estão adotando a destruição. Ninguém lhes fala sobre isso, mas essas pessoas simplesmente adotam, se elas veem que essa é a melhor maneira de se destruir, elas o fazem. Se alguém ganha algum dinheiro, imediatamente ele irá a um bar. Ou então ele talvez compre drogas. Ou talvez ele comece o comércio de drogas. Assim, o tempo todo, eles estão pensando em como destruir o seu corpo. Eles começarão a fumar ou a beber… ou a tomar drogas e todas essas coisas destrutivas. Antes na Espanha, as pessoas costumavam – quero dizer, mesmo agora – matar um touro. Agora, eles estão se matando… ao adotarem todas essas coisas insensatas… e correndo atrás de todas essas coisas insensatas, eles estão se matando.

Por levar uma vida imoral, eles estão destruindo seus próprios filhos, suas próprias famílias, suas próprias esposas. Então, por que eles adotam todas essas coisas destrutivas? Eles veem alguém que está indo para o bar, e ele sai e cai no chão, novamente eles vão e pagam para ficar como ele, novamente você sai e cai no chão. Eles nem mesmo pensam: “Nós estamos pagando por essa insensatez.” Assim, isto é um tipo de reação, Eu diria, um karma pallas: sejam quais forem os pecados que eles cometeram… estão voltando para eles. Eles tentaram destruir outros países, então agora eles estão se destruindo. Por exemplo, Eu fui à China, sentei próximo da esposa do primeiro ministro. Ela Me perguntou: “E quanto aos ingleses, como eles estão?” Eu disse: “Eles estão bem.” “Mas, e quanto às drogas?

“, ela disse. Eu disse: “Está exagerado porque no sul de Londres,” “há crianças de 12 anos, que são duas mil,” “que estão tomando drogas, neste momento.” Então ela disse: “Eu fico muito contente, muito bom,” “porque eles nos drogaram com ópio.” “Agora, deixem todos eles terem drogas e caírem no sono.” E falando realmente, esses ingleses superativos… agora tornaram-se extremamente letárgicos e nojentos. Assim, quando você vê tudo isso, então de repente você começa a pensar: “Não, não quero ser parte desta sociedade., é algo estranho.” Então tome como exemplo, digamos, a anticultura, como os hippies fizeram. Mas aquilo era muito superficial. Era apenas uma forma de dominar os outros. Eles diziam que eram primitivos, que estavam se tornando primitivos, mas o cérebro deles era moderno.

Então, depois chegamos no ponto onde compreendemos… que todo esse tipo de comportamento hipócrita é inútil. Porque seja o que for que você tente, seja o que for que você aceite, a não ser que você sinta essa alegria dentro de si mesmo, você ainda está procurando. Assim, de todo jeito, vocês estão aqui… porque havia o Princípio de Mahalakshmi que foi despertado, também vocês estão aqui porque vocês são Sahaja Yogis. E portanto agora, vocês têm poderes de elevar a Kundalini dos outros, de dar a Realização aos outros, de curar as pessoas. E vocês têm o autoconhecimento. Vocês sabem tudo sobre seus próprios centros também. Mas nós devemos entender como manter… nosso Princípio de Mahalakshmi intacto. A primeira coisa é: nós obtemos a nossa Realização tão facilmente… que não compreendemos o valor dela. O quanto isso é fabuloso, o quanto isso é glorioso. Mas vamos supor, se Eu tivesse lhes pedido para irem aos Himalaias, jejuassem por um mês e depois morressem, e voltassem na próxima vida, talvez, talvez vocês tivessem sentido apenas a coisa certa.

Mas Meu estilo foi este: “Não, não, não,” “deixem-nos ter um pouco de luz em seu Princípio de Mahalakshmi.” “E somente com um pouco de luz, eles podem ver…” “o que está errado com eles.” “Eu não tenho de lhes dizer, eles próprios podem ver.” Assim, somente este Princípio de Mahalakshmi dentro de nós, em nosso Sushumna Nadi, conseguiu lhes mostrar o que está errado com vocês. Porque você descobre qual chakra está com problemas, sobre si mesmo. Então, você não gosta disso e quer ter isso corrigido também. Se Eu disser a alguém: “O seu Agnya está bloqueado”, Eu quero dizer que é ego, mas Eu não digo dessa maneira, apenas digo: “O seu Agnya está bloqueado.” Imediatamente essa pessoa dirá: Sim, sim, eu sei, Mãe, o meu Agnya está muito ruim. Assim, com esse conhecimento, você pode manter o seu caminho central aberto. Para isso, a pessoa tem de ter equilíbrio.

Equilíbrio significa moderação. Por exemplo, seja qual for sua vida anterior, alguns de vocês devem ter sido muito interessados em esportes… ou talvez em comida. Então, com o advento da Sahaja Yoga, agora você pode ver por si mesmo onde você está errando… e o que deve ser feito para corrigir isso. Há muito poucos princípios que vocês têm de aceitar… na Sahaja Yoga. Um deles é perdoar todo mundo. Porque esse perdão está em um ponto muito crucial… do Agnya Chakra. Agora, se você não perdoar, a sua Kundalini não se elevará, vocês têm visto isso. Assim, sua própria Kundalini trabalha… todos os problemas de seus chakras. Então, que bênção é agora sabermos sobre nós mesmos, também sabermos como nos curar. Essa é uma percepção muito grande que obtivemos… e é desse modo que começamos a fazer introspecção.

E não ficamos constrangidos de termos de ver por nós mesmos… o que está errado conosco, nós não ficamos constrangidos com isso. Porque com este Princípio de Mahalakshmi, você ascendeu a um estado do seu Espírito que apenas observa, que sabe. E quando você apenas observa as coisas, então você compreende o que está errado e como você pode ajudar. Você compreende também outras pessoas. Manter-se distante ou imperturbável pelos problemas dos outros. Você sabe como se proteger. Mas ainda assim, Eu diria que o ego é um grande inimigo de um Sahaja Yogi. Deve ser compreendido… que se não conseguirmos nos livrar de nosso ego, nunca poderemos nos elevar ao Sahasrara. Assim, através de sua meditação, através de sua dedicação, você consegue manter sua Kundalini no caminho central da evolução. Você tem de ficar atento, você tem de ser realmente atento… com relação a “o que está faltando em mim?”

“O que é isto que está me condicionando?” Assim, o Princípio de Mahalakshmi, que é para sua ascensão, tem de ser usado principalmente para sua ascensão. Isto deve ser entendido: nós iremos manter o nosso Princípio de Mahalakshmi despertado. Porque é este princípio que o levou para a Verdade, para a totalidade. E se você quer realmente ir em frente, se realmente você quer ir em frente com sua ascensão, então por favor lembre-se que a coisa mais importante… é cuidar de seu Princípio de Mahalakshmi. Quando você se dá conta que o Princípio de Mahalakshmi… é a coisa mais importante para você, você esquece todas as outras coisas. Então para você, a coisa mais importante é Mahalakshmi. Você sempre tenta manter seus centros limpos, você medita bem, você eleva a Kundalini até a área óssea da fontanela, e o tempo todo você fica atento a si mesmo. Com esse tipo de compreensão sobre si mesmo, você pode se aperfeiçoar na Sahaja Yoga, sozinho. Não é necessário você abandonar qualquer coisa, renunciar qualquer coisa, fugir de sua família, nada disso.

Mas você tem de se desenvolver, tão poderoso em sua compaixão e em sua espiritualidade… que não haverá nenhuma obstrução… a qualquer coisa que você queira fazer. No Princípio de Mahalakshmi, há certos cuidados que você tem de tomar. Um dos cuidados é que quando você vem para a Sahaja Yoga, você não deve pensar: “Por que eu não deveria ser um líder? “, dizer coisas do tipo: “Por que eu não deveria ser importante?” E então essa competição começa… e você é rebaixado de seu Princípio de Mahalakshmi… para algum tipo de jogo de poder. Assim, esse desenvolvimento, essa força interior, quando começa a se manisfestar, você não tem nenhuma dúvida sobre si mesmo, você não tem nenhuma dúvida sobre nada, seja o que for. Então você alcança um estado puro de consciência tão grande, onde nada consegue estragar sua consciência. E você torna-se tão genuíno em relação a tudo. Você torna-se tão dinâmico e tão genuíno. Seja o que você que você faça ou fale, as pessoas ficam impressionadas com isso.

Assim, todos os Princípios de Mahalakshmi… devem ser totalmente bem compreendidos. Eu também tenho de dizer que… uma vez que seu Princípio de Mahalakshmi fique bem, todo mundo na família, ou em seus círculos sociais, todo mundo sente que este é um tipo diferente de personalidade. Todos os seus gestos, todo o seu comportamento, tudo automaticamente muda. Eu não tenho de dizer nada em nenhum lugar, isso simplesmente muda automaticamente. E então, você desenvolve uma personalidade… que é muito harmoniosa com a Sahaja Yoga. O que Eu quero dizer é que você seleciona coisas… que são harmoniosas para seu modo de viver sahaja. Assim, este Princípio de Mahalakshmi é aquele… que lhe dá a ascensão e a Kundalini é mantida elevada lá. Mas quando, novamente, algumas vezes a Kundalini desce, você deve saber que há alguma coisa errada… com seu Princípio de Mahalakshmi, é por isso que Ela está descendo. É claro que o coletivo o ajuda, é claro que todos os pujas o ajudam, mas é a sua completa compreensão que é muito importante. Porque isso é um corpo muito sutil dentro de você.

Ele pode ser perturbado por qualquer coisa pequena. Quando Eu encontro alguns deles, Eu fico surpresa, há uma coisa pequena que veio em algum ponto, como por exemplo o pai tinha um guru, ou algum tipo de coisa muito pequena e isso os arruína. Por exemplo agora, se uma coisa pequena vem em seus olhos, você não consegue ver nada. É uma coisa muito sutil. Então você tem de ficar atento: “Por quê?” “Por que minhas vibrações não estão bem?” “Por que eu sinto meu Agnya ou meu Nabhi?” “Por quê?” E logicamente, você deve descobrir qual é o problema. Quero dizer, é claro que é para o seu bem, para sua alegria, para sua completa transformação, para tudo, o Princípio de Mahalakshmi está presente.

Mas alguma coisa pequena não está presente, e é por isso que você não está alcançando… a sua consciência sem dúvidas. Por exemplo, uma vez que você tenha sua consciência sem dúvidas, você sabe que você é exatamente como um barômetro… e se você está se bloqueando, ele simplesmente está lhe informando. E você nunca mais fica identificado com as dúvidas sobre isso. E a coisa mais importante para você torna-se o… fluxo de vibrações, o tempo todo, isso é a coisa mais importante. Esse é o estado onde Eu digo que… você está em consciência sem dúvidas, onde você não tem nenhuma dúvida sobre si mesmo, sobre a Sahaja Yoga, sobre o conhecimento da Sahaja Yoga. Mas em algumas pessoas, essa ascensão é muito rápida e elas a mantêm, elas a têm mantido, mas em algumas pessoas, ela é muito lenta. Elas ficam perturbadas com pequeninas coisas. Por exemplo um Sahaja Yogi, vamos supor que ele tenha dinheiro no banco, e a peseta (moeda espanhola) caiu. Imediatamente ele fica como se alguma coisa, a Terra inteira, caiu ou só Deus sabe o que aconteceu. Nesse momento, a pessoa deve saber: “Não, eu ainda não sou um Sahaja Yogi,” “eu não estou em consciência sem dúvidas”, porque uma pessoa assim simplesmente rirá: “Deve haver alguma coisa nisso.”

“Deve ser porque eu estava jogando com dinheiro…” “e fazendo todas essas coisas insensatas, é por isso.” Esse é o sinal de um Sahaja Yogi… que está em consciência sem dúvidas. E todo mundo sabe que ele é assim. Você não tem de pedir um certificado. Todo mundo sabe… que este homem é agora “um caso perdido” na Sahaja Yoga. Nesse estado, você descobre que tudo dá certo, simplesmente dá certo. Tantos milagres. Tantos milagres que você fica impressionado… ao ver como essas coisas estão dando certo. E esses milagres continuam acontecendo a você… e então você começa a pensar: “Vejam agora, por que eu deveria me preocupar com qualquer coisa?” “Afinal, tudo é realizado para mim pelo Poder Divino,” “por que eu deveria me preocupar?”

Você encontra a pessoa certa no momento certo… e a coisa certa acontece. Mas quando você esquece que você é um Sahaja Yogi, você ainda continua brigando, dizendo coisas ruins, não consegue se ajustar à coletividade, todos os tipos de insensatez. Você simplesmente não sabe como lidar com… seu Princípio de Mahalakshmi. Assim, o Princípio de Mahalakshmi é que você é muito amável. Você perdoa. Você não fica perturbado. Mas você fica muito ansioso para ajudar os outros. Você nunca fica cansado de fazer o bem aos outros. E você nunca pede nenhuma recompensa. Vocês não olham os seus relógios.

O tempo está a seus pés. Então você vai além do tempo, você vai além de suas gunas, e você torna-se uma personalidade que é única, que não somente dá alegria a si mesmo, mas a todo mundo. Agora, observem a linda Natureza em volta. É tão linda que Eu fico em meditação o tempo todo. Dá tanta alegria. Se você puder observar e absorver essa alegria que está na Natureza – é como um quadro, lindo – então… você está nutrindo o seu Princípio de Mahalakshmi. Nas pequeninas coisas, você deve ver a beleza. E a alegria. E em pequenas, pequenas coisas, no que os outros estão fazendo, você deve encontrar a alegria. É um tipo de mente muito bela que é como se estive criando alegria.

Agora, quando Eu vim para cá, Eu vi este aqui, Eu Me senti muito alegre ao ver vocês nisto, Eu não sei por quê. Uma vez Eu fui a um lugar chamado Paritana, para o qual nós tivemos que andar por vários quilômetros… montanha acima. E Meu genro e Minha filha, ambos ficaram completamente cansados e esgotados. E havia muitos templos, simplesmente vazios, templos de mármore. Eles simplesmente se deitaram lá. Mas Eu vi lindos elefantes com diferentes caudas, cada elefante tinha uma cauda diferente. Então Eu disse: “Vejam, que lindo trabalho eles fizeram,” “cada cauda de elefante está enrolada de forma diferente.” Então Meu genro disse: “Mãe, nós estamos mortos de cansados.” “Aonde a Senhora está indo para ver esses elefantes?” Assim, esta é a diferença: você nunca se sente cansado.

Em cada folha, em cada folha de grama, no céu, em tudo em volta, você sente que há alegria. E quando você está sozinho, você fica se divertindo. Você nunca fica entediado e você nunca aborrece ninguém. Mas se você não está bem com o seu Princípio de Mahalakshmi, então uma pessoa assim é muito difícil. Eu lamento, nós temos de pedir a essas pessoas… para saírem da Sahaja Yoga e isso e aquilo. Eu não gosto disso, mas o que fazer? Então, por favor, nós devemos nos lembrar… que temos de nutrir o nosso Princípio de Mahalakshmi, que lhes deu a busca, que lhes deu a Realização, porque Mahalakshmi, somente através de Mahalakshmi, a Kundalini se eleva. No templo de Mahalakshmi em Kholapur, Eu lhes perguntei: “Por que vocês estão cantando a música Jogawa, de Amba?” Eles não entenderam, eles não sabiam. Vocês conseguem entender que isto acontece… no templo de Mahalakshmi de vocês: Amba é a Kundalini que se eleva.

Assim, o seu templo de Mahalakshmi não está limitado… a você mesmo, mas é todo o universo. Se você consegue entrar na essência… desse Princípio de Mahalakshmi de tudo, tudo não é nada além de alegria. Hoje Eu estou muito feliz que na Espanha, nós estejamos tendo este Princípio de Mahalakshmi, através do qual as pessoas agora desviarão a atenção delas… da insensatez material… para a espiritualidade. Por exemplo, todo homem tem um carro… e ainda assim ele quer ter um outro carro e quer ter um outro carro… e não há nenhum espaço agora em nenhum lugar para guardá-los. Eles terão de colocá-los em suas cabeças. Assim, essas coisas nunca dão alegria, vocês conhecem o princípio da economia, elas nunca dão alegria. Elas nunca são saciáveis. Então nós nos voltamos para a espiritualidade… e é onde encontramos a completa satisfação. Tudo é vibrante com alegria. Mas se o instrumento de sua Mahalakshmi, o Sushumna, não está limpo, se seu coração não está limpo, então não há nenhuma música.

Como vocês sabem, somente através disso vocês obtêm sua criatividade, tudo. Sua poesia, retidão, sua paz, tudo vocês obtêm através do seu caminho central do Sushumna. Portanto, foi muito importante que Mahalakshmi viesse a esta Terra. Primeiro como Sita, depois como Radha, depois como Mãe Maria. E Elas lhes deram essa alegria da Maternidade, de modo que vocês são protegidos, vocês são nutridos, vocês são amados por sua Mãe que é Mahalakshmi. Por fim, no cérebro, Ela torna-se Viratangana. Ela é chamada de Viratangana. Significa o poder do Virata. Assim, Eu posso dizer muitas coisas, mas sobre o Princípio de Mahalakshmi, Eu acho que por hoje é o suficiente. Eu espero que vocês meditem sobre isso… e mantenham expandindo o seu Mahalakshmi Tatwa.

Que Deus os abençoe.