Birthday Puja, Satya Yuga

New Delhi (India)

Feedback
Share

Puja for the 70° Birthday, New Delhi (India), 21 March 1993.

É muito difícil falar, mesmo para Mim… ver tantos Sahaja Yogis… sentados aqui com as faces tão brilhantes… do mundo inteiro, é como se Minha visão tivesse assumido sua forma hoje.

Eu vejo em vocês os salvadores de amanhã, que irão salvar este mundo… de todas as calamidades da Kali Yuga que estão nos cercando. Está vindo de todos os lados, enquanto vocês tiveram realmente o seu segundo nascimento… deste lago da Kali Yoga… e realmente se tornaram belos lótus de diferentes cores, tons, fragrância e beleza. Ao invés de vocês celebrarem Meu aniversário, é melhor Eu celebrar o aniversário de vocês. Como Eu lhes disse outro dia, são vocês que são… buscadores tão grandiosos, buscadores da verdade, do amor, que podem realizar isso, senão teria sido impossível. Mesmo transformar uma única pessoa é muito difícil, mas vocês são tão sensíveis… e tão profundos que esse conhecimento sutil, Eu não sei como ele penetrou em seu ser. É inacreditável. Eu mesma não posso acreditar… que pessoas grandiosas nasceram nesta Kali Yuga. Ninguém pode acreditar que há tantos… santos sentados diante de mim, tantos walis; tantos nalis estão sentados diante de Mim. Na história da espiritualidade, isso nunca aconteceu. Mesmo nos céus há poucos devatas… e devas, não tantos.

Um melhor do que o outro, coração tão belo, cérebros tão brilhantes… e atenção tão ativa, realmente é – Eu agradeço todos vocês, pois neste septuagésimo aniversáro Eu pude ver… tantas pessoas, que Eu nunca esperei. A Sahaja Yoga começou com uma única pessoa… e depois aqueles que vieram também, dentre eles, alguns eram… orientados para o poder, orientados para o dinheiro, todos os tipos de pessoas criaram problemas para nós. Um após o outro, muitos problemas surgiram… e também havia muitos que eram buscadores de um nível muito baixo. Mas Eu acho hoje que todos eles se elevaram belamente. Eu não consigo distinguir um do outro, o modo como isso aconteceu. E o compromisso que vocês têm com a Sahaja Yoga… é a maior bênção para este mundo. Eu não poderia fazer isso sozinha, vocês sabem disso. Se Eu pudesse fazê-lo, Eu não teria precisado de vocês. Vocês são os canais… e vocês têm de trabalhar isso cada vez mais adiante. É realmente notável o modo como as pessoas de Delhi organizaram tudo.

Em primeiro lugar, todos estavam muito… alinhados com o septuagésimo aniversário. Eu não sei qual era a razão, mas seja o que for, e depois as pessoas de Delhi disseram: “Desta vez nós vamos celebrar, Mãe, Seu aniversário em Delhi.” Eu disse: “Todos estão nisso, então tomem cuidado,” “não será fácil. É uma grande dor de cabeça.” “Muitos estarão vindo.” Mas eles não esperavam tantos, Eu tenho certeza… as pessoas estão vindo. Centenas estão vindo de lá, centenas de lá. Eu disse: “Vocês estão preocupados?” Eles disseram: “Não, nós estamos muito felizes com isso.” Eu vi o entusiasmo deles, a organização deles, o modo como eles fizeram isso.

A melhor parte disso, Delhi, que é um lugar onde todos os tipos de políticos vivem, têm grupos e políticos e tudo mais, mas na Sahaja Yoga em Delhi não há nenhuma politica. Não há nenhuma discussão. Não há ninguém caçoando um do outro. É uma coisa notável, é para acontecer em um lugar como Delhi, onde todo dia o que você ouve… é que mesmo em nosso parlamento, eles estão batendo uns nos outros. Talvez, neste inferno somente, essa bondade fosse nascer… e ser manifestada pelos Sahaja Yogis. O conhecimento da Sahaja Yoga, como vocês sabem, é extremamente, extremamente sutil. E não é fácil… de penetrar nessas assim chamadas… pessoas que se denominam intelectuais… ou que estão totalmente curvadas aos seus condicionamentos. Assim, por um lado, nós temos as massas que são ignorantes, por outro lado, as classes que vivem no quadro… que elas fizeram a partir de seus cérebros. Ambas as formas, Eu acho, elas são extremamente grosseiras. Mas a forma como eles absorveram… esse néctar sutil da Divindade é algo inacreditável.

Ninguém consegue compreender mesmo… que houvesse muitos que nasceram após o Meu nascimento, nesta Terra, ou alguns talvez antes também, muito poucos. Exatamente depois de Meu nascimento, eles nascerem aqui… neste mundo para ter acesso a Sahaja Yoga. Mas quando Eu vi o mundo, Eu fiquei chocada, mais chocada do que o próprio Kabira. Eu disse: “Como Eu falarei com qualquer pessoa sobre isso?” O membros de Minha família, Eu não sabia como Eu abriria o assunto para eles. Era impossível, era tanta escuridão da ignorância. Como eles acreditarão que existe realmente a Divindade, que existe totalidade esperando por eles? Todos eles acreditavam em algum tipo de religião… que não tinha nenhuma conexão com a realidade. E era impossível até mesmo prever… o método pelo qual Eu pudesse falar com eles. Eu Me lembro do primeiro incidente, quando nós fomos a Nargol, onde Eu tinha aberto o Sahasrara.

A primeira pessoa que recebeu a Realização foi um Gujarati… e um joalheiro. Imediatamente, todos os outros – mal havia cerca de 35 pessoas, eles começaram a dizer: “É claro, ele é um homem rico, ele é um joalheiro,” “então a Mãe lhe deu a Realização.” Eu acho que foi a primeira e última vez que realmente fiquei zangada. Eu comecei a gritar com eles: “Vocês são imprestáveis, pessoas inúteis,” “vocês nunca poderão se entregar à Divindade.” E Eu realmente tinha pensado: “Parem com isso agora.” A pessoa tem de alcançar uma outra vida, uma outra época onde as pessoas compreenderão o que é a Sahaja Yoga. Mas depois disso, de repente, as pessoas começaram a sentir a brisa fresca em suas mãos, imediatamente, após o Meu grito. Imaginem. E elas disseram: “Mãe, está funcionando.” “Está funcionando em nós.

Está dando certo em nós.” Desse modo, nós tivemos 12 pessoas… e uma senhora que Eu tinha dado antes também, ela era a décima-quarta. Assim, primeiro nós tivemos somente esses 14 Sahaja Yogis, para quem aquilo era algo inesperado. Todos eles ficaram boquiabertos. Eles não sabiam o que era aquilo. E então, surpreendentemente, em um de nossos programas, uma senhora que estava possuída por algum brâmane veio… e começou a dizer: “Jagadamba, Jagadamba.” Eles não puderam entender. Eu nunca lhes disse quem Eu era, nunca. Eu nunca disse o contrário também. Então ela recitou um poema… do Saundarya Lahari em Sânscrito e ela era apenas uma criada.

E com uma voz de homem. Então todos ficaram chocados… que os bhoots dissessem todas aquelas coisas. E depois ela foi embora. Depois disso, essas pessoas começaram a sondar isso. E eles quiseram fazer o Meu Puja, pela primeira vez, em Minha própria casa. Ainda assim as pessoas não estavam muito certas… que estavam fazendo a coisa certa. Mesmo os brâmanes que eles chamaram disseram: “Este Saptasadi é um Puja muito difícil…” “e algo acontecerá conosco.” Mas depois do Puja, eles disseram: “Nada aconteceu, estamos muito melhor.” Todos eles sentiram a brisa fresca… e a atmosfera inteira mudou. Eles começaram a compreender que… a Sahaja Yoga é a Yuga Dharma, é a que é desta yuga, desta Kali Yuga, então o Sahaja Dharma se tornou o dharma desta yuga.

Esta yuga é muito difícil, sem dúvida. Mas somente nas dificuldades, nos tornamos buscadores intensos… e isso é o que aconteceu com todos vocês, vocês descobriram que em todo lugar… as pessoas estavam seguindo, seja o que for que estivessem seguindo, eles não estavam alcançando nenhum objetivo. Como um casulo, eles estão batendo suas cabeças aqui e ali. Eles obtiveram a Realização tão rapidamente … e quando eles Me falaram… como eles estavam buscando, o que estava acontecendo com eles, Eu fiquei impressionada. O modo como essa busca estava trabalhando dentro deles… e os empurrado em direção à Sahaja Yoga. Também, enquanto isso, Eu devo dizer, muitos se perderam nas garras dos falsos gurus. Apesar disso, nós temos hoje muitos Sahaja Yogis. Vocês só estão representando seu país, mas há muito mais em seus países. Mesmo na Índia, nós temos muito mais. Vocês simplesmente estão aqui, vieram representá-los.

Assim, múltiplo desse número, Eu não sei quantos estariam lá. Então muitos Me perguntaram: “Quantos Sahaja Yogis existem?” Eu disse: “Eu não sei.” Disseram: “A Senhora não sabe?” Eu disse: “Não, nunca mantivemos nenhum registro.” Então eles não conseguiram entenderam. Eu disse: “Não temos nenhum escritório,” “nenhum registro. Eu não tenho secretária.” “Eu não sei datilografar, não sei nem mesmo preencher Meu cheque.” Eles não conseguem entender… uma pessoa como Eu vivendo nestes tempos modernos.

Mas tudo é feito, de algum modo. Apesar da minha “ignorância moderna”, tudo fica totalmente… feito na maneira mais perfeita como um controle remoto. Agora, essa coisa toda, Eu nunca disse uma palavra sobre isso, Eu devo lhes falar, nada. Eu nunca dei nenhuma ideia de como isso deve ser. Eu nem mesmo lhes falei quantos nós estávamos esperando. Mas vejam, o modo como espontaneamente tudo foi trabalhado, porque todos vocês têm compromisso… e esse compromisso lhes dá… todas essas capacidades organizacionais. Muitas coisas vocês têm visto organizadas, porque também este Paramchaitanya… entrou nesta Krita Yuga… onde Ele está trabalhando, Ele está atuando. E essa atividade, também é totalmente solidária com vocês. Por exemplo, os policiais nos disseram… que há muçulmanos vivendo aqui… e talvez vocês passem algum perigo com eles. Eles podem causar algum mal a vocês.

Eu disse: “Que tipo de muçulmanos eles são?” Então eles disseram: “O povo Nizamuddin Aulia está aqui.” Eu disse: “Eles nunca nos farão mal.” Eu disse: “Por quê? Porque ele era um Sufi…” “e ele era uma grande alma realizada…” “e as pessoas quen são daquela parte, devem ser – “a maioria deles são pelo menos fiéis ao sufismo.” “Como eles podem nos fazer mal?” Então Eu disse: “Amanhã, de manhã cedo,” “todas vocês vão e coloquem um chador (lenço), como chamam isso,” “todas vocês”. E eles ficaram tão impressionados… que vocês viram à noite eles vieram aqui por todo o caminho, de manhã, e eles foram tão respeitosos. Então eles Me chamaram, Me deram um outro chador, isso, aquilo e disseram: “Nós somos da Senhora”, e isso e aquilo, todos os tipos de coisas. E o discípulo dele era Amir Khusrau, era um outro grandioso senhor Sufi… e Eu sempre admirei sua poesia… e também o modo como Nizamuddin levou sua vida de dignidade… e divindade.

Todos esses muçulmanos que estavam lá colocarm suas mãos em direção… a Mim assim e disseram: “Nós estamos sentindo a brisa fresca.” – Eu disse: “Isto é Ruh.” – “Ah, isto é Ruh.” Uma vez que essas pessoas comecem sentir o Ruh, todos eles se tornarão Sahaja Yogis muito em breve… e vocês talvez tenham de ter… Há tantos Sufis por todo o mundo… e nós pegaremos o endereço deles e iremos nos encontrar com eles, então talvez vocês tenham de ter um outro grande pendal (tenda), um pendal duplo, Eu acho, talvez triplo. Se as pessoas de Delhi não estão muito apavoradas com os tamanhos, Eu acho que novamente teremos de ter isso em Delhi somente. Também, nos dias de hoje, Delhi está em um estado de tumulto… e nós devemos estar aqui para pacificar, para tranquilizar, para dar sabedoria a essas pessoas… que supõe-se estarem na direção dos negócios. Isso dará certo. Certamente, isso dará certo. Com todos estes Sahaja Yogis… emitindo vibrações tão belas. Vejam, no topo da cabeça de vocês, esta roupa está se movendo para cima e para baixo o tempo todo, embora não haja nenhuma brisa externamente, as folhas simplesmente estão firmes, mas da cabeça de vocês, vejam, vocês estão movendo tudo isso.

Assim, Eu tenho certeza que essas vibrações acalmarão e trarão paz… aos nossos políticos e às pessoas que estão na direção dos negócios. Nesta conjuntura, quando no mundo inteiro, há tantas coisas acontecendo de incertezas, por exemplo, na Rússia, há incertezas; na Bósnia, há incertezas; na Inglaterra, há recessão; nos Estados Unidos, há recessão; na Espanha, há recessão; todo mundo está sofrendo das angústias… de algum tipo de comportamento extremo que fizeram parte. Assim, Eu tenho certeza que essa polaridade… que eles veem agora corrigirá… o comportamento deles em relação ao materialismo… e Eu tenho certeza que um equilíbrio será atingido. Com seus bons desejos, com suas preces, este mundo será tão belo, tão encantador que na história, as pessoas descreverão que o mundo se tornou um lótus… cheio de fragrância de Divinidade. Vocês são as pétalas, vocês são a corona, vocês são a cor, vocês são a beleza, vocês são o pólen, desse belo lótus… que é a Minha visão deste mundo. Eu espero hoje… que todos vocês decidam trabalhar para a Sahaja Yoga, expandir a Sahaja Yoga e trabalhar para você mesmo também. O único perigo é… que não se deve permitir o ego se sentar nas suas cabeças. Esse é o único cavalo. Se você mesmo puder montar e não permitir que o cavalo o monte, você progredirá muito rápido, belamente. Desse modo, Eu tenho certeza que a Sahaja Yoga se expandirá.

Todo aniversário, nós temos de fazer uma promessa. Eu não sei qual promessa devo fazer. As pessoas Me disseram que Eu não devia trabalhar tão duro, Eu estou trabalhando muito duro, mas Eu fiz uma promessa que Eu trabalharia duro em dobro. Da mesma maneira, vocês também, todos vocês têm de fazer uma promessa hoje: “Nós faremos o máximo no compromisso…” “de trabalhar para a Sahaja Yoga.” “Nós pensaremos sobre isso.” Há cientistas que devem produzir livros, há médicos que devem produzir livros, escritos, ir de um lugar para outro, falar com seus colegas, organizar reuniões, seminários com seus colegas. Há arquitetos… e outros profissionais… que poderiam chamar seus colegas e lhes dar a Realização. Mesmo as pessoas que estão lidando com finanças… devem dedicar-se à Sahaja Yoga. É muito importante porque… os problemas financeiros só podem ser resolvidos pelo Poder Divino. Ninguém mais pode resolver isso.

Assim, todos neste mundo, quer estejam nas leis ou em qualquer outro campo, todos vocês devem se dedicar à Sahaja Yoga… e também ao trabalho criativo. Depois também, você tem de levar a Sahaja Yoga… para sua vizinhança, para as vilas, para as cidades, onde quer que seja possível, onde quer que você possa organizar, você tem de expandir a Sahaja Yoga em todo lugar. No que se refere à cura, Eu aconselharia: você não tem de tocar qualquer pessoa. Por favor, use somente a Minha fotografia. É desse modo que você conseguirá mais Sahaja Yogis… e menos pessoas doentes. As pessoas também serão curadas e todas elas se tornarão Sahaja Yogis. Nós também temos o campo da agricultura, no qual nós temos feito algo, mas mais pode ser feito em relação à agricultura. A pessoa deve conversar com o governo e lhes dizer… o que a agricultura pode fazer. Vocês podem formar um comitê e ir e se encontrar com eles e… lhes falar sobre como a agricultura pode ser ajudada pela Sahaja Yoga. Nós temos de ajudar nossas crianças.

Nós temos de cuidar delas, porque vocês sabem qual tipo de futuro as está cercando, qual tipo de atmosfera está se infiltrando sorrateiramente, mesmo na Índia. Então nós temos de nos certificar de que nossas crianças… cresçam apropriadamente na cultura Sahaja. É muito importante, porque elas são os Sahaja Yogis de amanhã. Muitas delas nascem realizadas, então nós temos de discipliná-las adequadamente… e temos de torná-las “aala”, “aala darza”, Sahaja Yogis, como descrito no qawali. A nossa vida familiar é também muito importante. É chocante que a vida familiar hoje em dia esteja se tornando… um tipo de coisa estúpida. Ninguém compreende a importância dela. Na Sahaja Yoga, nós temos de compreender. Pequenas discussões, brigas devem ser abandonadas. A rispidez deve ser abandonada, a crueldade deve ser abandonada… e deve haver um relacionamento adequado… entre marido e mulher, antes de tudo, de modo que haja companheirismo… e as crianças também vejam esse companheirismo e o desfrutem.

Em nossas roupas, em nossa vida, nós temos de ser dignos e decentes, respeitando nosso corpo. É muito importante. Devemos vestir tudo que seja apropriado para nós, em seja qual for país que estejamos. Imaginem no verão, se alguém quiser vestir um terno, o que acontecerá com ele? Tudo que for apropriado para nós, tudo que se encaixa na nossa cultura, a pessoa deve tentar vestir roupas decentes, roupas tradicionais. Especialmente as mulheres, é muito importante… vestir roupas que farão com que elas pareçam mais dignas. Também um outro ponto que Eu gostaria de dizer… que as mulheres, especialmente, devem dedicar-se a leitura, pelo menos os jornais. Se sua atenção está nos problemas… que estão neste mundo, ela é muito efetiva, porque vocês sabem que sua atenção é ativa, ela atua. Então usem sua atenção. Vejam nos jornais, assistam – Eu sei que às vezes é horrível, vocês podem dar um bandhan, mas vocês devem ver o que está acontecendo e onde, é muito importante.

Também os homens não devem só ler algo impressionante, mas ler algo que esteja acontecendo… e também pensar em quais são as soluções. O modo como vocês, enquanto Sahaja Yogis, podem ajudar isso, de uma forma coletiva ou de uma forma individual. Nós temos de resolver muitos problemas deste mundo moderno. Também temos de ler bons livros, temos de ver bons filmes, e fazer reflexão sobre eles. Mantenham sua mente alerta. Há muitos poemas belos que Eu li recentemente, vindo de… algumas pessoas que Eu nunca esperava que escrevessem poemas, belos, de classe muito alta. Assim, essa poesia também nós iremos coletar. Nós iremos coletar todas as fotografias milagrosas… de todos os lugares. Eles estão tentando sistematizar agora. E agora, nesse sistema, se todos vocês puderem ajudar espontaneamente, isso será uma grande conquista, porque até agora, nós não temos sido capazes de coletar… todos esses dados e mantê-los conosco.

Agora, o melhor é que vocês devem meditar. Todos têm de meditar. Somente na meditação, vocês estão no presente… e vocês crescem em sua espiritualidade. Eu disse isso muitas vezes, mas as pessoas simplesmente não o fazem. Cerca de dez minutos, se você puder meditar… antes de dormir, isso será uma grande ajuda para vocês, sem dúvida. Nós realmente crescemos muito rápido. Imediatamente Eu sei que este homem está meditando, pelo modo como ele mudou. E depois, uma vez que você se acostume a isso, você nunca a abandonará. É uma meditação muito simples. Faça seu “footsoaking” ou algo assim… e de manhã, você deve “shoebeatar” seu ego, só isso.

Não é que você tem de fazer cem mil jappas (cânticos) ou algo assim. Nada desse tipo. É muito simples. Mas isso, você tem de fazer por você mesmo, respeitar a sua Realização do Si e seu crescimento na divindade. Nós temos muitas vantagens sobre os outros. Mas uma coisa Eu tenho de lhes falar, essas pessoas que não são propensas a busca, por favor, não falem com elas sobre a Sahaja Yoga. Não gastem sua energia com pessoas assim, discutindo e argumentando, porque isso não pode ser muito discutido. Simplesmente as esqueçam e deixem-nas em paz. Eu cuidarei delas. Só se dediquem a pessoas simples, pessoas boas, que estão buscando a Verdade.

Eu não quero que vocês quebrem seus pescoços com essas pessoas… que só ficam acreditando na discussão, argumentos e shabda jaal. Hoje a cultura Sahaja Yoga está se manifestando tanto… que as pessoas, quando elas os veem, imediatamente sabem… que há algo especial e que eles têm algo único, Qualidades entre eles que raramente você encontra em pessoas comuns. Todas essas coisas, você deve compreender, chegaram a você espontaneamente de dentro. mas você deve preservá-las e nunca deve sentir-se constrangido com elas. Nunca deve sentir-se constrangido com suas virtudes. E seja o que for que as pessoas tentem… lhe falar, “é melhor fazer isso e fazer aquilo”, se for errado, você nunca deve fazê-lo. deve dizer: “Eu não quero fazer isso.” Porque agora você é muito poderoso… e você tem de liderar as pessoas e as pessoas não devem liderar você. As modas não devem liderar você, mas você tem de criar modas. Você tem de criar um caminho para eles.

Não é que você tenha de trilhar o caminho que eles fizeram. Tentem entender que sua personalidade… é de um nível onde você pode ver muitas coisas sutis… e você é tão poderoso que os outros não veem, então você tem de automaticamente assumir a liderança deles. Não pegue ideias deles e não fique amedrontado… quando eles tentarem lhe dizer algo… contra você ou contra a Sahaja Yoga. Tenha certeza. Seja confiante. É desse modo que isso dará certo. Agora, Eu sou somente uma mulher e uma dona de casa, mas Eu tenho tanta certeza sobre a Sahaja Yoga que ela deu certo, Eu não tenho de, meio que, pensar se devo fazer isso ou não. Eu simplesmente a comecei. Embora na família, ela não seja tão respeitada, tão consentida, não importa. Eu comecei a coisa toda por Minha conta, trabalhei isso por Minha conta, porque Eu tinha completa confiança na verdade, que se Eu estou Me sustentando na verdade, ela Me ajudará… e ajudará todos aqueles que vierem a Mim.

Isso tem acontecido. Então para vocês, isso não deveria ser difícil de forma alguma. E todos vocês devem, antes de tudo, certificar-se de que você não é uma pessoa condicionada… e você não tem um ego e depois você deve ir em frente com isso… e você ficará surpreso ao ver como as coisas darão certo. O Puja de hoje é um puja muito reduzido. É por isso que lhes dei uma palestra longa. Há muitas coisas que Eu não posso, neste momento, que é curto, lhes falar, mas se você se estabelecer, você pode facilmente formar… um, dois, três, quatro, cinco, seis, sete, oito você mesmo. Então agora, coloque sua mente nisso… de maneira que você seja o organizador. Então o que você deve fazer? O que você pode fazer? O que você está fazendo para alcançar?

Por favor, tente e isso dará certo. Todos vocês podem fazer isso. Eu acho que o melhor é fazer um diário para você mesmo… e anotar nele: o que você tem feito; a quantas pessoas você deu a Realização; quantas pessoas você curou; o que você pensa delas. Mas agora, se não há nenhum diário, os Sahaja Yogis podem dizer entre eles: “Mãe, não temos nenhum diário, então começaremos um amanhã.” Não, comece hoje. O único problema com os Sahaja Yogis… é que eles levam as coisas de forma muito superficial, leviana. É claro, esse é o caráter deles. Mas não a Sahaja Yoga. Outras coisas você pode levar superficialmente. Se alguém gritar com você, se alguém ficar com raiva de você, se alguém até mesmo te esbofetear, leve isso superficialmente.

Não importa, não faz nenhuma diferença para você, porque você é o Espírito. Nada pode destruir o Espírito. Nainam Chidanti Shastrani. Mas quando se trata da Sahaja Yoga, sua atitude deve ser diferente. Se em um lado você está relaxando, em outro lado você tem de ser dinâmico… e esse lado é onde você tem spassar para frente… as teorias da Sahaja Yoga, quando você tem de falar com as pessoas, você tem de organizar uma conferência na imprensa… ou seja qual for o tipo de coisa que você queira fazer. Em qualquer nível que você queira trabalhar isso, por favor construa um plano apropriado sobre isso… e simplesmente o faça. Isso dará certo, Eu tenho certeza de que dará certo. Com todas essas ideias que Eu tenho, tenham muito mais… e Eu espero que no próximo ano, vocês verão a manifestação daqueles. Eu espero que muitas pessoas escrevam livros, como U.C. Rai escreveu.

Eu tenho certeza que livros podem ser escritos por todo médico. Dr. U.C. Rai tem trabalhado sozinho. Tudo ele tem feito sozinho. Ele tem trabalhado isso tão belamente. Assim, todo mundo pode publicar um livro com suas experiências, com sua compreensão da Sahaja yoga, que ajudará os Sahaja Yogis também. Mas isso deve ser honesto, um livro muito honesto. Eu tenho certeza que um livro assim será muito apreciado… na Sahaja yoga e nós gostaríamos de publicar livros assim também. Todos aqueles que têm essas ideias… devem fazer um esforço para criar alguns novos livros, algumas novas ideias, alguma nova criação. É muito importante, porque nestes tempos modernos, as pessoas querem fazer algo novo, algo desconhecido.

Sob essas circunstâncias, Eu tenho certeza que todos vocês trabalharão. Assim, o tempo todo nós temos de pensar sobre a Sahaja Yoga… e tomar nota de qualquer ideia que venha em sua mente… e então isso pode ser reunido apropriadamente, criando um belo livro da Sahaja Yoga. As mulheres têm muitas chances de fazer… muitas coisas para a Sahaja Yoga. Esta é uma época muito oportuna. Eu acho que a Satya Yuga… está começando a partir de amanhã. Sem dúvida. E qual será o indício… de que agora a satya será vitoriosa, vijaya. Seja o que for que as pessoas tentem, no final satya será vijaya. Satyame vijayate. Isso irá acontecer e vocês serão os responsáveis.

Para isso Eu parabenizo vocês novamente e novamente. E Eu espero que vocês assumam o compromisso para fazer isso. Que Deus abençoe todos vocês.