Adi Shakti Puja

Campus, Cabella Ligure (Italy)


Feedback
Share

Shri Adi Shakti Puja, Cabella Ligure, Itália, 26.06.1994

Hoje todos vocês decidiram ter o Puja da Adi Shakti. Há uma diferença entre fazer o Puja da Kundalini Shakti… ou Adi Kundalini e da Adi Shakti. A diferença é esta: por um lado, a Kundalini é refletida em vocês… pela Adi Kundalini. Por outro lado, é o Poder da Adi Shakti, que é o Paramchaitanya. Assim, na totalidade, se você observar, Ela tem dois lados: um é o Poder Dela como Paramchaitanya… e também o reflexo nos seres humanos como Kundalini. O terceiro trabalho que a Adi Shakti tinha de fazer… foi criar este universo inteiro. Antes de mais nada, como vocês viram ontem também, o modo como o cosmos foi criado… e depois como este planeta especial da Mãe Terra foi criado. Agora, o que Eu disse para vocês sobre Adão e Eva, nós descobrimos que foi dito também por João em seu Livro dos Gnósticos; É muito surpreendente. Eles sempre lhes disseram… que Cristo deve ter lhes dito muitas coisas, mas elas não estão na Bíblia. Assim, se vocês compreenderem… que esta Adi Shakti veio como uma serpente, a parte Dela da Adi Kundalini, e disse a… Adão e Eva, especialmente a Eva, que ela deveria pedir para comer o fruto do conhecimento. E a razão que Eu lhes dei é exatamente a questão lá: o Poder da Mãe, o poder feminino não queria… que os filhos Dela vivessem como animais sem compreender… o conhecimento dos reinos mais elevados.

não lhes dando a chance de se elevarem… mais alto através da sua liberdade… e então alcançar uma consciência cada vez mais elevada. Essa era a preocupação da Mãe. Então havia dois tipos de mundos que foram criados: um era o Divino e o outro começou a evoluir. Ao observar isso, parece uma tarefa imensa, milhares e milhares, bilhões e bilhões de anos… se passaram para que esse tipo de trabalho fosse feito. Mas se você observar, na era moderna, nós estamos indo à lua, com um esforço tão pequeno… e também com um tempo tão curto você chega lá. Ninguém poderia pensar que algum dia nós estaríamos lá. Tudo isso aconteceu através do cérebro humano. Agora, afinal de contas, o que é o cérebro humano? O cérebro humano não está de forma alguma perto do cérebro do Virata… nem é usado totalmente, ele não é usado totalmente. Uma parte muito pequena dele é usada pelos seres humanos, pela qual eles alcançaram esse tipo de voo à lua.

É claro que não havia nenhum propósito nisso, Eu não sei porque eles estão fazendo isso, mas eles o fizeram. Assim, toda a natureza foi criada por Ela. Seja o que for que vejam hoje ao redor de vocês… é tudo criado por Ela, é tudo o trabalho Dela que está lá. Vocês ficarão surpresos, exatamente agora Eu disse… que Eu iria usar um sari muito pesado e… Eu disse que está muito quente, então é melhor trocar por um sari simples, então Eu troquei e quando Eu saí, descobri que tinha ficado mais frio. Assim, a natureza sabe tudo… e quem informa à natureza é este Paramchaitanya. O Paramchaitanya nunca foi tão ativo assim, o que começou desde o Meu nascimento, Eu devo dizer, quando a Krita Yuga começou. Nessa época, vocês tinham de ter a sua Realização. Isso foi decidido pela coletividade Divina, vocês podem chamá-la assim. Todos os Deuses, Deusas, todos Eles decidiram atribuir esse trabalho… a alguém que Eles pensaram, que Eles pensaram que seria muito capaz. Então Eles disseram: “Todos Nós estaremos com Você,” “inteiramente com Você, todos os Nossos poderes estarão com Você,” “mas assuma este trabalho agora nesta Kali Yuga…” “de transformar os seres humanos.”

De certo modo, os seres humanos são mais difíceis do que os animais, porque eles têm a própria liberdade deles… e foi lhes dada essa liberdade para alcançar sua liberdade final. Em sua liberdade, a forma como eles se comportam… é algo muito surpreendente, o modo como eles saem completamente do controle… e tentam fazer coisas que são tão destrutivas. É claro, na Kali Yuga, isso foi profetizado na Índia, mas acho que eles não puderam prever o que aconteceria na América… ou o que aconteceria nos países ocidentais, onde as pessoas têm liberdade simplesmente para se destruírem, e eles estão achando novos métodos de se destruírem. Essa tendência não pode ser freada, não pode ser evitada pela Adi Shakti ou por Deus Todo-Poderoso, porque foi lhes dada a liberdade… para se arruinarem, se destruírem e irem para o inferno. Isso não pode ser controlado por nenhum poder Divino. O Poder Divino também respeita a sua liberdade. Então a Coletividade Divina pensou: “Nós vamos arruinar completamente a Criação da Adi Shakti?” “Nós vamos destruir completamente seja o que for que Ela criou…” “e depois recriar algo melhor?” Essa era a discussão que estava acontecendo. E a maioria Deles estava tão farta dos seres humanos, especialmente da liberdade ocidental, que Eles disseram: “Essas pessoas querem o Inferno.”

“E por que Nós deveríamos lhes dar o Paraíso?” “Não é apropriado.” Então a primeira coisa que a Adi Shakti fez foi criar a busca neles. Ela criou isto, este desejo de buscar. E então essas pessoas que pertencem a essa cultura… que era tão destrutiva começaram a buscar. E quando a busca começou, também, como de costume, no mercado havia muitos outros que se apresentaram… para dar respostas a busca das pessoas. Elas tinham de ir a vários cultos e coisas assim, e a pessoas falsas e tudo mais, porque elas não tinham nenhuma forma de saber. Mas se elas tivessem lido alguns livros de pessoas iluminadas, como Kabir, como Nanak, até mesmo os gnósticos, suas escrituras, qualquer coisa assim, elas teriam compreendido o que é a verdade… e onde encontrá-la e como encontrá-la. É uma grande luta, Eu acho, entre as pessoas que são buscadores… e aqueles que não são buscadores de forma alguma. Eles não querem saber e jamais podem ser buscadores.

Eu posso lhes assegurar que alguns deles nunca pensarão em buscar. Eles ficarão possuídos, terão doenças, eles terão terremotos, terão qualquer coisa, eles nunca buscarão. Mesmo que eles contraiam doenças, eles dirão: “Oh, nós somos mártires, estamos fazendo um grande trabalho”. Tamanha estupidez entrou em suas cabeças… que eles acham que fazendo essas coisas erradas, eles serão salvos. E essa estupidez surge através de cérebros pervertidos. E esse cérebro pervertido age quando as pessoas são livres para usar. Eu simplesmente não sei porque eles não olham em volta… e veem por eles mesmos o que está acontecendo. Assim, esperar que o mundo inteiro irá para o Paraíso… não é possível absolutamente, não é possível, não pode. Eles têm tentado todos os tipos de coisas. Tenho observado as pessoas, drogas, álcool, isso, aquilo.

Há um sujeito que conseguiu seu PhD escrevendo… sobre como ele alcançou a espiritualidade através da bebida… e eles lhe deram o PhD por isso. Assim, mesmo na administração de negócios nas universidades, Eu não sei como pessoas tão estúpidas surgiram, de onde, a partir de qual criação. É impossível compreender como eles puderam pensar… que esse tipo de destruição os levará a sua salvação. Eles veem isso todo dia, assistem isso todo dia. sabem que isso está acontecendo, mas ainda sim eles não conseguem ouvir. Mas aqueles que são buscadores estão buscando tão ardentemente… que terá de ser dada a Realização do Si a todos eles. Agora, é claro, esse é o Meu trabalho, Eu concordo. Eu vim a esta Terra para esse trabalho. Supõe-se que Eu o faça. Eu estou tentando o máximo… e nenhuma Encarnação viveu como Eu tenho vivido por tantos anos… e tamanha compaixão que tenho que realmente Me faz pensar… que Eu sinto que nós temos de ter muito mais Sahaja Yogis, nós temos de ter uma grande salvação.

Com essa compaixão e com esse amor, a pessoa pode tomar qualquer medida, qualquer coisa. Eu não acho que esses que não são buscadores alcançarão isso. Agora, por que alguns são buscadores e alguns não são? Alguém pode dizer que a Adi Shakti, se Ela criou todos os seres humanos, todos eles deveriam ter a busca. Porque na liberdade, eles perderam o caminho deles. Eles estão buscando alguma outra coisa. E eles acham que estão certos. Eles têm o direito de achar que estão certos. Mesmo um sujeito estúpido, mesmo um indivíduo louco acha que está certo. Se você lhe diz: “Você é louco”, ele dirá: “Você é louco.”

E essa busca, embora colocada neles, eles ainda não são capazes, muitos deles, de alcançá-la na forma adequada. Porque para isso, a pessoa tem de entregar, não a liberdade dela, não a inteligência dela, mas o ego que se desenvolveu nos seres humanos. Com esse ego, Eu tenho visto pessoas que são possuídas, elas querem manter o ego delas intacto e através do ego, elas querem usar, usar as possessões. Vocês podem imaginar? Há possessões de forças negativas. Pessoas assim querem manter isso intacto… de modo que elas possam usar isso para seu próprio propósito. Elas não odeiam isso, não querem se livrar disso. Mas elas querem manter isso somente porque podem usar… essas possessões para seu proveito. Assim, a categoria da busca é muito menor lá. Mas há muitos que não estão nem perto da busca, que são realmente o que chamamos de pessoas demoníacas… e eles nunca querem, nunca, nunca quereriam que este mundo mudasse.

Nossa mídia é dominada por essas pessoas demoníacas. Elas não querem que o mundo mude. Elas não querem mostrar nada que seja bom. Elas não querem ver o ponto principal que irá ajudar, o que é benévolo para os seres bumanos. Assim, por um lado, nós vemos tamanha, tamanha negatividade coletiva. Por outro lado, nós encontramos buscadores que são buscadores verdadeiros. Há alguns que podemos chamar de maldesenvolvidos… e alguns são pseudobuscadores. Se eles, em nome da busca, se eles têm feito, podemos dizer, algum tipo de sacrifício, para eles, eles são muito grandiosos. Eles também ficam envolvidos com pessoas… que ficam afirmando coisas sobre elas. Porque Eu nunca afirmei nada sobre Mim, eles não ficam impressionados Comigo.

Eu nunca mudei Meu modo de vestir, Eu vivo como uma dona de casa. Então eles não ficam impressionados Comigo. Eu não desenvolvi dois chifres… para mostrar algo grandioso sobre Mim mesma, então eles não ficarão impressionados. Mas por outro lado, se você observar, isso é maya, isto é Mahamaya, onde a Adi Shakti faz tudo como os seres humanos fazem, tudo. Você não será capaz de descobrir que Ela é Divina. Minha família não conseguiu descobrir… até Eu começar esse trabalho, nenhum deles, exceto Meu pai e Minha mãe. Ninguém conseguiu descobrir que Eu tinha poderes. Tamanha insensibilidade ao Divino pode ser criada… pelo poder de Mahamaya da Adi Shakti, que é muito importante, senão você não pode julgar, você não pode compreender. Apesar disso, Eu tenho julgado erradamente muitas pessoas, porque elas sabem como camuflar por algum tempo. Mas depois Eu descubro.

Se a busca é fervorosa… e eles realmente estão buscando a verdade, eles a encontrarão, a encontrarão, sem dúvida, porque a Criação inteira é para eles. O universo inteiro é para eles. Todas as Divindades são para eles. Todos os anjos são para eles. Todos Eles estão cuidando deles. Isto é importante: nós temos muitos Sahaja Yogis. Ninguém teve tantos Sahaja Yogis em sua vida. Porque nós temos de ter canais. Eu tenho de ter canais e esses canais têm de ser muito puros, têm de ser belos, inocentes e benevolentes. Se somente eles se entregassem a este fato: “Nós estamos aqui como o instrumento de Deus Todo-Poderoso…” “e nós temos fazer o bem aos outros”, Eu lhes digo que pelo menos 70% do trabalho estaria feito.

Mas mesmo se eles tiverem a Realização, assim como um ovo sai da casca, alguns dos pássaros ainda carregam uma parte do ovo… e alguns deles nem sequer crescem para se tornarem pássaros. Agora, nós temos de nos julgar. Nós temos de nos compreender. Uma outra coisa que vocês sabem é que… Eu sou uma pessoa muito suave, muito suave. As pessoas acham que Eu sou muito misericordiosa, Eu conheço todo mundo, não que Eu não conheça. Mas Eu permito: “Tudo bem, vá em frente,” “tão longe quanto você consegue ir.” A experiência é a única forma pela qual um ser humano pode compreender, sem dúvida. Seu você lhe diz algo, ele nunca compreenderá. A experiência da Realização do Si fez vocês compreenderem, mas novamente, Eu diria, nós não podemos dar a Realização ao mundo inteiro, não podemos. Eles são como pedras, pessoas totalmente horríveis.

O que quer que esteja acontecendo é… que aqueles que são falsos estão sendo expostos. E todo mundo está notando que eles estão sendo expostos. Essa exposição, é claro, salvará vocês… dessas pessoas horríveis. Mas Eu não sei… se elas virão para a Sahaja Yoga ou se elas receberão a Realização. Isso Eu estou lhes dizendo porque agora Eu também tenho experiência… com os seres humanos e por todos esses anos, Eu tenho trabalhado, Eu tenho visto que há pessoas e pessoas e pessoas. Dentre elas, os buscadores estão extremamente orgulhosos de sua busca. Então alguns deles não querem abandonar sua busca, é um tipo de trabalho. Você pode chamar de hobby, eles são buscadores. Agora, eles têm um certificado de serem um buscador, eles usam roupas estranhas, eles têm casas estranhas, cabelo estranho, tudo, são reclusos, pode ser agressivos, qualquer coisa, “nós somos buscadores”. Eles dão para si mesmos um certificado: “nós somos buscadores”.

Essa é uma outra qualidade de buscadores também. Para eles, é um tipo de estilo de vida, eles são buscadores… e onde quer que eles tenham de ir, eles irão pela busca, eles irão a 10 lugares, ou 20 lugares. Toda vez eles discutiam Comigo: “Mãe, deve haver alguns outros meios.” “Sim, talvez, Eu não conheço nenhum, vocês podem conhecer.” Agora, o principal trabalho… da Adi Shakti hoje é dar a Realização às pessoas. Esse é o Meu principal trabalho. Todo o resto é cuidado, já é administrado, Eu devo dizer, é como um computador. Eu não tenho de Me preocupar, é como uma ação reflexa. Seja o que for que esteja acontecendo está numa ação reflexa. Eu não tenho de Me preocupar com essas coisas.

Por exemplo, as pessoas podem dizer: “Mãe, eu rezei para a Senhora…” “e como é que a Senhora me ajudou tanto?” É tudo uma ação reflexa. Naquela época, talvez esse pensamento viesse a Mim, o pensamento, mas é uma ação reflexa. Eu realmente não faço nada. Na verdade, Eu sou Nishkrya (sem esforço). Não fazendo nada, seja o que for. Vocês poderiam pensar que Eu sou a pessoa mais preguiçosa. Realmente, porque se há uma organização completa… trabalhando para Mim, por que Eu deveria? Nada é necessário. Mas uma coisa acontece, Eu fico testemunhando… e quando Eu estou testemunhando, Ele age no reflexo, Ele trabalha, o Paramachaitanya.

Porque se Ele é o Poder da Adi Shakti, então seja o que for que Eu testemunhe… é comunicado para esse Poder. É o contrário, por exemplo, nós temos a energia da eletricidade em algum lugar, então algo dá errado aqui, isso não é refletido para essa energia. Não é. Algo dá errado, termina aqui e aqui. Mas por outro lado, se Eu testemunho algo errado, Eu não tenho de fazer nada, Eu apenas testemunho, apenas fico observando. A coisa toda age através deste enorme poder do Paramchaitanya. Agora, esse Poder, você não conhece. Você conhece a Kundalini, você sabe tudo sobre os chakras, isso, aquilo, mas esse poder do Paramchaitanya… está em cada partícula dentro de cada átomo. E Ele atua de tal maneira… que Ele direciona, Ele empurra você, Ele o leva para o caminho da benevolência. Às vezes as pessoas dizem: “Mãe, eu quis comprar esta loja,” “eu não consegui” e tudo mais. É para sua benevolência que você não conseguiu, graças a Deus.

Depois de dez dias, eles virão e dirão: “Graças a Deus, eu não consegui.” Assim, gradualmente através da experiência, você começa a compreender que você não tem de se preocupar. Se você está perdido no caminho, normalmente as pessoas ficam muito aborrecidas, mas os Sahaja Yogis não: “Oh muito bom, deve haver algo aqui,” “pois Deus nos trouxe para cá.” Essa ação é assim, depois muda. Eu diria que a pessoa que é hiperativa… começa a pensar: “Agora, entregue-se, Islã, entregue-se.” Entregue esse problema para este Paramchaitanya… e Ele atua. Coisas tão fantásticas têm acontecido neste mundo… apenas por meio dos bandhans, que é inacreditável o modo como essas coisas estão acontecendo. Vamos supor, mesmo que você ache que há muitos assassinos, que isso aconteceu, aquilo aconteceu. Isso é também apenas para expressar a presença do Paramchaitanya, Ele é Prutha, Ele está trabalhando. O modo como Ele trabalha.

Prutha significa “Aquilo que é feito”. Então você começa a se dar conta que esse poder… você pode alcançar através de sua Kundalini. Então quando sua Kundalini se eleva, isso é também um reflexo da Adi Shakti. Por exemplo, nós podemos dizer: “Nós vemos uma parte da lua,” “a outra parte não vemos.” Da mesma maneira, quando este poder se eleva dentro de você… e toca este Paramchaitanya, então você se torna dotado de poder por Ele. É desse modo que vocês são Sahaja Yogis. Mas você não é Deus. As Encarnações podem dizer: “Eu sou Deus”. Vocês não são Encarnações. Mas nenhuma das Encarnações nunca disse… que Eles são a Adi Shakti, não podem.

Esse poder da Adi Shakti, que chamamos de Paramchaitanya, é o poder que ama vocês, tem o controle completo da natureza. Ele compreende, Ele pensa, Ele sabe tudo, tudo sobre você, Ele sabe. Ele atua em cada ângulo, em cada caminho de sua vida. Ele está inteiramente com você, supondo que você caia em um rio que está fluindo rápido… e você não consegue mais nadar, você não consegue usar mais suas mãos, você começa a fluir com ele e então se dá conta que… fluindo com ele é melhor do que tentar sair dele. Mas apenas fluindo com ele, você simplesmente desfruta toda a natureza em sua volta, você não se afoga. Ao contrário, você sente que está elevado. E você fica fluindo com ele, então você compreende: “Quem sou eu para fazer algo, se isso é feito…” “para mim pelo Paramchaitanya?” Mas isso deve ser entregue à sua Kundalini, que tem trabalhado isso, que colocou você nessa praia, colocou você neste belo Reino Celestial de Deus. Dessa forma, você compreende que há duas coisas que aconteceram: primeira, sua Mãe, sua Kundalini que está dentro de você, que é sua própria Mãe, que tem estado com você inteiramente, lhe deu esse nascimento. E depois Ela o levou a este poder, o poder que você mesmo pode usar.

Você está dotado de poder através disso. Você ficará surpreso ao ver como esse poder ajuda. Quero dizer, Eu não deveria dizer que… você pode ter todos os poderes, Eu não deveria dizer isso. Mas hoje, eles estavam reclamando de alguém, imediatamente Eu disse o nome da pessoa. Agora, vocês dirão: “Como a Senhora sabia?” Eu simplesmente sei. Isso é tudo que Eu posso dizer. Eu simplesmente sei. Vamos supor que você esteja lidando com tapetes, tudo bem, então você sabe que padrão é este, que padrão é aquele, de onde ele veio, tudo, você sabe, não é? Se você está presente, você sabe tudo.

Se este poder está em todo lugar, a pessoa tem de saber tudo, a conexão é tal… que se você quer saber, você pode saber qualquer coisa. Assim, eles também chamaram Buddha de Sarvalokiteshvara, Ele vê todo o lótus. Como Ele vê, Sarvalokiteshvara? Porque o ego Dele, o qual chamamos, é… o paramaego, vocês podem chamar assim. Mahatahamkara, sabe tudo, enquanto o seu ego não sabe nada. Porque ele não sabe nada, você está envolvido por ele. Se ele soubesse, se o ego soubesse o que é a verdade, você seria uma pessoa livre, totalmente livre. Mas você não quer entregar seu ego. Você não quer permitir a si mesmo fluir no rio como Tao, Ele disse. Nao, você não quer desfrutar, você quer ter a sua própria característica especial.

A individualidade é muito diferente de ter um tipo de ego… dentro de você: “eu sou isso, eu sou aquilo.” Assim, essa diferenciação deve começar. Depois da Realização, na luz da Realização, você deve começar a ver isso. Agora, a coisa mais importante… é falar para seu ego ficar no lugar dele: “Fique quieto, você não sabe nada.” E também nos tempos modernos, isto é uma grande moda, você pergunta algo a alguém, “eu não sei”. Você pergunta a alguém: “Qual é seu nome?” “Eu não sei”. Ele não sabe nem mesmo o nome dele. E ser estúpido é uma moda. Ao mostrar que você é muito estúpido, eles acham que estão mostrando… que eles são muito inocentes.

Não é, é uma estupidez. Essa estupidez, Eu não sei qual animal tem. Até agora Eu não sei qual é a fonte disso. Eu ainda terei de descobrir qual é o animal… que gerou essa estupidez neles. Mas Eu sei uma coisa, é o nosso ego. O ego torna uma pessoa totalmente estúpida. Em Marathi, graças a Deus, a língua é tão rica… que qualquer um que comece a exibir seu ego, eles dizem que ele está escalando um arbusto, há um pequeno arbusto e ele o está escalando. Todo esse ego surge através… de suas assim chamadas ideias, conquistas. Mas o que são essas conquistas? Você não sabe nada.

E isto é o que hoje Eu tenho de lhes dizer: se alguma coisa está dando certo hoje é a entrega de seu ego; Se você souber como entregar seu ego, você fará isso dar certo. Uma outra coisa que Me surpreende às vezes, no ocidente especialmente, é que Eu acho que as mulheres são o poder, são a shakti. Mas no ocidente, Eu percebo que as mulheres não estão… usando a Adi Shakti, não. Primeiramente elas ainda estão muito possuídas por suas emoções… e por suas ideias e coisas assim; Em um lado está o homem, que está fazendo tudo. Mas mesmo as mulheres são muito egoístas, muito. É muito difícil. Por exemplo, você casa uma moça, uma moça ocidental, com alguém, ela ficará muito feliz, pulando de alegria, recebendo todos os presentes, as felicitações, usando tudo, o vestido, tudo. Depois de dez dias, ela virá e dirá: “Mãe, eu estou confusa”. “Confusa? Como?”

“Eu agora estou confusa.” “Você está confusa agora ou estava antes?” “Eu estou confusa agora.” “Tudo bem, devolva todas as suas joias…” “e tudo.” “Não, não, então deixe-me pensar.” Esse não é o nível de uma Sahaja Yogini. A Sahaja Yogini é a shakti… e ela tem de assumir desafios, eu lhe mostrarei, eu farei isso melhor. Pelo contrário, Eu as acho extremamente dominadoras, Eu fico impressionada, por que a shakti deveria dominar? Se ela é a shakti, ela não dominará. Aquelas que não são dominarão.

Por exemplo, você vai a Índia na casa de qualquer fiscal, o fiscal será humilde, mas o guarda da casa será dominador. Da mesma maneira, Eu acho, esse negócio de dominação é muito comum. E também um tipo de temperamento como de uma freira. Elas se vestirão como uma freira, se comportarão como uma freira. Elas não rirão. O que é isso? Vocês são Sahaja Yoginis? Ou o que vocês são? São freiras? Então é melhor ir para um convento.

Por que Eu estou lhes falando isso enquanto falo sobre a Adi Shakti? Eu estou falando sobre a shakti, o modo como a shakti tem de aflorar Eu fiquei surpresa ao ver que as mulheres não estão… difundindo a Sahaja Yoga. Alguém Me disse que os líderes não querem… que as mulheres difundam a Sahaja Yoga. Eu disse: “Isto está errado.” Se os líderes dizem isso, não é apropriado. Mas antes de tudo, as Sahaja Yoginis têm de ser verdadeiras Sahaja Yoginis, porque até agora Eu tenho visto que ninguém é, você tenta dar a qualquer mulher, tenta lhe dar a posição de líder, ela simplesmente acaba com a coisa. Não todas, mas algumas. Agora, o dever de uma Sahaja Yogini é… se desenvolver através da meditação, através da compreensão de si mesma e através da autoestima: “Eu sou uma Sahaja Yogini, eu sou aquela que é a shakti,” “Eu sou a energia potencial disso.” “Eu mesma sou a energia potencial. O que eu faço?

Nada.” “Eu não fiz assim, não coloquei isso em cima, nada do tipo.” “Eu fico agradavelmente visitando e falando.” “Mas, eu sou a energia potencial.” “Eu sou a energia potencial?” Isso é o que as Sahaja Yoginis têm de decidir. Senão, elas ficam possuídas, ficam tendo devaneios, achando que não há limites para elas mesmas. É muito difícil. Eu quero que algumas boas Sahaja Yoginis sejam líderes, Eu realmente quero. Mas assim que elas se tornam líderes, elas montam num cavalo, correndo muito rápido.

Portanto tornem-se humildes. A menos e até que haja um grande espaço no vaso, que água pode fluir dentro dele? Tenham um coração muito grande. Qualquer um que chegue em sua casa, você não gosta disso, não quer fazer nada pelos outros Sahaja Yogis, cuidar deles. Isso acontece repetidas vezes, Eu digo, no ocidente, as mulheres têm de assumir a shakti dentro delas mesmas. E shakti não significa dominar seu marido… e torná-lo um tolo. Não, significa dar a ele poderes. Você é o suprimento de energia para toda a família. E esta é nossa família. Tudo isso é Minha família, Eu fico tão preocupada com todos.

Mesmo com uma pequena coisa, fico preocupada, nunca estou satisfeita… por ter feito Meu trabalho e agora Eu posso à noite… ir dormir e não pensar em ninguém. Nunca, Eu fico preocupada com isso, fico preocupada com aquilo. O tempo todo está fluindo, este poder, e Minha preocupação é poderosa, ela atua, porque Minha preocupação é genuína. Eu não fico preocupada Comigo, nunca. Vocês ficarão supresos, quando Eu vejo todas essas mulheres… fazendo todos os tipos de coisas para se preservarem, Eu fico surpresa. O que é necessário é a preocupação amorosa. E uma vez que você desenvolva essa preocupação, é uma preocupação genuína, amorosa, compassiva com os outros. Mesmo com as crianças, Eu tenho observado que elas nunca cuidam… das crianças umas das outras. Elas nunca ajudam as outras. Alguém tinha de ir extrair o dente, ela teve de levar o filho com ela.

Quero dizer, isso é verdade. Se você não tem essa preocupação, então você não terá a mente coletiva, você não terá o poder coletivo. E é importante… que todas vocês tentem ser muito coletivas, cuidar umas das outras. Agora, Eu não deveria dizer isso, Eu ia falar isso para as mulheres de Cabella, que esta casa em Cabella é um ashram… e aquelas pessoas que vêm de outros ashrams, mesmo da Austrália, ficam surpresas, pois elas estão vivendo aqui exatamente como em um hotel. Elas estão pagando por isso, todos nós pagamos, mas nós temos jardins, nós cuidamos dos jardins, cuidamos da parte externa. Aqui ninguém está preocupado. Elas estão usando tudo, não se preocupam. De forma surpreendente, porque Eu estou morando aqui, elas são desse jeito. Você vai a qualquer lugar na Austrália, você vai a América, a qualquer lugar, onde quer que haja um ashram, todas elas trabalham nos domingos. Elas cuidam.

Aqui, Eu não tenho visto. Todas elas desaparecem. Este é o seu ashram. Vocês estão ficando aqui. E agora, hoje, Eu tenho de lhes falar isso, porque Eu sinto que… a Sahaja Yoga está se perdendo nas suas shaktis. Algumas delas não sabem sorrir. E algumas delas são extremamente dominadoras. Eu tenho de lhes falar isso, porque vocês são muito importantes. Mas para Mim, nenhum homem teria feito este trabalho. Nenhuma encarnação masculina teria feito este trabalho.

Cristo, Ele foi crucificado jovem. “muito bom” ser crucificado tão jovem, depois um outro tomou veneno, outro foi morto por alguém. É desse jeito, todos Eles morreram muito jovens, Ninguém quis fazer esse trabalho, ninguém foi – quero dizer, Eles ficaram fartos, ficaram fartos. Nós tivemos Ganeshwara que entrou em Samadhi aos 23 anos de idade, vocês podem imaginar? Ele deve ter ficado farto das pessoas. Agora é para vocês, as mulheres… terem de desenvolver essa paciência de sua Mãe, essa afeição, esse amor e depois vocês verão… como sua shakti trabalhará. Eu, repetidas vezes, sempre tenho falado sobre isso. E na posição da Adi Shakti, Eu tenho de dizer, vocês são, em sua família, como uma shakti. E vocês têm de ser sábias, vocês têm de ser sensatas. Vocês têm de compreender seu marido.

Vocês têm de compreender seus filhos. Vocês têm de ter paciência. Pelo contrário, elas estragam os filhos delas, Isto deve ser entendido: você tem de saber primeiro… o que é bom para o bem deles. Hoje por exemplo, se Eu falo: “Se as crianças forem para uma escola,” “elas não devem ser removidas. Isso é para o bem delas.” O que as pessoas vão ganhar com isso? Então alguém diz “não”. Tudo bem, saia. O que você pode fazer? Tamanho apego a seus filhos mostra que você é uma pessoa fraca.

Você deve amar todas as crianças, você deve cuidar de todas as crianças, você deve gostar de todas as crianças, ter interesse. Mas o que percebo é que elas só estão interessadas em seus próprios filhos. Nós somos uma família unida, deveríamos dizer. Nós vivemos juntos. Nós temos de compartilhar tudo. Isso é algo que não consigo compreender. Digamos na Índia, se você vir 5 ou 6 crianças, todas as meninas correrão atrás delas. Todas as mulheres cuidarão delas. É um tamanho prazer para elas… olhar quaisquer crianças apenas para cuidar delas. Mas esse tipo de insensibilidade ao seu comportamento coletivo… irá estragar também seus filhos.

Assim, o que você vai transmitir para o mundo inteiro… é esse modo de viver Sahaja. E as mulheres constroem a sociedade. Se a sociedade indiana é boa, o crédito vai para as mulheres indianas e a sabedoria delas. Os homens são estúpidos na Índia. Eles estragaram a política, a economia, tudo. Mas a sociedade ainda é preservada… e as pessoas ainda estão muito, muito, digamos, no caminho correto. Isso só acontece por causa da sabedoria das mulheres. Se as mulheres estão ocupadas se vestindo por horas a fio, pensando em suas roupas, no que vão vestir, acabou-se. Hoje é um dia de veneração à Kundalini que é a Mãe. Ela é a Mãe.

E você é a mãe. Você deve saber tudo sobre seu filho. Alguém vem e Me diz: “Meu filho é agora um viciado em drogas.” Como isso pode ser possível? Na Índia, as crianças não ficam viciadas em drogas porque… o tempo todo a mãe fica em cima delas como um falcão. Ela sabe onde o filho vai, o que ele faz, ela ama. Mas ela sabe muito bem. Mesmo quando estávamos na faculdade, mesmo Eu sendo casada, nós íamos para casa, Minha mãe perguntava: “Aonde Você foi?” “Eu não disse? Volte às 6hs”.

Mesmo quando somos casados. E nós devemos falar para ela. Esse era o trabalho da mãe. Onde o filho vai, o que ele faz. E depois dizer: “Os meus filhos não me ouvem.” Porque… Por que os filhos não ouvem vocês? Porque vocês não os disciplinam. Aqui o ambiente é muito ruim, Eu concordo, e as crianças estão muito mal, Eu concordo. Tudo está lá, Eu concordo. Mas se você é uma mãe forte em seu amor, seus filhos não se desencaminharão.

Mesmo agora, como vocês sabem, o tempo todo, há todos esses líderes que ficam Me rodeando. O que há? Não tenho nenhum mel Comigo ou qualquer coisa assim, mas eles apenas ficam sentados lá, apenas sentados próximos a Mim, todos os líderes. Mas isso acontece após a Realização, mas mesmo todos os Meus sobrinhos, todos eles virão e se sentarão perto de Mim, todas as Minhas noras, elas se sentarão perto de Mim, eles não Me deixarão. E as pessoas começarão a dizer: “O que há de errado com vocês? Ficam o tempo todo grudados em sua Tia,” “O que é isto?” A preocupação amorosa e eles compreendem… que é para o bem deles que você está lhes dizendo. Mas você mesma deve estar bem. Como uma mãe, a pessoa tem de ser tolerante, tem de compreender, mas quando você tem de lhes falar, você tem de lhes falar. Se você pensar, você pode lhes falar em tom ríspido… ou talvez de uma forma apropriada, mas a criança deve saber que você a ama… e ama todas as crianças.

É muito sutil. Como Eu tenho visto, uma vez Eu levei o filho de um Sahaja Yogi Comigo… ao mercado, ele ficava pedindo: “Eu vou comprar isto,” “vou comprar aquilo, comprar aquilo”, tudo ele queria comprar. Eu fiquei Me perguntando: “O que há de errado com esse menino?”. Mas digamos, se Eu levo Meus netos, eles não comprarão nada. Mesmo se você quiser comprar dois pares de sapatos, “não, não, não, um é suficiente, se este estragar, compre outro.” Eles nunca pedirão nada. Isso é um tipo de autoestima. Eles não querem nada. O mesmo com as esposas. As esposas nunca pedem nada aos seus maridos, não, nada.

Nada. O marido continuará perguntado: “Por favor, peça alguma coisa;” “peça alguma coisa”. Não, elas não querem nada. Essa será uma mãe e esposa Sahaja Yogini e uma shakti. Ela não tem nenhuma demanda. Ela não pede nada. Aquela que é uma doadora, o que ela irá pedir? Aquela que é uma provedora, o que ela irá pedir? Assim, Eu acho às vezes que o canal esquerdo ou o lado feminino… na Sahaja Yoga está decaindo um pouco. E elas têm de se elevar.

Primeiro, meditação, o respeito à Mãe, ensinando os filhos como… trabalhar a Sahaja Yoga, falando-lhes sobre a Sahaja Yoga… e não somente sobre comida. Falando sobre limpeza, como ser bom com os outros, como compartilhar as coisas. E contar para as crianças boas histórias que vocês ouviram. Falar-lhes sobre o que é o dharma, falar para elas. Ter um relacionamento próximo. Isso é o que você tem de entender… para tornar a Sahaja Yoga muito forte. Você é a shakti da Sahaja Yoga, acredite em Mim. E você tem de trabalhar isso dessa maneira. Ao invés de se preocupar com coisas pequenas. Às vezes Eu recebo cartas das mulheres, algumas delas realmente Me doem.

Eu não consigo entender como eles são Sahaja Yogis. Nosso sistema inteiro da Sahaja tem de ser um sistema modelo, de modo que os outros devem ver e compreender… o que nós alcançamos em nossa vida diária. A Adi Shakti trabalha no dia a dia, desde as menores coisas às mais elevadas. E o tempo todo você tem de aprender, o tempo todo você tem de aprender. Quer você seja um líder ou não, o tempo todo você deve… saber o que é que você tem de saber. “Eu não sabia disto, não sabia daquilo.” A menos e até que você desenvolva este tipo de atitude: “eu tenho de aprender”, de modo que tenha uma atitude humilde, esta humildade: “eu tenho de aprender, eu tenho de aprender”, “eu ainda tenho de aprender”, este ego nunca surgirá. Por causa desse ego, você está satisfeito consigo mesmo, esse é o sinal de um ego. Você não sabe o quanto você está torturando os outros, o que você está destruindo, nada disso. Mas você se sente extremamente feliz consigo mesmo.

Uma pessoa tão tranquila, despreocupada… às vezes está vivendo no ar. “O que eu fiz hoje por alguém?” “Como eu falei com alguém? O que eu dei a alguém?” Eu não preciso lhes dar presentes, não há nada. Por que Eu deveria lhes dar presentes? Mas Eu lhes dou presentes por causa da Minha própria satisfação. E se Eu aceito presentes de vocês, é para sua própria satisfação. Assim, o que temos de fazer? Em que nós encontramos satisfação?

Em que nós encontramos satisfação? Apenas pensem sobre isto: em que nós encontramos satisfação? “Minha casa deve estar bem, meu marido deve estar bem,” “meus filhos devem estar bem”, “meu,meu, meu”. A menos e até este “meu” se desloque para uma outra pessoa, você ainda está no reino da maya. Você tem de aprender isto: é para pensar todo dia ou escrever, todos vocês devem escrever diários, “o que eu fiz pelos outros?” “O que eu disse aos outros?” “O que transformará ou agradará uma outra pessoa?” Pequeninas coisas podem tornar a vida tão bela. E há também coisas muito grandes para vocês. Se você não pensa, se você não pensa que você é muito importante, todas essas grandes coisas são também para você.

É assim: este céu inteiro… pode ser coberto por uma folha, se você olhar a folha contra o céu, a folha mostra a existência dela. Da mesma maneira, toda esta visão da Sahaja Yoga… pode ser completamente coberta por uma pessoa… que se coloca com essa grande vastidão, uma pessoa aqui e outra ali. Isso é tão extraordinário. É uma Sahaja Yoga tão grande. Há pessoas que estão aqui e ali e ali, tão extraordinário… que se você cita os nomes deles também, Eu simplesmente Me sinto encharcada no oceano de alegria. Uma única pessoa, e quanto a vocês? Por que não podemos fazer isso? Quando a Adi Shakti está refletida em vocês, quando todos os poderes Dela estão em vocês, o quanto nós podemos fazer… nesta vastidão de Minha visão. Eu quero ter mais e mais pessoas… que serão elas próprias pessoas de visão. Mas não pessoas pequenas que apenas pensam em seus filhos, pensam em comida.

Não, não, elas não são desejadas, inúteis. Todas elas sairão. Eu espero que vocês tenham entendido onde vocês estão, o que vocês têm, o que está criado dentro de vocês… é esta Kundalini, que lhes deu todo o conhecimento… e todas as coisas. Mas há muitos, Eu sei, eles nem mesmo sabem qual é este chakra, eles não sabem, indo a esse limite de ignorância. Vocês têm de saber todas essas coisas. Vocês têm de entender o que é isto, porque isto é para vocês, tudo para vocês, todo esse conhecimento. E o maior de tudo é a fé. Não uma fé que é cega, mas uma fé iluminada… em que você agora está unificado com este Poder Divino. Isso deve realmente estabelecê-lo completamente. Este é, Eu acho que este é um dos pujas mais importantes… porque até agora os gurus pujas têm existido, muitas pessoas têm venerado esses gurus.

Ou talvez o Meu aniversário, como vocês acham que seja, tudo bem. Mas Eu acho que entender seus próprios poderes da Kundalini… e seus poderes que estão disponíveis para vocês… para o trabalho do Paramchaitanya é muito importante. Isso lhes dará confiança, isso lhes dará compaixão, isso lhes dará uma visão e isso os tornará… uma personalidade grandiosa, uma personalidade grandiosa. O que foi George Washington? Eles disseram que ele foi grandioso. O que foi Abraham Lincoln? Ele foi grandioso. Mas todos vocês estão tendo a sua Realização do Si. Vocês têm de pensar no universo inteiro, na vastidão toda. A menos e até que esse cérebro se desenvolva em vocês, Eu tenho certeza, muita certeza que… o progresso da Sahaja Yoga dentro e fora será menor.

Então compreendam que esses poderes estão com vocês. Vocês têm de utilizá-los com humildade. Que Deus abençoe todos vocês. Agora, antes de tudo, nós temos de fazer um Ganesha Puja também, e depois o Devi Puja.