Sétimo Dia do Navaratri

Cabella Ligure, Campus (Itália)

Feedback
Share

Navaratri Puja Cabella, Itália, 01.10.1995

Ontem, vocês viram como Durga protegia… todos os buscadores, os sadhakas, e como Ela matou as pessoas que estavam… perturbando, torturando, matando os buscadores da verdade.

Todo o Advento Dela foi para protegê-los… de todas essas forças malignas. Naquela época, esse era o trabalho mais importante. Então foi desse modo que os sadhakas chegaram até estes tempos modernos, e agora eles são buscadores da verdade… ou eles encontraram a verdade. Todo essa jornada diferente ensinou os sadhakas… para que serve a vida deles. Eles ficavam freneticamente, primeiro, tentando achar a verdade, freneticamente, e eles foram em diferentes lugares difíceis. Eles achavam que indo a alguns lugares solitários, eles seriam capazes de estabilizar suas mentes em paz… e seriam capazes de encontrar a verdade. Eles também sacrificaram muitas coisas: sua riqueza, que os estava incomodando; suas famílias, que eles achavam que estavam se colocando no caminho… de sua busca. Tudo isso continuou e há ainda algumas pessoas… que acreditam que se tornando um asceta, a pessoa pode encontrar a verdade. Buddha fez o mesmo, Mahavira fez o mesmo. A vida Deles não foi nada além de uma grande tapasya.

As tapasyas Deles estão nos ajudando hoje… de tal maneira que nos agora obtivemos… uma tamanha bênção que nossas personalidades, como elas são, podem receber a Realização do Si, pela qual as pessoas lutaram e lutaram… de tal maneira que se vocês lerem isso, como elas ficaram sofrendo, você talvez fique realmente impressionado ao ver… como elas passaram por todo esse sofrimneto… e toda essa tapasya, apenas com o objetivo de obter a Realização do Si. É uma provação mesmo ler sobre eles… e saber sobre eles. E enquanto eles estavam buscando também, havia muitas pessoas que tentaram perturbá-los, que tentaram torturá-los, que tentaram matar. E as pessoas em volta deles… não sabiam o que estavam fazendo. As pessoas os ridicularizavam, riam deles, zombavam deles. Com tudo isso, o que nós aprendemos é que… nós obtivemos nossa Realização muito facilmente, sem nenhuma tortura, sem nenhuma provação, sem nenhum sofrimento, jejum, nada. Isso não é verdade, porque vocês são as mesmas pessoas… que fizeram tudo aquilo antes e é por isso que vocês estão aqui. É seu direito ter a sua Realização do Si. Não é para de maneira alguma dizer que “sem nada, nós obtivemos isso”. Porque vida após vida, vocês foram buscadores.

Seja qual for o caminho que vocês seguiram, seja qual for a religião que vocês seguiram, seja quais forem as crenças que vocês seguiram, foi uma tortura para vocês. E essa tortura hoje acabou, pois vocês são pessoas realizadas. Mas de qualquer forma, nós vemos que os seres humanos, se eles obtêm algo muito facilmente, eles não entendem o valor de como eles obtiveram isso; Agora, para conseguir isso facilmente, na verdade vocês devem saber… que não é porque vocês não eram nada. Vocês eram algo grandioso. Vocês eram grandes santos que foram aos Himalaias, vocês fizeram todos os tipos de provações e jejuns, e muitos de vocês foram mortos… e massacrados em nome de Deus. Assim, hoje, seja o que for que vocês obtiveram, seja qual for a Realização que obtiveram, não é apenas algo que vocês deveriam pensar: “É somente pela Graça da Mãe que obtivemos isso.” É sua própria grande personalidade que alcançou isso, Do contrário, teria sido impossível para Mim… lhes dar a Realização. Seja qual for o trabalho que as Divindades fizeram, Elas os trouxeram a este nível de existência humana, protegendo vocês. Mas agora, naturalmente, esse é apenas o último passo que vocês cruzaram… e vocês alcançaram essa Realização do Si… e muitos de vocês alcançaram grandes alturas. Este poder dentro de nós, a Kundalini, que os conectou a este Poder Onipresente, tem lutado, tem guiado vocês, tem estado o tempo tudo cuidando de vocês, protegendo-os, de modo que vocês alcançassem o seu objetivo nessa Kali Yuga.

Foi dito: somente durante a Kali Yuga, isso acontecerá… e essas pessoas que estão buscando Deus… nas montanhas e nos vales encontrarão isso, mas elas serão pessoas normais, pessoas que terão lares… e viverão como pessoas normais na sociedade. Elas não serão algum tipo de sadhus ou santos, mas sim pessoas que são casadas, que têm filhos, todas essas pessoas que estão levando uma vida normal… receberão sua Realização. Já está dito, já esta profetizado por Bhrugu Muni. Assim, tudo já está dito, Eu acho que tudo está planejado. Mas nisso, o crédito vai, é claro, para vocês, pois vocês reconheceram qual é a verdade. Como vocês sabem, há muitas pessoas falsas circulando. Elas estão fazendo todos os tipos de truques, elas estão tentando… todos os tipos de métodos para seduzir as pessoas. Apesar disso, vocês Me reconheceram. Esse reconhecimento é algo notável. E Eu mesma fico surpresa, como crianças perdidas procurando sua mãe… voltam para ela, da mesma maneira todos vocês estão aqui.

Mas a esse respeito, nós não devemos pensar que obtivemos isso facilmente… ou obtivemos sem nenhuma dificuldade, porque isso pode criar um pequeno problema: nós não iremos adiante com a mesma velocidade, com a mesma dedicação, como fizemos antes. Assim, seja o que for que vocês achem que é fácil, não foi fácil de forma alguma. É sahaja. Podemos dizer, é espontâneo. Mas, agora é para vocês acompanharem o tempo, é realmente entenderem que… esta época é tão importante, nós temos de salvar o mundo inteiro, vocês têm de se projetar, como Eu disse da última vez, e descobrir meios e métodos com os quais vocês podem fazer essas coisas. Na Rússia, Eu devo lhes dizer, Eu tive uma experiência muito boa… de uma alma desenvolvida muito elevada, que é um cientista muito conhecido. Ele é um dos mais importantes cientistas da Rússia, é ele está se entregando também à espiritualidade. Ele falou às pessoas: “Eu estou me entregando à espiritualidade,” “eu gostaria de ver a Mãe.” Eu disse: “Tudo bem, Eu adoraria vê-lo.” Então quando ele veio, ele olhou para Mim e disse: “Eu sei, Mãe, que a Senhora é a Encarnação de Deus…” “nestes tempos modernos.”

Eu fiquei muito surpresa por um cientista dizer isso. Mas seus olhos, tão puros e tão cheios de devoção e humildade. então ele disse: “Eu quero fazer algo, se a Senhora me ajudar.” Eu disse: “O que você quer fazer?” Ele disse: “Eu não consigo medir Seu poder, eu não consigo.” Ele tinha um instrumento com o qual ele podia medir o poder. “Eu não consigo também medir o poder de Suas fotografias.” Ele disse, ele Me disse um número que Eu não pude entender, era algo como 700 elevado a, algo como um bilhão em um bilhão, desse jeito. Eu disse: “Agora, o que é esse número? Eu não sei.”

Então ele Me disse: “Isso é o que é sua fotografia.” Então Eu disse: “Tudo bem, agora o que você quer que Eu faça?” Eu lhe disse: “Você pode pegar esta fotografia, se você acha…” “que ela é tão poderosa.” Então ele pegou a fotografia com tamanho respeito… e coisa assim. Pelo menos quatro, cinco vezes ele se curvou a Mim. Eu disse: “O que você quer fazer sobre isso?” Ele disse: “Eu quero colocá-la em um satélite.” Agora, vejam a parte relativa à projeção, satélite. “Depois o que você fará?” “Eu vou colocar uma força eletromagnética atrás dela,” “então esse poder que está nela…” “penetrará nas coisas.”

“Porque a força eletromagnética pode penetrar,” “com isso, essas vibrações também penetrarão.” “Então eu irei para dentro do satélite…” “e de lá, eu projetarei isso…” “e verei os problemas globais.” “Então onde quer que Eu projete isso, os problemas serão resolvidos.” “Eu tentarei primeiro tornar a terra fértil com isso.” Uma fotografia Minha, vocês podem imaginar? Vejam seu planejamento, Eu fiquei surpresa. Eu disse: “Olhem para este homem, o que ele tem pensado…” “o tempo todo.” Ele disse: “Isso não é difícil, não é difícil.” Eu disse: “Como?” Então ele Me mostrou com uma mola, algo que era como uma mola.

Ele a colocou na água que Eu tinha vibrado… e a mola começou a pular. E então ele mostrou com sua máquina… que a coisa toda estava se movendo tão rápido. “Mãe, apenas veja a água que a Senhora vibrou.” “como é incrível.” Eu disse: “Isso Eu nunca ouvi falar…” “que você pode transformar esse poder em algo…” “que trabalhará na coisa material.” Ele disse: “Esse poder pode trabalhar em qualquer coisa.” “É o poder que criou tudo,” “então ele trabalhará em tudo.” Eu fiquei tão surpresa, e ele disse: “Eu estava apenas esperando para me encontrar com a Senhora…” “e eu vou começar, eu tenho muito trabalho a ser feito.” E ele disse ao seu amigo: “Agora, vamos,” “nós temos muito trabalho a ser feito.” “Eu quero fazer tudo isso durante a vida da Mãe.”

“Ela deve ver o que temos de fazer.” Eu fiquei impressionada, de onde esse sujeito caiu nesta Terra. Uma experiência dessas de um cientista. No ocidente, nenhum cientista nem mesmo olhará para Mim. Ninguém pensará que eles podem fazer algo… em relação à essas vibrações. Mas vejam, ele já desenvolveu um método… através do qual ele pode medir as vibrações. Eu não sei, Eu não lhe fiz mais perguntas, porque Eu achei que ele estava muito nisso e deixei-o fazer o que quisesse. E vejam, Eu descobri que na Rússia… as pessoas estão em posição muito elevada e elas têm muitas ideias, mas a espiritualidade é a coisa principal, e a moralidade. Havia um outro senhor, Eu diria, ele mal tinha 30, 32 anos de idade, muito brilhante. Ele veio, Eu lhe perguntei: “O que você quer que Eu faça?”

Ele disse: “Não,” “a Senhora fez muito por nós, agora nós faremos pela Senhora.” “Então o que você quer fazer?” Ele disse: “Eu sou encarregado aqui da espiritualidade.” Vocês podem imaginar? Nós não temos nenhum governo assim, onde existe um assunto como espiritualidade, em que alguém seja encarregado da espiritualidade. Essa é a Rússia. Eu disse: “Você está encarregado da espiritualidade?” “Sim, e eu tenho de lidar com os estudantes…” “desde muito jovens até a faculdade.” “E a Senhora pode me dizer, Mãe, em qual idade…” “as crianças são mais receptivas à espiritualidade?” Eu disse: “Não há nenhuma regra rigorosa sobre isso.”

“Mas como as crianças, as crianças muito pequenas,” “são tão inocentes, isso dá certo.” Então ele Me perguntou: “Como podemos colocar a espiritualidade dentro delas?” Eu disse: “Você pode elevar a Kundalini delas, pode dar o nó em cima…” “e elas se tornarão realmente pessoas com uma tal atenção…” “que você ficará surpreso com isso.” Ele disse: “Eu estou reunindo pessoas de todas as crenças…” “e eu vou lhes dizer que é somente a Sahaja Yoga…” “que é o caminho correto.” Vocês podem imaginar? Uma pessoa tão maravilhosa, mal tinha 32 anos de idade, um melhor que o outro, Eu pensei. Um realmente melhor do que o outro. Então ele Me pediu os esquemas: “O que devemos fazer em relação ao patriotismo?” “O que devemos fazer em relação a isso?” Ele era tão alerta e ele disse: “Através da espiritualidade,” “como podemos melhorar as vidas deles?

Dos estudantes?” Agora ele é responsável por todos os estudantes da Rússia… e ele é também um membro do parlamento. Ele disse: “Há outros oito, nove membros…” “que estão também no mesmo comitê…” “e querem que a espiritualidade cresça.” Eu fiquei impressionada, quero dizer, que país é a este, a Rússia? Como eles conseguiram ter pessoas assim? Depois o terceiro veio. Ele também era membro do parlamento, muito dinâmico. Primeiro ele era o braço direito de Yeltsin, mas depois ele o abandonou. Ele disse: “Ele é imoral” “Eu não quero ter nada a ver com uma pessoa que é imoral.” “Então, agora, o que você está fazendo?”

Ele disse: “Agora estamos pensando em ser eleitos…” “por algum outro partido, o nome é Minha Pátria.” Eu disse: “Uma ideia muito boa.” “Então nisso, não teremos ideias estabelecidas,” “como é na democracia…” “ou você pode chamar isso de comunismo ou daquilo.” “Mas seja o que for que convenha à minha pátria, nós teremos.” “É muito prático,” “é a coisa mais prática: seja o que for que seja bom…” “para minha pátria, nós teremos, nada mais.” Eu disse: “Realmente isso é muito prático.” E ele talvez um dia substitua esse Yeltsin e tudo mais. Muito dinâmico, muito bom. Agora mesmo ele estava um pouco deprimido, porque ele disse: “Eles são estúpidos aqui”, e isso e aquilo. Mas depois ele ficou muito esperançoso, Eu disse: “Nós ajudaremos todos vocês.”

Mas um homem tão confiável. E ele disse: “A base da vida humana é a moralidade.” “Se você não tem nenhuma moralidade, então todo o resto é insensatez.” Ele estudou na Inglaterra… e ele disse também que estudou na América por bastante tempo, e o outro sujeito tinha estudado. E eles disseram… que na América, eles ficaram fartos totalmente… e: “Nós não queremos voltar lá.” Assim, a sabedoria dessas pessoas realmente… estava Me impressionando muito. Agora, a outra, a terceira coisa que Eu descobri… é muito mais profunda que isso. Quando Eu fui a Ucrânia, Eu vi algumas pinturas muito boas… feitas com um tipo de cores aborígenes. Então eles disseram: “Mãe,” “nós tínhamos isso antes dos cristãos virem.” Eles Me mostraram uma revista em que havia… uma fotografia da Mãe Primordial… e eles A chamavam de Aditi, isso é Sânscrito.

Nós também chamamos de Aditi, vocês podem imaginar? Depois eles disseram: “Essa cultura existia…” “antes da agressão cristã chegar.” E havia pinturas do Muladhara Charka em diferentes formas… e também do Agnya Chakra. E o modo como eles estavam falando sobre tudo isso, mesmo na revisa, Eu fiquei realmente surpresa. Eles disseram: “Tudo isso foi publicado,” “nós temos livros sobre isso, mas por causa da igreja,” “foi dito que é tudo insensatez,” “não há nada como Aditi.” Mas a melhor parte que Eu vi foi a pintura de Aditi… e havia uma Kundalini em Seu estômago. Ou estômago ou lopa. E era mostrada subindo deste jeito. Eu disse: “Vejam a cultura que estas pessoas tinham.” Então eles disseram: “Nós tivemos relacionamentos com a Índia,” “e eles eram arianos e nós éramos arianos também…” “e nós costumávamos nos encontrar com eles.”

Então Eu pensei, Macchindranath e todas essas pessoas… foram para o norte da Índia, eles talvez vieram para Ucrânia e eles disseram, quero dizer, a coisa toda foi rastreada até – o nome “Ucrânia” vem de “Kuru”… e todos os tipos de coisas foram localizados no Sânscrito. Tudo isso era impressionante. Que cultura eles tinham. Em que cultura eles viveram. É algo inacreditável. Enquanto na Índia, há muitas pessoas que não sabem… o que é a Kundalini. Se você lhes falar sobre a Kundalini, eles acham que Kundalini significa horóscopo. Especialmente no norte, eles não têm nenhuma ideia sobre a Kundalini. Mas aqui estão as pessoas que viveram, realmente viveram numa cultura por milhares de anos, e eles disseram que isso foi há 3.000 anos antes de Cristo. Vocês podem imaginar?

Antes de Cristo, 3.000 anos. E nós também tínhamos civilizações na Índia, como Harapa e tudo mais naquela época. Mas eles disseram que a Índia é a fonte da espiritualidade. Essa revista, Eu fiquei impressionada com ela… e da forma que foi feito. E o Muladhara e o Agnya Chakra… e tudo mais feitos tão bem. Talvez eles tenham visto isso. Eles talvez não tiveram a Realização, mas eles falaram sobre a Realização… e também sobre alcançar o pleno desenvolvimento do Si. Isso aconteceu há muitos anos atrás. Mas então eles disseram: “A religião cristã veio e eles nos disseram:” “’É tudo insensatez, não tem nada a ver com isso.’” Como eles Me disseram também na Grécia… que eles tiveram Atena e a Mãe Primordial e tudo mais. Mas eles disseram: “Não, Mãe, nada disso, é melhor parar com isso.”

Então tudo foi cancelado e ninguém considerou isso. Mas vocês podem imaginar que há muitos anos atrás… isso existiu na Ucrânia? Uma cultura de espiritualidade tão bela. A primeira vez que Eu fui à Ucrânia, nós tivemos pessoas lá – Houve Chernobyl, vocês sabem disso, foi uma grande explosão… e eles estavam todos – por exemplo, alguém tinha estes dedos cortados… ou você pode dizer, ligados uns com os outros. Alguém tinha furúnculos por todo o corpo. O nariz de alguém estava virado deste jeito e… com aparência horrível como leprosos, todos eles, aqueles que vieram ao programa. Mas então dessa vez, mais do que isto, eram as pessoas lá na Ucrânia, Eu devo lhes dizer, muito mais do que isto. O salão todo estava cheio, os três níveis estavam cheios, os corredores estavam cheios e ainda havia pessoas lá fora em pé. E eles disseram: “Nós somos os que sofreram daquilo…” “e agora olhe para nós, estamos completamente curados.” Vocês não acreditarão, Eu nunca toquei em ninguém.

Eu estive lá somente uma vez, eles vieram ao Meu programa e ficaram curados. Assim, essa sensibilidade que eles tinham, Eu Me perguntava por que esses russos e ucranianos… são tão sensíveis à espiritualidade. Então Eu compreendi que esses povos… que têm espiritualidade são antigos. Desde tempos antigos, eles estavam praticando isso. E nós tivemos Macchindranath, Gorakhnath, todas essas pessoas. Mas ninguém praticou o despertar da Kundalini a essa extensão, isso estava em toda vila, eles faziam… pinturas sobre o Muladhara, sobre este outro, o Agnya Chakra, muito claramente. E no Agnya Chakra, estava o Yin e Yang do chinês, vocês podem imaginar? Depois de descobrir isso, Eu realmente senti que no mundo, deve haver muitas pessoas assim. Agora, na Colômbia, Eu vi também. Eles têm a mesma Kundalini e a Kumba e tudo.

Eu acho que ainda mais do que isso. Três, quatro mil anos atrás antes de Cristo. Assim, o que descobrimos é que… nós tivemos todo esse conhecimento em todos esses países… e ainda, esse conhecimento ainda está… atuando nas mentes das pessoas. Elas são muito introspectivas e também, elas sabem muito sobre o sol. Qual é o..? isso é o..? O sol. É esse tipo de sensibilidade que surge somente… quando, basicamente, nas raízes desse país… que você têm uma exposição à espiritualidade. É um tipo de revelação milagrosa que pudemos ver lá. O modo como eles sabiam tudo sobre a Kundalini sobre a Mãe Primordial, sobre esse acontecimento, sobre a espiritualidade e o que acontece a uma pessoa… quando ela se torna uma alma realizada.

A característica especial que Eu vi em relação a eles… é que eles são pessoas extremamente humildes. Para eles, Eu sou realmente – Eu não sei, o modo como eles se curvam para Mim… e às vezes Eu simplesmente não consigo imaginar… como essas pessoas têm tamanho senso de espiritualidade e paz. Quando eles tiveram esse golpe, Eu lhes perguntei: “Vocês não estão preocupados?” “Esse golpe está aqui e Eu não sei o que acontecerá…” “ao seu país. Vocês não estão preocupados?” Eles disseram: “Mãe, por que deveríamos nos preocupar? Afinal,” “nós estamos no Reino de Deus, nós não estamos vivendo na Rússia,” “estamos vivendo no Reino de Deus. Então por que deveríamos nos preocupar?” E encontrar pessoas tão boas lá, pessoas tão sensíveis à espiritualidade. Eles botaram para fora praticamente todos os falsos gurus, todos os falsos gurus.

E por Mim, eles mostraram tamanho respeito e cuidado. Eles tiveram essa conferência somente para Mim. Então, agora por que Eu estou lhes contando tudo isso? Agora todos vocês obtiveram a Realização. Vocês agora sentiram seu Espírito… e vocês entraram no Reino de Deus, sem dúvida. Mas agora vocês devem entender esse poder que vocês têm, o que ele faz para vocês, o que ele cria em vocês. A coisa mais importante é que através desse poder, vocês se tornam conscientes sem pensamentos, isto é, vocês entram no presente. Alcançar o presente é uma tarefa impossível. Assim, vocês, uma vez que vocês estejam em consciência sem pensamentos, o que acontece é que nenhum pensamento bombardeia sua mente. Onde quer que você esteja, você pode estar na América, você pode estar em qualquer lugar, você não é bombardeado por pensamentos.

Então, o que isso significa? Em uma linguagem muito simples, nós podemos dizer… que isso significa que você não reflete. Você não tem uma mente que reflete. Agora, esse é o problema básico de todos os Sahaja Yogis de hoje, o qual a pessoa deve tentar conquistar: não reflita. Essa é a única forma de você alcançar sua estabilidade; Por exemplo, Eu tenho visto pessoas… que por absolutamente nada, elas simplesmente começam a rir, por absolutamente nada. Elas veem alguém, imediatamente reagem: “Isto era bonito, mas não tão bom.” Elas começam a dar suas opiniões, especialmente no ocidente, sobre tudo. Todo mundo parece ser profundo conhecedor… e começam a falar o que é o melhor… e o que não é o melhor, o que não é bom. E uma vez que eles comecem a dizer algo assim, a mente se torna refletiva. Se a mente não é refletiva, então você fica em consciência sem pensamentos.

Observe qualquer coisa, apenas observe. Apenas testemunhe. Você não deve refletir. Se você está usando o seu poder mental, então esse poder diminui. Esse é um defeito muito comum nas pessoas, porque, Eu acho que vocês são mais inteligentes, vocês pensam. Talvez, Eu acho, vocês são bem instruídos, talvez. Eu não sei, seja o que for que vocês pensem. Mas essa mente refletiva… é uma coisa muito perigosa para a espiritualidade. Você nunca crescerá. E então com a mente refletiva, você tem diferentes emoções… com algo que você reflete sobre alguém.

Agora, se é seu filho ou filha ou algo assim, você fica identificado. Identificação com qualquer um é artificial, não está na realidade. Mas porque essa mente reflete, ela se identifica. Agora, muitas identificações vocês abandonaram. Por exemplo, seu preconceito sobre religião, sobre raças, talvez sobre nacionalidades, vocês abandonaram. Mas ainda assim, Eu diria que a mente refletiva ainda atua… e esse é o maior obstáculo… para o progresso dos Sahaja Yogis de hoje. Eu estive pensando: “Por que é que a mente refletiva…” “é tão ativa na Sahaja Yoga de hoje?” Se você puder parar de refletir, imediatamente você se estabelece no oceano de paz. Você observa algo, apenas observa. Não há nenhuma onda de pensamento em sua mente.

Então você se torna extremamente criativo, você se torna extremamente dinâmico, você se torna extremamente compassivo, você não tem nenhum medo. Algumas pessoas pensam: “Se você é compassivo, talvez esse homem me linche.” Você não tem nenhum medo. Todas as virtudes que você tem para desfrutar, você só pode desfrutar quando você não reflete. Isso significa que você deixa tudo para o Divino. Você não está encarregado. Você não se certifica de que tem de estar refletindo sobre algo. Este é o maior poder que você obteve: não refletir, não olhar para alguém com esse tipo de coisa. Eu tenho visto que isso ainda está lá persistindo. Talvez Eu nunca tenha lhes falado sobre isso, talvez seja uma das razões.

Eu não digo que seja somente sua falha, mas talvez Minha, porque Eu não conseguia descobrir o que estava exatamente errado, que é o reflexo que vocês têm sobre os outros. Agora, Eu lhes disse: façam introspecção. Pela introspecção também, isso pode ser uma reflexão, mas isso pelo menos lhes dá uma ideia em relação a onde você está. Mas com isso, psicologicamente… você pode se tornar extremamente deprimido, você pode se condenar. Então talvez você não compreenda a si mesmo como uma personalidade… que você é, e você continuará meio que perdendo suas vibrações, perdendo seu poder, porque você não está no controle de si mesmo. Então a introspecção, também, se ela causa depressão… e a depreciação de sua personalidade, é melhor não fazer introspecção também. Porque todas essas atividades mentais, Eu tenho visto, criam problemas. Mas em um estado onde você está consciente sem pensamentos, a introspecção surge em você automaticamente. Você vê isso automaticamente, você compreende isso automaticamente. Você não pensa sobre isso, simplesmente surge em você.

O quadro todo vem a você… e você fica em paz consigo mesmo. Você nunca fica em tumulto, nunca com problemas, então você não fica com raiva, você não argumenta, você não discute, mas você se torna… como se estivesse mergulhado no oceano de consciência… e você não tem de se preocupar em relação a resolver alguma coisa. Quando você está refletindo, então você descobre que esse poder atua. Agora, fica muito contraditório dizer… que você tem de projetar e você não tem de refletir. Agora, quando refletimos, nós absorvemos. Quando refletimos sobre alguma coisa, nós absorvemos essa coisa. E na maioria das vezes, nossa atenção vai para os defeitos dos outros: “Essa pessoa é inútil, aquilo não é bom, isso é,” “o cabelo dela não está bom, o sari não está bom.” Isso, aquilo e toda a insensatez. Então o que estamos fazendo? Estamos absorvendo todas as coisas ruins também.

Agora, quando você começa a admirar algo, então o que acontece é que você talvez não captar as coisas boas, mas pelo menos você está numa linha melhor. Mas ainda assim, a admiração em consciência sem pensamentos… é realmente muito profunda. Eu vi isso nos olhos… desse grande cientista. Ele estava totalmente uno Comigo, e seus olhos eram como um oceano de paz. Ele estava só olhando para Mim, e por um bom tempo e então ele veio com seus pensamentos… e ele Me disse: “Isso é o que podemos fazer com Sua fotografia.” Assim, a profundidade em você somente surgirá quando você não reflete. Mas isto é muito comum com os seres humanos, especialmente no ocidente: “Este tapete é inútil, isso é inútil,” “está vindo este cheiro, isso está lá”, sempre tentando julgar os outros. julgar outras coisas. Isso é importante? O que é tão importante?

Se você está sentado no jardim do paraíso, o que importa onde você está sentado, o que você está fazendo? Isso se manifesta, essa reflexão se manifesta em ondas de pensamentos em nossa mente. Eu já descrevi isso, uma vez, desenhando. Como a energia que cai no canal direito… vai para o esquerdo; e cai no esquerdo, vai para o direito. Atravessa… por causa dos dois tipos de células que nós temos. Então a partir dessa energia que vai para o canal direito, a energia que vai para o esquerdo… é sugada em parte para dentro do sistema nervoso simpático. Agora, seja o que for que é deixado de fora é aquele que reflete. É assim que isso continua refletindo. Agora, se você puder absorver toda essa energia… e colocá-la em nosso sistema nervoso simpático, então todas as nossas energias serão mil vezes mais. Nós não ficaremos cansados, não ficaremos infelizes, seremos capazes de suportar muita insensatez.

Mas não chamaremos isso de insensatez, não pensaremos que é uma coisa ruim, então isso não tem nenhum efeito em nós. Essa qualidade, nós temos de desenvolver. Eu diria com isso que hoje é uma celebração especial do Navaatri. Como ontem, vocês viram as nove formas de Durga também. Nisso está uma que é Kushmanda. Como isso foi falado… que você absorve toda a imundície dentro de si mesmo, em seu estômago. Mas a Devi faz isso, não você. O que a Devi pode fazer, você não deveria fazer. Esse é o trabalho Dela. Supõe-se que Ela faça essas coisas, não você.

O que você tem de fazer é somente ficar em silêncio, de modo que você absorva tudo que aumentará esse silêncio, aumentará sua profundidade. A Devi cuidará de todas as outras coisas, o resto das coisas. Ela cuidará de toda a sujeira, toda a raiva, toda a irritação, tudo que está acontecendo neste mundo. Ela absorverá tudo isso, mas o que você tem de fazer… é apenas desfrutar tudo que é puro. A alegria só é possível quando você está além de sua mente. Com sua mente, você nunca pode desfrutar. É como um grande fardo, isso não atuará, não ajudará. A alegria surge quando você está em silêncio completo, em um lago sem ondas. O reflexo de toda a alegria que é criada… nas praias desse lago é completamente refletido, ele não é defletido. Se houvesse ondas, isso seria uma imagem totalmente diferente… e teria sido algo… que não é nem de longe a imagem da realidade.

Então devemos ter uma mente que é mantida inferior em relação à realidade. Na realidade, de fato, isso é somente paz e alegria. Agora, um desejo de mãe é sempre… que os filhos tenham somente paz e alegria, nenhum sofrimento, nenhuma fome, nenhuma provação, nada. Eles devem apenas desfrutar. Agora, aqueles dias se foram. Mas mesmo para desfrutar isso, mesmo para viver nesse completo estado de paz, você tem de ser não refletor. Agora, observe-se. Você ficará surpreso ao ver o quanto você é refletor. Quando a Devi está fazendo todo o trabalho para você, quando Paramchaitanya – Eu não sei quantas coisas Ele está fazendo, está tentando preencher toda a atmosfera com Sua atividade. Qual é a atividade de vocês?

Deveria ser cessar sua atividade mental. Você ficará surpreso ao ver que somente nesse estado, você crescerá. Com esse crescimento somente, você se tornará como aquele cientista. Como a contradição agora é que… quando você tem sua profundidade, você pode projetar sua profundidade, não sua mente. Às vezes quando eu digo “projetar”, as pessoas acham que é uma projeção da mente, não. Você tem de projetar essa profundidade, essa realidade que está dentro de você. Para isso, você não tem de pensar, você não tem de planejar, isso simplesmente atuará. Mas você será o instrumento para essa projeção. Isso não é nada sutil, é muito simples entender, Por exemplo, Eu estou falando neste instrumento, tudo bem? Agora, se este instrumento está completamente bem, não há nenhum problema nele, isso será tranquilo.

Mas se ele está cheio de ideia e pensamentos como nosso cérebro está, seja o que for que Eu estiver dizendo não será o mesmo, isso será propagado. Da mesma maneira, quando sua mente está cheia de tumulto… e argumentos e o que você pode dizer, comentários, ou podemos também dizer, o reflexo, então o que acontece é que essa mente se envolve como… um turbilhão de perturbações… e não pode se projetar completamente porque ela está perturbada. Isso não é uma coisa normal. Então agora você compreenderá que não há nenhuma contradição. Você só pode se projetar… quando você está totalmente tranquilo. E isso é o que nós temos de aprender. Estes são os grandes dias do Navaratri que estão aqui… e vocês devem saber que ele começa, na verdade, no mundo ocidental desde o vigésimo primeiro dia, no equinócio, depois do equinócio, em setembro. Há dois Navaratris que nós temos, um começa agora… e o outro começa depois de segundo equinócio. Agora, neste equinócio, é o Aniversário da Mãe Maria, no equinócio. E é por isso que as pessoas celebram o Aniversário Dela.

Eles não sabem por que Ela nasceu no equinócio Para o equilíbrio. Então porque nada foi explicado… sobre as vidas dessas grandes Encanações, as pessoas As usam da forma que querem. Porque eles viram milagres acontecendo com eles, então eles não tentam entender por que existe este equinócio. E por que isso é celebrado. Agora, Me contaram no Irã, que essa é a época que eles tem o ano novo. Isso significa que os muçulmanos celebram isso como um ano novo, então quando o Navaratri começa é o ano novo. Isso significa que é o décimo segundo mês para eles… e muitas coisas são sugestivas disso: por que deveria ser 12 meses? Por que a Deusa deveria nascer às 12:00hs? Tudo isso tem um significado especial, o qual vocês podem descobrir. Mas só é possível quando você não está refletindo.

Esse é que é o estado no qual… você está realmente em conexão com o Poder Onipresente. Do contrário, você não está lá, você não está unificado com esse estado. Para estar unificado com esse estado, você tem de estar… totalmente em silêncio dentro de si mesmo. Para a Deusa, Ela está em silêncio. Há uma luta em andamento, Ela está em silêncio, porque Ela é tão confiante. Ela sabe sobre Seus poderes. Ela sabe que Maheshasura ou qualquer asura não podem perturbá-La, não podem tocá-La. Ela sabe quais são os poderes deles… e Ela conhece todos os poderes Dela. Então Ela não tem de ser perturbada por nada. Ela não é perturbada, porque Ela é realmente a personificação… desse estado de paz, onde Ela é tão poderosa.

Ela não tem de saber sobre os poderes Dela. Ela não tem de pedir para os poderes se manifestarem, eles simplesmente atuam, automaticamente. Esse é o estado no qual… você ficará surpreso ao ver que muitas coisas acontecem inconscientemente, sem você fazer nada. E isso é o que nós chamamos de coincidências, mas na verdade não é coincidência. É o estado no qual nós estamos em consciência sem pensamentos… e então o Paramchaitanya está relacionado conosco. Totalmente relacionado. Nós estamos lá. E isso resolve tudo para nós. Assim, na Sahaja Yoga, essa é a época, como vocês sabem sobre a Deusa, o que Ela fez, tanto trabalho por vários anos. Agora todos vocês se tornaram almas realizadas… e vocês devem compreender isto: a completa confiança em si mesmos, a completa compreensão sobre si mesmos, nunca ter nenhum medo, nunca ter nenhum pensamento que possa bombardear sua mente.

Nesse estado, você é a pessoa mais poderosa. Eu espero para este Navaratri, que vocês compreendam qual trabalho a Deusa fez para vocês, o quanto Ela trabalhou arduamente, o quanto Ela lutou, Ela tem lutado contra esses demônios horríveis e rakshasas. E às vezes Eu sinto agora que esses demônios estão dentro de nós, eles não estão fora. E isso chega em nós porque nós refletimos demais sobre as coisas. Se você falar com qualquer um dos ocidentais, você ficará surpreso, é como se eles tivessem toda a mídia em suas cabeças. Eles sabem sobre toda e qualquer pessoa, o que ela fez, o que foi isso, o que foi aquilo. Mas ele não está preocupado. Ele não pensa em como ele pode melhorar isso, como você pode fazer isso dar certo. Nesse estado de consciência sem pensamentos, você abrange o universo inteiro, e nesse estado, e para dar o crédito, esse poder atua onde quer que o problema possa estar. Assim, nós temos de compreender nosso valor, que nós temos esse poder dentro de nós… e isso deve ser respeitado… e dar o crédito à Deusa, porque Ela tem trabalhado muito por nós, de modo que Ela não deva sentir: “Agora eles obtiveram a Realização…” “apenas por uma música e eles não estão preocupados,” “eles não sabem como desenvolver isso.”

Ela não será de forma alguma ferida, mas o trabalho Dela, o que Ela tem feito, nós temos de ver, nós temos de compreender… e nós temos de ter um sentimento… de que de algum modo, como nós obtivemos a iluminação, nós devemos tentar ser… pessoas como completos instrumentos desse poder. Isso só é possível quando você não tem suas próprias ideias, sua própria interferência. Completo instrumento, exatamente como Eu disse, este instrumento tem de estar perfeitamente bem, do contrário, ele não pode atuar. Muito obrigada. Que Deus os abençoe.