Sétimo Dia do Navaratri, Todos vocês devem depender do Paramchaitanya

Cabella Ligure, Nirmal Temple (Itália)

1998-09-27 Navaratri Puja Talk, Cabella, Italy, DP-RAW, 51' Download subtitles: EN,FR,NL,PL,PT,RUView subtitles: Add subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribe


Navaratri Puja Cabella, Itália, 27.09.1998

Vocês não podem imaginar como uma Mãe que tem tantos filhos belos, os vê em tamanho estado de alegria… com suas famílias, seus filhos, tranquilamente sentados.

É muito gratificante ver todos vocês com tanta alegria… e em completa união com o Divino. Temos de nos tornar conscientes somente de uma coisa: embora vocês sejam muitos, ainda assim, comparado à população deste mundo, somos muito poucos que realmente conhecem… o conhecimento verdadeiro, o conhecimento realista. Vocês são as pessoas com muito conhecimento, sem dúvida, mas também com o conhecimento que não está… sendo adornado com a verdade ou… que não é o conhecimento verdadeiro, não tem nenhum sentido. Tudo isso desaparece no ar rarefeito porque é artifical. Através do despertar de sua Kundalini, todos vocês alcançaram… esse estado onde nós podemos dizer que vocês sabem, vocês sabem qual é o verdadeiro conhecimento, mas pensem nas pessoas que não sabem o que é o conhecimento. Peguemos por exemplo, digamos que… nosso conhecimento não seja nada além do amor, mas devemos entender o discernimento. O conhecimento que é amor dentro de você… está apenas emitindo de seu Ser. Você não tem de afirmar, você não tem de pensar, você não tem de ler algum tipo de poesia… ou entrar em um estado romântico, é apenas o puro amor que emite e isso é o conhecimento também. Como você tem de relacionar isso é desta maneira: o conhecimento que você tem sobre si mesmo é evidente, é totalmente expresso nas pontas de seus dedos, e o conhecimento sobre os outros. Você sabe sobre os outros e sobre si mesmo.

Esse é o maior conhecimento sutil que você tem. Ninguém conhece desse jeito. Além de vocês, ninguém sabe de si mesmo ou dos outros. Portanto esse conhecimento que veio a você, que é extremamente sutil, extremamente discreto, totalmente secreto, se você sabe sobre alguém, você sabe. Os outros não sabem que você sabe sobre eles, e assim, esse conhecimento que você obteve não é nada além de amor. É muito difícil fazer com que o conhecimento e o amor fiquem juntos, porque nossa ideia de conhecimento é muito diferente, é o que nós lemos dos livros. Como você pode amar a partir dos livros? O que o amor significa? Nossos apegos… a nós, na ignorância, nós ficamos apegados… às pessoas, aos filhos, à família, à coisas. Mas ficando apegado, fica provado que nós não temos o conhecimento.

Se você tem o conhecimento, então todos os apegos… deveriam simplesmente desaparecer e você deveria se tornar… uma personalidade global, uma gota no oceano. Por exemplo, nós somos apegados a muitas coisas, como por exemplo, somos apegados à nossa família. Algo acontece na família, ficamos muito perturbados, não conseguimos suportar isso. Se qualquer coisa acontece a nossos filhos, nos sentimos horríveis, é como se o mundo inteiro estivesse caindo sobre você. Então a partir da família, você vai adiante. Você é apegado aos seus amigos, aos seus vizinhos, você também é apegado ao seu país. Apego ao país também não é conhecimento. Uma vez que você seja uma alma realizada, você simplesmente começa a ver seu país claramente, o que tem de errado nele, qual ignorância ele tem, em qual escuridão ele existe, e de qual forma ele está discutindo, brigando por direitos e coisas assim. Mas com o conhecimento que você tem dentro de si mesmo, você vê tão claramente qual é o problema com seu país, então você tenta melhorá-lo através de seu amor, significa que o poder de seu conhecimento é o amor. Se você tem todo o conhecimento dentro de você, e se você só fica sentado em casa… e meditando, isso não tem nenhum sentido.

O que você tem de fazer é ir de um lugar ao outro, falar com as pessoas, você tem de se encontrar com outras pessoas, falar com seus amigos, com sua família… e outros parentes sobre o seu conhecimento. Se você não pode fazer isso, então o seu conhecimento não é com amor. Há uma tamanha conexão entre os dois. Você sente vontade de falar com todo mundo que você teve a Realização. Você sente vontade de falar com todo mundo que você é uma alma realizada, mas nisso, você sente que está expressando seu ego. Tudo bem, mas através de outras maneiras, de alguns outros métodos, você pode expressar para eles que você tem o conhecimento verdadeiro. Quando você tem o falso conhecimento, você pode ter ego. Você pode pensar: “Eu sei muito, eu sei sobre isto,” “eu conheço as cores dos tapetes, todos os tons, tudo.” Se você souber qualquer coisa estúpida, você acha que é muito grandioso. Esse é o sinal da estupidez em sua cabeça também, que você acha que é muito importante saber.

Agora, nós descobrimos que através de todos os tipos de… aquisições de conhecimento neste mundo inteiro, o que nós alcançamos? Nada. Há guerras acontecendo. Há todos os tipos de destruição entrando em ação. Eu vi na televisão esse George. É um furacão que está indo de um lugar ao outro e está matando muitas pessoas, está destruindo muitas pessoas… sem compreenderem o que ele está fazendo, mas ele está lá e está atuando muito bem. Assim, ele não entende? Ou ele entende… e está fazendo algo apenas para corrigir as pessoas? Sobre isso também, nós devemos ter uma ideia completa. Como ontem, quando cheguei aqui, estava chovendo pesadamente, e então Eu sentei e de repente ela parou, parou até que o programa todo terminasse.

Até que Eu falasse, ela não estava caindo, mas de repente, quando vocês começaram a bater palmas, ela também começou a “bater palmas”, isso é o que aconteceu. Portanto, até mesmo a natureza… sabe quem é você, mas você deve conhecer a natureza, esse é o ponto. A natureza atuará de acordo com qual nível de espiritualidade você está. Surpreendentemente Eu sempre senti… que não pode haver níveis de espiritualidade. Eu senti que uma vez que você tenha a Realização, você está lá, mas mais tarde Eu descobri que Eu estava errada, não é assim. Mesmo depois de obter a Realização, Eu percebi… que as pessoas tinham muitas obstruções em progressão. Havia muitas tentações que os estavam mantendo para baixo. Então alguém tinha de trabalhar em diferentes chakras, diferentes nadis, de um modo ou de outro tornar vocês perfeitos, porque somente a perfeição interior lhes dará… a autoridade para usar esse conhecimento. Existem, como Eu lhes disse, duas formas de fazer isso. Outro dia Eu lhes falei que vocês não devem reagir.

É uma natureza humana reagir. É totalmente humano, mas se você tem de se tornar super-humano, você não deve reagir. Não reagindo, vocês crescerá, definitivamente você crescerá, mas se você reage, então você não pode crescer, porque você está trabalhando sob a pressão de outra coisa… que não é você mesmo. Agora vamos supor, como Eu disse, Eu vejo estes tapetes, Eu sei a cor e isso e aquilo, e Eu reajo a isso, acabou-se. Eu não terei nenhum senso de julgamento se Eu reagir, mas se não reajo, então saberei se esses tapetes têm vibrações ou não. Eles estão emitindo vibrações ou não? Agora, o que são essas vibrações? Isso é o amor. Portanto a comunicação é deste jeito: se você tem a luz, você pode ver as coisas. Então quando você vê as coisas, a luz está lá, e a luz lhe dá a percepção, lhe dá a visão para ver as coisas.

Da mesma maneira, quando você está iluminado, o que acontece é que essas vibrações começam a fluir, exatamente como a luz, e nessa luz, você pode ver coisas que são boas e que são ruins. Mas às vezes você coloca os mesmos parâmetros… como os seres humanos fazem. É como você ir a uma casa, uma casa muito agradável, uma casa muito boa. Todas essas coisas o tornam muito feliz, mas na verdade, e quanto a essa casa? Ela tem vibrações boas ou tem vibrações ruins? Vale pena viver lá ou não? Como outro dia, eles Me disseram que eles podiam… conseguir um lugar muito bom em Milão, um pouco além de Milão, para alugar, muito barato. Eu disse: “Por que é tão barato?” Imediatamente Eu senti as vibrações do lugar. Eu disse: “Vocês foram e sentiram as vibrações daquele lugar?”

Eles foram e viram, estava tudo queimando. Então eles descobriram que houve uma Cientologia lá por vários anos. Eu disse: “Esse não é o lugar onde vocês podem viver.” “Vocês têm de ter um lugar muito puro.” “Mesmo uma cabana de um homem pobre seria melhor…” “do que esse assim chamado lugar confortável.” Portanto temos de usar as vibrações o tempo todo… para compreender tudo que você está fazendo. Isso também pode estar os enganando. Algumas pessoas sentem as vibrações… e elas falam Comigo: “Mãe, eu senti as vibrações…” “e senti que devo me casar com esse homem.” Eu disse: “Você de fato sentiu as vibrações?” “Sim.”

“Sim, eu senti, muito, e eu devo me casar com esse homem.” E quando Eu vejo o homem, Eu vejo o bhoot nele. Eu disse: “Meu Deus, que tipo de vibrações…” “essa mulher sentiu em relação a ele?” Portanto, em seu julgamento o que existe? Não há nenhum puro conhecimento. Então vejam como, como estão conectadas… as vibrações que são o amor. E também a outra coisa que você tem de ter é o conhecimento, o puro conhecimento, o conhecimento verdadeiro. Nós podemos dizer que o puro conhecimento… e o conhecimento verdadeiro são como a energia, como a eletricidade. E o modo como você o sente, o modo como você o entende, ele existe, isso é o amor. As pessoas não entendem também o que é o amor.

Eles ficam loucos atrás de alguém e dizem: “Mãe, eu acho que estou apaixonado por essa pessoa.” E depois de cinco dias, eles virão e dirão: “Mãe, não, não tenho nada a ver com essa pessoa.” Por quê? Porque você não tem o puro conhecimento. Você não sente o puro conhecimento… nessa pessoa através de suas vibrações. Agora vejam como isso está conectado. Por exemplo, nós podemos falar sobre o sol e a luz solar, qual é a diferença entre os dois? O sol está lá. Quando o sul surge, há luz solar. Então qual é a diferença?

Ou podemos falar sobre a lua e o luar, qual é a diferença? Não há nenhuma diferença entre essas duas coisas, um é a lua e a outra é a luz. Assim, todas essas coisas são muito, muito confusas, nós não entendemos como estamos confusos sobre isso, e não entendemos como nossas vibrações podem nos enganar. Porque as vibrações estão lá, tudo bem, mas às vezes mesmo que elas estejam ausentes, apenas para se justificar, você dirá: “Nós temos vibrações e sentimos que isso é muito bom, excelente”, e mais tarde você descobrirá que não é assim. Então mesmo agora quando vocês são almas realizadas, nós devemos saber o que nos está cercando, que está em nossa volta, o que é isso que nos faz sentir: “Está tudo bem, isso é bom, nós devemos tê-lo.” Uma vez que comecemos a compreender que… as vibrações do puro conhecimento… são de uma natureza muito diferente, então você não ficará apegado a essa pessoa, você não ficará apegado a essa família, não ficará apegado a esse país, a nada. Mas o que você sente são as vibrações puras chegando em você. Esse é o ponto que é muito confuso quando você diz: “Minhas vibrações estão boas, eu gosto dessas vibrações”, enquanto você pula no oceano de imundície. Muitas pessoas Me perguntaram: “Mãe,” “por que é que às vezes cometemos erros?” Você não comete erros, é a sua ignorância, que é escuridão, e é por isso que toda vez que você mergulha nisso, você tem problemas.

Assim, é para entender que nosso conhecimento… tem de ser completamente limpo. Como em nossa casa, vamos supor que temos uma lâmpada que está suja, você não pode ter luz. Da mesma maneira, se seu coração não está limpo, especialmente nosso coração, se ele não está limpo, então nós começamos a fazer coisas acreditando que é correto, e através disso, nós nos ferimos ou ferimos os outros. É um erro muito, muito comum na natureza humana, identificar coisas erradas como corretas… e apenas fazer a si mesmos parecer grandioso, uma coisa tão divina. Como Eu lhes disse, agora há pessoas que querem, digamos, dividir o país, por motivos simples, eles querem dividir. Agora eles querem dividir isso, porque eles querem ter importância. As poucas pessoas que querem importância incitarão os outros, lhes dizem: “Tudo bem, nós devemos ter liberdade.” “Se nós tivermos liberdade, teremos esse país para nós mesmos…’ “então poderemos nos desenvolver.” Ou uma parte do país que é mais rica, que está em melhor situação, eles pensarão: “Está tudo bem, nós teremos…” “todo o dinheiro para nós, teremos tudo para nós. “, então eles dividem.

Eles podem dividir em nome da religião, em nome da prosperidade, em seja o que for. Mas se você divide o país, na verdade, você está enfrentando um grande problema, porque vocês têm visto que onde quer que as pessoas dividam, elas caem em um tipo de escuridão, em um calabouço escuro de onde elas não conseguem sair. São apenas poucas pessoas cujo ego é que… elas querem ter alguma terra como delas próprias, mas elas morrem, não somente morrem, algumas delas são assassinadas, e desse modo, toda esta ideia: “Nós teremos a posse da terra” vai embora. Assim, da mesma maneira, nós podemos ver em coisas menores também. Em coisas menores também, nós estamos muito identificados: “Se eu tenho isso, então tudo ficará bem.” Você não consegue entende como as pessoas simplesmente pulam… nas coisas e dizem: “Oh Mãe, isto é nosso,” “isso é nosso, nós devemos fazer isto por nós”, abertamente. Eles não acham que é errado dizer: “Este é meu país, eu devo fazer pelo meu país.” E um outro diz: “Este é meu país, eu devo fazer pelo meu país.” Enquanto existir este “meu” e “eu”, significa que não há nenhum conhecimento. O conhecimento, como Eu lhes disse, o puro conhecimento… é esse que lhes dá uma luz pura.

A luz pura significa vibrações puras. Agora, as vibrações podem ser enganadoras, como Eu lhes disse, ou poderiam ser a quantidade de vibrações, que podem ser menos ou mais. Mas há uma outra forma de ver que é ver por si mesmo, por que você quer fazer uma determinada coisa? O mental você também pode usar parâmetro da compreensão mental. “Por que eu quero fazer isto? Qual é o ganho para todas as pessoas?” Se você começa a pensar a partir deste ângulo: “Qual é o ganho para os outros? O que eles ganharão com isso?” “Por que eu deveria fazer isso? “, você ficará impressionado.

Você terá a imagem verdadeira do que você está fazendo. Portanto você deve se manter o tempo todo… em um estado onde você testemunha a si mesmo. Você vê a si mesmo: “Por que estou fazendo isto? Qual é o propósito?” Algumas vezes isso poderia ser algum condicionamento, poderia ser alguma coisa psicológica, poderia ser qualquer coisa. Mas se você começa a observar… cuidadosamente: “Por que estou fazendo isto? “, você ficará surpreso ao ver que suas vibrações por si só… começarão a lhe dizer nas pontas de seus dedos. Mas às vezes as vibrações ficam vindo tão superficialmente: “Ah, eu tive as vibrações, eu sou isso, sou aquilo.” Por essa razão, Eu estou dizendo repetidas vezes, embora vocês sejam Minha família tão boa… e todos nós somos muito abençoados… e nós temos tanto conhecimento conosco, nós devemos ser muito sábios. Se não há nenhuma sabedoria, se não há nenhum sabedoria, nós nunca poderemos entender o que estamos fazendo.

Agora, para desenvolver essa sabedoria, o que você tem de fazer? Todas as vezes, se Eu digo qualquer coisa, eles virão também: “Mãe, como obtemos sabedoria? Qual é a forma de obter a sabedoria?” Você já tem sabedoria dentro de você, Shri Ganesha já está lá, que lhe dá sabedoria. Mas você deve se dedicar a Shri Ganesha. Nesse ponto, percebo que as pessoas se tornam muito dependentes… a Shri Ganesha que elas perdem a identidade Dele completamente, elas se tornam muito escravizadas em relação a coisa toda… e apenas acreditam que: “Oh, eles são muito espirituais, eles são muito grandiosos.” Toda essas ideias falsas são inúteis. De fato seu Ganesha lhe deu sabedoria. Agora, apenas enumere: quantas coisas sábias você fez até agora? Onde você tomou uma decisão muito sábia?

Você tem sido sábio ao fazer algo? Ou você só tem estado fazendo isso porque está identificado… com um determinado tipo de vida ou determinado tipo de resposta? Assim, a sabedoria é algo que lhe dá, antes de tudo, a completa paz. Se sua sabedoria está desenvolvida, então você se torna muito tranquilo. Porque seja o que for que as pessoas digam, seja o que for que elas façam, seja qual for a agressão que elas façam, seja o que for, você está tranquilo. E você vê a estupidez da outra pessoa, dos outros países, e você compreende por que eles estão fazendo isso. Essa sabedoria é uma coisa tão importante no ser humano, porque os animais não têm tanta sabedoria como nós temos. Às vezes, é claro, às vezes nós temos até menos do que os animais. Mas ainda assim, pela experiência, nós temos de aprender que nós temos cometido erros. Tantos erros nós temos cometido até agora.

Agora, nós vamos cometer mais erros ou vamos ser sábios? A sabedoria não é visível externamente. Você não pode dizer que alguém é sábio olhando para essa pessoa, mas nas vibrações, você saberá que essa pessoa é extremamente sábia. Ele pode falar, ele pode não falar. Se ele fala, ele falará sobre algo tão profundo, tão sábio e tão bom, sem ferir você. Esse tipo de temperamento, se você desenvolver, é para se tornar sábio em cada questão. Por exemplo, alguns são muito apegados aos seus filhos, tão apegados que eles esquecem que eles são partes integrantes… dessa Força Divina, e eles simplesmente começam a fazer todos os tipos de coisas. Outra dia, Eu Me encontrei com uma mulher cujo filho estava muito doente, e ela o levou ao hospital e os médicos deram a ele… todos os tipos de remédios, e ele ficou pior ainda. Então ela Me telefonou: “Mãe, eu não sei o que aconteceu,” “eu fui ao médico e ele lhe deu esse e aquele tratamento,” “e o menino ficou doente.” “Mas por que você não Me perguntou antes?”

“Por que você foi ao hospital primeiro?” Falta de sabedoria. “Eu estou lá, por que você não perguntou?” Nós tivemos uma caso aqui em Cabella. Havia uma criança que caiu e quebrou o braço. Agora, mãe não mostrou nenhuma sabedoria. Ela levou a criança ao hospital e o médico disse: “Amanhã nós vamos operá-la e colocar um braço artificial dentro.” Mas o pai era sensato. Ele disse: “Tudo amanhã, não é?” “Hoje eu levarei a criança para casa.”

Ele trouxe a criança para Mim à noite, por volta das 3:00hs. Eu disse: “Tudo bem.” Eu corrigi aquilo. No dia seguinte, quando ele a levou para o hospital, o médico disse: “Mas agora não há nenhuma necessidade de operar,” “porque seu braço está bem.” Vejam a diferença? Um é preocupado, imediatamente eles irão ao médico, ao invés de Me consultar, Me perguntar. Eles são Sahaja Yogis, mas eles irão e perguntarão ao médico para fazer uma coisa ou outra. Quando os médicos comecem a fazer algo, então eles virão a Mim. Há muitos milagres que devem ter acontecido… sobre a Sahaja Yoga, Eu devo dizer, e nisso, vocês devem ver que a sabedoria os ajuda. É claro, Minha atenção está presente sempre, sem dúvida, mas ainda assim, vocês não devem… tomar como certo, vocês têm de perguntar.

Um dia Eu só estava sentada, Eu apenas pensei… que Eu deveria telefonar para alguém no ashram de Nova York. Eu nunca telefonei para lá. Então Eu descobri o telefone, nós telefonamos e perguntamos se… Eu disse: “A criança está bem?” Então o líder de lá ficou surpreso, porque o menino tinha caído na água… e ficou na água por muito tempo, e ele estava todo cheio de água, até mesmo seu cérebro estava… cheio de água. Como sempre, havia alguns médicos que disseram… que ele não podia sobreviver e mesmo se ele sobrevivesse, seu cérebro tem tanta água que ele não pode ficar normal. Então Eu apenas disse: “Não se preocupem.” Eu não sabia, ninguém Me contou. “Não se preocupem, o menino ficará completamente bem.” Então eles ficaram surpresos, como Eu falei assim. Primeiramente, como Eu sabia… que o menino tinha caído?

Que havia um menino assim? E então eles não sabiam como Eu disse que ele ficaria bem, e ele ficou bem, ele está perfeitamente bem. Então eles ficaram surpresos por Eu saber sobre aquilo: “Como é que a Mãe sabe que havia um menino que está tão doente?” Aqui Eu direi que é puro conhecimento. Minha atenção está sempre em volta de vocês, sempre lidando com vocês. E como Eu sei é isto: Minha atenção é global, então qualquer coisa que lhes acontece, qualquer aborrecimento… que aconteça, qualquer, Eu devo saber, desvio que aconteça, Minha atenção está lá. E imediatamente Eu sei que há algo errado em algum lugar, e Eu não sei como Minha atenção vai a determinados lugares, que torna isso… uma vida melhor, ela ajuda as pessoas em necessidade. Eu não faço nada em relação a essa atenção, mas essa atenção é a sabedoria, a sabedoria que se espalha por toda parte. Com essa sabedoria, você sabe o que está errado com a outra pessoa… ou qualquer outra organização que esteja na Sahaja Yoga. Tudo você vai saber.

Se você quiser saber que é diferente, você simplesmente sabe. Como você se propagar por todo lugar. Por exemplo, se você tem de telefonar, então você tem de usar o telefone, mas para Mim, Eu não tenho de usar o telefone, Eu simplesmente sei. Assim, isso veio de uma pura sabedoria inocente. A sabedoria inocente é exatamente como uma criança, ela está em todo lugar e ela comunica… e ela fala qual é a questão, qual é o problema. Muitas pessoas têm sido curadas com a Sahaja Yoga, muitas têm sido curadas. Agora, se eles puderem dizer: “Mãe, como nos curamos?” “O que a Senhora fez? A Senhora viu nossos chakras?” “A Senhora descobriu o que estava errado conosco?”

Não, não descobri, não descobri, mas Eu deixei isso, em Minha sabedoria, Eu deixei para Paramchaitanya fazer o trabalho. Este é o ponto principal: você pode deixar tudo, em sua sabedoria, para o Paramchaitanya? Se você não pode, então você ainda não sentiu… o conhecimento verdadeiro dentro de você. Esse é o nível que algumas pessoas estão. Eu não estou agora tão certa se os que obtiveram a Realização… estão todos tão preenchidos com o conhecimento puro. Alguns deles estão, mas não todos eles. Com a experiência, eles aprendem. Encontrando-se com pessoas, eles aprendem. Mas como a sabedoria, a sabedoria pura é difícil para eles, porque eles não confiam inteiramente no Paramchaitanya. Tudo acontece, somente o Paramchaitanya sabe, Ele entende, Ele organiza, Ele ama, Ele faz tudo.

Ele é a energia. Ele faz tudo. E como Ele administra, como chamamos, as coincidências são realmente organizadas pelo Paramchaitanya. Como Eu lhes disse ontem, a forma que a chuva estava, a chuva veio e foi embora. Ela tem sabedoria. De forma inata, ela sabe que Eu estou sentada aqui, que o programa vai começar. Ela para. As flores Me conhecem. Vocês não sabem, quando temos flores, elas são deste tamanho, Eu não faço nada com elas, elas começam a crescer, crescer deste jeito, elas abrem deste jeito. Agora, alguém diria: “Mãe, como elas sabem?”

Porque elas são naturais, nós somos inaturais. Nós aceitamos tantas artificialidades como parte integrante da vida. Todos os tipos de cortesias, isso, aquilo, tudo isso não é necessário. Todas essas práticas estúpidas… que adotamos às vezes nos mantêm longe… do puro conhecimento. E quando não há nenhum puro conhecimento, nós não sabemos nada, o que está acontecendo. Apenas ficamos com medo de pequenas coisas, aborrecidos por algo. É algo muito surpreendente ver Sahaja Yogis ficando aborrecidos. Entre centenas de pessoas, vamos supor, se há um problema, então se você é um Sahaja Yogi, você só tem de testemunhar e observar. Se você não consegue fazer isso, então você não é um Sahaja Yogi. Mas isso não é como praticar, como eles dizem, se você tem de receber as bênçãos de Shiva, você deve dizer 108 vezes o Seu nome.

Essa não é a forma, Ele não gosta disso. Ninguém gosta desse tipo de murmúrio. Se alguém vem e recita seu nome o tempo todo… próximo à sua porta, você o jogará para fora. Portanto, essa não é a forma, essa é uma ideia errada… de que você fica recitando o nome de alguém… e essa Divindade o ajudará. Antes de tudo, você tem de se tornar sábio o suficiente… para compreender que você é uma parte integrante do Paramchaitanya. Tudo será trabalhado por isso, e Ele trabalha tão belamente. É claro, algumas pessoas tem momentos difíceis, Eu não digo que elas não têm. Mas isso não é difícil, porque se você é um com o Paramchaitanya… e você sabe que Ele está fazendo o trabalho, você não fica sentindo… essa dificuldade ou doença ou qualquer coisa. Todas as pessoas que escrevem para Mim sobre seus problemas, Eu não sei o que dizer. Poderia só dizer: “Você acredita no Paramchaitanya?”

Tudo bem. Ele sabe. Ele sabe o que deve ser feito. Ele sabe o que deve ser corrigido. Ele sabe o que deve ser dito. Ele pode criar poesia, Ele pode criar música, Ele pode criar tudo, mas você deixa tudo para o Paramchaitanya? Este é o segundo ponto na sabedoria: você tem sabedoria para deixar tudo para Paramchaitanya? Depois experienciar também. Por exemplo, havia uma mulher que estava indo de carro… e ela percebeu que os freios de seu carro não estavam funcionando, e ela não sabia o que fazer. Agora, se não existe mais freios, como ela vai lidar com isso?

Isso foi na Alemanha, e todos os carros estavam se movendo muito rápido… e ela não sabia o que fazer. Então ela colocou sua cabeça… no volante e disse: “Eu deixo isso para o Paramchaitanya.” Ela disse, ela deixou isso para Mim. Tudo bem, é a mesma coisa. Então dizendo isso, o que aconteceu? Ela disse: “Mãe, eu não sei,” “quando elevei minha cabeça, eu percebi que o carro foi levado…” “para um lado da pista e ninguém estava lá.” “Todos os carros estavam passando,” “mas de um modo ou de outro, aquele carro foi levado para lá…” “muito tranquilamente por alguma força.” Portanto a sabedoria está na compreensão… do trabalho do Paramchaitanya: como Ele o guia, como Ele o ajuda, como Ele preserva você, como, dependendo do Paramchaitanya, você pode continuar vivendo muito alegremente. Eu acho que na Sahaja Yoga nós perdemos muito poucos Sahaja Yogis. Eles vivem por muito tempo, eles não morrem, e se você perguntar sobre suas experiências, é muito impressionante como dá certo.

Se eles não querem viver também, eles podem morrer, mas se eles querem viver, o Paramchaitanya assume o controle.. e você pode viver muito tempo. Mas viver muito tempo não significa que você fique se preocupando… em relação ao que você fará com seu dinheiro, como você viverá, qual será a fonte. Todas essas coisas insensatas, preocupações, vêm a você, tudo bem, então o Paramchaitanya diz: “Tudo bem, continue se preocupando.” “Se você continua se preocupando, tudo bem continue se preocupando,” “não importa.” O que acontecerá? Seja o que for que tiver de acontecer, acontecerá. Mas Paramchaitany pode interferir, no caso de você deixar isso para o Paramchaitanya. É dito muitas vezes: “Deixe isso para Deus, deixe isso para Deus”, mas “Deus” significa – Eu não sei o que eles querem dizer com “Deus”. Deus significa Paramchaitanya, Deus significa a Força Divina viva que está trabalhando tudo. Assim, a outra forma de olhar para isso… é a sabedoria que nós devemos compreender, que cada partícula deste mundo é criada pelo Divino, pela Força Divina.

E essa partícula e tudo está completamente sob… a orientação e supervisão de Paramchaitanya. Nada pode se mover a menos e até que Paramchaitanya trabalhe neles. É algo tão conectado, está tão presente globalmente… que as pessoas não se dão conta… do que elas estão fazendo, do que elas deveriam ter feito. Em várias escalas, você percebe algo acontecendo. Por exemplo, supondo que algo esteja acontecendo agora dos EUA. Apenas tente descobrir o que os EUA fizeram a outros países, imediatamente você terá a resposta. Então também Ele assume… cuidado total das pessoas que acreditam no Paramchaitanya, quem entrega tudo nas mãos de Paramchaitanya. Nós entregamos coisas à polícia, entregaremos aos médicos, entregamos a alguns civis, civil, o que vocês chamam, os engenheiros… para fazer algumas coisas. Mas eles podem cometer erros, eles podem criar problemas. Mas deixe isso para Paramchaitanya.

É algo tão extraordinário, em Minha vida, Eu tenho visto que o tempo todo Ele trabalha para Mim. Eu estava construindo uma casa em Puna… e nós tínhamos de colocar uma laje, uma laje muito, muito grande, era necessário cerca de 300 sacos de cimento para isso. Então Eu consegui o cimento e as pessoas, mas eles disseram: “A Senhora deve começar de manhã cedo…” “e pode terminar na manhã seguinte, 24 horas.” Eu disse: “Tudo bem.” Então por volta das 5:00hs, Eu disse: “Vamos, o trabalho está acabado.” Eles disseram: “Como a Senhora sabe?” Eu disse: “Eu sei, vamos e vejam.” Imaginem, o que ia terminar, depois de 12 horas, já estava terminado… e todos os trabalhadores estavam andando em volta. E todos disseram: “Mãe, isso é um milagre.” “Como pode uma laje tão grande ser colocada em um tempo tão curto?”

Eu disse, vejam, para fazê-los entenderem, Eu disse: “Deve ser Hanumana que fez este trabalho.” Mas todas essas pessoas, todas essas Divindades são parte integrante… desse Paramchaitanya. Agora vocês estão venerando a Mãe. Venerar a Mãe é a coisa mais grandiosa, porque… todas essas Divindades e todo mundo são Seus filhos, sob Seu comando, sob Seu desejo. Assim, venerar a Mãe é como a história sobre… Ganesha, como vocês sabem, em que a Mãe disse: “A Aquele que der a volta na Mãe Terra três vezes,” “Eu Lhe darei um presente.” Então Shri Ganesha pensou em Sua sabedoria: “Quem é maior que Minha Mãe? Ninguém.” Porque Ele sabia que Ele não podia competir com Seu Irmão, que tinha um pavão como veículo. Então Ele disse: “Como Eu vou dar a volta e vencê-Lo?” “Então é melhor usar a sabedoria.”

“Minha Mãe é maior do que qualquer outra coisa.” Então Ele deu volta em Sua Mãe três vezes e ganhou o prêmio, e o outro Irmão ainda estava seguindo adiante. Quando Ele voltou, Ele percebeu que já tinha perdido o presente. Assim, repetidas vezes, Eu direi que é a sabedoria que o ajuda, a sabedoria de deixar tudo para Paramchaitanya. E isso é algo… que para um indivíduo moderno é muito difícil de entender. Ele não consegue calcular dois mais dois. Ele está tão mal, por causa desses computadores e coisas assim, ele é totalmente incompetente… no que qualquer cálculo matemático é necessário. Agora, Eu sou, Eu devo dizer, Eu não sei como lidar com um computador ou calculadora, mas se você Me perguntar assim: “Mãe, quanto será isso?” Eu direi “tanto”, e será isso. Será isso.

Mas Eu tenho tanta certeza disso, não pode ser nenhuma outra coisa, mas isso, e funciona dessa maneira. Às vezes, é claro, se Eu quero dizer alguma coisa errada… apenas para enganar a pessoa, então Eu talvez diga algo, mas normalmente Eu sei que isso é isso. Mas Eu sei não da forma como nós sabemos, Eu simplesmente sei, isso é o que é, simplesmente sei. Eu não estou dizendo: “Desenvolva seu conhecimento a esse ponto…” “de modo que você consiga fazer isso”, mas desenvolva sua sabedoria. Se você começar a usar sua sabedoria, isso sempre ajudará. Em qualquer coisa que você faça, pense na sabedoria. Meu conselho para vocês é… que como sua Mãe ama o mundo inteiro, ama todos vocês… e cuida daqueles que ainda não tiveram a Realização, vocês devem também se empenhar… em formar mais pessoas para a Sahaja Yoga. Mas nisso, se você começar a se comportar de uma forma… em que fica dizendo o tempo todo: “Você está bloqueando isso,” “você é um bhoot, você é isso, você é aquilo.” Eu nunca disso isso a ninguém, então você não deveria dizer assim. Isso não é amor, isso não é compreensão.

A compreensão é: você era exatamente o mesmo que a pessoa era… e agora você tem muito conhecimento, então você deve usar o seu conhecimento… para corrigir essa pessoa, não para humilhá-la. E essa correção não é verbal também, é só através de suas vibrações que você pode corrigir a outra pessoa. A maior parte da Sahaja Yoga funciona, às vezes Eu vi que ela para… porque somos muito metódicos, nos tornamos como grandes professores, começamos a contar-lhes histórias e então eles ficam fartos de vocês. Então quando você está lidando com outras pessoas, como Eu disse, nós temos de espalhar o conhecimento, é muito importante, não podemos mantê-lo para nós mesmos. Mas isso não é por ambição, por liderança, por qualquer tipo de reconhecimento, mas é apenas o uso de nossa sabedoria, o uso de nosso conhecimento… de que queremos ajudar os outros a partir do amor. Não por causa de reconhecimento, nem por nenhum cargo, nada. Nós só queremos fazer isso porque os amamos. E tenho certeza que isso trabalhará muito efetivamente. E a pessoa que será ajudada ou as pessoas que serão ajudadas… simplesmente ficarão ligadas a vocês, porque elas descobrem o conhecimento verdadeiro. Mas vamos supor que alguém chegue em você e diga: “Eu tenho o conhecimento verdadeiro.”

Você diz: “Você deve estar sabendo,” “mas eu tenho de saber o que você sabe.” Então você lhe faz uma pergunta, ele lhe dará uma grande palestra. Você deve dizer: “Não, não é isso.” Apenas sorria, diga: “Não é isso.” É isto: o conhecimento verdadeiro é uma parte integrante de seu ser. Ele está simplesmente dentro de você. Não é algum tipo de coisa concreta que você leu ou entendeu, mas ele simplesmente se tornou uma luz dentro de você, e essa luz está lá. Ela não tem nenhum… Não há nenhuma necessidade para você ser muito bem instruído, ou ser muito inteligente ou ser muito elevado, não é necessário. É como o seu coração é puro. Ele reside no seu coração.

Imaginem, todos os outros conhecimentos residem no cérebro, enquanto o puro conhecimento reside no coração. Muito surpreendente. Mas também não sabemos que na verdade… nosso coração governa a cabeça. Há sete auras em volta do coração que controlam o cérebro… de tal maneira que nós agimos nas mãos do Paramchaitanya. A menos e até que seu coração seja puro, a menos e até que em seu coração você tenha uma bela imagem… de uma pessoa que é muito, muito pura, você não pode, você não pode fazer nada mentalmente. E do coração, se você tem de fazer, seu coração tem de ser… muito puro e extremamente sábio. Este é o ponto que temos de pular dentro: seu coração, ele é sábio? Por exemplo, ficar apegado demais a alguém, muito identificado com isso mostra que seu coração não está puro. Ele tem muitos laços. Abra seu coração, completamente.

E é por isso que eles dizem que a Deusa reside no Coração, no Coração Central. Ela reside no Coração Central porque Ela é tão equilibrada. Ela reside no Coração Central como Shakti, e Ela lhe dá tudo que você quer. Dentro de você, Ela está estabelecida como muitas coisas. Você conhece os Shlokas que dizem que… Ela está estabelecida dentro de nós como conhecimento, Ela está estabelecida dentro de nós como memória, Ela está estabelecida dentro de nós como sono, Ela também está estabelecida dentro de nós como ilusão, bhranti. Ele é Aquela que nós coloca em ilusões, porque nós ainda não estamos completamente aperfeiçoados. Nós temos de nos tornar paripakwa, significa totalmente, totalmente maduros. Até que sejamos maduros, essa Mãe os coloca em ilusões… e brinca de modo que você aprenda a ser sábio. Então devemos entender que Ela fica brincando com você. E você deveria tentar ter muito cuidado… e não ficar caindo em Sua maya, porque se Ela o coloca na maya, você dará voltas e mais voltas e não chegará a lugar nenhum.

Assim esse poder de bhranti é também muito importante, essa ilusão, você pode chamar isso, ou então você pode chamar isso… de uma coisa através da qual Ela cria um drama, no qual você se torna como um homem estúpido sendo desmascarado. Assim, essa estupidez e tudo mais… pode ser removida por esse bhranti que Ela cria. E esse poder de bhranti existe… por causa dos seres humanos, em consequência do que eles são, porque eles não entenderão algo direto, então isso tem de dar voltas e voltas até que eles alcancem o ponto… para entender que isso era o jogo da Mãe… que os trouxe a essa praia de sabedoria. Assim, para nós, é importante ver que… muito foi feito para nós pelo Paramchaitanya, a Mãe feito muiito por nós. Agora, o que nós mesmos vamos fazer… para obter todos esses poderes que Ela nos deu, para sermos completamente iluminados e desenvolvidos? O que fizemos até agora? Nada para ser feito em si, mas é para desenvolver um tipo de profunda devoção, entendimento profundo… e essa profundidade é possível, totalmente possível, porque agora você está em seu caminho para essa perfeição. Assim, hoje em Cabella é o último Puja, e Eu quero lhes dizer como uma Mãe… que todos vocês devem depender de Paramchaitanya. Isto é muito importante: depender de Paramchaitanya. Também há um hábito de muitas pessoas… de colocar a culpa nos outros, como por exemplo: “Eu me bloqueei com essa pessoa e me bloqueei com aquela pessoa.”

Você fica bloqueado por você mesmo somente. Todas essas ideias não inúteis. Encare-se, descubra sobre si mesmo, e você tem de se aperfeiçoar. Isso é muito importante, porque nessa conjuntura da época, as pessoas acham que algo grandioso vai acontecer. Eu não sei. Dois mil anos, de acordo com eles, seria algo grandioso, mas Eu não sei, porque é tudo feito pelo homem, todos esses 2.000 anos e 3.000 anos são feitos pelo homem. Mas Eu mesma sinto isso como previsto por muitos, que possivelmente, por causa da sua compreensão e de sua sabedoria, Eu tenho certeza que algo grande talvez aconteça neste mundo, e as coisas sejam trazidas para um nível adequado… de compreensão da espiritualidade. Porque esse é o Juízo Final, e nesse Juízo Final, vocês têm de interpretar um papel vital, o qual Eu tenho certeza que vocês conseguem fazê-lo, se vocês decidirem alcançar algo para o futuro. Que Deus os abençoe.