Shri Ganesha Puja, Your innocence will save this world

Cabella Ligure, Nirmal Temple (Itália)


Send Feedback
Share

Shri Ganesha Puja, Cabella, Itália, 16.09.2000

Hoje nós nos reunimos aqui… para fazermos o Puja a Ganesha. Vocês sabem muito bem que Ganesha é o símbolo da pureza, da santidade e da veneração da inocência. Quando vocês estão venerando Shri Ganesha, vocês têm de saber que Ele é a corporificação da inocência. Eu Me pergunto se nós compreendemos o significado da inocência ou não. Inocência é uma qualidade que é inata, que não pode ser forçada, que não pode ser treinada. É apenas uma qualidade, uma qualidade inata dentro de um ser humano. Quando um ser humano se torna discípulo de Shri Ganesha, ele se torna uma pessoa inocente. Talvez vocês digam que pessoas inocentes… são atacadas pelas pessoas astutas, pelas pessoas agressivas. Mas a inocência é uma coisa tão grandiosa… que não pode ser destruída. Ela é a qualidade do Espírito. A inocência é a qualidade do Espírito… e quando o Espírito dentro de você é despertado, você obtém o poder da inocência, por meio do qual você supera tudo que é negativo, tudo que é errado, tudo que é prejudicial ao seu crescimento, à compreensão espiritual.

Assim, ficar inocente não é possível. Você tem de ser inocente no sentido de que… você é inocente de forma inata. Isso acontece após a Sahaja Yoga, após a Realização. E o seu poder de lutar contra… todos esses sentimentos errados, negativos dentro e fora de você, é completamente sustentado, protegido pela Mãe de Shri Ganesha. É difícil atualmente falar para alguém sobre a inocência, mas vocês conhecem a vida de Cristo. Ele era um inocente…, a inocência. Ele não sabia que tipo de pessoas Ele tinha em volta. Ele pensou que todos eles eram inocentes. E assim, Ele ficava falando com eles de uma forma que… ninguém que era astuto teria feito, porque os astutos sempre compreendem a astúcia dos outros. E Ele disse coisas que podem não ter sido compreendidas pelas pessoas.

Mas tudo que Ele disse tinha as vibrações da inocência… que deveria ter colocado todas aquelas pessoas em um sentido correto, em um relacionamento adequado com Ele. Mas de algum modo, aquela não era a época, talvez, para eles serem Almas Realizadas. Assim, a inocência de Ganesha não foi, nós devemos dizer, derrotada, mas foi criada uma atmosfera de tamanha santidade e beleza… que vocês podem ver na vida de Cristo. Eu estou feliz que todos vocês tenham tido notícias de seus casamentos. Por que o casamento? Qual é a necessidade de haver um casamento? Afinal, hoje em dia, as pessoas estão vivendo sem se casar. Mas casamento significa a santidade do casamento, a santidade de sua integração física, mental e emocional. Se você não tem a santidade e você vive com uma pessoa, então não é perfeito. Os filhos que vocês irão gerar não estarão bem.

É por isso que o casamento é necessário e, como vocês sabem, Cristo compareceu a um casamento. Por que Ele prestou tanta atenção a um casamento? Porque isso santifica os seus relacionamentos uns com os outros. Qualquer coisa está bem, mas o relacionamento entre marido e mulher tem de ser santificado. Senão, os filhos que vocês criam podem se tornar qualquer coisa. Eles podem ser ladrões, eles podem ser trapaceiros, eles podem ser mentirosos, eles podem ser pessoas muito, muito cruéis, se não houver nenhuma santidade em relação ao casamento. É por isso que Ele foi santificar a instituição do casamento. Mas é totalmente errado e sem sentido dizer que Ele produziu álcool. O que Ele fez foi transformar a água no gosto de suco de uva. Álcool é chamado de suco de uva em hebraico.

Quero dizer, vocês podem dizer, não é chamado, mas vinho significa álcool assim como suco de uva. Mas não pode ser, porque você não pode produzir álcool instantaneamente. Álcool leva tempo, ele tem de apodrecer e apodrecer e apodrecer, depois ele se transforma em álcool. Mas se Cristo fez isso de uma maneira sahaja, espontaneamente, como pode aquilo ser álcool que é intoxicante? Muitas pessoas, particularmente na religião Cristã, acreditam que Cristo santificou o vinho, o que é absolutamente errado. Ele nunca santificou o álcool. Ele transformou o suco de uva em gosto de vinho. Outro dia, aconteceu de Eu Me encontrar com uma pessoa, vocês o conhecem, Romana Batalha, e ele disse: “Mãe, dê-me uma prova, uma concretização.” Eu disse: “Tudo bem, dê-Me um pouco de água.” Trouxeram um pouco de água, Eu coloquei Meus dedos nela… e depois ele provou e disse: “Mãe, isto tem gosto de vinho.”

Eu disse: “É isto, é isto que Cristo fez.” Portanto, não existe nenhuma santidade no álcool. Como vocês podem esperar que Cristo faça algo assim, pelo qual a sua consciência se deteriora completamente? Aqueles que bebem, vocês sabem que não são pessoas normais. Algo está errado com os seus cérebros. Quando dirigem, criam problemas. Quando eles estão falando com alguém, vocês podem perceber que eles não são normais. Eles tentam ser muito agressivos, às vezes eles podem ser muito passivos também. Na maioria das vezes, eles são muito agressivos… e se comportam muito de uma maneira… que não é apropriada para um ser humano. Assim, nós devemos entender que este vinho, assim chamado, que fica sendo fermentado durante dias, é algo muito errado e contra a vida espiritual.

Todos esses países onde o álcool é aceito como algo muito santificado… estão simplesmente se arruinando. Isso é contra Shri Ganesha, é contra a inocência. E assim, tal pessoa pode se tornar muito dissimulada, muito astuta, muito dominadora. Todos os tipos de coisas ruins podem vir através deles. E não se pode confiar em um sujeitoque bebe… e se torna um bêbado. Ele pode perseguir a esposa, os filhos, qualquer um. E tentar destruir suas vidas porque ele sabe que ele próprio está destruído. Assim, uma coisa temos de entender: a inocência não permite que você beba qualquer coisa como esta, que vai contra a sua consciência. A sua consciência humana é muito importante. Ela deve ser respeitada.

Qualquer coisa que você tome que estrague a sua consciência… ou que estrague a sua saúde, é totalmente errada, especialmente para os Sahaja Yogis. Você tem de manter a sua saúde bem. Como você mantém a sua saúde bem? Evitando todas essas coisas que destroem a sua saúde. Assim, a vida de casado é uma vida santificada. É uma vida que está sendo abençoada. Agora, há padres, mas Eu diria que na Sahaja Yoga, todos os casamentos são abençoados por Mim. Assim, devemos entender que isso é algo muito grandioso… que você obteve. Mas há muitos que Eu tenho conhecido que aparecem dizendo: “Mãe, nós queremos o divórcio,” “nós estamos tentando constituir um bom casamento”. Eles Me contam todos os tipos de histórias.

Se você sabe que é um casamento santificado, que é um casamento que está sendo feito de acordo com todas… as cerimônias da Sahaja Yoga, ele não pode ser um mau casamento. Mas, se você é ruim, ninguém pode ajudar. Se você tem idéias estranhas a respeito de casamentos, você deve tentar corrigir isso. Se você quer se casar na Sahaja Yoga, então, por favor, certifique-se de que você respeita a santidade da vida conjugal. Eu sei que algumas vezes as mulheres podem ser ruins, os homens podem ser ruins, que pode haver problemas, mas uma pessoa que é sábia tentará tolerar tudo isso, porque ele quer ou ela quer respeitar a santidade do casamento. Isto é algo muito contraditório… que diz respeito a Cristo ter nascido sem casamento… e Ganesha também ter nascido sem casamento. Eles próprios são a Santidade. Ele não precisam de nenhuma santidade externa. Eles são a inocência e em relação às pessoas inocentes, elas não precisam de nenhum tipo de ritual ou de cerimônia. É desta forma que Eles nasceram: totalmente puros devido à inocência.

Mas isso não significa que devemos tomar o exemplo Deles para nós. Eles eram personalidades Divinas e Eles tinham que nascer assim, enquanto nós temos de ser santificados… e levar uma vida santificada. Essa é a diferença entre uma Encarnação e um ser humano. É fácil criticar as Encarnações, muito simples criticá-Las. Todas as Encarnações têm sido criticadas pelos seres humanos, porque os seres humanos não conseguem compreendê-Las. Mas tentem ser realmente muito puros e inocentes. E então vocês compreenderão por que as vidas Deles eram… de uma linha diferente, de um estilo diferente. Agora, se vocês disserem: “Nós podemos desenvolver a inocência, Mãe”, vocês não conseguem. Qual é o meio para se tornar inocente? Na Sahaja Yoga, nós temos um método adequado, um modo como nós podemos nos tornar inocentes.

Isso acontece por meio de nossa consciência sem pensamentos. Se você estiver no estado de consciência sem pensamentos, então o que acontece é que você não reage, você não se envolve com coisas erradas. Você não se envolve em nenhuma discussão, em debates, mas você apenas observa e a inocência dentro de você surge belamente, como um lótus surge de uma lagoa suja. Assim, qualquer que seja a circunstância, quando você está em consciência sem pensamentos, você não reage. Este é o sinal da inocência. E as pessoas que não reagem se mantêm jovens. Elas nunca mostrarão a sua idade, elas se mantêm jovens, porque reagir não é uma coisa muito boa, a qual faz com que você fique envolvido com uma outra pessoa. Mas se você não reage, se você apenas fica observando e você é uma testemunha, então você não se envolve em nada. Você fica longe disso. E é desse modo que a sua inocência cresce e você fica muito confiante.

Eu li uma historia a respeito de um rei chinês que foi a um santo… e lhe disse que ele queria uma bênção dele. O santo disse: “O quê?” Ele disse: “Eu quero que meu filho se desenvolva…” “como uma pessoa que pode enfrentar todos os tipos de coisas.” “Seja o que for que as pessoas possam fazer,” “ele deve ser capaz de enfrentá-las.” O santo disse: “Tudo bem, deixe seu filho comigo.” Então, quando a discussão começou, quando a luta começou, o filho do rei apenas ficou em pé, ereto, observando tudo em consciência sem pensamentos. Então todo mundo da arena retrocedeu. Todos eles foram embora. E eles não conseguiam suportar a inocência daquele garoto, que era muito jovem. E o rei ficou surpreso pelo modo como seu filho pôde enfrentar… todos eles, todas as argumentações deles, toda a agressão deles… e todos os tipos de coisas horríveis que eles disseram a ele.

Se qualquer um disser qualquer coisa para você, você deve apenas ser inocente. Nesse momento, o seu poder de inocência mostrará… que esta pessoa que está tentando dominar você, incomodar você, está muito errada. E a própria pessoa pode perceber que: “Eu estou fazendo todas essas coisas e esse sujeito,” “aquele que eu estou tentando dominar,” “não está tomando nenhum conhecimento disso.” Então ele se sente muito fraco, já que ele não tem nenhum poder para dominar outra pessoa. Assim, isto é… Nós temos agora, como Sahaja Yogis, nós podemos entrar em consciência sem pensamentos. Tentem reduzir as suas reações, reação a qualquer coisa. As pessoas têm essas idéias estranhas… a respeito delas mesmas que elas reagem. Agora, por exemplo, alguém Me mostrou estes tapetes, Eu comecei a olhá-los. Eu estava muito feliz. E eles Me disseram que todas as Sahaja Yoginis tinham feito isso… com suas mãos tão belamente.

Era realmente tão agradável saber que elas fizeram isso. Mas, se Eu fosse uma pessoa muito comum, Eu teria dito: “Oh! Meu Deus! Que cor, que coisa! “, desse jeito. Assim o que quer que elas tenham feito, Eu não posso nem mesmo desfrutar. Uma coisa é que o regozijo está perdido. Para uma criança, o regozijo é completo. Seja o que for que ela veja, ela faz disso uma alegria, algo alegre a partir disso. Olhem as crianças.

Eu tenho visto crianças… Elas acham qualquer coisa, elas fazem um brinquedo a partir disso. Outro dia, nós fomos à Genoa… e Eu vi que havia grandes barreiras de bloqueios deixadas lá. Algumas crianças vieram de algum lugar, elas simplesmente subiam neles e os faziam de cavalos. E estavam se divertindo com eles. Elas encontram qualquer coisa, qualquer espaço, elas fazem algo divertido para elas, uma brincadeira para elas. Para elas, a vida é também uma brincadeira, somente algo para se divertir. E elas fazem com que você também se divirta com tudo. Se você não está de bom humor, elas virão e se comportarão de tal maneira que você terá… de mudar de idéia e tornar-se uma pessoa muito simples, natural. Assim, ao ver uma pessoa natural e simples, vocês sempre dizem: “Eles são como crianças.” Significa que eles não compreendem a astúcia, eles não compreendem a estupidez das pessoas… e eles vivem em seu próprio mundo de inocência.

Da mesma maneira, todos os Sahaja Yogis têm de… desenvolver essa aura em torno deles. Deixem as pessoas verem como vocês são inocentes, como vocês são doces. Nenhuma discussão, nenhuma disputa, nenhuma briga é necessária. É somente a satisfação interior da consciência sem pensamentos. Muitas pessoas dizem: “Mãe, nós não conseguimos ficar sem pensamentos.” Por quê? Por que vocês não conseguem ficar sem pensamentos? Porque todo o tempo, seja o que for que você veja, você quer reagir. Se você gradualmente começar a parar a reação, faça introspecção, veja por você mesmo… se você está todo o tempo tentando reagir, fale para sua mente se comportar. Se houver qualquer reação, simplesmente não diga nada, mantenha-se quieto.

Gradualmente, você ficará impressionado… e surpreso: como você fica em consciência sem pensamentos, como você se torna belo. E todos que o observarem saberão que você é diferente. Você não é como uma pessoa comum. Mas a reação normal dos seres humanos é esta: se há uma briga acontecendo, digamos, na rua, todo mundo se envolverá na briga. Eles gostam de brigar. Eles querem ser parte integrante daquela briga ou luta… ou seja o que for. Eles não querem se livrar disso. Nesse momento, se você simplesmente tiver a sua inocência, ela atuará. Eu lhes disse: a inocência é o Espírito e o Espírito é a inocência, a qual não pode ser destruída por nada. O fato é que ela não pode ser destruída por nada… e ela pode ser restabelecida por meio da Sahaja Yoga.

Você pode ter sido uma pessoa muito agressiva, você pode ter sido uma pessoa muito infeliz, você pode ter sido uma pessoa… que fica todo o tempo perturbando os outros, talvez. Mas após a Sahaja Yoga, você pode tornar a sua personalidade… tão doce e bela que não somente você pode desfrutar, mas os outros também podem desfrutar. Essa inocência é algo que é uma inteligência absoluta, honesta. Não é que ela trabalhe para… algum propósito, mas ela é sem propósito. É completamente sem propósito. E dessa maneira, ela atinge esse auge de alegria, porque não há nenhum propósito em nada. Ela vê a futilidade de todos os tipos de tentativas que nós fazemos… e ela simplesmente se diverte: “Por que as pessoas estão correndo para cima e para baixo?” “Porque elas estão brigando?” Apenas se levanta e observa: “Por que eles deveriam fazer isso, desse jeito?” Alguns podem pensar que eles estão bem, que não há nada de errado com eles, mas não é assim.

A inocência é algo, como Eu lhes disse, que é uma qualidade inata. E você não deve enganar a si mesmo pensando que você é inocente. Pelo contrário, apenas faça uma introspecção e veja por si mesmo: o que você tem feito até agora no que diz respeito aos outros? Qual é a sua atitude? Eu já lhes falei para sobre a inteligência emocional. A inteligência emocional é a expressão da inocência. É a expressão de Shri Ganesha dentro de nós. As crianças que são dotadas disso sempre tentarão agradar você. Elas sabem o que você quer, o que você precisa. Elas lhes darão todo a alegria que você quer.

Elas farão todas as coisas que você gosta, apenas para agradá-lo. Elas não têm os seus próprios desejos. Elas não querem ter as suas próprias demandas. Elas nunca dizem: “Eu quero isso, faça isso para mim”, nunca. Elas somente querem ver o que você quer. O que você quer ter. E elas farão todo o esforço para prover você… com o que quer que você queira. É muito interessante como… as crianças se comportam em relação aos outros, os mais velhos. Apenas como, Eu diria, um grande entendimento, vocês diriam, como uma personalidade muito mais velha. Assim, na inocência, você se torna extremante adulto, maduro.

Muito maduro. Com essa maturidade, você sabe o que esta pessoa precisa e o que a outra pessoa… não deve ter e a forma que eles se estabelecem é muito interessante. As crianças são as criaturas mais interessantes, Eu acho, do mundo. Para Mim, as rosas são muito belas, mas as crianças são as criaturas mais interessantes… e elas os ensinam tantas coisas… que você fica surpreso com a inocência delas. Há muitas piadas relativas às crianças. Como elas se comportam, como elas falam. E elas são tão inocentes que contarão tudo para todo mundo. Elas não têm nenhum jeito para esconder nada, é muito difícil. Eu conheço uma piada sobre quando… um cavalheiro veio para casa para jantar. Assim, o menino estava olhando para ele muito intensamente… e então ele disse: “Mãe, ele não come igual a um cavalo,” “como você me disse.”

Então todo mundo ficou chocado. Porque ele não comia como um cavalo. A mãe deve ter dito ao menino que ele comia como um cavalo. Então ele olha para o homem: “Ele não come como um cavalo.” Elas são tão inocentes, algumas vezes… elas dizem coisas pelas quais você pode ficar completamente exposto. Há tantas piadas a respeito disso e se você escrever alguns livros, relatando as piadas de crianças, Eu lhes digo, as pessoas simplesmente irão se deleitar com isso, porque, tão inocentemente… elas dizem coisas que não são nada mais do que a verdade. E elas não conseguem contar mentiras. Elas são tão sinceras, essa é a qualidade da inocência. Elas nunca contam mentiras. “Você fez isso?”

“Sim, eu fiz.” “Você não fez isso?” “Não, eu não fiz.” Elas nunca contam mentiras. Somos nós, os adultos, que as ensinamos como contar mentiras, como serem enganadoras. Então nós também ensinamos as nossas crianças uma outra coisa ruim, que é: “Você deve possuir tudo.” Especialmente no Ocidente, isso é algo que eles fazem. Eles dizem à criança que isso é seu; você não deve dá-lo a ninguém; isso é seu. Pelo contrário, nós devemos dizer-lhes: “vocês podem fazer o que quiserem.” Deixem isso para a inocência delas.

Vocês ficarão surpresos, elas doarão tudo que elas têm. Elas se comportarão de uma maneira tão bonita… que vocês ficarão surpresos ao ver como elas tentam agradar a todos… e tentam fazer algo para entretê-los. Toda a capacidade delas para isso é tão grande… que algumas vezes nos perguntamos… como essas pequenas criaturas desenvolveram essa capacidade. São as bênçãos de Shri Ganesha. São Suas bênçãos que tornam as crianças tão doces… e tão divertidas e tão belas. Tentem se tornar como elas. Vocês têm de ser iguais a elas. Vocês podem ter lido muitos livros, podem ter obtido muitos títulos, vocês podem ser algo grandioso, mas vocês não são como uma criança. Você tem de ser como uma criança. Senão ninguém gosta de sua companhia.

Nós os chamamos de “chatos”. Mas na verdade, a chatice vem… das pessoas que não têm nenhuma inocência em seu coração. Eles ficam tentando lhes falar: “você deve fazer isso; se você quer ter sucesso, faça isso.” Todos esses sermões são inúteis para as crianças. Da mesma maneira, deveria ser, dentro de sua própria compreensão, que é tudo insensatez o que as pessoas estão dizendo. Tal como as crianças não se importam com o que… vocês sugerem para elas – ser grosseiro, ser horrível – da mesma maneira, se você for inocente, você não aceitará. Vocês podem ouvir qualquer coisa. Deixem que eles lhes falem qualquer coisa que eles queiram. Não importa. Você nunca fará isso, porque você não pode, porque você é inocente e a inocência o protegerá, ela lhe dará a orientação adequada, o que deve ser feito, o que não deve ser feito.

Agora, tente fazer introspecção e veja por você mesmo: você é inocente ou não? As pessoas pensam que alguém está tentando dominá-lo, está tentando feri-lo, está tentando subjugá-lo. Ninguém pode subjugar a inocência. A inocência é uma qualidade… que sobrevive a todos os tipos de insensatez. E não somente isso, mas a idade, a sua saúde, a sua mente, o seu pensamento… e as suas emoções são extremamente inocentes… e você se deleita consigo mesmo. Hoje em dia, há uma grande onda… de falta de vergonha, algumas vezes há. As pessoas, Eu tenho visto, elas não têm nenhuma lajja… Eu não sei, alguns homens querem atrair as mulheres e algumas mulheres querem atrair os homens. As crianças nunca agem assim. Elas não sabem o que é isto, atrair homens ou atrair mulheres ou atrair qualquer pessoa. Elas tentarão agradar um cachorro, elas tentarão agradar um cavalo, mas elas nunca, Eu tenho visto, fazem de tudo para atrair alguém.

A razão é esta: a autoestima delas é plena. Elas conhecem a si mesmas plenamente. Então, por que elas deveriam fazer toda esta insensatez de correr… atrás das mulheres, correr atrás dos homens… e criar problemas para elas mesmas? A autoestima delas é plena. A inocência é assim. Ela lhes dá uma autoestima plena. Vocês não se inclinam a ninguém, nem fazem nenhuma outra pessoa se inclinar. Essa é a beleza da inocência, que funciona tão bem dentro de vocês. É por isso que Eu sempre digo: venerem Shri Ganesha. Eu soube de alguém que estava em posição muito elevada e, de repente, Eu fiquei surpresa ao ver como ele ficou paralisado.

O que aconteceu? Ele era um homem muito bom; ele não deveria ter ficado paralisado. Então Eu descobri que ele tinha intenções muito ruins… em relação às mulheres. E foi desse modo que ele adquiriu esse problema. Então Eu lhe disse: “É melhor você venerar Shri Ganesha,” venere Shri Ganesha.” Venerar Shri Ganesha melhora o seu Muladhara, melhora o seu senso de vergonha, melhora a sua própria dignidade, a autoestima. Você se veste de uma forma que mostra que você respeita o seu corpo. Você fala de tal maneira que mostra que você respeita a sua língua, a sua linguagem. Você não pode ter uma boca suja… se você é uma pessoa inocente. Você não pode ter uma mente… que pode insultar ou que pode dizer palavras horríveis.

Eu tenho visto nos EUA, eles falam de uma maneira tão estranha que você fica chocado. Não há nenhuma necessidade de usar essas palavras sujas… para se expressar. Com isso, a sua língua é estragada. Assim, a inocência desaparece da sua língua. Se você perdeu a inocência da sua língua, seja o que for que você disser nunca irá se realizar, nunca irá se realizar. Mas se você for inocente e sua língua for inocente e respeitar… Assim, o básico é, como vocês podem ver, respeitar a sua inocência de todas as formas. Como por exemplo, quando você tiver que ficar zangado com alguém ou dizer algo, simplesmente fique quieto, essa é a melhor maneira. Ou então você deve respeitar a sua língua, respeitar os seus olhos. Algumas pessoas têm um hábito muito ruim de vaguear seus olhos… por toda parte olhando para as mulheres ou… algumas mulheres são desse tipo. Vocês não respeitam os seus olhos.

Depois eles desenvolvem problemas nos olhos, não somente isso, mas também mentais. A mente fica tão arruinada por esse tipo de comportamento… que ela não possui nenhum bom senso, ela não pode desfrutar de nada. Uma pessoa assim não consegue desfrutar nada. Se você é uma pessoa que respeita os seus olhos, o seu nariz, os seus ouvidos, Eu lhe digo, você ficará surpreso ao ver que… tudo é tão regozijante. Neste mundo, há tantas coisas para serem desfrutadas. Mas as pessoas não conseguem ouvir nada que seja bom. Há pássaros que estão cantando, elas não conseguem ouvir. Há árvores que estão crescendo, elas não conseguem ver; há flores que têm fragrância, elas não conseguem sentir o cheiro, porque elas estão num nível tão baixo em sua autoestima. Porque elas são pessoas de muito baixo nível, Eu diria, que não podem regozijar nada em volta. E elas deveriam ser uma fonte de alegria.

Vejam as crianças, como elas são fonte de alegria. Qualquer uma que venha sobre o palco e corra para cá e para lá, como nós desfrutamos. Por quê? Por que nós desfrutamos… uma criança correndo de um lado para o outro? Nós não dizemos que ela ficou louca ou que está bêbada, mas nós desfrutamos a criança. Por quê? O que é a doçura da criança que nos torna tão felizes? Porque isso é inocência, o poder dela é a inocência. E com esse poder, a criança simplesmente está parecendo tão doce, tão bela, que esse poder nos dá a verdadeira alegria dentro de nós. Então, a segunda coisa é que a inocência é doadora de alegria.

A inocência dá alegria às pessoas. Qualquer coisa dita inocentemente, qualquer coisa feita inocentemente é muito, muito doadora de alegria e com isso, você vê a pessoa tão transparente, tão bela que… você desfruta essa transparência e essa inocência santificada. É por isso que Ganesha é venerado primeiro, porque Ganesha foi a primeira Divindade criada pela Adi Shakti. Porque se Ela tem de criar algo, Ela deve saber que tem de ser o poder da inocência, senão as pessoas se desencaminharão, elas farão todos os tipos de coisas erradas. Assim, primeiro Ela criou Ganesha, cuja inocência, que vocês podem chamar de vibrações, são tão fortes que controla. É claro, há pessoas que abandonaram completamente… a sua inocência e elas acham que não há limites para elas. Simplesmente esqueçam-nas. Mas normalmente, normalmente… vocês são sempre guiados pela sua inocência, quer vocês estejam conscientes disso ou não. E isso é algo tão doce, algo tão doce… que faz as pessoas se elevarem em sua nobreza, em sua grandiosidade e isso é o que temos de desenvolver em nós… como Sahaja Yogis. Quando os Sahaja Yogis vão a qualquer lugar, tentam fazer qualquer coisa, encontram-se com alguém, fazem qualquer trabalho social, qualquer coisa, as pessoas devem sentir essa alegria que vocês têm dentro de vocês.

É somente para essa alegria que a Adi Shakti criou Shri Ganesha. Porque essa alegria, que é de uma alegria inocente, não fere ninguém. Ela não espera nada, ela não exige nada, ela não deseja nada, mas somente emitir alegria por toda parte. É esse tipo de personalidade que vocês devem ter. Não há nada de errado em vestir boas roupas, nada de errado em comer boa comida, nada de errado em ter conversas, mas em tudo isso está o respeito à inocência, a expressão da inocência deve estar presente. Com essa inocência, nós podemos resolver os problemas, todos os problemas do mundo podem ser resolvidos. É por isso que Shri Ganesha é tão importante. Se vocês não tiverem a compreensão apropriada… de Shri Ganesha e se seu Shri Ganesha estiver em risco, Eu não sei o que pode acontecer a vocês. Hoje em dia, vocês vêem tantas doenças horríveis… que estão surgindo, porque eles não são santificados. Os relacionamentos deles não são santificados.

Todo relacionamento tem de ser santificado com a sua inocência. Por exemplo, você tem uma irmã, você tem uma mãe, você tem um irmão, você tem um pai, você tem todos esses relacionamentos… e todos esses relacionamentos são tão bons, tão belos e santificados porque há o relacionamento da inocência. Você ama o seu pai por causa da inocência… e você ama a sua filha por causa da inocência; você ama a sua mãe por causa da inocência. Por que você deveria amar? Por algum tipo vantagem? Então isso é astúcia. Por algum tipo de dominação? Então isso é astúcia. É somente por amor, pelo bem do amor. Isso é possível, se você for inocente.

Assim, agora Eu estou feliz. Amanhã todos vocês irão se casar… e essas pessoas que estão se casando devem entender… que este é um casamento santificado. Isso é muito importante. Não é como qualquer outro casamento. O casamento vai acontecer na Minha presença, portanto tomem cuidado. Agora, se você não quer se casar, tudo bem, acabe com isso. É dada a chance para você conhecer a pessoa, para compreender, mas se mais tarde você tentar ser estranho, isso será muito difícil para você e para Mim. Eu posso desistir de fazer casamentos. Assim, Eu não gosto que as pessoas falem em divórcio… logo no primeiro dia. Mas, se há realmente um problema, tudo bem, na Sahaja Yoga, nós temos permitido o divórcio.

Não como, digamos, a Igreja Católica, eles não permitem o divórcio, então os homens têm todos os tipos… de relacionamentos e as mulheres têm todos os tipos de relacionamentos. Isso não existe. Em vez de fazer esse tipo de insensatez, você pode se divorciar. Mas deve ser um acontecimento muito inocente de modo que… se você está se divorciando de uma pessoa porque a sua inocência… está sendo desafiada, tudo bem. Nesse ponto, Eu concordo com você que você deveria se divorciar. Então, preserve a sua inocência. Nestes tempos modernos, é muito importante preservar a sua inocência, de modo que Shri Ganesha seja despertado dentro de você… e também nas outras pessoas. Isso irá salvar este mundo, nada mais, somente a inocência que você possui irá salvar o mundo. O que quer que você possa saber, o que quer que você possa dizer, o que quer que você possa escrever, por favor, certifique-se de que você não está ferindo a inocência dentro de você. Não é necessário levar uma vida de moralidade, isso, aquilo.

O que é necessário é a sua inocência. A inocência em si mesma lhes dá a força moral, a compreensão moral. Você não tem de ler livros para isso, você não tem de ir a nenhum guru para isso. A inocência o guiará e lhe dirá que isso é o que é Sahaja, que isso é o que você tem de ter. Todos vocês obtiveram a Realização, é algo muito grandioso que aconteceu a tantas pessoas. E Eu sempre desejo que vocês venerem Shri Ganesha dentro de vocês. Shri Ganesha é a sua inocência, é o Espírito dentro de vocês. Quando você quer conhecer o seu Espírito, é Shri Ganesha, você se torna uno, unificado com Shri Ganesha. Ele está dentro de vocês e é totalmente possível para todos vocês, serem completamente iluminados pelo poder de Shri Ganesha. Eu estou muito feliz que vocês tenham aceitado todos os casamentos… que tenham decidido se casar.

Mas mesmo agora, se você disser não, é melhor acabar com isso. Mas não tente nenhum truque e não tente ser esquisito, porque isso não irá ajudá-lo de forma alguma… a desfrutar do seu casamento. Desde o primeiro dia, tente entender que você tem de ser muito gentil, gentil com o seu parceiro, muito respeitoso, muito cuidadoso, muito amoroso. Isso é algo muito importante, que as pessoas não compreendem. E não tomem isso como certo. Tudo bem, porque é um casamento Sahaja, as pessoas tomam isso como certo. Não. Nunca tomem isso como certo. Se vocês querem ter a verdadeira alegria, então tenham… o amor inocente entre vocês e divirtam-se. Que Deus os abençoe.

Obrigada.