Puja de Aniversário, Felicitações

New Delhi (India)

Feedback
Share

Puja de Aniversário, Felicitações, Delhi, Índia, 23.03.2002

Esta festa de felicitação é um pouco embaraçosa para Mim, porque Eu nasci como uma pessoa muito simples… e Eu tenho sido uma pessoa extremamente simples. Eu não entendo de dinheiro. Eu não entendo o ódio, não entendo a ganância. Eu sou muito simples em relação a isso. Apesar disso, vocês vieram e obtiveram a sua Realização. É sua própria conquista. São os seus próprios desejos que vocês alcançaram. Eu percebo atualmente muitas crianças nascidas como almas realizadas. Então Eu acho que o momento também está presente, que em Minha vida, em Minha própria vida, isso era para acontecer. É o destino de todos. Eu acho, como por exemplo, Shri Rama, depois veio Shri Krishna, depois veio Jesus, depois outras pessoas.

Era o momento Deles. E o Meu momento é dar a todos vocês a Realização. Mas, Eu devo dizer, todos vocês a aceitaram de todo coração, com doçura, e estão usando seus poderes… para dar amor aos outros e transformar os outros. Outro dia, Eu estava falando sobre amor. Agora, o amor, como é entendido, está em seu coração assim, mas vocês sabem que o oceano de amor é o seu Sahasrara. Quando o Sahasrara de vocês está cheio de amor, então a vida é mudada. Você não se torna um homem muito inteligente, uma personalidade muito dinâmica, mas você não é nada além de amor… e esse amor satisfaz traz tanta autossatisfação. Vocês não se incomodam se os outros não os amam ou se eles os amam. Vocês não veem essa parte. O que vocês veem é a alegria desse amor.

É um imenso oceano de amor. Todos vocês obtiveram isso. E uma vez que vocês entraram na Sahaja Yoga, vocês sabem que entraram no Sahasrara… e o Sahasrara é, Eu lhes digo, a fonte de toda a verdade. A verdade está presente, a verdade completa. A verdade é o conhecimento e também a verdade é o amor. Se você ama alguém, você conhece as verdades sobre essa pessoa. Você descobre se a pessoa é boa ou má ou qualquer coisa. É muito difícil. Mas se você ama essa pessoa, então você sabe imediatamente o que há de errado com essa pessoa, o que está certo com essa pessoa. Mas por causa do seu amor, você abrange toda a atmosfera entre você e ela… ou entre você e os outros.

Você não vê os pontos negativos facilmente, é muito difícil. Eu tenho visto muitas vezes, as pessoas, digamos, sendo enganadas pelos outros, concordo. Mas Eu não tenho noção do que significa trapaça, de como as pessoas os enganam. Muitas vezes, as pessoas dizem que estão falando mal de Mim. Sim, eles estão. Eu posso ver que eles estão falando, não importa. Não faz nenhuma diferença para Mim. Se eles estão Me ofendendo, tudo bem. Mas esta felicitação definitivamente Me deixa constrangida, porque Eu não fiz nada tão extraordinário, como eles pensam. Extraordinário é seja qual for a capacidade que você tenha, se ela atua, então isso está presente como amor.

Eu tenho um amor imenso, Eu não sei o que dizer. E ele atua, ele trabalha. E todo ser humano importa-se com o amor. Você pode ser muito importante, você pode ser muito inteligente, você pode estar ganhando muito dinheiro, seja o que for, isso não é tão importante. A coisa mais importante é que você seja amado. Eu não fiz uma teoria a partir disso… ou Eu não irei dizer que todos vocês devem aprender isso, mas é tão básico e essa é a única coisa que ajuda. Portanto, residindo no Sahasrara, se vocês virem as ondas de amor fluindo, talvez algumas pessoas possam tirar vantagem disso, não importa, não faz nenhuma diferença. Algumas pessoas também podem enganá-los. Está tudo bem. Elas fazem todos os tipos de coisas, mas quando há amor, vocês ficam satisfeitos, vocês não ficam incomodados, porque vocês amam a todos.

Então vocês ficam satisfeitos. Vocês não se incomodam com o que os outros… estão fazendo com vocês, que vantagem eles estão tirando de vocês, com o que eles estão perturbando-os ou todas essas possibilidades também, o modo como eles fizeram, todas as possibilidades também… que vocês têm de seu próprio ser são automáticas. Essa felicitação e tudo mais, é claro, reflete vocês, sem dúvida, mas para Mim, não é nada importante. Eu não acho que seja uma conquista muito grande para Mim, porque Eu não tenho nenhuma visão, como tal, Eu devo lhes dizer. Eu tenho ouvido essa palavra, que a Mãe tem uma visão. Não, não, não, não, Eu não tenho nenhuma visão, Eu devo lhes dizer. Minha ideia simples é que todos devem amar, e um amor puro mudará suas vidas, mudará o mundo inteiro, não há dúvida sobre isso. Isso deve vir a vocês de forma natural, porque agora vocês abriram seu Sahasrara. Então, para cada Sahaja Yogi, o amor deveria ser uma coisa muito, muito natural, absolutamente. Por exemplo, Eu sei que às vezes as pessoas são muito rudes.

Elas têm certas regras e regulamentos… e então elas ficam muito zangadas com as outras pessoas ou seja o que for. Algumas pessoas têm posição social elevada… e elas usam sua posição social para ficarem zangadas com os outros… e até mesmo para perseguir essa pessoa e torturar outra pessoa, elas fazem isso, continuam fazendo assim. Mas elas não compreenderam o ponto essencial. Elas não compreenderam o ponto essencial. Se vocês apenas têm amor, esse amor puro, então vocês entendem o ponto essencial. Vocês o veem: “Sim, sim,” “é isso que ele está fazendo, é por isso que ele é assim”. Vocês sabem disso. Mas vocês não ficam incomodados: “Por que ele está fazendo assim?” “Por que ele o está perturbando?” E gradualmente, tudo se anula.

Tudo acaba por si mesmo. Eu tenho visto muitas pessoas que estão falando mal de Mim, fazendo todo tipo de coisas contra Mim. E daí? Deixe-os fazer. Esse é o trabalho deles. Deixe-os fazer, Mas para Mim, isso não perturba. Eu acho que eles estão agindo de acordo com algo de seu próprio estilo, mas o que você ganha? A alegria vem apenas do puro amor. Se você não tem puro amor, você não pode ter alegria. Falando: “Nós estamos muito felizes e tudo mais”, Eu sei quem é realmente feliz e quem não é. Você não pode artificialmente dizer: “Eu estou feliz”.

Isso deve ser um tipo de sentimento interior inato, espontâneo. Então você é o oceano de sentimentos, oceano de belos sentimentos. E quando você é enriquecido por esse oceano, você não fica nem um pouco incomodado com qualquer coisa. Você sabe muito bem que Eu sou péssima com dinheiro, Eu não entendo. Eu não consigo contar dinheiro. E daí? Quero dizer, essa é Minha deficiência, Eu devo dizer, mas não importa. O que é tão necessário é: “Você pode sentir o amor dos outros?” “Você pode sentir a doçura dos outros?” Quando você vê uma criança pequena, como você se sente bem.

Da mesma forma: “Você sente isso pelos outros?” ou “Eles são como crianças? Eles são inocentes como crianças?” E agora, Eu afirmaria que a inocência é o sinal de amor. Qualquer pessoa que tem inocência conhece a técnica do amor. Se você for muito esperto, inteligente, você pode retrucar, você pode corrigir as pessoas, fazer isso. Não. Essa não é a maneira. Se você tem amor, você pode corrigir as pessoas sem dizer nada a elas, porque o amor é uma inteligência suprema. Ele lhe propicia todos os métodos corretos, ele realiza isso.

A coisa toda funciona e então as pessoas dizem: “Mãe, é um milagre, como isso aconteceu?” Não, não, não é nenhum milagre. É uma coisa simples, esse amor agiu da sua própria maneira. O amor não é uma coisa morta. Ele não é um mar morto. Ele não somente pensa, mas ele atua, e atua tão belamente. Às vezes Eu fico surpresa com o seu funcionamento. Nós chamamos isso de milagre, isso, aquilo. Nada disso, é amor. Agora, porque o Divino ama você, Ele lhe dá os assim chamados milagres.

Ele pode fazer qualquer coisa, porque o Divino quer que você tenha acesso à Sahaja Yoga… e que você se torne um verdadeiro Yogi. Portanto, seja o que for que esse amor faça, você acha que é um milagre. Não é. Por que as pessoas dizem: “Mãe, esse é o Seu estilo”? Essa não é a questão. É uma questão de amor. Por exemplo, Eu amo muito a todos, Eu confio muito em todos. Eu nunca duvido, antes de mais nada, e eles estão afundando, afundando, mas ainda assim Eu tenho fé que eles mudarão de ideia, que eles ficarão bem. Dê uma chance a eles. Mas supondo que eles tentem alguns truques, vocês ficarão surpresos ao ver como eles são expostos. O modo como eles são expostos, é muito surpreendente.

Nós temos um Sahaja Yogi em Dubai. Ele Me disse: “Mãe, não adianta dar a Realização para essas pessoas importantes.” Eu disse: “Por quê?” Então ele Me deu o nome de… pessoas ditas altamente espirituais aceitas pela sociedade. “Eu dei a ele a Realização e ele foi exposto.” “Eu não sei, eu não disse nada e ele foi exposto.” Outra pessoa a quem ele deu a Realização, também tinha uma condição muito importante, tinha muitos prêmios… e isso e aquilo, ele foi exposto. E ele deu a Realização a um sujeito que tinha recebido o prêmio da paz. Ele também foi exposto. E depois saiu no jornal tudo sobre ele.

Agora, o que está acontecendo é que esse homem, por amor ao outro, dá a eles a Realização. Mas esse mesmo amor atua de tal maneira que a pessoa fica exposta. Você não quer expor as pessoas. Você quer que de alguma forma, eles venham para a Sahaja Yoga bem, esteja tudo bem, dando certo. Então ele disse: “Mãe, eu acho que não vou dar a Realização a ninguém”. Eu disse: “Veja, continue dando.” “Se o Divino quer que a pessoa seja exposta, ela será exposta.” “Se houver qualquer coisa errada com essa pessoa, ela será exposta.” Alguém que obtém a Realização, supondo, e ele se depara com um acidente, é claro que ele será salvo, mas ele pode se deparar com um acidente. Então, qual é a razão?

Por quê? Por que ele se deparou com o acidente? Porque ele não faz nada pela Sahaja Yoga. Ele é muito ambicioso. Alguém que está muito doente, ele fica bem com a Sahaja Yoga… e alguém que não está tão doente fica muito pior. É um fato. Embora ele esteja protegido. Isso é uma coisa sobre a Sahaja Yoga, você pode ser o pior Sahaja Yogi, você está protegido, sem dúvida, mas se você continuar assim, se você o tempo todo fica tentando ir contra a Sahaja… e se torna asahaja, então você sofre muito seriamente…. É muito simples isso, se você está em um lugar, você está estabelecido em um lugar que é muito tranquilo, que dá muita alegria, mas você quer sair dele, então você enfrenta tudo que está fora, é automático. Se você fica em um lugar que é tão tranquilo, que é alegre, que é cheio de amor, você fica bem, você crescerá em espiritualidade. Mas se você quiser sair dele, então você tem isso.

Você não consegue evitar. É como uma fortaleza ou podemos dizer, um lugar muito isolado, que tem muito conforto e é muito cheio de atenção e tudo mais, e então você quer sair da atenção. Então, você está acabado. É desse modo que alguns Sahaja Yogis não entendem… por que eles ainda não estão entrando na Sahaja Yoga. Então não adianta usar sua inteligência, porque essa inteligência, a inteligência humana, não é uma função de qualidade muito alta. O melhor é ter amor pelo seu Si, o amor que é divino, o amor que nutre, o amor que cuida de você. Mas nós não sabemos como cuidar de nós mesmos. Nós não sabemos como nos amar. Nós amamos essa pessoa, amamos aquela pessoa, mas e quanto ao seu Si? Então eles pensam que isso é egoísmo, não, de forma alguma.

Conhecer o Si é amor. Se você conhecer o Si, você conhecerá o amor, você cairá no oceano desse amor. Mas essa é que é a Minha experiência, Eu estou dizendo, e todos vocês devem experimentar o mesmo amor. Apenas observe a si mesmo. É muito simples fazer introspecção: “Eu tenho amor dentro de mim, totalmente?” Em parte é amor, em parte não é. Agora, o amor pode ser muito limitado também como: “Nós amamos nosso país”, digamos, a Índia. Se amamos nosso país, então talvez pensemos que todas as coisas indianas são boas. Nós nunca falaremos mal de nosso país. Qualquer um que diga qualquer coisa contra a Índia, odiaremos essa pessoa. Isso é com todos.

Você ama seu país. Você ama também, digamos, seus pais, ama qualquer pessoa, mas é um amor limitado, é um amor restrito. O amor deve ser simplesmente aberto. Então você verá onde você está no que se refere ao seu país, no que se refere aos seus relacionamentos, você saberá tudo. Você não precisa ferir, você não precisa dizer nada, você não precisa discutir, brigar, mas você saberá, porque o amor lhe dá conhecimento, conhecimento completo sobre a pessoa. Você conhece a pessoa, do que ela é capaz, o que ela está fazendo, mas você não se importa, porque você ama essa pessoa. Então você não se importa: “Tudo bem, vá em frente.” É como uma criança pequena, ela está indo na direção errada, deixe-a ir. Agora, com todas essas coisas, o que quer que vocês usem, vocês são pessoas muito afortunadas que alcançaram o Sahasrara… e todos vocês sabem tudo sobre a Sahaja Yoga. Mas sem praticar a Sahaja Yoga, vocês não podem fazer isso dar certo, porque então, praticando-a, vocês conhecem o seu Si.

Quando vocês meditam, vocês conhecem o seu Si… e então vocês simplesmente ficam cheios de amor. Mas agora, enquanto sentados, vocês simplesmente começam a pensar: “Ele é um homem muito mau, eu o odeio”, essa coisa. Todas essas ideias estúpidas vêm em sua cabeça, ou “Eu devo comprar esta joia” ou “Eu devo comprar este carro específico”, e tudo mais, então vocês não estão amando. Mas se vocês amam, então o que acontece é que tudo que vocês precisam, vocês conseguem. Tudo que vocês querem, vocês conseguem. Você tem de primeiro amar a si mesmo, mas esse amor deve ser o puro amor. Como resultado disso, você se purificará. Às vezes você se identifica tanto com seus temperamentos, com sua natureza, com sua personalidade, com seja o que for, mas depois você percebe, nesse amor: “Isso não é amor, isso é cego.” O amor lhe dá uma ideia completa sobre você mesmo. “O que eu sou?”

“Quais problemas eu tenho?” “Por que eu crio problemas? Por que me meto em dificuldades?” Você ficará surpreso ao ver que o amor tem uma luz tão poderosa nele, ele é a verdade e ele é o conhecimento. Embora Eu não saiba se devo culpar alguém neste mundo… que não é uma alma realizada, Eu não culparei, e uma alma totalmente realizada, Eu não culparei, porque não há luz na vida deles. Eles não conseguem se ver e não conseguem ver os outros. Então, de que adianta culpá-los, culpar esta comunidade, aquela comunidade ou este país ou aquele país? De que adianta? E esse amor é universal. Ele não tem nada a ver com nenhum tipo particular… ou estilo particular, ele é universal.

É por isso que a Sahaja Yoga é universal. Ela está se espalhando por toda parte. Eu quero que vocês desfrutem esse amor. Eu lhes darei apenas um exemplo: uma avó e um neto. Eles têm um relacionamento, pelo menos na Índia, Eu sei, de imenso amor. Para elas, o neto é tudo… e a avó é tudo. Eles simplesmente se amam. O que quer que o neto faça, o que quer que a avó faça, está tudo bem. É uma espécie de tremenda experiência de elevação. Você se sente elevado e desfruta esse amor.

Se não houver pureza no amor, você nunca, nunca poderá desfrutar o amor. Então, Eu lhes pediria que descobrissem esse oceano em sua cabeça, no Sahasrara, que está sendo preenchido pelo seu coração. Você sabem que o Coração e o Sahasrara… estão muito relacionados um com o outro? O estilo deles é tal que se a cabeça de alguém não estiver bem, o coração não ficará bem. Se o coração não estiver bem, sua cabeça não ficará bem. Mas é mais o reflexo da cabeça para o coração. Ele dizem que há genes que são ruins ou aquilo, nada desse tipo. Após a Sahaja Yoga, seus genes são alterados, você é transformado, tudo é transformado agora. Portanto, seu cérebro é preenchido com nada além de luz. Seu coração é preenchido com luz.

E você fica apenas pulando de amor, o tempo todo com bom humor, com cuidado amoroso. Tudo, quero dizer, isso é tão diferente. Mas isso vocês alcançaram agora. Agora vocês obtiveram isso. Portanto, apenas desfrutem isso. Então o sistema de castas e o fundamentalismo, a ganância e a inveja e a competição e tudo, todos caem, coisas inúteis. Mas se vocês têm a selva de insensatez em sua mente, então todos os tipos de animais podem se arrastar para dentro. Para se purificar com amor, purificar-se com amor, olhe para cada situação, para tudo, com amor… e você ficará surpreso ao ver que você achará mais fácil… não dominar, não controlar, não desprezar, não dizer coisas que são erradas. É uma coisa tão corretiva, o amor é… extremamente corretivo e extremamente doador de alegria, que você ficará surpreso consigo mesmo, como está lidando com as coisas. Eu conheci muitos assim.

Havia um Sahaja Yogi… que nunca falava com seu próprio tio, nunca. E ele disse: “De algum modo, eu o odeio.” “Mas por quê?” “Eu não sei por quê, eu o odeio.” E então ele foi a uma pista de corrida… e lá ele viu seu tio chegando. Ele correu e simplesmente o abraçou. O tio começou a olhar: “Agora, o que ele quer?” “Por que ele está fazendo isso? O que é isso? “, em sua mente.

“Por que ele está querendo me amar assim?” Ele não conseguia entender. Quando isso aconteceu, ele não conseguia explicar… que ele tinha se tornado um Sahaja Yogi ou explicar algo. Então o tio perguntou: “O que você quer agora?” Ele disse: “Nada, eu te amo, só isso.” É uma coisa tão boa fazer isso. É uma coisa tão boa dizer isso. Não deve haver ganância nisso, nenhum plano por trás disso, é apenas um sentimento de um oceano que toca todas as margens… e lá ele faz um som, um lindo som de amor. E depois as ondas voltam. Continuamente, ele fica fluindo e continuamente ele fica surtindo efeito, nunca fica cansado.

Eu sei que na Kali Yuga, nascer e fazer esse trabalho… é uma tarefa muito difícil, mas para Mim não foi. Seja o que for que aconteceu, seja com o que for que as pessoas Me perturbaram, seja como for, Eu estava trabalhando nisso a partir desse fluxo de amor. Passei por todos os lugares, onde quer que fosse possível, sempre que fosse possível, seja qual for a Minha saúde ou qualquer coisa, Eu não estava nem um pouco incomodada… e Eu regozijei muito todos vocês, Eu regozijei. Houve uma ou duas pessoas horríveis, não importa. Então, quando vocês estão dizendo todas essas coisas sobre Mim, somente lágrimas vêm aos Meus olhos. Eu não sei o que mais dizer. Quero dizer, é algo que Eu gostaria que vocês fizessem, que vocês entendessem… este tipo de vida onde vocês simplesmente fluem com o seu amor.

Que Deus os abençoe.