Palestra para os Sahaja Yogis

Brighton (England)

Feedback
Share

Palestra para os Sahaja Yogis Brighton, Inglaterra, 12.05.1982

E primeiro vocês têm essa experiência, que eles são buscadores, eles estão desencaminhados, eles são seus irmãos e irmãs, e eles foram realmente levados às garras da negatividade.

Vocês têm de agir muito, muito cuidadosamente em relação isso, muito cuidadosamente. Antes de tudo, eles devem sentir o amor e a consideração de vocês. Isso é muito importante. Então, em vez de perder a paciência com eles ou ficar com raiva deles, vocês realmente devem ter compaixão, porque eles são tão desafortunados. Eles são tão desafortunados. Aqueles que não estão vindo para a Sahaja Yoga e estão indo no caminho errado… são pessoas tão desafortunadas, são pessoas perdidas. Seja o quer for que eles digam, mas eles estão perdidos, e vocês sabem disso. Eles são pessoas perdidas. E com esse mito no qual eles estão vivendo, eles estão indo para o inferno, na verdade. E eles perderiam todas as chances… de obter a Realização se eles não entenderem a Sahaja Yoga.

Vocês têm de falar com eles assim: “Como vocês o reconhecem como seu guru?” “O que ele fez por vocês?” “Quais poderes ele lhes deu?” “Vocês podem ser seu próprio guru”. Não comecem falando sobre Mim, primeiramente. Não, não muito. Vocês devem dizer: “Ela não faz nada. Ela apenas nos torna nosso próprio guru,” “e nós sabemos qual é o nosso problema, conhecemos o problema de vocês,” “vocês podem resolver isso, não é difícil.” “Mas afinal, se vocês são buscadores, o que descobriram até agora?” Quero dizer, se há alguém que tem orientado, vocês devem ver o que ele fez aos outros.

Eles talvez falem, eles talvez digam: “Oh, nós encontramos o caminho, nós o fizemos.” Mas qual caminho? Uma coisa devemos perguntar: “O que obtivemos em nossa própria consciência?” “Em nossa consciência humana, o que obtivemos?” “O que nós alcançamos?” “E é desse modo que vocês saberão,” “porque, vocês não estão manifestando seus próprios poderes.” “Vocês podem estar falando o que o guru diz, o que está escrito naquele livro.” “Qualquer um pode fazer isso, o que é tão formidável?” “Vocês não estão manifestando seus poderes de forma alguma.” “Vocês não têm poderes de nenhum tipo, vocês são pessoas fracas.”

É apenas uma insensatez em massa acontecendo… em que as pessoas apenas seguem alguém e um outro segue, outro segue, mas a pessoa não vê que o que está acontecendo é que todos estão correndo. A pessoa não quer esperar e ver: “Onde nós estamos? Quais são as nossas amarras?” “Você devem descobrir. Nós devemos descobrir por nós mesmos.” “E vocês dizem que estão se sentindo melhor, isso pode ser mimos para o ego.” “Isso não é o que importa. O que aconteceu com sua consciência é o ponto principal.” “Você pode julgar os outros? Você pode se julgar em pontos absolutos?”

“Se você está em pontos absolutos e você julga e supondo que você diga…” “que você julga assim, você tem certeza que o outro julgará da mesma forma?” Quando vocês colocam uma pergunta direta como esta, então eles responderão. Vocês dizem: “Não tentem se enganar, nós nos enganamos da mesma maneira.” Se vocês começarem com isto: “Nós éramos assim, fomos enganados, cometemos todos esses erros”, então eles entenderão. Alguns de vocês devem dizer: “Nós fomos para o lado das drogas, para o canal esquerdo, em hipnose. ” “Era hipnose, primeiro não sabíamos que era hipnose, estávamos hipnotizados.” “Nós não sabíamos, estávamos tão encantados com o jeito deles,” “com o comportamento exterior e isso e aquilo,” “que nunca entendemos que aquilo era hipnose.” Mas logicamente também, vocês devem entender… que se nos organizamos como algo, nós estamos realmente querendo dizer isso ou é outra coisa artificial? Exatamente como uma igreja ou exatamente como qualquer outra organização. Não é a organização de Deus.

Se é assim, vocês entendem? E então com a Sahaja Yoga, vocês devem dizer: “Nós podemos sentir a Kundalini de vocês, podemos sentir nossa Kundalini,” “conhecemos nossos chakras, conhecemos os chakras de vocês, podemos sentir isso.” “Até as crianças podem sentir isso, se elas forem almas realizadas.” “Nós falamos a mesma língua.” “Nós elevamos a Kundalini dos outros, através da qual nós temos curado pessoas…” “de câncer, de muitas doenças, doenças mentais, doenças emocionais.” “Vocês podem fazer isso?” Vocês devem dizer: “Vocês não têm nenhum conhecimento da técnica de Deus”. “A técnica do Divino é diferente de nossa técnica.” “Apenas sentar, ficar de pé, pular, gritar, isso não é uma técnica.” “A técnica é que vocês devem saber para onde nós estamos nos movendo.”

Então, vocês também podem falar sobre as pessoas de canal direito, que dizem: “Nós somos do governo mundial de Deus e uma Encarnação nasceu”. “Onde ele está? Ele está morto agora.” “Quem são vocês? Nada, exceto que vocês têm um pouco de dinheiro.” “Há muitas pessoas que têm dinheiro.” “Mas organizando o morto não é a maneira de organizar.” “Vocês estão se enganando por esse tipo de conversa sem sentido.” “Isso tudo é insensatez, está tudo escrito nas escrituras.” “Se vocês sabem como ler as escrituras,” “vocês podem apenas interpretá-las e colocá-las como quiserem…” “e se vocês sabem como impor e falar, vocês podem escrever muitos livros.”

“Não é nada extraordinário. Mas vocês conseguem ler seu próprio livro?” “Vocês podem sentir seus próprios chakras?” “Vocês conseguem ler os chakras de outra pessoa?” Esse é o ponto principal. Vocês devem dizer: “Nossa Guru não quer nenhum dinheiro.” “Ela nem mesmo é um Guru, Ela é uma Mãe, é tão carinhosa.” “Ela não aceita nenhum dinheiro, Ela não faz nada. Pelo contrário,” como Bala disse, “Ela nos dá presentes, Ela cuida de nós.” Mãe, eu estava conversando com um senhor, ele não é Sahaja Yogi, mas ele é muito conhecido na região de Brighton, e eu disse a ele: “Como você vê a Sahaja Yoga?”

“E como outras pessoas que ouviram falar da Sahaja Yoga se sentem sobre ela?” E parece que ainda estamos sendo – nós não somos muito conhecidos… e as pessoas ainda nos veem como uma seita, Mãe, porque, com todo respeito, Mãe, quando, quando eles veem a foto de alguém com um nome, imediatamente a resposta é: “É apenas outra organização, é uma seita”. Por quê? Quero dizer, Minha foto, esta foto não parece assim, não é? Não, Mãe. Você deveria colocar esta foto. Quero dizer, há uma diferença, você deve falar com eles: “Não é uma seita, porque nós não temos organização, não temos membros,” “nós não pagamos nada, primeiramente. Então nós, todos nós somos…” “pessoas que estão conscientes de uma nova dimensão em nossa consciência.” “Até crianças pequenas vêm. Nós sabemos, elas sabem.”

“Seita é uma coisa que cria fanatismo.” “Nós não temos fanatismo, estamos abertos a todos. Todos podem vir.” Eles têm de receber a Realização, é o ponto principal. Toda a nossa atitude é totalmente sutil e devemos dizer de forma muito, muito… espiritual, porque nós dizemos: “Vocês devem obter a sua Realização”. Nós não dizemos: “Vocês devem pagar”. Entendem? “Vocês devem obter sua Realização”. Em segundo lugar, vocês falam… em criar grandes fundos e coisas assim para o crescimento. Tudo bem?

“Mas, nós queremos a transformação.” “Nós queremos a transformação de vocês, isso é importante.” “O que transforma a pessoa, o que transforma os outros.” “Transformação. Portanto, é uma coisa viva.” “E as coisas vivas não podem ser seitas, entendem? É uma coisa viva.” “O que queremos é que vocês obtenham uma nova consciência…” “na qual vocês devem crescer e vocês devem se tornar efetivos, entendem?” A Sahaja Yoga não é muito conhecida porque nós não somos uma seita. Esse é o principal motivo.

Mãe, essas são pessoas grosseiras e… o sentimento geral entre elas é que se é indiano tem de ser uma seita. Quem? Porque é indiano, entende? Porque a Senhora nasceu na Índia. E quanto as seitas que eles estão tendo na América e por toda parte? Sim, bem, eles veem o Maharishi e o sujeito de laranja… e eles apenas pensam: “Oh, é apenas mais um!” É apenas o que eles dizem. Vocês devem falar sobre a Índia, que a Índia é o lugar que tem as raízes… e nós somos os galhos, não há dúvida sobre isso. Eles não entendem em qual nível eles estão. Sim, é verdade.

A Índia toda não é uma seita, não é toda uma seita. Existem pessoas verdadeiras e existem pessoas falsas. E as pessoas falsas estão no mercado. Mataji não está no mercado, Ela é um templo no mercado. Essa é a diferença. Ela não está no mercado, Ela não está vendendo nada. Entendem? Mas, o templo tinha de ser estabelecido no mercado, porque no mercado as pessoas estavam procurando em nome de Deus. Então Ela é a única Guru que veio, que é uma pessoa verdadeira, que é uma pessoa realizada, que não é uma pessoa de seita, mas chegou ao mercado… e Ela é o templo, o que é uma coisa mais difícil. E vocês podem dizer: “Nós vimos, na verdade, com nossos próprios olhos,” “a ascensão da Kundalini.

Nós vimos pessoas sendo curadas com a Sahaja Yoga,” “saindo dos hospitais, como não acreditar?” Por Sahaja Yogis. Christine se curou de um câncer no sangue agora. Eles estão muito confiantes. Não que somente Eu tenha curado, mas Christine se curou agora, Christine e – qual é o nome dele, o outro? Eles, eles curaram, então vocês não podem simplesmente dizer – Herman. Mas vocês também podem curar. Então isso não é um culto. Nossa saúde melhorou. Nós abandonamos todos os velhos hábitos, o alcoolismo, automaticamente; nós estamos economizando dinheiro, de todas as maneiras, nós estamos em melhor situação.

Na seita isso não acontece, vocês somente começam a se comportar… de maneira estranha, todo mundo fica se tornando estranho. Nós somos pessoas muito normais, nós não somos estranhos. Pelo contrário, nós abandonamos toda a nossa esquisitice. A seita é uma coisa estranha. Mas se vocês andarem em qualquer lugar, não serão chamados de estranhos, de forma alguma, pelo contrário, serão chamados de pessoas muito saudáveis e felizes. Nós fomos a uma… loja na Itália. A dona de uma loja muito grande. Assim que ela viu, ela disse: “Ha, ha, venha.” Sim, ela não sabia o que estava acontecendo com ela. “Ha, por favor, entre.

Oh, venha.” Muito feliz, “venha.” Ela não sabia o que estava acontecendo com ela, a maneira como ela estava se expressando, tão engraçado. E depois, isso aconteceu na França, e depois nós fomos a uma outra loja. Eles disseram: “Vocês parecem muito felizes,” “pessoas muito felizes, tranquilas. Então quem é a Senhora?” E um homem que Me viu no aeroporto, ele era do Congo, e ele simplesmente Me seguiu. Havia três, quatro outros que Me seguiram e eles vieram ao aeroporto. Nós estávamos sentados no aeroporto e… ele perguntou a eles, ele é do Ministério das Indústrias do Congo, e ele perguntou: “Quem é esta Senhora?” “Ela parece tão serena…” “e vocês parecem tão felizes, o que é tudo isso acontecendo?”

E agora, depois ele foi ao ashram; agora ele vai levar isso para o Congo. Então vocês devem dizer: “Ou vocês são buscadores ou não são.” “Se vocês são, vocês devem buscar isso assim como nós buscamos.” “Nós passamos por todas essas coisas sem sentido.” “Nós viemos somente para lhes dizer, porque vocês não devem ficar perdidos.” Sim? Eu ainda vejo a luz divina nas pessoas, outro dia, Mãe, e eu estava falando com elas… sobre o que a Senhora vive dizendo sobre as experiências. – Eu não consigo ouvir. – Eu estava falando com eles, certo. Eu estou tentando meio que fazer com que eles venham ao pavilhão, certo, e… – Fale de Richard, Mãe.

  • Estava tentando falar do encontro, Mãe. – Sim, Eu sei. – E eles disseram algo como: “Bem, nós ouvimos todas essas histórias sobre como…” “as pessoas têm bloqueios em seus chakras e começam a tremer.” “Como você sabe o que está acontecendo em todo esse tipo de coisa?” A Senhora poderia nos dar algum tipo de contra-argumento bom, racional a isso? Porque eles estão tão envolvidos com o guru deles que pensam que o deles… está certo e se você sentir dores nos chakras, eles disseram que… é porque você está todo bloqueado e não eles, entende? É muito simples. Dê em si mesmo um bandhan e você pode discernir. Se você apenas der um bandhan em si mesmo, então você poderá discernir. Sim, mas para isso, para satisfazer a mente deles.

Não, isso deve estar bem claro para você também, não é? Então, se você der um bandhan em si mesmo, você pode distinguir isso. – Sim. – Você pode ir e falar com eles. Você deve dizer: “Em qualquer caso, venham e ouçam a Mãe.” “Ela lhes dirá se vocês têm algum problema, talvez não sejamos tão bons ainda, talvez.” “Mas nós definitivamente sentimos.” “Ainda temos de aprender porque temos de nos transformar e conhecer toda a técnica.” Então, isto é o que você deve aceitar em uma situação: “Talvez nós não saibamos.” Apenas dê em si mesmo um bandhan e você saberá.

E depois você não tem de fazer isso também, imediatamente você sabe… qual é o seu e qual é o deles. Por que você não vai e fala com eles? Leve uma ou duas pessoas daqui, de novo. As pessoas do subúrbio e de Londres podem ir, as pessoas mais antigas podem ir e dizer. Oh, mas nenhum deles veio aqui de… Gavin, todas essas pessoas, ninguém. Vocês podem ir e falar, todos vocês são bastante experientes nesse sentido. Vocês podem dizer a eles, podem fazer bandhan em si mesmos, podem sentir isso. Tudo bem? Se houver três, quatro pessoas, então se uma é demasiada, porque eles são pessoas negativas, então eles tentam meio que humilhá-los. Mas se há uma pessoa assim, outra pessoa pode se levantar e dizer: “Isso é isso.”

Outro pode dizer: “É isto”. É desse modo. Mas não deve haver brigas entre os Sahaja Yogis lá. Isso é importante. Caso contrário, isso seria ridículo. Mas é desse modo que acontecerá, isso vocês podem distinguir. Mãe, a Senhora também foca Sua atenção na pessoa que está a frente, não é? Colocando a atenção e então se a Senhora capta… Sim, está certo. Minha atenção está lá em Brighton, sem dúvida, mas o que Eu estou dizendo é que… vocês são os canais agora. Vocês têm de fazer o trabalho.

Eu sou a fonte, mas vocês têm de ser os canais. Os canais têm de estar bem. Digamos por exemplo… Vejam isto. A verdade é o que vocês usam, é o seu grande… Brighton. Agora está melhor. Está melhor agora? Como está? E quando eles lhes fazem tais perguntas também, vocês devem dizer: “Mas vocês nem mesmo conseguem ver esses bloqueios, não conseguem ver nada.” Vocês devem dizer: “Vocês nem mesmo viram a olho nu…” “a Kundalini se elevando, nada. Nós vimos isso!”

Pelo menos vocês veem que estão progredindo. Talvez o conhecimento não esteja completo, mas nós estamos vendo isso. É a concretização, não é apenas fala. Se você levar três, quatro pessoas é sempre melhor em uma discussão. Vocês devem dizer: “Olhem, vocês querem alcançar isso ou não?” “Vocês não têm de pagar nada.” “Nada deve ser entregue, nada.” “Vocês só precisam vir e ver por si mesmos.” “Afinal, o que Ela irá ganhar com vocês? Nós temos de ganhar com Ela.”

“Então por que não?” Melhor. Vocês têm de dizer a eles sobre a preocupação que vocês têm. Vocês devem dizer: “Vocês não irão obter isso, essa não é a maneira.” “Vocês não estão manifestando nenhum de seus poderes. ” Se nós estamos tecnicamente bem, uma pessoa pode estar bem, tecnicamente, quem entende a técnica, a técnica divina, outro que pode argumentar, outro que pode falar sobre… outros gurus e coisas assim, três, quatro pessoas. Todos vocês devem ter um centro de treinamento adequado, Eu acho, para isso. Sentem-se, conversem, conversem, descubram como propagar, como falar. Todas essas coisas, vocês têm de fazer. Como Warren fez e realizou maravilhas.

Mas o próprio Warren se interessou muito por isso e ele realmente aprendeu. Apenas dediquem-se a isso, descubram o que é o quê, o que é o quê, o que é o quê. É desse modo que ele pode fazer muito melhor. Adquiram todos os livros da Sahaja Yoga, isso, aquilo, tudo. E pratiquem-na, descubram isso, aquilo, todo tipo de combinação e essas coisas. E então também, quando vocês começam a fazer isso, vocês adquirem o conhecimento. O Advento, nosso Gregoire escreveu, e Eu lhe perguntei: “Como você conseguiu todas essas citações?” Ele disse: “Eu apenas as obtive”. “Quando eu estava escrevendo, elas simplesmente vieram a mim,” “ou eu li no livro ou em um jornal,” “de repente, naquele momento somente, eu obtive isso.” Então é desse modo que o conhecimento chega até você.

Por exemplo, hoje somente Eu comprei uma camisola da Shonu ou algo assim, então Rustom disse: “Mãe, a Senhora nunca usa”. Eu disse: “Não, não uso, Eu uso sari. ” Ele disse: “Eu sei, porque a Devi não deve dormir de camisola”. Devi, entendem? Eu estou de plantão 24 horas. Quando Eu deveria Me despir? Está correto. Ele Me disse isso: “Como pode uma Deusa se despir durante a noite?” “Porque Ela não tem noite e Ela não tem dia.” A forma como ele estudou é realmente notável, entendem?

A forma como ele estudou todos os nomes da Deusa, os significados e tudo mais. Dá a vocês uma força imensa e a identificação com isso. Ele disse: “Como pode a Deusa se aposentar? Ela não tem aposentadoria.” “Quando Ela dorme, Ela está trabalhando ainda mais arduamente.” É um fato. E toda essa compreensão vem pela identificação… de você mesmo com o Criador. Porque superficialmente… parece estranho que Eu deva dormir de sari, vocês estão certos. Mas se vocês fixarem um ponto: tudo que a Mãe faz é algo divino, então tudo começa a se revelar para vocês, por que Ela faz isso. Agora, essa coisa, como a Coca-Cola.

Eu, Eu, primeiro Eu nunca a tomava. Agora, há algo que melhorou nela, algo foi removido dessa Coca-Cola, que estava errado lá, agora Eu posso tomá-la. Eu nunca bebia Coca-Cola. Em coisas pequenas, em grandes coisas, vocês podem ver, hoje em apenas um ponto, Eu disse: “Eu acho que vocês estão indo numa direção errada.” Em apenas um ponto Eu disse. É claro que Eu disse a ele qual caminho seguir e tudo mais. Mas em apenas um, e foi nesse ponto que ele cometeu um erro. Muitas coisas, Eu tenho de fazer. Eu tenho de administrar essa coisa grande. É uma tarefa muito difícil.

Ser um ser humano é a tarefa mais difícil, Eu digo. Mas Eu estou lidando com isso muito bem e vocês devem usar isso. Vocês devem usar isso para Me camuflar, no começo, muito. Vocês devem dizer: “Exatamente como nós, Ela é totalmente humana.” “Ela bebe chá, Ela se senta conosco, Ela fala conosco.” “Não é desse jeito, e nós sabemos o que estamos fazendo, cada palavra.” “Somente em uma seita, vocês se tornam fanáticos e não sabem o que estão fazendo.” “Não é desse jeito, nós sabemos tudo.” “Nós sabemos como as pessoas são hipnotizadas.” “Nós sabemos quais são os chakras, nós sabemos tudo sobre isso.”

“Seita é ignorância. Isso é conhecimento.” “E nós não queremos que vocês sejam pessoas infelizes”. “Nós não queremos que vocês reinem a si mesmos em completo terror…” “e fiquem sob o reinado do terror e da agonia e da frustração.” Vocês devem perguntar às pessoas que estiveram lá por doze anos, treze anos, nesses movimentos: “Onde elas estão?” “O que aconteceu?” Elas estão apenas na Sahaja Yoga. A maioria dessas pessoas mais antigas de todos esses gurus estão na Sahaja Yoga. O movimento carismático. Vocês deveriam ter visto os carismáticos, bapre!

  • O sujeito entrou em… você não estava lá? – Eu não sei. Na França, eles entraram em uma grande, nós nunca vimos uma epilepsia assim. Por quanto tempo, vocês sabem? Longo tempo. Mais de meia hora, eu acho. Pelo menos meia hora. Sim. Estavam chorando e doentes e tudo mais. Além disso, o corpo todo ficava tremendo.

Em total convulsão. E ele ficou curado. Eu apenas lhe disse: “Levante-se agora.” Olá. Jason está aqui? Sim. Oh, ótimo. Olá, Jeremy. Como você está? Bem?

Margaridas e margaridas, atualmente. Apenas vejam. Eu nunca vi uma margarida assim antes. Mãe, você pode levar? Que cor! E aqui o Sahasrara é muito forte, vocês veem isso? É belo. E as margaridas são muito perfumadas atualmente, muito perfumadas. – O nome da babá é Daisy. – É por isso.

Todos eles sabem. As margaridas têm maior variedade agora, Eu acho. Eu irei ver na… Eu não sei, quando eles irão ter essa exposição de flores de Chelsea? Semana que vem? Próximo mês? Uma semana? Ou Eu não sei quando. – É em maio. – Muito em breve. Muito em breve, Mãe, este mês.

Eles estavam construindo todas essas coisas, hoje nós vimos. Mas talvez na próxima semana, talvez. Vocês devem dizer: “Esses argumentos não têm nenhum sentido,” “não lhes dão nenhuma força. Não se deixem enganar. Não é bom.” “Vocês podem rotular qualquer pessoa como uma seita, mas o que ganharão com isso?” “Não há dinheiro, não há organização, não há membros.” “Como pode ser uma seita? E somos pessoas muito normais, não somos estranhos.” “A primeira coisa é que eles deveriam ser pessoas estranhas fazendo algo estranho.”

“Nós não fazemos nada estranho.” Eles talvez digam que vocês movem suas mãos e coisas assim. Vocês devem dizer: “Quando o poder começa a fluir de nossas mãos,” “nós temos de usar nossas mãos, nós podemos sentir o poder fluindo”. Tudo bem? Quando você foi? Para ver quem? Eu acabei de vê-los, não fui vê-los, simplesmente os vi por acaso. Apenas aconteceu de eu vê-los, não fui vê-los, Mãe. Apenas aconteceu deles estarem lá, na hora que eu estava passando, ao mesmo tempo que eles estavam. Então nos envolvemos em uma conversa natural.

Vá e fale com aquele sujeito, que é bem conhecido… ou seja ele quem for. Qual é o nome dele? Eu tenho trabalhado nele, Mãe, falando com ele algumas vezes. O nome dele é John Noyce, Mãe. O nome dele é John Noyce, Mãe. E … Deixe Phil e todas essas pessoas irem vê-lo. – Sim – É uma boa ideia. Nick está lá, qualquer um acha que é normal, leve três, quatro pessoas e fale. Sim, Mãe. Danny está lá.

Agora, qualquer um. E não precisa ser pessoas, digamos, de Brighton. Se você é do mesmo lugar, ninguém tem nenhum respeito por você. Você deve levar as pessoas de… Todas essas são psicologias humanas. Vocês devem praticar isso. Eu acho que devo dormir agora, 11:30. Certo? Se vocês tiverem o calibre, conseguirão falar, vocês verão. Não o coração. Se vocês disserem isso, vocês os ferirão.

Mas é um calibre. Isso é verdade, mas é preciso ter esse calibre, de uma busca. Se vocês são buscadores superficiais, então é bastante difícil, Eu acho, é melhor. Mas se vocês estão buscando profundamente, então isso dará certo, sem dúvida, nós temos visto isso. Vocês não podem dizer “você”, mas vocês devem dizer: “Nós temos visto algumas pessoas que são do tipo muito superficial.” “Elas realmente não se fixam, elas simplesmente vão embora.” Mas nós temos algumas pessoas de calibre muito alto. Elas simplesmente entram e têm o padrão, elas simplesmente se encaixam nele assim. É um fato. Nós não estamos contando mentiras, entendem?

Mas isso instigará os desafios deles e eles ficarão melhor. Tudo bem, então se vocês não se importam, Eu queria tomar um banho. Agora, Eu terei isso amanhã de manhã. Eu estava dizendo que amanhã de manhã, as crianças gostariam de ir… a essas coisas de crianças ou algo assim? Muito bom, Mãe. Eu disse a ela. Ela, ela se interessou tanto por Mim, de repente. Nós estávamos na mesma mesa, ela simplesmente ficou Me encarando… e havia outras oito pessoas ao todo, uma mesa pequena. Mas ela se interessou tanto por Mim, não sei por quê. Ela Me fez várias perguntas diferentes, diferentes, ela Me fez tantas perguntas.

E uma delas era – ela perguntou – Eu disse a ela que éramos muito felizes, os indianos ficaram muito felizes… quando vocês disseram coisas boas sobre os indianos estabelecidos aqui. “Oh, eu estou falando sério, falando sério.” “Eles são pessoas muito dotadas de espiritualidade.” “O modo como vivemos nossa vida, nós fazemos uma bagunça de nossas vidas,” “eles são sensatos, seus filhos são educados, são pessoas muito sólidas…” “e eles têm, eles têm muito -” “eles têm dado muitas contribuições para o crescimento deste país. “, ela disse. Então ela disse: “O modo como eles administram esse lado espiritual.” Eu disse: “É como um – o desenvolvimento de vocês é este do galho, Eu acho,” “e talvez nós estejamos no lado da raiz “. “Oh, deve ser isso.” E então ela fez uma outra pergunta a eles: “Eu tenho visto pessoas que são muito boas do ponto de vista acadêmico.” “Elas, eu não sei, elas ficam ocidentalizadas às vezes.”

“Eu não sei o que acontece com elas.” “Elas são muito boas como indivíduos, elas são multo bem-sucedidas.” “Elas são individualistas, mas o que acontece com elas mais tarde na vida, eu não sei.” Então ela perguntou a elas: “Elas dizem, há alguém que está dizendo…”