Public Program, The Essence of Sahaja Yoga

London (England)

1983-06-06 The Essence of Sahaja Yoga, London, England, DP, 58' Download subtitles: EN,FI,LT,PT,ROView subtitles:
Download video (standard quality): Download video (full quality): View and download on Vimeo: View on Youku: Listen on Soundcloud: Transcribe/Translate oTranscribe

Feedback
Share

Public Program, “The Essence of Sahaja Yoga”. Holborn Library, London (UK), 6 June 1983.

Agora, a essência da Sahaja Yoga, Eu tenho certeza que Sr. Govindram deve ter lhes explicado qual é. E muitos de vocês são da Sahaja Yoga.

Então Eu não preciso lhes explicar todos os detalhes. Mas hoje, nós temos de entender uma coisa, esta é uma época muito séria em que nós nascemos, extremamente séria. E quando olhamos para a vida, nós não entendemos que se perdermos essa chance de nossa evolução, não somente a perderemos para nós mesmos, não somente a perderemos para a Inglaterra, ou somente para um único país, mas nós a perderemos para toda a Criação. O problema é que, em nome de Deus, em nome da evolução, em nome de uma vida mais elevada, muitas pessoas falsas surgiram… de modo que ficou impossível convencer alguém… de que resta algo que seja verdade nisso. Sob essas circunstâncias, a pessoa tem de falar sobre a verdade… e falar sobre a verdade, não lhes dá a experiência da verdade de forma alguma. Discutir sobre isso não lhes dará a verdade, é um reino diferente, no qual a pessoa tem de entrar, é uma nova consciência que vocês têm de adquirir, para compreender a verdade, para a qual Eu não sei quantos estão preparados, e quantos gostariam de saber, e mesmo se eles quiserem saber, quantos a compreenderão. Portanto o problema é o oposto. Não é o problema de que você tem poucas pessoas. Não é o problema… de que a Sahaja Yoga não pode lhe dar a Realização, não é o problema de que você não conhecerá a verdade, mas a circunstância toda é tal… que tudo que é falso, tudo que é espúrio, todo que é idiota, estúpido, atrai as massas. Às vezes Eu acho que desenvolvi um método… através do qual Eu posso realmente dar a Realização em massa… no mundo inteiro, definitivamente Eu desenvolvi.

Mas o problema que se mantém é que as massas não estão interessadas. São somente muito poucos que realmente conseguem intensamente… ter interesse no processo evolutivo deles… e gostariam de sair da ignorância na qual eles têm vivido. Em todos os países orientados pelo ego, é muito dífícil estabelecer… que ainda somos ignorantes, que nós temos de saber muito. É muito dífícil. Porque eles pensam que sabemos tudo. porque nós estivemos na lua. Como os russos dizem: “Nós nunca vimos Deus, nós fomos à lua, nós nunca vimos Deus.” Seria como dizer que “eu fui ao terceiro andar, eu não vi Deus.” Onde Deus reside? Onde Ele se manifesta dentro de nós? De que maneira Ele se manifesta, nós não queremos ver. O que nós queremos ver é que através de nosso esforço, se não temos sido capazes de ver Deus, então Ele não existe.

É desse jeito que a nossa atitude é. Mas é melhor dizer “não” a tudo que não conhecemos… através de nosso esforço, porque até agora, nós não sabemos sobre Ele. Então Ele não existe. Então você se vira para a caverna, quando você vê as sombras de si mesmo, você acredita somente nelas e diz: “Nunca existiu nada mais, a luz não existe.” Esse tipo de atitude existe… ou persistentemente Eu estou enfrentando. E às vezes, Eu não sei como dar a Realização a eles. Agora, como Eu disse, é o oposto. Você tem de buscar. Você tem de pedir isso. Você tem de pedir isso sinceramente. Ninguém vai cair aos seus pés e dizer: “Tudo bem, receba a sua Realização.” “Tudo bem, receba isso pelo amor de Deus!” Apenas receba isso! Porque nada é vendido aqui.

Vocês são tão usados pela capacidade de convencer do vendedor, que achamos que se alguma coisa está sendo vendida, as pessoas têm de persuadi-lo, solicitá-lo, pedi-lo, você pode poupar libras, está à venda e tudo mais, Mas nada está à venda. Essa é uma proposição muito dífícil de entender… na atmosfera atual, onde nós não sabemos se você pode conseguir algo que não esteja à venda. Mas Eu espero vagarosamente e firmemente, todos nós temos de alcançar isso. De algum modo, temos de trabalhar muito arduamente. Às vezes é muito frustrante… e é tão estúpido o modo como as pessoas reagem, que Eu simplesmente não sei o que dizer. Como outro dia, nós tivemos um encontro em Brighton. Eu estava rindo o tempo todo. Mas tão lamentavelmente, um senhor veio ao nosso programa… e ele reclamou, ele achou, ele disse: “Eu fui filmado”. Quem teve tempo aqui para colocá-lo em um vídeo? Quem está interessado em tirar fotografias dele?

Ele disse: “Eu sou um diretor.” E daí? Na presença do Divino, o que é um diretor? O que é um rei? O que é isto? Apenas pensem nisso. Quem é ele? O que ele pensa de si mesmo? E ele reclamou de nós. Eu espero que ele não vá à polícia por causa disso. Mesmo as leis são tão estúpidas às vezes, Eu não consigo entender, como ele teve qualquer direito para reclamar.

Se você vem a um programa… que está sendo conduzido com uma câmera Me filmando… e se você é fotografado, como você pode reclamar? Uma coisa que percebo é que de um lado… existem pessoas tão estúpidas, inúteis, de outro lado existem buscadores tão grandiosos. E como chegar neles? É como um diamante coberto com muita lama. Tanta lama. É tudo lama. Descobrir esses diamantes nisso, mergulhar nessa lama de ignorância, tirar esses diamantes que estão perdidos, é uma tamanha preocupação que às vezes Eu acho… que essa lama irá cobrir o cérebro deles, o ego deles, tudo, e talvez eles não recebam a Realização. Talvez eles não compreendam esse ponto essencial. Na verdade, o Divino não sabe o que os seres humanos criaram. Realmente, Eu lhes digo, o Divino não tem ideia da insensatez que vocês criaram em volta.

Vocês criaram todos os tipos de insensatez… a partir de sua ignorância, do seu ego, a partir da escolha que vocês tiveram. Eu não consigo explicar porque as pessoas criaram… esse tipo de ignorância, que não pode ser desintegrada, não pode ser removida. Porque eles estão tão identificados. É como um carimbo de “orgulhoso” que não consegue sair das pessoas. E quando uma coisa assim acontece, você sente: “Oh, Deus!” A criação inteira foi formada, todo o trabalho aconteceu, os seres humanos se desenvolveram tão bem, do estado de uma ameba, eles foram trazidos para este estágio. Agora, nestes tempos modernos, você percebe os seres humanos… tão estúpidos, tão tolos, e enganando os outros com sua estupidez e tolice. Como nós estamos para nos aproximar… das pessoas que são verdadeiros buscadores, que têm sido buscadores por séculos, aqueles que buscaram por vários anos, por todas as suas vidas anteriores, que estão perdidos? Ás vezes é muito, muito decepcionante. Mas ainda assim, a esperança é a última que morre, Eu espero que alcancemos todos os cantos… deste universo onde encontramos… todas as pessoas que são os verdadeiros buscadores. É o direito deles saberem, é o poder deles conhecerem o Divino.

Não é para todo mundo, porque ele é alguém que é um diretor… ou um rei ou qualquer coisa. O que isso importa? Na presença de Deus, eles serão postos para fora. Não será permitido a eles entrarem no Reino de Deus. A quem será permitido entrar no Reino de Deus? Aqueles que conheceram. Não aqueles que só falam sobre Deus. Aqueles que dizem: “Nós somos os veneradores de Deus, nós aprendemos muito”. Eles dirão: “Tudo bem, vão com seus livros…” “para os lugares de onde vocês vieram.” O que você tem de saber é através de sua consciência, você tem de saber em sua consciência. A consciência tem de ser iluminada.

Ela não é, o que você sabe é consciência humana, que ainda está em um ponto, Eu digo, que tem de crescer muito. Primeiro ela tem de ser despertada… e depois ela tem de crescer em sua luz. São tantas jornadas que temos de fazer mesmo depois da Realização. Não leva tempo nenhum, às vezes, dar a Realização a muitas pessoas. Eu sei que isso aconteceu com muitos. Mas eles não sabem o que eles têm de alcançar. Esse ego é uma coisa tão horrível… que as pessoas não querem ver o que elas obtiveram, e o que elas têm de ocultar, tem de ter e o que elas merecem. Elas estão tão identificadas com o ego e satisfeitas com ele, que elas não querem ver essa beleza que está dentro delas, o Espírito, o reflexo do Amor de Deus, que é como a coisa mais elevada e mais preciosa… que você poderia imaginar. Nesta Inglaterra, Eu não sei quantas palestras Eu dei… e o quanto Eu tenho trabalhado duro. É claro, há resultados, sem dúvida.

Mas é tão lento. Comparado ao impostor, comparado às pessoas artificiais, comparado às pessoas que ganharam dinheiro de vocês, àqueles que os exploraram, que os arruinaram, a Sahaja Yoga está produzindo resultados muito vagarosamente. Eu não teria ficado tão desapontada… se fosse na época de Cristo, porque naquela época, havia muito poucos buscadores. Na verdade, mesmo os pescadores que Cristo reuniu não eram buscadores. Vocês são buscadores da verdade. E muitos de vocês nasceram somente para buscar a verdade. E aonde estamos indo? O que estamos fazendo em relação a isso? Quais são nossas ideias sobre a verdade? Nós podemos ter nossas próprias… ideias, concepções sobre a verdade?

Não é nosso ego que tem nos dado muitas ideias? Não é que nós não queremos ver a verdade? Eu encontro todos os tipos de pessoas neste país. Eu devo dizer que eles têm uma posição social muito elevada, muito importantes, alguém é um lorde e alguém é uma dama… e alguém é uma outra grande personalidade, e isso e aquilo. Mas eles disseram: “Quem quer mudar?” Eu disse: “É mesmo?” Isso é verdade. Porque eles acham que são as pessoas mais importantes que já nasceram… e eles vão levar toda a sua nobreza com eles para o céu. Eles disseram: “Quem quer mudar?” Então Eu disse: “Muita coisa pode ser dita sobre o assunto,” “mas se você não quer mudar, isso é um ponto final, um total ponto final.” Você não consegue falar com eles. Agora isso, Eu devo dizer, somente pode dar certo com pessoas que são buscadoras, que querem saber, através da consciência delas, o que é a verdade. Você tem de conhecer o seu Espírito. Sem conhecer o seu Espírito, você não pode saber o que é a verdade.

Seja o que for que Eu lhe fale é um desperdício, completo desperdício, porque você não adquiriu essa consciência hoje… para saber sobre o que Eu estou falando. Então a primeira coisa é: Eu lhes peço que se tornem o Espírito. É uma coisa simples assim. Por exemplo, agora Eu tenho de ver dentro de sua pele, Eu terei de usar um microscópio. E então as pessoas dirão: “Tudo bem, você vê através do microscópio,” “você não consegue ver a olho nu.” Certo? Vamos supor que Eu queira escutar o coração de alguém, então as pessoas dirão: “Use um estetoscópio,” “senão você não consegue escutar o coração de alguém.” Tudo bem. Você não questiona nesse momento, questiona? você simplesmente o coloca lá e tenta escutar. Da mesma maneira, por que nós não fazemos assim em relação ao Espírito? Por que não fazemos o que é dito?

Que você tem de ter a sua Realização, que você tem de se tornar o Espírito primeiro, que a menos e até que essa consciência seja iluminada… pelo Espírito, você não consegue ver. É como falar alguma coisa sobre as cores para um cego, você tem de abrir seus olhos, mas essa coisa simples, as pessoas também não aceitam. A razão é que as pessoas são muito ingênuas. Elas não sabem o que é isso, e também elas não querem entender. Agora, assim como você vê uma árvore ali… e muitas árvores estão lá, você deve também saber que há raízes nela. Mas alguém lhes falou que há raízes. Você pode não acreditar nisso, mas por que não ver? Esse é o ponto. Por que não ver se há raízes ou não? Vamos supor que Eu diga: “Seja o que for que você for externamente,” “você é muito mais internamente.” Então por que não vemos isso?

Esta é uma pergunta simples que devemos nos fazer: “Por que eu deveria colocar alguma barreira a esta visão,” “se isso vai me proporcionar tudo de bom neste mundo?” “Se isso vai me proporcionar ainda que uma vaga ideia…” “dessa bela coisa chamada Espírito, por que não ter isso?” Você não tem de pagar por isso, você não tem de se esforçar para isso, você não tem de fazer nada, mas você tem de desejar. Esse é o ponto que estou tentando mostrar… que se você não desejar de coração, então Deus não irá cair aos seus pés, “agora, por favor deseje para Mim.” Ele fará isso? É uma coisa simples assim… e se vocês não entendem que vocês têm de realmente desejar isso, porque é um círculo vicioso tão grande, Eu devo lhes dizer. Esta Kundalini – a figura não está aqui – a Kundalini é o puro desejo dentro de vocês. É o desejo que ainda não está manifestado, ele ainda não está despertado no sentido de que está atuando, mas ele não atuou. Então, sendo assim, o quanto é importante que você tenha o desejo… de estar unificado com o Divino, de estar em Yoga, de estar unificado com seu Espírito. O desejo tem de ser forte, se não for um desejo forte, você está desafiando sua própria Kundalini, você é anti-Kundalini… e então a Kundalini não se elevará. Mas o que este cérebro alcançou até agora? Apenas observe isso. Você deve entender, o que temos alcançado através deste cérebro?

Por exemplo, este diretor estúpido, seja quem for, foi lá, apenas pergunte a ele que bem ele fez a alguém? O que ele sabe sobre a vida espiritual? O que ele entende sobre a vida de Cristo? Mas se ele envia uma carta, o jornal fica muito disposto a publicar isso. Vejam a estupidez da coisa toda. Sem entender que qualquer coisa que tenha de chegar às massas… deve ser algo sensato, proveniente de um homem sensato, que se supõe ser uma autoridade… em vida espiritual sobre a qual ele está falando. Que bem esse sujeito fez? Ninguém lê isso. Mas se Eu escrevo algo ou algum Sahaja Yogi diz: “Vejam,” “vindo para a Sahaja Yoga, abandonamos todos os nossos maus hábitos,” “eu fui curado do meu cancer”, ou qualquer coisa assim, ninguém quer escutar você. Eles acham que você é louco.

Mas um homem como aquele, se ele escrever, então eles publicarão. Assim, isso mostra muito claramente… que você vê que estamos vivendo com pessoas… que realmente não são só loucas, mas são pessoas totalmente tolas, que não têm nenhum bom senso de forma alguma em relação ao modo como eles têm de viver… e ao modo como eles têm de agir. Isto é que viemos saber sobre muitas pessoas agora, que às vezes, vocês têm de tomar sob sua responsabilidade… examinar isso e descobrir qual é a verdade. É você quem tem de descobrir isso. Veja, seria algo assim, Eu digo agora: “Este é o lugar onde há muitos diamantes”, por exemplo, Eu digo isso. Ou “Esta é uma caverna na qual,” “se você andar, há muito, digamos, ouro.” Agora, o ouro não vai sair de lá, não é? É simples assim. Você tem de ir em direção ao ouro para descobri-lo ou não. Você tem de ir em direção a ele, mas aqui, Eu não estou dizendo para você andar em direção a nada… ou fazer qualquer coisa assim, você só tem de desejar, e desejar isso de coração. É impossível para Mim trabalhar a Kundalini, se você não deseja, porque o desejo, o puro desejo, é a Kundalini.

Agora vocês entendem Meu problema. O Puro desejo é a Kundalini… e se você é contra o seu puro desejo, o que Eu posso fazer sobre isso? Eu posso forçar isso? Você não pode forçar isso a sair, entende? Como uma semente, se você tiver de – se você quer ter uma semente germinada, você tem de colocá-la na Mãe Terra, mas você não pode tirar… os pedaços da semente e germiná-la, você pode? É um processo vivo e para esse processo vivo, você tem de ter um puro desejo. E se esse desejo não existe, Eu estou quebrando Minha cabeça nas pedras, Eu acho. Então é importante que você compreenda… que você deve ter esse desejo que é o mais elevado. Mas se você está satisfeito com coisas que são inúteis e insensatas, então quem sou Eu para lidar com isso? Agora, você só fala de Mim com alguém… que está interessado em coisas que são insensatas, agora, como você os convence?

Não há nenhuma psicologia que possa convencê-los, porque você tem de ter o desejo de estar bem. Mas isso à algo tão inato, sendo o próprio processo um processo vivo… e não funciona se as pessoas não têm o puro desejo. Agora, isso está escrito há muito tempo atrás. Isso não pode ser mudado, não pode ser forçado, não pode meio que ser explicado ou discutido, ou debatido, nada pode ser feito, isso tem de funcionar dentro de você. Agora, mesmo quando você trabalha isso em alguém, talvez você não atinja os resultados. Isso é possível. Talvez sim, talvez não. Assim, quando a situação é tão dífícil… e onde os filhos também são tão obstinados, então o que a Mãe pode fazer? É incentivá-los. Eu estou muito preocupada, pois esse ego que é às vezes tão egoísta e tão arrogante, que satisfaz a si mesmo e está muito contente, ele não permitirá que você alcance esse ponto… onde você realmente se sustenta, onde você tem todos os seus poderes, onde você é o mestre de seu ser.

Ele não permitirá. A identificação com o ego é tanta… que é fácil pegar um touro pelo chifre, mas pegar um homem orientado pelo ego.. através das práticas da Sahaja Yoga. é muito dífícil. Hoje Eu estou bastante com um humor, Eu devo dizer, um pouco desgostoso, Eu devo dizer, mas também o outro sentimento vem em Mim… de completa compaixão e enorme amor. De um modo ou de outro, Eu devo fazer algo para trazer juízo às cabeças dessas pessoas. Algo deve acontecer a elas, porque senão o que Eu vejo é um completo desastre. Ele virá, acreditem em mim, ele virá. Eu não quero assustá-los como a Sra. Thatcher faz em relação aos russos. Aquilo pode ser imaginário.

Mas isso é real e Eu estou lhes dizendo… que isso virá a nós. Virá como doenças, autodestruição. Mas a coisa mais importante é a falha do próprio Divino, pois Ele não conseguiu se comunicar com vocês, que foram especialmente criados, que foram trazidos a esta Terra nesta época, que têm de ter o Reino dos Céus. E de repente, você percebe que todos eles caíram fora da peneira. Às vezes os Sahaja Yogis também se sentem muito frustrados, Eu sei. Mas seja o que for, no que se refere a Mim, Eu tenho um enorme desejo agora. Mas Eu sou tão sem desejos, que esse desejo também talvez não dê certo. Eu sou uma pessoa sem desejos. Agora, o que fazer? Então Eu peço aos Sahaja Yogis para desejarem… que as pessoas tenham esse grande desejo… de se tornarem o Espírito.

Essa é a coisa mais grandiosa… que podemos dar aos nossos irmãos e irmãs, à prole, às pessoas que são crianças hoje, a este belo mundo. Nós precisamos dessas belas luzes… e a bela época que todos eles tem de desfrutar. Eu espero que aqueles que vieram pela primeira vez… entendam a Minha difículdade… e tentem certificar-se de que vocês desejem… somente a sua Realização do Si e nada mais. Só desejem isso. Eu lhes peço que desejem sua Realização do Si… e esqueçam tudo, mesmo se você for um diretor… ou talvez o rei George V, entendem? É melhor manter todas as suas identificações do lado de fora, e só desejar que você se torne o Espírito. Vejam, a diferença entre Mim e Cristo está aqui: Ele ficou tão aborrecido que Ele disse: “Deixem-Me ser crucificado.” É claro, estava no plano que Ele deveria ser crucificado também, mas Eu quero dizer que isso não resolverá o problema agora. Tenho de Me certificar de que todos vocês tenham a sua ressurreição… de algum modo É como o desejo da mãe que quer dar um banho no filho… e limpá-lo de algum modo. Seja qual for o jeito que você goste, quer você goste de chocolate… ou quer você goste de um pouco de repreensão… ou seja qual for a forma que você goste, estou querendo realizar isso, mas por favor, pelo menos deseje que você tenha… sua Realização do Si. Que Deus abençoe todos vocês.

Eu espero que aqueles que obtiverem a Realização… se estabeleçam nisso seriamente, compreendam que isso é sua responsabilidade hoje, pois vocês nascerem aqui neste país, que é algo especial para Mim e para a Sahaja Yoga, e vocês devem ter a sua Realização do Si, entendê-la muito bem e assimilá-la e dedicar-se a ela e… se tornem uma personalidade muito, muito poderosa que vocês têm de ser. Mas mesmo com uma pequena coisa como essa, eles disseram: “Tirem seus sapatos”, porque… sapatos fazem com que vocês fiquem um pouco contraídos. Mesmo isso, se você lhes pedir, é como se Eu tivesse pedido 100 libras para eles. Mesmo essa pequena coisa, eles não querem fazer… e porque eles estão aqui, Eu não entendo, eles percorreram todo o caminho para quê? Vocês não querem ter a sua Realização? Vocês não querem ter a maior bênção do Divino? Então quem sou Eu para fazer algo? Como Eu vou lidar com vocês? Você pode ser uma pessoa muito bem educada, tudo bem, um homem instruído, mas você não sabe até agora. Isso acontece com gurus, acontece com tudo mundo, eles ficam grudados a um guru; eles ficam grudados a um guru, eles não conseguem abandonar esse guru, seja o que for, é um outro tipo de ego, porque eles pensam: “Tudo bem, nós nos humilhamos, e daí?” “Se nos humilhamos, nós nos humilhamos.” “Então, vão em frente com isso.” Essa é uma outra categoria de pessoas… que não querem abandonar tudo que for insensato.

Então a terceira categoria é uma outra que só fica esperando: “Tudo bem, deixe a catástrofe vir.” “Nós só estamos esperando.” Eles falam para Mim: “Mãe, não importa, não se preocupe,” “todos nós estamos esperando pela catástrofe,” “pelo desastre. Quando ele vai chegar? Apenas nos fale sobre isso.” “Todos nós estamos esperando ansiosamente.” “Se a catástrofe estiver chegando, é uma coisa muito boa,” “agora nós estamos resignados com uma situação assim.” Nas ruas de Paris, se você for lá, você encontra muitos assim, discutindo, “Quando as dez estrelas irão se encontrar,” “de modo que todos nós seremos estraçalhados e transformados em geleia?” Nós não seremos transformados em geleia, Eu devo lhes dizer, mas em algo horrível que é mil vezes pior… do que aquilo que vocês estão fazendo nas ruas de Paris. Mas esse tipo de atitude dos três tipos de pessoas, Eu não sei, Eu talvez, estou pensando, Eu tenho estado em Londres… por tantos dias e o momento de Eu ir está chegando… e Eu não sei o que vai acontecer agora, porque os próprios Sahaja Yogis estão desesperados… e todos eles querem fixar residência na Índia. Eu não os permitirei fixar residência na Índia, a menos e até que… eles consigam que pelos menos metade do ingleses tenham a Realização. Sim, isso é com toda certeza. Se vocês acham: “Agora a Mãe foi para lá,” “então vamos levar nossas bagagens para lá e nos estabelecer…” “em um ashram pequeno e bom, nos divertindo”, de maneira nenhuma. Vocês têm de trabalhar duro. Vocês têm de conseguir que… pelo menos metade dos ingleses tenham a Realização de algum modo. Se vocês não conseguirem fazer isso, não lhes será permitido… desfrutar nenhum descanso e Eu também… não serei capaz de ter qualquer descanso… em Minha vida, se essas coisas não acontecerem.

Eu espero que todos vocês entendam Minha preocupação, Minha grande preocupação e Meu amor pelo povo britânico aqui, que devem entender também o lugar deles… neste grande trabalho de Deus, como eles devem se elevar. Que Deus abençoe todos vocês. Eu tomarei um pouco de água. Eu acho que ficarei melhor aqui. Pressionem os pés. Eu estou muito melhor aqui. Alguma pergunta? Por favor. Você está aqui? Que bom ver você!

O que está acontecendo em Isle of Wight? – Você está lá? – Eu? Eu não sou de Isle of Wight, sou de Hampstead. Nós temos algumas pessoas lá? Eu não sei. Nós temos de tentar todos os tipos de coisas. Agora, qual é a pergunta? Eu não consigo ler suas mentes. Por favor, falem para Mim.

Está tudo bem. Eles estão bem lá. Qual é a pergunta? Nenhuma pergunta? Poderia haver uma pergunta: “Como ter o desejo?” Não é? Se alguém Me fizesse uma pergunta assim: “Como ter o desejo, Mãe? Conte-nos.” Seria como: “Como ter o desejo de tomar sorvete?” Entendem? Às vezes você não sabe se chora ou ri. É desse jeito. Quantas pessoas vieram pela primeira vez?

Por favor levantem suas mãos. Muitos deles. Bom, bom, bom. Eu diria que aqueles que vieram pela primeira vez devem vir à frente… e os Sahaja Yogis devem ir para trás. Venham, dirijam-se para trás. (…) voltará. Sim, venham. Sentem-se, sentem-se, sentem-se, sim. Na primeira ou na segunda fila, por favor fiquem sentados. Vocês ficarão confortáveis?

Têm certeza? Sim, sim. Você ficará confortável lá embaixo? Não, você pode se sentar na segunda fila, se você quiser… e se você não estiver confortável, não é fácil sentar-se no chão. Por que vocês não colocam as cadeiras em volta deste jeito? Eles pegarão algumas cadeiras para vocês ali e algumas cadeiras aqui. Vocês podem trazer algumas cadeiras aqui para a primeira fila? Apenas coloquem lá, agora. Vocês podem trazer isso… [Hindi] (…) E quanto a eles, eles estão estáveis? Estáveis, eles estão?

Sinto muito por isso. A coisa toda, você pode trazê-la, sim, sim. Vamos sentar lá, você tem de estar confortável, Meu filho. Deixe-a… Ela ficará confortável. Você tem de ficar confortável, essa é a primeira coisa. Certo? Onde quer que você fique confortável, por favor sente-se. Bom. Veja quantas pessoas novas. É uma coisa tão grandiosa.

Só isso, só isso, eles não querem… Eles, eles estão… Eles dizem que estão satisfeitos aqui. Agora… É uma coisa muito simples, a Kundalini deve ser despertada dentro de vocês, porque Ela está lá, Ela tem estado lá e Ela desperta sozinha, é espontâneo, vocês não têm de fazer nada. É tudo de vocês. A única coisa, como Gavin deve ter lhes falado, é que… uma vela acesa pode acender uma outra vela. Da mesma maneira, se Eu sou uma pessoa iluminada, vocês deveriam ter sua iluminação. E isso funciona num piscar de olhos, deve funcionar num piscar de olhos. Se vocês puderem colocar suas mãos exatamente assim, agora, Eu devo lhes dar uma explicação, Eu não vou pegar nada de vocês, é só porque estes dedos indicam seus centros. Estes são os cinco dedos, aqui o sexto e o sétimo são os centros no lado esquerdo, estes são os centros no lado direito. Quando eles cruzam juntos, você forma o canal central, que é o canal que chamamos de Sushumna. Agora, o canal central manifesta o que chamamos na terminologia médica de sistema nervoso parassimpático.

Agora, este canal central – temos um esquerdo e um direito, e um no centro. Então, o que fazemos é colocar nossas mãos assim, de modo que estas extremidades, que são receptivas, são as extremidades do sistema nervoso simpático, então o lado esquerdo e direito do sistema simpático fica iluminado, que está fixo aqui, deste jeito, entendem? Então, o que fazemos é só colocar as mãos assim… em Minha direção, sem colocar nenhuma pressão ou qualquer coisa, em seu colo. Fiquem confortáveis. Fiquem confortáveis. Talvez vocês tenham de afrouxar um pouco, se houver algo apertado… ou fazendo com que fiquem desconfortáveis, só isso. E os pés, é melhor se vocês estiverem sentados no chão, tudo bem, ou de qualquer forma, mas se eles estão sobre a Mãe Terra, isso ajuda. Mas se vocês gostam da forma como estão sentados, tudo bem, não importa. Ponham sua mãos retas deste jeito. Não faz nenhuma diferença seja qual for… a forma que vocês estejam colocando suas mãos, apenas os dedos devem ficar em Minha direção, só isso. Em direção a Mim.

Agora, não importa de qual raça, crença, cor, seja qual for a forma como estão vindo aqui. E também não importa seja o que for que fizeram antes. Agora nós estamos aqui neste momento presente. Esse momento é importante para Mim. Neste momento, vocês estão aqui… para saltar dentro da nova consciência da Realização do Si. Portanto, este é o momento mais importante para Mim e para vocês. Neste momento, esqueçam o passado e o futuro. Digamos que alguém ache que ele é culpado… de alguma coisa, quero dizer, isso é uma moda hoje em dia, sentir-se culpado é um moda. No ocidente, é uma moda. Simplesmente por nada, por que se sentir culpado?

Não consigo entender. Um indiano nunca se sentirá culpado, seja o que for que eles façam. E essa moda de se sentir culpado… realmente Me aperta daqui até aqui às vezes, quando Eu estou falando aos ocidentais. No princípio, você deve saber que você não é culpado, de forma alguma, na presença de Deus. Aos olhos de Deus, você não é culpado… e você não tem nenhum direito de se condenar, porque você será o templo de Deus. E agora, não se sinta culpado em relação a si mesmo. Você nem mesmo fez o seu nariz, do que você está se sentindo culpado? Apenas fique bem animado em relação a si mesmo, pois você não é culpado, você será o Espírito, a beleza, a glória que você é. E não há nenhuma necessidade de se sentir culpado de forma alguma. É muito importante. Bem no princípio, Eu lhes pedirei para não se sentirem culpados.

Essa é a primeira coisa que vocês têm de fazer. De forma sincera, você tem de dizer para si mesmo: “Eu não sou culpado de forma alguma”. Porque há uma grande obstrução aqui, exatamente agora, no lado esquerdo de todos. E é desse modo que eles contraem espondilite, a tal ponto que talvez Eu contraia espondilite um dia. pelo modo como as pessoas estão contraindo isso. Não devemos nos sentir culpados de forma alguma, temos de decidir sobre essa questão. Seja o que for que as pessoas possam ter-lhes dito, que nós somos os maiores pecadores ou seja o que for, não presença do Amor de Deus, não podemos nos sentir culpados, porque desafiamos os poderes Dele… de perdão. Ele tem o poder de perdoar, e Ele perdoa pecados tão grandes que… quais pecados podemos cometer, não é? Então simplesmente não se sintam culpados, essa é a primeira coisa que Eu lhes expliquei. Ao ler todos esse livros horríveis, Eu acho que as pessoas também começaram a se sentir culpadas.

Eu não sei como, quais são, quais são as fontes, mas é uma prática muito comum, Eu não sei onde eles vendem esse negócio de culpa, mas definitivamente, as pessoas estão se sentindo culpadas por nada. Então Eu lhes pediria para não se sentirem culpados, coloquem suas mãos em Minha direção e apenas fechem seus olhos. Apenas fechem seus olhos. Agora, como Eu lido com isso? Eu devo lhes falar agora. É muito simples para Mim. O que Eu faço é que com Minha atenção, Eu os coloco, todos vocês, em Meu coração. Eu posso fazer isso. Vamos supor que você saiba como colocar alguém em seu coração, você também pode fazer isso muito facilmente. Vocês todos estão em Meu coração.

Vamos supor que Eu os conceba em Meu coração, vocês podem dizer assim, e Eu eleve Minha Kundalini, e A traga para a área óssea da fontanela, onde está o assento de Meu Espírito… e então toque, Minha própria Kundalini… toque o Espírito, o assento do Espírito, e quando isso acontece, então todos vocês sentem que obtiveram a sua Realização. Vocês sentem a Realização. É desse modo que isso acontece. Mas quando vocês têm a sua Realização, vocês também obtêm os mesmos poderes. E você pode dar a Realização aos outros… apenas elevando suas mãos atrás das pessoas… a quem vocês querem dar a Realização. É um método muito simples que funciona de forma muito simples, pela natureza, pelo processo vivo da evolução. Agora fechem seus olhos apropriadamente, coloquem suas mãos em Minha direção. Como resultado disso, a primeira coisa, comecem a observar seus pensamentos, perguntem à sua mente: “O que você está pensando?” Mantenham seu olhos fechados, completamente, isso é importante. Vocês perceberão que não há nenhuma resposta. Em muitos de vocês, vocês perceberão que as respostas estão fugindo.

Quando você está tentando pegar… a resposta, não há nenhuma resposta, estão todas fugindo. Essa é a melhor situação. Quando a mente está descansando, para variar, ela não está pensando. Quando isso aconteceu dentro de vocês, então nós temos de começar… a atuar em nosso desejo. Assim, a mão esquerda representa o desejo que temos, então mantenham a mão esquerda fixa em Minha direção… e com a mão direita, agora vocês têm de agir. Não abram seus olhos custe o que custar, por favor não abram seus olhos custe o que custar. Coloquem sua mão direita em seu coração. Se vocês estão usando um casaco, coloquem sua mão dentro do casaco. Coloquem-na em seu coração no lado esquerdo. Coloquem a mão esquerda reta em Minha direção.

Estiquem, agora. Agora, você tem de perguntar para si mesmo em seu coração: “Mãe, eu sou o Espírito?” Façam a pergunta. O que vocês são. Mas é melhor perguntar no começo porque… a atitude agora é: “Quer eu seja o Espírito ou não,” “mesmo se a Mãe disser, você não precisa acreditar nisso.” Então apenas diga: “Mãe, eu sou o Espírito?” Mantenham seus olhos completamente fechados. Perguntem sinceramente. Agora, se você é o Espírito, então você tem de ser o seu mestre também. Agora coloquem a mesma mão… abaixo em um outro centro no lado esquerdo, no estômago. No estômago, no lado esquerdo, bem abaixo, e façam uma pergunta no centro no lado esquerdo, na parte central do estômago, e façam uma pergunta: “Mãe, eu sou meu próprio mestre? “Eu sou meu próprio guru?” Façam essa pergunta pelo menos dez vezes. De forma sincera, de coração, com confiança, façam a pergunta: “Mãe, eu sou meu próprio mestre?” Agora, coloquem a mão direita novamente em seu coração.

Agora, neste ponto, você tem de dizer confiantemente: “Mãe, eu sou o Espírito.” Você tem de dizer confiantemente: “Mãe, eu sou o Espírito.” Digam isso 12 vezes, por favor. “Mãe, eu sou o Espírito.” Vocês são o Espírito. Todos disseram que vocês são o Espírito. Agora, vocês têm de nascer novamente. Apenas afirmem. Agora elevem sua mão direita mais alto… na base de seu pescoço, no lado esquerdo. Novamente, nós estamos trabalhando no lado esquerdo por causa do desejo. Na base do pescoço no lado esquerdo, onde Eu lhes disse que há uma grande obstrução da culpa. Agora, se você é o Espírito, como você pode ser culpado? Porque o Espírito nunca comete pecados, é sem culpa, é perfeito, é absoluto.

Então agora digam: “Mãe, eu não sou culpado”, com total confiança e por 16 vezes, e se você tem se sentido muito culpado, diga isso 32 vezes. Esta é, esta é uma punição melhor. Porque Eu estou sofrendo por causa de sua culpa. Por qualquer coisa, mesmo por fumar ou beber ou qualquer coisa, não se sintam culpados. Esqueçam isso. Coisas sérias ou triviais, não se sintam culpados. Você tem de respeitar a si mesmo, não é? Se você é o Espírito. Agora. Está melhor agora.

Porque vocês realmente não sabem o que vocês são, é por isso que estão se sentindo culpados, Eu realmente lhes falo. Quando vocês souberem quem vocês são, vocês ficarão encantados ao saber. Por favor acreditem em Mim. Não se condenem de forma alguma. Sem confissões. E sem passado a ser trazido para agora. Por favor esqueçam o passado. Não tentem contar todos eles um por um, Neste momento, isso é muito importante. Eu sei o que vocês estão fazendo, alguns de vocês. Esqueçam isso.

Apenas esqueçam isso. Seja o que for que os outros tenham dito, apenas esqueçam isso, pelo amor de Deus! Agora, elevem esta mão direita para sua testa. Exatamente. Esta é a coroa de sua cabeça, onde nós não temos sido capazes de perdoar os outros. Aquele que usa uma coroa tem de perdoar os outros. Então o que temos de dizer é: “Mãe, eu perdoo a todos.” É a coisa mais simples de fazer, porque aqueles que dizem que é dífícil, não sabem que isso é um mito. Quando você perdoa os outros, o que você está fazendo? Nada. E quando você não perdoa, o que você faz?

Nada. A única coisa é que quando você não perdoa, então você só se tortura… e faz o jogo das pessoas que queriam te perturbar. Então apenas digam de todo coração: “Mãe, eu perdoo a todos.” Agora, vocês podem colocar sua mão na cabeça. Na sua cabeça, no centro onde você tinha… a moleira na sua infância, e pressione isso com sua palma, você mesmo está recebendo sua própria Realização, então pressione-a com sua palma, no sentido horário, no sentido horário. Coloquem toda a palma na sua cabeça, um pouco na frente, é na parte da frente, e pressionem e movam sua palma, movam-na deste jeito, sim, a palma. Movam-na, pressionem com força. Neste ponto, nós temos de dizer: “Mãe, eu quero minha Realização.” Porque como Eu lhes disse, não posso passar por cima de sua liberdade. Então vocês têm de dizer: “Mãe, por favor dá-me a Realização.” Senão Eu não posso fazer isso, sinto muito. Esse é o problema Comigo, Eu não posso fazer isso por Minha conta. Então Eu estou lhes pedindo para dizer: “Mãe, eu quero minha Realização.” Tudo bem, vocês a conseguiram.

Agora elevem sua mão, cerca de 10 centímetros, e vejam se há uma brisa fresca saindo. Você tem de ver por si mesmo. Há? há. Tudo bem, agora troquem, vocês podem trocar e ver. Não abram seus olhos, apenas troquem e vejam. Coloquem sua mão direita em Minha direção. A mão direita deste jeito e agora coloquem a mão esquerda… e vejam se há uma brisa fresca saindo. Vejam em sua cabeça, saindo de sua cabeça, se há uma brisa fresca saindo. Agora, não pensem sobre isso.

Vocês não podem pensar, pensando não tem… Há? É muito sutil. Começou nas mãos, vem para sua cabeça, está funcionando, funcionando, funcionando. Troquem suas mãos novamente, quando vocês quiserem. Troquem sua mão. Veja por si mesmo. e não se preocupe mesmo se você não sentir, nós temos muitas pessoas aqui que podem reforçar isso novamente. Não fiquem sérios, vai acontecer. Simplesmente não se preocupem. Nenhum de vocês está perdendo sua Kundalini.

Eu posso lhes assegurar, está tudo lá. Talvez leve um pouco mais de tempo para algumas pessoas, menos tempo para algumas pessoas, não faz nenhuma diferença. Não se condenem e não fiquem sérios. Coloquem sua mão um pouco mais embaixo… e movam-na para cima e para baixo. Algumas pessoas podem estar sentindo na mão. Algumas pessoas sentirão isso na mão, na mão que está em Minha direção. Aqui, peça-lhes para verem aqui. Os Sahaja Yogis podem ver, mas não há necessidade de falar ou tocar, apenas verificar se eles vocês estão sentindo isso. Ela teve. É muito sutil.

Conseguiu? E quanto a ele? Continue, apenas perceba, o senhor próximo a você, é uma alma realizada. Ele já está lá. Então… vejam, este senhor tocou isso e novamente ele está pensando sobre isso. Agora, não pensem sobre isso, por favor, não pensem sobre isso. Há pessoas maravilhosas aqui em Holborn, Eu devo dizer, é um lugar maravilhoso. Vão até você. Tudo bem? Está dando certo.

Apenas perceba na mão dele. Olá? Graham? Veja… Ha!