hri Hanumana Puja, Todos vocês são Anjos

Butlins Grand Hotel, Margate (England)

Feedback
Share

Shri Hanumana Puja Margate, Inglaterra, 23.04.1989

É uma grande felicidade hoje, e parece que toda a natureza está borbulhando de felicidade, como se os Anjos estivessem cantando. E a especialidade de Hanumana é que Ele era um Anjo. Os Anjos nascem como Anjos, eles são Anjos, e eles não são seres humanos, eles nascem com as qualidades angelicais. Mas agora todos vocês se tornaram Anjos… a partir de seres humanos. É uma grande conquista da Sahaja Yoga. As qualidades que nascem com os Anjos… são observadas desde a sua infância. Em primeiro lugar, eles não têm medo da inverdade, da falsidade. Eles não estão preocupados com o que as pessoas vão dizer a eles… sobre o que eles perderão na vida. Para eles, a Verdade é a sua vida. Eles respiram a Verdade e nada mais importa para eles. Essa é a primeira grande qualidade de um Anjo.

Eles farão qualquer coisa para estabelecer a Verdade, para proteger, e para proteger as pessoas que estão na Verdade. É uma gama tão grande desses Anjos por toda a parte. Assim, no lado esquerdo, nós temos Ganas… e no lado direito, nós temos Anjos. Isso é traduzido para Sânscrito ou para qualquer língua indiana… como Devdoot, significa que eles são os embaixadores dos Deuses. Então agora vocês são a mesma coisa. Todos vocês são Anjos agora. A única coisa é que vocês não têm consciência de que são Anjos, mas eles estão conscientes desde a sua infância. Se vocês souberem que são Anjos, todas as suas qualidades começarão a brilhar. E vocês ficarão surpresos ao ver que a qualidade de se posicionar… pela Verdade a qualquer custo é tão facilmente controlada por vocês, porque foi-lhes dado o direito, há uma certeza, foram dadas a vocês as bênçãos especiais. A proteção especial do Divino: se você se posicionar pelo correto… e se você se posicionar pela retidão e se posicionar pela verdade, todos os tipos de ajuda para protegê-lo lhe serão dados.

Os Anjos estão conscientes disso. Eles têm certeza disso. Eles estão certos disso, há uma certeza sobre isso, mas você não tem essa certeza. Algumas vezes você ainda pensa: “Talvez, talvez não.” O mesmo estilo continua. Acreditem em Mim, vocês são Anjos. Vocês têm todos os poderes e que direitos vocês possuem. Os seres humanos não podem sobrepujá-los. Essa é a especialidade dos Anjos, não dos santos. Os santos podem ser manipulados, podem ser torturados, podem ser perturbados.

Com as Encarnações Divinas pode acontecer o mesmo. As Encarnações aceitam isso. Elas desejam ter todas… essas penitências que Lhes são feitas, assim Elas criam um evento em Suas vidas… para expressarem-Se de uma forma mais dinâmica. Se não tivesse havido Ravana, não teria havido Ramayana. Se não tivesse havido Kamsa, não teria havido Krishna. Assim, as Encarnações assumem sobre Si os problemas… e também lutam contra o mal. Assim, algumas vezes, parece para nós que Elas sofrem, mas Elas não sofrem. Mas os Anjos são uma categoria especial. Eles não assumem nenhum problema sobre si mesmos, eles apenas os resolvem. Se existe um problema, são os Anjos que o resolvem… tanto para os santos quanto para as Encarnações.

E tem de ser dito a eles às vezes: “Não entrem em ação agora.” “Nós estamos trabalhando no palco agora,” “vocês entrarão em ação quando lhes pedirmos.” Eles estão prontos na porta para saltar dentro. Tão ansiosos. E Eles são em quantidades fixas, vocês podem confiar completamente neles. Por exemplo, Shri Hanumana – como vocês sabem Ele é um Anjo – possui grandes habilidades, grandes poderes. É Seu direto usá-los e Ele é muito consciente disso. Ele faz tudo de forma muito divertida. Ele usa Seus poderes de uma forma muito divertida. Como por exemplo, Ele queimou a cidade de Lanka… e ficou rindo disso.

Então, Ele estendeu a Sua cauda e a enroscou em torno… do pescoço de muitos rakshasas e Ele estava apenas brincando… com eles, lançou-os no ar e todos eles ficaram balançando no ar. Assim, existe também um caráter de brincadeira nos Anjos, porque eles são tão confiantes, eles estão totalmente conscientes, totalmente identificados com a sua personalidade, com os seus poderes, consigo mesmos. Aqui, algumas vezes, os Sahaja Yogis não compreendem… que Eu os transformei em Anjos. Eu não os transformei em santos, mas em Anjos. E vocês estão sempre protegidos. Eu somente posso fazer Anjos, Eu não posso fazer santos. Os santos são feitos pelo seu próprio esforço. Fazer as coisas sem esforço é como Ganesha, como Kartikeya, como Hanumana. Da mesma forma, vocês todos foram feitos do mesmo estilo. Assim, tentem entender que o que Eu digo sobre vocês é a verdade.

Muitos condicionamentos se manifestam mesmo através de vocês… apesar de vocês serem santos. E vocês não sabem como abrir as suas asas. Às vezes Eu ainda sinto que o renascimento aconteceu… e então todos vocês se transformaram em Anjos com asas. Mas, como pequenos pássaros, vocês ainda têm de aprender como voar. Mas, vocês devem ganhar confiança através… das experiências que tiveram na Sahaja Yoga. Como vocês estavam cantando ontem: milagres todos os dias, milagres em torno de vocês. Esses milagres são feitos pelos Anjos… e eles estão tentando convencê-los: “Vocês são um de nós.” “Apenas se juntem em nossa companhia.” Assim, nós temos tantos Anjos sentados aqui agora… e porque não deveríamos pensar em transformar este mundo. E há mais uma coisa que vocês têm e que os Anjos não possuem, porque os Anjos não elevam a Kundalini.

Eles não podem. Eles não estão preocupados com isso. Eles estão lá para matar, para queimar, para suprimir, para remover todas as pessoas más em torno de vocês. Mas Eles não podem transformar. Os Anjos não podem transformar. Portanto vocês possuem um direito maior… do que eles têm no Reino de Deus, que é: vocês podem elevar a Kundalini das pessoas… e vocês podem dar a Realização. Mas os condicionamentos humanos ainda estão grudados. Por exemplo, outro dia Eu estava usando um anel e Minha filha… começou a brincar Comigo: “Agora, Você deve mostrar somente este…” “dedo às pessoas o tempo todo para que elas vejam Seu anel.” Assim, na vida humana mundana, o que quer que tenhamos, posses, talvez, poderes… Por exemplo, alguém é um homem com uma certa posição, imediatamente você pode reconhecer isso pelo seu nariz… e lábios, a forma como eles estão para o alto. Mas, os poderes que vocês possuem, vocês têm medo de manifestá-los e de falar sobre eles, de usá-los.

Imaginem, com tantos Anjos, a Inglaterra inteira deveria receber… a Realização em muito pouco tempo. Mas, nós ainda estamos tentando aprender quem somos nós. Hanumana não tinha nenhum problema, porque desde a Sua infância Ele sabia que era um Anjo. Ele tinha que realizar o trabalho de um Anjo. Mas porque nós nascemos como seres humanos… e agora, nos tornamos Anjos, nós achamos difícil sermos tão dinâmicos quanto os outros Anjos. Mesmo o seu pensamento, pensamento coletivo, mesmo o seu pensamento individual é poderoso. E a sua atenção é poderosa. Por causa desse medo ou talvez, os condicionamentos, como você poderia chamar, ou talvez pela parte do ego que ainda está grudada em você, você ainda fica perdendo tempo com coisas falsas. E aquela força e aquele dinamismo não é expressado. Podemos culpar qualquer coisa, por exemplo, podemos culpar… a letargia de algum país, podemos culpar o ego de algum país, mas agora, vocês perderam completamente os seus países.

Agora vocês entraram no Reino de Deus. Vocês estão em um país que não tem fronteiras, que não tem limitações. E então todos esses condicionamentos… que ainda estão pendurados em vocês não deveriam, de forma alguma, perturbá-los e não deveriam aborrecê-los… ou detê-los de fazer qualquer que seja o seu trabalho. Imaginem Hanumana como Gabriel. Ele teve de ir e dizer a Maria que havia uma criança… que era a Encarnação: “O Salvador nascerá de Você.” Ela era uma jovem virgem. Revelar tais notícias era algo horrível de acordo com… os condicionamentos daqueles dias. Ele o fez: “Se Eu tenho que fazer, Eu o farei.” “Se esta é a ordem, Eu o farei.” Porque Ele sabia que cumprir as ordens é a Sua natureza.

Está formado dentro Dele. E Ele não irá duvidar disso. Ele não irá esperar, mas é só falar e Ele o faz. Assim, devemos ter em nós um grande entendimento… de que estamos crescendo dentro de nós. Mas se nós não manifestamos, se não mostramos as nossas qualidades… e se não as expressamos em nossa vida, em nossas ações, em nossos objetivos, no significado de nossas vidas, então a Sahaja Yoga não irá se expandir, nem ela irá lhes ajudar muito. O tipo de trabalho que vocês têm de fazer não envolve problemas. Eu tenho problemas, não vocês. Vocês não têm de enfrentar problemas, vocês vão e falem com qualquer um o que quiserem. Eles ficarão alegres de ter de ouvi-los, Eu devo dizer. Mas se eles não alegrarem, eles não podem feri-los.

Eles não podem lhes fazer nenhum mal. Essa é uma proteção muito grande que vocês têm. Eles não podem impedir o seu trabalho. Vir para a Sahaja Yoga não é o que nós ganhamos, não é o que nós obtivemos. Têm pessoas que dizem: “Nós fizemos tanto pela Sahaja Yoga…” “e o que que a Sahaja Yoga nos deu?” Ela lhes deu a Realização do Si, ela lhes deu o status de Anjos. Tentem qualquer outra coisa, vocês podem alcançar o status de Anjos? Vocês não podem. A Sahaja Yoga lhes deu esse status. Então, o que mais vocês querem?

Isso nunca foi possível antes. Acreditem em Mim, era uma situação impossível. Se isso tivesse sido possível de alguma forma, então, Ganeshwara não teria alcançado o Samadhi numa idade tão jovem. E Kabir não haveria dito: “Oh! Deus, o que eu farei? Este mundo é cego.” Portanto, vocês possuem esse poder sutil dentro de vocês… de modo que vocês podem trabalhar na Kundalini das pessoas… sem nem mesmo elas se darem conta disso. Mas, quando você se senta em meditação, você deve admitir para si mesmo: “Eu sou um Anjo e como um Anjo,” “eu não tenho nenhum apego a qualquer outra coisa,” “exceto ao trabalho de Deus.” Há ainda muitos apegos na Sahaja Yoga, Eu tenho visto que as pessoas têm. Como apegos: agora porque são casados, então eles são apegados às esposas.

E tantos saíram da Sahaja Yoga por causa do apegos às suas esposas. Depois eles têm apegos aos seus filhos… e muitos irão cair fora devido ao apego que possuem a seus filhos. Como Eu lhes disse ontem, todas as crianças do mundo que são Sahaja Yogis são seus filhos. Vocês são os pais de todas elas. Não é que, se seu filho está dormindo, você cobre apenas ele. Não. Você cobre todas as crianças. Vocês têm de cuidar de todas as crianças que estão deitadas. Vocês conceberiam Hanumana se Ele estivesse aqui… e quando as crianças estivessem dormindo, Ele apenas cobriria uma criança? Porque Ele é um ser universal.

Portanto cada criança tem de ser amada… da mesma forma, cuidada por vocês. Então, existem outros apegos como: posses, posições, trabalhos. Eu não tenho nenhum, portanto Eu não sei o que os outros têm. Exceto quando Eu os vejo tão amorosamente chegando à estação, então todo o coração se torna como um oceano, Eu acho, é como se iniciasse uma grande onda de uma maré, desse jeito, algo assim e Eu vejo isso. E então, quando Eu tenho que deixá-los… novamente essa maré se recolhe como o mar. que está agora recuando É algo como quando vocês vêem a Lua… e o mar começa a reagir à beleza da Lua, à alegria da Lua, ao amor da Lua. Então Eu vejo o amor, o amor que você vê em um ninho, quando um passarinho alimenta seus filhotes. E você vê esse amor no céu, então você vê esse amor em seu coração. E a única coisa que você pode descrever é o sentimento de… um enorme oceano de felicidade dentro de você, apenas fluindo. Os apegos não lhe dá a capacidade de desfrutar esse oceano.

Se você ficar em pé na praia, como você irá desfrutar o oceano? Você tem de mergulhar nele, mas você está ancorado a diferentes coisas… e portanto você não pode saltar nele. E você é tão seguro, você sabe nadar. Você sabe como matar um tubarão, mesmo um olhar seu é o suficiente. Mas porque você não está consciente, isso não está ativo. Sem dúvida, esse é o caso. Eu tenho visto pessoas que adquirem pequenas posições… na vida e começam a se vangloriar disso: “Eu me encontrei com este e aquele homem,” “e isto aconteceu e aquilo aconteceu.” Você sente vontade de rir dessa pessoa. Mas vocês encontraram a Sahaja Yoga através da qual… vocês cresceram, vocês foram nutridos, vocês se tornaram tão grandiosos. Com tudo isso, nós temos de seguir o caminho de Hanumana.

Ele pensava que o Sol era muito egoísta, tentando queimar as pessoas, às vezes havia calor em excesso. E os veneradores do Sol também são egoístas. Eles têm muito ego. Se você disser qualquer palavra errada na língua deles… ou nos seus costumes, digamos, segurar um garfo na mão errada, acabou-se, você é a pior pessoa do mundo inteiro, cometeu o maior dos pecados. Todas essas idéias pequenas, estúpidas… provêm de um ego muito depravado. O ego é tão depravado… quando você começa a achar que não há limites para você mesmo: “eu sou tudo e eu sei tudo”… e “este costume é o melhor, aquele tapete é o melhor. ” “Eu, eu. Eu não gosto.” Quem é você? Quem lhe pediu para gostar ou não gostar disso?

“Eu não gosto disto, eu não gosto daquilo.” Por outro lado, os egoístas sempre se tornam escravos, sempre. Eu devo dizer isso depois de passar por países… que estão seguindo certas normas que são imposições do ego. Como um artista, por exemplo, um artista produz algo para sua alegria, mas ele deve ser criticado por todos. A crítica deve ser: “Não gosto disto, esta e aquela cor não é boa.” E vocês têm os profissionais que fazem isso. Eles não sabem nem mesmo como desenhar uma linha com um lápis apropriadamente. Deixem em paz pintando qualquer coisa. Mas, imediatamente, eles dizem: “eu acho isso, isso é assim.” Eles fizeram livros sobre isso, teses e teorias.

A arte tem algo a ver com o seu coração… e não com o seu cérebro. Foi desse modo que vocês mataram tantos artistas. E todos que está pintando têm de pensar: “O que as pessoas vão dizer sobre isso?” Mas como resultado disso, algo totalmente absurdo se desenvolve, sem que nenhuma expressão sutil é apreciada também. Isso é por causa do nosso ego que suprimiu… todo crescimento apropriado espontâneo vivo… de nosso pensamento, da nossa arte e da nossa vida. Eu acho que isso é pior do que toda a contaminação… que comentamos ou problemas ecológicos. É a mente humana que produziu áreas sufocantes… onde ninguém pode expressar nada. E aquele que tem o ego maior domina. “Este livro foi escrito por tal e tal pessoa.” Você se encontra com essa pessoa e sente vontade de pular no mar.

Assim, tudo que está escrito não é a Bíblia… e a maioria dos que escrevem são pessoas… que nunca deveríamos encontrar sem ter um mastro de barco. Assim tudo que se expressa, digamos na roupa… ou no relacionamento com seus filhos, no relacionamento… com seu professor, no relacionamento com qualquer pessoa… tem de ser assim e assim e assim. Você deve dizer “obrigado” muitas vezes, você tem de dizer “desculpe-me” muitas vezes. Assim, nós estamos entalhados em expressões artificiais… que Eu acho que depois de algum tempo não haverá nenhuma arte produzida. Não há exuberância, eles não conseguem ter, eles têm medo. Eu não sei se vocês notaram isto ou não, mas aqueles que vão a qualquer museu… ou vão ver qualquer exposição, qualquer coisa, acham que todos eles são grandiosos, algumas personalidades divinas e podem julgar a todos. É através do Agnya que nós julgamos. É isso que Hanumana quis comer de uma vez por todas. Há um movimento do Agnya que vai em ambos os lados, que nos faz expressar a nossa assim chamada… personalidade insensata do ego. É o ego que Ele tentou controlar e devorar.

Assim como Eu como bhoots, talvez Ele estivesse comendo este Sol. Mas, para um Anjo é importante saber… que não há nenhum ego em você. Há alguns Sahaja Yogis que dizem: “Mãe, eu não quero trabalhar muito para a Sahaja Yoga,” “porque meu ego vai crescer.” Muitos. “Não quero que meu ego se expresse.” Mas por que você quer ter o seu ego destruído? Para quê? Para o trabalho da Sahaja Yoga, não é? Que círculo vicioso é esse! Nós dizemos que queremos nos manter em segundo plano, porque o nosso ego não deve se desenvolver.

Você está pensando apenas em si mesmo. E quanto a Sahaja Yoga? Assim, atualmente a tendência é: “Oh! É melhor estar no lado seguro.” Porque eles viram algumas pessoas que eram muito egoístas, que eram muito enérgicas em relação à Sahaja Yoga, que tentaram se exibir, tiveram de cair. Assim, Eu sinto que começou uma nova tendência na Sahaja Yoga… que é melhor estar em segurança. Entre esses dois extremos a Sahaja Yoga será perdida. Assim, se vocês souberem que são Anjos, vocês não terão nenhum ego. Qualquer pessoa que sabe que é a sua natureza fazer algo. Como hoje, Meu marido estava Me elogiando dizendo: “Foi Você quem fez tudo isto.”

Eu disse: “Não, não fui Eu.” Ele disse: “Como Você pode dizer que não foi Você?” Eu disse: “Porque isso está construído de forma inata neles.” “Uma semente, se ela está plantada na Mãe Terra, então ela germina.” “Da mesma forma, eles têm construído de forma inata dentro deles,” “a Kundalini deles, Ela germina. Então, como é que Eu fiz isso?” Mas, ele disse: “Mas, a Mãe Terra que fez isso.” Eu disse: “Não, é a qualidade da Mãe Terra que já está construída…” “que fez isso.” Então ele disse: “Então, quem fez tudo isso?” Então Eu disse: “Isso foi feito pela Adi Shakti, Eu concordo.”

Mas a Sahaja Yoga não é feita pela Adi Shakti. Ela criou esses poderes em cada pessoa, os quais trabalham, mas a Sahaja Yoga não. A Sahaja Yoga funciona através das qualidades inatas… que estão na Mãe Terra e estão na semente. Assim, Eu estou aqui não como a Adi Shakti, Eu estou aqui como a Mãe deles, como a sua Mãe Divina. E como Mãe Divina, Eu os guiei. Vocês podem dizer que Eu sou como a Mãe Terra… que germina as sementes. Assim, um outro desapego pode vir dentro de vocês, que esses são seus poderes dentro de vocês… que apenas têm sido iluminados pela natureza inata de sua Kundalini. E você mesmo é dotado de poderes. E todo esse poder está dentro de vocês. É somente dito por Mim que está dentro de você, você vê por você mesmo, como um espelho.

Eu estou lhe dizendo, você é isso, veja por você mesmo. Assim, como Eu posso receber qualquer crédito por isso? Assim, vocês podem ter até mesmo desapego para entender que… os poderes que possuímos é para a Sahaja Yoga. Assim como a Mãe tem poderes para trabalhar para a Sahaja Yoga, nós também temos poderes para trabalhar para a Sahaja Yoga. E assim como Ela trabalha, nós também temos de trabalhar. Mas há um apego como este: “A Mãe está realizando tudo,” “então o que podemos fazer?” Não, vocês têm de fazer isso. Este é desapego muito importante que Eu estou tentando dizer: você mesmo tem de fazer isso. Não é: “A Mãe irá fazê-lo, afinal de contas a Mãe está fazendo tudo.” É correto, isso é correto de uma certa forma, mas vocês são o instrumento.

A eletricidade está fazendo tudo aqui, mas este instrumento tem de trabalhar. A fonte pode estar presente, mas o instrumento… é aquele que faz o que é exigido. E como Hanumana, você é o instrumento. E vocês têm de trabalhar, vocês têm de fazer o trabalho. É algo muito dinâmico que nós temos de alcançar. Outra grande qualidade de Hanumana era que… Ele era muito alerta e Ele estava além do tempo. Quando você é capaz de comer o Sol, onde está o tempo? Ele era além do tempo. Por causa disso, Ele fazia tudo muito rápido. Por exemplo, agora estamos preparando um livro sobre a Sahaja Yoga… e estamos fazendo isso há 17 anos, “Estamos trabalhando, estamos trabalhando”.

Depois, nós estamos tentando, digamos, tomar algumas providências sobre termos os registros de… pessoas doentes que foram curadas pela Sahaja Yoga. “Está acontecendo, muito bom, está acontecendo…” Depois, nós estamos indo à Rússia para expandir a Sahaja Yoga. “Estamos trabalhando.” Todos os demônios já chegaram lá, mas os Anjos ainda estão… trabalhando nisso. Muito pacientes, Anjos muito pacientes. Assim, uma das qualidades de Shri Hanumana é que Ele era rápido. Ele realizava o trabalho antes que qualquer um pudesse fazê-lo. Ele era imbatível. Tudo bem lutar em Trafalgar e vencer e derrotar Napoleão, mas no campo do Dharma e no campo da Sahaja Yoga, Eu percebo que as pessoas não compreenderam… a importância do tempo. Nós somos mestres para adiar e temos hábitos que retardam.

“Muito bem, eu vou telefonar, vou descobrir, isto irá acontecer.” Esse é um dos grandes defeitos… que temos de corrigir aprendendo com Hanumana. Rama queria enviar uma mensagem, então Ele enviou o Seu anel através de Hanumana. Rama não poderia ter feito isso rápido, então Hanumana foi e fez. Depois, Rama queria este sandivani, esse tipo de ervar, então Ele enviou Hanumana para consegui-la em uma determinada montanha. Hanumana disse: “Por que perder tempo procurando essa planta?” “É melhor levar tudo.” Então, Ele carregou a montanha inteira. É melhor fazer rapidamente, imediatamente. Este é o momento de fazer isso.

“Mas, no próximo ano nós veremos. Mãe, Você sabe,” “depois de Ganapatipule, nós poderemos considerar isso,” “teremos discussões e depois teremos argumentos e isso e aquilo.” Isto é uma coisa sobre o caráter Dele que temos de saber: hoje quando estamos venerando Hanumana, nós devemos ter essa rapidez dentro de nós. isso tem de ser feito agora. Não podemos adiar mais. Nós já estamos muito atrasados. Eu vi as meninas que usavam vestidos pequenos, coisa pequenas cresceram como moças adultas agora, estão prestes a se casarem. Eu acho que em Minha vida inteira, Eu ficarei somente casando os Sahaja Yogis. Para ver os resultados, vocês têm de se tornar pessoas rápidas. Não é para protelar e ficar satisfeito com outras coisas.

Mas, que coisas positivas estamos fazendo? Por exemplo, é agradável que as crianças tenham crescido. Elas fizeram uma bela peça de teatro. Eu desfrutei muito tudo isso, foi muito bom para a alegria de todos. Mas o trabalho está aí, nos temos de fazê-lo, nós temos de fazer o trabalho. Portanto a atenção tem de estar no trabalho… e o que estamos fazendo acerca disso? Eu fiquei feliz com a sugestão que veio dos Estados Unidos… de fazer um filme de vídeo e coisas assim. E então há as obstruções: “Como vamos conseguir dinheiro? O que vai acontecer?”. Simplesmente comecem, vocês conseguirão, vocês têm poderes.

Tudo irá se sincronizar apropriadamente, apenas comecem a fazê-lo. Mas se vocês se comportam como seres humanos, primeiro pensa, depois planeja e depois cancela, isso não irá dar certo. Embora Hanumana esteja correndo no Pingala Nadi o tempo todo, o que Ele faz é estragar os nossos planos, porque em vez Dele, nós corremos no Pingala Nadi. Ele diz: “Tudo bem,” “Vocês estão correndo no Pingala Nadi? Eu vou corrigi-los.” Assim, Ele nos desvia de nossos planos o tempo todo. É dessa forma que todos os nossos planos falham. Nós somos muito minuciosos com relação ao tempo, em relação a coisas sem nenhuma importância. Mas nós não somos minuciosos com relação ao tempo do nosso… progresso na Sahaja Yoga. Nós precisamos ter metas, precisamos ter prazos fixos.

“Muito bem, dentro desse tempo, temos de alcançar isto”, “mas fazer isso mais rápido é melhor.” Todas as outras coisas podem ser gerenciadas, mas esse é o seu trabalho, ninguém irá fazê-lo. Ninguém irá fazê-lo, é o seu trabalho. Quero dizer, você não irá conduzir um trem, você não irá conduzir aviões… e você não tem de fazer nenhuma administração e políticas estúpidas. Mas você tem de praticar a Sahaja Yoga, você tem de expandi-la, você tem de trazê-la até o nível de modo que as pessoas a vejam. Passaram 18 anos, este é o 19o ano. Assim, hoje é o primeiro dia do Puja a Hanumana. Eu devo dizer que vocês têm de ser ousados. Vocês têm de ser ousados sem nenhum medo, coletivamente e individualmente. Esqueçam o que vai acontecer.

Vocês não irão para a prisão, vocês não serão crucificados, estejam certos disso. Se você perder o seu emprego, você pode conseguir outro. E se você não conseguir um emprego, você conseguirá seguro desemprego, tudo bem. Portanto, você não tem de se preocupar com coisas inúteis… as quais os seres humanos ficam sentados e preocupados. Mas apesar disso, eles realizam o trabalho, eles fazem o trabalho deles. Eu fico surpresa como eles são aplicados no seu trabalho. Eu vejo isso na Minha família, o quanto que eles são aplicados. Eles têm de fazer este trabalho, acordam cedo, fazem isso, aquilo. Mas vocês não são conscientes de que são Anjos… e esse é o seu trabalho, vocês têm de fazer isso… e nada mais é importante. Eu espero que através do Puja de hoje, esse entusiasmo… e esse espírito ousado vibrará o seu Pingala Nadi.

E, sem sentir nenhum ego em relação a isso, na maneira mais humilde como Hanumana era, vocês realizarão os trabalhos. Imaginem, foi dado a Hanumana um belo colar de ouro, com grandes bolas para Ele suar, foi dado por Sita. E Ele abriu todas as bolas, uma por uma, Ele disse: “Não há Rama nele, o que farei com ele?” Então Ela disse: “Onde está Rama?” Ele abriu o Seu coração e o mostrou: “Veja, Rama está aqui.” Se Rama está lá, você não consegue ter ego. Tanto dinamismo e tanta humildade. Que combinação era aquela. E é isso o que vocês têm apenas de manifestar. Quanto mais você trabalhar e se expressar com confiança, você descobrirá que a humildade é a única coisa que ajuda.

Obediência é a única coisa que ajuda a realizar o seu trabalho. E você se tornará cada vez mais humilde e mais humilde. Mas se você pensar: “Oh, eu estou fazendo isto.” Então, acabou–se. Mas, se você souber que é feito pelo Divino: “Paramachaitanya está fazendo tudo, eu sou apenas um instrumento.” A humildade estará presente e você será um instrumento eficiente. Hoje, Eu espero por isso neste país. Era algo tão necessário e tão premente. Tudo organizado pelos Anjos para que nós tivéssemos este Puja aqui. Mas é bom para todos vocês.

Vocês têm de realmente se encontrar com as pessoas da mídia, se encontrar com os Ministros, se encontrar, digamos, com o Príncipe de Gales, encontrar-se com outras as pessoas, encontrá-los, fazer comitês, ver o que vocês podem fazer. Coloquem a sua mente nisso: “O que iremos fazer?” Mas aqui há somente: “Minha mãe está doente, meu filho está doente,” “meu não sei o que está doente, meu amigo está doente.” Ainda continuam com isso. Se começarem a fazer o trabalho de Deus, suas preocupações serão assumidas, não terão de se preocupar com nada, apenas assumam. Mas não é autopropagação, não é isso. É a propagação do coletivo. Eu espero que hoje vocês tenham entendido o lado sutil de seu ser… que está presente, que está se mostrando, o qual Eu posso ver claramente, E todos vocês, em sua meditação, irão se tornar conscientes em relacão ao que têm interiormente. Essa é a coisa mais grandiosa que satisfará o Divino. E o Divino tomará conta de você completamente.

Com a mesma confiança de Anjos como Hanumana, vocês têm de ir além e realizar isso. Que Deus os abençoe. [N.T. : A palestra continua] Eu acho que Eu tenho de falar sobre a parte relativa ao ego, que é, realmente, o problema do Ocidente, por que as pessoas têm muito mais ego do que os indianos? Uma das coisas é que o lado direito, como Eu ljhes disse muitas vezes, é como um acelerador e o lado esquerdo é como um freio. Se o Muladhara não está sob controle, se o freio não está bem, naturalmente que o acelerador não pode ser controlado. Assim basicamente o nosso Muladhara deve de ser evidenciado… e deve ser corrigido. Vocês devem trabalhar duro para fazer isso. Se o seu freio estiver estabilizado, então seja qual for o trabalho que você faça pela Sahaja Yoga, você não entrará nas práticas do ego… o ego não poderá nunca mais controlá-lo. Portanto, isso é muito importante, especialmente no Ocidente, onde tem sido realmente, perigosamente, destruída a idéia de auspiciosidade e de santidade.

Assim, esse é o poder de qualquer Anjo… e isso tem de ser estabelecido completamente dentro de nós. E então, sobre esse poder, nós trabalharemos, que poder lhes dá discernimento, que lhes dá a ausência de ego. Eu espero que hoje essas duas coisas funcionarão dentro de nós… de tal forma que nós reamente nos tornemos… totalmente autoconfiantes, almas realizados a quem Eu chamo de Anjos dos tempos modernos.